Você está na página 1de 10

Fundamentos de Contabilidade para os Negócios

José Elias Feres de Almeida

Gabarito de exercícios selecionados

CAPÍTULO 1

c) Relacione as duas colunas conforme o objetivo de cada agente econômico e sua


relação com as empresas:
(C) Credor (C) Cálculo de juros de empréstimos e financiamentos.
(E) Empregado (G) Apuração de impostos.
(F) Fornecedor (S) Participação nos lucros e dividendos.
(G) Governo (E) Participação nos lucros por remuneração variável.
(S) Sócio (F) Assegurar que receberá valores dos pagamentos no futuro
(CL) Clientes (CL) Assegurar que a Entidade poderá continuar a prestar
serviços no futuro ou fornecer produtos.
(S) Calcular o valor da empresa para fins de fusão e aquisição
(E) Acompanhar se a entidade poderá pagar os salários.
(C) Estabelecer grau máximo de endividamento.
(F) Avaliar capacidade de compra de mercadorias pela entidade.
(G) Avaliar carga tributária de setores.

e) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(F) O dono de uma empresa pode pagar as contas de energia de sua residência com o dinheiro
da empresa.
(F) A escrituração contábil serve somente para fins de apuração de impostos.
(V) O profissional contábil é corresponsável pela veracidade das informações que constam
nas demonstrações contábeis.
(V) Para exercer a profissão contábil é necessária a aprovação no exame de suficiência.
(V) A contabilidade contribui para reduzir problemas informacionais entre partes interessadas
em uma empresa.
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

CAPÍTULO 2

b) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(V) O Conselho Federal de Contabilidade regula a profissão no Brasil.
(F) Os Standard-Setters podem exigir a aplicação dos IFRS nos países afiliados.
(F) O Pronunciamento Técnico emitido pelo CPC tem peso de Lei.
(V) A adoção dos padrões internacionais de contabilidade pode aumentar o fluxo de recursos
financeiros e o intercâmbio de profissionais pelo mundo.

CAPÍTULO 3

Para praticar
Total do ativo = R$ 200.000

a) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(V) Obrigatoriamente para surgir a conta clientes é necessário ocorrer uma receita.
(V) Toda despesa reduz a conta lucros ou prejuízos acumulados.
(V) As despesas com obrigações de pagamento no futuro geram passivos.
(V) Aumento do capital social aumenta o ativo.
(F) O aumento do passivo obrigatoriamente gera redução do ativo.
(F) As despesas aumentam o ativo.

b) Elabore o Balanço Patrimonial da Cia. Jacupemba por balanços sucessivos,


apresentando um balanço após cada transação:
Total do ativo = R$ 360.000

c) Apresente o Balanço Patrimonial final, após elaborar os balanços sucessivos da


entidade JEFA Ltda., que tem por objeto social prestar serviços de consultoria:
Total do Ativo = R$ 240.000

d) Identifique as operações que possam ter sido realizadas conforme o Balanço


Patrimonial da Cia. Z Ltda.:
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

1º momento: Constituição da empresa em dinheiro por R$ 100.000 depositados no banco.


2º momento: Compra à vista de terrenos R$ 60.000.
3º momento: Compra a prazo de máquinas R$ 50.000 por títulos a pagar.
4º momento: Captação de empréstimo no valor de R$ 20.000 no Banco.
5º momento: Compra de estoques por R$ 20.000, sendo R$ 15.000 a prazo e R$ 5.000 à vista
utilizando recursos do Banco A.

*A ordem dos eventos pode alterar conforme a interpretação do leitor.

e) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(V) Quando o capital social aumenta alguma conta do ativo aumenta também.
(V) O aumento do passivo significa uma redução do ativo no futuro.
(F) Uma despesa que será quitada no futuro gerará um aumento no ativo.
(V) A compra de um ativo à vista não altera o valor do ativo total.
(F) A redução de um passivo reduz o patrimônio líquido.

CAPÍTULO 4

a) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(V) A empresa não pode apresentar caixa negativo.
(F) A Demonstração do Resultado do exercício é utilizada para apurar o resultado contábil do
período e é uma demonstração transitória.
(F) As origens de recursos são bens e direitos do ativo.
(F) Despesas não diminuem o patrimônio líquido.
(F) As aplicações de recursos são iguais as origens de recursos.
(V) O passivo é segregado em circulantes, não circulante e patrimônio líquido.
(F) As origens de recursos são entradas de bens e direitos via ativo.
(F) Despesas não diminuem o patrimônio líquido e as receitas aumentam o patrimônio.
(F) A empresa que tem prejuízo terá suas contas caixa e/ou bancos reduzidos até quitarem o
prejuízo.
(V) A empresa pode apresentar a conta bancos negativa.
(V) Toda despesa não é necessariamente saída de caixa.
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

b) Considerando as contas patrimoniais e de resultado abaixo, identifique o valor total


dos grupos solicitados:

Ativo Circulante 45.000


Lucro líquido do exercício 185.000
Patrimônio Líquido (balanço patrimonial) 125.000
Passivo Total 70.000
Ativo Não Circulante 95.000
Passivo Circulante 70.000

c) Elabore o Balanço Patrimonial em duas colunas e a Demonstração do Resultado do


Exercício da Cia. Jacupemba em 31/12/X5, fazendo os lançamentos contábeis conforme
os eventos que ocorreram em X5:
Total do ativo = R$ 370.000 e lucro líquido = R$ 20.000

d) Com base nos eventos abaixo, elabore o Balanço Patrimonial e a Demonstração do


Resultado do Exercício da Cia Férias Já!, que atua no ramo de serviços de turismo.
Total do Ativo = R$ 225.000 e Lucro Líquido = R$ 75.000.

