Você está na página 1de 10

CARTA REPÚDIO

Sr. Jorge Eremites de Oliveira


Presidente da Sociedade de Arqueologia Brasileira

Nós, graduados(as) e graduandos(as) em Arqueologia do Brasil, abaixo-assinados,


vimos por meio desta manifestar o nosso veemente repúdio à atitude da Sociedade de
Arqueologia Brasileira, presidida por vossa senhoria.
Na manhã de quarta-feira passada, 22/08/2018, o site oficial da entidade postou
uma nota sobre a decisão judicial acerca concurso do IPHAN, que decidiu suspender o
certame para atender as reivindicações de outras categorias contempladas na Lei Federal
nº 13.653/2018 – Lei de regulamentação da profissão de arqueólogo. As categorias que nos
referimos são os colegas da pós-graduação e também daqueles que já trabalham na área.
A decisão, que acatou a justificativa do MPF-RS, é legítima para aqueles que se sentiram
prejudicados em concorrer a uma vaga no Concurso Público para provimento de vagas e
formação de cadastro de reserva em cargos de nível superior e de nível médio do Instituto
do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. No entanto, o conteúdo da referida
nota argumenta, em seu segundo parágrafo, o seguinte:

“A SAB entende que esta é uma decisão acertada que leva em


consideração não apenas a lei Federal nº 13.653/2018 que regulamenta
a profissão de arqueólogo, em especial seu art. 2º que estabelece
quem pode exercer a profissão, mas que também permite que o
IPHAN possa ser servido por arqueólogos e arqueólogas de alta
competência que caso contrário não teriam a oportunidade de
concorrer às vagas.”

