Você está na página 1de 20

ETOLOGIA E BEM-ESTAR ANIMAL

COMPORTAMENTO
ADAPTATIVO

Prof. Thyara de Deco S. e Araujo


thyara.araujo@ufms.br
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA
• Tinbergen, 1951 – The stuty of instinct

– Como os mecanismos fisiológicos controlam o


comportamento?

– Como esses mecanismos se desenvolvem no


indivíduo?

– Qual o valor adaptativo deste comportamento?

– Como esse comportamento se originou e se


modificou ao longo da evolução?
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA

• Imagine que você esteja sentado, tomando um picolé...


• Com o calor ele derrete e cai no chão abaixo de você
e...
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA

• Como essas formigas encontraram o picolé tão


facilmente?

• O comportamento é hereditário?
• O comportamento pode ser modificado pela experiência?
• Quais são as bases fisiológicas (endócrinas e nervosas) do
comportamento?

CAUSAS PRÓXIMAS
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA

• Como essas formigas encontraram o creme tão


facilmente? Mecanismos sensoriais e motores
• Detecção dos estímulos
ambientais: ação do sistema
nervoso
• Ajustes da responsividade
Mecanismos endógena: ação dos sistemas
genéticos/ontogenéticos hormonais
• Efeitos da herdabilidade sobre o • Efetuação das respostas: ação
comportamento do sistema músculo-esquelético
• Interações genético-ambientais
durante o desenvolvimento
ontogenético que afetam o
comportamento

CAUSAS PRÓXIMAS
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA

• Por que essas formigas marcam as trilhas até o


alimento?

• Como o comportamento teria originado e influenciado


pela seleção natural?

• Quais são as vantagens adaptativas


(sobrevivência/reprodutivas) do comportamento?

CAUSAS ÚLTIMAS
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA

• Por que essas formigas marcam as trilhas até o


alimento?
História biológica do comportamento

• Origem do comportamento e suas


mudanças no tempo

Resultado da seleção natural na


determinação do comportamento atual

• Adaptação do comportamento (efeito


sobre a reprodução diferencial)

CAUSAS ÚLTIMAS
AS QUESTÕES EM ETOLOGIA
• Tinbergen, 1951 – The stuty of instinct

– Como os mecanismos fisiológicos controlam o


comportamento?

– Como esses mecanismos se desenvolvem no indivíduo?

– Qual o valor adaptativo deste comportamento?

– Como esse comportamento se originou e se modificou ao


longo da evolução?
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• 1951 --- 1970


Etologistas

Estudos dos fatores proximais do comportamento


EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Teoria de Evolução:
– Variação genética: genes podem ocorrer em duas ou mais
formas alternativas, ou alelos dentro da espécie. Diferentes
alelos levam a produção de pequenas diferenças numa
proteína;

– Hereditariedade: por definição, alelos podem ser transmitidos


para a progênie;

– Reprodução diferenciada: alguns alelos produzem


características que aumentam o sucesso reprodutivo do
portador que outros alelos do gene em questão.
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• 1970 --- até presente


– Charles Darwin, 1859 – seleção
natural

VALOR ADAPTATIVO DO

COMPORTAMENTO

Ecologia comportamental

Estudos dos fatores últimos do comportamento


EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Comportamento como fenótipo

– Do ponto de vista da biologia evolutiva, as características


comportamentais são como qualquer outra classe de
caracteres.

São sujeitos a evolução por seleção natural.

– Os comportamentos exibem variações genéticas e não


genéticas

Comportamento inato x aprendido


EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Valor adaptativo

Uma característica individual transmitida

geneticamente que dê uma vantagem reprodutiva,

de desenvolvimento ou sobrevivência sobre outros

indivíduos é uma adaptação.


EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Medidas indiretas de vantagem reprodutiva

• Aumento da chance de sobrevivência

• Aumento do acesso a alimentação

• Aumento do acesso a área de vida

• Aumento da eficiência de locomoção


EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Medidas diretas de vantagem reprodutiva


• Aumento da produção de gametas
• Aumento do taxa de cópula
• Aumento do produção de ovos férteis
• Aumento da produção de recém-nascidos
• Aumento da produção de jovens que alcançam a
idade de independência
• Aumento da produção de jovens que alcançam a
idade reprodutiva durante uma estação de
acasalamento
• Aumento da produção de progênie que alcançou a
idade reprodutiva e a idade média de vida
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Como o comportamento pode interferir na


adaptação?
– Alteração de estratégias de reprodução;

– Alteração de estratégias de busca pelo alimento;

– Alteração de estratégias de predação / ou de


proteção;

– Estratégias comportamentais para atingir


homeotermia.
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Exemplo do valor adaptativo de comportamentos

SELEÇÃO SEXUAL
- Seleção intra-sexual ---- M x M
- Estratégias de disputa pela fêmea

- Seleção intersexual ---- F x M


- Estratégias de atração da fêmea
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Exemplo do valor adaptativo de comportamentos

As gaivotas removem as cascas dos ovos do ninho logo após


a eclosão dos filhotes.

O que teria levado a população ancestral remover cascas?


Por que esse comportamento evoluiu???
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Hipótese de Tinbergen
As cascas atraem predadores para próximos dos ninhos e
o comportamento de removê-las elimina pistas visuais
para predadores.

Estratégia antipredação.

Favorece reprodução
mais descendentes adultos

Valor adaptativo
EVOLUÇÃO E COMPORTAMENTO

• Testando a Hipótese
Tinbergen espalhou em um local diversos ovos intactos
de gaivotas. Depositou também cascas de ovos
quebrados a uma curta distância de alguns, a uma
distância maior de outros.

Você também pode gostar