CAPÍTULO 5

a) A entidade Laranjeira Ltda. possui um estoque de 5.000 laranjas no valor de


R$ 1.000 em 30/11/X5. No dia 30/12/X5, a entidade foi verificar seu estoque de laranjas e
identificou que 50% das laranjas estragaram. Qual o procedimento que a entidade
deverá proceder contabilmente?
A entidade precisa realizar o teste de impairment nos estoques para baixar da contabilidade o
valor correspondente às unidades de laranjas estragadas.

1a parte:
D_ Despesa com Perdas com Estoques: R$ 500
C_ Provisão para Perdas com estoques: R$ 500
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

2a parte:
D_ Provisão para Perdas com estoques: R$ 500
C_ Estoques: R$ 500

Ou, nesse caso especificamente, se refletir a realidade do evento:


D_ Despesa Perda com estoques: R$ 500
C_ Estoques de laranjas: R$ 500

b) Coloque (V) para verdadeiro e (F) para falso:


(F) A depreciação representa o dispêndio de caixa para manter o imobilizado.
(V) A PCLD constituída pode ser revertida caso o cliente pague sua dívida.
(F) O regime de competência é opcional para as empresas utilizarem.
(F) O regime de caixa é obrigatório para as empresas utilizarem.
(F) A perda por redução ao valor recuperável dos ativos imobilizados representa um
complemento da taxa de depreciação estimada errada.
(V) O reconhecimento de uma despesa não necessariamente sai do caixa da empresa.
(V) As contas redutoras do ativo são contas credoras.
(F) Ativos e passivos podem ser reconhecidos no Balanço Patrimonial por causa do regime de
caixa.
(F) Depreciação Acumulada é a conta redutora do ativo intangível.
(F) Capital a integralizar é uma conta credora do patrimônio líquido.
(V) O regime de competência é que permite o controle da depreciação e amortização.
(V) Ativo intangível é reconhecido no ativo não circulante.
(F) As despesas não incorridas e não pagas geram aumento do passivo.
(F) Despesa com depreciação é reconhecida no passivo.
(V) Provisão no passivo é o reconhecimento de futuras saídas de caixa.

c) Considerando as contas patrimoniais e as operações abaixo, organize o Balanço


Patrimonial e contabilize as transações. Apresente a nova estrutura patrimonial em
duas colunas e a Demonstração do Resultado.
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

Total do Ativo em X4 = R$ 290.000 e em X5 = R$ 275.000 e Prejuízo Líquido = R$ 18.500

5.4 Apresente os razonetes, o Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado para


o caso a seguir:
Ativo total: R$ 142.000 e Lucro Líquido: R$ 22.000

CAPÍTULO 6

a) Classifique as contas abaixo em ativo circulante (AC), ativo não circulante (ANC),
passivo circulante (PC), passivo não circulante (PNC), patrimônio líquido (PL) e
resultado (R).
(R) Venda a Prazo
(ANC) Depreciação Acumulada
(ANC) Recebíveis de longo prazo
(PL) Capital a Integralizar
(R) Despesa c/ Amortização
(AC) Estoques
(AC) Aplicações Financeiras de curto prazo
(PC) Salários a pagar
(R) Receitas Financeiras
(PC) Contas a Pagar de curto prazo
(PL) Lucros Acumulados
(ANC) Patente

c) Elabore o Balanço Patrimonial, a Demonstração do Resultado, a Demonstração do


Fluxo de Caixa e a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido da Cia BPDFC
para o ano de X6, considerando os saldos iniciais do Balanço Patrimonial e os eventos
abaixo.

Gabarito: Total do Ativo = R$ 402.500 e R$ 40.000


Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

CAPÍTULO 8

a) Coloque IMOB para ativo imobilizado e INTAN para ativos intangíveis nos campos
vazios:

(IMOB) Veículos
(IMOB) Linha telefônica
(IMOB) Avião adquirido por arrendamento mercantil
(INTAN) Software para funcionar uma máquina
(IMOB) Terrenos
(INTAN) Fórmula de um medicamento
(IMOB) Mesas de escritórios
(IMOB) Livros
(IMOB) Computador
(INTAN) Software de gestão
(INTAN) Patente
(IMOB) Software de uso de um imobilizado

b) Coloque (D) para ativos que depreciam, (A) para ativos que amortizam e (NA) para
não se aplica:
(D) Veículos
(D) Linha telefônica
(D) Avião adquirido por arrendamento mercantil
(D) Software para funcionar uma máquina
(NA) Terrenos
(A) Fórmula de um medicamento
(D) Mesas de escritórios
(NA) Livros
(D) Computador
(A) Software de gestão
(NA) Imobilizado que ainda não entrou em uso

c) Considere (V) para verdadeiro e (F) para falso:


Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

(F) Depreciação Acumulada é a conta redutora do ativo intangível.


