Você está na página 1de 40

Isto é Verdade?

Sermão nº 1930

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)

Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra

Dez/2018
S772
Spurgeon, Charles H.- 1834-1892
Isto é verdade? / Charles H. Spurgeon
Tradução e adaptação Silvio Dutra Alves – Rio de
Janeiro, 2018.
40p.; 14,8 x21cm

1. Teologia. 2. Pregação. 3. Alves, Silvio Dutra.


I. Título.

CDD 252

2
“Falou Nabucodonosor e lhes disse: É verdade, ó
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, que vós não
servis a meus deuses, nem adorais a imagem de
ouro que levantei?” (Daniel 3:14)

Queridos amigos que ainda não se decidiram;


se você se tornar um seguidor do Senhor Jesus
Cristo, será bom que você calcule o custo. Era
costume do nosso Senhor oferecer aos homens
que considerassem o que o Seu serviço poderia
envolver. Sua declaração frequente era: “Aquele
que não toma sua cruz e não segue após Mim,
não é digno de Mim”. Ele sabia e queria que
soubéssemos que não é brincadeira de criança
ser um soldado da cruz. Se contarmos com
facilidade nesta guerra, seremos seriamente
desapontados, devemos lutar se quisermos
reinar.

Uma razão para isso é que o mundo, como


Nabucodonosor, espera que todos sigam suas
modas e obedeçam suas regras. O deus deste
mundo é o diabo, e ele afirma obediência
implícita. O pecado, de alguma forma ou de
outra, é a imagem que Satanás estabelece e
requer que sirvamos. A tirania do mundo é feroz
e cruel, e aqueles que não adorarem sua
imagem descobrirão que a fornalha de fogo
ardente ainda não resfriou. Se você pretende ser
3
um cristão e, portanto, pretende abandonar a
escravidão deste mundo do mal presente, sua
determinação deve ser tomada para suportar
todas as consequências, em vez de adorar o ídolo
da hora. A flauta, a harpa, o saco e o saltério do
mundo devem soar em vão para você. Uma
música mais nobre deve encantar seus ouvidos
e fazer você desafiar as ameaças do mundo.

A posição do verdadeiro crente deve ser tomada,


e ele deve determinar que ele obedecerá a Deus
e não ao homem. Aquilo que se recomenda à sua
consciência como certo e puro e verdadeiro
você deve seguir sem reserva, mas o que é
errado, sujo e falso você deve desistir disso com
determinação fixa.

Você não pode ser discípulo de Cristo, a menos


que tenha chegado a esse ponto e permaneça
nele, pois somente Jesus conduz nos caminhos
da justiça.

Aquele que é um súdito leal do Rei Jesus não


tentará viver em pecado e viverá na graça
também, pois saberá que ninguém pode servir a
dois senhores. O amor do mundo e o amor de
Deus não se misturarão mais do que o petróleo
e a água. Tentar uma fusão desses dois é trazer
confusão para o seu coração e vida. O desafio
profético é sábio: “Se o Senhor é Deus, segui-o;
4
mas, se Baal, segui-o”. Um ou outro você pode
servir, mas não ambos.

Todo homem que conhece o Senhor Jesus


Cristo e foi lavado em Seu sangue, e foi feito
participante da natureza divina, compreenderá
o que ele fez com a amizade deste presente
mundo mau. O mundo pode exigir que ele ceda
às suas ordens, mas como servo do Senhor Jesus
Cristo, ele se recusará a fazê-lo.

Como Sadraque, Mesaque e Abednego


disseram a Nabucodonosor, os verdadeiros
crentes dirão ao mundo: “Não serviremos a seus
deuses nem adoraremos a imagem de ouro que
você estabeleceu”.

Agora, se você puder se recusar a pecar, você


pode recusar até mesmo negociar com
iniquidade, está bem com você. Se você se
destaca pela verdade e pela retidão, sua
consciência aprovará sua posição e isso em si
não traz nenhum conforto. Será uma coisa
enobrecedora para a sua maturidade ter
provado sua força, e tenderá a torná-la mais
forte. Seu curso de justiça resoluto será
aceitável com Deus, e isso também é uma
recompensa extremamente grande. Eu preferia
agradar ao Senhor a ganhar o aplauso de todos
os anjos no céu e todos os príncipes da terra.
5
Naquele dia, quando o abençoado e único
potentado distribuir coroas e palmas para os
fiéis, será o auge da bem-aventurança ouvi-lo
dizer: “Muito bem, servo bom e fiel”. Talvez
alguns de vocês possam dizer: “Nós não nos
curvaremos diante dos deuses do mundo, mas
adoraremos somente a Deus: seguiremos a
Cristo, e nenhum ao lado”. Essa é uma decisão
corajosa, você nunca se arrependerá se você
aguenta até o fim. Nós estamos contentes de
ouvir você falar assim, mas é verdade? "É
verdade?" Estas palavras eu tomarei por si
mesmas, e as coloquei em chamas. Nenhuma
pergunta pode ser mais necessária ou mais
pesquisadora do que "É verdade?" É muito bom
professar, mas "É verdade?" É muito bom
prometer, mas "É verdade?" A coisa a falar de
desafiar Nabucodonosor e sua fornalha ardente,
mas “É verdade?” Os céticos questionam sua
declaração com um escárnio sarcástico, os
pecadores a questionam com uma
incredulidade aberta, e os santos questionam
com profunda ansiedade para que você seja
sincero. De muitos lados vem a pergunta: “É
verdade?” Deve ser perguntado, será
perguntado, deve ser perguntado, e por isso eu
pergunto: “É verdade?”

I. Seguidor de Cristo, ESTÁ PRONTO PARA A


PERGUNTA, “É VERDADE?” Não pense em viver
6
despercebido, pois uma luz forte domina cada
cristão. Você terá a certeza de encontrar alguém
que você respeita ou teme, que exigirá de você:
“É verdade?” Nabucodonosor era um grande
personagem para esses três homens santos; ele
era seu senhor despótico, seu empregador, seu
influente amigo. Em suas mãos repousavam
suas liberdades e suas vidas. Ele era, além disso,
seu benfeitor, pois ele os estabelecera em alto
cargo em seu império. Toda a esperança de mais
promoção estava com ele, e se eles
prosperassem e se levantassem no mundo,
teriam que ganhar seu sorriso. Muitos jovens
cristãos são tentados com essa tentação. Muitas
vantagens mundanas podem ser obtidas ao se
favorecer certos homens ímpios que são como
pequenos Nabucodonosores, e isso é um grande
perigo. Eles são obrigados a fazer o mal por
alguém que é seu superior, seu empregador,
seu patrono.

