Você está na página 1de 17

NEUROANATOMIA

Professor Cassio Marcos Vilicev


QUESTÃO 01. Pode-se dividir o sistema nervoso em sistema nervoso segmentar e sistema nervoso suprassegmentar. O
sistema nervoso segmentar surgiu na evolução antes do suprassegmentar e, funcionalmente, pode se dizer que lhe é
subordinado. Assim, de um modo geral, as comunicações entre o sistema nervoso suprassegmentar e os órgãos periféricos,
receptores e efetuadores, se fazem através do sistema nervoso segmentar. Assim, nos órgãos do sistema nervoso
suprassegmentar, a substância cinzenta localiza-se por fora da substância branca e forma uma camada fina, que reveste toda a
superfície do órgão. Já nos órgãos do sistema nervoso segmentar a substância cinzenta pode localizar-se por dentro da branca.
Pertence, pois, ao sistema nervoso segmentar:
a. Todo o SNP, mais aquelas partes do SNC que estão em relação direta com os nervos típicos, ou seja, a medula espinal e o
tronco encefálico.
b. O cérebro e o cerebelo.
c. Todo o SNP, mais aquelas partes do SNC como o cérebro e o cerebelo.
d. Mesencéfalo, ponte e medula oblonga.
e. Tálamo, hipotálamo, epitálamo e subtálamo.

QUESTÃO 02. Herófilo da Macedônia (aproximadamente 325 a. C.), professor de anatomia em Alexandria, considerava o
cérebro como a sede da inteligência e descreveu muitas de suas estruturas, como as meninges, o encéfalo, o cerebelo e o
quarto ventrículo, e foi também o primeiro a distinguir nervos sensitivos e motores. Baseado nas informações contidas no texto
julgue as afirmações que se seguem.
I. A meninge mais interna em contato íntimo com o tecido nervoso é a pia-máter.
II. O encéfalo pertence ao SNC, pois está envolvido e protegido pelo tecido ósseo (canal vertebral) e pelas meninges.
III. Lesões cerebelares acarretam em aumento do tônus muscular.
IV. O quarto ventrículo se abre no espaço subaracnoideo pelas aberturas nos nervos sensitivos e motores.
Com relação aos dados apresentados, está correto APENAS o que se afirma em:
a. IV
b. III e IV
c. I
d. I e II
e. II

QUESTÃO 03. Tanto no SNC como no SNP (Sistema Nervoso Periférico), os neurônios relacionam-se com células
coletivamente denominadas neuróglia, glia ou gliócitos. São as células mais frequentes do tecido nervoso, podendo a proporção
entre neurônios e células gliais variar de 1:10 a 1:50. Em comparação aos neurônios, a neuróglia não produz, nem conduz
impulsos nervosos, e pode multiplicar-se e dividir-se no sistema nervoso maduro. Dessa maneira, as células gliais responsáveis
pela produção de bainha de mielina no SNC:
a. Células ependimárias
b. Oligodendrócitos
c. Micróglia
d. Células de Schwann
e. Astrócitos protoplasmáticos

QUESTÃO 04. As vias aferentes levam impulsos provenientes de receptores periféricos para as partes superiores do SNC. Os
impulsos decorrentes de estímulos dolorosos nos membros inferiores tornam-se conscientes em:
a. Giro pós-central
b. Giro pré-central
c. Giro parahipocampal
d. Giro supramarginal
e. Giro temporal inferior

QUESTÃO 05. Os núcleos da base são agrupamentos de substância cinzenta, portanto de corpos celulares, situados no interior
da substância branca subcortical, centro semioval. São centros de associação da motricidade involuntária (extrapiramidal). Estes
núcleos acham-se ligados entre si, ao córtex cerebral, ao diencéfalo (tálamo e subtálamo) e ao tronco encefálico (substância
negra, núcleo rubro e substância reticular) através de diversos circuitos, como por exemplo, o córtico-estriado-talâmico-cortical.
Estão também associados com doenças importantes que se caracterizam por movimentos involuntários de pequena amplitude
como Parkinsonismo e atetose e de grande amplitude como coreia e hemibalismo. Baseado nas informações contidas no texto,
o núcleo da base que participa da regulação do comportamento motor somático é:
a. Corpo estriado
b. Claustro
c. Putame
d. Corpo amigdaloide
e. Globo pálido

QUESTÃO 06. Acidente Vascular Encefálico (acrônimo: AVE), vulgarmente chamado de derrame cerebral, é caracterizado pela
perda rápida de função neurológica, decorrente do entupimento (isquemia) ou rompimento (hemorragia) de vasos sanguíneos
cerebrais. É uma doença de início súbito na qual o paciente pode apresentar paralisação ou dificuldade de movimentação dos
membros de um mesmo lado do corpo, dificuldade na fala ou articulação das palavras e déficit visual súbito de uma parte do
campo visual. Pode ainda evoluir com coma e outros sinais. Trata-se de uma emergência médica que pode evoluir com
sequelas ou morte, sendo a rápida chegada no hospital importante para a decisão terapêutica. No Brasil, a principal causa de
morte são as doenças cardiovasculares (cerca de 1 a cada 3 casos), com o AVC representando cerca de 1/3 das mortes por
doenças vasculares, principalmente em camadas sociais mais pobres e entre os mais idosos. É o problema neurológico mais
comum em algumas partes do mundo gerando um dos mais elevados custos para as previdências sociais dos países. Dentre os
principais fatores de risco para AVC estão: a idade avançada, hipertensão arterial (pressão alta), tabagismo, diabetes, colesterol
elevado, acidente isquêmico transitório (AIT) prévio, estenose da válvula atrioventricular e fibrilação atrial. De acordo com o
texto acima, um paciente que sofre um acidente vascular encefalico com acometimento do tecido cerebral da região occiptal
provavelmente terá um maior acometimento da:
a. Diminuição da dor em todo o corpo.
b. Alterações visuais.
c. Dificuldade nos movimentos dos membros superiores.
d. Dificuldade nos movimentos dos membros inferiores.
e. Dificuldade na fala.

QUESTÃO 07. Os hemisférios desenvolveram muito no ser humano e para se acomodarem no crânio formaram os giros e
sulcos que foram divididos em lobos. Cada hemisfério apresenta dois sulcos fundamentais para o seu estudo: o sulco central,
na face superolateral, oblíquo de cima par abaixo, e o sulco lateral, horizontal na parte inferior da face superolateral que
separam os lobos cerebrais. Afastando-se margens do sulco lateral vê-se no fundo determinado lobo que apresenta um giro
longo e outros giros curtos separados pelo sulco central. O lobo em questão é:
a. Lobo temporal
b. Lobo frontal
c. Lobo da ínsula
d. Lobo occipital
e. Lobo parietal

Em cada uma das seguintes questões (QUESTÃO 08 e QUESTÃO 09), responda:


a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 08. Qual (is) das seguintes afirmações é (são) correta (s)?
(1) O sistema nervoso somático responsável pelas atividades da vida de relação é a nossa integração com o meio ambiente:
andar, comunicar-se, trabalhar, pensar, tomar iniciativas.
(2) O sistema nervoso autônomo responsável pelas atividades da vida vegetativa cuida da organização e do funcionamento de
nossas vísceras ou órgãos.
a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 09. Qual (is) das seguintes afirmações é (são) correta (s)?
(1) A crista neural origina o SNC, a medula da glândula suprarrenal, os melanócitos e as células C (calcitonina) da tireoide.
(2) De acordo com a relação entre axônios e dendritos, os neurônios podem ser: pseudounipolares, quando apresentam um só
prolongamento que se divide em dendrito e axônio; bipolares, são os que têm dois prolongamentos, um axônio e um dendrito;
e multipolares os que apresentam vários prolongamentos sendo um axônio e vários dendritos.
a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 10. A percussão sobre o tendão patelar faz o joelho estender-se, se

xo patelar, de forma a
torna-la :
“A á à por meio de uma
________________, adentrando na medula no _____________. Em seguida, haverá sinapse direta entre os neurônios sensorial
e motor. O ___________________ sairá da medula pelo __________________ e, por meio de uma __________________, o
comando motor chegará ao músculo, solicitando que esse realize a contração. Esse trajeto percorrido pelo impulso nervoso
___________________”
a. Via eferente, corno dorsal, neurônio sensorial, corno ventral, via aferente, polissináptico.
b. Via aferente, corno dorsal, neurônio motor, corno ventral, via eferente, monossináptico.
c. Via aferente, corno ventral, neurônio sensorial, corno dorsal, via eferente, monossináptico.
d. Via aferente, corno dorsal, neurônio motor, corno ventral, via eferente, polissináptico.
e. Via eferente, corno ventral, neurônio motor, corno dorsal, via aferente, monossináptico.

