Você está na página 1de 3

42

Referências

Fundamentos de Física - vol. 2, Halliday-Resnick;

Física experimental - Manual de Laboratório para Mecânica e Calor, R. Axt V.


H.Guimarães.

Roteiro de experimentos de Físico-Química. Curso de Engenharia Química, IFBa, 2013.

EXPERIMENTO 05

(Adaptado do Roteiro de experimentos de Físico-Química. Prof. Robert


Newton. IFBa, 2013)

Determinação do calor de reação de neutralização

1. Introdução

A variação de calor que ocorre em uma reação química entre produtos e reagentes, a
pressão constante, é chamada de entalpia de reação (∆H). A entalpia de uma reação entre
um ácido forte (AH) e uma base (BOH) é denominada calor de neutralização. Em solução
aquosa os ácidos e bases fortes encontram-se completamente dissociados e o calor de
neutralização é igual ao calor de dissociação da água (com sinal contrário), visto que:

ou resumidamente:

Nesse item cada grupo deve escolher uma das reações abaixo para determinar o calor de
neutralização. Deve-se utilizar o mesmo calorímetro já caracterizado no item anterior.

26/10/2018 08:20
43

Como vimos anteriormente a variação de entalpia da reação é dada por ∆H = ∆H - ∆H


R I F

onde ∆H representa o calor trocado entre os reagentes (∆H = Q +Q + Q ) e ∆H


I I R1 Cal R2 F

representa o calor envolvido após a mistura dos reagentes (∆H = Q =m .c . (T-


F Mist mist mist

T ) ). Uma vez que o reagente 1 encontra-se dentro do calorímetro temos ainda que Q =
1 R1

m . c . (T-T ) e Q =C . (T-T ). Para o reagente 2 temos Q = m . c . (T-T ) ;


R1 R1 1 Cal Cal 1 R2 R2 R2 2

2. Objetivos

Determinar o calor de neutralização de diferentes reações ácido-base.

3. Procedimento Experimental

3.1. Vidraria e materiais

12 béqueres de 100 mL;

6 buretas de 50 mL;

01 calorímetro didático.

01 termômetro.

3.2.Reagentes

500 mL de HCl 1,0 mol.L-1 com 50 mL de KOH 1,0 mol.L-1;

500 mL de CH3COOH 1,0 mol.L-1 com 50 mL de NaOH 1,0 mol.L-1;

500 mL de HNO3 1,0 mol.L-1 com 50 mL de NaOH 1,0 mol.L-1;

500 mL de HNO3 1,0 mol.L-1 com 50 mL de KOH 1,0 mol.L-1;

500 mL de CH3COOH 1,0 mol.L-1 com 50 mL de KOH 1,0 mol.L-1;

500 mL de H2SO4 1,0 mol.L-1 com 50 mL de NaOH 1,0 mol.L-1;

3.3 Procedimento

Utilize os pares de soluções de acordo com o procedimento:

1) Colocar 50 mL da primeira solução dentro do calorímetro e anotar sua temperatura


após o equilíbrio do sistema.

26/10/2018 08:20
44

2) Colocar 50 mL da segunda solução em um Béquer, medir sua temperatura e em


seguida verter o liquido dentro do calorímetro. OBS. LAVAR O TERMÔMETRO
ANTES DE TRANSFERIR DE UMA SOLUÇÃO PARA OUTRA;

3) Esperar a temperatura no interior do calorímetro estabilizar (± 2 a 3 min) e depois


registrar esse valor.

4) Lavar bem os Béquer e o calorímetro com água (não precisa secá-lo) e passe para a
reação seguinte.

5) A partir das diferenças de temperatura determinar o calor de cada reação (variação de


entalpia, ∆H).

Adote a densidade e o calor específico de cada solução como sendo aproximadamente


3
1g/cm e 1 cal./g°C, respectivamente.

PERGUNTA: Como você faria para determinar experimentalmente o calor especifico de


um dos reagentes dessa etapa?

Referência

Atkins, P.W.; Físico-Química, Vol. 1, 6a. Ed., LTC, Rio de Janeiro, 1999. Ver p. 45.

J. B. Russel, Química Geral, 2a Edição, 1992, Vol. 2, Makron Books do Brasil, Rio de
Janeiro. Cap. 15 e 17.

Pilla, L.; 1979, Físico-Química, Vol. 1, LTC, Rio de Janeiro.

EXPERIMENTO 06

Verificação experimental da lei de Hess

1. Introdução

Alguns fenômenos físicos ou químicos ocorrem com absorção ou liberação de calor. Esta
quantidade líquida de calor liberado ou absorvido durante a reação química é o Calor de
Reação, um calor latente que corresponde à diferença entre a energia potencial das
ligações interatômicas existentes nas moléculas dos produtos e reagentes.

Numa reações químicas, além de haver uma transformação da matéria, ocorre também
uma troca de energia com o ambiente. As reações que ocorrem absorvendo energia são

26/10/2018 08:20

Você também pode gostar