Você está na página 1de 9

VACINAÇÃO:

 Vacinar: Administrar um micro-organismo ou parte dele em um indivíduo com o


objetivo de estimular seu sistema imunológico a desenvolver uma proteção duradoura
contra determinada doença.

2) Tipos de vacinas
2.a) Atenuadas:
• Produzidas através de microorganismos vivos, por cultivo ou animais de
laboratório.
• Não possuem patogenicidade.
• Produzem resposta imunológica intensa e duradoura.
BCG/ POLIOMIELITE – VOP/ TRÍPLIVE-VIRAL/FEBRE AMARELA/VARICELA

2.b) Inativadas:
• Produzidas através de microorganismos mortos.
• São necessárias altas doses para obtenção de títulos protetores de
anticorpos.
• Não possuem patogenicidade;
São elas:
• Hepatite B/Hib/Tríplice bacteriana-DTP/Pneumococo 10v/Meningocócia C
• Hepatite A/Raiva/Influenza/Poliomielite inativada (VIP)

3) Contraindicações Gerais:

3.1) Vacinas atenuadas:

• Imunodeficiência (HIV sintomático);

• Tto Imunosupressor com prednisona > ou = 2mg/Kg/dia: vacinar 3 meses após a


suspensão;

• Neoplasias malignas, Radioterapia e quimioterapia;

• Gravidez: devido ao risco de danos ao feto. Exceção – vacina contra febre amarela que
poderá ser administrada quando a gestante está sob alto risco de exposição à infecção.

3.2) Vacinas Inativadas: ADIAR A VACINAÇÃO SE:

• Tratamento com imunosupressores;

• doenças agudas e febris graves (para que seus sinais e sintomas, não sejam atribuídos
à vacina administrada): qqr vacina;

• REAVALIAR SITUAÇÃO: Situações epidemiológicas de risco

• EVITAR: Após reação anafilática a qualquer tipo de vacina


ATENÇÃO:

1ª DOSE:

Estimula o sistema imunológico – Está vacinada.

2ª DOSE:

Inicia a produção de anticorpos.

3ª DOSE:

Resposta imunológica eficaz – Está imunizada.

REFORÇO: Reativação da memória imunológica

AO VACINAR:

1) OBSERVE:

Na criança: Idade; Estado geral.

Na vacina: Aprazamento; Validade; Lote; Volume a utilizar

2) REGISTRE: 1. No Cartão de vacinação:


Nome da vacina, Data, Lote , validade e assinatura;
Aprazamento das prox. doses
2. Cartão arquivo:
As mesmas informações;
3. Boletim de doses aplicadas;
Oriente quanto aos eventos adversos.

Vacinas: 1- HEPATITE B

É utilizada para prevenção da Hepatite B. A partir do Calendário de vacinação 2016 sua oferta
passa a ser ampliada a população independentemente da idade e ou condições de
vunerabilidade

 Vacina de vírus Inativado.


 ESQUEMA: 1ª dose ao nascer (primeiras 12 horas de vida), SEGUE O ESQUEMA NO RN,
COM A PENTAVALENTE.

 Em jovens e adultos, segue assim: a segunda dose, um mês após a primeira, e a


terceira, seis meses após a primeira. 0, 1 e 6.

 Dose: 0, 5 ml (0 - 19 anos 11 meses e 29 dias).


 1ml a partir de 20 anos.
 Via de Administração: IM no Vasto Lateral da Coxa Direita (< de 2 anos) e no Deltoíde
(> de 2 anos).

 Agulha 25x7 (< de 2 anos - 20 x 6,0).


 Validade: até o final do frasco.
 Idade mínima de administração: 0 meses.

2 - BCG

 Composição: Mycobacterium bovis atenuado que Previne: formas graves da


Tuberculose (miliar e meníngea)

DOSE ÚNICA AO NASCER

 Dose e via: 0, 1 ml, ID.