QUESTÃO 11. Os nervos cranianos são doze pares de nervos que fazem conexão com o encéfalo. Os dois primeiros têm conexão com o
cérebro e os demais com o tronco encefálico. Os nervos cranianos são mais complexos que os espinais, havendo acentuada variação
quanto aos seus componentes funcionais. Alguns possuem um gânglio, outros têm mais de um e outros, ainda, não tem
nenhum. Também não são obrigatoriamente mistos como os nervos espinais. Os nervos cranianos recebem denominações
próprias, bem como também são enumerado em sequência craniocaudal. Os nervos cranianos podem ser numerados de I a XII,
ou conforme uma denominação específica como óptico (II), facial (VII) ou vago (X), por exemplo. Portanto, o nervo trigêmeo
(V) está relacionado à:
a. Mastigação e sensibilidade da face.
b. Músculos da expressão facial e glândulas salivares.
c. Fonação e audição.
d. Motricidade da língua e sensibilidade gustativa.
e. Audição e equilíbrio.
QUESTÃO 12. “ ”
sistema ventricular. O fluido que percorre este sistema é o líquor, o mesmo fluido do espaço subaracnoideo. O líquor é
produzido por determinado tecido especial, encontrados nos ventrículos dos hemisférios cerebrais. O líquor flui dos ventrículos
pareados do cérebro para uma série de cavidades não pareadas interconectadas no centro do tronco encefálico. O líquor sai no
sistema ventricular e entra no espaço subaracnoideo através de pequenos orifícios ou aberturas, perto do local onde o cerebelo
implanta-se no tronco encefálico. No espaço subaracnoideo, o líquor é absorvido pelos vasos sanguíneos por meio de estruturas
especiais chamadas:
a. Plexos corióideos.
b. Granulações aracnoides.
c. Leptomeninges
d. Gânglios espinais.
e. Corpúsculos de Ruffini.

QUESTÃO 13. Desde o inicio de sua formação, o calibre do tubo neural não é uniforme. A parte cranial, que dá origem ao
encéfalo do adulto, torna-se dilatada e constitui o encéfalo primitivo, ou arquencéfalo; a parte caudal, que dá origem á medula
do adulto, permanece com calibre uniforme e constitui a medula primitiva do embrião. No arquencéfalo distinguem-se
inicialmente três dilatações, que são as vesículas encefálicas primordiais denominadas: prosencéfalo, mesencéfalo e
rombencéfalo. Com o subsequente desenvolvimento do embrião, o prosencéfalo dá origem a duas vesículas, telencéfalo e
diencéfalo. O mesencéfalo não se modifica, e o rombencéfalo origina o metencéfalo e o mielencéfalo. Portanto, a que partes do
sistema nervoso correspondem, respectivamente, o tálamo e o bulbo?
a. Telencéfalo e diencéfalo
b. Diencéfalo e metencéfalo
c. Diencéfalo e mielencéfalo
d. Mesencéfalo e metencéfalo
e. Mesencéfalo e mielencéfalo

QUESTÃO 14. Segundo a sua função, são três os tipos de neurônios: sensitivos, motores e interneurônios ou associação. Os
neurônios sensitivos e motores são encontrados tanto no SNC quanto no SNP. Assim, o sistema nervoso apresenta três funções
básicas:
 Função Sensitiva: os nervos sensitivos captam informações do meio interno e externo do corpo e as conduzem ao
SNC;
 Função Integradora: a informação sensitiva trazida ao SNC é processada ou interpretada;
 Função Motora: os nervos motores conduzem a informação do SNC em direção aos músculos e às glândulas do
corpo, levando as informações do SNC.
Em relação aos nervos espinais, podemos afirmar que estes são:
a. Formados por fibras nervosas aferentes, sendo nervos sensitivos.
b. Formados por fibras nervosas eferentes, sendo nervos motores.
c. Formados por fibras nervosas aferentes e eferentes, sendo nervos motores.
d. Formados por fibras nervosas aferentes e eferentes, sendo nervos sensitivos.
e. Formados por fibras nervosas aferentes e eferentes, sendo nervos mistos.

QUESTÃO 15. Lídia, uma estudante do ensino médio, engravidou sem ter planejado. O pai do bebê, Tiago, tem 20 anos, não
estuda e não tem residência fixa, pois foi colocado para fora de casa quando seu pai descobriu que usava drogas. Os pais de
Lídia estão respaldando-a financeiramente e, por não aceitarem a situação, pediram à jovem que fosse morar em uma pensão.
Apesar de o namoro continuar e de Tiago estar procurando um emprego, dizendo-se "limpo" das drogas, ele não assume a
paternidade, afirmando que Lídia "nunca foi muito confiável". Os resultados dos exames laboratoriais de Lídia no primeiro
trimestre da gestação mostraram VDRL (exame laboratorial de apoio diagnóstico para sífilis) e FTA-abs positivos (um dos mais
sensíveis e específicos testes empregados na sorologia da sífilis), além de colpocitologia oncótica (exame de Papanicolau) com
microbiologia sugestiva de Chlamydia sp (doença sexualmente transmissível). Diante do quadro clínico apresentado, julgue as
afirmações que se seguem:

I. O primeiro obstáculo que os espermatozoides devem transpor é o pH presente na parte superior da vagina (ácido).
II. A fecundação acontece na ampola da tuba uterina.
III. O desenvolvimento do SNC ocorre a partir do tubo neural.
IV. Trata-se de uma implantação do blastocisto no ovário.
V. Nesta situação temos uma gravidez ectópica.
Responda:
a. Somente a afirmativa I está correta.
b. Somente as afirmativas I e II estão corretas.
c. Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.
d. Somente as afirmativas I, II, III e IV estão corretas.
e. Todas as afirmativas estão corretas.

