Você está na página 1de 11
DRENAGEM URBANA ‘A. PLANEJAMENTO DA DRENAGEM URBANA, Em sentido amplo, planejamento ¢ a atividade cestinada a resolver ot problemas de uma: ‘unidade, através de considerages ordenadat, que envolvem desde uma concepeio inical até um pro tama de obras, considerado um espaco determinada efixado um peciodo de planejamento ca arenagem urbana, conforma a exposicgo ini integrads, considerando os outros melhoramentos urbanos 6 os planas regionais, quando existrem. ‘Apés estarem determinadas as interdependincias entre o sistema de drenagem urbana e outros sstemn urbanos # regionas, o primero pode ser alva de um planejamento expecifien Tal planejamento deve ser feito sob critérias bem estabelecidos, oriundos do uma politica da administraco publica, apoiada em regulamantos adequodos. Essa politica w ees ragulamentos de ender as peculisridades locals, fisicas, ecanbmicas & socias. © planejamento deve leva 0 projeto de um sistema de drenagem exequtiel,Wenica e econdmicamente eiciemte, max zando os beneficios e minimizando 0s custos, caerente com outros plans setorais, © que atenda os ancoios da colatividade, O sistema de drenegem deve ser considerado coma compasto por dois sistemas stints, que ever ser planeiados e projetados sob critéros diferenciados sistoma de drenager inicial, ou de micro-drenagem, ou ainda coletor de dgues pluviais, ‘aquele composto pelos pavimentos das russ, guis esaretas, bacas de lobo, galeria de douas pluvis& fambém canais de peavenas dimensfies. Ese sistema é dimensioniado para o escoamento de aguas pl. Vials cuja ccoréncia tem periodo-de retamo variando entre 2 e 10 anos. Quando bem projetaco, mina praticamente at iundagbes na drea urbana, evitando as interferéncias entre as enxurradas eo tr ogo do pedestres © veiculos, e danos ds propciedades sistema de macro-drenagem & constituido, em geral, por canals de maiores dimensbes, pro Jetados pare cheias cujo perioda de retarna deve estar préximo de 100 anos. Quando este sistema & ‘bem projetado pode-s0 obter diminuicdo considerivel do custo do sistema inical, reduzindo-se por sxemplo, a extensfo das tubulacdes entorradas, Do seu bom funcionamento dependem. essenciali te, a seguranca @ a salide publica, Quando este sistema rio ¢ projetad, ele existe naturalmente pois as cholas escoam pelas depresses topograticas e pelos cursos de aguas naturas. Se 3 rea urbana no so desenvolver de forma cooranto com tais fatos, so grandes os riscos de prejuizas materias,e de perds de vides humranes. A urbanizaco das baixadas marginais aos cursos de agua, por exemplo, deve ser feita cautelosamente, Som um projeto adequado de arenagern dessasdreas,« comunidade seré onorado, ‘no futuro, por altos custos decorrentes de manutoneZo © de corre tema de drenagem inade {quado. Por out lado, ¢ bastante provivel que essas baixadas se prestem melhor verdes e pare fins de recreac3o lazer car feta de forma 8, FUNDAMENTOS DO SISTEMA DE DRENAGEM O sistems de drenagem urbana e portanto de prevenco de inundacdes, tundaments-se no 0 em planos, projetos obras, mas também em legietaeo e medidas que compreendem © Codigos, leis « regulamentas Sabre odificacdies, zoneamento, parcelamento & loteamento do solo e também cédigos sanitrios ( Fiscalizacdo da administracdo pibliea nas dreas urbanizadas e edificadas, bem como 9 ros de reurbanizaco e renovaco do dreas deterioradas 1 Declaracdo de utlidade publica e desapropriardo de dreas ovioses, ou assoladas por inu aes frequentes LPLANEJAMENTO Esses dispositivos $80 particularmente importantes quendo se referem és baixadas consti sas por planicies sedimentares marginals aos cursos de gua. Como so inundadas durante as cheies, us ccaparo deve ser restringida através dos sequintes meios «© Zoneamento com delimitagSo clara das éreasfrequentemente inundadss, «© Fixagdo de cotas aquém das quels 8 ocupsciio & desaconsethada ou mesmo vedads, (© Restrigdo de acesso ds dre sueitas a inundacies. Restrigo por parte de érgos pablicos de financismento, pare empreendimentos de ocu- acdo das barxacts, Impedimentos a expansio de outros servigos pabicus: agua, esgotos, luminago public, etc Estado de dreas alternatives pare