Você está na página 1de 5

1

MÁQUINAS DE FLUXO – 3A LISTA DE EXERCÍCIOS


PROF. DR. CESAREO DE LA ROSA SIQUEIRA
REFERÊNCIAS:
“Uma Introdução Concisa à Mecânica dos Fluidos”, Donald F. Young;
“Bombas e Instalações Hidráulicas”, Sérgio Lopes dos Santos;
“Mecânica dos Fluidos”, Merle C. Potter;
“Mecânica dos Fluidos, Fundamentos e Aplicações”, Çengel & Cimbala;
“Mecânica dos Fluidos”, Franco Brunetti
“Mecânica dos Fluidos”, Victor L. Streeter.

1) Uma bomba de fluxo radial tem as seguintes dimensões:


𝛽 1 = 44o , r1 = 21 mm, b1 = 11 mm
𝛽 2 = 30o , r2 = 66 mm, b2 = 5 mm
Para uma velocidade de rotação de 2500 rev/min, supondo condições ideais
(escoamento sem atrito, espessura da pá desprezível, orientação perfeita), com 𝛼1 =
90𝑜 (sem pre-rotação), determine:
a) A descarga (vazão);
b) A carga teórica;
c) A potência téorica requerida (considere eficiencia = 1) e o aumento de presssão
através do impelidor
d) A curva de carga teórica (use água como fluido, ρ = 1000 kg/m3)
Respostas: a) 7,71 l/s; b) 19,1 m; c) 1.96 CV e 1,36 x 105 Pa ; d) H = 30,5 – 1473Q

2) Deseja-se bombear água de um grande tanque aberto para outro grande


tanque aberto com o sistema mostrado na figura abaixo. O diâmetro dos tubos é 152
mm e o comprimento total da tubulação (entre as seções de entrada e descarga da
tubulação) é igual a 61 m. Os coeficientes de perdas localizadas para a entrada, saída e
para a curva estão mostradas na figura. O fator de atrito no tubo pode ser admitido
constante e igual a 0,02. Uma determinada bomba centrífuga, que apresenta a curva
característica mostrada na figura, é sugerida como sendo uma boa opção para este
sistema hidráulico. Com esta bomba, qual será a vazão entre os tanques? Você
acredita que esta bomba é adequada para o sistema?
2

Lembrete: A equação da energia entre duas superfícies (1) e (2) é dada através de:
2 2
P1 V P V l V2 V2

 1  z1  H B  2  2  z 2  f
2g  2g D 2g
  KL 2g

Resposta: a bomba poderá ser utilizada nesta instalação se a vazão desejada entre os tanques
for próxima ou igual a 0,10 m3/s.

3) Estime a vazão na tubulação simples na instalação da figura a seguir se as


curvas características da bomba são conhecidas. Calcule também a potência requerida
pela bomba. Considere escoamento turbulento e f = 0,014 (obtido do Diagrama de
Moody). Dados: K entrada com quinas vivas = 0,5 e K saída do tubo = 1,0.

Resposta: Q = 0,16 m3/s e N = 229,7 CV


3

4) Água é bombeada entre dois reservatórios em uma tubulação com as seguintes


características: D = 300 mm, L = 70 m, f = 0,025, ∑K = 2,5. A curva característica da
bomba de fluxo radial é aproximada pela fórmula:

H B  22 ,9  10 ,7Q  111 Q 2 , onde HB está em metros e Q em m3/s.

Determine a descarga QD e a carga da bomba


HD para as seguintes situações:
a) z2 – z1 = 15 m, com uma bomba
colocada em operação;
b) z2 – z1 = 15 m, com duas bombas
idênticas operando em paralelo e
c) layout das bombas (se em série ou
paralelo), descarga (vazão, m3/s) e
carga (m) para z2-z1 = 25 m

Respostas:
a) QD = 0,23 m3/s e HD = 19,5 m;
b) QD = 0,29 m3/s e HD = 22,1 m;
c) QD = 0,30 m3/s e HD = 32,7 m;

5) São dadas as curvas características (H,Q) e (N,Q) de uma bomba centrífuga.


a) Calcular o rendimento no ponto de máxima vazão suportada pelo rotor;
b) Qual a potência necessária do motor, caso haja um aumento de 20% na
rotação?
Se o manômetro acusa M = 30 m e o vacuômetro V = 5 m (centros dos
mostradores nivelados conforme figura, y = 0), o desnível sendo H0 = 30 m, Pr =
Pa = Patm (ambos reservatórios abertos para atmosfera), qual a equação da
curva característica da instalação ? (K = característica do sistema ou tubulação)
4

Resposta:
a) η = 0,62, N’= 10,4 CV e Hman = 30 + (9,6x104)Q2

6) A figura abaixo representa a curva característica (Hman,Q) de uma bomba que


será posta a operar em uma instalação com 40 m de desnível e perdas de carga
totais da ordem de 10 metros. Considerando ambos os reservatórios abertos,
traçar a curva do sistema.

Resposta:
5

7) A figura abaixo representa a curva (Hman, Q) de uma bomba de dupla sucção


(dois rotores associados em paralelo na mesma carcaça) que, posta a operar
em uma instalação com 6 metros de desnível, nela recalcou 10 l/s de água.
Determine a vazão recalcada no mesmo sistema e sua altura manométrica, ao
substituirmos a bomba em operação por uma simples sucção, cujo rotor
conserve as características do primeiro.

8) Abaixo são apresentadas as curvas características de duas bombas B-1 e B-2.


a) Determinar a curva resultante da ligação em série destas duas bombas;
b) Determinar a eficiência do conjunto ao estar fornecendo a vazão de 4 m3/s.