Entendemos que a colocação do trecho citado possui irrestrito caráter ofensivo e


preconceituoso ao buscar de maneira excludente conferir uma referida “alta competência”
a um grupo específico de profissionais que não foram contemplados na retificação do
Edital n.º 3 - IPHAN, de 25 de junho de 2018. Sabemos que “altas competências”, no
contexto acima citado, não são atributos ou qualidades exclusivas de uma única categoria
e acreditamos que o concurso do IPHAN em nada perderia em qualidade, alocando
servidores em seus quadros técnicos, profissionais advindos das graduações em
bacharelado em Arqueologia. Nós, graduados(as) e graduandos(as) em Arqueologia,
sentimos e lamentamos muito as colocações, com uma visão restrita e equivocada, de
uma sociedade que deveria prezar e valorizar profissionais que atuam e tanto contribuem
positivamente nos diversos campos da Arqueologia brasileira.
Diferente da Sociedade de Arqueologia Brasileira, acreditamos que tantos
graduados e pós-graduados possuem competências suficientes e não categorizamos
quem possui mais ou menos saber. Se não formando profissionais de alta competência,
qual o papel das graduações em Arqueologia? Não sendo competentes esses graduados,
são o que, então? Se não são aptos para assumir uma vaga em um concurso da sua área,
serão aptos a que, então? Qual a função de uma graduação em Arqueologia? Qual a
função de um docente em uma graduação? Qual a importância do diploma de graduação
em Arqueologia?
Gostaríamos de lembrar que tal afirmação ofende não somente aos arqueólogos
graduados nos cursos criados na era pós UNIVASF/PUC-GO, mas também ofende aos
graduados anteriores à década de 2000 pela Estácio de Sá, que se viram sozinhos e em
minoria ante a crescente onda de arqueologia de contrato, que inseriu muitas pessoas
nesse mercado sem a devida qualificação. Para se qualificar no ramo, optaram pelo
mestrado ou doutorado quando viram a necessidade de emitirem suas próprias portarias.
Hoje temos mais cursos de graduações que em qualquer outra época do país:
Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF); Pontifícia Universidade
Católica de Goiânia (PUC-GO); Universidade Federal de Sergipe (UFS); Universidade
Federal do Rio Grande (FURG); Universidade Federal do Piauí (UFPI); Universidade
Federal de Rondônia (UNIR); Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA);
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Universidade do Estado do Rio de Janeiro
(UERJ); Universidade do Estado do Amazonas (UEA); Universidade do Estado da Bahia
(UNEB) e Universidade Metropolitana de Santos (Unimes); graduações essas que
formam profissionais das mais variadas linhas de pesquisa arqueológica. Foge do escopo
deste documento listar a quantidade gigantesca de atribuições e cobranças pelas quais
esses graduandos são submetidos. Ao deslegitimar a formação desses profissionais
desqualifica-se a formação dos cursos de Arqueologia no Brasil, desqualifica-se também
o ensino que esses alunos receberam de professores, ou seja, desqualificando a
qualidade docente.
Lembramos também que, houve uma tentativa de garantir a qualidade do serviço
prestado pela arqueologia quando o IPHAN emitiu o Ofício Circular nº. 001, de 22 de
fevereiro de 2013-Presi/Iphan em 2013, na qual afirma quem pode ou não emitir portarias.
É sabido que a vossa sociedade científica apresenta um discurso de reserva de
mercado, desde a tentativa de classificação dos arqueólogos em 2010, anos antes da
aprovação da lei que regulamenta a categoria. Tal classificação criou uma categoria que
deveria pormenorizar os recém-graduados como “arqueólogos juniores”, impedindo-os de
emitir portarias em seus nomes. Assertivamente, o IPHAN não concordou e reconheceu
que os cursos de graduação apresentam um pessoal capacitado em seus profissionais
formados.
No processo seletivo do IPHAN, realizado no ano de 2015, os graduados foram
afetados pelo edital que regeu o processo seletivo, o qual exigiu graduação em Arqueologia,
com no mínimo cinco anos de experiência após conclusão de curso. Esta sociedade
científica se calou, não se manifestando em defesa dos egressos, muitos até então
associados.
A divisão entre arqueólogos(as) graduados(as) x arqueólogos(as) pós-
graduados(as) somente enfraquece a classe, que já tem que lutar constantemente contra
os desgovernos diários e os interesses do agronegócio. Quando Vossa Senhoria profere
a referida opinião está apenas concordando com o status quo vigente e nada mais
contribuir para a profissionalização responsável na arqueologia.
Conforme a descrição institucional a “Sociedade de Arqueologia Brasileira é uma
associação civil de caráter científico, de direito privado e sem fins lucrativos, que tem por
objeto congregar arqueólogos e demais especialistas dedicados ao ensino,à pesquisa e à
prática da arqueologia e áreas afins, visando promover o conhecimento e a divulgação de
assuntos referentes à arqueologia e ao patrimônio arqueológico”. Salientamos que a SAB é
uma sociedade científica, nada tem a ver com conselho ou que apresente o poder de
diminuir a formação de alguém.
E também, conforme o Código de Ética desta sociedade, “
respeito pelos colegas e pela SAB como associa ão cient fica que nos une..”, e “xs
associadxs devem tratar com decoro todos os seus colegas arqueólogas e arqueólogos,
sejam ou não membros desta associa ão”. Fatos esquecidos no posicionamento em
relação a suspensão concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de
reserva em cargos de nível superior e de nível médio do IPHAN.
Somos diariamente atacados e agredidos com a falta de reconhecimento e
valorização por parte de um governo e uma sociedade que pouco se interessa e entende
o papel daquilo que fazemos. Mas quando essa violência e agressão vêm de dentro de
casa, de pessoas e grupos que deveriam nos ajudar e lutar junto conosco, o lamento e
decepção é enorme.
Queremos, portanto, reiterar o histórico antidemocrático dos concursos do IPHAN
que sempre recorre a práticas excludentes com os egressos. Solicitamos retratação
formal da atitude tomada, de modo monocrático, pela presidência da Sociedade de
Arqueologia Brasileira, se tiver capacidade de reconhecer o erro da ofensa gratuita.
Assinam:

