Você está na página 1de 4

1

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO


CONSELHO TÉCNICO DESPORTIVO NACIONAL
COMISSÃO NACIONAL DE RALLY

CAMPEONATO SUL BRASILEIRO DE RALLY DE VELOCIDADE 2010

REGULAMENTO GERAL

ARTIGO 1 - DEFINIÇÃO
1.1 - O Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010 estará
aberto a todos os pilotos e co-pilotos (navegadores), devidamente filiados
a CBA, e estrangeiros credenciados pela CBA, após análise de suas licenças
de origem.

1.2 - O Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010 será


disputado por pilotos e co-pilotos (navegadores) individualmente,
respeitadas as suas categorias.

1.3 - O Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010 será


disputado em 02 (duas) etapas com 04 (quatro) provas, conforme
calendário aprovado pela CBA.

1.4 - As 04 (quatro) provas que comporão o Campeonato Sul Brasileiro de


Rally de Velocidade 2010 serão as mesmas do Campeonato Brasileiro de
Rally de Velocidade 2010, que possuirão as suas classificações
independentes.
2

1.5 - Os itens que não estiverem definidos neste Regulamento seguirão o


Regulamento Desportivo e Técnico do Campeonato Brasileiro de Rally de
Velocidade 2010 para as categorias existentes no Campeonato Brasileiro e
do Campeonato Gaúcho de Velocidade 2010 para as suas categorias e o
Regulamento Particular de cada etapa.

ARTIGO 2 - INSCRIÇÃO
Os concorrentes ao se inscreverem nas etapas do Campeonato Brasileiro
de Rally de Velocidade 2010 estarão automaticamente inscritos no
Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010.

ARTIGO 3 - PROVAS
O Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010 será composto
pelas seguintes etapas e provas conforme abaixo:
1ª. etapa - 1ª. e 2ª. provas - Estação - 22 e 23 de outubro;
2ª. etapa - 3ª. e 4ª. provas - Pomerode - 19 e 20 de novembro.

ARTIGO 4 - CATEGORIAS
O Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade 2010 será composto
das categorias existentes no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade
2010 e das categorias existentes no Campeonato Gaúcho de Rally de
Velocidade 2010.

ARTIGO 5 - ORDEM DE PARTIDA


5.1 - O competidor que não completar a 1ª. prova de uma etapa, poderá
reingressar na 2ª prova da etapa.
3

5.2 - O competidor que reingressar para a 2ª. prova de uma etapa,


independente da sua categoria, largará no final do pelotão, após o último
competidor.

ARTIGO 6 - CLASSIFICAÇÃO
6.1 - A classificação final do Campeonato Sul Brasileiro de Rally de
Velocidade 2010 será o somatório do resultado das 04 (quatro) provas
com o descarte do pior resultado (N-1).

6.2 - Só obterão pontuação ao final do Campeonato Sul Brasileiro de Rally


de Velocidade 2010, os concorrentes que tenham largado em pelo menos
03 (três) provas.

6.3 - Serão declarados campeões do Campeonato Sul Brasileiro de Rally de


Velocidade 2010, o piloto e o co-piloto que obtiverem o maior número de
pontos em suas respectivas categorias.

ARTIGO 7 - DESCARTE
7.1 - Para a disputa do Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade
2010, em todas as categorias, será computado os pontos obtidos nas 04
(quatro) provas com o descarte do pior resultado (N - 1).

7.2 - Os descartes serão de provas realizadas e não necessariamente o


concorrente terá que participar de todas.

ARTIGO 8 - PREMIAÇÃO
8.1 - A premiação do Campeonato Sul Brasileiro de Rally de Velocidade
2010 será independente da premiação do Campeonato Brasileiro de Rally
4

de Velocidade 2010 e do Campeonato Gaúcho de Rally de Velocidade


2010.

8.2 - Nas provas serão premiados os concorrentes classificados do 1º ao 3º


lugar de cada categoria;

O presente Regulamento foi elaborado pela Comissão Nacional de Rally,


aprovado pelo Conselho Técnico Desportivo Nacional e homologado pelo
Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo.

Rio de Janeiro, 29 de Setembro de 2010.

Conselho Técnico Desportivo Nacional Confederação Brasileira de Automobilismo


Nestor Valduga Cleyton Tadeu Correia Pinteiro
Presidente Presidente