Você está na página 1de 146

Livros Grátis

http://www.livrosgratis.com.br
Milhares de livros grátis para download.
CURSO EMERGENCIAL DE LICENCIATURA PLENA
CONTRATO MEC-SEG/FGV

IMPLANTAÇÃO DAS HABILITAÇÕES BÁSICAS

CURSO EMERGENCIAL DE LICENCIATURA PLENA


PARA GRADUAÇÃO DE
PROFESSORES DE HABILITAÇÕES BÁSICAS
6. QUÍMICA

NOVEMBRO - 1978
EQUIPE TÉCNICA DO CONTRATO MEC-SEG/FGV

Supervisor-Geral Roberto Hermeto Corrêa da Costa


Coordenador do Contrato Hugo José Ligneul
Vice-Coordenador Técnico Ayrton Gonçalves da Silva
Assessores em Assuntos Educacionais Antônio Edmar Teixeira de Holanda
Clovis Castro dos Santos
Danny José Alves
Geraldo Bastos Silva
Guiomar Gomes de Carvalho
Heli Menegale
Júlio d'Assunção Barros
Maria Irene Alves Ferreira
Nilson de Oliveira
Paulo Cesar Botelho Junqueira
CURSO EMERGENCIAL DE LICENCIATURA PLENA
QUÍMICA

José Guerchon
Leandra Tereza Arguelo
Reinaldo Calixto de Campos
Reinaldo Carvalho da Silva
APRESENTAÇÃO

Este manual insere-se no plano emergencial de licenciatura plena para os professores destinados à parte de
formação especial do currículo do ensino de 2? grau. Foi concebido com fundamento legal na Portaria Ministerial
n? 396/77, do MEC, e na Resolução 03/77, do Conselho Federal de Educação. De acordo com as diretrizes do
Contrato MEC-SEG/FGV e a orientação de sua equipe técnica, têm os manuais que vão sendo assim elaborados o
objetivo de oferecer subsídios a quantos se empenham na implantação das habilitações básicas, principalmente as
Agências Formadoras de recursos humanos.
Da forma como foram previstas no Parecer 76/75, do CFE, as habilitações básicas representam opção válida para
a viabilização da Lei nº 5692/71, no que se refere à qualificação para o trabalho. Será, certamente bem sucedida
essa iniciativa, que depende, basicamente, de professores aptos e de equipamento e espaços físicos convenientes.
Trata-se de documento preliminar e poderá ser enriquecido com a colaboração de quantos se dispuserem a
somar esforços neste empreendimento.

Fundação Getúlio Vargas


CONTRATO MEC-SEG/FGV
Praia de Botafogo, 190
C E P nº 22.253 Botafogo
Rio de Janeiro - R J
INTRODUÇÃO

Este trabalho foi elaborado especificamente para dar uma continuidade ao já apresentado, de formação de
professores para a parte de formação especial do currículo do ensino de 2º grau da Habilitação Básica em Química.
O grupo de trabalho procurou planejar esta parte de um plano global de licenciatura de professores de 2º grau,
integrando formação especial da habilitação básica, formação instrumental e formação pedagógica, tanto vertical
como horizontalmente.
As disciplinas de formação geral, Matemática e Física, foram planejadas de forma a dar o embasamento necessário
ás disciplinas específicas. O programa de Física sugerido aqui pretende ser equivalente aos cursos de Física I, Il e I I I ,
ministrados em curso superior, com exceção de algumas unidades, que foram suprimidas por sua não aplicabilidade
imediata pelo futuro professor.
O livro texto sugerido é o dos autores Sears e Zemonsky. São também propostos alguns textos na introdução
de várias unidades, visando a criar um clima de debate e descontração.
As aulas práticas sugeridas só poderão ser realizadas caso a agência de treinamento disponha de um laboratório
de Física adequado.
Sobre o programa de Matemática, deve-se dizer que o professor que irá ministrar as aulas não deve ter sempre
em mente seja o aluno um exímio matemático, mas que tenha subsídios para compreensão de função e fenômenos
químicos que necessitam de um tratamento de cálculo. Outra advertência é a seguinte: sempre que possível, o
professor deve fornecer exemplos concretos de aplicação de cálculo.
Quanto às disciplinas de formação especial, deve ser ressaltado que em especial a Análise Química, além da
importância da parte teórica, o aprofundamento prático que lhe deve ser dado, é de grande validade e até essencial.
Dentro do plano global do curso f o i colocada como disciplina integradora, onde irá converter todos os
ensinamentos até então ministrados e praticados, o estágio supervisionado, que será feito na indústria. É de vital
importância essa parte do curso, seja como treinamento da habilitação em questão, seja como avaliação total do
trabalho desenvolvido neste plano global de licenciatura de professores de 29 grau.
ESTUDOS EM U N I V E R S I D A D E S PRATICA DE ENSINO PESQUISA
E/OU ESTABELECIMENTOS DE E ESTAGIO SUPERVISIONADO
ENSINO SUPERIOR EM S E R V I Ç O
ETAPAS
MESES CARGA MESES CARGA
HORÁRIA HORÁRIA

1 Dez. Jan. Fev. Mar. 600


2 Julho 150
3 Agosto a Dezembro 405
4 Janeiro a Fevereiro 255
5 Março a Junho 405
6 Julho 165
7 Agosto a Dezembro 390
8 Janeiro a Fevereiro 225

SOMA 1.395 - 1.200

CARGA H O R Á R I A T O T A L DO CURSO 2.595 horas


CRONOGRAMA E DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA DO CURSO DE
FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA HABILITAÇÃO BÁSICA
«
MESES CARGA H O R Á R I A (HORAS)
ETAPAS
NA AGÊNCIA DE EM T O T A L DA F O R M A Ç Ã O ESPECÍFICA F O R M A Ç Ã O PEDAGÓGICA
TREINAMENTO SERVIÇO ETAPA E COMPLEMENTAR
TOTAL INSTRUM. ESP. DA HB T O T A L PEDAG. COMPLEM.

1 Dez/Jan/Fev 600 450 150 300 150 150


2 Julho 150 90 45 45 60 30 30
3 Ago/Dez 405 210 105 105 195 165 30
4 Jan/Fev 255 150 75 75 105 90 15
5 Mar/Junho 405 210 60 150 195 195
6 Julho 165 135 30 105 30 30
7 Ago/Dez 390 195 45 150 195 165 30
8 Jan/Fev 225 135 30 105 90 60 30

SOMA GERAL DAS HORAS DO CURSO 2.595 1.575 540 1.035 1.020 885 135
QUADRO I
CARGA HORÁRIA
CONTEÚDOS C U R R I C U L A R E S
NA EM
UNIVERSIDADE TRABALHO TOTAL
REALIZAR A REALIZAR

A- F O R M A Ç Ã O ESPECIFICA
' Matemática 30 60 120 210
• Fisica 45 120 90 255
• Química Geral (Introdução à Química) 75 75

• Química 120 165 165 450


• Processos Químicos Industriais 30 30 120 180
" Análise Química 150 135 120 405

CARGA H O R Á R I A DA PARTE 450 510 615 1.575

B- F O R M A Ç Ã O PEDAGÓGICA
• Psicologia da Educação 45 90 135
Estrutura e Funcionamento do
Ensino de 2º Grau 15 30 60 105
• Orientação Educacional e Ocupacional 15 45 60 120
' Didática e Metodologia Aplicadas ao
Ensino de 2º Grau 15 45 90 150
Prática de Ensino sob a forma de
Estágio Supervisionado 105 45 225 375

C A R G A H O R Á R I A D A PARTE 150 210 525 885

C- F O R M A Ç Ã O COMPLEMENTAR
" Estudo de Problemas Brasileiros - 15 30 45
• Língua Portuguesa 60 30 90

C A R G A H O R Á R I A DA PARTE - 75 60 135

SOMA 600 795 1.200 2.595


1ª ETAPA
DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO GERAL

Matemática 30 h
Física 45 h
Introdução à Química 75 h
Total 150 h

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO ESPECIFICA

Química 120h
Análise Química 150 h
Processos Industriais 30 h
Total 300 h
MATEMÁTICA
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. REVISÃO DE CONCEITOS BÁSICOS (8h)

• Números decimais. (Gonçalves, Dalton, Física, vol. 1, cap. 1. Ao Livro


• Frações ordinárias. Técnico, Rio de Janeiro, 1970).
• Exposição pelo professor.
(Idem).
Dienes, Z. P., Frações E.P.U. - MEC - SP, 1975
• Resolução de Exercícios.
• Comentário dos exercícios pelo professor.
Conceito de razão. • Exposição pelo professor.
Grandezas físicas e químicas que envolvem o • Leitura individual de textos pelos alunos
conceito razão. (P.S.S.C, Física, parte 1, cap. 4, pg. 57/58).
Grandezas direta e inversamente proporcionais. • O professor fornecerá uma lista de grandezas no
quadro-negro e o aluno, com auxílio do texto,
dirá que proporcionalidade existe entre elas.
• Discussão sobre a atividade anterior.
• Exposição pelo professor.
• Exercícios de fixação, sobre onde "é usada" e
Regra de três "não é usada", a regra de três.
• Comentário dos exercícios pelo professor.
• Avaliação da unidade.

2. GRÁFICOS E FUNÇÃO (15h)


• Abscissa de um ponto de uma reta. • Exposição pelo professor.
• Gráficos cartesianos. • Resolução de exercícios.
• Construções de gráficos a partir de tabelas Comentários dos exercícios pelo professor.
numéricas. (G.E.I.E.F., Física, Auto Instrutiva, vol. 1, cap. 2).
(Gonçalves, Dalton, A Física através dos Gráficos,
pg. 31 a 40, Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico S.A.
I970).
Análise de fenômenos através de gráficos. Exposição pelo professor.
• Divisão da turma em grupos.
• Estudo dirigido, no qual os grupos receberão
uma coleção de gráficos representativos de
fenômenos físicos e químicos (pH x volume,
energia de ionização x nº atômico, curva de
aquecimento, energia x tempo, numa reação
química, etc.)
(G.E.T.E.F., Física Auto Instrutiva, vol. 1, cap. 2).
• Os grupos extrairão todas as informações
possíveis dos gráficos.
• Comentários dos exercícios pelo professor.
• Avaliação da unidade.
LOGARITMOS (7h)
Definição. • Exposição pelo professor.
Logaritmo decimal- Exercícios de determinação de logaritmos.
Propriedades gerais e operacionais. (Bezerra, M.J., Curso de Matemática, Companhia
Característica e mantissa. Editora Nacional, SP).
• Resolução, pelos alunos, de exercícios sobre as
propriedades operacionais dos logaritmos.
UNIDADES/CONTEÚDOS TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

(F.E.N.A.M.E., MEC, Tábua de Logaritmos).


• Comentário dos exercícios pelo professor.

Logaritmo negativo e logaritmo preparado. • Exposição pelo professor.


Cálculo do cologaritmo. • Com a ajuda de tábua de logaritmos, os alunos
determinarão o logaritmo das devidas entidades
numéricas.
• Com a ajuda de tábua de logaritmo, os alunos
determinarão o valor numérico de expressões
complexas, envolvendo multiplicação e divisão
de números ou de medidas com grande
quantidade de algarismos significativos.
• Comentário dos exercícios pelo professor.
• Avaliação da unidade.
FISICA
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA CADA UNIDADE

Ao final de cada unidade, o aluno será capaz de:

Unidade 1
• Distinguir número de medida.
• Citar as unidades fundamentais do Sistema Internacional.
• Dado um conjunto de unidades, indicar as fundamentais e as derivadas.
• Citar as diferentes causas de erro numa medição.
• Reconhecer a média como valor mais provável de uma medida.
• Dado um conjunto de medidas de uma mesma grandeza, calcular a média.
• Definir desvio absoluto e desvio relativo.
• Dado um conjunto de medidas de uma mesma grandeza, calcular os desvios absoluto e relativo.
• Dados vários conjuntos de medidas, identificar aquele de maior precisão e o de maior exatidão.
• Dada uma medida, dizer qual é o seu número de algarismos significativos.
• Realizar operações fundamentais envolvendo medidas.
• Determinar, com o número correto de algarismos significativos, o resultado de uma expressão na qual
figuram medidas.

Unidade 2
• Definir força.
• Definir pressão.
• Resolver problemas simples que envolvam os conceitos de força e de pressão.
• Definir empuxo.
• Dada a situação de contorno, calcular o empuxo sofrido por um corpo.
• Definir massa específica, peso específico e densidade.
• Dada a massa aparente de um corpo pesado no ar, seu volume e a massa específica do ar nas condições da
experiência, calcular a massa real do corpo.
• Utilizar corretamente tabelas de massa específica do ar em função da temperatura e da pressão.
• Descrever a experiência de Torricelli e justificar seu resultado.
• Descrever o barômetro de mercúrio.

Unidade 3
• Conceituar energia.
• Resolver problemas simples de transformação de energia cinética em energia potencial.
• Conceituar o princípio da conservação da energia.

Unidade 4
• Definir temperatura,
• Distinguir temperatura de quantidade de calor.
• Transformar temperatura expressa na escala Kelvin em Celsius e vice-versa.
• Definir calor, caloria, calor específico.
• Resolver problemas simples de calorimetria.
• Descrever, de uma maneira simplificada, como se determina o calor específico de uma substância.
• Citar os processos de transmissão do calor.

Unidade 5
• Interpretar os fenômenos de eletrização através de um modelo atômico simplificado.
• Descrever qualitativamente a lei de Coulomb.
• Definir corrente elétrica, coulomb e ampère.
• Identificar os elementos mais simples de um circuito elétrico.
• Resolver problemas simples envolvendo a lei de Ohm.
• Realizar algumas medidas elétricas.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. MEDIDA FISICA E ERROS (5h)


Medida e valor numérico. • Trabalho de grupo: Dividir os alunos em 4
Conceito de unidade. grupos, A, B, C, D. 0 grupo A e B receberão o
Unidades fundamentais e unidades derivadas. texto 1 e os outros dois receberão o texto 2.
Sistema internacional de unidades. Leitura dos textos e discussão dos textos dentro
Primeiras considerações sobre erros. dos grupos.
Valor mais provável de uma grandeza. (Texto 1: Gonçalves, Dalton, A Física Através de
Desvio absoluto e desvio relativo. Gráficos, Rio de Janeiro. Ao Livro Técnico S/A.
Precisão e exatidão. 1975, págs. 1 a 12).
Algarismos significativos. (Texto 2: idem, pags. 13 a 24).
• Operações com algarismos significativos. (Texto opcional: Lucie Pierre, Física, 1a série, 1?
grau , Rio de Janeiro).
• Apresentação do assunto por um representante
de cada grupo.
• Síntese geral pelo professor.
• Exercícios de fixação.
• Aula experimental: Cálculo do volume do cubo
a partir de medidas feitas com uma régua e com
um paquímetro, com ênfase sobre a incerteza
das medidas.

— Material para cada grupo: cubo de madeira,


régua, paquímetro.
• Avaliação da Unidade.
(Capítulo 1 - Gonçalves, Dalton, pags. 25 e 26)
2. HIDROSTÁTICA E PNEUMOSTÁTICA (8h)
• Força. • Exposição pelo professor.
Pressão. • Resolução de exercícios.
• Pressão hidrostática. • Síntese geral pelo professor.
• Princípio de Arquimedes. (Maiztegui, Alberto P. e Jorge A. Sabato, Física,
Porto Alegre, Editora Globo, 1973).
• Aula experimental: princípio de Arquimedes e
densidade de líquidos.
— Material para cada grupo: Balança de
Westphall, água, álcool, óleo.
(Texto para leitura prévia: Ciência Ilustrada,
Editora Abril, pg. 1027).
(Maiztegui, Alberto P. e Jorge A. Sabato).
• Pressão atmosférica. • Exposição pelo professor.
• Medidores de pressão. • Aula experimental: experiência de Torricelli
(demonstração pelo professor).
• Material: Tubo de vidro não capilar, de 1 m de
comprimento, aberto numa extremidade, cuba
(placa de Petri), 1 kg de mercúrio, funil de
haste fina.
• Elaboração de relatório pelos alunos.
• Avaliação da unidade.

3. ENERGIA (6h)
• Introdução. • Distribuição de texto para os alunos.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(Texto: Ciência ilustrada, Editora Abril, pg. 70/71.


