Você está na página 1de 41

LENTES ESFÉRICAS

FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Lentes Esféricas

Chamamos de lente esférica, a


associação de dois dioptros, sendo um
necessariamente esférico e o outro plano ou
esférico. Sendo transparentes, quando as
superfícies são atravessadas pela luz, nota-se a
predominância do fenômeno da refração em
relação ao da reflexão.
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Lentes Esféricas

Para a nomenclatura das lentes, o critério mais


adotado é nomear as faces voltadas para o meio
exterior, assinalando em primeiro lugar a face de
maior raio de curvatura.
nvidro = 1,5

nar = 1
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Elementos das Lentes Esféricas

F A Eixo

2 Principal

A F O F A

Centro óptico (O) ou vértice: Cruzamento do eixo principal com a lente.


Ponto Anti-principal (A).
Foco (F): Distância focal, definida pelo ponto médio entre A e O.
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

A F O F A

LENTE CONVERGENTE
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

A F O F A

LENTE DIVERGENTE
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Raios Notáveis

A F O F A
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Raios Notáveis

A F O F A
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Formação de Imagens CASO I

A F O F’ A’

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem: Real, Invertida e Menor


Câmera Fotográfica, Olho.
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

CASO II

A F O F’

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem: Real, Invertida e Igual


Copiadora
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

CASO III

A F O F’ A’

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem: Real, Invertida e Maior


Projetor de Slides
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

CASO VI

A F O F’ A’

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem Imprópria
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

CASO V

A F O F’ A’

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem: Virtual, Direita e Maior


Lupa, Correção de Hipermetropia e Presbiopia
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Formação de Imagens

A F O F A

Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-


Share Alike 3.0 Unported.

Imagem: Virtual, Direita e Menor


Correção de Miopia
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

p
Estudo Analítico

A F O F’ A’
i

p’
Imagem: Eugenio Hansen / Creative Commons Attribution-
Share Alike 3.0 Unported.

Equação de Gauss: Aumento Linear:


1 1 1 i  p' i   p'
A A
f p p' o p o p
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

p = posição do objeto (distância deste até a lente).


p’ = posição da imagem.
p’>0  Imagem Real
p’<0  Imagem Virtual
o = altura do objeto.
i = altura da imagem.
i > 0  Imagem Direita.
i < 0  Imagem Invertida.
f = Foco (distância focal)
f > 0  Lente Convergente.
f < 0  Lente Divergente.
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Vergência (V)
Também chamada de Convergência ou Grau da lente.

V 1 V  Medida em m-1 ou di (dioptria).


Popularmente chamada de “grau”.
f Medido em metro (m)

Equação de Halley
(Fabricantes de Lentes).

 nlente  1 1 
V  1.  
 nmeio  R1 R2 
R1
R2

R>0  Face convexa V>0  Lente convergente


R<0  Face côncava V<0  Lente Divergente
EXERCÍCIOS
1 – Com uma lente de aumento (convergente),
um estudante conseguiu acender um fósforo
situado a 10 cm da lente, aproveitando a luz
solar. Qual é a distância focal e a vergência da
lente?
EXERCÍCIOS
1 – Com uma lente de aumento (convergente),
um estudante conseguiu acender um fósforo
situado a 10 cm da lente, aproveitando a luz
solar. Qual é a distância focal e a vergência da
lente? Os raios solares que incidem numa
pequena região da Terra podem ser
considerados paralelos. Sendo assim, após
atravessarem a lente, convergem no foco
principal F’.

Portanto, a distância focal vale: f = 10 cm


ou seja, f = 0,1 m

E sua vergência será:

V = 1 / 0,1
V = 10di
EXERCÍCIOS
2 - Uma lente convergente fornece, de um
objeto situado a 20cm de seu centro óptico,
uma imagem real a 60cm da lente. Determine:
a) A distância focal e a vergência da lente;
b) O aumento linear transversal da imagem.
EXERCÍCIOS
2 - Uma lente convergente fornece, de um
objeto situado a 20cm de seu centro óptico,
uma imagem real a 60cm da lente. Determine:
a) A distância focal e a vergência da lente;
b) O aumento linear transversal da imagem.
EXERCÍCIOS
3 - De um objeto real, colocado entre o foco
objeto e o centro óptico de uma lente delgada
convergente, esta fornece uma imagem:

a) direita, virtual e maior.


b) direita, real e maior.
c) invertida, real e menor
d) direita, virtual e menor.
e) invertida, real e maior.
EXERCÍCIOS
3 - De um objeto real, colocado entre o foco
objeto e o centro óptico de uma lente delgada
convergente, esta fornece uma imagem:

a) direita, virtual e maior.


b) direita, real e maior.
c) invertida, real e menor
d) direita, virtual e menor.
e) invertida, real e maior.
EXERCÍCIOS
4 - Uma lente divergente, de distância focal de
módulo igual a 100cm, fornece uma imagem
virtual de 2 cm de altura e situada a 20 cm da
lente. Determine:

a) a posição e o tamanho do objeto;

b) o aumento linear transversal da imagem.


EXERCÍCIOS
Dados: f = -100 cm (lente divergente); i = 2 cm; p’ = -20 cm (imagem direita e virtual).

a) Pela equação dos pontos conjugados, obtemos:

1/f = 1/p + 1/p’

1/-100 = 1/p - 1/20

p = 25 cm

Como i/o = -p’/p

Temos:

2/o = 20/25

o = 2,5 cm

b) Partindo da definição de aumento linear transversal, obtemos:

A = 20/25

A = 0,8
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Estrutura
do Globo
Ocular
Eixo óptico

Ponto cego

Imagem: Rhcastilhos / Domínio Público.


FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Defeitos da
Visão

Imagem: 8thstar / GNU Free Documentation License


FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagens da direita para esquerda: (a). Rhcastilhos / Domínio público


(b) Urinbecken / GNU Free Documentation License
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagem: Governo Federal dos EUA / Public Domain.


FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagens da direita para esquerda: (a). Rhcastilhos /


Domínio público (b) Urinbecken / GNU Free
Documentation License
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

 Características
Olho Apertado;

Imagem forma-se antes da retina;

Problema no ponto remoto;

Não enxerga de longe.

 Correção
Lentes Divergentes (-f , -V) Imagem: CryptWizard / Creative Commons ShareAlike 1.0.
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagem: Governo Federal dos EUA / Public Domain.


FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagens da direita para esquerda: (a). Rhcastilhos / Domínio público (b) Urinbecken / CNU Free Documentation License
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

 Características
Imagem forma-se depois da retina;

Problema no ponto próximo;

Não enxerga de perto.

 Correção
Imagem: Eugene Zelenko / Creative Commons ShareAlike 1.0
Lentes Convergentes (+f , +V)
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

Imagem: Governo Federal dos EUA / Public Domain.


FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

 Características
Problema na superfície da córnea.

 Correção
Lentes Cilíndricas (±f , ±V)
Imagem: Governo Federal dos EUA / Public Domain.

Normal
32
1didi
FÍSICA, 2º
Lentes Esféricas

 Características
“Vista Cansada”;

Problema nos músculos ciliares.

 Correção

Lentes Convergentes (+f , +V) Imagem: Governo Federal dos EUA / Public Domain.