Você está na página 1de 5

Agente etiológico Fatores de virulência Patologias Identificação

 Ácidos teicoicos  Toxinas  Coloração de gram +


(Moléculas antigênicas) Síndrome da pele  Catalase +
 Camada limosa escaldada e  Coagulase +
 Proteína A Síndrome do choque  Ágar Sague (Beta
 Toxinas esfoliativas tóxico hemolítico)
Staphylococcus aureus
(ETA, ETB)  Impetigo  Dnase +
 Toxinas 1 (TSST-1)  Furúnculos  Manitol salgado +
 Enterotoxinas  Foliculite
 Coagulase  Celulite
 Abscesso
 Não possui fatores de  Cistite  Coloração de gram +
virulência bem  Uretrite  Catalase +
definidos (INTERNET)  Pielonefrite  Coagulase -
Staphylococcus
 Novobiocina
saprophyticus
(Resistente)
 Hemolise (Beta
hemolítico)
 Enterotoxinas  Endocardite  Coloração de gram +
 Biofilme  Septicemia  Catalase +
Staphylococcus  Peritonite  Coagulase -
haemolyticus  Infecção urinaria  Novobiocina (Sensivel)
 Pyr +
 Urease -
 Enterotoxinas  Endocardite  Coloração de gram +
 Biofilme  Septicemia  Catalase +
Staphylococcus  Peritonite  Coagulase -
epidermidis  Infecção urinaria  Novobiocina (Sensivel)
 Pyr -
 Urease +
 Ácido lipoteicoico  Impetigo  Coloração de gram +
(Adesão)  Erispela  Catalase –
 Cápsula (composta de  Escarlatina  Hemolise (Beta
ácido hialuronico) Hemolitico)
 Fascite necrosante
 Proteína M  Bacitracina (Sensivel)
 Estreptolisina O e S
Streptococcus pyogenes
 Fibrolisina(Estrepto
quinase)
 Hialuronidases
 SPEC (exotoxina
pirogênica
estreptocócica)
 Ácido lipoteicoico  Gestantes:  Coloração de gram +
(Adesão) Assintomáticas  Catalase –
 Hialuronidases  Recém nascidos:  Hemolise (Beta
Streptococcus agalactiae  Fator de Camp  Meningite Hemolitico)
 Bacitracina
 Pneumonia
(Resistente)
 Bacteremia  Camp Test +
 Cápsula proeminente  Pneumonia ou  Coloração de gram +
 Protease de IgA Broncopneumonia  Catalase –
 Pneumolisinas  Meningite  Hemolise (Alfa
Streptococcus Bacteriana Hemolitico)
pneumoniae  Septicemia  Optoquina (Sensivel)
 Otite
 Sinusite
 Conjuntivite
 Pili (Confere aderência a  Gonorreia  Agar CTA (Fermenta
células epiteliais da (masculina: Glicose)
uretra) uretrite, feminina:  Coloração de Gram -
geralmente  Diplo coco
assintomática)  Motilidade –
Neisseria gonohrroeae
 Conjuntivite (em  Não hemolítico
(Gama)
recém nascidos)
 Aerobio ou
facultativamente
anaeróbio
 Fastidiosa
 Não tem no material  Meningite  Agar CTA (Fermenta
(pesq internet, ta zuada Bacteriana Glicose e Maltose)
agora =d)  Coloração de Gram -
 Diplo coco
 Motilidade –
Neisseria Meningitidis  Não hemolítico
(Gama)
 Aerobio ou
facultativamente
anaeróbio
 Fastidiosa
 Capsula  Meningite  Coloração de Gram -
(Antifagocitaria) Bacteriana  Cocobacilo
 LPS (Inflamação aguda,  Imovel
choque)  Extremamente
 Protease (destrói Fc) fastidiosa
Haemophylus influenzae
 Prova do Satelitismo
 Prova dos fatores de
crescimento (entre os
fatores V e X há
crescimento)

Staphylococcus aureus
FATORES DE VIRULÊNCIA
Camada limosa (ADESÃO): responsável pela ligação da bactéria aos tecidos e corpos
estranhos.
Proteína A: Tem a habilidade de se ligar á porção Fc (Porção não variável) de IgG,
impedindo, portanto que ela sirva de fator de opsonização na fagocitose.
Toxinas esfoliativas (ETA, ETB): Quebram as pontes intercelulares das células
epidérmicas.
TOXINAS1(TSST-1): Estimula a proliferação de linfócito-T e a liberação de citocinas –
produzem poros ou destruição das células endoteliais.
Enterotoxinas: Aumenta a liberação de mediadores inflamatórios, aumenta o
peristaltismo intestinal e perda de fluídos.
Coagulase: As coagulases são enzimas com capacidade para coagular o plasma
sanguíneo através de um mecanismo similar ao da coagulação normal.
PATOLOGIAS
Síndrome da pele escaldada: Descamação disseminada do epitélio
Síndrome do choque tóxico: Doença rara, porém fatal, perigosa para mulheres
menstruadas (devido ao uso de hiperabsorventes, dificulta a detecção da síndrome)
Impetigo: infecção cutânea superficial (podendo ser bolhosa ou não)
Furúnculos: nódulos cutâneos, cheios de pus, grandes e doloridos
Foliculite: infecções cutâneas, envolvendo o folículo piloso
Celulite: Inflamação das células
Abscesso: semelhante ao furúnculo porém sem a parte “sensível” por onde o pus sai.