Filme: Produtor: Instituto Nacional do Cinema
(NC). N°1159 (1969). Minutagem: 10. Bitola:
35 mm).
• Leitura Individual do texto.
• Distribuição de folha-guia para
acompanhamento de filme.
• Projeção do filme "Energia".
• Trabalho. • Avaliação do filme projetado.
• Energia cinética e colisões. • Estudo dirigido com uso de texto.
• Transmissão da energia. • Síntese pelo professor.
• Energia potencial. (P.S.S.C. - Fisica, parte 3, São Paulo, EDART,
pg. 95 a 106 e 110a 111).
• Exposição pelo professor.
• ( P.S.S.C. - Fisica, Parte 3,São Paulo, EDART,
cap. 25).
• Avaliação da unidade.
4. TERMOLOGIA (11h)
• Temperatura. • Exposição pelo professor.
• Escalas termométricas (Celsius e Kelvin). • Distribuição de folha-guia para
acompanhamento de filme.
(Maiztegui, A.P. e Jorge. A. Sabato, Fisica,
Porto Alegre, Editora Globo, 1972, vol. 1, cap.
• Quantidade de calor. 25 e 27).
• Projeção do filme "Calor; Uma Viagem ao
Mundo das Moléculas".
(Filme: Produtor: Instituto Nacional do Cinema,
nº 1.119 (1969). Minutagem: 11. Bitola: 35 mm).
• Calor específico. • Avaliação do filme projetado.
• O calorímetro. • Exercícios.
• Síntese final pelo professor.
• Aula experimental: Determinação do calor
específico de uma substância.
- Material para os grupos (balança, amostra de
material, termômetro, calorímetro.)
• Natureza do calor. • Distribuição de folha-guia para
acompanhamento de filme.
(Maiztegui, A. P, Jorge A, Sabato, vol. 1 cap.
Produtor:
• Transmissor do calor. • Projeção filme "Calor, Natureza e Propagação".
(Filme: Encyclopaedia Brittanica.
Fonte: INC nº 981.
Minutagem: 11).
Síntese geral pelo professor.
• Avaliação do material projetado.
* Avaliação da unidade.
5. ELETRICIDADE (15h).
• Cargas elétricas. • Trabalho em grupo: estudo do texto e
• Eletrização por atrito. resolução de exercícios.
• Eletrização por indução eletrostática. (Texto: Blackwood, 0. H. — Física na Escola
• Interpretação de fenômenos elétricos. Secundária, Rio de Janeiro, Editora Fundo de
• Aspectos qualitativos da lei de Coulomb. Cultura, cap. 24).
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

• Aula experimental: Experiência com o


eletroscópio. (Experiência demonstrativa realizada
pelo professor)
— Material: Eletroscópio, máquina eletrostática
e corpos de prova.
— Elaboração de relatório pelos alunos.

A corrente elétrica. • Exposição pelo professor.


Elementos do circuito elétrico. (Textos: Blackwood, O. H. - cap. 26)
Circuitos elétricos. (P.S.S.C. - Parte IV. Ma.ztegui, A. P. e Sabato,
vol. II).
• Distribuição de folha-guia para acompanhamento
de filme.
• Projeção do filme "Elementos do Circuito
Elétrico".
• Avaliação do filme projetado.
• Distribuição de folha-guia para acompanhamento
de filme.
• Projeção do filme "Lei de Ohm".
• Avaliação do filme projetado.
• Trabalho em grupos: leitura e discussão do
texto pelos elementos do grupo e resolução de
questionário.
• Projeção do filme "Aplicações da Lei de Ohm".
• Avaliação do filme projetado.
• Aula experimental: Medidas elétricas com
multímetro.
— Realização pelos alunos, sob orientação do
professor, de medições de resistência,
voltagem e corrente, em circuitos simples, com
multímetro.
INTRODUÇÃO À QUÍMICA
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA CADA UNIDADE

Ao final de cada Unidade, o aluno será capaz de:

Unidade 1
• Reconhecer a importância do método científico no estudo da Química.
• Definir matéria, corpo e susbtância.
Dada uma série de fenômenos naturais, identificar aqueles que pertencem ao campo de estudo do químico.
• Esquematizar a curva de aquecimento característica de uma substância pura.
• Caracterizar as constantes físicas como critério de pureza de uma substância.
• Sugerir os melhores métodos de separação dos componentes para diferentes misturas.

Unidade 2
• Definir elemento.
• Dado o nome de um elemento, escrever o seu símbolo e vice-versa.
• Identificar o átomo como entidade básica da matéria.
• Dado um conjunto de símbolos e fórmulas químicas, relacionar símbolos com "elemento" e fórmula com
"substância."
• Dadas as fórmulas de diferentes substâncias, distinguir as simples das compostas.

Unidade 3
• Realizar, com facilidade, cálculos que envolvam as relações ponderais, o conceito de mol, a hipótese de
Avogadro, a escala de pesos atômicos e a idéia de peso molecular.

Unidade 4
• Reconhecer a proporcionalidade entre pressão, volume e temperatura.
• Resolver problemas simples que envolvam as leis de Boyle e de Charles.
• Dadas as condições de contorno, calcular o volume molar de um gás.
• Definir pressão de vapor de um líquido.
• Resolver problemas simples envolvendo a equação de estado de um gás ideal.

Unidade 5
• Citar as principais partículas formadoras do átomo, localizando-as.
• Definir número atômico e número de massa.
• Resolver problemas envolvendo os conceitos de número atômico, número de massa e isotopia.
• Descrever, de maneira simplificada, o modelo atômico atual.
• Dado o número atômico de um elemento, sugerir sua distribuição eletrônica, com base nos diagramas de
Pauling e Hund.
• Relacionar com "nível", "subnível" e "orbital" e "spin" com seus respectivos números quânticos.

Unidade 6
• Dada a estrutura eletrônica de uma série de elementos, identificar aqueles que pertencem ao mesmo grupo
e os que pertencem ao mesmo período.
• Dada a estrutura eletrônica de um elemento, localizá-lo na tabela periódica.
• Dada a localização de um elemento na tabela periódica, sugerir sua estrutura eletrônica.
• Correlacionar os elementos, em função das propriedades periódicas, na presença de uma tabela periódica,
em termos de "maior" ou "menor".

Unidade 7
• Caracterizar os elétrons como responsáveis pelas ligações químicas.
• Distinguir ligação eletrovalente de ligação covalente, a partir de suas definições.
• Dada uma série de moléculas simples, localizar as apolares e as polares.
• Indicar a ocorrência dos orbitais sigma e pi numa série de substâncias.
• Prever as fórmulas de alguns compostos mais simples.
• Dada a fórmula de uma substância, determinar o número de oxidação dos elementos em questão.
• Relacionar as propriedades relativas aos compostos iônicos e aos compostos covalentes, integrando-as
com os conceitos referentes aos diversos tipos de ligação.
OBJETIVOS GERAIS DAS A U L A S PRÁTICAS

O objetivo das três aulas é mostrar como evoluem as idéias na Química e treinar o f u t u r o professor em
habilidades típicas do experimentador.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DAS A U L A S PRÁTICAS

Ao final de cada aula o aluno será capaz de:

1 a Aula
• Em 10 minutos coletar o maior número possível de observações sobre uma vela acesa e fazer anotações
claras do que foi observado.
• Reconhecer pelo nome: tubo de ensaio, béquer, erlenmeyer, f u n i l , pipeta, bastão, garro, suporte, tela,
anel, tripé, etc.
• Comportar-se de acordo com as regras de segurança.
• Reconhecer as instalações mais comuns num laboratório químico.

2 a Aula
• Escrever uma equação simplificada da combustão da veia.
• Relatar em poucas palavras em que consiste uma combustão.
• Cortar um tubo de vidro e dobrá-lo em ângulo até 6 0 ° .
• Acender e regular o bico de gás.
• Furar uma rolha e adaptar-lhe o tubo dobrado.

3 a Aula
• Realizar corretamente as medições descritas no roteiro.
• Fazer uma tabela organizada contendo as informações da experiência.
• Fazer um gráfico da experiência.

Observação:
As aulas experimentais encontram-se na coluna de atividades de cada unidade. Contudo, nem sempre
existe relação entre o conteúdo da unidade e o conteúdo da experiência. O propósito de posicionar a aula
experimental em tal ou qual unidade, f o i o de distinguir regularmente estas aulas pelo curso, evitando-se
uma seqüência longa, e fatalmente tediosa, de aulas teóricas.
BIBLIOGRAFIA

1. Texto: Chemical Education Material Study.Química. São Paulo. EDART.


2. Cotton, F. Alberty e Lawrence Lynch — Curso de Química. Tradução e adaptação de Horácio Macedo. Rio
de Janeiro. Ed. Forum.
3.* Apostila de Química Geral e Inorgânica. Volume I de José Guerchon.
4. Sienko, Michell e Robert Plane — Química. Companhia Editora Nacional. São Paulo.
5. Vogel, Arthur I. — Análise Orgânica Qualitativa.
6. Silva, Luiz Carlos Roque da — Química, Ensino Programado. Volume I. Editora Nacional. São Paulo —
1975.
7. Affonso, Armando — Experiência de Química. Volume I. Editora Didática Irradiante. São Paulo.
8. Powell, Virgínia P. — Ensino Programado de Química — Símbolos Químicos. Editora Edgard Blucher. São
Paulo- 1975.
9. Powell, Virgínia P. — Ensino Programado de Química — Cálculos com Pesos Moleculares. Editora Edgard
Blucher - 1971. São Paulo.
10. Pauling, Linus - Química Geral. Ed. Ao Livro Técnico S. A. — Rio de Janeiro.
11. Rozemberg, I. M. — Elementos de Química Geral e Inorgânica. Companhia Editora Nacional. São Paulo —
1973.
12.* Apostila de Química Geral e Inorgânica de José Guerchon. Volume 11.
13. Pimentel,George C. e Richard D. Spratley — Química: um Tratamento Moderno. Ed. Edgard Blucher. São
Paulo- 1974. (Volumes I e ll).
* Esta apostila poderá ser adquirida com o autor na Escola Técnica Federal de Química do Rio de Janeiro.
Endereço: Rua General Canabarro, 485 - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20.000. Tel.: 248-0802.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

1. ASPECTOS MACROSCÓPICOS DA Q U Í M I C A
• A Química como Ciência Experimental (3h) • Leitura do texto indicado na bibliografia (20min).
(1 - Volume I. Pág. 1,2, 3 e 4).
• Discussão em grupo do texto lido.
• Apresentação das dúvidas e conclusões de cada
grupo.
• Aula experimental: "0 método científico:
Observação" e "Apresentação do laboratório,
equipamentos e segurança".
(2 — Experiência n° 1 — Suplementar (5).
1ª Parte:
• Os alunos observarão uma vela acessa durante 10
minutos e farão anotações. Ao término do
tempo, cada um lança, em um quadro, as suas
observações.
• Síntese geral pelo professor.
2? Parte:
• Exposição, pelo professor, sobre as instalações
do laboratório e apresentação de alguns
equipamentos.

• Divisão da Química e seus objetivos (1 h) • Exposição pelo professor.


((3) páginas 1 e 2).
• Estados físicos da matéria e fenômenos naturais. • Estudo dirigido com texto de apoio.
( 3 - p g s . 2, 3 e 4).
( 2 - p á g . 73).
• Síntese geral pelo professor.
• Classificação geral da matéria e comportamento • Exposição pelo professor com auxílio de
térmico da matéria (substâncias puras, misturas recursos audiovisuais.
e azeotropos). (3)
( 4 - capítulo 10).

• Métodos de separação de fases e de • Apresentação dos métodos de separação pelo


componentes de uma mistura (2h). professor.
Critérios de pureza. (3). ( 3 - p g s . 15 a 21).
(6 — capítulo 4).
• Aula experimental: Apresentação de diferentes
amostras aos grupos para tentarem a separação
dos componentes.
• Mistura e combinação (1h). • Exposição pelo professor.
• Resolução de exercícios.
• Síntese geral pelo professor.
( 3 - p g s . 31 a 34).
( 7 - a u l a s 1,2, 3 , 4 e 5 ) .
2. ELEMENTO QUÍMICO E SUBSTÂNCIA PURA
' Elemento químico: nomenclatura e símbolos; • Estudo individual por meio de instrução
primeira classificação dos elementos (2h). programada.
(8)
• Conceito preliminar do átomo: • Discussão sobre o conceito de átomo, com
Identificação de substâncias simples e compostas; anotação dos conceitos emitidos.
fórmulas das substâncias e primeira noção de (2 - capítulo 4).
nomenclatura (2h). (3).
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

• Síntese pelo professor.

3. CÁLCULOS QUÍMICOS (10h).


* Relações ponderais; conceito de mol; escala de • Estudo individual por meio de instrução
pesos atômicos; pesos moleculares; número de programada.
Avogadro. • Resolução de exercícios.
(9)
(2 - capítulo 4).
( 6 - c a p í t u l o 18).
( 1 0 - capítulo 8).

4. COMPORTAMENTO DOS GASES (8h).


• Lei de Boyle; • Exposição pelo professor com o auxílio de'
• Lei de Charles; recursos audiovisuais.
• Princípio de Avogadro; equação de um estado • Síntese por escrito feita individualmente pelos
de um gás ideal; volume molar; pressão de alunos.
vapor. • Resolução de exercícios.
• Síntese geral pelo professor.
(2 -capítulo 3).
(4 — capítulo 6).
(11)

5. ESTRUTURA ATÔMICA (3h)


• Partículas subatômicas; características dos átomos: • Exposição pelo professor, com auxílio de
nº atômico e nº de massa; isotopia. recursos audiovisuais.
(3)
(2 - capítulo 5).
(4 - capítulo 3).
Modelo atômico atual; números quânticos (6h). • Exposição pelo professor, com auxílio de
recursos audiovisuais.
( 1 0 - c a p í t u l o 3).
( 2 - c a p í t u l o VIII).
* Princípio de exclusão de Pauli e Regra de Hund. (3)
Distribuição eletrônica (Diagramas de Pauling e • Exposição pelo professor, com auxílio de
Hund). (5h) recursos audiovisuais.
(3h) (3).
• Aula experimental: 1ª parte: "O método
científico": Interpretação das observações
realizadas durante a combustão de uma vela.
Os alunos observam e fazem anotações acerca
da experiência demonstrativa feita pelo
professor. 2a parte: Trabalho com vidro, rolhas
e bico de gás.
( 2 - c a p í t u l o VIII).
(2 — experiência n° 4).
(4 - capítulo 3).
( 1 0 - c a p í t u l o 3).
6. ESTUDO DOS ELEMENTOS (5h) (3-págs. 68 a 86).
• Organização da tabela periódica (períodos e • Leitura individual do texto
grupos); análise dos elementos na tabela: • Discussão com o professor
relação propriedade-estrutura. • Síntese geral pelo professor
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(11)
(10-capítulo 5).
(12-CapítuloV).

Correlação periódica das propriedades dos Exposição pelo professor


elementos (eletronegatividade, potencial de Resolução de exercícios
ionização, etc.) (5h). ( 1 2 - v o l u m e II).
(Capítulo V).
( 1 2 - p g s . 20 a 34)
Aula experimental: O método científico:
Temperatura de fusão do paradicloro benzeno.
Os alunos executam a experiência sob a
supervisão do professor.
(2 — experiência n° 3).
(13-capítulo 1).

7. LIGAÇÕES QUÍMICAS (8h)


• Conceito eletrônico de valência; covalência Leitura do texto e discussão em grupos.
normal e coordenada; polar e apoiar; orbitais (12).
moleculares sigma e pi. (2 -capítulo 9).
(10-capítulo 11).

Número de oxidação: conceito e regras para sua Exposição pelo professor


determinação. (2h) ( 1 2 - v o l u m e II).
( 4 - p á g . 111).

Propriedades relativas ao tipo de ligação (4h). Exposição pelo professor


Resolução de exercícios
Síntese geral pelo professor
( 1 2 - v o l u m e II)
( 2 - c a p í t u l o 10).
( 1 2 - v o l u m e II).
(2 - capítulo 4 - pág. 65 a 88)
Págs. 65 a 88
( 2 - c a p í t u l o IV)
QUÍMICA
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA CADA UNIDADE

Ao final de cada Unidade, o aluno será capaz de:

Unidade 1
• Expressar uma reação química por meio de uma equação química.
• Dado um conjunto de equações químicas, identificar os diferentes tipos de reação segundo as classificações usuais.
• Enumerar os fatores que modificam a velocidade de uma reação.
• Dada uma equação química, ajustar seus coeficientes corretamente.

Unidade 2
• Identificar os radicais positivos e negativos numa substância.
• Dada uma série de compostos inorgânicos, identificar os ácidos, as bases, os sais e os óxidos.
• Dada uma série de radicais negativos e positivos, escrever suas fórmulas.
• Classificar corretamente os óxidos com o auxílio da tabela periódica.
• Dada a fórmula de um óxido, dar seu nome e vice-versa.
• Reconhecer os produtos das principais reações dos óxidos com a substância água, e com ácidos e bases.
• Reconhecer os ácidos, as bases e os sais como eletrólitos em soluções aquosas.
• Elaborar equações de ionização e de dissociação de uma substância (se for o caso) em seus íons.
• Dado um conjunto de substâncias e suas constantes de dissociação (grau de dissociação), colocá-las em ordem
crescente ou decrescente em relação à sua força como eletrólito.
' Reconhecer um ácido e uma base segundo as teorias de Arrhenius, Bronsted — Lowry e Lewis.

Unidade 3
• Dada a fórmula estrutural de uma substância orgânica, reconhecer, nos átomos de carbono indicados, o seu
tipo de hibridização.
• Dada uma série de substâncias orgânicas, identificar as diversas funções e os respectivos grupos funcionais.
• Dada uma série de substâncias orgânicas, em suas fórmulas estruturais, dar os seus nomes.

Unidade 4
• Conceituar "Lei da Ação das Massas", aplicando-a ao estudo do equilíbrio químico.
• No estudo do equilíbrio iônico, reconhecer o íon comum como fator de deslocamento.
• Definir pH e pOH, a partir do equilíbrio iônico da água.

Unidade 5
• Esquematizar, graficamente, o fenômeno da eletrólise.
• Predizer os produtos de uma eletrólise de sais fundidos ou em solução aquosa.

