Você está na página 1de 6

Escola Básica Pedro De Santarém

Relatório Cientifico: Obsevação


miroscópica de células

Trabalho realizado por: Miguel Caldas Nº19


1- Introdução

Ao Longo deste periodo abordamos o tema “as células”.


As células são a unidade estrutural e funcional de todos os seres vivos, a
teoria celular considera que todos os seres vivos são formados por
células e que as células têm origem em células preexistentes

Células Procarióticas
 Não têm o núcleo bem definido ou seja o material genético
está disperso no citoplasma
 São simples e de pequeno tamanho
 Como por exemplo:
o bactérias
o cianobactérias.

Células Eucarioticas
 Têm o núcleo bem difinido, através de uma membrana nuclear
 Têm matrial genético dentro do núcleo
 Como por exemplo:
 Animais (inclusive seres humanos)
 Vegetais
 Fungos
 Protozoários

2- Matriais
Os materiais que utilizamos foram:
 Microscópio ótico;
 Lâminas e lamelas;
 Pinça;
 Conta-gotas;
 Palito;
 Azul-de-metileno;
 Infusão de microrganismos;
 Planta Elódea;
3- Procedimento:

1.ª Parte: Observação de microrganismos


-Com o conta-gotas, retiramos uma gota da superfície da infusão e
colocámo-la na lâmina.
-Colocamos a lamela sobre a lâmina, cuidadosamente.
- Observamos ao microscópio, tentando identificar alguns
microrganismos.
- Desenhamos as nossas observações.

2.ª Parte: Observação de células animais (células da epiderme da


boca)
-No centro da lâmina colocamos uma gota de azul-de-metileno muito
diluído.
-Raspamos ligeiramente o interior da nossa bochecha com a parte
lateral de um palito.
-Sobre a gota de corante, colocamos o que retiramos da boca.
-Colocamos a lamela sobre a lâmina, com ajuda dos dedos (com
cuidado), para evitar formar bolhas de ar.
-Observamos ao microscópio e desenhamos as nossas observações.
- Identificamos os principais constituintes das células observadas.

3.ª Parte: Observação de células vegetais (Elódea)


- Colocamos sobre a lâmina uma gota de solução de NaCl (cloreto de
sódio).
- Com a pinça, destacamos uma folha de Elódea e colocamo-la sobre a
gota.
- Colocamos a lamela sobre a lâmina, com a ajuda dos dedos (mas com
cuidado).
- Observamos ao microscópio e desenhamos as nossas observações.
- Identificamos os principais constituintes da folha de Elódea
4- Resultados

Observação microscópica de células de uma folha da planta aquática-


Elódea:

Observação microscópica das células do epitélio bocal:


Observação microscópica de seres vivos de uma infusão:

Ampliação: 10x40= 400x

5- Discussão de Resultados:
I.
- A forma da Elódea é mais ou menos retângular, a da epiderme da boca
são irregulares;
- A Elódea é vegetal o que faz ter cloroplastos, e as da boca são animal
e nós não temos cloroplastos;
- Com isto tudo, elas também têm a cor diferente, a vegetal é verde e a
animal é transparente;

II.
- O tipo de células observadas na 2ªparte são as da epiderme da boca,
da 3ªparte são as da folha Elódea, estas duas células são eucarióticas,
porque têm núcleo (animal) e organitos membranares (vegetal);

III.
- Na infusão observamos alguns níveis de organização:
- Tecido: algas filamentosas, algas verdes pluricelulares;
- Célula: células unicelulares, algas verdes unicelulares;
- Organismos: larva de inseto, vermes, copépode;
6- Conclusão

Na observação ao microscópio é possível ver pequenos detalhes


impossíveis a olho nu tais como: membrana celular,
organitos, citoplasma, parede celular, cloroplastos e núcleo.
Existem diferentes células formas e tamanhos, como tal cada
observação tem uma maneira diferente de ser feita.
Todos os objetivos foram conseguidos, e na minha opinião estes
trabalhos práticos uma vez que vimos algo que nunca tínhamos visto a
olho nu.

7-Referências Bibliográficas:

- Delgado Z; Canha P; Trinca C; À descoberta da vida;


- Texto Editora: 2018