Agora vem o teste. Eles vão suportar a hora da


provação? Eles dizem que podem suportar isso,
mas é verdade? Que meus leitores estejam
preparados para tal provação, pois com toda a
probabilidade virá. Alguns Nabucodonosores o
descreverão claramente: “Você fará o que eu
quiser, ou obedecerá a Deus?” Nessa hora eu oro
para que você responda da maneira correta,
sem pensar duas vezes, e prove que o seu amor
7
a Deus é verdadeiro. Nabucodonosor falou em
tom peremptório, como se não pudesse
acreditar que qualquer mortal na terra pudesse
ter a presunção de contestar sua vontade. Ele
não pode conceber que alguém empregado sob
seu patrocínio se atreva a resistir à sua oferta;
ele exige indignado: "É verdade?" Ele não vai
acreditar! Ele deve ter sido mal informado! Pode
existir um ser em todos os seus amplos
domínios que pode ter a imprudência de pensar
por si mesmo, ou a audácia de insinuar que pode
ser errado fazer o que Nabucodonosor manda?
Ele não vai acreditar. É condescendência de sua
parte até perguntar: "É verdade?" Você se
encontrará com pessoas tão acostumadas a
serem obedecidas que acham difícil não se
apressam em realizar seus desejos. O pai infiel
diz a seu menino: “João, é verdade que você vai a
um lugar de adoração contra meus desejos?
Como ousa se preparar para ser melhor do que
seu pai e sua mãe?” Frequentemente, os
homens ímpios professam que não acreditam
na conversão de seus colegas de trabalho.

É verdade, João, que você se tornou religioso?


Um cara bonito! Ora, você costumava cantar
uma canção alegre, assim como outras pessoas,
e agora você cantou um Salmo como outros
hipócritas. É verdade? Ora, você poderia
esvaziar um copo e seguir belos jogos, como o
8
resto de nós, e agora você professa ter medo de
errar. É verdade? Você é realmente tão idiota?
Você parece quase com medo de colocar um pé
antes do outro, com medo de ser arrastado
sobre as brasas. Você é realmente o mesmo
sujeito que poderia beber e perjurar?" É
verdade?" Eles insinuam que você está fora de
sua cabeça, que seu juízo foi perdido, e que você
é o tolo dos fanáticos. Não vejo o sentido de tais
sugestões, mas suponho que sim. De uma forma
ou de outra, eles colocam a pergunta: “É
verdade? Você pode realmente ser desta
opinião, e você realmente pretende realizá-lo?”

Amados irmãos e irmãs, eu quero que você


esteja pronto para este ataque, e pronto para
responder sem hesitação, “É certamente
verdade.” Você não será capaz de passar pela
vida sem ser descoberto; uma vela acesa não
pode ser escondida. Há um sentimento entre
algumas pessoas boas de que será sensato ser
muito reticente e esconder sua luz sob o
alqueire. Eles pretendem ficar deitados durante
todo o tempo de guerra e sair quando as palmas
estiverem sendo distribuídas. Eles esperam
viajar para o céu pelas ruas secundárias e se
esconder na glória disfarçada. Ah, que conjunto
degenerado! Como foi que Sadraque, Mesaque
e Abednego chegaram à frente quando o
comando do rei foi dado? Eles não conseguiam
9
manter consistentemente de volta. Eles eram
homens públicos, estabelecidos sobre
províncias, e era necessário que eles deveriam
dar o exemplo. Eles tinham sido convocados
com o resto dos governantes para assistir à
grande cerimônia, e seu curso de ação sobre
esta ocasião pública seria um guia para todo o
outros judeus nos domínios da Babilônia. Não
teria sido suficiente para eles ficarem em casa e
mandar a desculpa de que não estavam bem, ou
de serem chamados para outros lugares por
negócios urgentes. Outros podem fazer isso e
não ser culpado, mas esses líderes não podem
evitar o conflito. Eles devem tentar a questão
entre o Deus vivo e o ídolo de ouro. Eles não
devem apenas se abster da idolatria, mas devem
suportar seu protesto público contra ela, ou
então eles seriam infiéis ao seu Senhor. Fiquem
tranquilos, meus companheiros cristãos, que
em algum momento ou outro, nas vidas mais
calmas, chegará um momento para uma
decisão aberta. Dias virão quando devemos falar
ou provar ser traidores ao nosso Senhor e à Sua
verdade. Talvez você tenha caído entre as
pessoas piedosas, e assim você tem ido em
silêncio por um tempo, mas espere por
tempestades. Se você vive com os mundanos,
talvez eles ainda não tenham suspeitado de
você, por causa de sua excessiva proximidade de
disposição, mas seu segredo será descoberto.
10
Você não pode por muito tempo segurar fogo na
palma de sua mão, ou manter uma vela debaixo
da cama. A piedade, como o assassinato, será
eliminada. Você nem sempre poderá viajar para
o céu incógnito. Em cada casa chega um
momento em que cada pessoa da família precisa
tomar partido e reconhecer a quem pertence. A
esposa mais tímida, ou a mais despretensiosa
criança, será compelida a dizer: “Eu também
sou discípulo de Cristo”. Esteja pronto
imediatamente para responder à pergunta: “É
verdade?” Estar completamente preparado para
responder à pergunta dos opositores, e aja por
motivos sonoros.

Esteja pronto para dar uma razão para a


esperança que está em você com mansidão e
temor. Seja capaz de mostrar por que você é um
crente em Deus, porque você adora o Senhor
Jesus Cristo, por que você confia em Seu
sacrifício expiatório, e por que você faz dele o
regulador de sua vida. Mostre por que você não
pode fazer o que os outros fazem; porque, sendo
um filho de Deus, sua natureza é mudada e você
não tem vontade de fazer aquilo que uma vez
você gostava de fazer nos dias de sua não
regeneração.

