Você está na página 1de 2

Conhecendo o mistério de Deus em Cristo

Paulo esmerava-se para leva o conhecimento de Deus na pessoa


de Jesus Cristo a igreja de Laodicéia e adjacente, a fim de encorajá-los
na luta contra aqueles que queriam lhes enganar, vs1-5.

Porque através do conhecimento correto de Cristo eles seriam


consolados diante das dificuldades, v2.
Porque através do conhecimento Correto de Cristo cresceriam o
vinculo do amor entre eles, v2.
Porque através do conhecimento Correto de Cristo adquiriam
sabedoria para seguir a verdade, vs3-4.
Porque através do conhecimento correto de Cristo seriam
organizados, firmados na fé alegrando-os mutuamente pelo triunfo
alcançado, v5.
Vivendo em Cristo.
Paulo nos assegura que os obstáculos da nova vida em Cristo
podem ser vencidos na medida em que andamos com ele e para ele,
vs6-7.
Viver em Cristo
O Viver em Cristo nos assegura que nele estamos arraigados e
edificados, para rompermos os obstáculos que a nova vida impõe v7a.
O viver em Cristo nos assegura que estamos sendo ensinados a
seguir os seus passos a luz da sua palavra, v7b.
O viver em Cristo nos assegura que cresceremos em ações de
graças na medida nos sentimos plenamente satisfeitos em seguirmos
seus passos v7c.

Paulo esclarece que o adicionamento das tradições filosóficas


como pressuposto para alcançar à perfeição nega a plenitude Cristo no
plano da salvação, uma vez que ele é o Senhor de todas as coisas e
nele tudo se completa.

O homem quando segue as tradições dos homens vive segundo


os rudimentos do mundo e não segundo Cristo, v8.

O homem quando se apropria de Cristo é tomado de toda


plenitude de Deus, e vive em submissão a Ele, visto que ele é a cabeça
de todo principado e potestade, v9-10.

O homem quando vive a plenitude de Cristo reconhece que os


elementos da velha dispensação perderam seu significado na cruz. Em
Cristo foi rasgado todo escrito de divida quando ele e perdoou nossos
pecados 11-14.

O homem quando vive a plenitude de Cristo participa do se


triunfo glorioso sobre os poderes do mal, v15.

A nova vida em Cristo

ICT A liberdade da nova vida em Cristo nos liberta dos rituais


proveniente de regras religiosas que elevam o ego humano e se
opõem a verdade.

Quem vive a liberdade em Cristo repudia todas as práticas


adicionais como: abstinência de alimento, observância de dias para
uma aproximação de Deus. Tais coisas era apenas uma sombra que
foram dispersas pela vinda de Cristo, 16-17.

Quem vive a liberdade em Cristo repudia a falsa humildade


pretextada de experiências sobrenaturais como visões e culto aos
anjos. Cristo é cabeça e a fonte nutritiva por quem o crente cresce em
um relacionamento com Deus, 18-19.

Quem vive a liberdade em Cristo sabe que morreu para o mundo


e que o autoflagelo do corpo é uma piedade fabricada de interesses
egoísta a qual na agrada a Deus, 20-22.