Unidade 6
• Identificar as principais reações das funções orgânicas, principalmente as de aplicação industrial.
Aula n9 14
• Obtenção do cloreto de terc-butila: Obter com bom rendimento o cloreto de terc-butila.
• Ordenar os álcoois em ordem crescente de velocidade de substituição.

OBSERVAÇÃO:
As aulas experimentais encontram-se na coluna de atividades de cada unidade. Contudo, nem sempre existe
relação direta entre o conteúdo da unidade e o conteúdo da experiência. O propósito de posicionar a aula
experimental em tal ou qual unidade foi o de distribuir regularmente estas aulas pelo curso, evitando-se uma
seqüência longa, e fatalmente tediosa, de aulas teóricas.
BIBLIOGRAFIA

1* Apostila de Química Geral e Inorgânica de José Guerchon. Volume III.


2. Cotton, F. Albert e Lawrence Lynch — Curso de Química. Tradução e adaptação de Horácio Macedo. Rio
de Janeiro, Editora Forum.
3. Sienko, Michel e Robert Plane - Química. Companhia Editora Nacional. São Paulo.
4. Crookford e Knight - Fundamentos de Físico Química. Editora Livros Técnicos e Científicos. Rio de
Janeiro, 1977.
5* Apostila "Estudo das Reações" de Reinaldo C. Silva.
6. Powell, Virginia P. — Ensino Programado em Química — Balanceamento de Equações. São Paulo. Editora
Edgard Blucher, 1971.
7.* Apostila "Fatores que Afetam a Velocidade das Reações Químicas" de Reinaldo C. Silva.
8. Campbell — Porque Ocorrem as Reações Químicas. Editora Edgard Blucher.
9. Powell, Virginia — Ensino Programado de Química. Nomes e Fórmulas Químicas. São Paulo. Editora
Edgard Blucher, 1971.
10* Apostila "Análise Imediata de uma Mistura" de Reinaldo C. Silva.
11. Vogel, A. I. — Análise Orgânica Qualitativa.
12. Vanderwerf, Calvin A. —Ácidos, Bases e a Química da Ligação Covalente. Editora Polígono.
13** Filme -Ácidos, Bases e Sais (23min P/B) da Coronet Instructional Films.
14.* Apostila "Obtenção e Propriedades do Hidrogênio" de Reinaldo C. Silva.
15. Companion, Auclrey L. — Ligação Química. Editora Edgard Blucher.
16* Apostila "Nomenclatura Alifática" de Reinaldo C. Silva. Texto em instrução programada.
17* Apostila "Guia de Nomenclatura em Química Orgânica" de Reinaldo Calixto de Campos.
18* Apostila "Obtenção e Propriedades do Metano" de L. C. Falcon,
19. Morrison e Boyd — Química Orgânica. Fundação Calouste Gulbenkian, 1975.
20* Apostila "Estudo do Equilíbrio Químico" de Reinaldo C. Silva.
21 .* Apostila "Obtenção e Purificação do Cloreto de Trec-Butila" de Reinaldo C. Silva.
22* Apostila "Obtenção do Oxigênio e Estudo dos Óxidos" de Reinaldo C. Silva.
23* Apostila "Obtenção e Propriedades do Etino" de L. C. Falcon.

OBSERVAÇÃO
*Esta apostila poderá ser adquirida com o autor na Escola Técnica Federal de Química-RJ. Endereço: Rua General
Canabarro, 485 - Rio de Janeiro-RJ - CEP. 20.000 - Tel.: 248-0802.

**Este filme poderá ser encontrado na Escola Técnica Federal Celso Suckowda Fonseca. Endereço: Av. Maracanã,
221 - Rio de Janeiro-RJ - CEP. 20.000.
UNIDADES/CONTEÚDOS T E M P O A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

1. REAÇÃO Q U Í M I C A (3h)
• Equação química • Preleção inicial pelo professor
• Tipos de reação (1).
• Demonstração experimental pelo professor.
(2 - cap. IV).
• Síntese final pelo professor, com auxílio de
retroprojeção.
(3h). • Aula experimental n ° 1 : Calor de combustão:
Os alunos, divididos em grupos, realizam a aula
prática sob supervisão do professor. Ao término
da aula os alunos realizam os cálculos e
debatem sobre os resultados.
(2 — experiência nº 5).
Suplementar (4).

• Fatores que afetam a velocidade de reação. (1h). • Aula expositiva pelo professor.
(3h). (1).
• Aula experimental n° 2: Estudo das reações: Os
grupos realizam o trabalho prático sob
supervisão do professor. Fazem ao término
síntese sobre as reações e suas características.
(2 - c a p . 11)
(3).
(5).

• Ajuste de equações simples e de redox (6h). • Instrução Programada: Estudo individual.


(6).
• Exercícios mimeografados distribuídos aos
alunos.
(D.
(3h). • Aula prática nº 3: fatores que afetam a
velocidade das reações. Os alunos realizam o
trabalho prático sob a supervisão do professor. Ao
término apresentam uma conclusão sobre o
trabalho.
7.
Suplementar: (2 — cap. 13)
(8).

2. RADICAIS E FUNÇÕES DA Q U Í M I C A
I N O R G Â N I C A (5h).
• Principais radicais positivos e negativos. • Instrução programada: Nomes e fórmulas químicas.
(9).
• Síntese do assunto feita pelo professor.
(D.

• Fórmulas e nomes (3h). • Aula experimental nº 4: Análise imediata de


uma mistura. Destilação.
• Os alunos realizam o trabalho sob a supervisão
do professor.
Classificação, nomenclatura e principais reações Aula de preleção feita pelo professor com auxílio
da função óxido.(6h). de recursos audiovisuais.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(1).
(3).

(3h) ' Aula experimental n° 5: Estudo da reação de


metal com ácido: Os alunos realizam o trabalho
sob a supervisão do professor. Ao final fazem
cálculos e comparam o valor achado com o
esperado.
(2 — experiência 7).
• Eletrólitos (3h). * Estudo dirigido com texto distribuído para os
alunos. Leitura individual com discussão em
grupo aberto. Síntese pelo professor.
(1).
(3 - texto das páginas 209 a 213).
(12).

• Teorias ácido-base (3h). • Projeção do filme: Ácidos, Bases e Sais.


Discussão em grupo aberto da projeção.
Sistematização do assunto pelo professor em
quadro de giz.
(13).
(3).
(1 e 12).
(3h) Aula Experimental n°. 6: Obtenção e
propriedades do hidrogênio (2 métodos): Os
alunos realizam o trabalho e anotam as
observações sob a supervisão do professor.
(14).

• Exercício de fixação (3h). • Os alunos executam os exercícios e fazem


• Avaliação da aprendizagem. autocorreção. A verificação de aprendizagem
será por intermédio de um teste.
(D.
3. QUÍMICA DOS COMPOSTOS DO CARBONO
• Hibridação do carbono e fórmulas estruturais • Aula expositiva com auxílio de retroprojeção.
dos compostos orgânicos. (4h). (15).
13h). • Aula experimental n° 7: Estudo dos óxidos:
Obter o oxigênio e alguns óxidos. Os alunos
realizam o trabalho e anotam os resultados sob
orientação do professor. Ao término a classe
se reúne para debate, procurando uma
generalização acerca do caráter ácido-básico dos
óxidos.
(22).
• Principais funções orgânicas, caracterização e • Instrução programada: Nomenclatura alifática.
nomenclatura. (16h). Aula com síntese do assunto pelo professor,
com auxílio da apostila: Guia para o Professor e
Guia para o Aluno.
(16 e 17).
(3h) * Aula experimental n°. 8: Estudo dos
hidrocarbonetos: metano. Os alunos realizam a
aula, listando as propriedades dos alcanos. 0
UNIDADES CONTEÚDOS TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

professor supervisiona as atividades.


OBS.: Esta aula deve ser executada no decorrer
dos trabalhos da subunidade acima.
(18).
(3h). • Aula experimental n° 9: Estudo dos
hidrocarbonetos: etino. Os alunos realizam a
aula, listando as propriedades dos alcinos. 0
professor supervisiona as atividades.
(23).
OBS.: Esta aula deve ser executada no decorrer
dos trabalhos da subunidade acima.
• Aula experimental n°. 10: Estudo dos álcoois.
Os alunos realizam o trabalho descrito no livro
sob a supervisão do professor. Fazem anotação
e ao final se reúnem para tirarem uma conclusão.
(2 — parte II da experiência 27).
OBS.: Esta aula deve ser executada ao término
da subunidade acima.
4. CINÉTICA QUÍMICA (8h)
• Lei da ação das massas • Aula expositiva com auxílio de recursos
• Equilíbrio químico audiovisuais.
• Deslocamento de equilíbrio (3).
• Equilíbrio iônico Suplementar (4).
• Lei da diluição de Ostwald
(3h) • Aula experimental nº 11: Estudo do equilíbrio
químico. Os alunos trabalham sob a supervisão
do professor.
(20).

• Efeito do íon comum • Exposição do professor com auxílio de recursos


• Produto de solubilidade audiovisuais. Pode-se fazer uma demonstração
(4h) prática.
(3 e 4).

• Equilíbrio iônico da água • Exposição do professor. Pode-se fazer uma


• pH e pOH demonstração com o potenciômetro.
(4h). (3e4).

5. ELETROQUÍMICA (4h).
• Mecanismo da eletrólise
Eletrólise de sais fundidos e em soluções
aquosas.
(3h). • Aula experimental n° 12: (demonstração pelo
professor): Eletrólise da água no voltímetro de
Hoffman.
• Estudo dirigido com texto.
Texto: (3, págs. 287 a 278).
• Aula experimental n° 13: Estudo da eletrólise
do iodeto de potássio aquoso. Os alunos
realizam o trabalho sob a supervisão do
professor.
UNIDADES CONTEÚDOS TEMPO A T I V I D A D E S E REFERENCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

Ao término, a classe se reúne e tira conclusões


sobre o mecanismo da eletrólise.
(2 — experiência n°. 2 1 . Suplementar 4).

REAÇÕES DAS PRINCIPAIS FUNÇÕES


ORGÂNICAS
Hidrocarbonetos: Halogenação, combustão e Exposição do professor com recursos
craqueamento dos alcanos. Adição nos alcenos e audiovisuais. Pode-se fazer uma demonstração
alcinos: Hidrogênio, halogênio, haletos de sobre polimerização (ver Cotton e Lynch pág.
hidrogênio, água. Polimerização. Formação de 574).
glicol. Reações das ligações duplas conjugadas; (19).
nitração e halogenação. Obtenção e aplicação
dos hidrocarbonetos. (6h).

Reações do grupo R-OH: com haleleto de Aula expositiva com auxílio de recursos
hidrogênio, desidratação, formação de ester, audiovisuais. Pode-se fazer uma demonstração
oxidação, reação com metais alcalinos. Obtenção sobre a fermentação do caldo de cana.
e usos industriais dos principais álcoois. (3h) (19).
(3h) Aula experimental n° 14: Obtenção e
purificação do cloreto de terc-butila. Os alunos
realizam o trabalho sob a supervisão do
professor.
(21).

Reações da carbonila: oxidação, redução, Aula expositiva com auxílio de recursos


adição de reagente de Grignard, adição dos audiovisuais. Sugere-se um enfoque ácido-base.
derivados da amônia. Obtenção e principais usos (19e12).
dos aldeídos, cetonas e ácidos carboxílicos.
(5h).
ANÁLISE QUÍMICA
OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA PARTE TEÓRICA

Ao final de cada unidade da parte teórica, o aluno será capaz de:

Unidade 1
• Reconhecer o princípio da balança.
• Identificar os vários tipos de balança existentes no mercado.

Unidade 2
• Aplicar corretamente as leis ponderais à análise química.
• Identificar e resolver problemas que envolvem as leis de Lavoisier, Proust e Richter-Wenzel.
• Sendo dado um ácido, uma base, um oxidante ou um redutor, determinar o seu equivalente grama.

Unidade 3
• Identificar, numa solução, o soluto e o solvente.
• Distinguir solução diluída de solução concentrada.
• De uma curva de solubilidade, extrair as informações possíveis sobre a solubilidade relativa e sua
dependência quanto à temperatura.
• Definir porcentagem peso por peso (% p/p), peso por volume (% p/v), título (g/l) molaridade e
normalidade.
• Sendo dada a concentração de uma solução em certa unidade, transformá-la em qualquer outra das
estudadas, obedecidas as condições de contorno.
• Dadas as condições de contorno, calcular a concentração de uma solução.
• Descrever o preparo de uma solução de padrão primário e de padrão secundário com posterior
padronização.
• Conceituar titulação, baseando-se no princípio da equivalência.
Conceituar "ponto estequiométrico", "ponto final de titulação" e "erro de titulação".
• Resolver problemas envolvendo a aplicação do princípio de equivalência nas análises volumétricas.

Unidade 4
• Descrever de maneira simples o mecanismo de formação de um precipitado.
• Resolver problemas envolvendo o fator gravimétrico.

Unidade 5
• Sendo dada a concentração de um ácido, de uma base ou de um sal, determinar o pH da solução.
• Definir solução tampão.
• Calcular o pH de uma solução tampão.
• Dada uma curva de neutralização, interpretar o gráfico extraindo as informações suficientes para a
escolha do indicador conveniente.

Unidade 6
• Interpretar uma reação redox em termos de transferência de elétrons, com base no mecanismo de uma
pilha.
• Dada uma reação redox, ajustar seus coeficientes.
• Conceituar potencial redox, e, através dele, prever o sentido da reação redox de maneira
quantitativa.

Unidade 7
Descrever de maneira simples o mecanismo das volumetrias de precipitação e complexação com a
aplicação do produto de solubilidade e da constante de estabilidade, respectivamente.
• Reconhecer o AgNO3 como principal titulante na Análise Precipitimétrica.
• Reconhecer o EDTA como o principal titulante na complexometria.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA PARTE PRÁTICA

Ao final das aulas práticas o aluno será capaz de:


• Sendo dados os roteiros e o material, determinar o teor de umidade de um sal com erro menor que 5%
em relação à média.
• Realizar corretamente pesada e ataque de uma amostra, precipitação, envelhecimento, lavagem, filtração,
secagem, calcinação e pesada do produto final, chegando a um resultado com erro menor que 5% em
relação à média.
• Reconhecer e manusear corretamente: pipetas, buretas, balão aferido, cilindros graduados, etc,
• Realizar com destreza uma transferência quantitativa.
• Preparar e padronizar uma solução de título conhecido.
• Determinar com erro menor que 10%, o teor de um componente numa amostra, por métodos volumétricos.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BALANÇA (3h)
• Princípio da balança. • Aula demonstrativa pelo professor
• Tipos de balança. com interrogatório didático.
(VOGEL, Arthur-I. Química Analítica
Quantitativa. Vol. I — Buenos Aires — Editorial
Kapelusz (1960).
(OHWEILER, Otto Alcides - Química
Analítica Quantitativa - Rio de Janeiro, Livros
Técnicos e Científicos. 1974).
2. APLICAÇÃO DAS LEIS PONDERAIS À
ANÁLISE QUÍMICA (3h).
• Leis de Lavoisier e de Proust • Aula expositiva.
(SIENKO, Michel e Robert A. Plane-
Química).
• Lei de Richter-Wenzel. • Aula expositiva com interrogatório didático.
<6h) (SIENKO, Michel e Robert. A. Plane -
Química.
Editora Universitária).
• Equivalente químico. • Aula expositiva.
• Equivalente grama de ácidos, bases, oxidantes e (COTTON, Albert e Lawrence Linch - Curso
redutores. de Química ).
• Princípio da equivalência. • Exercícios em grupo.
• Estequiométrico. (SIENKO, Michel e Robert A. Plane -
(12h) Química).

3. SOLUÇÕES E DOSAGENS (3h).


• Soluto e solvente • Apresentação do assunto pelo professor.
(SIENKO, Michel e Robert A. Plane -
Química).
• Solução diluída e concentrada, insaturada e • Aula experimental demonstrativa, explorando o
saturada. assunto.
(CROCKFORD, H. D. e S. B. Knight -
Fundamentos de Físico-Química).
• Curva de solubilidade.
• Unidades de concentração (% p. p., % p. v., • Apresentação do assunto pelo professor.
título, molaridade e normalidade). (8h). • Exercícios individuais e em grupo.
• Correção dos exercícios.
(Apostila de Análise Mineral Quantitativa para
Cursos Técnicos de Química, de José Guerchon,
Reinaldo Silva e Reinaldo Calixto).
Preparo de soluções-padrão (2h). • Apresentação do assunto pelo professor.
(VOGEL, Arthur I . - Química Analítica
Quantitativa, Vol. 1).

• Princípios da titulação volumétrica. • Aula experimental demonstrativa explorando o


assunto.

• Cálculos na análise volumétrica. (10h). • Apresentação do assunto pelo professor.


• Exercícios.
• Correção dos exercícios.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(Apostila de Análise Quantitativa para Cursos


Técnicos de Química, de José Guerchon,
Reinaldo Silva e Reinaldo Calixto). (*).

4. GRAVIMETRIA (6h).
• Estado coloidal. • Aula expositiva com auxílio de retroprojeção.
• Envelhecimento de precipitado. • Projeção de filme.
(VOGEL, Arthur I. Química Analítica
Quantitativa. Vol. I).

