Você está na página 1de 60

SISTEMA TEGUMENTAR

Prof. Gabriel Bobany


CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
 Revestimento
 Epiderme
 Derme
 Células da epiderme:
 Queratinócitos, Melanócitos, Merkel, Langerhans
 Células de Derme:
 Fibrócitos, adipócitos, mastócitos, histiócitos.

 Anexos cutâneos:
 Pelos, garras, cascos, cornos, penas...

 Hipoderme
 Subcutâneo
EPIDERME
 Porção epitelial
 Origem ectodérmica

 Proteção  Atrito, desidratação


EPIDERME - QUERATINÓCITOS

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME - QUERATINÓCITOS

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME - QUERATINÓCITOS

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME - QUERATINÓCITOS

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME - QUERATINÓCITOS

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME

Camada córnea

Camada lúcida

Camada granulosa

Camada espinhosa

Camada
Basal/germinativa
EPIDERME - MELANÓCITOS
 Proteção UV
 Tirosinase
 Tirosina
 DOPA

 Melanina
EPIDERME – CÉLULAS DE MERKEL
 Transdução sensorial
 Ligação com terminação nervosa
 Sensibilidade tátil

Célula de
Langehans
Melanócito

Célula de Merkel
EPIDERME – CÉLULAS DE MERKEL
 Transdução sensorial
 Ligação com terminação nervosa
 Sensibilidade tátil

Célula de
Langehans
Melanócito

Célula de Merkel
EPIDERME – CÉLULAS DE LANGERHANS
 Origem  medula óssea
 Apresentam antígeno
  Linfócito T
 Fagocitose
DERME
DERME
 Espessura variável
 Papilas dérmicas

Camada papilar (TCF)


DERME
 Espessura variável
 Papilas dérmicas

Derme Supeficial (TCF)


 Fibras elásticas
 Camada reticular
 Camada profunda
DERME – CAMADA PAPILAR
 Tecido Conjuntivo Frouxo
 Terminações nervosas

 Rede vascular

 Células sentinelas de defesa

 Fibras elásticas

Pele espessa
DERME – CAMADA RETICULAR
 Tecido Conjuntivo Denso (não modelado)
 Fibras reticulares (animais de pele grossa)

 Fibras elásticas

 Glândulas e folículos pilosos

 Fibrócitos, melanócitos ocasionais, adipócitos 


hipoderme
HIPODERME
 Tecido conjuntivo frouxo

 Panículo adiposo
 Modelamento, reserva, termoproteção
ANEXOS CUTÂNEOS
 Vasos e receptores sensoriais
 Papilas dérmicas
Artéria ascendente e veia
descendente
 Sistema sensorial tátil
 (células de Merkel)
 Sistema sensorial
encapsulado (não tátil)
 Mecanorreceptores
ANEXOS CUTÂNEOS
PELOS
 Superfície corporal dos mamíferos domésticos
 Áreas sem pelos = GLABRAS

 Isolante térmico
 Isolante hídrico

 Pelos primários (maior)


 Pelos secundários (lanoso)
ANEXOS CUTÂNEOS
PELOS
Eixo do pelo
 Folículos pilosos Matriz ou
Raiz do pelo

Papila Medula
dérmica Córtex
Cutícula
ANEXOS CUTÂNEOS
PELOS
 Folículos pilosos

Membrana Vítrea

Melanócitos Bainha externa

Bainha interna
MÚSCULO ERETOR DO PELO
ANEXOS CUTÂNEOS
PELOS
 Folículos pilosos simples ou compostos

 Pelos sensoriais:
 Vibrissas
ANEXOS CUTÂNEOS
GARRAS E CASCO
ANEXOS CUTÂNEOS
GARRAS E CASCO
 Processo ungueal

Crista
Camada Dorsal
córnea
Falange
distal

Sola

Derme
ANEXOS CUTÂNEOS
GARRAS E CASCO
 Processo ungueal
Estrato Lamelar (estrato interno)