 Local: inserção inferior do músculo deltoide direito.
 Seringa: 13 X 4,5 (literatura 13 x 3,8).
 Validade: Após aberta 6 horas de validade.
 Se não gerar cicatriz: revacinar após 6 meses da primeira dose.
 Crianças menores de 5 anos sem cicatriz vacinal: aplicar 1 dose.
 Crianças nascidas de mulheres HIV positivos: aplicar a vacina.
 Crianças infectadas pelo HIV assintomáticas e sem imunosupressão: aplicar a vacina.
CONTRAINDICAÇÕES: Adiar quando:

 RN’s menores de 2Kg;


 RN com afecções dermatológicas intensas;
 Prematuros com menos de 36 semanas: (até completar um mês e atingir 2Kg);
 Cça com imunodeficiência congênita ou adquirida (HIV-sintomáticas).
REAÇÕES ADVERSAS:

 Resultante: do tipo de cepa, técnica imperfeita (inoculação de dose excessiva ou


contaminação).

 Abscessos local;
 Úlcera de tamanho exagerado;
 Cicatriz quelóide (indivíduos com propensão genética).

3 - PENTAVALENTE

 Vacina inativada: inserida a patir de 2012 NO CALENDÁRIO VACINAL.


 Composição: toxoíde diftérico + toxoíde tetânico + bacilos mortos da PERTUSSIS +
*HIB + Hepatite B

 *HIB: HAEMOPHILUS; meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus


influenzae tipo b (otite, problemas respiratórios).
DOSES:

Primeira dose aos 2m./Segunda dose: 4m./Terceira dose: 6m

1º REFORÇO: Aos 15 meses com DTP /2º REFORÇO: Entre 4 a 6 anos com DTP

Após o 2º reforço, um reforço a cada 10 anos com dT.

 Idade Mínima : 2 meses.

 Idade Máxima : 11 meses e 29 dias.

 Dose: 0, 5 ml. /Via de Administração: IM (Músculo Vasto Lateral da Coxa Esquerda).

 Seringa: 2 ml e agulha :25 X 7 /Validade: Após aberta - 05 dias.

ATENÇÃO:

 Só pode ser administrada até os 11 meses e 29 dias, caso a criança chegue aos 12
meses e não houver completado a esquema – dose seguinte com DTP (que é
administrada até 6 anos 11 meses e 29 dias).

 Se a criança chegar aos 6 anos e não tiver tomado o 1° reforço da DTP: Reforço único.

 Se a criança chegar aos 7 anos sem nenhuma dose: DT em 3 doses

CONTRAINDICAÇÕES:

 Doença neurológica em atividade;

 Cça que tenha apresentado:

 Convulsão (nas 1ª 72h).

 Encefalopatia nos primeiros 7 dias.

 Episódio hipotônico-hiporresponsivo (EHH) (nas 1ª 48 h)

REAÇÕES ADVERSAS:

 Reações locais: Dor, Edema, Eritema, Abcesso quente, Nódulo (efeito do aluminio).

Reações sistemicas: Febre alta, Sonolência, Vômitos, Choro persistente

4 -DTP – TRÍPLICE BACTERIANA

É utilizada para o 1° (15 meses) e o 2° reforço (4-6 anos)da Pentavalente.

 Idade mínima: 12 meses.


 Idade máxima: 6 anos completos.
 Dose: 0,5 ml.
 Via de Administração: IM no vasto lateral da coxa esquerda (< de 2 anos).
Agulha: 25 X 7

 Validade: até o final do frasco.


5- DUPLA BACTERIANA – Dt

 Reforço a cada 10 anos (se ferimentos graves e gestantes – 5 anos).


 Usar 3 doses, com intervalo de 60 dias, considerar sempre o estado anterior da:
penta, DT, DTP.

 Idade mínima para aplicação : 7 anos.