Peça ao Senhor para ajudá-lo a trabalhar com as


razões bíblicas ao seu alcance, pois essas são as
11
melhores razões e têm uma alta autoridade
sobre elas; de modo que quando a questão é
colocada a você, "É verdade?", você pode ser
capaz de dizer: "Sim, é verdade, e é por isso que é
verdade. Nessa altura, Deus revelou-se a mim
em Sua graça e abriu meus olhos cegos para ver
as coisas em uma luz verdadeira. Ele renovou
minha natureza quando me livrou do fardo do
pecado; ele me fez ser filho de Deus quando
encontrei paz através do Seu nome e, por tudo
isso, não posso ofender meu amado Senhor
vivendo em pecado. Eu não sou meu, sou
comprado por um preço e, portanto, devo fazer
a vontade dEle que me redimiu com o Seu
próprio sangue.”

Tenho certeza de que Sadraque, Mesaque e


Abednego nunca teriam se destacado contra o
imperioso monarca. como eles fizeram, se eles
não sabiam o que estavam fazendo e entendiam
bem por que Jeová era o único a ser adorado
como Deus. Quando a mente é estabelecida, é
mais provável que o coração seja firme. Conheça
o seu dever e os argumentos para isso, e você
terá maior probabilidade de estar firme na hora
da tentação. Esses três homens foram
instruídos, bem treinados na lei do Senhor, e por
isso ficaram firmes onde os mais ignorantes e
não instruídos cederiam imediatamente.
12
Em seguida, cuide para que você continue
sempre com profunda sinceridade. A profissão
superficial logo termina em completa apostasia.
Apenas o trabalho do coração aguentará o fogo.
Nunca deixe sua fala ultrapassar seu coração.
Não professa ser mais do que você realmente é.
Lembre-se, todas as suas profissões terão que
ser testadas, e a pergunta será ardente para
você: “É verdade?” Lembre-se de que é verdade,
tudo verdade; completamente verdadeiro! Ai!
Meus amigos, quanto há de orar, cantar, ensinar
e pregar, o que não é trabalho real! Quanto
existe do pensamento cristão - sim, e o que
chamamos de “experiência”, o que não é
verdade para a pessoa que fala de ter pensado e
experimentado isso! Quanto da religião externa
é ficção, buço, forma, espuma! O que é
necessário é uma realidade sólida. Queremos
uma religião que nos sustente sob os fardos
mais pesados e nos torne pacientes sob as mais
severas dores. Precisamos de uma religião com
a qual podemos morrer. É uma coisa muito
abençoada poder encarar a morte todos os dias
como o apóstolo que disse: “Eu morro
diariamente”, com essa educação diária,
aprenderemos a morrer gloriosamente no final.
Coloque-se no seu ritmo e não acredite que a
sua religião valha um centavo, a menos que ela
leve à morte, ao julgamento e ao mundo eterno.
Deus nos conceda sermos verdadeiros em nosso
13
primeiro arrependimento, e muito meticulosos
nele, e assim que começarmos assim
poderemos continuar, não tomando
emprestada nossa religião e usando-a em
segunda mão, mas com sinceridade pessoal
tornando toda verdade nossa.

Precisamos que a revelação de Deus seja uma


revelação para nós; que o arrependimento, a fé,
a esperança, o amor, a santidade devem ser
nossas próprias posses particulares, nossa
própria herança. Então, quando a pergunta vier:
“É verdade?”, Responderemos prontamente
diante do Deus vivo: “É verdade. Ó vós, corações,
que procuras Senhor, sabes que te amo!” Assim
sendo, acostume-se a agir com determinação
solene diante de Deus em todas as questões que
dizem respeito à moral e à religião.

Muitas pessoas muito decentes não são


autônomas, mas dependem da assistência de
outros. Eles são como as casas que nossos
construtores de Londres correm tão
rapidamente em longas fileiras; se não
ajudassem a manter-se um ao outro, todos
desmoronariam imediatamente, pois nenhum
deles poderia ficar sozinho. Quanto existe da
religião da sociedade anônima, em que os
hipócritas e formalistas se mantêm de frente.
Onde as coisas não são tão ruins quanto isso,
14
ainda há muito pouco estabelecimento pessoal
na fé. Se seu ministro ou outra pessoa
importante fosse levada embora, a parede dos
fundos desapareceria e eles cairiam no chão.
Em alguns casos, a esposa e mãe, ou o marido e
pai, ou o amigo e professor, constituem o
principal suporte da religião do indivíduo; ele se
apoia em outros, e se estes falham, há o fim de
sua esperança. Amigos, esse tipo de religião não
serve; você não pode, durante toda a sua vida, ter
essas pessoas boas como seus apoiadores, e se
você pudesse tê-las na vida, elas deveriam ser
separadas de você pela morte. É uma coisa
segura para todo cristão ter o hábito de julgar
por si mesmo o que é certo, e depois aderir a ele,
quer os outros o façam ou não.

Temos necessidade hoje em dia de definir nossa


face como um sílex contra o pecado e o erro.
Precisamos, em nosso coração, propor o que
faremos e, então, nos posicionarmos para o
nosso propósito. Feliz é aquele que se atreve a
estar na direita com dois ou três. Mais feliz ainda
é aquele que vai ficar na direita, mesmo que a
escolha de dois ou três deva desistir. Aquele que
pode ficar sozinho é um homem de fato; todo
homem de Deus deveria ser assim. Atanásio
contra o mundo é uma figura grandiosa. Contra
todo o mundo Atanásio proclamou a divindade
15
de Cristo e ele ganhou o dia. Se você não for ao
mundo, o mundo terá um dia para vir até você.

Ainda, queridos amigos, quando sua


determinação é formada, aja à luz da eternidade.
Não julgue a situação pela ameaça do rei e pelo
calor da fornalha de fogo ardente, mas pelo
Deus eterno e a vida eterna que espera por você.
Não deixe flauta e harpa fascinar você, mas ouça
a música do glorificado. Homens franzem a
testa para você, mas você pode ver Deus
sorrindo para você, e então você não fica
constrangido.

