Você está na página 1de 2

ESTADO DO MARANHÃO

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

PORTARIA Nº 0235/GABIN SÃO LUIS, 28 DE ABRIL DE 2015.


D.O.E.: 06.05.2015

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas


atribuições, e com base no art. 66, § 6°, da Lei Nº 7.799, de 19 de dezembro de 2002
(CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO),

R E S O L V E:

Art. 1º Será suspensa de ofício a inscrição do contribuinte que apresentar


nos últimos doze meses de atividade, por 03(três) meses consecutivos, declarações com
valor do faturamento acumulado inferior a 100% do valor calculado das entradas
acumuladas no mesmo período, independentemente do regime de pagamento.

Parágrafo único. Os meses consecutivos a que se refere o caput serão os


03(três) últimos do período apurado.

Art. 2° O Valor calculado das entradas de que trata o art. 1º, compreenderá
as aquisições para comercialização ou industrialização declaradas no período analisado.

Art. 3º A apuração do percentual das saídas sobre as entradas será feita


mensalmente no momento da apresentação da declaração, com a informação no recibo
definitivo do percentual apurado nos últimos 12(doze) meses.

Art. 4º A suspensão será feita de forma automática no momento do


processamento da declaração em que for apurada a terceira ocorrência consecutiva de
que trata o art. 1º.

Art. 5º O contribuinte que for suspenso nos termos desta Portaria terá sua
inscrição reativada de forma automática no mês em que apresentar declaração com
faturamento igual ou superior a 100% das entradas calculadas e que o retire da situação
de que trata art. 2º.

Art. 6° Os contribuintes enquadrados na situação prevista no art. 1°, ficam


sujeitos ao recolhimento antecipado do ICMS relativamente às operações e prestações
tributáveis, quando da passagem pela primeira repartição fiscal neste Estado.

Parágrafo Único. O pagamento do imposto previsto no caput deverá ser


realizado no código de receita 101, com indicação dos documentos fiscais a que se
refere por meio do DARE disponível no site da SEFAZ.

Art. 7° É vedada a emissão de Termo de Verificação Fiscal/ Infração Fiscal


- TVI/IF aos contribuintes que estejam suspensos de ofício nos termos desta Portaria,
ressalvados os casos previstos no Regulamento do ICMS.
ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

Art. 8° Em caso de discordância por parte do contribuinte sobre os


percentuais apurados caberá a este apresentar ao fisco, no acesso - "Reativação
Confronto" no SEFAZNET, a documentação que prove o contrário, visando regularizar
a sua situação cadastral.

Art. 9º Fica revogada a Portaria nº 063/GABIN, de 15 de fevereiro de 2011.

Art. 10. Esta portaria entra em vigor na data da sua publicação, produzindo
efeitos a partir da competência da declaração do mês de junho/2015.

DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA, SÃO LUÍS, 28 DE ABRIL


DE 2015.

MARCELLUS RIBEIRO ALVES


Secretário de Estado da Fazenda