 Dose: 0,5 ml.
 Via de Administração: IM, na inserção inferior do músculo deltóide esquerdo.
 Agulha: 25 X 7
 Validade: até o final do frasco.
 Só é usada nos seguintes casos:
 Crianças não imunizadas antes dos 7 anos (esquema imcompleto ou atraso nos
reforços)

 Gestantes;

6- POLIOMIELITE:

VIP: Vacina inativada contra a Poliomielite trivalente

VOP: Vacina Oral contra a Poliomielite trivalente

VIP: 3 DOSES: 2m./4m./6m. Reforço:VOP- 15m. e 4 anos

 A VIP é composta por três tipos de poliovírus inativados (1, 2, e 3) sendo considerada
mais segura do que a VOP.

 A VIP só será utilizada para as crianças que estão iniciando o calendário vacinal.

 Pode ser aplicada em imunodeficientes e em crianças contactantes.

 VIP: Via de Administração: IM / Dose: 0,5 ml /Agulha: 25 X 7

 Contraindicações:

 Não pode ser utilizada para indivíduos com reação alérgica de caráter anafilático a
neomicina e a estreptomicina (contém traços desses antibióticos).

 Quadro febril agudo ou alergia a um dos componentes da vacina.

 Reações:

 Dor e eritema

7 - VOP

 Vacina trivalente composta por vírus vivo atenuado que protege contra Paralisia
Infantil.
 É absorvida pelo TGI e o vírus atenuado é eliminado nas fezes do individuo vacinado
por cerca de 6 semanas (riscos e beneficios)

 Idade Mínima : 2 meses.

 Idade máxima: 4 anos 11 meses e 29 dias.

 Dose: 2 gotas (frasco multidose) – 10, 20 e 25ml.

 Via de administração: Oral.

 VALIDADE: após aberto o frasco – 5 dias.

 Caso a criança cuspir, apresentar vômito ou regurgitar pode revacinar até 30 minutos.
Se passar desse tempo não pode.

 Imunodeficientes ou contactantes de imunodeficientes – não aplicar a VOP – aplicar a


VIP.

 Adiar a vacina: diarreia grave e/ou vômitos intensos.

8- ROTAVIRUS

 Vacina de vírus atenuados, que protege contra a doença grave por rotavírus e contra
gastroenterites

 Esquema: duas doses por via oral aos 2 e 4 meses (rotina)

 Via de Administração: Oral (Bisnaga + /- 1,5ml).

 Faixa etária ideal: 1ªdose: 2m 2ª dose: 4m

 Podendo ser aplicado desde:

 1ª d: 1 mês e 15 dias a 3 meses e 15 dias.

 2ª d: 3 meses e 15 dias a 7 meses e 29 dias

 Contraindicação: Doenças gastrointestinal

9- PNEUMOCÓCICA 10

 Vacina inativada;

 Previne: contra doença invasiva pneumocócica (pneumonias, meningites e sepse) e


otites médias causadas por Streptococcus pneumoniae.

 Idade Mínima: 02 meses/Idade Máxima: menores de 5 anoS

CRIANÇA com menos de 12 meses – 2 doses mais 1 reforço.

Iniciar a 1ª dose preferencialmente a partir de 02 meses de idade, com intervalo de


pelo menos 60 dias entre as doses, e intervalo de 30 dias se atraso do esquema.

Reforço: 12 meses

Crianças 12m a < 5 anos não vacinadas: DOSE ÚNICA


 Via de administração: IM no vasto lateral da coxa direita

 Embalagens com 10 frascos-ampolas de vidro, apresentando monodose de 0,5 ml.

Dose: 0,5 ml. Agulha: 25x7

10-MENINGOCÓCICA C

Vacina inativada. Previne a infecção invasiva pelo meningococo C em crianças acima de 2


meses de idade.

ESQUEMA: duas doses aos 3 e 5 meses de idade, com intervalo entre as doses de 60 dias, e
mínimo de 30 dias (3 e 5).

A partir dos 12 meses – 1 dose.

O reforço é recomendado preferencialmente entre 12 e 15 meses de idade.

1ª DOSE; 3 m./ 2ª dose: 5m. REFORÇO:12m.