Pode ser que você seja incapaz de enriquecer em


seu ofício se for honesto, mas, à luz da
eternidade, de bom grado renunciará aos luxos
da riqueza para manter uma consciência limpa.

Pode ser que você seja dispensado de seu


emprego, a menos que possa piscar para o erro
e ser o instrumento da injustiça. Seja contente
por perder um lugar melhor que perder a paz.

Esses três homens santos levaram a fornalha de


fogo ardente para a conta deles, e ainda assim
lançaram a balança em favor da fidelidade a
Deus. Irmãos, tenham um olho para o futuro
sem fim. Nunca esqueça o céu e o inferno, e essa
reunião sublime em torno do grande trono
16
branco, quando você e eu seremos da
companhia. Agora tenho certeza de que esses
homens bons acreditavam na imortalidade, ou
nunca teriam encarado a violência das chamas.

Os mártires, quando iam para a fogueira, seriam


grandes tolos, a menos que acreditassem que
deviam viver para sempre e que, no grande
futuro, encontrariam uma recompensa divina
pelos tormentos que estavam prestes a sofrer.
Se somente nesta vida eles tivessem esperança
eram certamente economistas pobres.
Acreditando na glória daquela palavra: “Bem
feito, servos bons e fiéis”, e pesando a
eternidade como contra o tempo, e a vida à
destra de Deus como contra uma morte cruel, os
mártires sentiam que o eterno era de longe o
mais importante, e assim eles foram para a
prisão e para a morte sem uma pergunta.

Esses bravos homens ousaram enfrentar a ira de


um tirano enfurecido porque viram Aquele que
é invisível e almejavam à recompensa. Você
também deve vir a viver muito no futuro, senão
sentirá falta da principal fonte de força sagrada.
Se você está vivendo para esta vida, você logo
venderá suas almas por tantas peças de prata,
mas se você se projetar para a eternidade e viver
a vida eterna, nenhum suborno irá atraí-lo para
fora dos caminhos da justiça. Se os seus ouvidos
17
ouvirem antecipadamente o trovão da sentença,
"Apartai-vos malditos", você não ousará incorrer
nisso. Se esse som mais doce, “Vinde benditos”
encanta seu ouvido, você será forte em sua
determinação de seguir o Cordeiro aonde quer
que Ele vá. Sim, com a eternidade diante de você
e ao seu redor, sua determinação será resolvida
e você, com espírito destemido, enfrentará o
desafio: “É verdade?” Deus nos faz defensores
de Sua causa santa! O heroísmo só pode ser
trabalhado em nós pelo Espírito Santo.
Rendendo humildemente toda a sua natureza
ao poder do Santificador divino, você será fiel ao
seu Senhor até o fim. Aos pés da cruz, com seus
olhos sobre aquelas feridas abençoadas, e toda a
sua alma confiando nEle que vive e estava
morto, você não se envergonhará de seu
Senhor, nem terá medo das consequências de
obedecê-Lo. Assim, sobre esta primeira cabeça
de nosso discurso, esteja pronto para responder
à pergunta: “É verdade?”

II. Mas agora, em segundo lugar, se você não


pode dizer que é verdade, então o que dirá? Se,
diante do Deus que busca o coração neste
momento, você não pode dizer: "É verdade",
como você deve agir? Se você não pode dizer que
toma a cruz de Cristo, e está disposto a segui-Lo
em todos os perigos, então ouça-me e aprenda a
verdade. Não faça uma profissão em tudo. Não
18
fale sobre o batismo ou a Ceia do Senhor, ou de
se unir a uma igreja, ou de ser um cristão;
porque se você fizer, você mentirá contra sua
própria alma. Se não é verdade que você
renuncia aos ídolos do mundo, não diga que é
assim. É desnecessário que um homem diga que
é o que ele não é; é um pecado de
supererrogação, uma superfluidade de
maldade. Se você não pode ser fiel a Cristo, se
seu coração covarde é infiel ao seu Senhor, não
professe ser Seu discípulo, suplico-lhe.

Aquele que é casado com o mundo, ou fraco de


coração, deve retornar à sua casa, pois ele não
tem serviço nesta guerra. Se você fez uma
profissão e, no entanto, isso não é verdade, seja
honesto o suficiente para desistir, pois nunca é
certo manter uma fraude. Uma profissão falsa é
um crime e perseverar nela é um pecado
presunçoso. O que quer que você seja, ou não
seja, seja transparente, sincero e verdadeiro. Se
há algum homem aqui que diz em seu coração:
“Não, eu não posso sofrer por amor à verdade;
Eu seguirei a Cristo até onde for bom caminhar,
e não custará nada, mas não vou passar pela
lama por Ele”, bem, então, volte imediatamente,
pois você não é um verdadeiro peregrino. Se
você está determinado a não seguir adiante
mesmo que o caminho deva passar pelo Pântano
do Desânimo, é melhor você fazer o melhor de
19
seu caminho de volta para a Cidade da
Destruição, pois você não é um homem que
Deus chamou para esse reino. "Conselho
estranho", você diz. Sim, mas conselho prudente
também. Escute-me. Se algum de vocês se
envergonhar de Cristo, com medo do homem,
não querendo ser abusado por causa de Cristo,
então, como os homens de coração fraco com
Gideão, será bom para você ir para casa, e não
mais sobrecarregar o pequeno bando do
verdadeiro coração. Você vai, então, voltar aos
seus velhos hábitos? Tenho a certeza que o fará
se não conseguir responder à pergunta do meu
texto; mas lembre-se de que, ao fazê-lo, você
terá que desmentir suas consciências. Muitos
de vocês que não são firmes em suas resoluções
sabem ainda o certo. Você nunca será capaz de
tirar essa luz de seus olhos que brilhou neles da
palavra de Deus. Você nunca mais poderá pecar
tão barato quanto os outros; será
intencionalidade e obstinação no seu caso.
Tenho certeza de que muitos de vocês terão um
trabalho desesperado para ir para o inferno.
Você terá que andar de caiaque sobre cercas e
valas para alcançar a perdição, pois o Senhor
colocou aquilo dentro de você que nunca
permitirá que você descanse no pecado, ou seja
superficial na iniquidade. O Senhor te ensinou
demais para deixar você ser um confortável
escravo da ignorância e do vício. Vocês que
20
experimentaram os poderes do mundo por vir
são mimados por este mundo, e se vocês são tão
covardes que não avançarão para o próximo,
vocês são todos os homens mais infelizes. Suas
consciências os perseguirão, assombrarão e
atormentarão.