T
e
E
r Lâminas epidérmicas s
c secundárias
t
e
r
i
a
r Lâminas epidérmicas t
a primárias (Epiderme)
o

F
M
a
é
l
d
a Lâminas dérmicas
primárias i
n Cório Laminar
Primário (TCD) o
g
e
Lâmina epidérmica
Lâmina epidérmica primária
secundária

Lâmina dérmica
secundária Cório Laminar
Secundário

Lâmina dérmica
primária Cório Laminar
Primário
Terceira Falange

Estrato Médio
(Camada granulosa)
(Camada lúcida)

Estrato Lamelar
ANEXOS CUTÂNEOS
Epitélio Papilar
GARRAS E CASCO (queratina amolecida)
ANEXOS CUTÂNEOS
GARRAS E CASCO

Tecido conjuntivo fibroelástico


ANEXOS CUTÂNEOS
CORNOS
 Osso: PROCESSO CORNUAL
 Epiderme fortemente cornificada semelhante ao
extrato médio do casco (cório papilar)
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
TECIDO EPITELIAL
 Epitélios glandulares:
 Merócrinas
 Holócrinas
 Apócrinas
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
 Glândulas sebáceas
 Desembocam nos folículos pilosos
 Lábio, mamilos, glande,
vagina (pequenos lábios)

 Acinares simples holócrinas


 Glândula sebácea:
 Sebo

Canal
Pilossebáceo
O
 Glândula sebácea:
 Sebo
 Lubrificação
 Manutenção

 Proteção

 Física

 Ácidos graxos

 IgG

 IgA
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
 Glândulas sebáceas especializadas
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
 Glândulas sebáceas especializadas
Glândula Forma Local e secreção Função
Meibomiana Acinar simples Pálpebras – Holócrina Cobertura
surfactante externa
Supracaudal Acinar ramificada Base da cauda Lubrificação e
proteção
Perianal Perianal Holócrina e merócrina. Lubrificação e
Apócrina nos cães proteção.
Hormonal.
Importância clínica
(adenoma/carcinom
a perianal)
Saco anal Acinar simples. Junção anocutânea Fluido marcador
Ramificada no gato territorial.
Reconhecimento
social. Importância
clínica (obstrução /
tumor)
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
 Glândulas sudoríparas
 Tubulosa simples enovelada apócrina
ANEXOS CUTÂNEOS
GLÂNDULAS
 Glândula sudorípara
especializada:
 Carpal (suíno)
ESTRUTURAS ESPECIAIS
OUVIDO EXTERNO
 Superfície convexa x côncava
TEGUMENTO DAS AVES
 Seboqueratinócitos

Epiderme delgada

Derme espessa
EPIDERME
 1 – Estrato córneo
 2 – Camada basal - Melanócitos

 3 – Estrato intermediário – Céls de Langerhans

 1 – Lâmina basal
 2 – Vesículas lipídicas
 3 – Depósitos de queratina
 4 – Estrato córneo
Epiderme
Derme (estrato superficial)
Derme (estrato compacto)

Derme (estrato
frouxo)

Folículo de pena
Músculo liso

Subcutâneo
(panículo
adiposo)
Lâmina elástica
1. Cálamo
2. Ráque
3. Pluma
4. Umbigo superior
5. Umbigo inferior
6. Barbas
7. Bárbulas / Barbelas proximais
8. Bárbulas / Barbelas distais PENAS DE CONTORNO,
9. Ganchos PLUMAS, SEMIPLUMAS,
CERDAS E FILOPLUMAS
Galinha, papagaio, pinguim e
avestruz
TEGUMENTO DAS AVES
 Glândulas sebáceas
 Glândulas sudoríparas

 Glândula uropigial

Pele

Ducto

Túbulos
Luz
1. Tecido conjuntivo interlobular
2. Adenomeros tubuloalveolares
3. Secreção sebácea
Células
intermediárias

Células basais

Células
secretoras

Células
degeneradas
(Holócrina)