QUESTÃO 16. Junqueira, 47 anos, sexo masculino, deu entrada no Pronto Socorro e, depois de realizado exame de imagem
(Ressonância Magnética), foi detectada hemorragia (Acidente Vascular Hemorrágico) na área correspondente ao giro pré-
central do hemisfério cerebral direito. Com base em seu conhecimento sobre a região anatômica afetada, assim como o trajeto
da informação oriunda dessa área, assinale a alternativa que indique a sequela mais provável a esse sujeito.
a. Hemiplegia (paralisia motora da metade do corpo) contralateral ao hemisfério cerebral afetado, ou seja, esquerda.
b. Comprometimento da sensibilidade em hemicorpo direito.
c. Hemiplegia ipsilateral ao hemisfério cerebral afetado, ou seja, direita.
d. Hemiplegia e comprometimento da sensibilidade, contralateral ao hemisfério cerebral afetado, ou seja, à esquerda.
e. Comprometimento da sensibilidade em hemicorpo esquerdo.
QUESTÃO 17. Os lobos cerebrais recebem sua denominação de acordo com os ossos do crânio, com os quais se relacionam.
Assim, temos o lobo frontal, temporal, parietal e occipital. Além destes, existe um quinto lobo, a ínsula, situado profundamente
no sulco lateral e que não tem, por conseguinte, relação imediata com os ossos do crânio, além de função ainda não bem
definida. Com base em seu conhecimento sobre algumas das funções de cada lobo cerebral, faça a correlação entre a coluna da
direita com a esquerda e assinale a alternativa que indique a sequência correta:

Lobo Cerebral Funções


1- Frontal ( ) Processamento de informações sensoriais, localização espacial, imagem corporal.
2- Temporal ( ) Processamento de estímulos visuais.
3- Parietal ( ) Controle motor.
4- Occipital ( ) Processamento da informação auditiva.

a. 1, 3, 4, 2
b. 3, 4, 2, 1
c. 2, 1, 3, 4
d. 3, 4, 1, 2
e. 4, 3, 2, 1

QUESTÃO 18. O hemisfério cerebral é a parte mais superior e anterior do encéfalo, é par, direito e esquerdos separados em
grande parte pela fissura longitudinal do cérebro onde se encontra uma expansão da dura-máter chamada foice do cérebro,
estão separados do cerebelo por outra expansão da dura-máter chamada tentório do cerebelo. Cada hemisfério possui três
faces, a superolateral, a medial e a inferior, e três polos, o frontal, o temporal e o occipital. Os hemisférios desenvolveram
muito no ser humano e para se acomodarem no crânio formaram os giros e sulcos que foram divididos em lobos. Cada
hemisfério apresenta dois sulcos fundamentais para o seu estudo, o sulco central, na face superolateral, oblíquo de cima para
baixo e o sulco lateral, horizontal na parte inferior da face superolateral que delimitam os lobos dos hemisférios cerebrais. Com
o auxílio desta definição, julgue as afirmações que se seguem.
I. No lobo frontal em uma vista inferior se observa os giros orbitais e o giro reto.
II. O giro do cíngulo está situado inferiormente ao corpo caloso.
III. O sulco calcarino delimita o lobo occipital e o lobo frontal.
IV. O lobo temporal está delimitado na face superolateral, apenas, pelo giro temporal superior e giro temporal inferior.
V. O pré-cúneos e o lóbulo paracentral podem ser observados em uma vista medial.

Estão corretas, apenas, as afirmações:


a. I e II
b. I e III
c. I e V
d. II e IV
e. III e V

QUESTÃO 19. Acredita-se que a inteligência está relacionada com a quantidade de córtex cerebral. Portanto, a superfície do
cérebro apresenta numerosas marcas ou estruturas denominadas:
a. Giros
b. Ventrículos encefálicos
c. Oliva
d. Mielina
e. Corpo caloso

QUESTÃO 20. Uma das peculiaridades do cerebelo é que apesar de representar aproximadamente 10% do total do encéfalo,
ele contém quase que a metade do total dos neurônios encefálicos. Entre as funções do cerebelo encontra-se o controle da
coordenação. Lesão no cerebelo por traumatismo ou doença provoca falta de coordenação muscular denominada ataxia. O
paciente, com os olhos fechados, é incapaz de tocar com o dedo a ponta do seu nariz já que é incapaz de coordenar o
movimento com a informação proprioceptiva que recebe. O texto acima se refere às lesões cerebelares. Dessa maneira, todas
as afirmativas seguintes são corretamente pertinentes às lesões cerebelares, exceto:
a. O paciente pode apresentar também problemas na fala e ao andar, devido à falta de coordenação da musculatura
específica.
b. A hipotonia pode estar presente. Observa-se o achatamento das massas musculares no plano do leito e consistência
muscular diminuída.
c. A hipertonia pode estar presente. Observa-se a consistência muscular aumentada, passividade diminuída, extensibilidade
aumentada e prova do balanço com reduzidas oscilações.
d. Sinais de doenças cerebelares são ipsilaterais à lesão no cerebelo.
e. Lesões do verme do cerebelo manifestam-se por anormalidades, como por exemplo, a perda de equilíbrio.

QUESTÃO 21. A embriogênese do SNC inclui três eventos do desenvolvimento, a indução, a neurulação e a formação de
vesículas. A indução é um processo de sinalização célula a célula, pelo qual o mesoderma subjacente induz o ectoderma a
tornar-se neuroectoderma e formar a placa neural, que dá origem à maior parte do SNC. A neurulação é o processo pelo qual
aplaca neural dobra-se sobre si mesma e fecha-se como um zíper para tornar-se o tubo neural. Em torno do 24º dia e
desenvolvimento intrauterino, a parte mais alargada (rostral) do tubo neural subdivide-se em três vesículas primordiais, o
prosencéfalo, o mesencéfalo e o rombencéfalo. Com base nas descrições do texto, julgue as afirmações que se seguem.
I. O prosencéfalo e o rombencéfalo subdividem-se em duas partes cada um, enquanto o mesencéfalo permanece como tal.
II. O mielencéfalo diferencia-se na medula oblonga (bulbo) e no cerebelo.
III. O rombencéfalo divide-se em telencéfalo (anterior) e diencéfalo (posterior).
IV. O prosencéfalo divide-se em metencéfalo (anterior) e mielencéfalo (posterior).
Com relação aos dados apresentados, está correto APENAS o que se afirma em:
a. IV
b. III e IV
c. I
d. I e II
e. II

QUESTÃO 22. As malformações congênitas do encéfalo têm causas exógenas e endógenas, e ocorrem em 0,5% dos nascidos
vivos. Estão associadas à neurulação defeituosa incluem anencefalia, encefalocele, mielomeningocele, diastematomielia e
medula presa. Os defeitos no tubo neural podem ser detectados na fase pré-natal dosando-se a alfa-feto-proteína e
acetilcolinesterase no líquido amniótico e por ultrassonografia. Dessa maneira, a afirmativa que corretamente define a
anencefalia é:
a. Caracteriza-se pela ausência ou subdesenvolvimento da calvária, malformação da base do crânio e anomalia constante do
osso esfenoide. O prosencéfalo está ausente e é substituído por uma massa avermelhada irregular de tecido vascular com
múltiplas cavidades contendo líquor.
b. Consiste na protrusão do encéfalo e das meninges através de um defeito no crânio. Podem ocorrer na região occipital,
parietal, frontal nasal e nasofaríngea, todavia são mais comuns na região occipital. O prognóstico é desfavorável. Setenta e
cinco por cento dos lactentes com esta malformação na região occipital e 100% na região parietal morrem ou ficam com
deficiência mental grave.
c. Caracteriza-se por herniação da parte inferior da medula espinal e das meninges sobrejacentes através de um amplo
defeito mediano na coluna vertebral. A massa protrusa consiste em um saco meníngeo distendido, preenchido com líquor
contendo tecido da medula espinal.
d. Caracteriza-se por duas hemimedulas em um único saco dural separadas por uma massa vascular de tecido conectivo ou
em dois sacos durais separados, entre os quais pode haver um septo ósseo. Em geral, a malformação ocorre nos segmentos
medulares torácicos inferiores ou lombares, mas pode ocorrer em qualquer nível da medula espinal.
e. Caracteriza-se por um cone medular anormalmente baixo, ancorado por um ou mais tipos de anormalidades intradurais
como um filamento terminal espesso e curto, faixas fibrosas ou adesões, ou um lipoma totalmente intradural.