Nome Graduação CPF

01.Cleberson Carlos Xavier de Albuquerque UNIVASF 070.402.384-97

02. Laura Nisinga Cabral UNIR 815.723.362-34

03.Thalis Daiani Paz Garcia FURG 016.890.730-55

04.José Francisco Dias Neto UFS 826.936.925-04

05.Arlon Facynek de Oliveira Carvalho UFPI 016.523.633-78

06.Felipe Roger Alves Glória PUC-GO 027.797.721-58

07.Alyne Mayra Rufino dos Santos UNIR 994.011.502.49

08.Mariana B. N. M. Sousa UNIVASF 054.321.873-29

09.Jéssica Rafaella de Oliveira UNIVASF 086.544.054-90

10.Bruno Vítor de Farias Vieira UNIVASF 3192783

11.Anna Raissa Caetano Andrade PUC-GO 123.925.726-07

12.Renato do Nascimento UNIR 003.124.932-90

13.Cícero Alves Rodrigues UEA 176.550.598-45

14.Thiago Marques de Souza UNIVASF 051.665.245-19

15.Augusto Moutinho Miranda UNIVASF 806.224.022-34

16.Charles Sousa Lima Miller UNIVASF 142.255.367-18

17.Taliana Silva Oliveira UNIVASF 036.416.923-00

18.Felipe James Silva de Sousa UNIVASF 039.482.125- 46

19.Felipe Silva Sales UNIVASF 040.081.005-0

20.Vanessa da Silva Belarmino UNIVASF 03847790340

21.Morgana Cavalcante Ribeiro UNIVASF 057.735.755-74

22.Marcus Veniciu Serafim de Mattos UFS 076.380.446-06

23.Geferson José dos Santos Reis UFS 046.783.325-70

24.Ana Cláudia de Arthur Jucá UFS 354.657.088-08

25.Rebeca Garcia Felicissimo UFS 380.177.458-93

26.Marcos Vinícius Oliveira dos Santos UFS 027.085.815.62


27.Fernanda de Sousa Fernandes UNIVASF 037.556.691-02

28.Ana Joaquina da Cruz Oliveira UFPI 026.861.283.80

29.Cristiano de Jesus UFS 840.092.685-49

30.Isadora Gillian Teles de Melo Gallas UFPI 047.990.093-03

31.Lairisse Daniele de Araújo Costa UFPI 023.194.413-60

32.Hiago Marcos Siqueira de Oliveira UFS 054.375.425-18

33.Sara Oliveira de Souza UNIVASF 05740615500

34.Marlene dos Santos Costa UNIVASF 006.838.003-88

35.Ana Izabela Bertolo UNIR 011.711.802-84

36.Pedro Ivo Moreira Santos UFS 061.973.465-59

37.Júlia Leticia Evangelista Monteiro UNIR 016.089.062-48

38.Keyla Maria Ribeiro Frazão UFPI 052.587.283-31

39.Mariana Castro de Oliveira França UNIR 006.648.232-11

40.Leonardo de Farias Leal UNIVASF 083.411.204-37

41.Camila Ferreira dos Santos UFPE 054.149.944-04

42.Pablo M. Sena dos Santos UERJ 152.646.907-31

43.Andre Luiz das Neves Beserra UFPI 052.915.987-27

44.Sofia de Lima Nascimento UFS 170.018.247-12

45.Bruna Laura Alves Carvalho UNIVASF 378.722.838-16

46.Emanuella da Costa Oliveira UNIR 011. 801. 612-11

47.Mikael Correia dos Santos UNIVASF 025.210.313-05

48.Neilson Evangelista de Souza Júnior UNIVASF 033.176.485-70

49.Brena Caroline Barros de Souza Miranda UNIR 001.101.102-50

50.Rubem Valério do Nascimento Júnior UEA 014.466.292-28

51.Clarindo Moreira de Souza Filho UEA 805.385.332-34

52.Nathalia Bastos Mundim PUC-GO 090.078.036-38

53.Jessiane Montenegro Barboza dos Santos UFPE 065.677.524-67

54.Rafaela Fonseca Oliveira UNIVASF 037.049.766-01


55.Taiguara Francisco Alexo da Rocha Silva UNIVASF 418.529.308-96

56.Naira Lorena de Oliveira Veras UFPI 042.879.433-50

57.Petherson Farias de Oliveira UFPI 047.976.183-37

58.Mayana de Castro Nunes Silva UFPI 033.044.433-63

59.Lucas Santos Oliveira UFS 032.056.085-69

60.Paulo Eduardo de Oliveira Enéas FURG 069.071.716-43

