Você está na página 1de 5

FAU - UFRJ  

Arquitetura Sacra e Religiosa - Prof João Henrique dos Santos - 2018.2 


Carla Maria Santos e Maria Clara Meliande 
 
Capela Una:  
religião como experiência individual 
 
Introdução: 
Segundo o sociólogo Emilie Durkheim, a religião introduz na vida de seus seguidores um 
sistema de crenças e práticas, e consiste em um fenômeno majoritariamente coletivo, a 
qual suas cerimônias cumprem um papel social ao colocar diversas pessoas em uma 
celebração. 
Juntamente com esse aspecto coletivo, a religião também possui um âmbito individual, no 
qual cada indivíduo busca evoluir moral e espiritualmente baseando-se no conjunto de 
crenças que o mesmo tem para si como sagrado. 
Em detrimento da experiência coletiva, propomos a criação de um espaço que que valorize 
a experiência individual do culto religioso, promovendo a autorreflexão e o “olhar para si” 
como meios de elevação espiritual. 
 
Referências projetuais: 
Algumas capelas seguem essa intenção projetual, as quais tomamos como referência a 
Capela Deslizante (à esq.) do arquiteto Kieran Donnellan, localizada no Líbano, e a Capela 
de San Giorgio Maggiore de Andrew Berman (à dir.), em Veneza. 

@Kieran Donnellan @Adria Goula 


 
 
 
 
 
 
 
 
 

1
O partido: 
O partido arquitetônico segue uma linha simples e desenvolve-se a partir de uma 
representação poética do que viria a ser uma jornada de autoconhecimento por meio da 
autorreflexão, na qual seria um processo que se encerraria no próprio indivíduo e em sua 
consequente transformação.  

Diagramas de concepção da forma arquitetônica 


 
 

 
Croqui de estudo 
 
 
 
 
 

2
Implantação: 
Baseando-se na premissa projetual, escolhemos o Alto da Serra em Petrópolis como o local 
de implantação do projeto. É um local afastado do centro urbano, e seu entorno possibilita 
uma experiência de introspecção e contemplação. 
 

 
Local de implantação com vista para o entorno 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

3
O projeto: 
Constitui uma estrutura modesta e simples, cujo banco em seu interior propõe um lugar 
para sentar e olhar para si mesmo. Fenestrações nas paredes ampliam a relação entre 
interior e exterior e permitem observar o entorno, e sua cobertura é o próprio céu. 
 

 
Vista para o acesso da capela 
 

 
Vista do interior  

4
 
Vista para a área interna