• Regras práticas de filtração, lavagem, secagem e • Síntese final feita pelo professor e discussão da
calcinação. projeção realizada.
(Filme FG - Estado Coloidal - 17 min. P/B,
Coronet Instructional Filmes) (*).

• Cálculos na Análise Gravimétrica. (2h). • Apresentação do assunto pelo professor.


(VOGEL, Arthur I. Química Analítica
Quantitativa - Vol. I).

• Fator químico • Exercícios.


• Correção dos exercícios.
5. VOLUMETRIA DE NEUTRALIZAÇÃO
• pH de ácidos e bases fracos e fortes. (8h). • Aula expositiva com auxílio de material
audiovisual.
(VOGEL, Arthur I. Química Analítica
Quantitativa — Vol. I).

• pH de soluções salinas. • Aula expositiva com auxílio de material audio-


• pH de soluções tampão. visual, apresentando gráficos em retroprojeção
• Curvas de neutralização. • Distribuição de papel milimetrado aos alunos
• Indicadores (8h). para a execução dos gráficos.
' Apresentação de diretrizes e dados para a
confecção dos gráficos.

6. VOLUMETRIA DE OXI-REDUÇÃO (3h).


• Pilhas • Aula expositiva com auxílio de audiovisual,
apresentando exemplos de pilhas em
retroprojeção.
(CROCKFORD, J. D. e S. B. knight
Fundamentos de Físico-Química).
(VOGEL, Arthur I. Química Analítica
Quantitativa - Vol. I).

• Ajuste de equação redox. (2h) • Revisão


• Exercícios individuais.

• Potencial normal. • Aula expositiva com auxílio de material


audiovisual.

• Equilíbrio químico redox. (7h). • Distribuição de papel milimetrado aos alunos


para a execução dos gráficos.
(POWEL Virgínia — Balanceamento de
Equações).
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(VOGEL, Arthur I. Química Analítica


Quantitativa- Vol. I).
(OHLWEILER, Otto Alcides - Química
Analítica Quantitativa).

• Curvas de oxi-redução. • Apresentação de diretrizes e dados para a


(5h). confecção dos gráficos.

• Permanganimetria. • Apresentação pelo professor das diferentes


• Dicromatometria. análises de oxi-redução com auxílio de
• lodometria. interrogatório didático.
• lodimetria (VOGEL, Arthur I. - Química Analítica
Quantitativa, Vol. I).

7. VOLUMETRIA DE PRECIPITAÇÃO E
COMPLEXOMETRIA (11h).
• Argentimetria. • Aula expositiva com auxílio de material
• Principais complexantes. audiovisual.
(VOGEL, Arthur I. - Química Analítica
Quantitativa. Vol. I).
• Exercícios.
• Síntese da unidade (professor e alunos).
(OHLWELER, Otto Alcides - Química
Analítica Quantitativa).

1. Teor de umidade de um sal. (3h). • Os alunos realizam o trabalho prático descrito


na apostila sob a supervisão do professor.
Anotam todos os dados em cadernos individuais.
Preparam um relatório para a semana seguinte.
(Apostila de Análise Mineral Quantitativa para
Cursos Técnicos de Química, de José Guerchon,
Reinaldo Calixto e Reinaldo Silva (*).

2. Análise gravimétrica do ferro (I). (3h). • Idem. Idem.

3. Análise gravimétrica do ferro (II). (3h). • Idem. Idem.


• Idem. Idem.

4. Apresentação das técnicas e materiais de • 0 professor inicia a aula com uma exposição,
análise volumétrica (3h). mostrando os materiais citados nos objetivos.
Em seguida os alunos treinam as técnicas com
auxílio de folhas de roteiro.
• Ao término de cada aula os instrutores
verificam se os alunos estão realizando as
operações com a técnica devida.
• Idem.
(Suplementar: Vogel, A. I. Química Analítica
Quantitativa).

5. Preparo de soluções ± 0,1 N de HCI e de NaOH • Os alunos realizam o trabalho prático, descrito
e padrão de bórax. (3h). na apostila, sob a supervisão do professor.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Anotam todos os dados em cadernos


individuais. Preparam um relatório para a
semana seguinte.

6. Padronização de soluções: HCI pelo bórax e • Idem. Idem.


NaOH pelo HC. (3h).

7. Análise de vinagre. (3h) • Idem. Idem.

8. Análise de soda cáustica. (3h) • Idem. Idem.

9. Preparo e padronização de solução de • Idem. Idem.


(3h).

10. Análise de solução de água oxigenada e de • Idem. Idem


solução de ferro (3h).

11. Preparo de solução 0,1 N de l2 e padronização • Idem. Idem.


pelo tiossulfato padrão. (3h).

12. Análise iodométrica do cobre. (3h) • Idem. Idem.

13. Preparo e padronização de solução 0,1N de • Os alunos realizam o trabalho prático descrito
AgN0 3 . (3h) na apostila de roteiro sob a supervisão do
professor. Anotam todos os dados em cadernos
individuais. Preparam um relatório para a
semana seguinte.

14. Análise de cianeto de potássio. (3h) • Idem. Idem.

15. Preparo e padronização de solução 0,01 M de • Idem. Idem,


EDTA. (3h) (Suplementar, Ohlweler, O.A, Química
Analítica Quantitativa).
• Idem. Idem.
• Idem. Idem.
16. Análise do sulfato de zinco. (3h). • Idem. Idem.

17. Tempo livre (3h). • Esta aula é destinada àqueles que precisarem
repetir alguma experiência ou realizar algum
trabalho que seja de seu interesse particular. A
atividade é a mesma das aulas anteriores.
OBSERVAÇÕES:
(*) Esta apostila poderá ser adquirida, com os
autores, na Escola Técnica Federal de Química
do Rio de Janeiro, à Rua Gal. Canabarro n°
4 8 5 - RJ. CEP: 20.000
(**) Este filme poderá ser encontrado na Escola
" Técnica Federal Celso Suckow da Fonseca -
Rio de Janeiro, à Avenida Maracanã n° 221 -
RJ. CEP. 20.000
PROCESSOS INDUSTRIAIS
OBJETIVOS DAS VISITAS

As visitas a indústrias têm o propósito de familiarizar o futuro professor com o ambiente de trabalho
do técnico em Química. É importante para o futuro técnico perceber quais as principais aplicações das reações
que estudou teoricamente. O contato com as situações reais faz com que o educando adquira uma precisa visão da
Química como ciência aplicada. É a melhor oportunidade de conhecer os métodos e as maquinarias empregadas
na indústria química. Neste curso dá-se ênfase a esses aspectos, sem a intenção de descrever os processos
peculiares a uma dada indústria, tradicionalmente incluídos em qualquer curso análogo. Mais importante do que
mostrar que é necessário pulverizar a argila com calcáreo na fábrica de cimento, é mostrar que existe um moinho
de bolas cuja finalidade é pulverizar e homogeneizar uma mistura de sólidos.
A escolha dos processos a serem estudados deve levar em consideração as características industriais da
região, podendo o professor substituir os processos sugeridos adiante por outros.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS POR UNIDADE

Ao final de cada unidade, o aluno será capaz de:

Unidade 1
• Reconhecer a importância das regras de segurança no trabalho nas indústrias.

Unidade 2
• Reconhecer a importância dos aparelhos de medida, controle e regulação na indústria química.
• Identificar os principais aparelhos de medida, controle e regulação utilizados na indústria química.

Unidade 3
• Enumerar os princípios da tecnologia química.
• Reconhecer a importância da água na indústria química.

Unidade 4
Descrever os processos químicos básicos.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. SEGURANÇA DE TRABALHO NA
INDÚSTRIA (1h). • Palestra por especialista.

2. MEDIDAS, CONTROLE E REGULAMENTAÇÃO • Exposição pelo professor.


NOS PROCESSOS DE PRODUÇÃO DA
INDÚSTRIA QUÍMICA (1h).
' Temperatura, pressão, vazão e nível.
• Controle e regulamentação.

3. PRINCÍPIOS GERAIS DA TECNOLOGIA


QUÍMICA (3h).
• Leis gerais da tecnologia. • Exposição pelo professor.
• As reações heterogêneas (1). (Epshtein, D — Fundamentos de Tecnologia
• As reações catalíticas (1h). Química. Moscou. Editorial M.I.R.).
• Aplicações da água (1h).

4. PROCESSOS QUÍMICOS BÁSICOS.


• Tratamento de água (1h). • Exposição pelo professor
<4h). Idem.
• Visita a estação de tratamento de água.
• Apresentação pelos alunos de relatório sobre a
visita.

• Enxofre e ácido sulfúrico (1h). • Exposição pelo professor.


(4h> Idem.
• Visita a indústria que produza
• Apresentação, pelos alunos, de relatório sobre a
visita.
• Cimento. (1h). • Exposição pelo professor.
(4h). Idem.
• Visita a fábrica de cimento.
• Apresentação, pelos alunos, de relatório sobre a
visita.

• Fermentação (1h). • Exposição pelo professor.


(4h). • Visita a indústria que lide com fermentação
alcoólica.
Apresentação, pelos alunos, de relatório sobre a
visita.

• Petróleo (1). • Exposição pelo professor.


(1). • Filme.
(Filme da Petrobrás ou do Conselho Britânico
ou da Shell).
• Apresentação, pelos alunos, de relatório sobre a
visita.
2? ETAPA
MATEMÁTICA
(45h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 2a etapa, o aluno será capaz de:

• Identificar os números reais e os irracionais.


• Resolver problemas simples utilizando valor absoluto.
• Reconhecer a simbologia mais usual das notações de conjunto.
• Utilizar corretamente o sistema cartesiano de coordenadas: dadas as coordenadas cartesianas de um ponto,
localizá-lo no gráfico, e vice-versa.
• Identificar o gráfico de uma equação linear como sendo uma reta.
• Definir coeficiente angular e coeficiente linear.
• Dada a equação de uma reta, reconhecer, o coeficente linear e o coeficiente angular.
• Dados dois pontos de uma reta, achar sua equação.
• Definir função.
• Identificar o domínio e a imagem de uma função.
• Reconhecer as principais funções: lineares, polinomiais de 2º grau, trigonométricas, potenciais e
logarítmicas.
• Realizar cálculos geométricos, envolvendo volume e área de figuras espaciais e planas usuais.
• Reconhecer as relações mais simples existentes entre as funções trigonométricas, seno, co-seno e tangente.
• Determinar as raízes de equações algébricas simples.
• Dadas duas funções g e f, achar sua composição g e f.
• Dado o gráfico de uma função, identificar seus máximos, mínimos, suas raízes, os intervalos em que é
crescente ou decrescente.
• Dadas duas funções g e g, calcular a função g + f.
• Dada uma função, achar sua função inversa.
• Conceituar limite.
• Identificar funções contínuas e descontínuas.
• Realizar, corretamente, integração de funções, principalmente aquelas mais semelhantes às funções típicas
da Química.
• Calcular corretamente a área sob uma curva cuja função é conhecida, dados os intervalos.
• Identificar situações de trabalho onde caiba o uso de integrais.
• Resolver situações de trabalho (prob. não numéricos), com o uso de integrais.
• Identificar um intervalo contínuo numa função.
• Calcular os limites de algumas funções mais simples.
• Definir derivada.
• Aplicar o conceito de derivada a situações concretas pertinentes.
• Reconhecer e utilizar corretamente as várias notações de derivadas.
• Dada uma função, achar a função derivada.
• Dada uma função composta, achar a função derivada utilizando a regra da cadeia.
• Dada uma função, calcular seus máximos e mínimos.
UNIDADES CONTEÚDOS TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. REVISÃO DE ÁLGEBRA, GEOMETRIA e


TRIGONOMETRIA (15h) • Exposição pelo professor
• Os números reais • Resolução de exercícios sugeridos na
• Desigualdades bibliografia
• Valor absoluto • Discussão dos exercícios
• Conjuntos • Síntese pelo professor
• Geometria (1) Cap. O
• Geometria Analítica
• Equações lineares
• Funções
• Funções elementares

2. LIMITES E CÁLCULO DIFERENCIAL (30h)


• Limites Exposição pelo professor
Continuidade Resolução, por parte dos alunos, dos exercícios
• Continuidade em funções mais simples sugeridos na bibliografia
• Limites quando Discussão dos exercícios
A necessidade do cálculo Síntese pelo professor
• Definição de derivadas (1) Cap. 2 e 3 ou
• Regras de derivação (2) Cap. 1,2 e3
• Regra da cadeia
• Derivadas de funções inversas
• Funções implícitas
• Derivadas de 2a ordem e de ordens superiores
• Máximos e mínimos
• Teorema do valor médio
• Diferencial
BIBLIOGRAFIA

1. KAPLAN, Wilfred; LEWIS, Donald. Cálculo e Álgebra Linear. V. 1. Livros Técnicos e Científicos, Editora
Ltda. Rio de Janeiro. 1972
2. THOMAS, George B. Cálculo. V. 1. Livros Técnicos e Científicos Editora S/A. Rio de Janeiro. 1975.
3. GUELLI, Cid A; IEZZI, Gelson; DOLCE, Osvaldo. Conjuntos e Inequações. Editora Moderna. São Paulo.
4. GUELLI, Cid A, et alii. Geometria Métrica. Editora Moderna. São Paulo.
5. GUELLI, Cid A, et alii. Trigonometria. Editora Moderna. São Paulo.
6 GUELLI, Cid A, et alii. Álgebra III. Editora Moderna. São Paulo.
7. THOMAS, George B. Cálculo. V. II. Livros Técnicos e Científicos Editora S/A. Rio de Janeiro. 1975.
QUÍMICA
(30h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIAS DE TREINAMENTO

Ao final da 2a etapa, o aluno será capaz de:


Definir e interpretar matematicamente as leis dos gases.
Reconhecer as estruturas e propriedades dos sólidos.
Sendo dados os roteiros e o material, determinar na prática, as leis de Boyle, de Charles e o peso molecular
de um sólido por crioscopia.
Determinar as relações massa/energia e energia/radiação.
Reconhecer o modelo quântico para o hidrogênio.
Reconhecer os tipos de radiações e a sua aplicação nos processos nucleares.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. SÓLIDOS, LÍQUIDOS E GASES (20h)


* Leis dos gases • Exposição do professor (1), (3) e (4).
Execução de questionário com consulta a
bibliografia por grupos. Esclarecimento de
dúvidas pelo professor.

• Teoria Cinética dos gases Exposição do professor com auxílio de


• Gases reais audiovisuais.
• Características do estado Iíquido • Leitura de texto com comentários do
• Pressão de vapor professor (4). Demonstração prática da
dependência da pressão no ponto de ebulição.

• Estrutura e propriedades dos sólidos • Leitura de texto com comentários do


professor (1). Execução da prática n9 9 de (1).

• Prática nº 1: lei de Boyle • Práticas no laboratório em grupos (2).


• Prática n9 2: lei de Charles Obs.: As práticas devem ser realizadas no
• Prática n9 3: peso molecular de um sólido por decorrer dos trabalhos da unidade.
crioscopia

2. ESTRUTURA ATÔMICA (6h)


• Relação massa-energia • Exposição do professor (5) e (6).
• Relação energia-radiação • Demonstração:Descarga elétrica nos gases e
• Espectros de emissão e estrutura ensaios espectroscópicos.
• O modelo quântico para o hidrogênio
• Comportamento ondulatório do eletron
• 0 modelo ondulatório para o hidrogênio
• Átomos polieletrônicos

3. RADIOATIVIDADE (4h)
• Processos nucleares • Exposição do professor com auxílio de
• Tipos de radiação audiovisuais
* Leis da radioatividade • Execução de questionário com consulta
• Energia nuclear bibliográfica por grupos. Ao final:
esclarecimentos de dúvidas pelo professor (7).
ANALISE QUÍMICA
(15h)
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BALANÇA
* Características de uma boa balança. Aula expositiva com auxílio de recursos
* Cuidado e emprego da balança. audiovisuais.
Métodos, técnicas e tipos de pesagem. (2)
(2h)
* Determinação da curva de sensibilidade de uma Os alunos realizam o trabalho prático, descrito
balança de dois pratos. na apostila, sob a supervisão do professor.
(3h) Anotam os dados em cadernos individuais e
preparam um relatório para a aula seguinte.
(7)

• Pesada direta de um objeto por substituição Idem


e técnica da sensibilidade. (7)
(3h)
VOLUMETRIA
• Aparelhagem usual na análise volumétrica e Aula expositiva com auxílio de recursos
sua aplicação. audiovisuais.
• Técnicas de titulação. (D
• Teoria dos indicadores.
(3h)
• Zona de viragem de uma variedade de Aula experimental demonstrativa realizada pelo
indicadores. professor, explorando o assunto.
(2h) (6)
• Tratamento estatístico e prático dos dados Apresentação do assunto pelo professor; a
de uma análise. seguir, são fornecidos aos alunos diversos
(2h) resultados de determinada análise para que
verifiquem a rejeição de resultados e os limites
de confiança.
(3)
3? ETAPA
MATEMÁTICA
(105h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 3a etapa, o aluno será capaz de:


• resolver uma lista de pelo menos 100 exercícios elaborada pelo professor, sobre a unidade 1 (revisão), com
aproveitamento de 80%
• resolver uma lista de 100 exercícios, elaborada pelo professor, sobre cálculo diferencial, com um
aproveitamento de 70%
• resolver uma lista de 10 exercícios simples, sobre cálculo integral, selecionados pelo professor
• resolver uma lista de 80 exercícios, elaborada pelo professor, sobre cálculo integral, com 70% de
aproveitamento
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. REVISÃO DE ÁLGEBRA, GEOMETRIA, E Resolução de exercícios


TRIGONOMETRIA (3) (4) (5) (6)
(30h)
2. LIMITES E CÁLCULO DIFERENCIAL Leitura de texto
(60h) (1) Cap. 2 e 3
Resolução de exercícios.
(2) Cap. 1,2 e 3 ou
(1) Cap. 2 e 3

3. CÁLCULO INTEGRAL Leitura de texto


(15h) (1) Cap. 4 ou
(7)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 3a etapa, o aluno será capaz de:


Responder a questionários e resolver problemas relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Elaborar material didático e planejar aulas teóricas e práticas relativas aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Interpretar textos e redigir resumos relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Elaborar modelos tridimensionais de orbitais de várias moléculas.
Construir um colorímetro simples.
QUÍMICA
(45 h)
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. SÓLIDOS, LÍQUIDOS E GASES


(15h)
• Leis dos gases Leitura de texto e execução do questionário (1)
• Teoria cinética dos gases (6h)
• Gás real Preparação de roteiro de aula experimental sobre
• Características do estado Iíquido Pressão de separação de mistura sólida baseada em diferença
vapor. de pressão de vapor
• Estrutura e propriedades dos sólidos (3h)
Trabalho de pesquisa bibliográfica sobre gases
reais
(6h) (3) e (4).