61.Virginia Barbosa Pereira FURG 023.340.290-09

62.Bruno Mesquita Santos UFPI 019.389.723-76

63.Izabella Cristina Melo de Gois UFS 018.336.985-84

64.Lucas humor da Silva UNIVASF 004.478.893-12

65.Kássia Maria Queiroz da Silva UFPE 098.806.944-06

66.Dinoelly Soares Alves UFPI 043.557.993-28

67.Janaína Patrícia Coutinho PUC-GO 006.302.931-63

68.Francisca Regina Marques Passos UFPI 025.144.073-70

69.Elke Tatiana Paula de carvalho UFPI 828.762.073-20

70.Michelle Leão Pinheiro Bastos Dantas UFPE 098.513.574-30

71.Jane Da Silva PUC-GO 022.117.061-85

72.Mattheus Belo Guimarães Barbosa UFPE 057.228.584-12

73.Roberval de Santana Souza Junior UFS 025.026.885-07

74.Láyse Monnyse Araújo Oliveira Viana UFPI 047988203-77

75.Caio Cezar Pereira Demilio FURG 228.351.318-92

76.Maritza dos Santos Dode FURG 018.535.330-41

77.Ana Caroline Sousa da Silva UFOPA 018.559.532-42

78.Jouran de Deus Ferreira UNIVASF 340.450.858-07

79.Luzia Maria de sousa Carvalho UFPI 033.942.433-85

80.Felipe Ribeiro Ramos UNIVASF 042.954.883-48

81.Tacio Vieira Machado UNIVASF 428.371.368-67

82.Regina da Conceição Meira Calazans UFS 021.441.165-63

83.Vitória Pimenta Estrela PUC 700.711.071-18


84.Rebeca Jade dos Santos Silva UFPI 053.888.813-00

85.Anne Kareninne Souza Castelo Branco UFPI 039.764.423-05

86.Amanda Lopes da Silva UFPI 069.338.839-06

87.Lívia Silveira da Rosa FURG 030.982.180.02

88.Marina da Fonseca Lopes FURG / UTFPR 014.068.070-52

89.Rômulo Mazzocco Machado Bittencourt UNIVASF 141.883.437-88

90.Ênio Nunes Gomes Júnior PUC-GO 031.475.131-90

91.Ingrend Guimarães Cornaquini FURG/ UFRJ 372.408.358-04

92.Mauro Eduardo Ribeiro Moura FURG 017118621-42

93.Cleiciane Aiane Noleto UNIR 893.117.442-04

94.Felipe Benites Tramasoli FURG 019.838.430-08

95.Lincon Manoel Severo Luna Santos PUC GO 105.656.006.13

96.Daline Lima de Oliveira UNIVASF 939.725.803-63

97.Laureci Lemos Pinheiro FURG 413.947.130-91

98.Margaret Cerqueira UEA 1257661-1

99.Gabriel Loterio Marques FURG 392.297.238-19

100.Juliana Garcia PUC-GO 037.753.831-07

101.Igor Andryanws Alves de Moura UNIR 000.166.362-36

102.Samya Patrícia Silva de Almeida UFPI 03798397333

103.Adilon Pereira Inuma UEA 00689062265

104.Ana Paula Della Cruz da Silva Malta FURG 995.384.660-04

105.Marcelo Iury de Oliveira PUC-GO 027.744.971-59

106.Matheus William Lima Vaz UFPI 065.575.833-01

107.Douglas de Franco Guedes UEA 002.665.042-80

108.Leandro José do Nascimento Souza UFPE 035.006.293-50

109.Itelmar de Negreiros Oliveira UNIVASF 021.850.443-89

110.Adilson Pereira Nascimento Júnior UNIVASF 047.370.855-70

111.Renata Valéria Silva Bezerra UFPI 062.925.923-24

112.Marilia Rosa de Melo UFPI 066.220.813.79


113.Sergia Meire da Silva PUC-GO 030.946.271-10

114.Amanda Almeida Cardoso UFPI 607.197.893-97

115.Luíza Kow da Silveira Moraes UNIVASF 133.459.637-95

116.Luis Felipe do Nascimento Gomes da Silva UFPI 064.327.753-61

117.Juan Marcelo Cardoso de Santana UFPI 053.258.523-29

118.Freddy Bager Junior FURG 051.943.719-50

119.Anna Karyna Barros Silva UFPI 048.740.963-95

120.Cecília Aparecida Lima UFPI 048.740.963-95

121.Rayanne Aguiar Pimentel e Silva UFPE 095.604.004-79