(V) Ativo intangível é reconhecido no ativo não circulante.
(F) Despesa com depreciação é reconhecida no passivo.
(F) O ativo imobilizado é amortizável.
(V) Existem diversos métodos de depreciação de ativos.
(V) Diferentes métodos de depreciação podem afetar diferentemente o resultado líquido da
empresa.

d) Contabilize os eventos abaixo considerando o balanço patrimonial da Cia. No


Depreciation em 31/12/X5 e apresente o novo balanço patrimonial e a DRE em
31/12/X6.
Gabarito: Total do Ativo = R$ 192.500 e Lucro Líquido = R$ 16.000.

CAPÍTULO 9

a) Com base nos lançamentos abaixo, elabore o Balanço Patrimonial, a Demonstração


do Resultado e o balancete de verificação da Cia Anda Rent a Car em seis colunas, com
base no período entre 31/01/X5 e 28/02/X5:
Total do ativo em 31/01/X5 = R$ 238.000 e Lucro Líquido R$ 8.000.
Total do Ativo em 28/02/X5 = R$ 408.000 e Prejuízo Líquido de R$ 26.000.

b) Contabilize os eventos abaixo e apresente o Balanço Patrimonial e a DRE.


Total do Ativo = R$ 64.000 e Lucros Acumulados = R$ 10.080.

c) A Cia Maracatu comercializa casacas em sua loja. Ela possui capital social de
R$ 100.000 aplicados em bancos (20%), estoques (30%) e loja (50%) em 31/12/2013.
Total do Ativo = R$ 142.000 e Lucro Líquido = R$ 22.000

d) Considerando o Balanço Patrimonial abaixo da Cia. Divdoendo, contabilize os


eventos a seguir e apresente o Balanço Patrimonial e a DRE:
Ativo total = R$ 393.750, Lucro Líquido R$ 123.750, Lucros Acumulados R$ 23.750.
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

CAPÍTULO 10

a) Com base nos princípios de contabilidade, coloque o princípio correto nas assertivas
abaixo, considerando: (E) Entidade, (C) Continuidade, (O) Oportunidade, (R) Registro
pelo Valor Original, (CO) Competência e (P) Prudência:

(C) A entidade continuará em operação no futuro.


(E) Tem o patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a sua autonomia patrimonial.
(CO) Os efeitos das transações são reconhecidos nos períodos a que se referem.
(P) Pressupõe o emprego de certo grau de precaução no exercício dos julgamentos
necessários às estimativas em certas condições de incerteza.
(R) Permite utilizar diferentes bases de mensuração no reconhecimento de um evento.
(O) A informação é elaborada em tempo hábil para a tomada de decisão.
(R) É necessário reconhecer o evento em moeda nacional.
(E) O sócio pagou sua conta pessoal com dinheiro da empresa ferindo um Princípio.
(CO) Pressupõe a confrontação de receitas e de despesas correlatas.
(P) Adoção do menor valor para os componentes do ativo e do maior para os do passivo.

b) Com base nas situações que podem estar em conformidade ou equivocadas, apresente
o princípio contábil que pode estar relacionado:
# Situação Princípio
1 A entidade reconheceu uma perda maior do que devia. Prudência
2 O sócio utilizou veículo da empresa e abasteceu com o próprio Entidade
dinheiro.
3 A entidade importou uma máquina da Alemanha e reconheceu o valor Reg. Vlr.
em Euros conforme a nota fiscal. Orig.
4 As demonstrações contábeis da entidade foi divulgada pelo valor de Continui.
venda (liquidação) de todos os ativos.
5 Uma máquina não está produzindo como deveria indicando sinais Prudência
para reconhecimento de uma perda por impairment.
6 A entidade reconhece suas despesas somente quando paga em Compet.
dinheiro.
Fundamentos de Contabilidade para os Negócios
José Elias Feres de Almeida

7 A entidade paga a conta de energia da residência do seu diretor. Entidade


8 O empresário não enviou ao escritório de contabilidade o contrato de Oportuni.
compra e venda de um terreno antes do fechamento das
demonstrações contábeis.
9 O herdeiro do patriarca de uma entidade considera-se dono de tudo Entidade
que existe na empresa.
10 A entidade só reconhece ativos que geram benefícios econômicos. Prudência
11 O dono de uma empresa realizou uma transação de compra de imóvel Oportun.
e só enviou o documento comprobatório para o escritório de
contabilidade 2 meses depois.
12 O diretor de uma empresa não enviou o extrato bancário para o Oportun.
escritório de contabilidade
13 A empresa reconhece ganhos sem comprovação documental da Prudência
geração dos benefícios econômicos.
14 A entidade não reconhece obrigações para pagamentos futuros, Compet.
pagando somente quando ocorrem.
15 O empresário não sabe informar ao contador o valor exato de um Reg. Vlr.
empréstimo. Orig.