2. ESTRUTURA ATÔMICA
(15h)
• Relação massa-energia Leitura de texto e execução do questionário
• Relação energia-radiação (10h)(6) e (5).
• Espectros de emissão e estrutura Redação de um texto didático sobre a evolução
O modelo quântico para o hidrogênio do conceito de átomo
Comportamento ondulatório do elétron (5h)
• O modelo ondulatório para o hidrogênio
Átomos polieletrônicos

3. RADIOATIVIDADE
(15h)
• Processos nucleares Redação de texto didático sobre aplicações dos
• Tipos de radiação radioisótopos
• Leis da radioatividade (5h)
• Energia nuclear Trabalho de pesquisa bibliográfica sobre:
vantagens e desvantagens do aproveitamento da
energia nuclear
(10h)(8)
PROCESSOS QUÍMICOS INDUSTRIAIS
(30 h)
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. PROCESSOS GERAIS UTILIZADOS NA Estágio na indústria com o desempenho de


INDÚSTRIA funções de técnico químico.
(30h)
ANÁLISE QUÍMICA
(30 h)
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BALANÇA Pesquisa dos diferentes tipos de balanças, em


(15h) especial as balanças analíticas de um só prato.
Elaboração de material audiovisual para se
ministrarem aulas de balança.
Planejamento de uma aula teórica de balança
constando de introdução, desenvolvimento e
avaliação.
(2)

2. VOLUMETRIA Pesquisa de novos métodos de análise volumétrica.


(15h) Responder a um questionário elaborado pelo
professor, sobre tratamento de dados.
Planejamento do roteiro de aula prática para o
preparo e padronização de uma solução de ácido
sulfúrico aproximadamente 0,5 N.
4? ETAPA
MATEMÁTICA
(15h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 4a etapa, o aluno será capaz de:


Identificar os números reais e os irracionais.
Resolver problemas simples utilizando valor absoluto.
Reconhecer a simbologia mais usual das notações de conjunto.
Utilizar corretamente o sistema cartesiano de coordenadas: dadas as coordenadas cartesianas de um ponto,
localizá-lo no gráfico, e vice-versa.
Identificar o gráfico de uma equação linear como sendo uma reta.
Definir coeficiente angular e coeficiente linear.
Dada a equação de uma reta, reconhecer o coeficiente linear e o coeficiente angular.
Dados dois pontos de uma reta, achar sua equação.
Definir função.
Identificar o domínio e a imagem de uma função.
Reconhecer as principais funções: lineares, polinomiais de 2° grau, trigonométricas, potenciais e logarítmicas
Realizar cálculos geométricos, envolvendo volume e área de figuras espaciais e planas usuais.
Reconhecer as relações mais simples existentes entre as funções trigonométricas seno, co-seno e tangente.
Determinar as raízes de equações algébricas simples.
Dadas duas funções g e f, achar sua composição g e f.
Dado o gráfico de uma função, identificar seus máximos, mínimos, suas raízes, os intervalos em que é crescente
ou decrescente.
Dadas duas funções g e g, calcular a função g + f.
Dada uma função, achar sua função inversa.
Conceituar limite.
Identificar funções contínuas e descontínuas.
Realizar, corretamente, integração de funções, principalmente aquelas mais semelhantes às funções típicas da
Química.
Calcular corretamente a área sob uma curva cuja função é conhecida, dados os intervalos.
Identificar situações de trabalho onde caiba o uso de integrais.
Resolver situações de trabalho (prob. não numéricos), com o uso de integrais.
Identificar um intervalo contínuo numa função.
Calcular os limites de algumas funções mais simples.
Definir derivada.
Aplicar o conceito de derivada a situações concretas pertinentes.
Reconhecer e utilizar corretamente as várias notações de derivadas.
Dada uma função, achar a função derivada.
Dada uma função composta, achar a função derivada utilizando a regra da cadeia.
Dada uma função, calcular seus máximos e mínimos.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. CÁLCULO INTEGRAL
(15h)
• Integral indefinida e integral definida. Exposição pelo professor.
• Propriedades fundamentais da integral Resolução, pelos alunos, dos exercícios sugeridos
definida na bibliografia.
• Regras de integração Discussão dos exercícios.
• Substituição Síntese pelo professor.
• Integração por partes (1) cap. 4 ou
• Aplicações da integral definida. (7) cap. 5
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

(1) KAPLAN, Wilfred; LEWIS, Donald. Cálculo e Álgebra Linear, v. 1. Livros Técnicos e Científicos, Editora
Ltda. Rio de Janeiro. 1972.

(2) THOMAS, George B. Cálculo, v. 1. Livros Técnicos e Científicos Editora S.A. Rio de Janeiro. 1975.

(3) GUELLI, Cid A.; IEZZI, Gelson; DOLCE, Osvaldo. Conjuntos e Inequações. Editora Moderna. São Paulo.

(4) GUELLI, Cid A, et alii Geometria Métrica. Editora Moderna. São Paulo.

(5) GUELLI, Cid A, et alii Trigonometria. Editora Moderna. São Paulo.

(6) GUELLI, Cid A, et alii Álgebra III. Editora Moderna. São Paulo.

(7) THOMAS, George B. Cálculo, v. II. Livros Técnicos e Científicos Editora S.A. Rio de Janeiro. 1975.
FISICA
(60 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 4a etapa, o aluno será capaz de:


Distinguir grandezas escalares e vetoriais.
Realizar a adição e a subtração de vetores.
Realizar o produto de um vetor por um escalar.
Realizar o produto de um vetor por um vetor.
Conceituar ponto material.
Definir velocidade média e velocidade instantânea.
Definir aceleração média e aceleração instantânea.
Interpretar gráficos: s X t; v X t; e a X t.
Identificar velocidade como uma grandeza vetorial.
Definir aceleração centrípeta.
Resolver problemas envolvendo velocidade, espaço, aceleração, aceleração centrípeta e tempo.
Distinguir sistemas inerciais dos não inerciais.
Conceituar força.
Citar os tipos de interação conhecidos, atentando para suas ordens de grandezas.
Reconhecer as 3 leis de Newton.
Distinguir massa e peso.
Resolver problemas que envolvam as leis acima.
Definir força centrípeta.
Resolver problemas que envolvam o conceito de força centrípeta.
Identificar força centrípeta como uma força fictícia.
Definir trabalho.
Conceituar energia.
Resolver problemas que envolvam os conceitos de trabalho, energia cinética, energia potencial.
Distinguir forças conservativas e dissipativas.
Definir impulso e momento linear.
Resolver problemas que envolvam a conservação do momento linear.
Distinguir colisão elástica das inelásticas.
Esquematizar, graficamente, a distribuição das pressões que atuam num corpo imerso num fluido incompressível.
Reconhecer a dependência da pressão exercida por um fluido num corpo com a sua profundidade de imersão.
Definir empuxo.
Citar o princípio de Arquimedes.
Resolver problemas que envolvam pressão e empuxo.
Definir tensão superficial.
Resolver problemas que envolvam o efeito da capilaridade.
Distinguir calor de temperatura.
Construir escalas de temperatura.
Descrever experiências que justifiquem a equivalência de calor e trabalho.
Definir capacidade calorífica.
Resolver problemas que envolvam a distinção de "transferência de calor" e "realização de trabalho".
Resolver problemas que envolvam transformação de energia.
Resolver problemas que envolvam transferência de calor e determinação de calor específico.
Descrever uma experiência capaz de determinar o calor específico de um corpo.
Distinguir os diferentes tipos de transmissão de calor.
Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Coulomb.
Definir campo elétrico.
Traçar, esquematicamente, as linhas de força de campos elétricos mais usuais.
Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Gauss.
Definir potencial.
Reconhecer a relação entre potencial e o campo elétrico.
Descrever o funcionamento de aparelhos que envolvam a aplicação da lei de Coulomb, do conceito de campo
e de potencial.
Definir capacitância.
Calcular a capacitância resultante da associação de capacitores em série e em paralelo.
Calcular a energia num capacitor carregado,
Descrever, microscopicamente, o efeito de um dielétrico.
Resolver problemas que envolvam polarização, suscetibilidade, coeficiente dielétrico e permissividade.
Definir corrente.
Definir resistência e resistividade.
Diferenciar, por ordem de grandeza de suas resistividades, materiais condutores, semicondutores e isolantes.
Definir força eletromotriz.
Resolver problemas que envolvam corrente, resistência, força eletromotriz, trabalho e potência em circuitos
elétricos simples e suas interpretações.
Descrever o efeito termoelétrico.
Calcular a resistência resultante da associação de resistores em série e em paralelo.
Resolver problemas que envolvam a aplicação das regras de Kirchoff.
Descrever o funcionamento de amperímetros e voltímetros.
Resolver circuitos R-C em série.
Reconhecer o movimento de partículas carregadas como gerador dos campos magnéticos.
Definir indução magnética.
Definir fluxo magnético.
Descrever o comportamento de partículas carregadas em campos magnéticos.
Descrever o funcionamento de um motor elétrico e do galvanômetro, atentando para os efeitos de um campo
magnético sobre um condutor de corrente (força e torque).
Definir os fenômenos do diamagnetismo, paramagnetismo e ferromagnetismo.
Fornecer uma explicação microscópica para os fenômenos acima.
Representar matematicamente, uma onda que se propaga.
Diferenciar pulso transversal e pulso longitudinal.
Calcular a velocidade de um pulso longitudinal e transversal.
Resolver problemas envolvendo a freqüência e sobretom em corpos vibrantes.
Reconhecer o caráter dual da luz.
Definir frente de onda.
Citar as leis da reflexão e refração.
Definir índice de refração.
Resolver problemas envolvendo índice de refração e as leis supracitadas.
Deduzir a lei de reflexão e refração pelo princípio de Huygens.
Idem para a lei de Snell.
Descrever o fenômeno de dispersão pelo princípio de Huygens.
Resolver problemas de ótica geométrica, envolvendo distância focai, tamanho de imagem, virtualidade, em
espelhos (planos e esféricos) ou lentes (convergentes ou divergentes).
Reconhecer o fenômeno de difração como determinante do caráter ondulatório da luz.
Descrever o funcionamento de uma rede de difração.
Calcular a distância entre centros num retículo cristalino pela lei de Brass.
Discutir o problema do poder de resolução de um instrumento ótico.
Descrever o fenômeno de polarização.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS !

1. VETORES
(5h)
• Grandezas vetoriais Exposição pelo professor
• Representação gráfica Resolução de exercícios
• Adição vetorial (1) Cap. 1
• Subtração de vetores (2) Cap. 2
• Multiplicação de um vetor por um escalar e (3)
produto escalar
• Multiplicação de um vetor por um vetor
(produto vetorial)

2. MECÂNICA DO PONTO
(30h)
• 0 ponto material
• Cinemática • Leitura de texto:
(3) Pag. 69 e 70
• Estudo dirigido: leitura de texto:
(3) Cap. I l , ou
(1) Cap. 4 e 6
* Resolução de exercícios
• Aula experimental: Queda Livre
(3) Pag. 358
• Dinâmica • Leitura de textos: "Pare Terra", "Uma Lei
Complicada", "Porque Morreu Saratoga"
(4)
Exposição pelo professor
Resolução de exercícios
Discussão dos exercícios
• Síntese pelo professor
(1) Cap. 5 ou
(3) Cap. 3
Texto adicional: Forças da Natureza
(5)
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

3. MECÂNICA DOS CORPOS DEFORMÁVEiS


(10h)
• Hidrostática • Leitura de texto: "Um mar onde não se pode
afundar".
(4) Pag. 335
• Exposição pelo professor.
(1) Cap. 12
• Texto Adicional: Empuxo nos Fluidos;
princípio de Arquimedes
(5) Pag. 122
• Tensão Superficial • Exposição pelo professor.
• Resolução de exercícios pelos alunos.
• Discussão dos exercícios propostos.
• Síntese pelo professor.
(1) Cap. 13
• Movimento harmônico • Exposição pelo professor
• Resolução e Discussão de exercícios.
(1) Cap. 14

4. CALOR
(15h)
• Temperatura: • Leitura de texto: "Leques"
(4) Pag. 385
• Discussão orientada pelo professor.
(9) Cap. 15
• Leitura de texto: "Termômetro ou Barômetro".
(5) Pag. 391
• Calor e medida de calor • Exposição pelo professor.
• Resolução de exercícios pelos alunos.
• Discussão dos exercícios propostos.
• Síntese
(9) Cap. 16
• Aula experimental.
Determinação do calor latente de fusão e de
vaporização.
(3) Pag. 407
• Transmissão de calor • Exposição pelo professor.
• Resolução de exercícios pelos alunos.
• Discussão dos exercícios propostos.
• Síntese.
(9) Cap. 17
• Texto opcional: Usinas Térmicas e Poluição.
(5) Pag. 459.
• Força centrípeta • Leitura de texto: "Por que o pião não tomba? "
(4) Pag. 289
• Exposição pelo professor
(1) Cap. 6 ou
(3) Cap. 4
• Trabalho e energia • Leitura do texto "A energia"
(6)
* Discussão do conceito de energia, estimulada
pelo professor.
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Síntese de discussão pelo professor


Resolução de exercícios pelos alunos
Discussão dos exercícios propostos
(1) Cap. 7 ou
(3) Cap. 6
Texto adicional: 5, pág. 180
Momento linear e impulso Exposição pelo professor
Resolução de exercícios pelos alunos
Discussão dos exercícios propostos
Síntese pelo professor
(1) Cap. 8 ou
(3) Cap. 5
Aula experimental: choques bidimensionais
(3) Pag. 368
QUÍMICA
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 4a etapa, o aluno será capaz de:


Reconhecer as ligações entre os átomos e as moléculas.
Conceituar orbitais atômicos e moleculares.
Definir entalpia e entropia.
Interpretar os conceitos de calores de reação.
Enunciar a 1a e a 2a leis da termodinâmica.
Construir, a partir de bolas e bastões, modelos moleculares.
Sendo dados os roteiros e o material, demonstrar na prática as diferenças entre os compostos moleculares e
iônicos; determinar experimentalmente o calor de reação.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. LIGAÇÕES QUÍMICAS
(16h)
• Moléculas e orbitais moleculares • Exposição do professor com auxílio de recursos
• Reatividade e estabilidade audiovisuais.
• Ligação cova lente • 0 professor lê com a turma e discute as questões
- Orbitais ligantes e antiligantes mais importantes
— Ordem de ligação (9)
— Geometria molecular Distribuição de questionário para ser resolvido
• Ligação iônica Dor grupos de alunos com consulta bibliográfica.
— Energia num reticulado Ao final, o professor esclarece as dúvidas.
— Raio iônico e n? de coordenação
• Pontes de hidrogênio
• Forças de van der Walls
• Ligações envolvendo orbitais
• Prática nº 1: modelos moleculares Cada grupo de alunos recebe um conjunto de
bolas e bastões para construir modelos das
moléculas pedidas pelo professor.
• Prática nº 2: tipos de compostos • Prática no laboratório evidenciando as diferenças
nas propriedades microscópicas de compostos de
estruturas essencialmente distintas.