Staphylococcus saprophyticus
PATOLOGIAS
Cistite: infecção bacteriana na bexiga ou no trato urinário inferior
Uretrite: inflamação ou infecção na uretra
Pielonefrite: infecção do trato urinário ascendente que atingiu a "pielo" (pelve) do rim

Staphylococcus haemolyticus / Staphylococcus epidermidis


FATORES DE VIRULÊNCIA
Biofilme: Comunidades biológicas com um elevado grau de organização, onde
as bactérias formam comunidades estruturadas, coordenadas e funcionais. Perigoso
para pacientes hospitalizados com cateter, prótese e stents.
PATOLOGIAS
Endocardite: Infecção que atinge parte da membrana mais interna do coração.
Septicemia: Também chamada de choque séptico, é uma infecção generalizada por
todo o corpo causada por bactérias.
Peritonite: Inflamação (irritação) do peritônio, o tecido fino que reveste a parede
interna do abdômen e cobre a maioria dos órgãos abdominais.
Infecção urinária: Quadro infeccioso que pode ocorrer em qualquer parte do sistema
urinário, como rins, bexiga, uretra e ureteres. Esse tipo de infecção é mais comum na
parte inferior do trato urinário, do qual fazem parte a bexiga e a uretra.

Streptococcus pyogenes
FATORES DE VIRULÊNCIA
Ácido lipoteicoico (Adesão)
Cápsula (composta de ácido hialuronico), Quimicamente idêntico ao presente no tec.
Conjuntivo, portanto, não imunogênica (não induz resposta imunológica)
Proteína M: Antígeno de superfície que protegem contra fagocitose e morte
intracelular promovida por Células fagociticas, PKN’s (polimorfo nuclear), quando
associada ao fibrinogênio, após isto, este complexo se associa as PMN, provocando a
liberação de metabolitos tóxicos, produzindo uma reação inflamatória inespecífica no
tecido levando a síndrome do choque tóxico [Vaso dilatação -> [PA]\/.
Estreptolisina O: Responsável pela Beta hemolítica.
Estreptolisina S: Responsável pela ação anti fagocitica.
Fibrolisina(Estrepto quinase): Dissolve coagulo formado por ele p escapar do Sistema
Imunologico.
Hialuronidases: Enzimas hidroliticas que degradam componentes da matriz
extracelular desorganizando a estruta dos tecidos.
SPEC (exotoxina pirogênica estreptocócica): são superantígenos e ativam
os linfócitos de forma não especifica, provocando uma resposta imunitária
desapropriada, com febre, e até choque insuficiência de órgãos.
PATOLOGIAS
Impetigo: infecção cutânea superficial (Bolhoso)
Erispela: Infecção aguda associada aos tecidos moles e linfáticos cutâneos (manchas
avermelhadas, bordas escuras, podendo se espalhar pelo corpo.
Escarlatina: Caracterizada por eritema,vermelhidão cutânea e exantema, erupção
cutânea.
Fascite necrosante: É uma infecção rara das camadas mais fundas da pele e tecidos
subcutâneos, espalhando-se facilmente pelo plano fascial dentro do tecido
subcutâneo.(Bactéria comedora de carne).

Streptococcus agalactiae
FATORES DE VIRULÊNCIA
Fator CAMP é considerado como fator de virulência devido a sua capacidade de se
ligar a IgG e IgM, via fração Fc.

Streptococcus pneumoniae
FATORES DE VIRULÊNCIA
Cápsula proeminente, protege da fagocitose e do reconhecimento pelo sistema
imunitário.
Protease de IgA, inativa este tipo de anticorpos presentes nas mucosas.
Pneumolisina: proteínas secretadas que desestabilizam as membranas das células
humanas, destruindo-as. Ativam o complemento, usando-o contra as células do
hóspede.
PATOLOGIAS
Pneumonia: é uma doença inflamatória no pulmão atinge principalmente alvéolos
Broncopneumonia: é uma espécie de pneumonia que ataca normalmente os
brônquios
Otite: é uma infecção do ouvido médio
Sinusite: é a inflamação das mucosas dos seios da face
Conjuntivite: é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste
a parte da frente do globo ocular

Neisseria gonohrroeae
PATOLOGIAS
Gonorreia (masculina: uretrite, feminina: geralmente assintomática)
Uretrite masculina, presença de numerosos polimorfonucleares e de
diplococcos intra e extracelulares é indicativo de gonococo.
Identificação
Motilidade: Indica a presença ou ausência de movimento.
Fastidiosa: Micro organismo fastidioso é aquele exigente em relação a sua
fonte de energia. (Necessárias hemácias lisadas neste caso).
Aeróbio : Que necessita de O2 para produção de ATP.
facultativamente anaeróbio:
Haemophylus influenzae (HIB)
Identificação
Prova do Satelitismo: Positivo quando ocorre o crescimento da HIB ao redor do
S. aureus que lisou as enzimas para ele.
Prova dos fatores de crescimento: Necessário crescimento entre os fatores V
(NAD) e X (hematina), Indicando portanto, positividade para a prova.