os empreendimentos em cogitacéo, 4 Fixacfo de incentives fiscais pare que os terrenos inundéveis permaneeram ocisos, COutras medidas podem ser tomadas para evtar ou remeciar as inundapbes, como © Obras hidréulicas de controle, amortecimento ou reterdamento de cheas «Recursos de protecSo local contra inundaGes, como comportas, vélvuls, ee ‘© Planos de emergncie contra inundacdes, compreendendo diques de sacos de are, esque mas de evacuac30 da populacéo, etc. ‘© Planos de asssténcia social, compreendendo socorro & populace pelo fornacimento de abrigo,alimantaco, ajuda financeira, etc ‘© Iseneio de impostos e taxas Bs pessoas eds propriedades atingicas Por outro lado, 0s planos urbanfsticos e de expansio de servigas piblicos devem se orientor eto plana da deenagem urbana, de forma que’ ‘# As éraas potenciaimente inundéveisseiam bem canhecidas e perfeitamonte delimitadas em mapas oficias. © Aexpansdo de servigos psblicas nessasdreas sea rectringida 20 maximo. E interessante que se cisponha de uma ofganizaplo técnica @ administrativa voltada para & plentagio do sisterna de drenagom urbana, o que possibilitard, por exemplo: ~ 19 4 inclusio nas leis de zoneamento, nos cddigos de edificagdes e em mapas oficias, de Iindicacéesclaras respsito das dreassujetasa inundactes, © Manutensao @ atualizacio permanente de cadastro dos projetos © das obras executadss, ‘com pormenores. ‘© Porticipacio na elaborario de plant regionais que possim interferir com o sistema de ‘renagem e contiecimento pleno de tais pianos. DRENAGEM URBANA © Cooperacio com entidades responsiveis por previsées meteorolégicas, medigSes hidro\S- icase prevsies de cheias. '* Desenvolvimento de programas de coleta de dados a respeito de prejutzos causados por nudges. ' Orientacdo © superviséo dos ervipos de construgZo e manutencio do sistema de deenagem. Evidentemente a criagio desss organizaedo depende do comprometimento de pessoal téeni- 0 € de recursos financeicos. 2, VANTAGENS DO PLANEJAMENTO AA principal vantage do planejamento, aplicada 20 sistema de crenagem urbena, refere-se 8 ‘obtencio simultsnea de menores custos « melhores resultados, . A elaboreio de um bom plano de crenagem & um assunta complexo, pois logo de inicio dover ser adotads critéros bisicos de planejamento, para o sistema de dreragem inicial, pare o siste- rma de macro-drenagem e para 0 programa de desonvolvimento das obras. Freqientemente existem ‘nterferéncias com planos regionas, por exemplo os de aproveitamento e controle de recursos hidricos, As restrgGes orgamentirias nem sempre sSo bem definidas, © @ progcamagio das obras fica prejudicada, Quando do projeto de novos loteamentos residenciais, antes mesmo de locapdo das quadras, «© das ruas, 0 sistema de drensgom dove ser estudad @ adotador alguns citérios bésicos. Nesta etapa de estudo so tomadas decisdes que influirdo bastante no custo do sistema de crenapem. Se existem {reas freqentemente inundiveis, por processo°hidrolégico e hidréulico natural, tal fato deverd ser pprudentemente considerado antes de e decidir a ocupagéo dessas area. Quanto mais cedo as questées da drenagem forem examinades, melhores resultados poderBo 8 obtidos do plano urbantstico, Ao se estudar terdiamenteo sistema de drenagem, ou s ee for pro- jtado considerando-se objetivos de curto prazo, as repercussbes para 2 comunidade serSo sempre ne- ‘ati, A coleta de dados e informardo para o planejamento de um sisteme de drenagem & uma fase Jimportante, mas deve sempre deservolverse em paralelo cam a formulaedo de esqueras iniciais do sistema, de citérios bésioos de dimersionamento,e do exame de problemas de operacdo e manutongso, ‘Com tal procedimento evita.saa oxecueio de levantamentas desnecesséios ou de menor importéncia, 3. BENEFICIOS INDIRETOS 0 sistema de drenagem proporcione beneficios indiretos importantes, quando bem projeta- 0. A érea urbane se desenvolve de forma ordenad, a salvo de inundagEes eda prejutzas ao tréfego oe Pedestres @ veiculos. Alguns benetfcios indiretas, @ seram considerados no planejamento, 330 0s soguintes: '¢ Reduodo do custo de construgdo e manuteneso das ruas. ‘© Methoria do tréfego de veiculos durante as chuvas,