Você está na página 1de 3

SUBPROJETO – III MOSTRA CULTURAL ESCOLA JERM

TEMA: É possível viver com saúde


PROFESSORAS: Crisnaiara Cândido e Monica da Costa Sancho
8º ANO TURMA: A

JUSTIFICATIVA
De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a escola é considerada um ambiente
privilegiado para a construção e consolidação de práticas promotoras de saúde, pois
desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida entre os
estudantes.
Tendo em vista, essa relevante função social da escola, o tema em questão, proposto
para a edição de 2018 da III Mostra Cultural da Escola Municipal Jorge Eduardo Raposo de
Medeiros se justifica por compreendermos que transmitir, no contexto de sala de aula,
informações a respeito do funcionamento do corpo e descrição das características das doenças,
bem como um elenco de hábitos de higiene bucal, corporal e de alimentação adequados, não
tem sido suficientes para garantir uma aprendizagem efetiva e transformadora de atitudes e
hábitos de vida saudável nos estudantes. É preciso educar para a saúde, levando em conta todos
os aspectos envolvidos na formação de hábitos e atitudes que acontecem no dia-a-dia da escola
e no convívio familiar dos estudantes.

OBJETIVO GERAL

 Estimular e implementar entre os estudantes, professores e funcionários da Escola Jorge


Eduardo Raposo de Medeiros e comunidade de Ouro Branco do Sul condutas que
promovam um viver saudável, mediante a adoção da atividade física ao longo da vida,
das escolhas alimentares saudáveis, de atitudes para prevenção de doenças e do
abandono e/ou da rejeição de práticas nocivas à saúde.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Estimular a reflexão sobre a saúde e a qualidade de vida


 Incentivar os estudantes, professores, funcionários e comunidade de Ouro Branco do
Sul em geral à adoção de posturas e hábitos que valorizem uma vida saudável, em
qualquer ambiente frequentado por eles.
 Buscar parceria com os profissionais da saúde dos PSFs locais para consolidar e ampliar
ações para promoção da saúde dos estudantes e de suas famílias.
 Discutir as consequências do uso do cigarro, do narguilé e das bebidas alcoólicas entre
os adolescentes.
 Mostrar que o sedentarismo e os hábitos de alimentação incorretos, podem levar ao
aparecimento de diversas doenças e à obesidade.
 Contribuir para o entendimento de doenças relacionadas à alimentação, tais como
diabetes, doença celíaca e intolerância à lactose, e ainda apresentar alternativas de
alimentos específicos à cada uma destas doenças.
 Discutir patologias decorrentes do elevado nível de colesterol, como a hipertensão,
aterosclerose, infarto do miocárdio, bem como apresentar alternativas para combatê-las.
 Fornecer aos educandos orientações sobre a postura correta ao sentar, o peso e a forma
adequada de carregar as mochilas e informações sobre os danos que a má postura e o
excesso de peso podem ocasionar à coluna vertebral.
 Articular debates sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DST), suas principais
características e os métodos de prevenção contra estas doenças.
 Incentivar os educandos a prática da higiene bucal no seu dia a dia, estimulando-lhes o
interesse em manter a dentição e a boca saudáveis.

METODOLOGIA

Atividades anteriores à mostra:

 Roda de conversa com os alunos sobre os diversos temas elencados para coletar
informações sobre seus hábitos de alimentação, higiene bucal, prática de atividades
físicas, uso de cigarro, narguilé e bebidas alcoólicas, relações sexuais seguras, posturas
ao sentar, ler, dormir e peso que sobrepõem às suas colunas vertebrais.
 Pesquisa sobre os diversos temas e socialização dos resultados para classe.
 Elaboração de cartazes e panfletos relacionados aos temas.
 Realização de palestras com diferentes profissionais da saúde abordando os temas
escolhidos em momentos anteriores ao dia da mostra.
Atividades para o dia da mostra:

 Apresentação de alimentos para degustação específicos para pessoas celíacas, diabéticas


e com intolerância à lactose.
 Apresentação de alimentos com baixo teor de colesterol.
 Apresentação de sucos detox e chás com efeitos benéficos à saúde para degustação.
 Apresentação dos cartazes e entrega de panfletos abordando os temas estudados.
 Aferição por profissionais da saúde da pressão arterial dos visitantes da mostra.
 Realização por profissionais da saúde de testes para verificação do índice glicêmico dos
visitantes da mostra.
 Cálculo de IMC e orientações para quem estiver em situações de obesidade ou magreza
excessiva.
 Realização por dentistas dos PSFs de uma triagem para avaliar as condições de saúde
bucal e avaliar a necessidade de tratamento dentário dos estudantes ou visitantes da
mostra.
 Aplicação tópica de flúor realizada por dentistas dos PSFs nos alunos e nos visitantes
da mostra que se dispuserem e orientações quanto à escovação e uso do fio dental de
forma correta.
 Orientações por parte de fisioterapeutas ou educadores físicos sobre a postura correta
nas diversas atividades do dia-a-dia aos alunos e visitantes da mostra.
 Pesagem de mochilas e comparação dos resultados à adequação ao peso de cada
estudante.