122.Lucas Bonald Pedrosa de Souza UFPE 101.236.544-16

123.Jaionara Rodrigues Dias da Silva UNIVASF 983.327.321-15

124.Klismann Timm Branco FURG 026.944.980-94

125.Wandson Santos dos Anjos UFPE 060.838.124-74

126.Tulio Barbosa de Oliveira UFPE 098.331.744-50

127.Amanda Carolina de Sousa Seabra FURG 407.096.488-63

128.Eliamagda Sangi dos Santos UNIR 685.005.992-00

129.Silvyo Bruno Guerra Correia UNIVASF 059620344-65

130.João Darcy de Moura Saldanha IEPA/Amapá 75443260049

131.Carlos Roberto Rocha Silva UNIVASF 030.950.905-01

132.Amanda Atenas Gomes UFPI 064.653.423-83

133.Jussara Ribeiro Lacerda UNIVASF 028.639.733-12

134.Kátia Cardoso Moreira UFOPA 030.633.873-47

135.Anna Gabriella Silva Vaz Barreto UFPI 03812128314

136.Alex Andrade da Silva UFPI 06291193337

137.Luzinete Soares Bobot UEA 64450805291

138.José Nicolas da Silva dos Santos UFS 048.802.735-70

139.Adriano Batista dos Santos UFS 024.598.165-96

140.Luiz alexandre da Silva Barbosa UFOPA 82776628234

141.Jaionara Rodrigues Dias da Silva UNIVASF 983327321-15


142.Zafenathy Carvalho de Paiva UFPI 044249743-16

143.Helane Karoline Tavares Gomes UFPI 038.022 413-55

144.Amanda Caroline Carvalho de Siqueira UFPI 626.821.303-30

145.Igor Linhares de Araújo UFPI 037.915.773-01

146. André Ávila Pinto FURG / MN/UFRJ 01616547030

147.Lucas Henriques Viscardi FURG 018171000-50

148.Karleny de Jesus Lima Costa UNIR 85970786268

149.Sálvio Henrique da Rocha Costa UFS 83453407504

150.Ennyo Lurrik Sousa da Silva UFPI 041.575.133-04

151. Virginia Marques da Silva Neta UFPI 01041963351

152. Pablo Roggers Amaral Rodrigues UFPI 667.876.613-04

153. Aryana Maria Oliveira de Castro UNIR 003.633.622-07

154. Mayara Symey Santos Costa UNIR 02360294288

155. Pedro Victor da Silva Queiroz UFPI 056.975.783-50

156. Carlos Pereira de Araujo Neto UFPI 011.635.592-10

157. Natálya C. Pereira Pinheiro UFOPA 020.680.562-82

158. César Leandro da Costa Pinto UNIR 974.251.762-20

159.Odair José Petri Vassoler UNIR 386.048.332-34

160. Eliane Nunes Chim FURG 018.590.630-39

161. Pedro Igor de carvalho UFPI 020.557.783-07

162. Everaldo Gomes Dourado UFC/UFS 963.270.903 - 97

163. Iuri Nobre Dos Santos UFRB 04341811533

164. Regina da Conceição Meira Calazans UFS 021.441.165-63

165. Drielly thaianny de Holanda Silva UFPI 03316323309

166. Mariana Zanchetta Otaviano UNIVASF/UFPE 33377493808

167. André Dal Bosco Carletto FURG 05266759933

168. Mario Augusto Manzine Junior FURG 351.447.438-97

169.Laura Cecília Fernandes de Melo UFPI 01813487308

170. Jurandir Barros da Silva Júnior UFPI 66481554349


171. Dalvelini Barros de lima UNIVASF 02858989303

172.Rafaela Maria Carvalho Rodrigues UFPI 06800778397

173. Susany Hellen de Sousa Gomes UFPI 040.800.643-90

174. Mariane Pereira Ferreira FURG 025.098.690-60

175. Shirley Sousa Martins UFPI O4104898320

176. Fátima Cristina da Silva Oliveira FURG/UNEB 09416212784

177. João Victor Costa Bitencourt UFPI 062.609.493-32

178. Luiz Alberto Silveira da Rosa FURG 017642050-90

179. Weyda Pereira da Costa PUC-GO 041.669.021-13

180. Deusimar Prestes da silva UNIR 884.630.012-20

181. João Pedro Machado Teixeira FURG 02325874001