QUESTÃO 23. A esclerose múltipla é uma doença autoimune, crônica que afeta o SNC provocando dificuldades motoras e
sensitivas, comprometendo a qualidade de vida de seus portadores. Os sintomas caracterizam-se por distúrbios visuais, perda
de sensibilidade dos membros inferiores, fadiga, disfunções motoras e dor. A patologia é um processo inflamatório que causa
uma lesão nos axônios neuronais e produz uma esclerose em vários locais do SNC, conforme ilustra a figura abaixo.

Nesse contexto, qual a importância da bainha de mielina na função neurológica?


a. Proteger as fibras nervosas contra agressões físicas, químicas e biológicas.
b. Retardar a propagação dos impulsos nervosos através dos neurônios cerebrais motores.
c. Dar consciência à fibra nervosa para que não seja comprimida por músculos.
d. Isolar a fibra nervosa e permitir a rápida condução dos impulsos nervosos.
e. Promover o transporte axonal que ocorre em vários pontos do SNC.

QUESTÃO 24. Uma lesão dos dendritos interferiria na capacidade de um neurônio para: (Tortora, 2006).
a. Receber impulsos nervosos.
b. Produzir proteínas.
c. Conduzir impulsos nervosos para outro neurônio.
d. Liberar neurotransmissores.
e. Formar mielina.

QUESTÃO 25. A principal conexão entre os hemisférios cerebrais é:


a. O corpo caloso
b. A ponte
c. A aderência intertalâmica
d. O septo pelúcido
e. O giro pré-central

QUESTÃO 26. A lesão medular é uma das formas mais graves entre as síndromes incapacitantes, constituindo-se em um
verdadeiro desafio para a reabilitação. Um predomínio de pacientes adultos jovens do sexo masculino representa o grupo da
população mais exposto a esses traumatismos; sendo a maior frequência da lesão no segmento entre a quinta e a sétima
vértebras cervicais, e os acidentes automobilísticos aparecem como o maior responsável pela etiologia dessas lesões. O
mergulho em águas rasas aparece com destaque em uma série de pacientes. A lesão medular é total ou completa, quando
existe ausência de função motora e sensitiva abaixo do nível neurológico da lesão; parcial ou incompleta, quando existe algum
tipo de sensibilidade e ou motricidade voluntária abaixo da lesão. Com o auxílio desta definição, julgue as afirmações que se
seguem.
I. A medula espinal é uma via de impulsos aferentes e eferentes entre as diversas partes do corpo e o cérebro.
II. Os nervos espinais são cordões esbranquiçados que emergem da medula espinal e por meio dos forames intervertebrais
deixam a coluna vertebral, sendo em número de doze (12) pares.
III. Trata-se de uma estrutura que pouco se modifica desde sua formação embrionária.
IV. Seu limite inferior termina em nível de T5 (quinta vértebra torácica).
V. Apresenta quatro dilatações (intumescências), formadas pelo maior número de corpos de neurônios e fibras nervosas que
formam os plexos nervosos.
Estão corretas, apenas, as afirmações:
a. I e II
b. I e III
c. I e V
d. II e IV
e. III e V

QUESTÃO 27. A Fisioterapia Esportiva no Brasil serve como referência para os demais países do mundo, apesar dos poucos
recursos tecnológicos disponíveis no momento devido ao seu alto custo. O objetivo principal da Fisioterapia Esportiva é devolver
o atleta a sua prática esportiva o mais breve possível dentro dos limites fisiológicos após uma lesão. O conhecimento das
propriedades fisiológicas de cada fase é extremamente importante para o fisioterapeuta realizar um melhor diagnóstico e assim
poder direcionar o tratamento a ser executado em todo e qualquer tipo de lesão. Isto serve como base para a melhor
compreensão dos processos patológicos e assim indicar e utilizar as melhores ferramentas para o tratamento. Em qualquer
lesão, ocorrem eventos fisiológicos específicos em resposta ao traumatismo. Cabe ao fisioterapeuta reduzir a gravidade destes
efeitos, aperfeiçoar o tempo de cicatrização e devolver o atleta à competição o mais cedo possível sem comprometer seu bem-
estar. Dependendo da modalidade de esporte, o atleta deve ser orientado a usar equipamentos de proteção para minimizar as
injúrias físicas que poderão ocorrer com o esportista. Pode-se dizer que o sistema nervoso também possui estruturas
responsáveis pela sua proteção. Dessa maneira, que estruturas biológicas estão sendo utilizadas para minimizar os possíveis
choques do SNC contra o crânio, observando-se a figura abaixo nesta modalidade esportiva?

a. Ventrículos encefálicos
b. Meninges e líquor
c. Medula espinal
d. Gânglios espinais
e. Núcleos da base

QUESTÃO 28. Comparando o sistema nervoso somático (SNS) ao sistema nervoso autônomo (SNA), qual das afirmativas é
verdadeira? (Tortora, 2006).
a. O SNA controla o movimento involuntário no músculo esquelético.
b. O SNA controla a atividade involuntária no músculo cardíaco, músculo liso e nas glândulas.
c. O SNS controla a atividade voluntária nas glândulas e no músculo liso.
d. O SNA produz atividade voluntária no músculo liso e nas glândulas.
e. O SNS controla o movimento involuntário no músculo liso, no músculo cardíaco e nas glândulas.

QUESTÃO 29. Médicos no Iraque denunciaram um grande aumento no número de crianças com defeitos congênitos em
Fallujah, que, há seis anos, foi palco de intensas batalhas entre tropas americanas e insurgentes. Médicos na cidade
responsabilizam as armas usadas pelo Exército Americano durante a ação militar pelos defeitos congênitos. Segundo uma
pesquisadora, agora a incidência de doenças cardíacas entre os recém-nascidos na região é 13 vezes mais alta do que na
Europa. O Exército Americano afirma não estar ciente de nenhum relatório oficial demonstrando o aumento dos defeitos
congênitos na área, e que leva "muito a sério" as preocupações com saúde pública das populações civis morando em áreas de
combate. O editor de internacional da BBC John Simpson visitou um novo hospital em Fallujah, financiado pelos Estados
Unidos, onde a pediatra Samira al-Ani contou que vê entre dois e três casos de defeitos congênitos por dia. Durante a
embriogênese, sabe-se que um dos primeiros sistemas a se desenvolver é o sistema nervoso. Sobre o desenvolvimento do
sistema nervoso podemos concluir, após a leitura das afirmativas:
I. A camada que origina o sistema nervoso é a mais interna, ou seja, o ectoderma.
II. A camada que origina o sistema nervoso é a mais externa, ou seja, o endoderma.
III. A camada que origina o sistema nervoso é a mais externa, ou seja, o ectoderma.
IV. A camada que origina o sistema nervoso é a mais interna, ou seja, o mesoderma.
V. A camada que origina o sistema nervoso é a mais externa, ou seja, o mesoderma.
Está certa apenas a afirmativa:
a. II
b. III
c. IV
d. V
e. I

QUESTÃO 30. Um paciente chega ao consultório de Fisioterapia, em uma cadeira de rodas, e é auxiliado pelos enfermeiros da
clínica para subir as escadas, uma vez que o prédio não oferece estruturas físicas para os cadeirantes. Este perdeu os
movimentos há 04 meses porque sofreu um grave acidente automobilístico e a região anterior da medula espinhal foi afetada.
Hoje, procura ajuda da Fisioterapia para ter disposição física para os obstáculos que enfrentará. Com o auxílio desta definição,
julgue as afirmações que se seguem.
I. Partes anteriores do corno anterior são menores, na intumescência cervical e na intumescência lombossacral devido o
volumoso suprimento nervoso motor dos membros.
II. A fissura mediana anterior é bem mais profunda que o sulco mediano posterior.
III. Os gânglios espinais consistem na parte dilatada da raiz anterior.
IV. O funículo anterior está entre a fissura mediana anterior e o sulco lateral.
V. As raízes são conjuntos de radículas que podem ser apenas anteriores.
Estão corretas, apenas, as afirmações:
a. I e III
b. I e II
c. I e V
d. II e IV
e. III e V