2. ELEMENTOS DE TERMODINÂMICA
(29h)
Energia e reação química • Exposição do professor.
Energia de uma molécula • Estudo dirigido de texto. Esclarecimento de
Primeira lei da termodinâmica dúvidas pelo professor
Entalpia, calorimetria e calores de reação (10)
Energia e espontaneidade • Distribuição de questionário para ser resolvido por
Espontaneidade, desordem e entropia grupos de alunos com consulta bibliográfica. Ao
Segunda lei da termodinâmica final o professor esclarece as dúvidas.
Energia livre de Gibbs
Energia livre e equilíbrio químico
Terceira lei da termodinâmica
Aplicações de alguns casos de equilíbrio
Prática nº 3; calor de reação I • Práticas que envolvem a determinação
Prática nº 4: calor de reação II experimental do calor de reação. 0 livro do
Cotton e Lynch sugere duas. Pode-se aproveitar
o básico,melhorando-se a precisão das medidas
(13)
ANÁLISE QUÍMICA
(30 h)
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. VOLUMETRIA DE NEUTRALIZAÇÃO
• Conceitos ácido-base (Arrhenius, • Aula expositiva com auxílio de recursos
Bronsted-Lowry e Lewis). audiovisuais.
• Forças de ácidos e bases. (2)
• Equilíbrio ácido-base
• pH e pOH
• Hidrólise
• Soluções tampão
(7h)
• Determinação de H3PO4 em ácido fosfórico • Os alunos realizam o trabalho prático descrito na
comercial apostila, anotam os dados e preparam um
(3h) relatório para a aula seguinte.
(7)

2. VOLUMETRIA DE OXI-REDUÇÃO
• Mecanismo da transferência de elétrons • Aula expositiva com auxílio de recursos
(pilhas). audiovisuais.
• Equação de Nernst e o potencial de um (D
sistema Redox.
• Aplicação de potenciais para orientação na
volumetria Redox.
(4h)
• Análise de ferro em minério • Os alunos realizam o trabalho prático descrito na
(3h) apostila, anotam os dados e preparam um
relatório para a aula seguinte.
(7)

3. VOLUMETRIA DE PRECIPITAÇÃO
Equilíbrio de solubilidade. • Aula expositiva com auxílio de recursos
• Métodos de indicação. audiovisuais.
• Curva de titulação de NaCI por AgNO 3 . . (2)
(3h)
• Análise de prata em liga de prata, por • Os alunos realizam o trabalho prático descrito
solução padrão de tiocianato de potássio. na apostila, anotam os dados e preparam um
(3h) relatório para a aula seguinte.
(7)

4. VOLUMETRIA DE COMPLEXAÇÃO
• Ligantes mono e polidentados * Aula expositiva com auxílio de recursos
• Constantes de formação e dissociação. audiovisuais.
• Titulações com complexos (1)
• Indicação na Complexometria.
(4h)
* Determinação da dureza total da água pelo • Os alunos realizam o trabalho prático descrito
EDTA padrão na apostila, anotam os dados e preparam um
(3h) relatório para a aula seguinte.
(7)
5? ETAPA
MATEMÁTICA
(15h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 5a etapa, o aluno será capaz de:


• resolver uma lista de pelo menos 100 exercícios elaborada pelo professor, sobre a unidade 1 (revisão), com
aproveitamento de 80%
resolver uma lista de 100 exercícios, elaborada pelo professor, sobre cálculo diferencial, com um aproveitamento
de 70%
• resolver uma lista de 10 exercícios simples, sobre cálculo integral, selecionados pelo professor
• resolver uma lista de 80 exercícios, elaborada pelo professor, sobre cálculo integral, com 70% de aproveitamento
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. CALCULO INTEGRAL Resolução de exercícios.


(15h) (1) Cap. 4 ou
(7) Cap. 5
FÍSICA
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 5a etapa, o aluno será capaz de:


Resolver pelo menos 70% dos exercícios propostos pelo professor para as unidades referentes à 4a etapa
• Resolver os exercícios que acompanham os textos sugeridos
• Resolver pelo menos 70% dos exercícios propostos pelo professor para as unidades referentes à etapa nº 6
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. VETORES Resolução de exercícios selecionados pelo


(5h) professor
(1) Cap. 1,4 a 8,12 e 13.

2. MECÂNICA DO PONTO Leitura de textos


(15h) Simetrias
Análise dimensional
3. MECÂNICA DOS CORPOS DEFORMÁVEIS Noções sobre a precisão de medidas
(10h)

4. CALOR (5) Cap. 2 a 5, 7 a 9,11,15 e 16.


(15h) (3)
QUÍMICA
(60h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 5a etapa, o aluno será capaz de:


Responder a questionários e resolver problemas relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Elaborar material didático e planejar aulas teóricas e práticas relativas aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Interpretar textos e redigir resumos relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
Elaborar modelos tridimensionais de orbitais de várias moléculas.
Construir um colorímetro simples.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. LIGAÇÕES QUÍMICAS
(25h)
• Moléculas e orbitais moleculares • Leitura de texto e resolução dos problemas
• Reatividade e estabilidade propostos
• Ligação cova lente (6h) (9)
— Orbitais ligantes e antiligantes • Juntamente com os alunos, projetar e construir
— Ordem de ligação uma série de modelos tridimensionais de
— Geometria molecular representação orbital de várias moléculas
• Ligação iônica (7h)
— Energia num reticulado * Trabalho escrito de pesquisa bibliográfica:
— Raio iônico e nº de coordenação "influência da estrutura na acidez ou basicidade"
• Pontes de hidrogênio (6h)
• Forças de van der Walls Redação de texto didático: "Geometria molecular"
• Ligações envolvendo orbitais (6h)

2. ELEMENTOS DE TERMODINÂMICA
(35h)
• Energia e reação química Leitura de texto e resolução dos problemas
• Energia de uma molécula propostos
• Primeira lei da termodinâmica (20h) (11 -Capítulo 4).
• Entalpia, calorimetria e calores de reação Improvisar um calorímetro o mais eficiente
• Energia e espontaneidade possível
• Espontaneidade, desordem e entropia (5h)
• Segunda lei da termodinâmica Escrever um roteiro didático para medição do
• Energia livre de Gibbs calor de solubilização
• Energia livre e equilíbrio químico (5h)
• Terceira lei da termodinâmica Projetar aparelhagem e método para
• Aplicações a alguns casos de equilíbrio determinação de produto de solubilidade baseado
em medidas de potenciais de eletrodo
(5h)
PROCESSOS INDUSTRIAIS
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 5a etapa, o aluno será capaz de:


• Ao estagiar em indústrias, desempenhar as funções de um técnico químico.
• Elaborar relatórios sobre as funções exercidas nas indústrias, durante o período de estágio.
• Planejar aulas práticas sobre purificação da água, obtenção de anidrido sulfuroso e outros produtos industriais.
• Descrever as etapas para obtenção de água potável.
• Definir e descrever o tratamento da água dura.
• Organizar um fluxograma de fabricação de ácido sulfúrico pelo processo de contato.
• Citar as principais aplicações do ácido sulfúrico.
• Esquematizar a destilação do petróleo.
• Definir e descrever o processo de craqueamento.
• Citar e descrever os processos de obtenção de produtos da indústria petroquímica.
• Organizar um fluxograma da fabricação do papel a partir da madeira.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIAS DE TREINAMENTO

Ao final das etapas 6 e 8, o aluno será capaz de:


• Reconhecer as matérias primas, os processos e as instalações de uma fábrica de cimento e de uma siderúrgica.
• Organizar o fluxograma de uma cervejaria, prevendo a matéria prima, instalações e processamento.
• Realizar uma análise típica da indústria de cimento.
• Determinar a acidez de uma cachaça com erro menor que 3%.
• Determinar qualitativamente os metais presentes em um aço.
• Descrever as instalações básicas de uma galvanoplastia e de fabricação de sódio, cloro, hidróxido de sódio,
água oxigenada e de água sanitária.
• Determinar qualitativamente os componentes de um revestimento metálico.
• Determinar o teor de cloro ativo de uma água sanitária.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. TRATAMENTO DE ÁGUA
(8h)
• Água potável Pesquisar na indústria com a qual está tomando
• Água industrial contato, quais as principais questões relativas à
água: características, tratamentos, problemas e
poluição. Preparar um relatório sobre o assunto
(5h)
Planejar uma aula prática sobre purificação de
água barrenta
<3h) (1),(2)e(3).

2. ENXÔFRE E ÁCIDO SULFÚRICO


(7h)
• Extração do enxofre Pesquisar na indústria com a qual está tomando
• Processo das câmaras de chumbo contato, quais as aplicações do ácido sulfúrico
• Processo de contato (3h)
• Aplicações do ácido sulfúrico Planejar uma aula prática na qual o anidrido
sulfuroso possa ser obtido e suas propriedades
ácidas evidenciadas
(4h)

3. PROCESSOS GERAIS UTILIZADOS NA Estágio na indústria desempenhando funções de


INDÚSTRIA técnico químico.
(30h)
ANALISE QUÍMICA
(45 h)
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. VOLUMETRIA DE NEUTRALIZAÇÃO Construção em papel milimetrado, das curvas de


(15h) titulação de ácido forte por base forte, ácido
fraco por base forte e base fraca por ácido forte.
Planejamento de uma aula teórica sobre cálculos
na análise volumétrica, constando de introdução,
desenvolvimento e avaliação.
(2)

2. VOLUMETRIA DE OXI-REDUÇÃO Construção em papel milimetrado da curva de


(15h) titulação de solução de ferro II por solução de
permanganato.
Elaboração de material didático (transparências)
para uma aula sobre o funcionamento de uma
pilha.
Planejamento de uma aula prática de volumetria
Redox, com indicação de roteiro e modelo de
relatório.
(2)

3. VOLUMETRIA DE PRECIPITAÇÃO E DE Construção em papel milimetrado de curvas de


COMPLEXAÇÃO titulação empregando o EDTA como complexante
(15h) Apresentação de um trabalho de pesquisa sobre
as principais análises complexométricas.
Apresentação de um trabalho de pesquisa sobre
análises precipitimétricas por argentimetria.
Planejamento do roteiro de uma aula prática de
análise com AgN0 3 padrão (precipitimetria) ou
com sol. padrão de EDTA (complexometria).
(D
6? ETAPA
FISICA
(30h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 6? etapa, o aluno será capaz de:

• Distinguir grandezas escalares e vetoriais.


• Realizar a adição e a subtração de vetores.
• Realizar o produto de um vetor por um escalar.
• Realizar o produto de um vetor por um vetor.
• Conceituar ponto material.
• Definir velocidade média e velocidade instantânea.
• Definir aceleração média e aceleração instantânea.
• Interpretar gráficos: s X t; y X t; e a X t.
• Definir aceleração centrípeta.
• Resolver problemas envolvendo velocidade, espaço, aceleração, aceleração centrípeta e tempo.
• Distinguir sistemas inerciais dos não inerciais.
• Conceituar força.
• Citar os tipos de interação conhecidas, atentando para suas ordens de grandezas.
• Reconhecer as 3 leis de Newton.
• Distinguir massa e peso.
• Resolver problemas que envolvam as leis acima.
• Definir força centrípeta.
• Resolver problemas que envolvam o conceito de força centrípeta.
• Identificar força centrípeta como uma força fictícia.
• Definir trabalho.
• Conceituar energia.
• Resolver problemas que envolvam os conceitos de trabalho, energia cinética, energia potencial.
• Distinguir forças conservativas e dissipativas.
• Definir impulso e momento linear.
Resolver problemas que envolvam a conservação do momento linear.
• Distinguir colisão elástica das inelásticas.
• Esquematizar, graficamente, a distribuição das pressões que atuam num corpo imerso num fluido
incompressível.
• Reconhecer a dependência da pressão exercida por um fluido num corpo com a sua profundidade de
imersão.
• Definir empuxo.
• Citar o princípio de Arquimedes.
• Resolver problemas que envolvam pressão e empuxo.
• Definir tensão superficial.
• Resolver problemas que envolvam o efeito da capilaridade.
• Distinguir calor de temperatura.
• Construir escalas de temperatura.
• Descrever experiências que justifiquem a equivalência de calor e trabalho.
• Definir capacidade calorífica.
• Resolver problemas que envolvam a distinção de "transferência de calor" e "realização de trabalho".
• Identificar velocidade como uma grandeza vetorial.
• Resolver problemas que envolvam transformação de energia.
• Resolver problemas que envolvam transferência de calor e determinação de calor específico.
• Descrever uma experiência capaz de determinar o calor específico de um corpo.
• Distinguir os diferentes tipos de transmissão de calor.
• Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Coulomb.
• Definir campo elétrico.
• Traçar, esquematicamente, as linhas de força de campos elétricos mais usuais.
• Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Gauss.
• Definir potencial.
• Reconhecer a relação entre potencial e o campo elétrico.
• Descrever o funcionamento de aparelhos que envolvam a aplicação da lei de Coulomb, do conceito de campo
e de potencial.
• Definir capacitância.
• Calcular a capacitância resultante da associação de capacitores em série e em paralelo.
• Calcular a energia num capacitor carregado.
• Descrever, microscopicamente, o efeito de um dielétrico.
• Resolver problemas que envolvam polarização, suscetibilidade, coeficiente dielétrico e permissividade.
• Definir corrente.
• Definir resistência e resistividade.
• Diferenciar, por ordem de grandeza de suas resistividades, materais condutores, semi-condutores e isolantes.
• Definir força eletromotriz.
• Resolver problemas que envolvam corrente, resistência, força eletromotriz, trabalho e potência em circuitos
elétricos simples e suas interpretações.
• Descrever o efeito termoelétrico.
• Calcular a resistência resultante da associação de resistores em série e em paralelo.
• Resolver problemas que envolvam a aplicação das regras de Kirchoff.
• Descrever o funcionamento de amperímetros e voltímetros.
• Resolver circuitos R-C em série.
• Reconhecer o movimento de partículas carregadas como gerador dos campos magnéticos.
• Definir indução magnética.
• Definir fluxo magnético.
• Descrever o comportamento de partículas carregadas em campos magnéticos.
• Descrever o funcionamento de um motor elétrico e do galvanômetro atentando para os efeitos de um campo
magnético sobre um condutor de corrente (força e torque).
• Definir os fenômenos do diamagnetismo, paramagnetismo e ferromagnetismo.
• Fornecer uma explicação microscópica para os fenômenos acima.
• Representar matematicamente, uma onda que se propaga.
• Diferenciar pulso transversal e pulso longitudinal.
Calcular a velocidade de um pulso longitudinal e transversal.
• Resolver problemas envolvendo a freqüência e sobretom em corpos vibrantes.
• Reconhecer o caráter dual da luz.
• Definir frente de onda.
• Citar as leis da reflexão e refração.
• Definir índice de refração.
• Resolver problemas envolvendo índice de refração e as leis supra citadas.
• Deduzir a lei de reflexão e refração pelo princípio de Huygens.
• Idem para a lei de Snell.
• Descrever o fenômeno de dispersão pelo princípio de Huygens.
• Resolver problemas de ótica geométrica, envolvendo distância focai, tamanho de imagem, virtualidade, em
espelhos (planos e esféricos) ou lentes (convergentes ou divergentes).
• Reconhecer o fenômeno de difração como determinante do caráter ondulatório da luz.
• Descrever o funcionamento de uma rede de difração.
• Calcular a distância entre centros num retículo cristalino pela lei de Brass.
• Discutir o problema do poder de resolução de um instrumento ótico.
• Descrever o fenômeno de polarização.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ELETRICIDADE (25h)
• Leitura e discussão de texto.
Texto: Eletrostática e Xerografia.
(10) Pág. 782
• Eletrostática Exposição pelo professor.
- Lei de Coulomb • Resolução de exercícios pelos alunos.
- Campo Elétrico • Discussão dos exercícios propostos.
- Potencial (11) Cap 31 a 34
— Capacitores e dielétricos Textos adicionais para discussão:
Carga elétrica.
(10) Pág. 707 a 709
0 campo como representação.
(7)

• Eletrodinâmica • Exposição pelo professor.


