Você está na página 1de 3

piano concert

solo
(Jazz and Portuguese contemporary music)

By MÁRIO LAGINHA, composer and pianist

on Tuesday, 29th November 2011, at 7.30 p.m.


venue: Room 112 (Chapel), 550 Cumberland Street, uOttawa

Sponsors:

PORTUGAL
CULTURAL FUND
Section of Portuguese
uOttawa
Info/coordination: gomesdasilva.carlos@gmail.com or cgomezda@uottawa.org

PROGRAMA PROGRAMME

Do Lado de cá do mar On this side of the sea

Fuga em Lá maior a 4 vozes 4 voice-fugue in A major

Lugar Bem Situado Well located place

Fuga em Ré maior a 3 vozes 3 voice fugue in D major

Berenice Berenice

Fuga em Mi bemol menor a 4 vozes 4 voice-fugue in E flat minor

Do Lado de lá do mar On the other side of the sea

Fuga em Fá maior a 4 vozes 4 voice-fugue in F major

Fado Fado

Um Choro Feliz A happy crying


MÁRIO LAGINHA (1960) MARIO LAGINHA (1960)

A sua “casa” é o jazz, mas recusa encerrar-se lá dentro. Jazz is his home, but in his music we can find a bit of
Na sua música podemos encontrar um pouco de quase everything, as he hardly ever closes doors to anything.
tudo, porque não fecha as portas a quase nada. Mário Pianist and composer Mario Laginha searches in various
Laginha procura em vários lugares o material para places to construct his own musical universe. He does much
construir o seu próprio universo musical. Gosta de ir more than mix styles; he assimilates. What we hear as a
buscar influências, ideias, respirações em outras áreas. final product is…music.
Muito mais do que misturas, há assimilação. O que se
pode ouvir, no final, é... música.
On the album “Songs and Fugues” (2006), Mario Laginha
No seu álbum, Canções e Fugas (2006), Mário Laginha shows how it is possible to establish a bridge between jazz and
demonstra como é possível estabelecer uma ponte entre o classical music: he uses, with virtuosity, classical techniques to
jazz e a música clássica: usa, com virtuosismo, a técnica compose six fugues, each one preceded by a song in the same
clássica para compor seis fugas, cada uma antecedida por key, following the scheme of preludes and fugues of Bach. His
uma canção na mesma tonalidade, seguindo o esquema dos compositions have an inspiring contemporary sound, although
prelúdios e fugas de Bach. As suas composições têm uma complex. With this album he received the Carlos Paredes Prize.
sonoridade contemporânea, muito inspirada, apesar de
notoriamente complexa. Com este álbum, Mário Laginha
recebeu o Prémio Carlos Paredes.
For Mario Laginha, making music is essentially an act of
Para Mário Laginha, fazer música é sobretudo um acto de sharing, and he has done so with strong musical personalities.
partilha. E tem-no feito com personalidades musicais fortes. His duet with Maria Joao has resulted in one of the most
O duo com a cantora Maria João é um dos mais consistentes consistent and original projects of modern Portuguese music.
e originais da actual música portuguesa. Juntos gravaram oito Together, they have recorded eight albums. Once again, here
álbuns e, mais uma vez, o jazz funciona aqui como uma rede: jazz acts as a foundation: there are influences ranging from:
há ecos africanos, brasileiros, indianos, da música tradicional African, Brazilian, Indian, pop, rock, classical, and traditional
portuguesa, pop, rock, clássico. O duo participou nos mais Portuguese music. The duet has participated in some of the
importantes festivais de jazz do mundo: Montreaux Jazz most important jazz festivals in the world: Montreaux Jazz
Festival, North Sea Jazz Festival, San Sebastian Jazz Festival Festival, North Sea Jazz Festival, San Sebastian Jazz Festival
e Montreal Jazz Festival. and the Montreal Jazz Festival.

