Você está na página 1de 16

J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

LEGISLAÇÃO APLICADA AO MPU - AULA 4


PROFESSOR: ERICK MOURA
Olá pessoal,
Bom encontrá-los aqui para mais um encontro.
Todos prontos? Então vamos nessa !

AULA 4

ROTEIRO DA AULA – TÓPICOS

1 – Questões Comentadas.
2 - Questões desta aula.

1 – Questões Comentadas.

Seguem mais algumas questões. Divirtam-se.


101 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) O Procurador-Geral de
Justiça será nomeado pelo Presidente da República entre integrantes de lista
tríplice elaborada pelo Colégio de Procuradores e Promotores de Justiça, para
mandato de dois anos, permitida uma reeleição, precedida de nova lista
tríplice.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
Essa abordagem é típica de cobrança para a prova. O PGJDFT é
nomeado pelo PRESIDENTE DA REPÚBLICA, e é RECONDUZIDO.
A tendência na hora da prova é de que marquemos certo de cara, pois já
assimilamos que é designação do Presidente da República, mas no final, a
Banca coloca uma pequena “casca de banana” que pega os mais afoitos.
Fiquem atentos !
A referência do item é o art. 156 da LC 75/1993.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 1


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

102 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do Ministério


Público do Distrito Federal e Territórios, cabe privativamente aos Promotores
de Justiça o exercício das funções de Corregedor-Geral do Ministério Público do
Distrito Federal e Territórios, de Promotor Distrital dos Direitos do Cidadão e
de Coordenador de Câmara de Coordenação e Revisão.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O item diverge do que se prevê no art. 176, incisos I, II e III, da LC
75/1993.
Vamos relembrar.....

CABEM PRIVATIVAMENTE AOS PROCURADORES DE JUSTIÇA


AS FUNÇÕES DE:

Ö VICE-PGJ
Ö CORREGEDOR-GERAL DO MPDFT
Ö PROCURADOR DISTRITAL DOS DIREITOS DO CIDADÃO
Ö COORDENADOR DE CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO
DO MPDFT

Observe que, mesmo não estando o VICE-PGJ na assertiva, o erro está


mesmo nas trocas dos termos PROCURADORES por Promotores.

103 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) Os membros do


Ministério Público da União gozam das garantias absolutas da vitaliciedade e da
inamovibilidade.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O texto diverge do que podemos observar no art. 17, incisos I e II, da
LC 75/1993, pois há uma relativização das garantias da vitaliciedade e da
inamovibilidade, conforme podemos relambrar a seguir.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 2


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

9 VITALICIEDADE, após 2 anos de efetivo exercício,


não podendo perder o cargo senão por sentença
judicial transitada em julgado
GARANTIAS
9 INAMOVIBILIDADE salvo por motivo de interesse
público, mediante decisão do Conselho Superior, por
voto de dois terços de seus membros, assegurada
ampla defesa

104 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É garantia processual


do Procurador-Geral da República, ser processado e julgado, nos crimes
comuns, pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Senado Federal, nos crimes de
responsabilidade.

Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O item trata de uma PRERROGATIVA do PGR, conforme previsto no art.
18, inciso II, alínea “a”, da LC 75/1993. Relembre.....

PRERROGATIVAS PROCESSUAIS

Ö do PGR => ser processado e julgado:


• nos crimes comuns => STF
• nos crimes de responsabilidade => Senado Federal
Ö do membro do MPU que oficie perante tribunais => ser processado
e julgado:
• nos crimes comuns => STJ
• nos crimes de responsabilidade => STJ
Ö do membro do MPU que oficie perante juízos de 1ª instância =>
ser processado e julgado, ressalvada a competência da Justiça
Eleitoral:
• nos crimes comuns => Tribunais Regionais Federais
• nos crimes de responsabilidade => Tribunais Regionais Federais

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 3


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Ö ser preso ou detido somente:


• por ordem escrita do tribunal competente
• em razão de flagrante de crime inafiançável, caso em que a
autoridade fará imediata comunicação ao tribunal competente e
ao PGR, sob pena de responsabilidade
Ö ser recolhido
• à prisão especial ou à sala especial de Estado-Maior, com direito
a privacidade e à disposição do tribunal competente para o
julgamento, quando sujeito a prisão antes da decisão final
• à dependência separada no estabelecimento em que tiver de ser
cumprida a pena
Ö não ser indiciado em inquérito policial, observado o disposto na LC
75/1993
Ö ser ouvido, como testemunha, em dia, hora e local previamente
ajustados com o magistrado ou a autoridade competente
Ö receber intimação pessoalmente nos autos em qualquer processo e
grau de jurisdição nos feitos em que tiver que oficiar

105 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do MPU, a


garantia da vitaliciedade de seus membros perdura mesmo com sua
aposentadoria, além de se estabelecer em todos os cargos.

Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
De fato, a VITALICIEDADE permanece mesmo que o membro do MPU se
aposente. No entanto, conforme consta no art. 182, da LC 75/1993, não são
de provimento vitalício os cargos de:
Ö PGR
Ö PGT
Ö PGJM
Ö PGJ do DF e Territórios

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 4


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

106 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É possível a


transferência ou aproveitamento nos cargos do Ministério Público da União,
mesmo de um para outro de seus ramos.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O art. 185 da LC 75/1993, assim define:

IMPORTANTE

É PROIBIDA A TRANSFERÊNCIA OU APROVEITAMENTO NOS


CARGOS DO MPU, MESMO DE UM PARA OUTRO DE SEUS 4 RAMOS

107 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) A Comissão de


Concurso será integrada pelo Procurador-Geral, seu Presidente, por dois
membros do respectivo ramo do Ministério Público e por um jurista de
reputação ilibada, indicados pelo Conselho Superior e por um advogado
indicado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.
O item está conforme o art. 189, da LC 75/1993.

COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE CONCURSO – 5 MEMBROS

9 PROCURADOR-GERAL DO RESPECTIVO RAMO, QUE É O


PRESIDENTE
9 2 MEMBROS DO RESPECTIVO RAMO DO MPU, INDICADO
PELO RESPECTIVO CONSELHO SUPERIOR
9 1 JURISTA DE REPUTAÇÃO ILIBADA, INDICADO PELO
RESPECTIVO CONSELHO SUPERIOR
9 1 ADVOGADO INDICADO PELO CONSELHO FEDERAL DA OAB

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 5


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

108 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do MPU,


será obrigatoriamente promovido quem houver figurado por cinco vezes
consecutivas, ou três alternadas, na lista tríplice elaborada pelo Conselho
Superior.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O correto, de acordo com o art. 200, §3º, da LC 75/1993, seria 3 VEZES
CONSECUTIVAS ou 5 VEZES ALTERNADAS

109 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) Em relação à promoção


dos membros do MPU, a lista de antigüidade será organizada no primeiro
trimestre de cada ano, aprovada pelo Conselho Superior e publicada no Diário
Oficial até o último dia do mês seguinte.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.
A assertiva está conforme preconiza o art. 202, § 1º, da LC 75/1993.
Revendo o assunto.....

LISTA DE ANTIGUIDADE DOS MEMBROS DO MPU

9 É ORGANIZADA NO 1º TRIMESTRE DE CADA ANO


9 É APROVADA PELO RESPECTIVO CONSELHO SUPERIOR
9 É PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL ATÉ O ÚLTIMO DIA DO
MÊS SEGUINTE

110 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É permitido ao membro


do MPU exercer, ainda que em disponibilidade, outra função pública.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.
Segundo está previsto no art. 237, inciso IV da LC 75/1993, o membro
do MPU pode exercer, ainda que em disponibilidade uma função pública de
MAGISTÉRIO.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 6


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

O quadro a seguir, sintetiza o tema sobre as vedações dos membros do


MPU previstas no art. 237, incisos I a V, da LC 75/1993.

VEDAÇÕES DOS MEMBROS DO MPU

Ö receber, a qualquer título e sob qualquer pretexto:


• HONORÁRIOS
• PERCENTAGENS
• CUSTAS PROCESSUAIS
Ö exercer a advocacia
Ö exercer o comércio ou participar de sociedade comercial,
exceto como cotista ou acionista
Ö exercer, ainda que em disponibilidade, qualquer outra
função pública, salvo uma de magistério
Ö exercer atividade político-partidária, ressalvada:
• a filiação, na forma permitida ao membro do MPU
• o direito de afastar-se para:
o exercer cargo eletivo
o concorrer a cargo eletivo

111 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) O membro do Ministério


Público da União será aposentado, compulsoriamente, por invalidez ou aos
setenta anos de idade, e facultativamente aos trinta e cinco anos de serviço,
após cinco anos de exercício efetivo na carreira.

Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O texto do art. 231, da LC 75/1993, estabecele, 30 anos de serviço para
o caso de aposentadoria compulsória.
Vamos revisar.....
O membro do MPU será aposentado:

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 7


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Ö COMPULSORIAMENTE
• por invalidez ou
• aos 70 anos de idade
Ö FACULTATIVAMENTE ou VOLUNTARIAMENTE aos 30 anos de
serviço, desde que tenha mais de 5 anos de efetivo exercício na
carreira

112 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) A Secretaria do MPU é


dirigida pelo seu Diretor-Geral de livre escolha do Procurador-Geral da
República e demissível ad nutum, incumbindo-lhe os serviços auxiliares de
apoio técnico e administrativo à Instituição.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.
O item está em consonância com o art. 35 da LC 75/1993.

113 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Ministério Público faz valer a


ação punitiva do Estado, proveniente da prática do crime. Além disso, tem,
entre outras, a função de velar pela defesa dos interesses da sociedade, bem
como exercer a fiscalização quanto à correta aplicação da lei.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
Segundo o jurista Pinto Ferreira, in Comentários à Constituição
Brasileira, SP, Ed. Saraiva, 1992, o MP "faz valer a pretensão punitiva do
Estado, proveniente da prática do crime. Tem ainda a função básica de velar
pela defesa dos interesses da sociedade, bem como exercer a fiscalização
quanto à correta aplicação da lei".
Observe que a PRETENSÃO é um conceito distinto da AÇÃO, pois a
PRETENSÃO se refere ao pedido ou ao objeto da ação.
A AÇÂO, em sentido amplo, corresponde ao conceito do direito subjetivo
de demandar, de ingressar em juízo para obter do Poder Judiciário uma
solução para toda e qualquer pretensão ou conflito de pretensões.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 8


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Em sentido mais restrito, a ação é o meio pelo qual se obtém uma


resposta de mérito e, para tanto, depende do preenchimento de certos
requisitos. São condições da ação: a possibilidade jurídica do pedido, a
legitimidade de causa e o interesse de agir.

114 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Ministério Público é


instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-
lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais
e individuais disponíveis.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
Tenham atenção a esse tipo que questão em que a “Banca” tenta
confundir e pegar o candidato pelo cansaço de uma leitura longa.
Assim, de acordo com o art. 127, caput, da CF/88, o Ministério Público é
instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-
lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais
e individuais INDISPONÍVEIS.
Vamos revisar com um mantra.....
MANTRA !

MINISTÉRIO-PÚBLICO – CONCEPÇÃO FUNDAMENTAL

É INSTITUIÇÃO PERMANENTE

ESSENCIAL À FUNÇÃO JURISDICIONAL DO ESTADO

INCUMBINDO-LHE A DEFESA

DA ORDEM JURÍDICA

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 9


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

+
DO REGIME DEMOCRÁTICO
+
DOS INTERESSES SOCIAIS E INDIVIDUAIS INDISPONÍVEIS

115 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Segundo expresso no texto


constitucional, são princípios institucionais do Ministério Público a unidade, a
indivisibilidade e a independência institucional.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
Mais uma questão que requer atenção do candidato na hora da leitura,
pois, conforme consta no art. 127, § 1º, da CF/88, são princípios institucionais
do Ministério Público:
• a unidade
• a indivisibilidade
• a independência funcional.
Revisando.....
MANTRA !

PRINCÍPIOS INSTITUCIONAIS DO MINISTÉRIO PÚBLICO

SÃO PRINCÍPIOS INSTITUCIONAIS DO MINISTÉRIO PÚBLICO

“IUI”

INDIVISIBILIDADE
+
UNIDADE
+
INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 10


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Observe que o MP não é um dos Poderes da República, pois integra o


Capítulo das FUNÇÕES ESSENCIAIS DA JUSTIÇA.

116 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Ao Ministério Público é


assegurada autonomia funcional e administrativa, podendo, observado o limite
de gasto com pessoal previsto na CF/88, propor ao Poder Legislativo a criação
e extinção de seus serviços auxiliares, provendo-os por concurso público de
provas ou de provas e títulos, a política remuneratória e os planos de carreira.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.
A questão apresenta um texto longo, que pode trazer incerteza ao
candidato.
No entanto, a assertiva tem como base o texto do art. 127, § 2º, da
CF/88.

