Você está na página 1de 4

DATA DA RESOLUÇÃO:30/06/2018 - GRUPO DE ESTUDOS –

I ITEM DO EDITAL ABORDADO NESTE CADERNO: DEA / SUPRIMENTO DE FUNDOS / NOÇOES


DE PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA E DESCENTRALIZAÇOES

AFO
01 Q874845 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos
(Regime de Adiantamento)
Se determinado suprimento de fundos não for integralmente aplicado, o saldo remanescente será
recolhido ao Tesouro Nacional e constituirá, obrigatoriamente, receita orçamentária.

02 Q872027 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)
O ato de suprimento de fundos constitui uma despesa orçamentária, embora a despesa patrimonial
correspondente deva ocorrer somente em momento futuro.

03 Q769662 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)
O suprimento de fundos implica a realização de tomada de contas imediatamente após a execução da
despesa.

04 Q643272 Administração Financeira e Orçamentária Suprimento de Fundos (Regime de


Adiantamento)
Caso o responsável por determinado suprimento de fundos restitua parte dos recursos recebidos após o
encerramento do exercício em que se deu o suprimento, o valor restituído será contabilizado como
receita orçamentária.

05 Q646662 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Despesas de Exercícios


Anteriores
Se um órgão público reconhecer dívida referente a exercício financeiro já encerrado, a despesa poderá
ser inscrita na conta de despesas de exercícios anteriores, ainda que o orçamento respectivo não
consignasse crédito próprio para o pagamento.

06 Q643272 Administração Financeira e Orçamentária Suprimento de Fundos (Regime de


Adiantamento)
Caso o responsável por determinado suprimento de fundos restitua parte dos recursos recebidos após o
encerramento do exercício em que se deu o suprimento, o valor restituído será contabilizado como receita
orçamentária.

07 Q603040 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Despesas de Exercícios


Anteriores
Considere que o ordenador de despesas de um órgão público, após o encerramento do exercício fiscal
de 2014, tenha recebido a fatura de energia elétrica relativa ao mês de dezembro, com vencimento em
15/1/2015, no valor de R$ 200,00, e que, na data do vencimento da fatura, tenha verificado a existência
de previsão orçamentária alocada em restos a pagar no valor de R$ 100,00 para o pagamento da
referida fatura de energia elétrica.
Com base nessa situação hipotética, é correto afirmar que o ordenador de despesas deve providenciar
a liquidação e o pagamento de R$ 100,00 como restos a pagar de 2014 e empenhar, liquidar e pagar a
diferença de R$ 100,00 como despesas de exercício anterior.

08 Q593792 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)

Monitor: SANDRA
|1
- GRUPO DE ESTUDOS -
No caso de um servidor realizar a devolução de saldo de suprimentos de fundos após o encerramento
do exercício em que recebeu essa quantia em razão da aplicação parcial desta, o referido recurso não
será considerado uma receita orçamentária.

09 Q593793 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)
No suprimento de fundos, os valores são empenhados após a prestação de contas por parte do servidor
responsável.

10 Q593798 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Despesas de Exercícios


Anteriores
Na execução do orçamento, alguns mecanismos são utilizados para corrigir insuficiências ou para
garantir o pagamento a fornecedores caso todo o processo não seja passível de execução dentro do
exercício. Acerca desses mecanismos, julgue o item subsequente.
Só podem ser inscritas na conta despesas de exercícios anteriores aquelas cuja classificação por
categoria econômica seja relativa às despesas correntes, normalmente chamadas de despesas de custeio.

11 Q561033 Administração Financeira e Orçamentária Restos a Pagar, Despesas de Exercícios


Anteriores
São pagas à conta de despesa de exercícios anteriores as despesas anteriormente inscritas em restos a
pagar, depois cancelados e posteriormente reinscritos, por reconhecimento do direito do credor, sem que
haja necessidade de novos créditos orçamentários.

12 Q557489 Administração Financeira e Orçamentária Suprimento de Fundos (Regime de


Adiantamento)
Despesa com bebidas alcoólicas em recepções oficiais poderá ser realizada com recursos públicos
mediante suprimento de fundos.

13 Q557490 Administração Financeira e Orçamentária Despesas de Exercícios Anteriores


Uma característica importante para a configuração de despesas de exercícios anteriores decorre da
existência de dotação própria para o pagamento de determinada despesa no exercício correspondente ao
cumprimento de obrigação pelo credor, só que em montante insuficiente, não tendo sido oportunamente
adotadas as providências necessárias à respectiva suplementação.

14 Q557708 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)
Situação hipotética: Deslocados para uma importante missão em localidade remota do país, servidores
do Ministério do Planejamento receberam adiantamento de valores, na forma de suprimento de
fundos. Assertiva: De acordo com o enfoque patrimonial, tal operação não é considerada despesa, pois
não há alteração no patrimônio líquido.