— Corrente • Resolução de exercícios pelos alunos.
- Resistência • Discussão dos exercícios propostos.
— Força eletromotriz • Síntese.
— Circuitos (11) Cap 35 a 36
• Aula experimental: Medida de resistência.
Lei de Ohm.
(12) Pág. 344
• Aula Experimental: Ponte de Wheatstone.
(12) Pág. 348
• Texto adicional para discussão.
Transistores.
(10) Pág. 805
• Leitura e discussão de texto:
Campo magnético do sol.
(8)
• Exposição pelo professor.
2. MAGNETISMO (5h) • Resolução dos exercícios.
• 0 campo magnético • Discussão dos exercícios propostos.
• Forças magnéticas em condutores • Síntese pelo professor.
• Propriedades magnéticas da matéria. (11) Cap 37 e 38
(12) Cap 17
QUÍMICA
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGENCIAS DE TREINAMENTO

Ao final da 6a etapa, o aluno será capaz de:


• Definir velocidade de reação.
• Citar os fatores que afetam a velocidade de reação.
• Reconhecer a energia de ativação como o estágio básico para o início de uma reação.
• Definir catalise e interpretar a sua atuação numa reação.
• Identificar as reações de 1a ordem e de 2a ordem.
• Reconhecer as principais propriedades do hidrogênio, oxigênio, dos principais elementos típicos (subgrupo
A) e dos elementos de transição (subgrupo B).
• Sendo dados os roteiros e o material, determinar na prática: velocidade de reação, composição centesimal da
água, obtenção e propriedades da água oxigenada, preparação do sulfeto de hidrogênio, atividade relativa dos
halogênios, obtenção do cloro, preparação do bromo por oxidação de um brometo alcalino, obtenção de
lôdo, solubilidade do NH 3 em água e preparação dos ácidos fosfóricos.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. CINÉTICA QUÍMICA (8h)


• Velocidade de reação • Demonstração e debate sobre a experiência da
• Fatores que afetam a velocidade "garrafa azul" descrita na página 11 de (15).
• Visão microscópica • Exposição do professor com auxílio de
• Distribuição de energias cinéticas audiovisuais.
• Energia de ativação • Distribuição de questionário para ser resolvido
• Catalise e energia de ativação por grupos de alunos com consulta
• Ordem de reação e mecanismos de reação bibliográfica. Ao final o professor esclarece
as dúvidas (16) e (17).
• Prática no laboratório com a turma dividida em
grupos (14).
• Prática n° 1: um estudo da velocidade de
reação

2. QUÍMICA INORGÂNICA (37h)


• Hidrogênio • Estudo dirigido com auxílio de texto (16)
• Oxigênio • Distribuição de questionário para ser
• Metais alcalinos respondido por grupos de alunos com consulta
• Metais alcalinos-terrosos bibliográfica. Ao final o professor esclarece as
• Elementos de transição dúvidas.
• Elementos do grupo III • Exposição do professor com ênfase nos
• Elementos do grupo IV aspectos estruturais que se correlacionam com
• Elementos do grupo V as propriedades estudadas.
• Elementos do grupo VI
• Os halogênios
• Prática n° 2: determinação da composição • Práticas de laboratório com a turma dividida
centesimal da água em grupos (18).
• Prática n9 3: obtenção e propriedades da
água oxigenada
• Prática n° 4: preparação do sulfeto de hidrogênio
• Prática n9 5: atividade relativa dos halogênios
• Prática n° 6: obtenção do cloro
• Prática n° 7: preparação de bromo por
oxidação de um brometo alcalino
• Prática n° 8: obtenção do iodo por oxidação de
Kl ou Nal por H2SO4 e MnO2
• Prática n° 9: verificação da solubilidade do
NH 3 em água e ação redutora
• Prática n° 10: preparação dos ácidos fosfóricos
PROCESSOS INDUSTRIAIS
(15h)
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CIMENTO (7h)
Matérias primas Exposição do professor com auxílio de
Processo audiovisuais.
Instalações de uma fábrica Distribuição de questionário para ser resolvido
Controle de poluição por grupos de alunos com consulta
Controle de qualidade bibliográfica. Ao final o professor esclarece
as dúvidas.
Aula prática: análise de cimento Prática de laboratório com a turma dividida
em grupos. O professor pode selecionar uma
das práticas descritas em (5).

FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA (8h)


Obtenção do álcool pela ação dos Exposição do professor com auxílio de
microorganismos audiovisuais (3).
Cerveja Demonstração da transformação do caldo de
— Matérias-primas cana em álcool pela ação dos fermentos.
- processamento Distribuição de questionário para ser
resolvido por grupos de alunos com consulta
bibliográfica. Ao final, o professor esclarece
as dúvidas (2) e (3).
Prática de laboratório com a turma dividida em
grupos.
Aula prática: acidez na cachaça
ANALISE QUÍMICA
(45 h)
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1.ELETROGRAVIMETRIA
• Teoria da eletroanálise. • Leitura de texto com comentário do
• Potencial de decomposição. professor.
• Separação eletrolítica dos metais (D
<4h)
• Análise de cobre em solução de sulfato de • Os alunos realizam o trabalho prático descrito
cobre na apostila, anotam os dados e preparam um
(3h) relatório para a aula seguinte.
(7)

• Análise de cobre e chumbo em liga (bronze) • Idem


(3h) (2)

2.ABSORCIOMETRIA
• Princípios gerais • Aula expositiva com auxílio de recursos
• Leis de Lambert e Beer audiovisuais
• Principais métodos colorimétricos e (2)
espectofotométricos.
(5h)
• Determinação de manganês em aço • Aula prática realizada pelos alunos com
(3h) orientação do professor.
(2)
• Determinação de ferro pelo tiocianato. Idem
(3h) (2)
• Determinação de níquel em aço • Idem
(3h) (2)

3. POTENCIOMETRIA
• Considerações gerais sobre os princípios da • Aula expositiva com auxílio de recursos
potenciometria. audiovisuais
• Principais eletrodos e as suas aplicações nos (D
potenciômetros
Titulações potenciométricas.
(5h)
• Medição de pH em potenciômetros • Aula experimental realizada pelos alunos
(3h) com orientação do professor.
(D
• Titulação de ácido oxálico por sol. de NaOH • Idem
com indicação potenciométrica. (D
(3h)

4.CROMATOGRAFIA
• Considerações teóricas sobre a cromatografia. • Aula expositiva com auxílio de recursos
• Extração por solventes. audiovisuais
• Troca iônica (3)
• Cromatografia em camada delgada.
• Cromatografia em fase gasosa.
(4h).
• Separação por extração de solvente • Aula prática realizada pelos alunos com
(3h) orientação do professor.
(3)
UNIDADES/CONTEUDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Separação por troca iônica. Idem


(3h) (3)
7? ETAPA
FÍSICA
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 7a etapa.o aluno será capaz de:


• Resolver pelo menos 70% dos exercícios propostos pelo professor para as unidades referentes à etapa n° 4
• Resolver os exercícios que acompanham os textos sugeridos
• Resolver pelo menos 70% dos exercícios propostos pelo professor para as unidades referentes à etapa n° 6.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ELETRICIDADE (35h) • Resolução de exercícios selecionados pelo


professor.
(11) Cap. 31, 32, 33, 35, 36, 37, 38, 39.

2. MAGNETISMO (10h) (10) Cap. 29 a 36


QUÍMICA
(60h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 7a etapa,o aluno será capaz de:


• Responder questionários e resolver problemas relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
• Elaborar material didático e planejar aulas teóricas e práticas relativas aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
• Interpretar textos e redigir resumos relativos aos assuntos das etapas 2, 4, 6.
• Elaborar modelos tridimensionais de orbitais de várias moléculas.
• Construir um colorímetro simples.
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

CINÉTICA Q U Í M I C A (25h)
Velocidade de reação Leitura de texto e execução dos exercícios
Fatores que afetam a velocidade (13h) ( 1 5 - c a p . 2 e 3) e (4).
Visão microscópica Projeto de aparelhagem e roteiro de uma
Distribuição de energias cinéticas medição experimental da velocidade de
Energia de ativação decomposição catalisada da água oxigenada
Catálise e energia de ativação (6h).
Ordem de reação e mecanismos de reação Redação de texto didático sobre o tema:
"Espontaneidade, energia livre e energia
de ativação" (6h).

Q U Í M I C A I N O R G Â N I C A (35h)
Hidrogênio Elaboração de roteiro de aula prática que
Oxigênio evidencie as diferenças entre metal e ametal
Metais alcalinos (5h).
Metais alcalinos-terrosos Elaboração de roteiro de aula prática sobre o
Elementos de transição tema: "Estudo dos metais alcalinos" (5h.)
Elementos do grupo III Elaboração de roteiro de aula prática sobre o
Elementos do grupo IV tema: "Princípio do filme f o t o g r á f i c o " (5h.)
Elementos do grupo V Projetar e executar com os alunos um extintor
Elementos do grupo VI de incêndio eficiente com materiais
Os halogênios improvisados (10h).
Execução de trabalho de pesquisa bibliográfica
sobre o tema: "Poluentes inorgânicos, seus
perigos e como evitá-los" (10h) (19) e (20).
PROCESSOS INDUSTRIAIS
(15h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 7a etapa, o aluno será capaz de:


• Ao estagiar em indústrias, desempenhar as funções de um técnico químico.
• Elaborar relatórios sobre as funções exercidas nas indústrias, durante o período de estágio.
• Planejar aulas práticas sobre purificação da água, obtenção de anidrido sulfuroso e outros produtos industriais.
• Descrever as etapas para obtenção de água potável.
• Definir e descrever o tratamento da água dura.
• Organizar um fluxograma de fabricação de ácido sulfúrico pelo processo de contato.
• Citar as principais aplicações do ácido sulfúrico.
• Esquematizar a destilação do petróleo.
• Definir e descrever o processo de craqueamento.
• Citar e descrever os processos de obtenção de produtos da indústria petroquímica
• Organizar um fluxograma da fabricação do papel a partir da madeira.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIAS DE TREINAMENTO

Ao final das etapas 6 e 8, o aluno será capaz de:


Reconhecer as matérias primas, os processos e as instalações de uma fábrica de cimento e de uma siderúrgica.
• Organizar um fluxograma de uma cervejaria, prevendo a matéria prima, instalações e processamento.
• Realizar uma análise típica da indústria de cimento.
• Determinar a acidez de uma cachaça com erro menor que 3%.
• Determinar qualitativamente os metais presentes em um aço.
• Descrever as instalações básicas de uma galvanoplastia e de fabricação de sódio, cloro, hidróxido de sódio,
água oxigenada e de água sanitária.
• Determinar qualitativamente os componentes de um revestimento metálico.
Determinar o teor de cloro ativo de uma água sanitária.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM SERVIÇO

Ao final da 7a etapa, o aluno será capaz de:


• Ao estagiar em indústrias, desempenhar as funções de um técnico químico.
• Elaborar relatórios sobre as funções exercidas nas indústrias, durante o período de estágio.
• Planejar aulas práticas sobre purificação da água, obtenção de anidrido sulfuroso e outros produtos industriais.
• Descrever as etapas para obtenção de água potável.
• Definir e descrever o tratamento da água dura.
• Organizar um fluxograma de fabricação de ácido sulfúrico pelo processo de contato.
• Citar as principais aplicações do ácido sulfúrico.
• Esquematizar a destilação do petróleo.
• Definir e descrever o processo de craqueamento.
• Citar e descrever os processos de obtenção de produtos da indústria petroquímica
• Organizar um fluxograma da fabricação do papel a partir da madeira.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIAS DE TREINAMENTO

Ao final das etapas 6 e 8, o aluno será capaz de:


• Reconhecer as matérias primas, os processos e as instalações de uma fábrica de cimento e de uma siderúrgica.
• Organizar um fluxograma de uma cervejaria, prevendo a matéria prima, instalações e processamento.
• Realizar uma análise típica da indústria de cimento.
• Determinar a acidez de uma cachaça com erro menor que 3%.
• Determinar qualitativamente os metais presentes em um aço.
• Descrever as instalações básicas de uma galvanoplastia e de fabricação de sódio, cloro, hidróxido de sódio,
água oxigenada e de água sanitária.
• Determinar qualitativamente os componentes de um revestimento metálico.
• Determinar o teor de cloro ativo de uma água sanitária.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. PETRÓLEO (8h)
Visita a uma indústria petroquímica
• Origem
(borracha, plásticos etc.) e redação de um
• Destilação
relatório (5h).
• Craqueamento
• Derivados do petróleo e suas aplicações Trabalho de pesquisa bibliográfica sobre o
• Petroquímica tema: "Poluição dos combustíveis fósseis"
(9h) (6) e (7).

PAPEL (7h)
Matéria-prima Trabalho escrito de pesquisa bibliográfica
Redução da celulose a fibras sobre o tema: "Processos de transformação
Formação da película de madeira em fibras de celulose"
Secagem (7h)(1),(2)e(3).
Acabamento

3. PROCESSOS GERAIS UTILIZADOS NA Estágio na indústria desempenhando


INDÚSTRIA (30h) funções de técnico químico.
ANALISE QUÍMICA
(45 h)
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ELETROGRAVIMETRIA Leitura dirigida de textos.


(D
2. ABSORCIOMETRIA Estágio em laboratórios com equipamentos
de análise instrumental, para um
3. POTENCIOMETRIA desenvolvimento prático, particularmente em
análises com colorímetros, potenciômetros,
4. CROMATOGRAFIA eletroanalísadores e cromatógrafos.
(45h) Apresentação de um relatório sobre as
atividades exercidas durante o estágio.
8? ETAPA
FISICA
(30h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIA DE TREINAMENTO

Ao final da 8ª etapa, o aluno será capaz de:

• Distinguir grandezas escalares e vetoriais.


• Realizar a adição e a subtração de vetores.
• Realizar o produto de um vetor por um escalar.
• Realizar o produto de um vetor por um vetor.
• Conceituar ponto material.
• Definir velocidade média e velocidade instantânea.
• Definir aceleração média e aceleração instantânea.
• Interpretar gráficos: s X t; v X t; e a X t.
Identificar velocidade como uma grandeza vetorial.
• Definir aceleração centrípeta.
• Resolver problemas envolvendo velocidade, espaço, aceleração, aceleração centrípeta e tempo.
• Distinguir sistemas inerciais dos não inerciais.
• Conceituar força.
• Citar os tipos de interação conhecidas, atentando para suas ordens de grandezas.
• Reconhecer as 3 leis de Newton.
• Distinguir massa e peso.
• Resolver problemas que envolvam as leis acima.
• Definir força centrípeta.
• Resolver problemas que envolvam o conceito de força centrípeta.
• Identificar força centrípeta como uma força fictícia.
• Definir trabalho.
• Conceituar energia.
• Resolver problemas que envolvam os conceitos de trabalho, energia cinética, energia potencial.
• Distinguir forças conservativas e dissipativas.
• Definir impulso e momento linear.
• Resolver problemas que envolvam a conservação do momento linear.
• Distinguir colisão elástica das inelásticas.
• Esquematizar, graficamente, a distribuição das pressões que atuam num corpo imerso num fluido
incompressível.
• Reconhecer a dependência da pressão exercida por um fluido num corpo com a sua profundidade
de imersão.
• Definir empuxo.
• Citar o princípio de Arquimedes.
• Resolver problemas que envolvam pressão e empuxo.
• Definir tensão superficial.
• Resolver problemas que envolvam o efeito da capilaridade.
• Distinguir calor de temperatura.
• Construir escalas de temperatura.
Descrever experiências que justifiquem a equivalência de calor e trabalho.
Definir capacidade calorífica.
Resolver problemas que envolvam a distinção de "transferência de calor" e "realização de trabalho".
Resolver problemas que envolvam transformação de energia.
Resolver problemas que envolvam transferência de calor e determinação de calor específico.
Descrever uma experiência capaz de determinar o calor específico de um corpo.
Distinguir os diferentes tipos de transmissão de calor.
Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Coulomb.
Definir campo elétrico.
Traçar, esquematicamente, as linhas de força de campos elétricos mais usuais.
Resolver problemas que envolvam a aplicação da lei de Gauss.
Definir potencial.
Reconhecer a relação entre potencial e o campo elétrico.
Descrever o funcionamento de aparelhos que envolvam a aplicação da lei de Coulomb, do conceito de
campo e de potencial.
Definir capacitância.
Calcular a capacitância resultante da associação de capacitores em série e em paralelo.
Calcular a energia num capacitor carregado.
Descrever, microscopicamente, o efeito de um dielétrico.
Resolver problemas que envolvam polarização, suscetibilidade, coeficiente dielétrico e permissividade.
Definir corrente.
Definir resistência e resistividade.
Diferenciar, por ordem de grandeza de suas resistividades, materiais condutores, semi-condutores e isolantes.
Definir força eletromotriz.
Resolver problemas que envolvam corrente, resistência, força eletromotriz, trabalho e potência em circuitos
elétricos simples e suas interpretações.
Descrever o efeito termoelétrico.
Calcular a resistência resultante da associação de resistores em série e em paralelo.
Resolver problemas que envolvam a aplicação das regras de Kirchoff.
Descrever o funcionamento de amperímetros e voltímetros.
Resolver circuitos R-C em série.
Reconhecer o movimento de partículas carregadas como gerador dos campos magnéticos.
Definir indução magnética.
Definir fluxo magnético.
Descrever o comportamento de partículas carregadas em campos magnéticos.
Descrever o funcionamento de um motor elétrico e do gaivanômetro, atentando para os efeitos de um campo
magnético sobre um condutor de corrente (força e torque).
Definir os fenômenos do diamagnetismo, paramagnetismo e ferromagnetismo.
Fornecer uma explicação microscópica para os fenômenos acima.
Representar matematicamente, uma onda que se propaga.
Diferenciar pulso transversal e pulso longitudinal.
Calcular a velocidade de um pulso longitudinal e transversal.
Resolver problemas envolvendo a freqüência e sobretom em corpos vibrantes.
Reconhecer o caráter dual da luz.
Definir frente de onda.
Citar as leis da reflexão e refração
Definir índice de refração.
Resolver problemas envolvendo índice de refração e as leis supracitadas.
Deduzir a lei de reflexão e refração pelo princípio de Huygens.
Idem para a lei de Snell.
Descrever o fenômeno de dispersão pelo princípio de Huygens.
Resolver problemas de ótica geométrica, envolvendo distância focai, tamanho de imagem, virtualidade,
em espelhos (planos e esféricos) ou lentes (convergentes ou divergentes).
Reconhecer o fenômeno de difração como determinante do caráter ondulatório da luz.
Descrever o funcionamento de uma rede de difração.
Calcular a distância entre centros num retículo cristalino pela lei de Brass.
Discutir o problema do poder de resolução de um instrumento ótico.
Descrever o fenômeno da polarização.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

1. ONDAS (10h)
• Propagação de ondas • Estudo dirigido c/leitura de texto.

• Corpos vibrantes • Síntese pelo professor.


• Resolução de exercícios pelos alunos.
• Discussão dos exercícios propostos
(9) Cap. 21 e 22
• Aula experimental: Cordas vibrantes.
(3) pág. 397

2. ÓTICA (20h)
• Natureza e propagação da luz • Leitura e discussão de t e x t o : Astronomia
a radar.
(10) pág. 613

• Exposição pelo professor.