117 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Com a finalidade de consolidar


a proposta orçamentária anual, o Poder Executivo procederá aos ajustes
necessários, caso ocorra o encaminhamento da proposta orçamentária do
Ministério Público em desalinho com os limites estabelecidos na lei
orçamentária anual.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O item diverge do que está previsto no art. 127, § 5º, da CF/88, pois
caso o MP não encaminhe sua respectiva proposta orçamentária dentro do
prazo estabelecido na LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - LDO, o
Poder Executivo considerará, para fins de consolidação da proposta
orçamentária anual, os valores aprovados na lei orçamentária – LOA vigente,
ajustados de acordo com os limites estipulados na LDO.

118 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) É possível que um membro do


Ministério Público Militar seja Chefe do Ministério Público Federal.
Comentários:
O gabarito da questão é CERTO.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 11


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Muita calma nessa hora.....


Observe que, de acordo com o art. 25 da LC nº 75/1993, o PGR é o
chefe do MPU, nomeado pelo Presidente da República entre INTEGRANTES
DA CARREIRA, maiores de 35 anos, permitida a recondução precedida de
nova decisão do Senado Federal.
Vamos continuar o raciocínio: Se o PGR é um dos INTEGRANTES DA
CARREIRA, ele pode advir das carreiras do MPF, do MPT, do MPDFT ou do
MPM.
Além disso, de acordo com o art. 45, da LC nº 75/1993, o PGR é o
CHEFE DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL.
Tudo bem até aí ?
Então, pegaram o raciocínio ?
Diante dessas informações, podemos concluir que, se o PGR vier da
carreira do MPM, ele será o Chefe do MPF, razão pela qual a assertiva está
CORRETA.

119 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Procurador Regional da


República convocado receberá a diferença de vencimento correspondente ao
cargo de Subprocurador-Geral da República, exceto diárias e transporte.
Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
A assertiva diverge do que consta no art. 47, § 3º, da LC nº 75/1993,
pois, Procurador Regional da República convocado o Procurador Regional da
República convocado receberá a diferença de vencimento correspondente ao
cargo de Subprocurador-Geral da República, INCLUSIVE DIÁRIAS E
TRANSPORTE, se for o caso.

120 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Corregedor-Geral do


Ministério Público do Trabalho será nomeado pelo Procurador-Geral do
Trabalho entre os Subprocuradores-Gerais do Trabalho, integrantes de lista
sêxtupla elaborada pelo Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho,
para mandato de 2 anos, renovável uma vez.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 12


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

Comentários:
O gabarito da questão é ERRADO.
O erro da assertiva se deve ao fato de que, conforme consta no art. 105,
da LC nº 75/1993, o Corregedor-Geral será nomeado pelo Procurador-Geral do
Trabalho entre os Subprocuradores-Gerais do Trabalho, integrantes de LISTA
TRÍPLICE elaborada pelo Conselho Superior, para mandato de 2 anos,
renovável uma vez.
A partir de agora, deixo vocês com as questões dessa aula
sem os comentários para aqueles que gostam de se arriscar em fazer
as questões sem o gabarito.
Minha dica é que se façam sempre exercícios resolvidos
para otimizar o aprendizado.

2 – Questões desta aula

101 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) O Procurador-Geral de


Justiça será nomeado pelo Presidente da República entre integrantes de lista
tríplice elaborada pelo Colégio de Procuradores e Promotores de Justiça, para
mandato de dois anos, permitida uma reeleição, precedida de nova lista
tríplice.
102 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do Ministério
Público do Distrito Federal e Territórios, cabe privativamente aos Promotores
de Justiça o exercício das funções de Corregedor-Geral do Ministério Público do
Distrito Federal e Territórios, de Promotor Distrital dos Direitos do Cidadão e
de Coordenador de Câmara de Coordenação e Revisão.
103 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) Os membros do
Ministério Público da União gozam das garantias absolutas da vitaliciedade e da
inamovibilidade.
104 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É garantia processual
do Procurador-Geral da República, ser processado e julgado, nos crimes
comuns, pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Senado Federal, nos crimes de
responsabilidade.