He is also part of a duet with pianist Bernardo Sassetti – an


Tem um duo com Bernardo Sassetti - uma formação pouco unusual formation in the jazz world, which is enriched due to
frequente na área do jazz, que ganha com o facto de ambos the fact that each one constructs a unique musical universe
construírem um universo único, à volta das suas próprias within their compositions.
composições. Desde a década de ’80, toca, também em dueto,
com o pianista Pedro Burmester. Laginha leva a sua bagagem Since the 80´s, he has played, also in duet, with classical pianist
musical para um repertório do século XX, com Maurice Pedro Burmester. Laginha takes his jazz roots and infuses them
Ravel, Samuel Barber, Aaron Copland. in a repertoire for the 20th century with: Maurice Ravel, Samuel
Barber, Aaron Copland.
Criou o Trio de Mário Laginha com o contrabaixista Laginha created the Mario Laginha Trio, with Bernardo
Bernardo Moreira e o baterista Alexandre Frazão. Esta é Moreira on double bass, and drummer Alexandre Frazão. This
talvez a formação que mais próxima está do jazz, ainda que formation is probably the closest to jazz, albeit with an
não com um estilo convencional. O Trio de Mário Laginha unconventional style. Mario Laginha Trio recorded a new CD,
gravou o álbum “Espaço”, que faz a ponte entre conceitos e “Espaço”, a kind of bridge between music and architecture.
ambientes de duas disciplinas nobres: a música e a More recently, in 2010, the Trio recorded “Mongrel”, an
arquitectura; e, em 2010, “Mongrel”, um disco de homage to Chopin’s music, awarded record of the year by
homenagem a Chopin, aclamado pelo público e pela crítica Author’s Prize 2011
especializada e considerado Melhor Disco, no Prémio Autor
2011 – SPA.
Although he concluded his piano course at the National
A sua sólida formação clássica – fez o Curso Superior de Conservatory with a perfect score, this did not hinder or
Piano do Conservatório Nacional (terminado com a solidify him as just a classical pianist. This gave him the tools
classificação máxima), não se cristalizou num estilo to evolve as a composer and pianist in his own right, with his
pianístico. Deu-lhe ferramentas para evoluir como intérprete own personality and sound. This is what has allowed him to
e compositor, desenvolvendo uma identidade própria. compose for such diverse formations as: The Hamburg Radio
É isso que lhe tem permitido escrever para formações tão Band, The Lisbon Metropolitan Orchestra, The Hannover
diversas como a Big Band da Rádio de Hamburgo, a Philharmonic Orchestra, The Remix Ensemble, The Drumming
Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra Filarmónica Percussion Group, and the Porto National Orchestra. He has
de Hannover, o Remix Ensemble, o Drumming Grupo de also contributed with compositions for theatre and cinema.
Percussão e a Orquestra Nacional do Porto. Compôs também
para teatro e cinema. With great creativity, enormous rhythmic solidity, and a vast
harmonic and melodic trait, Mario Laginha has worked
Com uma grande criatividade, enorme solidez rítmica e uma alongside exceptional musicians, onstage and in the studio with
imensa riqueza harmónica e melódica, Mário Laginha tem the likes of: Wayne Shorter, Wolfgang Muthspiel, Trilok
estado ao lado, no palco ou em estúdio, de músicos Gurtu, Gilberto Gil, Lenine, Armando Marçal, Toninho
excepcionais, como Wolfgang Muthspiel, Trilok Gurtu, Ferraguti, Nico Assumpção, Ralph Towner, Manu Katché,
Gilberto Gil, Lenine, Armando Marçal, Ralph Towner, Manu Dino Saluzzi, Kai Eckhardt, Julian Arguelles, Steve Arguelles,
Katché, Dino Saluzzi, Kai Eckhardt, Julian Argüelles, Steve Howard Johnson, and Django Bates.
Argüelles, Howard Johnson, Django Bates.