QUESTÃO 31. Um aluno recebeu a notícia por telefone que havia reprovado no curso de anatomia humana. No momento, com
o nervoso, sua boca secou, seu coração disparou. Tal fato ocorreu porque há atuação do Sistema Nervoso Autônomo, sendo
que:
a. O simpático sobre as glândulas salivares promove a diminuição da viscosidade e o aumento do volume de saliva, enquanto
que o parassimpático sobre o coração leva a taquicardia.
b. O simpático sobre as glândulas salivares promove a diminuição da viscosidade e o aumento do volume de saliva, enquanto
que o parassimpático sobre o coração leva a bradicardia.
c. O simpático sobre as glândulas salivares promove o aumento da viscosidade e o a diminuição do volume de saliva,
enquanto que o simpático sobre o coração leva a taquicardia.
d. O parassimpático sobre as glândulas salivares promove o aumento da viscosidade e o a diminuição do volume de saliva,
enquanto que o parassimpático simpático sobre o coração leva a taquicardia.
e. O parassimpático sobre as glândulas salivares apresenta pouca ou nenhuma ação na saliva, enquanto que o simpático
sobre o coração leva a taquicardia.

QUESTÃO 32. O cerebelo é a formação nervosa volumosa situada atrás do bulbo e da ponte entrando na constituição do teto
do IV ventrículo. O cerebelo como um todo é responsável pelo controle do tônus muscular estriado. O lobo flóculo nodular e o
núcleo fastigial constituem a parte mais antiga do cerebelo é o arquicerebelo, atuam no equilíbrio. O lóbulo semilunar anterior,
as tonsilas, pirâmide e úvula e os núcleos globoso e emboliforme são as partes intermediárias, o paleocerebelo, e atuam na
postura. Os lóbulos semilunares: posterior, superior, inferior, lóbulo biventre, e o núcleo denteado constituem a parte mais
recente, o neocerebelo que atua na coordenação muscular. Contudo, as correlações anatômicas e clínicas, relacionado ao
cerebelo são corretas o que se afirma em:
a. Lesão do hemisfério cerebelar direito ou esquerdo leva a perda de equilíbrio e a marcha atáxica.
b. Lesão do hemisfério cerebelar direito ou esquerdo leva ao aumento do tônus muscular.
c. Lesão do hemisfério cerebelar direito ou esquerdo leva a problemas de coordenação dos movimentos em membros no lado
contralateral à lesão.
d. Lesão do hemisfério cerebelar direito ou esquerdo leva a problemas de coordenação dos movimentos em membros no lado
que ocorreu a lesão.
e. Lesão do hemisfério cerebelar direito ou esquerdo leva a direito ou esquerdo leva a problemas postural devido o
arquicerebelo e o neocerebelo.

QUESTÃO 33. Os músculos da mastigação são inervados pelo V par craniano, e possuem a função primordial de movimentar a
mandíbula em diferentes planos ou direções. Já os músculos da mímica ou da expressão facial, têm pelo menos uma inserção
em partes moles como a pele tendo a função de dilatar ou contrair os orifícios palpebrais, nasais ou orais, sendo estes
inervados pelo VII par craniano. Com o auxílio dessas informações, julgue os itens que se seguem.
I. A Paralisia de Bell consiste em uma lesão de nervo craniano (VII par craniano) que se manifesta por paralisia dos músculos
da mímica facial em uma hemiface com incapacidade para enrugar a fronte, fechar completamente o olho, sorrir, bochechar e
assoviar.
II. O V par craniano é um nervo misto, sendo composto por uma raiz sensitiva e uma raiz motora.
III. O VII par craniano origina-se da ponte.
IV. O V par craniano também apresenta a função de movimento da língua durante a fala e a deglutição.
Assim como os nervos espinais, os nervos cranianos constituem parte do SNC.
Estão certos apenas os itens
a. I, II e III.
b. I, II e IV.
c. I, III.
d. II, IV e V.
e. III, IV e V.

Em cada uma das seguintes questões (QUESTÃO 34 e QUESTÃO 35), responda:


a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 34. Qual (is) das seguintes afirmações é (são) correta (s)?
(1) O subtálamo é formado fundamentalmente pela glândula pineal, localizado superiormente ao mesencéfalo. Nos seres
humanos produz hormônio, como por exemplo, a melatonina, a qual se relaciona com a regulação do ciclo circadiano.
(2) O nervo facial é um nervo puramente sensitivo, que envia informações relacionadas com a parte gustativa dos dois terços
anteriores da língua ao SNC.
a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 35. Qual (is) das seguintes afirmações é (são) correta (s)?
(1) A parte dorsal da ponte contém 04 (quatro) elevações arredondadas denominadas de colículos superiores e colículos
inferiores.
(2) O nervo olfatório e o nervo hipoglosso apresentam origens encefálicas no diencéfalo e no bulbo (medula oblonga),
respectivamente.
a. Se somente (1) é correta
b. Se somente (2) é correta
c. Se ambas (1) e (2) são corretas
d. Se nem (1) e nem (2) são corretas

QUESTÃO 36. Lesões na cabeça e choques violentos abalando o encéfalo são ocorrências comuns em acidentes de automóvel.
Os nervos cranianos parecem estar bem protegidos no lado inferior do encéfalo. Mas, o encéfalo, imerso em líquor, é como um
tronco encharcado de água; um golpe no topo da cabeça pode causar um rebote sério do encéfalo no assoalho do crânio.
Exames neurológicos rotineiros envolvem testes para verificar deficiências orgânicas dos nervos cranianos. Mediante ao
exposto, métodos clínicos comumente usados para determinar disfunções dos nervos cranianos. Dessa maneira, quando se
solicita ao paciente que encolha os ombros contra resistência executada pela mão do examinador e rodar a cabeça contra
resistência. Ambos os lados devem mostrar força uniforme. O par de nervos cranianos avaliado é:
a. Nervo abducente
b. Nervo troclear
c. Nervo vago
d. Nervo vestíbulo-coclear
e. Nervo acessório

QUESTÃO 37. A área do encéfalo que está mais diretamente envolvida no controle de reflexos do sistema nervoso autônomo
é:
a. Córtex cerebral
b. Medula oblonga
c. Cerebelo
d. Hipotálamo
e. Mesencéfalo

QUESTÃO 38. A mielomeningocele é uma malformação do SNC. Trata-se de um defeito do fechamento do tubo neural,
associado a sequelas neurológicas que podem determinar elevadas taxas de morbidade e de mortalidade. A classificação de
Holfer et al (1973) é a mais utilizada para a definição do nível neurológico da lesão e do padrão de deambulação, conforme
quadro 1. Como a malformação acontece em qualquer nível da coluna vertebral, há diferentes graus de comprometimento
neurológico observados, cada um deles com alterações sensitivas e motoras detectadas abaixo do nível da lesão.

Quadro 1. Classificação dos portadores de mielomeningocele segundo o nível neurológico da lesão e o padrão de
deambulação, de acordo com Holfer et al (1973).

Fonte: SANTOS, E. M. Qualidade de vida relacionada á saúde em crianças e adolescentes com mielomeningocele. 2009. 75 f.
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia (com adaptações).