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 13


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

105 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do MPU, a


garantia da vitaliciedade de seus membros perdura mesmo com sua
aposentadoria, além de se estabelecer em todos os cargos.
106 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É possível a
transferência ou aproveitamento nos cargos do Ministério Público da União,
mesmo de um para outro de seus ramos.
107 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) A Comissão de
Concurso será integrada pelo Procurador-Geral, seu Presidente, por dois
membros do respectivo ramo do Ministério Público e por um jurista de
reputação ilibada, indicados pelo Conselho Superior e por um advogado
indicado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.
108 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) No âmbito do MPU,
será obrigatoriamente promovido quem houver figurado por cinco vezes
consecutivas, ou três alternadas, na lista tríplice elaborada pelo Conselho
Superior.
109 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) Em relação à promoção
dos membros do MPU, a lista de antigüidade será organizada no primeiro
trimestre de cada ano, aprovada pelo Conselho Superior e publicada no Diário
Oficial até o último dia do mês seguinte.
110 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) É permitido ao membro
do MPU exercer, ainda que em disponibilidade, outra função pública.
111 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) O membro do Ministério
Público da União será aposentado, compulsoriamente, por invalidez ou aos
setenta anos de idade, e facultativamente aos trinta e cinco anos de serviço,
após cinco anos de exercício efetivo na carreira.
112 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/MPU/2010) A Secretaria do MPU é
dirigida pelo seu Diretor-Geral de livre escolha do Procurador-Geral da
República e demissível ad nutum, incumbindo-lhe os serviços auxiliares de
apoio técnico e administrativo à Instituição.
113 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Ministério Público faz valer a
ação punitiva do Estado, proveniente da prática do crime. Além disso, tem,
entre outras, a função de velar pela defesa dos interesses da sociedade, bem
como exercer a fiscalização quanto à correta aplicação da lei.
114 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Ministério Público é
instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 14


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais


e individuais disponíveis.
115 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Segundo expresso no texto
constitucional, são princípios institucionais do Ministério Público a unidade, a
indivisibilidade e a independência institucional.
116 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Ao Ministério Público é
assegurada autonomia funcional e administrativa, podendo, observado o limite
de gasto com pessoal previsto na CF/88, propor ao Poder Legislativo a criação
e extinção de seus serviços auxiliares, provendo-os por concurso público de
provas ou de provas e títulos, a política remuneratória e os planos de carreira.
117 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) Com a finalidade de consolidar
a proposta orçamentária anual, o Poder Executivo procederá aos ajustes
necessários, caso ocorra o encaminhamento da proposta orçamentária do
Ministério Público em desalinho com os limites estabelecidos na lei
orçamentária anual.
118 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) É possível que um membro do
Ministério Público Militar seja Chefe do Ministério Público Federal.
119 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Procurador Regional da
República convocado receberá a diferença de vencimento correspondente ao
cargo de Subprocurador-Geral da República, exceto diárias e transporte.
120 - (ERICK/ANALISTA E TÉCNICO/2010) O Corregedor-Geral do
Ministério Público do Trabalho será nomeado pelo Procurador-Geral do
Trabalho entre os Subprocuradores-Gerais do Trabalho, integrantes de lista
sêxtupla elaborada pelo Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho,
para mandato de 2 anos, renovável uma vez.
GABARITO

101 – E 102 – E 103 – E 104 – E 105 – E

106 – E 107 – C 108 – E 109 – C 110 – C

111 – E 112 – C 113 – E 114 – E 115 – E

116 – C 117 – E 118 – C 119 – E 120 – E

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 15


J o s i l d a S a n t o s , C P F : 4 6 8 9 7 8 0 1 4 5 3

CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS – MPU
LEGUISLAÇÃO APLICADA AO MPU – AULA 4
PROFESSOR: ERICK MOURA

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
Ö CONSTITUIÇÃO FEDERAL DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO
BRASIL.
Ö Lei Complementar nº 75/1993.
Ö Sítio do Ministério Público da União:
http://www.mpu.gov.br
Ö LOPES, J. A. V. Democracia e cidadania: o novo Ministério
Público . Rio de janeiro: Lumen Juris, 2000.
Ö MAZZILLI, H. N. Introdução ao Ministério Público . São
Paulo: Saraiva, 1997.
Ö SALLES, C. A. Entre a razão e a utopia: a formação histórica
do Ministério Público. In: VIGLIAR, J. M. M. e MACEDO JÚNIOR, R. P.
(Coord.). Ministério Público II: democracia . São Paulo: Atlas, 1999.

Prezados(as) colegas Concurseiros(as), chega ao fim este nosso


encontro.
Gostaram ?
Lembrem-se de que com o corpo e a mente em equilíbrio, o
sucesso chegará em breve! Coloco-me à disposição para eventuais dúvidas e
sugestões, pois elas serão de muita valia para nosso trabalho em conjunto.
Utilizem nosso fórum ou email erick@pontodosconcursos.com.br
Mãos à obra e saudações a todos.
Bons estudos !
Erick Moura

Prof. Erick Moura www.pontodosconcursos.com.br 16