Você se atreve a correr o risco de ser perseguido


por tal inimigo, comparado com o qual as fúrias
da fábula clássica eram seres gentis? Lembre-se
também que, cedendo ao medo do homem, você
está se humilhando. Chegará o dia em que o
envergonhado de Cristo se envergonhará; ele
vai se perguntar onde ele pode esconder sua
cabeça culpada. Olhe para ele! Ali está ele! O
traidor que negou seu Senhor! O Cristo foi
cuspido e pregado na cruz, e este homem teve
medo de possuí-lo. Para ganhar o sorriso de uma
empregada tola, para escapar da brincadeira de
um sujeito rude, para ganhar algumas peças de
prata, para ficar respeitável entre os seus
semelhantes, ele virou as costas para o seu
Redentor e vendeu o seu Senhor, e agora o que
pode ser dito dele? Quem pode desculpá-lo? Os
anjos o evitam como um homem que se
envergonha do Senhor da glória. Ele está vestido
de vergonha e desprezo eterno. Mesmo os
perdidos no inferno se afastam dele, pois muitos
deles eram mais honestos do que ele. Existe um
homem assim diante de mim? Eu convoco-o em
21
nome do Deus vivo para responder por sua
covardia! Deixe que Ele venha e admita seu
crime, e humildemente busque o perdão nas
mãos do gracioso Salvador. Se a sua declaração
de fé em Jesus e a oposição ao pecado não for
verdadeira, é melhor que você se retire e fique
em silêncio, pois por uma presença infundada
você desonrará a causa de Deus e fará com que
o inimigo tome uma censura contra o Seu povo.

Se Sadraque, Mesaque e Abednego estivessem


diante de Nabucodonosor e fizessem um
acordo, isso teria desonrado o nome do Senhor.
Suponha que eles tenham dito: “Ó rei,
acreditamos em Jeová, mas mal sabemos o que
fazer em nossas circunstâncias peculiares.
Desejamos agradar-te, e também tememos o
pensamento da fornalha de fogo ardente e,
portanto, devemos ceder, embora nos
entristeça muito”. Por que teriam
envergonhado o nome de Israel?

Irmãos, não falem sobre o princípio e, em


seguida, embalem seus princípios porque eles
estão fora de moda, ou vai custar-lhes perda e
má reputação. Se você fizer isso, você será o
inimigo do Rei dos reis. Deus ordenou a Seu
povo que não se curvasse diante de imagens de
escultura, mas o rei da Babilônia ordenou-lhes
que o fizessem imediatamente ou morressem. A
22
que eles obedeceriam? Para quem eles
renderiam mais honra? Houve o ponto. Teria
sido inútil dizer que eles só fariam isso uma vez,
que seria apenas uma simples forma, e assim
por diante, pois se tivessem curvado o joelho à
imagem gravada, teriam colocado
Nabucodonosor diante de Jeová. Eles poderiam
ter alegado que recusar o grande rei era
praticamente cometer suicídio, mas eles se
abstinham de tais raciocínios desonestos. Eles
poderiam ter argumentado que era sábio salvar
suas vidas, porque eles poderiam ser muito
úteis para os israelitas e para a causa da
verdadeira religião. Quantas vezes ouvi esse
pedido por permanecer em uma igreja errante e
professar acreditar no que não é acreditado!
Homens fazem o bem que o bem pode vir, e
depois de se curvarem na casa de Rimon, lavam
suas mãos, e oram, “O Senhor perdoe Seus
servos nesta coisa.” Fico feliz que os três jovens
santos não foram “cuidadosos em responder, ou
eles poderiam ter caído em alguma política torta
ou desculpa para compromisso. O que temos a
ver com as consequências? É nosso fazer o que é
certo e deixar os resultados com o Senhor. Fazer
o mal não pode sob nenhuma circunstância
estar certo. Pois os servos do Senhor serem
falsos à sua convicção é sempre uma coisa má,
uma raiz que traz absinto. Sim, estes homens
teriam lançado uma ofensa sobre o Deus vivo, e
23
sobre sua nação, e sobre eles mesmos se
encolhessem no momento da provação.
Milhares de homens e mulheres estão fazendo
isso continuamente. Que vergonha para eles!
Eles defendem suas próprias necessidades, suas
famílias numerosas, sua posição, suas
esperanças de utilidade e os exemplos dos
outros, mas nenhuma dessas coisas pode
desculpar a covardia para com Deus. Se fazendo
um pouco errado, poderíamos afetar muito o
bem, não deveríamos, portanto, ser
desculpados. Esta é uma maneira comum de
drogar a consciência, e eu peço que você esteja
em guarda contra ela, pois se trata disso, que
você é um juiz melhor do que você deve fazer do
que Deus, e seu julgamento é superior à lei. de
Deus. Não é isso alta presunção?

Não lhe parece também que alguns serviriam a


Deus se não pagasse melhor servir ao diabo? E
não é esse Judas Iscariotes de novo, o filho da
perdição reproduzido? Eu quero que você se
lembre também que se você renunciar a Cristo,
se você o abandonar em obediência aos
mandamentos do mundo, você está
renunciando à vida eterna e felicidade eterna.
Você pode pensar pouco sobre isso hoje à noite,
por causa da sua atual loucura, mas você vai
pensar diferente em pouco tempo. Logo você
pode deitar em um leito de dor olhando para a
24
eternidade, e então sua estimativa da maioria
das coisas sofrerá uma grande mudança. Sei o
que essa perspectiva solene significa, pois fui
chamado várias vezes para permanecer no
espírito à beira da eternidade, e posso
assegurar-lhe que não é brincadeira de criança.
O artigo solene, o julgamento, a declaração de
destino, estes não são pequenos. Requer toda a
fé que um homem possa convocar para permitir
que ele olhe para frente, calma e
inteligentemente, para o grande dia em que os
segredos de todos os corações serão revelados.