A Cinesioterapia pode apresentar bons resultados em pacientes com mielomeningocele, melhorando a força muscular, a
adequação de tônus muscular e a prevenção de contraturas e otimizando o desenvolvimento infantil e a funcionalidade
muscular. As crianças acometidas por essa malformação apresentam lento desenvolvimento da autonomia nas atividades de
autocuidado, sendo que cerca de 60 a 69% dos casos necessitam de assistência. Com o auxílio destas definições, julgue as
afirmações que se seguem, avaliando paciente de 05 anos de idade que apresenta diagnóstico de mielomeningocele, nível
lombar alto. Assim sendo, nesse caso, qual(is) o(s) procedimento(s) fisioterapêutico(s) mais adequado(s)?
I. Prevenir deformidades de membros inferiores por meio de alongamentos passivos e preparar o paciente para fazer uso de
cadeiras de rodas.
II. Trabalhar a musculatura do paciente de forma global, já que de acordo com o nível neurológico da lesão, não apresenta
movimentação ativa nos quadris ou abaixo destes.
III. Fortalecer os músculos de membros superiores, já que o paciente terá necessidade de utilizar essa musculatura durante as
trocas de postura e quando usar muletas ou outros equipamentos de suporte.
IV. A musculatura de membros inferiores e a musculatura do tronco devem ser trabalhadas com o objetivo de preservar sua
parte funcional.
Com relação aos dados apresentados, está correto APENAS o que se afirma em:
a. IV
b. III e IV
c. II
d. I e II
e. I

QUESTÃO 39. O cérebro está dividido em hemisférios cerebrais (direito e esquerdo) por meio: (Spence, 1991).
a. Da fissura longitudinal
b. Do lobo occipital
c. Do lobo parietal
d. Do lobo da ínsula
e. Do sulco central
QUESTÃO 40. Além dos neurônios, o sistema nervoso apresenta outros tipos de células sob a denominação geral de
neuroglias que dão sustentação estrutural ao sistema nervoso além de ações metabólicas. Dessa maneira, as neuroglias
responsáveis pelo revestimento dos ventrículos encefálicos e canal central:
a. Astrócitos
b. Micróglia
c. Oligodendrócitos
d. Ependimárias
e. Satélites

QUESTÃO 41. A estrutura do encéfalo que está mais diretamente envolvida nas respostas autônomas da dor é: (Van de
Graaff, 2003).
a. Ponte
b. Hipotálamo
c. Bulbo
d. Tálamo
e. Cerebelo

QUESTÃO 42. O sistema ventricular é composto de 04 (quatro) espaços interconectados, os ventrículos encefálicos. Certos
locais do sistema ventricular contêm plexo corióideo. Esses locais incluem a parte central, o trígono colateral e os cornos
temporais dos ventrículos laterais, o forame interventricular, o teto do terceiro ventrículo e a parte posterior do teto do quarto
ventrículo. Dessa maneira, aponte a alternativa que corresponde à correta sequência entre os ventrículos encefálicos e os
espaços interconectados:
a. O aqueduto do mesencéfalo conecta o ventrículo lateral e o terceiro ventrículo. O forame interventricular conecta o terceiro
e o quarto ventrículo.
b. O forame interventricular conecta o ventrículo lateral e o terceiro ventrículo. O forame interventricular conecta o terceiro e o
quarto ventrículo.
c. O aqueduto do mesencéfalo conecta o ventrículo lateral e o terceiro ventrículo. O aqueduto do mesencéfalo conecta o
terceiro e o quarto ventrículo.
d. O forame interventricular conecta o ventrículo lateral e o quarto ventrículo. O aqueduto do mesencéfalo conecta o
ventrículo lateral e o terceiro ventrículo.
e. O forame interventricular conecta o ventrículo lateral e o terceiro ventrículo. O aqueduto do mesencéfalo conecta o terceiro
e o quarto ventrículo.

QUESTÃO 43. Três giros constituem a face lateral do lobo temporal. Os giros temporal superior, médio e inferior são
separados pelos sulcos temporal superior e inferior. O giro temporal superior contém em sua margem superior, a margem do
sulco lateral, os giros temporais transversos (giros transversos de Heschl). Os giros temporais transversos estão envolvidos na:
a. Projeção e processamento somestésico.
b. Projeção e processamento visual.
c. Sensibilidade geral do corpo
d. Área motora da fala no hemisfério dominante.
e. Área acústica primária.

QUESTÃO 44. SN á “ á ” D
maneira, existem dificuldades para a quimioterapia no tratamento de tumores originados de células gliais (gliomas) pela
incapacidade de drogas atingirem o encéfalo. As células gliais que apresentam processos em forma de estrela tendo expansões
terminais em contato com os vasos sanguíneos são:
a. Micróglia
b. Astrócitos
c. Células ependimárias
d. Oligodendrócitos
e. Células de Schwann

QUESTÃO 45. Um paciente é incapaz de sentir o gosta de um torrão de açúcar colocado na parte anterior da língua. Que par
de nervos craniano provavelmente tem uma lesão?
a. Hipoglosso
b. Vago
c. Glossofaríngeo
d. Facial
e. Divisão maxilar do trigêmeo

QUESTÃO 46. Qual das seguintes alternativas não é uma função do hipotálamo?
a. Regula a ingestão de alimentos
b. Controla a temperatura corporal
c. Auxilia a estabelecer os padrões do sono
d. Regula a ingestão de água
e. Permite a interpretação aproximada da dor e da pressão

QUESTÃO 47. O cérebro corresponde aproximadamente 80% do encéfalo, dividido em hemisférios cerebrais (direito e
esquerdo) que estão unidos por um grande tracto fibroso, o corpo caloso. À parte do cérebro denominada telencéfalo apresenta
sulcos principais (central e lateral) e os lobos. Portanto, o lobo que não está relacionado com os ossos do crânio é o lobo:
a. Temporal
b. Occipital
c. Frontal
d. Parietal
e. Insular

QUESTÃO 48. O líquor é produzido em todos os locais seguintes, exceto:


a. Hipotálamo – pelos plexos corióideos
b. I ventrículo – pelos plexos corióideos
c. II ventrículo – pelos plexos corióideos
d. III ventrículo – pelos plexos corióideos
e. IV ventrículo – pelos plexos corióideos

QUESTÃO 49. Efeito da estimulação simpática sobre o coração / pupila, respectivamente:


a. Taquicardia / dilatação da pupila (midríase)
b. Bradicardia / dilatação da pupila (midríase)
c. Taquicardia / constrição da pupila (miose)
d. Bradicardia / constrição da pupila (miose)
e. Ação desconhecida

QUESTÃO 50. O X par de nervos craniano é denominado:


a. Nervo hipoglosso
b. Nervo vago
c. Nervo glossofaríngeo
d. Nervo acessório
e. Nervo trigêmeo

QUESTÃO 51. Uma agulha usada durante uma punção espinal (lombar) atravessaria (em ordem): (Tortora, 2006).
I. Aracnóide-máter
II. Dura-máter
III. Espaço subdural
IV. Espaço subaracnoideo
a. I, II, III, IV
b. III, II, I, IV
c. III, I, IV, II
d. IV, I, II, III
e. II, III, I, IV

QUESTÃO 52. Núcleos da base consistem em acúmulos de corpos neurais. O núcleo da base com função desconhecida é:
a. Mesencéfalo
b. Tálamo
c. Cerebelo
d. Ponte
e. Claustro

