Você está na página 1de 3

INTITUTO FEDERAL DE GOIAS.

ALUNO : WILLIAN GONÇALVES CARDOSO.


PROFESSOR : JOSÉ LUIZ F. BARBOSA
CURSO : ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

TRABALHO 01

METODO DE PROJETO DE ENGENHARIA

Compartimentação Vertical / Horizontal e Construção de Barreira Corta Fogo / Fire


StopSistema de Detecção e Extinção de Incêndio para Coifas de Cozinha com
Agente Extintor Saponificante

A cozinha é um dos locais que mais exigem proteção contra incêndio em restaurantes, centros comerciais,
hospitais, escolas ou hotéis.

Além da grande circulação de pessoas em um ritmo acelerado de trabalho, existem diversos fatores de
risco como equipamentos funcionando em altas temperaturas, chamas, utilização de gorduras vegetais e
animais, entre outros materiais combustíveis.

O fogo pode ter início em um pequeno aparelho ou duto de uma das coifas e espalhar-se rapidamente por
todo o ambiente sem que seja percebido, causando sérios transtornos.

O sistema de detecção e extinção de incêndio assegura a proteção contra incêndio em toda a cozinha,
incluindo os dutos de exaustão, filtros dos exaustores e os utensílios de cozinha (conforme NFPA 17A).

O proposito do sistema Saponificante é fazer o combate ao foco de incêndio na parte externa sobre os
fogões ou seja nas coifas, a segunda solução ira combater o foco de incêndio no interior dos dutos
utilizando o gás Co2 .

Funcionamento do Sistema:

Quando ativado o disparo, a descarga ocorre através de difusores localizados nas áreas de risco, cobrindo
as superfícies quentes ou inflamáveis, formando um gel de sabão que esfria as gorduras, separa o
combustível do oxidante e impede o escape de vapores inflamáveis.
O sistema de detecção e extinção de incêndio pode ser configurado apenas para a proteção das coifas com
agente extintor saponificante ou, em conjunto com o sistema de supressão de CO2 para o combate a
incêndio nos dutos de exaustão das coifas.

Equipe de Projeto:

 Diretor Técnico e Projetista : Willian G. Cardoso.


 Instaladores parte mecânica :
 Instaladores parte elétrica e comandos :

Limitações do Projeto :

 Alto custo do Cilindro Extintor Saponificante R$2.600,00 Reais. Custo recarga R$950,00

 Dificuldade de importação de Valvulas já prontas e testadas pois equipamento é importado vem


da china.
 Custo da Mangueira Tubo sensor 98º possui custo elevado e não esta disponível no mercado
nacional , fazendo-se necessario realizar importação. Custo do metro R$ 98,00 .
 Desenvolvimento manual da valvula quando desenvolvida no Brasil , necessário mão de obra
terceirizada de torneiro mecânico.
 Peças para canalização e bicos difusores e aspersores precisam de Testes de ensaio.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS:

 Seguro para os usuários e para o meio ambiente.

 O Agente saponificante é 99% biodegradável.

 Possibilidade de funcionamento sem fornecimento de energia elétrica.

 Fácil limpeza do agente extintor.

 Sistema versátil com possibilidade de diferentes configurações.

 Não representa riscos ao usuário.

 Atende às exigências das Normas NFPA 96, NFPA17a e Legislação Nacional.

Agente Saponificante para Proteção de Cozinhas

INFOGRÁFICO DO FUNCIONAMENTO DO SISTEMA FIXO DE COMBATE A INCÊNDIOS


FUNCIONALIDADES DO SISTEMA

 Temporizador de 0 a 60 segundos para solenoides de disparo de gás CO²;


Saída para desligamento de equipamentos;
 Possui sistema que detecta a existência real de fogo e envia comando elétrico para o fechamento
dos dampers corta fogo;
 Dispositivo automático para desligamento do sistema de ventilação, exaustão e ar condicionado
(que deverão estar intertravados);
 Comando para fechamento da válvula solenoide de alimentação do gás combustível; Sirene de
alarme para evacuação da área e, após período de retardo regulável, comandará o disparo do gás
CO².
 Detectores de vazamento de gás e comando para fechamento da válvula solenoide da rede do gás
combustível;
 A detecção automática do incêndio nos dutos poderá ser feita com termostatos tipo sonda PT100
ligados a controladores digitais de temperatura “Setpoint” reguláveis. Como ação preventiva,
minimizando os riscos de ocorrência de sinistro, a Fire Systems desenvolveu um Pré-alarme de
Temperatura Perigosa que permite a tomada de decisões estratégicas, evitando o disparo do
sistema e os consequentes problemas como a parada da loja e os custos com a recarga de
cilindros, limpeza e o estresse, geral.
 Alternativamente, também poderá ser implantado no sistema, detectores de temperatura fixa
com limite máximo – “Setpoint” 144°C conforme recomendação das normas.

Escopo de Fornecimento

1. Projeto executivo de montagem composto por:


 Elaboração das plantas baixas com locação de pontos de proteção, cortes e isométrico.
 Anotação de responsabilidade técnica.
2. Materiais para a instalação
3. Mão de obra para montagem:

Os serviços serão executados em dias e horários a serem ajustados, realizados por profissionais
qualificados, devidamente uniformizados, identificados, portando os EPIs necessários às atividades,
equipados com ferramentas apropriadas que garantam a segurança dos funcionários e a qualidade aos
serviços executados.

4. Start-Up:
Após a conclusão dos serviços prestados, nossa equipe estará à disposição para executar testes de
funcionamento (com ou sem descarga do agente exterior) e simulação dos sistemas para confirmação da
atuação, conforme as especificações do projeto, bem como orientação ao departamento de manutenção
quanto aos procedimentos de inspeção e manutenção

Conclusão

O sistema Fixo Saponificante e Co2 tem Se mostrado eficiente em cozinhas uma vez que o sistema
simplesmente trabalha de modo autonomo, ou seja não precisa de treinamentos , haja vista que a
rotatividade de funcionários em cozinhas é muito alto , outro aspecto importante desta implementação é o
fato de proteger o patrimônio e a vida das pessoas que trabalham em cozinhas industriais.

Bibliografia

NFPA-17A (Standard for Wet Chemical Extinguishing Systems) e NBR-14518.

NBR14518: SISTEMA DE EXAUSTÃO DE COZINHAS PROFISSIONAIS