ATENÇÃO: Crianças de 12 meses a 4 anos não vacinadas: DOSE ÚNICA

Dose: 0,5 ml.

Via de administração: IM no vasto lateral da coxa direita. Crianças maiores e adultos:


deltoide.

Agulha: 25x7

11- HEPATITE A:

A vacina contra hepatite A, é composta por vírus inativado.

Idade mínima: 15m/Idade máxima: menores de 2 anos

Dose: 0,5 mL

Via: Intramuscular (IM)/Local: músculo VLC (direito).

12-TRÍPLICE VIRAL ( Caxumba/Rubéola e Sarampo)

 Vacina de vírus vivos atenuados.

 Protege contra SARAMPO, RUBÉOLA E CAXUMBA.

 ESQUEMA: Dose Única aos 12 m. REFORCO: TETRAVIRAL AOS 15 MESES.


 Idade mínima: 12 meses (em casos de surtos 6 m).

 Idade máxima: 49 anos mulheres; Homem: 39 anos.

 Dose: 0, 5 ml.

 Via de administração: SC na inserção inferior do Músculo Deltoide Direito.


 Validade: Após aberto o frasco – 8 horas.

 AGULHA: 13 x 4,5

 Adolescentes (até 19 anos) que tiver duas doses comprovadas no cartão: não precisa
vacinar.

 Até 19 anos 11 meses e 29 dias: 2 doses.

 Maiores de 20 anos: 1 dose.

 Mulher em id. Fértil: Evitar a gravidez nos próximos 30 dias, após a vacinação.

 13-TETRAVIRAL
 Vacina de vírus vivos atenuados Inserida no CV em setembro de 2013.

 Protege contra SARAMPO, RUBÉOLA , CAXUMBA E VARICELA.

 Id. Mínima: 15 meses

 Id. Máxima: 24 meses

 ATENÇÃO: Crianças que receberam a 1ª dose de tríplice viral

 Conservação: entre +2 a +8ºC e não pode ser congelada.

 Dose: 0, 5 ml.

 Via de administração: SC na inserção inferior do Músculo Deltoide Direito.

 Embalagens: monodose (frasco ampola + diluente)

 Validade: 18 meses a partir da data de fabricação.

 14-INFLUENZA
 Idade Mínima : 6 meses./Idade Máxima: Não possui.

 ESQUEMA:

 6 meses a < de 3 anos: 0,25 ml – 1 a 2 doses com intervalo de 4 a 6 semanas.

 3 a 8 anos: 0,5 ml - 1 a 2 doses com intervalo de 4 a 6 semanas.

 = 9 anos: 0,5 ml – 1 dose.

 Após o primeiro ano de recebimento – 1 dose anual

 15- HPV – VAC. PAPILOMAVIRUS HUMANO

 Vacina quadrivalente composta por vírus HPV inativado subtipos 6, 11, 16 e 18.

 Indicação: adolescentes dos sexo feminino

 Apresentação: Fraco-ampola monodose


 Dose: 0,5 ml

 Via: IM (deltoíde ou região ventro glútea)

 Esquema: duas doses com intervalo de seis meses entre a 1ª e 2ª dose


 Faixa Etária: Adolescentes e indigenas entre 9 a 13 anos;
 Não é indicada em gestantes. Se a menina engravidar após o inicio do esquema
vacinal, adia-se a outra dose para o pós parto

Vitamina A

 Reduz a gravidade das infecções, tais como diarréia e infecções respiratórias,


possibilitando recuperação mais rápida;

 Necessária para o processo de crescimento, para proteção da córnea. A falta dessa


vitamina pode gerar dificuldades de se enxergar em lugares com luz fraca, causar
alterações oculares, levando até mesmo à cegueira total

Dose: 6meses – uma dose de 100.00Ui, repete aos 12 meses.

A partir de 12 meses uma dose de 200.000 Ui a cada 6 meses até 59 meses (5 anos).

Você também pode gostar