QUESTÃO 53. Uma lesão de nervo craniano que se manifesta por paralisia dos músculos da mímica facial em uma hemiface
com incapacidade para enrugar a fronte, fechar completamente o olho, sorrir, bochechar, assoviar. Observa-se, ainda, desvio
da comissura labial para o lado contrário à lesão, apagamento dos sulcos da hemiface comprometida e lacrimejamento
contínuo. Na dependência do local da lesão do nervo craniano, alterações da gustação, audição (os sons parecem mais altos no
lado comprometido), e salivação podem ser encontradas. Esta lesão de nervo craniano é conhecida como paralisia de Bell.
Portanto, o par de nervos craniano em questão é:
a. Nervo facial
b. Nervo vestíbulo-coclear
c. Nervo trigêmeo
d. Nervo olfatório
e. Nervo troclear

QUESTÃO 54. São estruturas do bulbo, exceto:


a. Colículo superior
b. Fascículo grácil
c. Oliva
d. Pirâmide
e. Tubérculo cuneiforme

QUESTÃO 55. O SNC origina-se do tubo neural que na sua extremidade cranial, apresenta três dilatações denominada
vesículas primordiais: o prosencéfalo, o mesencéfalo e o rombencéfalo. O restante do tubo neural é a medula primitiva. O
rombencéfalo subdivide-se em metencéfalo e mielencéfalo. Pergunta, o metencéfalo vai dar lugar:
a. Cerebelo e ponte
b. Cérebro e ponte
c. Cerebelo e bulbo
d. Cérebro e bulbo
e. Cerebelo e cérebro
QUESTÃO 56. O tronco encefálico é dividido em:
a. Mesencéfalo, ponte e subtálamo.
b. Mesencéfalo, ponte e epitálamo.
c. Mesencéfalo, ponte e diencéfalo.
d. Mesencéfalo, ponte e cerebelo.
e. Mesencéfalo, ponte e bulbo.

QUESTÃO 57. O tecido nervoso é formado por:


a. Neurônios e células da glia
b. Neurônios e dendritos
c. Dendritos e células da glia
d. Neurônios e axônios
e. Axônios e neuroglia

QUESTÃO 58. A hidrocefalia é uma condição que ocorre quando há bloqueio da circulação do líquor com o aumento da
pressão na superfície do SNC. Embora uma obstrução possa ocorrer em qualquer local, o bloqueio normalmente acontece no
aqueduto cerebral ou nos forames interventriculares, podendo ser causado por um tumor próximo, ou infecções por fungos ou
bactérias no SNC. Assim, a produção e a circulação do líquor são respectivamente:
a. Plexos corióideos e granulações aracnoides
b. Plexos corióideos e espaço epidural
c. Plexos corióideos e espaço subaracnoideo
d. Plexos corióideos e dura-máter
e. Plexos corióideos e espaço subdural

QUESTÃO 59. Qual das seguintes estruturas não seria afetada pelo sistema nervoso autônomo (SNA)? (Tortora, 2006).
a. Coração
b. Intestinos
c. Bexiga urinária
d. Músculo esquelético
e. Órgãos genitais

QUESTÃO 60. Embriologicamente o SNC tem origem em qual (is) folheto (s) embrionário (s)?
a. Endoderma e ectoderma
b. Endoderma
c. Mesoderma e ectoderma
d. Ectoderma
e. Mesoderma

QUESTÃO 61. O neurônio é a unidade fundamental do sistema nervoso, entre suas funções ele recebe e envia informações.
Marque a estrutura do neurônio responsável por receber estas informações:
a. Axônio
b. Dendritos
c. Pericário
d. Vesículas sinápticas
e. Mitocôndrias

QUESTÃO 62. Leia com atenção:


I. A medula espinal é uma estrutura alongada e cilíndrica que pertence ao sistema nervoso central.
II. A medula espinal estende-se, geralmente até a altura de L2 no adulto.
III. A medula espinal é protegida por três membranas: a dura-máter, a aracnóide-máter e a pia-máter.
a. Todas as afirmativas estão corretas
b. Todas as afirmativas estão incorretas
c. Somente a afirmativa I está correta
d. Somente a afirmativa II está correta
e. Somente a afirmativa III está correta

QUESTÃO 63. Par de nervos craniano, cuja função é o olfato:


a. Primeiro par de nervos craniano
b. Segundo par de nervos craniano
c. Terceiro par de nervos craniano
d. Quarto par de nervos craniano
e. Quinto par de nervos craniano

QUESTÃO 64. Divisão do sistema nervoso com base na segmentação, cuja substância cinzenta está por dentro da branca e
denominado segmentar é constituída:
a. Sistema nervoso periférico, medula espinal e cérebro.
b. Sistema nervoso periférico, medula espinal e cerebelo.
c. Sistema nervoso periférico, medula espinal e tronco encefálico.
d. Cérebro e cerebelo.
e. Medula espinal, cérebro e cerebelo.
QUESTÃO 65. Os doze pares de nervos cranianos fazem conexão com o encéfalo. O par de nervos craniano exclusivamente
motor, cuja origem aparente no encéfalo é o bulbo, e inerva os músculos que movimentam a língua:
a. Nervo oculomotor
b. Nervo abducente
c. Nervo hipoglosso
d. Nervo troclear
e. Nervo acessório

QUESTÃO 66. As vias que levam impulsos nervosos sensitivos são:


a. Motora
b. Eferente
c. Aferente
d. A beta
e. A gama

QUESTÃO 67. Marque a alternativa que contenha nervos cranianos de função sensitiva:
a. Troclear, abducente e facial.
b. Glossofaríngeo, facial e trigêmeo.
c. Vestíbulo-coclear, óptico e olfatório.
d. Vago, acessório e hipoglosso.
e. Vestíbulo-coclear, vago e abducente.

QUESTÃO 68. É uma função do cerebelo:


a. Centro retransmissor para impulsos sensitivos e respostas à dor.
b. Coordenação motora e equilíbrio.
c. Regula a temperatura corporal.
d. Centro reflexo.
e. Regula a parte endócrina.

QUESTÃO 69. Assinale a alternativa incorreta em relação ao sistema nervoso:


a. O bulbo é uma estrutura do tronco encefálico.
b. A dura-máter tem a função de proteger o SNC.
c. O sistema nervoso somático como parte funcional deste e, dito como involuntário.
d. Anatomicamente o sistema nervoso é dividido em central e periférico.
e. Fazem parte do sistema nervoso central: o encéfalo e a medula espinal.

QUESTÃO 70. A estrutura do SNC que inicia o movimento voluntário é o:


a. Tálamo
b. Hipotálamo
c. Córtex cerebral
d. Cerebelo
e. Bulbo

QUESTÃO 71. O líquido cérebroespinal ou líquor consiste em um líquido aquoso e incolor. Ele circula:
a. Pelos plexos corióideos
b. Pelo espaço subaracnoideo
c. Pelo espaço subdural
d. Pela dura-máter
e. Pelas granulações aracnoides

QUESTÃO 72. Neuróglia responsável pela formação de bainha de mielina no sistema nervoso periférico:
a. Células de Schwann
b. Astrócitos
c. Micróglia
d. Oligodendrócitos
e. Células ependimárias

QUESTÃO 73. Meninge mais externa em contato íntimo com o tecido ósseo:
a. Aracnóide-máter
b. Dura-máter
c. Mielina
d. Axônio
e. Pia-máter

QUESTÃO 74. Respectivamente o IV; VI e XII pares de nervos cranianos são:


a. Oculomotor, glossofaríngeo e vago.
b. Óptico, vestíbulo-coclear e acessório.
c. Olfatório, trigêmeo e facial.
d. Troclear, abducente e hipoglosso.
e. Oculomotor, trigêmeo e glossofaríngeo.
QUESTÃO 75. Meninge mais interna em contato íntimo com o tecido nervoso:
a. Dura-máter
b. Aracnóide-máter
c. Pia-máter
d. Axônio
e. Mielina

QUESTÃO 76. Que nervos cranianos contêm apenas fibras sensitivas? (Tortora, 2006).
a. Óptico e olfatório.
b. Óptico, olfatório e glossofaríngeo.
c. Óptico e troclear.
d. Óptico e oculomotor.
e. Vago e facial.