015 Q557742 Administração Financeira e Orçamentária Suprimento de Fundos (Regime de


Adiantamento)
Se o Ministério da Saúde precisar conceder suprimento de fundos para determinada ação de assistência
à saúde indígena, então a concessão e a aplicação desse suprimento obedecerão ao regime especial de
execução.

16 Q495584 Administração Financeira e Orçamentária Despesa Pública, Suprimento de Fundos


(Regime de Adiantamento)
Da mesma forma que acontece no processo licitatório, a despesa executada por meio de suprimento de
fundos deve garantir a aquisição mais vantajosa para a administração pública.

Monitor: SANDRA
|2
- GRUPO DE ESTUDOS -
17 Q893266 Administração Financeira e Orçamentária Decreto Sobre a Programação
Orçamentária e Financeira - Lei 4.320 de 1964, Programação Orçamentária e Financeira
O resultado da operação de crédito por antecipação da receita orçamentária feito por determinado órgão
público deve ser incluído no montante da dívida fundada.

18 Q893267 Administração Financeira e Orçamentária Decreto Sobre a Programação


Orçamentária e Financeira - Lei 4.320 de 1964, Programação Orçamentária e Financeira
A tomada de contas de suprimento de fundo concedido é automática, e será realizada tão logo cessem os
motivos da concessão.

19 Q893265 Administração Financeira e Orçamentária Decreto Sobre a Programação


Orçamentária e Financeira - Lei 4.320 de 1964, Programação Orçamentária e Financeira
Na inscrição dos restos a pagar, é vedado o registro de beneficiários específicos

20 Q893258 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira
Caso determinado órgão público descentralize parcela de seu orçamento a outro órgão por meio de
destaque, a classificação funcional e a estrutura programática da despesa não serão alteradas.

21 Q842414 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira
A dotação caracteriza-se pela descentralização orçamentária entre a unidade central de programação
orçamentária e um órgão setorial contemplado diretamente no orçamento.

22 Q840648 Administração Financeira e Orçamentária Decreto Sobre a Programação Orçamentária


e Financeira - Lei 4.320 de 1964, Dívida e Endividamento, Programação Orçamentária e Financeira
A inscrição de crédito em dívida ativa corresponde à representação contábil de um fato permutativo
resultante da transferência de valor não recebido no prazo estabelecido, dentro do próprio ativo.

23 Q840696 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e
Execução Financeira e Orçamentária
Uma descentralização orçamentária é pré-requisito indispensável para a execução de uma
descentralização financeira.

24 Q677672 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e
Execução Financeira e Orçamentária
Descentralização financeira corresponde ao repasse, em caráter emergencial, de recursos da União para
os estados, o Distrito Federal e os municípios.

25 Q677788 Administração Financeira e Orçamentária Competências, Programação


Orçamentária e Financeira
A programação qualitativa do orçamento público é a organização do gasto público por meio da
identificação dos programas com a classificação funcional e econômica da despesa.

26 Q677793 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e
Execução Financeira e Orçamentária
A descentralização de créditos interna é denominada provisão e a externa, cota. Ambas caracterizam-se
pela cessão de crédito orçamentário entre unidades orçamentárias ou unidades gestoras.

Monitor: SANDRA
|3
- GRUPO DE ESTUDOS -
027 Q677794 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos
Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e
Execução Financeira e Orçamentária
A movimentação de recursos financeiros entre as diversas unidades orçamentárias e administrativas
compreende cota, repasse e despesa.

28 Q680791 Administração Financeira e Orçamentária Ciclo Orçamentário, Decreto Sobre a


Programação Orçamentária e Financeira - Lei 4.320 de 1964, Execução Orçamentária
Considerando-se a definição dos termos crédito e recurso no contexto da técnica orçamentária, é correto
afirmar que a execução financeira trata da utilização dos créditos consignados na LOA.

29 Q548061 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos Orçamentários


e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e Execução
Financeira e Orçamentária
Nos casos em que a descentralização dos recursos financeiros aconteça entre órgãos de mesma estrutura
administrativa ― por exemplo, ambos no âmbito do Ministério da Educação ―, essa movimentação
interna configura um repasse de recursos.

30 Q646658 Administração Financeira e Orçamentária Descentralização de Créditos


Orçamentários e Recursos Financeiros, Programação Orçamentária e Financeira, Programação e
Execução Financeira e Orçamentária
Denomina-se repasse a transferência de parte do crédito orçamentário de uma unidade gestora para
entidade integrante da estrutura administrativa de órgão público diverso.

GABARITO
1 – E 2 – C 3 – E 4 – C 5 – C 6 – C 7 – C 8 – E 9 – E 10 – E 11 – E 12 – C 13 – E 14 – C 15 – E
16 –C 17 – E 18 – E 19 - E 20 – C 21 – C 22 – C 23 – E 24 –E 25 – E 26 –E 27 – E 28 – E
29- E 30 - E

Monitor: SANDRA
|4