• Resolução e discussão de problemas propostos.
* Síntese.
(9) Cap. 25

• Ótica geométrica • Exposição pelo professor.


— Espelhos planos • Resolução e discussão de exercícios pela
— Espelhos esféricos classe.
- Lentes • Síntese.
(9) Cap. 26 e 27

• Aula experimental: Determinação de


distâncias focais.
(13) pág. 191
• Texto adicional: instrumentos óticos.
(9) pág. 372

• Interferência, difração e polarização. • Exposição pelo professor.


(9) Cap. 28, 29 e 30
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. SEARS, Francis W,, ZEMANSKY, Mark W. Física. V. I. Livros Técnicos e Científicos Editora S/A.
Rio de Janeiro, 1978,
2. KAPLAN, Wilfred, LEWIS, Donald. Cálculo e Álgebra Linear. Livros Técnicos e Científicos Editora Ltda.
Rio de Janeiro. 1972.
3. GOLDEMBERG, José. Física Geral e Experimental. V. I. Companhia Editora Nacional, 1968.
4. PERELMAN, J. Aprenda Física Brincando. Hemos Livraria e Editora S/A, São Paulo.
5. TIPLER, Paul A. Física. V. I. Editora Guanabara II. Rio de Janeiro, 1978.
6. Coleção Ciência Ilustrada. V. I, p. 70.
7. EINSTEIN, A; INFELD, Leopold. A Evolução da Física. Zahar Editores. Rio de Janeiro. 1976.
8. Coleção Ciência Ilustrada. VI p. 1263
9. SEARS, Francis W., ZEMANSKI, Mark W. Física. V. II. Livros Técnicos e Científicos Editora S/A.
Rio de Janeiro. 1978.
10. TIPLER, Paul A. Física. V. II. Editora Guanabara II. Rio de Janeiro, 1978.
11. SEARS, Francis, W. ZEMANSKY, Mark W. Física, V. III. Livros Técnicos e Científicos Editora S/A.
Rio de Janeiro. 1978.
12. GOLDEMBERG, J., Física Geral e Experimental. V. II. Companhia Editora Nacional. São Paulo. 1968.
13. GOLDEMBERG, J., Física Geral e Experimental. V. III. Companhia Editora Nacional. São Paulo. 1968.
QUÍMICA
(45 h)
OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA AS ETAPAS EM AGÊNCIAS DE TREINAMENTO

Ao final da 8a etapa, o aluno será capaz de:


Dada uma reação orgânica simples, descrever o seu mecanismo de reação.
• Interpretar as reações de natureza eletrofílica e nucleofílica.
• Para cada função orgânica, enumerar as suas principais reações.
• Definir glicídios, lipídios e protídios.
• Conceituar enzimas e vitaminas e descrever suas principais características estruturais e funcionais.
• Sendo dados os roteiros e o material, realizar na prática: obtenção do etano, eteno, etino, propanona,
metanal, e polímeros; a verificação das propriedades químicas dos álcoois, glicídios, lipídios, protídios e
enzimas.
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

1. Q U Í M I C A ORGÂNICA (23h)
• Princípios de mecanismo e reatividade • Exposição do professor com auxílio de
' Tipos de reações audiovisuais (21).
• Eletrofilia e nucleofilia
Reações e
• Reações
• Adição nucleofílica
• Adição eletrofílica
• Hidrocarbonetos e suas reações • Seminário: os alunos divididos em grupos
• Álcoois, fenois e suas reações apresentam exposições sobre cada função
• Compostos carbonílicos e suas reações (22).
• Compostos nitrogenados • Distribuição de questionário para ser
resolvido por grupos de alunos, com consulta
bibliográfica. Ao final o professor esclarece as
dúvidas.
• Prática n° 1: etano, eteno e etino • Práticas de laboratório com a turma
• Prática nº 2: propriedades químicas dos álcoois dividida em grupos. Na prática n° 1, parte dos
• Prática n° 3: propanona e metanal grupos fará " e t a n o " , outra parte " e t e n o " e
• Prática n° 4: polímeros uma terceira parte " e t i n o " . Na aula seguinte
os alunos explicam seu trabalho e trocam
as conclusões. 0 mesmo processo é usado na
prática nº 3. (23).
2. BIOQUÍMICA (22h)
Glicídios • Exposição introdutória do professor (24).
Lipídios • Seminário: os alunos divididos em grupos
Protídios preparam e apresentam exposições sobre
Ácidos nucleicos as sub-unidades: glicídios, lipídios, protídios,
Enzimas ácidos nucleicos, enzimas e vitaminas (24),
Vitaminas (25), (26) e (27).
Respiração e digestão • Distribuição de questionário para ser
• Metabolismo resolvido por grupos de alunos com consulta
— energético bibliográfica. Ao final o professor esclarece
— de lipídios as dúvidas.
— de protídios • Exposição do professor com auxílio de
— de glicídios audiovisuais.
— de ácidos nucleicos
Prática n° 5: estudo dos glicídios • Práticas de laboratório com a turma dividida
• Prática n° 6: estudo dos lipídios em grupos (25).
• Prática n° 7: estudo dos protídios
• Prática n° 8: estudo das enzimas
BIBLIOGRAFIA

1. COTTON, F. Albert e LYNCH, Lawrence. Curso de Química. trad. de Horacio Macedo. Forum Editora.
Rio/São Paulo. Cap. 10.

2. Apostila: lei de Boyle; lei de Charles e peso molecular de um sólido por crioscopia; apostila de Reinaldo C.
Silva.

3. SIENKO, M. J. e PLANE, R. A. Química. Trad. 4a edição. Companhia Editora Nacional.São Paulo.1974.


Capítulos 6, 7 e 8.

4. CROCKFORD e KNIGHT. Fundamentos de Físico-Química. Trad. Livros Técnicos e Científicos Editora S.A.
Rio de Janeiro. 1977. Cap. 2 e 3.

COMPANION, A. L. Ligação Química. Trad. Editora Edgard Blücher. São Paulo. Cap. 3.

6. PIMENTEL, George e SPRATLEY, Richard. Química, um tratamento moderno. Vol. II. Trad. Editora
Edgard Blücher Ltda. São Paulo. 1974. Cap, 12 e 13.

7. Nº 3; cap. 29.''

8. Grupo de Estudos da Política de Energia Nuclear (EUA). Energia Nuclear, problemas e opções. Trad. Editora
Cultrix. São Paulo •

9. COMPANION, Audrey L. Ligação Química. Trad. Editora Edgard Blücher. São Paulo. Cap. 4.

10. PIMENTEL, George e SPRATLEY, Richard. Química, um tratamento moderno. Vol. I. Trad. Editora Edgard
Blücher. São Paulo. 1974. Cap. 7, 8, 9 e 10.

11. BAUMAN, Robert P. Introdução ao Equilíbrio Termodinâmico. Trad. Editora Edgard Blücher. São
Paulo. 1972.

12. GLASSTONE, Samuel. Termodinâmica para Químicos. Trad.; 5a ed. Aguilar, S.A. de Ediciones. Madrid.
1970.

13. COTTON, F. Albert e LYNCH, Lawrence. Curso de Química. Trad. de Horacio Macedo; Forum Editora.
Rio/São Paulo, (experiências 5 e 13).

14. COTTON, F. Albert e LYNCH, Lawrence. Curso de Química. Trad. de Horacio Macedo. Forum Editora.
Rio/São Paulo. Cap. 13.
15. CAMPBELL, J. Arthur. Por Que Ocorrem as Reações Químicas. Trad. Editora Edgard Blücher. São Paulo.
Cap. de 1 a 5.

16. SIENKO, M. J. e PLANE, R. A. Química. Trad. 4a edição. Companhia Editora Nacional. São Paulo. 1974.
Cap. 15, 16, 18, 19, 20, 21,22, 23, 24, 25, 26 e 27.

17. LEE, J. P. Fundamentos da Química Inorgânica. Trad. Editora Edgard Blücher. São Paulo. 1971. Cap. 4, 5 e 6,

18. GONÇALVES, Ayrton Luiz. Práticas de Química Geral e Inorgânica. Apostila da Faculdade de Filosofia da
Fundação Técnico Educacional Souza Marques.

19. SILVA, Paulo Moreira da. A Poluição. Difel Difusão Editorial S.A. São Paulo e Rio. 1975.

20. TOMMASI, Luiz Roberto. A Degradação do Meio Ambiente. 3a ed. Livraria Nobel S.A. São Paulo. 1977.

21. VANDERWERF, A. Caluin. Ácidos Bases e Química da Ligação Covalente. Trad. Editora Polígono. São
Paulo. 1970. Cap. 15.

22. MORRISON, Robert e BOYD, Robert. Química Orgânica. Trad. Fundação Calouste Gulbekian. 1975.

23. FALCON, Luis Carlos e MATTOS, Kleide Costa. Apostila de Práticas de Química Orgânica Alifática. Escola
Técnica Federal de Química. RJ. 1978.

24. COTTON, F. Albert e LYNCH, Lawrence. Curso de Química. Trad. de Horacio Macedo. Forum Editora.
Rio/São Paulo. Cap. 24.

25. PINTO COELHO, Aristides. Práticas de Bioquímica. Rio de Janeiro. 1973. (3, 4, 5, e 6).

26. CANTAROW, A. e SCHEPARTZ, B. Bioquímica. Trad. 4a ed. Livraria Editora Atheneu. Rio de Janeiro.
1968.

27. CONN, Eric e STUMPF. Introdução à Bioquímica. 3a ed. Trad. Editora Edgard Blücher. São Paulo. 1975.
PROCESSOS INDUSTRIAIS
(15h)
UNI DADES/CONTEÚDOS/TEMPO A T I V I D A D E S E REFERÊNCIAS B I B L I O G R Á F I C A S

1. S I D E R U R G I A (5h)
• Matérias-primas Exposição do professor com exibição da
• Coqueria série de "slides" sonoros da CSN (8)
• Alto-forno Demonstração da redução do ferro pela
• Aciaria aluminotermia.
• Processamento do aço
• Aula prática: análise qualitativa de um aço Prática de laboratório: cada grupo recebe uma
porção de um aço para atacar e determinar os
cations presentes (9).
2. PROCESSOS ELETROQUÍMICOS (10h)
• Revestimento metálico: galvanoplastia Exposição do professor com auxílio de
— niquelagem audiovisuais.
— estanhagem Demonstração de qualquer revestimento
— cromagem metálico.
— banho de zinco Demonstração da obtenção eletrolítica de
• Sínteses eletrolíticas cloro.
— sódio, cloro e hidróxido de sódio Distribuição de questionário para ser resolvido
-- água sanitária por grupos de alunos com consulta
— água oxigenada bibliográfica. Ao final, o professor esclarece
• Aula prática: análise qualitativa de revestimento as dúvidas (3).
metálico Práticas de laboratório com a turma dividida
• Aula prática: teor de cloro ativo em hipoclorito em grupos (9) e (10).
BIBLIOGRAFIA

1. Enciclopédia Ciência Ilustrada. Editora Abril. vol. 3.

2. EPSHTEIN, D. Fundamentos de Tecnologia Química. Trad.. Editorial MIR. Moscou.

3. MAYER.Métodos de Ia Indústria Química. Editorial Reverté.

4. Filmoteca da Shell ou do Conselho Britânico.

5. ADAD, J. M. Tajra. Controle Químico de Qualidade. Belo Horizonte. Editora Vega S.A. 1969.

6. SILVA, Paulo Moreira da.A Poluição. Difel Difusão Editorial S.A. São Paulo e Rio. 1975.

7. TOMMASI, Luiz Roberto. A Degradação do Meio Ambiente. 3a ed. Livraria Nobel S.A. São Paulo. 1977.

8. A Companhia Siderúrgica Nacional fornece por empréstimo um conjunto de 72 "slides" e fita cassete
versando sobre o processo de obtenção do aço.

9. CHARLOT, G. Pesquisa de Cátions. Trad. e adaptação de Sebastiana L. S, Siepierskl. Escola Técnica Federal
de Química. RJ.

10. GUERCHON, José; SILVA, Reinaldo C. e CALIXTO, Reinaldo. Análise Mineral Quantitativa. Apostila.
(os autores trabalham na Escola Técnica Federal de Química - RJ).
ANÁLISE QUÍMICA
(45 h)
UNIDADES/CONTEÚDOS/TEMPO ATIVIDADES E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ANÁLISE QUALITATIVA
• Objetivos • Leitura de texto com comentários do
• Reações entre os íons em solução aquosa. professor.
• Aplicação da Lei da ação das massas nos • Execução de exercícios sob orientação do
estudos de dissociação, efeito do íon comum e professor.
produto de solubilidade (revisão). (5)
(4h)

2. ENSAIOS POR VIA SECA E ÚMIDA


• Condições materiais e principais técnicas • Aula expositiva com auxílio de recursos
(2h) audiovisuais.
(5)
3. ANÁLISE QUALITATIVA DE CÁTIONS
• Considerações gerais sobre as reações • Aula expositiva com auxílio de recursos
qualitativas dos cátions audiovisuais.
(3h) (5)
Reações características dos íons positivos. • Os alunos realizam o trabalho prático,
(9h) descrito na apostila, sob a supervisão do
• Pesquisa dos principais cátions em amostras professor.
desconhecidas. (4)
(12h) • Idem, com apresentação de relatórios sobre as
observações experimentais.
4. ANÁLISE QUALITATIVA DE ÂNIONS (4)
• Considerações gerais sobre as reações • Aula expositiva com auxílio de recursos
qualitativas de ânions. audiovisuais.
(3h) (5)

Reações características dos íons negativos • Os alunos realizam o trabalho prático, descrito
(6h) na apostila, sob a supervisão do professor.
(4)

• Pesquisa dos principais ânions em amostras • Os alunos realizam o trabalho prático, descrito
desconhecidas. na apostila, anotam os dados em cadernos
<6h) individuais e preparam um relatório com os
resultados da pesquisa dos ânions.
(4)
BIBLIOGRAFIA

1. OHLWELER, Otto Alcides. Química Analítica Quantitativa. Rio de Janeiro. Livros Técnicos e
Científicos. 1974.
2. VOGEL, Arthur I. Química Analítica Cuantitativa. Vol. I e II. 2ª ed. Buenos Aires. Editorial Kapelusz. 1960.
3. AYRES, Gilbert H. Quantitativo Chemical Analysis. 2a ed. New York, Harper & Row. 1968.
4. SIEPIERSKI, Sebastiana L. S. Apostila de práticas de Química Analítica Qualitativa. Escola Técnica
Federal de Química-RJ. 1978.
5. VOGEL, Arthur I. Química Analítica Cualitativa. 4a ed. Buenos Aires. Editorial Kapelusz. 1959.
6. JANDER, Gerhart; JAHR, Karl F. Analisis Volumetrico. 1a ed. em espanhol. México; Union
Tipografica Editorial Hispano Americana. 1961.
7. GUERCHON, José; SILVA, Reinaldo C. e CALIXTO, Reinaldo. Apostila de Análise Mineral Quantitativa.
Escola Técnica Federal de Química. RJ. 1977.
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO
INTRODUÇÃO
PLANO DO CURSO
CARGA HORÁRIA
GRADE CURRICULAR

1a ETAPA - Matemática
Física
Introdução à Química
Química
Análise Química
Processos Industriais

2a ETAPA - Matemática
Química
Análise Química

3a ETAPA - Matemática
Química
Processos Químicos Industriais
Análise Química

4a ETAPA - Matemática
Física
Química
Análise Química

5a ETAPA - Matemática
Física
Química
Processos Industriais
Análise Química

6 a E T A P A - Física
Química
Processos Industriais
Análise Química
Livros Grátis
( http://www.livrosgratis.com.br )

Milhares de Livros para Download:

Baixar livros de Administração


Baixar livros de Agronomia
Baixar livros de Arquitetura
Baixar livros de Artes
Baixar livros de Astronomia
Baixar livros de Biologia Geral
Baixar livros de Ciência da Computação
Baixar livros de Ciência da Informação
Baixar livros de Ciência Política
Baixar livros de Ciências da Saúde
Baixar livros de Comunicação
Baixar livros do Conselho Nacional de Educação - CNE
Baixar livros de Defesa civil
Baixar livros de Direito
Baixar livros de Direitos humanos
Baixar livros de Economia
Baixar livros de Economia Doméstica
Baixar livros de Educação
Baixar livros de Educação - Trânsito
Baixar livros de Educação Física
Baixar livros de Engenharia Aeroespacial
Baixar livros de Farmácia
Baixar livros de Filosofia
Baixar livros de Física
Baixar livros de Geociências
Baixar livros de Geografia
Baixar livros de História
Baixar livros de Línguas
Baixar livros de Literatura
Baixar livros de Literatura de Cordel
Baixar livros de Literatura Infantil
Baixar livros de Matemática
Baixar livros de Medicina
Baixar livros de Medicina Veterinária
Baixar livros de Meio Ambiente
Baixar livros de Meteorologia
Baixar Monografias e TCC
Baixar livros Multidisciplinar
Baixar livros de Música
Baixar livros de Psicologia
Baixar livros de Química
Baixar livros de Saúde Coletiva
Baixar livros de Serviço Social
Baixar livros de Sociologia
Baixar livros de Teologia
Baixar livros de Trabalho
Baixar livros de Turismo