QUESTÃO 77. Os nervos cranianos estão relacionados com o encéfalo. Dessa maneira, o par de nervos cranianos, cuja origem
aparente ocorre no bulbo, apresentando à função exclusivamente motora, inervando os músculos trapézio e
esternocleidomastóideo é:
a. Nervo hipoglosso
b. Nervo acessório
c. Nervo vago
d. Nervo glossofaríngeo
e. Nervo abducente

QUESTÃO 78. Qual dos seguintes está combinado incorretamente: (Tortora, 2006).
a. Sistema nervoso central: composto pelo encéfalo e medula espinal.
b. Sistema nervoso somático: inclui dos neurônios motores aos músculos esqueléticos.
c. Sistema nervoso simpático: inclui dos neurônios motores aos músculos esqueléticos, liso e cardíaco.
d. Sistema nervoso periférico: inclui os nervos espinais e cranianos.
e. Sistema nervoso autônomo: inclui as divisões: parassimpática e simpática.

QUESTÃO 79. As meninges são revestimentos de tecido conjuntivo que circundam e a medula espinal e o encéfalo. São
chamadas, respectivamente, meninges espinais e meninges cranianas. Quais são as meninges a partir da mais externa para a
mais interna:
a. Dura-máter e aracnóide-máter.
b. Pia-máter e dura-máter.
c. Dura-máter, pia-máter e aracnóide-máter.
d. Aracnóide-máter, pia-máter e dura-máter.
e. Dura-máter, aracnóide-máter e pia-máter.

QUESTÃO 80. A velocidade de condução do impulso nervoso é aumentada: (Tortora, 2006).


a. Pelo frio
b. Por um estímulo muito forte
c. Pelo menor diâmetro do axônio
d. Pela mielinização
e. Pelos astrócitos

QUESTÃO 81. Trace um arco reflexo do estímulo à resposta: (Tortora, 2006).


I- Efetor; II- Centro Integrador; III- Neurônio Motor; IV- Receptor; V- Neurônio Sensitivo.
a. III, I, IV, V, II
b. I, V, II, III, IV
c. IV, III, II, V, I
d. V, II, III, IV, I
e. IV, V, II, III, I

QUESTÃO 82. Depois de um acidente de carro, Joe mostra grave tontura, dificuldade para caminhar e fala arrastada. Ele pode
ter sofrido lesão em seu (sua): (Tortora, 2006).
a. Cerebelo
b. Ponte
c. Sistema de ativação reticular
d. Quinto nervo craniano
e. Mesencéfalo

QUESTÃO 83. O I e II pares de nervos cranianos apresentam origem encefálica, respectivamente:


a. Bulbo e ponte
b. Bulbo e mesencéfalo
c. Telencéfalo e diencéfalo
d. Mesencéfalo e diencéfalo
e. Telencéfalo e mesencéfalo

QUESTÃO 84. Leia as afirmativas e assinale:


I. Agrupamentos de corpos neuronais no SNP são denominados gânglios.
II. Neurônios maduros normalmente são incapazes de sofrerem mitoses.
III. Os ventrículos encefálicos e o canal central da medula espinal são revestidos pelas células ependimárias.
IV. O SNA é dividido em simpático e parassimpático.
V. O encéfalo origina-se a partir do mesoderma.
a. Somente a afirmativa I está correta.
b. Somente as afirmativas I e II estão corretas.
c. Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.
d. Somente as afirmativas I, II, III e IV estão corretas.
e. Todas as afirmativas estão corretas.

QUESTÃO 85. O SNP inclui:


a. Encéfalo e medula espinal.
b. Parte simpática e parassimpática.
c. Nervos, gânglios e terminações nervosas.
d. Telencéfalo e diencéfalo.
e. Tálamo, hipotálamo, epitálamo e subtálamo.

QUESTÃO 86. Função do nervo trigêmeo:


a. Inerva a musculatura da mastigação
b. Movimentos do globo ocular
c. Inerva a musculatura da expressão facial
d. Equilíbrio e audição
e. Visão

QUESTÃO 87. Leia as afirmativas e responda:


I. O SNA é um sistema voluntário que funciona conscientemente.
II. O SNA regula as atividades do músculo estriado esquelético.
III. SNP é aquele que se localiza dentro do esqueleto axial.
a. Se as três afirmativas forem verdadeiras.
b. Se as três afirmativas forem falsas.
c. Se a afirmativa I for verdadeira.
d. Se a afirmativa II for verdadeira.
e. Se a afirmativa III for verdadeira.

QUESTÃO 88. Conjunto de movimentos celulares que levarão à formação das três camadas (folhetos) germinativas:
a. Gastrulação
b. Clivagem
c. Blástula
d. Nidação
e. Sinciociotrofoblasto

QUESTÃO 89. Uma incapacidade para cruzar os olhos deve indicar um provável problema com que nervo craniano? (Van de
Graaff, 2003).
a. Nervo óptico
b. Nervo oculomotor
c. Nervo vago
d. Nervo facial
e. Nervo glossofaríngeo

QUESTÃO 90. Incapacidade de caminhar em linha reta pode indicar lesão de qual nervo craniano? (Van de Graaff, 2003).
a. Nervo trigêmeo
b. Nervo olfatório
c. Nervo glossofaríngeo
d. Nervo vestíbulo-coclear
e. Nervo vago

QUESTÃO 91. A medula espinal termina no adulto no nível da: (Snell, 1999).
a. L5
b. L3
c. S2-3
d. T12
e. L1

QUESTÃO 92. O tubo neural dá origem:


a. Elementos do SNC
b. Elementos do SNP
c. Melanócitos
d. Medula da glândula suprarrenal
e. Gânglios do SNA
QUESTÃO 93. Em caso de ausência de fusão das duas extremidades, na região de brotamento da futura medula espinal,
ocorrem deformações da fenda, a espinha bífida. Entretanto, a administração de um ácido por volta da data de concepção
diminui em 70% a frequência de ocorrência de espinha bífida. O ácido em questão é?
a. Ácido fólico
b. Ácido clorídrico
c. Ácido ribonucleico
d. Ácido lático
e. Ácido desoxirribose nucleico

QUESTÃO 94. Os nervos são formados por axônios agrupados em feixes envolvidos por uma camada de tecido conjuntivo
denominado epineuro. Eles podem estar relacionados ao crânio, sendo denominados cranianos, ou à coluna vertebral, sendo
denominados espinais. Podemos afirmar que possuímos:
a. 12 pares de nervos cranianos e 30 pares de nervos espinais.
b. 12 pares de nervos cranianos e 32 pares de nervos espinais.
c. 10 pares de nervos cranianos e 31 pares de nervos espinais.
d. 12 pares de nervos cranianos e 31 pares de nervos espinais.
e. 10 pares de nervos cranianos e 32 pares de nervos espinais.

QUESTÃO 95. Leia as afirmativas e assinale:


I. Neurônios motores levam as informações da periferia até o sistema nervoso central.
II. Neurônios apresentam propriedades de irritabilidade, condutibilidade e contratilidade.
III. Unidade motora é formada pelo neurônio sensitivo, axônio e fibras musculares.
a. Todas as afirmativas estão corretas
b. Todas as afirmativas estão incorretas
c. Somente as afirmativas I e II estão corretas
d. Somente as afirmativas II e III estão corretas
e. Somente as afirmativas I e III estão corretas

Você também pode gostar