Venham, meus leitores, olhem para a


eternidade que lhes espera. Eu te cobro; lembre-
se de que se você pegar a tigela de sopa e trocar
seu direito de primogenitura, você se lamentará
no final. Em suas últimas horas, você pode não
encontrar lugar para o arrependimento,
embora o busque cuidadosamente com
lágrimas.

Em outro mundo não haverá esperança de


reforma ou de fuga do resultado do pecado. Na
eternidade, você olhará por debaixo da ira feroz
de Deus e não verá como escapar, pois você
estará muito afeiçoado ao mal para poder
escapar dele. Naquele dia, que queimará como
um forno, o que você dirá a si mesmo por ter
vendido o seu Senhor? Oh, não por causa da
25
carranca de um homem ou do sorriso de uma
mulher, renuncie à vida eterna! Se Deus for,
tudo se foi. Perder seu Salvador é se perder. Oh,
meu amado, pegue o caminho mais difícil em
vez de se separar da companhia dos santos com
seu melhor amigo. A questão é muito solene - “É
verdade?” E, se isso não for verdade, continuo
aderindo ao meu conselho; não diga que é
assim, não acrescente a todos os seus outros
pecados uma profissão mentirosa, mas aja com
toda honestidade à medida que estiver diante de
Deus.

III. Mas agora, em terceiro lugar, vamos


considerar o que segue se é verdade. Espero que
muitos aqui possam colocar suas mãos em seus
corações e dizer em silêncio: “Sim, é verdade;
estamos determinados a não nos curvar diante
do pecado, aconteça o que acontecer.” Bem,
então, se for verdade, tenho muito a dizer a você;
querido irmão, diga isso quando for exigido de
você. Declare sua determinação. Isso irá
fortalecê-lo em si mesmo e será o meio de apoiá-
lo nos outros. Sadraque, Mesaque e Abednego
se manifestaram na presença do rei furioso.
Talvez pudessem ter tomado meios para se
esconder da provação, mas julgaram ser seu
dever avançar e arcar com as consequências, e
lá estavam elas. Esta palavra é para certos
cristãos que entram e saem desta casa, e se
26
juntam a nós na adoração pública, mas nunca se
declararam abertamente como discípulos do
Senhor Jesus. Sempre que nos reunimos para a
lembrança de nosso Senhor agonizante, eles ou
tomam seus lugares entre os espectadores, ou
então eles vão para casa. Isso levanta muitos
pensamentos ansiosos em nossas mentes.
Especialmente nós somos exercitados com esta
questão - estas pessoas têm uma fé que elas se
recusam a reconhecer, será que tal fé as
salvará? As Escrituras evidentemente enfatizam
muito a obediência ao Senhor, dos que tomam
Sua cruz e seguem a Ele. Jesus salvará aqueles
que não sairão e suportarão Seu opróbrio? Ele
afirma de todos os seus seguidores que eles O
seguem à luz do dia. Está escrito: “Se com a tua
boca confessares ao Senhor Jesus e em teu
coração creres que Deus o ressuscitou dentre os
mortos, serás salvo. Porque com o coração o
homem crê para a justiça; e com a boca se faz
confissão para a salvação.” Ele nos disse que
pregássemos isso como Seu evangelho: “Quem
crer e for batizado será salvo.” Estas palavras não
são minhas, mas do próprio Senhor Jesus; olhai
para vós mesmos que não as desprezeis. Não
ouso deixar de parte de Seu mandamento do
evangelho quando estou pregando. Se você crê
no Senhor, Jesus está do lado dele. Por que você
demora para fazer isso? Eu comparei um no
outro dia com um rato atrás dos painéis, que só
27
sai à noite quando as velas são apagadas, e há
migalhas a serem apanhadas. Muitos cristãos
tentam viver nesse estilo. Ousaria eu chamá-los
de cristãos? Não sejam criaturas tão miseráveis,
mas ajam como homens. Treme para que não
pereça entre os “medrosos e incrédulos”. Junte-
se a mim, oro, cantando –

“Não tenho vergonha

de possuir meu Senhor,

Ou para defender sua causa;

Mantém a honra da sua palavra,

a glória da sua cruz.”

Há muitos filhos queridos neste lugar, rapazes e


moças, que não se envergonhavam nos seus
primeiros dias de se apresentarem e
confessarem o Senhor Jesus Cristo. Deus
abençoe os queridos filhos!

Eu me alegro com eles. Tenho certeza de que a


igreja nunca terá que se envergonhar de tê-los
admitido. Eles, pelo menos, não mostram
covardia; eles se deleitam solenemente em
serem contados com o povo de Deus, e
consideram uma honra estar associado com
28
Cristo e Sua igreja. Que vergonha para vocês,
mais velhos, que ainda se seguram!

É verdade? Então, alegremente aceite a


provação que vem dele. Não encolha das
chamas. Resolva em sua mente que, por graça
divina, sem perda, nem cruz, ou vergonha, nem
sofrimento, fará com que você seja o covarde.
Diga, como os três jovens santos: "Ó
Nabucodonosor, quanto a isto não necessitamos
de te responder. Se o nosso Deus, a quem
servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da
fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei.
Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a
teus deuses, nem adoraremos a imagem de
ouro que levantaste.”

Eles não se encolheram diante do rei e


clamaram:“ Nós te pedimos, não nos atire na
fornalha ardente. Deixe-nos ter uma consulta
com você, ó rei, para que possamos providenciar
os termos. Pode haver algum método pelo qual
possamos agradá-lo e, ainda assim, manter
nossa religião.” Não; eles disseram: “quanto a
isto não necessitamos de te responder.”

