Você está na página 1de 3

Universidade Federal do Amapá

Pró-Reitoria de Ensino de Graduação


Curso de Bacharelado em Enfermagem

DISCIPLINA: IMUNOLOGIA BÁSICA ENFERMAGEM NOTA:_______ CONCEITO: 1.0 (hum) ponto.


PROFESSOR Klingerry Penafort
TURMA: 2018
1ª AVALIAÇÃO FINAL.
DATA: 22/12/2018 (Modelo 01)
ACADÊMICO (a)___________________________________________________________________________

Caríssimos alunos, esta é nossa 1ª avaliação parcial cada questão vale 1.0 pontos não é permitido rasura, nosso
objetivo é identificar o seu aprendizado a partir dos conteúdos ministrados e de seus estudos complementares,
para tanto, é necessário que suas respostas sejam as mais esclarecedoras possíveis. Boa prova.

1ª) Embora exista uma ampla evidência de uma reatividade imune antitumoral em humanos, evidência de
imunidade contra malignidades provêm mais comumente de estudos experimentais com animais. Neles, ratos
foram imunizados pela administração de células tumorais irradiadas ou após remoção de um tumor primário
sensibilizado com o mesmo tumor vivo. Esses animais foram considerados resistentes à sensibilização com o
mesmo tumor vivo. Enquanto anticorpos se desenvolvem contra alguns canceres, imunidade mediada por células
tem papel importante na rejeição de tumores. Assim, imunidade pode ser transferida, na maioria dos casos, de
um animal no qual um tumor. Cite quais são essas células?
2ª) Frequentemente a ligação de um anticorpo a um antígeno não tem efeito biológico direto. Ao invés disso, os
efeitos biológicos significantes são uma consequência de “funções efetoras” secundárias de anticorpos. As
imunoglobulinas mediam uma variedade dessas funções efetoras. Usualmente a habilidade de carrear uma
função efetora particular requer que o anticorpo se ligue a seu antígeno. Nem todas as imunoglobulinas irão
mediar todas as funções efetoras. Quais são estas funções efetoras?
3ª) Os componentes da via clássica, assim como da via terminal, são designados com o símbolo "C" seguidos
com o número correspondente (C1, C3, etc.). Já os componentes da via alternativa, exceto C3, são designados
com nomes convencionais ou símbolos diferentes (exemplo: fator D, fator B, properdina). A designação dos
componentes ativados é feita por uma barra colocada sobre o símbolo da proteína ou do complexo proteico
correspondente (exemplo: C1-C4b2a, fator B, etc.). Os produtos da clivagem enzimática são designados por
letras minúsculas que seguem o símbolo de determinado componente (exemplo: C5a, C5b). Quando o
componente ou fragmento é inativado, é adicionada a letra "i" (exemplo: C3bi, Bbi). O SC constitui-se num dos
principais efetores da imunidade humoral assim como da inflamação. Cite os processos nos quais o sistema de
complemento participa?
4ª) Depois que as células Th reconhecem um antígeno específico apresentado por uma APC, elas podem iniciar
vários processos imunes centrais. Eles incluem: 1) seleção dos mecanismos efetores apropriados (ex. Ativação
de células B ou geração de Tc); 2) indução da proliferação das células efetoras apropriadas e 3) aumento da
atividade funcional de outras células (ex. Granulócitos, macrófagos, células NK). Células B ocupam uma
posição especial nas respostas imunes porque elas expressam imunoglobulina (Ig) e moléculas de MHC classe II
na sua superfície. Elas são portanto capazes de produzir anticorpos que têm a mesma especificidade que é
expressa pelos seus receptores de imunoglobulina; além disso elas podem funcionar como uma célula
apresentadora de antígeno. Em termos do modelo conjugado carreador-hapteno, acredita-se que o mecanismo
seja o seguinte: o hapteno é reconhecido pelo receptor de Ig, o carreador-hapteno é trazido para o interior da
célula B, processado, e os fragmentos peptídicos da proteína carreadora são apresentados à célula T auxiliar. A
ativação da célula T leva à produção de citocinas que fazem com que as células B hapteno-específicas se tornem
ativadas para produzir anticorpos solúveis anti-hapteno. Qual o cromossomo/complexo que esta implicado na
coordenação desses eventos?