Queridos amigos, sejamos dispostos a sofrer por


amor de Cristo. Alguns dirão: “Não seja
imprudente”. É sempre prudente cumprir o seu
dever. Hoje em dia, não temos o suficiente da
29
virtude apelidada de imprudência. Eu gostaria
de ver uma exibição de imprudência à moda
antiga nesses dias frios, calculistas e egoístas.
Oh, os dias de zelo, os dias em que os homens
não contavam suas vidas, queridas para eles,
para que eles pudessem ganhar a Cristo! Os
homens sentam-se e calculam o que lhes
custará fazer o bem, e ponderam sua conduta
como uma questão de lucro e perda, e então
chamam esses cálculos de perversa prudência.
É puro egoísmo. Faça o certo, se lhe custar a sua
vida. Onde estaria a Inglaterra se os homens que
conquistaram nossas liberdades em eras
anteriores tivessem regateado com o mundo
em busca de ganhos? Se eles tivessem salvado
suas peles, teriam perdido suas almas e
arruinado a causa de Deus na Inglaterra. Não
ama a Cristo aquele que não O ama mais do que
todas as coisas. Oh, os homens de princípio, que
não conhecem perdas, mas perdem a fé, e não
desejam ganhar senão a glória de Deus! Seja este
o seu grito: "Através de inundações ou chamas,
se Jesus lidera, eu vou seguir para onde Ele vai."
Você pode perder muito para Cristo, mas você
nunca perderá nada por Cristo. Você pode
perder com o tempo, mas você vai ganhar para a
eternidade; a perda é transitória, mas o ganho é
eterno. Você será um ganhador de Cristo,
mesmo que tenha que ir para o céu pelo
caminho da perseguição, da pobreza e da
30
calúnia. Não importa o caminho, o final fará
reparações completas. Os tesouros do Egito são
mera escória em comparação com as riquezas
da felicidade sem fim. Se é verdade que você
está disposto a seguir a Cristo, conte com a
libertação. Nabucodonosor pode colocá-lo no
fogo, mas ele não pode mantê-lo lá, nem pode
fazer o fogo queimá-lo. O inimigo te lança no
limite, mas o fogo soltará as suas amarras e você
caminhará em liberdade entre os carvões
incandescentes. Você deve ganhar por suas
perdas; você deve subir pelas suas fundições.

Muitos homens prósperos devem sua posição


atual ao fato de terem sido fiéis quando estavam
em empregos humildes. Eles eram honestos e,
por enquanto, desagradavam seus
empregadores, mas no final mereceram sua
estima. Quando Adam Clarke foi colocado como
aprendiz, e seu mestre mostrou-lhe como
esticar o tecido quando era um pouco curto,
Adam não conseguia encontrar em seu coração
para fazê-lo. Um menino tão tolo deve ser
mandado para casa para sua mãe, e sua mãe
piedosa estava feliz por seu filho ser tão idiota
que não podia se rebaixar a um truque
desonesto. Você sabe o que ele se tornou. Ele
poderia ter perdido o seu caminho na vida se
não tivesse sido fiel a seus princípios em sua
juventude. Sua primeira perda pode ser um
31
ganho vitalício. Querido jovem rapaz, você pode
ser expulso do seu emprego, mas o Senhor
transformará a maldição em uma bênção. Se
tudo correr bem com você, você pode recusar
seu caráter e, fazendo um pouco errado,
aprender a fazer ainda mais e mais, e assim
perder sua integridade e, com isso, toda a
esperança.

Faça o bem pelo amor de Cristo, sem considerar


quaisquer consequências, e as consequências
serão certas o suficiente. Se você cuidar da
causa de Deus, Deus cuidará de você. Tenha
certeza de que a retidão será a sua preservação e
não a sua destruição. Será a sua mais alta
sabedoria deixar todas as coisas acontecerem,
para que você possa reter sua integridade e
honrar o nome do Senhor. Por último - e esta é
uma consideração que não deve ser esquecida -
se você defenderá Jesus, e o certo, o verdadeiro,
o puro, o temperado e o bom, não somente você
será liberto, mas você será capacitado a fazer
muito bem. Este Nabucodonosor era um pobre
de bens, mas ele foi obrigado a reconhecer o
poder destes três homens decididos e santos.
Eles foram jogados na fornalha, e eles saíram
dela, e o que disse Nabucodonosor? Agora
mesmo foi: “A imagem que eu levanteii”, e
agora ele declara que nenhum homem dirá uma
palavra contra o Deus de Israel sob pena de ser
32
cortado em pedaços. Não há influência sobre os
grandes homens, ou sobre os pequenos homens
desta era, exceto por serem firmes em seus
princípios e decididos no que fazem. Se você
ceder uma polegada, você será espancado, mas
se não ceder - não, nem a queda de um cabelo -
eles o respeitarão. O homem que pode esconder
seus princípios, e ocultar suas crenças, e fazer
um pouco errado, não é ninguém. Mas quem faz
o que ele acredita estar certo, e não pode ser
expulso disso - esse é o homem. Você não pode
abalar o mundo se deixar o mundo sacudir você,
mas quando o mundo achar que você tem
coragem em você, eles vão deixar você em paz.
Nabucodonosor foi obrigado a sentir a
influência desses homens e, mesmo assim, os
mais iníquos e os mais orgulhosos sentem a
força dos sinceros, bravos e bons. Por isso,
oremos a Deus para nos dar novos corações e
espíritos retos. Para isso, vamos nos apegar à
abençoada cruz de Cristo e nos entregar ao
poder do sangue e da água que fluíam de seu
lado ferido. Assim nossas vidas serão poderosas;
se não for ilustre aos olhos dos homens, elas
serão aceitáveis aos olhos de Deus.

PARTE DA ESCRITURA LIDA ANTES DO


SERMÃO - DANIEL 3.

33
Daniel– 3

1 O rei Nabucodonosor fez uma imagem de ouro


que tinha sessenta côvados de altura e seis de
largura; levantou-a no campo de Dura, na
província da Babilônia.

2 Então, o rei Nabucodonosor mandou ajuntar


os sátrapas, os prefeitos, os governadores, os
juízes, os tesoureiros, os magistrados, os
conselheiros e todos os oficiais das províncias,
para que viessem à consagração da imagem que
o rei Nabucodonosor tinha levantado.

3 Então, se ajuntaram os sátrapas, os prefeitos,


os governadores, os juízes, os tesoureiros, os
magistrados, os conselheiros e todos os oficiais
das províncias, para a consagração da imagem
que o rei Nabucodonosor tinha levantado; e
estavam em pé diante da imagem que
Nabucodonosor tinha levantado.