5ª) Defina Imunogenicidade e Antigenicidade?

6ª) Linfócitos T e B durante o desenvolvimento encontram antígenos próprios e tais células realizam deleção
clonal através de um processo conhecido como apoptose ou morte celular programada. Por exemplo, células T
que se desenvolvem no timo inicialmente não expressam nem CD4 nem CD8. Tais células posteriormente
adquirem ambos CD4 e CD8 e se chamam células duplo-positivas e expressam baixos níveis de αβ TCR. Tais
células realizam seleção positiva após interagirem com moléculas de MHC classe I ou classe II expressadas no
epitélio cortical. Durante este processo, células com baixa afinidade pelo MHC são selecionadas positivamente.
Células não selecionadas morrem por apoptose, um processo chamado “morte por desprêzo”. Em seguida, as
células perdem CD4 e CD8. Tais células T então encontram peptídios próprios apresentados pelas moléculas de
MHC próprias expressadas nas células dendríticas. Aquelas células T com receptores de alta afinidade pelo
MHC + peptídio próprio chamada seleção negativa através da indução de apoptose. Qualquer distúrbio nesse
processo pode conduzir ao escape de células T auto-reativas que podem disparar doença autoimune. Da mesma
maneira, células B em início de diferenciação quando elas encontram antígeno próprio, associado a célula ou
solúvel, A ......................................tem papel chave em assegurar tolerância para com um antígeno próprio. Esta é
a definição de?
7ª) Células T auto reativas quando expostas a peptídios antigênicos em células apresentadoras de antígenos
(APC) que não possuem as moléculas co-estimulatórias CD80 (B7-1) ou CD86 (B7-2) se tornam anérgicas (não-
responsivas) ao antígeno. Também, enquanto a ativação de células T através de CD28 dispara a produção de IL-
2, ativação de CTLA4 leva à inibição da produção de IL-2 e anergia. Também, células B quando expostas a
grandes quantidades de antígeno solúvel regula negativamente sua IgM e se torna anérgica. Essas células
também regulam positivamente as moléculas Fas na sua superfície. Uma interação dessas células B com células
T carreando ligantes Fas resultam na sua morte via apoptose estes evento é chamado de.....................................?.
8ª) O sistema imunológico que protege o corpo contra as agressões internas e externas tem sua função modulada
pelo sistema neuroendócrino. A psiconeuroendocrinoimunologia é campo científico que estuda os fenômenos
desta interação e/ou relação e a repercussão destes sobre o organismo. Citocinas, hormônios e neuropeptídios são
os mensageiros químicos desta complexa rede e atuam como moléculas imunomoduladoras e comunicantes entre
estes sistemas. Há evidência da ligação do sistema endócrino com o sistema imune, fato que pode ser
influenciado também pelas respostas orgânicas ao estresse e à depressão. O desequilíbrio do sistema
neuroendócrino compromete a função imune aumentando o risco de desenvolvimento de patologias, como
doenças infecciosas ou auto-imunes, além de contribuir para a perpetuação de doenças inflamatórias. Dê o seu
conceito de Imunologia?
9ª) Na anergia imunológica os linfócitos T virgens precisam de no mínimo dois sinais para sua proliferação e
diferenciação em células efetoras: o sinal 1 é sempre o antígeno e o sinal 2 é promovido por co-estimuladores
expressos nas APCs(Células Apresentadoras de Antígenos) em resposta a microorganismos (ligação B7-CD28).
Na anergia, ocorrem os seguintes fatos? Cite estes fatos e seu resultado para o Organismo Humano.