4 Nisto, o arauto apregoava em alta voz: Ordena-


se a vós outros, ó povos, nações e homens de
todas as línguas:

5 no momento em que ouvirdes o som da


trombeta, do pífaro, da harpa, da cítara, do
saltério, da gaita de foles e de toda sorte de
34
música, vos prostrareis e adorareis a imagem de
ouro que o rei Nabucodonosor levantou.

6 Qualquer que se não prostrar e não a adorar


será, no mesmo instante, lançado na fornalha de
fogo ardente.

7 Portanto, quando todos os povos ouviram o


som da trombeta, do pífaro, da harpa, da cítara,
do saltério e de toda sorte de música, se
prostraram os povos, nações e homens de todas
as línguas e adoraram a imagem de ouro que o
rei Nabucodonosor tinha levantado.

8 Ora, no mesmo instante, se chegaram alguns


homens caldeus e acusaram os judeus;

9 disseram ao rei Nabucodonosor: Ó rei, vive


eternamente!

10 Tu, ó rei, baixaste um decreto pelo qual todo


homem que ouvisse o som da trombeta, do
pífaro, da harpa, da cítara, do saltério, da gaita de
foles e de toda sorte de música se prostraria e
adoraria a imagem de ouro;

11 e qualquer que não se prostrasse e não


adorasse seria lançado na fornalha de fogo
ardente.
35
12 Há uns homens judeus, que tu constituíste
sobre os negócios da província da Babilônia:
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego; estes
homens, ó rei, não fizeram caso de ti, a teus
deuses não servem, nem adoram a imagem de
ouro que levantaste.

13 Então, Nabucodonosor, irado e furioso,


mandou chamar Sadraque, Mesaque e Abede-
Nego. E trouxeram a estes homens perante o rei.

14 Falou Nabucodonosor e lhes disse: É verdade,


ó Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, que vós
não servis a meus deuses, nem adorais a
imagem de ouro que levantei?

15 Agora, pois, estai dispostos e, quando


ouvirdes o som da trombeta, do pífaro, da cítara,
da harpa, do saltério, da gaita de foles, prostrai-
vos e adorai a imagem que fiz; porém, se não a
adorardes, sereis, no mesmo instante, lançados
na fornalha de fogo ardente. E quem é o deus
que vos poderá livrar das minhas mãos?

16 Responderam Sadraque, Mesaque e Abede-


Nego ao rei: Ó Nabucodonosor, quanto a isto não
necessitamos de te responder.
36
17 Se o nosso Deus, a quem servimos, quer
livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo
ardente e das tuas mãos, ó rei.

18 Se não, fica sabendo, ó rei, que não


serviremos a teus deuses, nem adoraremos a
imagem de ouro que levantaste.

19 Então, Nabucodonosor se encheu de fúria e,


transtornado o aspecto do seu rosto contra
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, ordenou que
se acendesse a fornalha sete vezes mais do que
se costumava.

20 Ordenou aos homens mais poderosos que


estavam no seu exército que atassem a
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego e os
lançassem na fornalha de fogo ardente.

21 Então, estes homens foram atados com os


seus mantos, suas túnicas e chapéus e suas
outras roupas e foram lançados na fornalha
sobremaneira acesa.

22 Porque a palavra do rei era urgente e a


fornalha estava sobremaneira acesa, as chamas
do fogo mataram os homens que lançaram de
cima para dentro a Sadraque, Mesaque e Abede-
Nego.
37
23 Estes três homens, Sadraque, Mesaque e
Abede-Nego, caíram atados dentro da fornalha
sobremaneira acesa.

24 Então, o rei Nabucodonosor se espantou, e se


levantou depressa, e disse aos seus
conselheiros: Não lançamos nós três homens
atados dentro do fogo? Responderam ao rei: É
verdade, ó rei.

25 Tornou ele e disse: Eu, porém, vejo quatro


homens soltos, que andam passeando dentro do
fogo, sem nenhum dano; e o aspecto do quarto é
semelhante a um filho dos deuses.

26 Então, se chegou Nabucodonosor à porta da


fornalha sobremaneira acesa, falou e disse:
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do
Deus Altíssimo, saí e vinde! Então, Sadraque,
Mesaque e Abede-Nego saíram do meio do fogo.

27 Ajuntaram-se os sátrapas, os prefeitos, os


governadores e conselheiros do rei e viram que
o fogo não teve poder algum sobre os corpos
destes homens; nem foram chamuscados os
cabelos da sua cabeça, nem os seus mantos se
mudaram, nem cheiro de fogo passara sobre
eles.
38
28 Falou Nabucodonosor e disse: Bendito seja o
Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, que
enviou o seu anjo e livrou os seus servos, que
confiaram nele, pois não quiseram cumprir a
palavra do rei, preferindo entregar o seu corpo,
a servirem e adorarem a qualquer outro deus,
senão ao seu Deus.

29 Portanto, faço um decreto pelo qual todo


povo, nação e língua que disser blasfêmia contra
o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego
seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas
em monturo; porque não há outro deus que
possa livrar como este.

30 Então, o rei fez prosperar a Sadraque,


Mesaque e Abede-Nego na província da
Babilônia.

Nota do Tradutor: Ainda que Deus tivesse


permitido que os três amigos de Daniel fossem
queimados vivos na fornalha, ele teria sido
glorificado do mesmo modo neles, uma vez que
em face da morte não amaram a própria vida,
quando a preservação dela parecia depender de
adorarem o ídolo erigido pelo rei. E, certamente,
os três seriam levados em segurança para a
pátria celestial depois da sua morte, em face de
39
não terem negado o nome do Senhor, e terem
dado provas por sua atitude de que eram de fato
servos de Deus.

Mas, aprouve ao Senhor, para diversos fins,


livrá-los daquela forma sobrenatural e
extraordinária, para demonstrar sobretudo o
Seu cuidado e poder em relação àqueles que o
servem, sejam quais forem as circunstâncias
que eles tenham que enfrentar neste mundo de
trevas.

40