Você está na página 1de 3

ESQUEMA BÁSICO DE ARTIGO CIENTÍFICO1

TÍTULO (coloque-o na parte superior central da primeira página do


Artigo; escolha um título que identifique o mais objetivamente o
assunto e o enfoque que está sendo conferido; caso o Artigo seja o
reaproveitamento ou a recomposição de texto de palestra ou
conferência que Você proferiu, indique este fato em nota de rodapé.
A prática ensina que não costuma ser conveniente estabelecer o título
definitivo antes de se iniciar a pesquisa e sem que se tenha encerrado
totalmente o texto. Um bom título certamente surgirá quando o Autor,
antes de enviar ou entregar o Artigo, fizer uma leitura final do seu
texto).

AUTOR (coloque seu nome completo logo abaixo do título, à direita;


faça uma nota de rodapé identificando os aspectos principais de sua
atividade profissional ou acadêmica – se for Aluno, somente
identifique na nota de rodapé, a Disciplina para a qual o Artigo está
sendo feito, indique o Professor da Disciplina, a fase ou série que
Você está cumprindo e o Curso e Instituição Universitária respectiva).

SUMÁRIO (item opcional, justificado somente em artigos mais


extensos; quando for o caso, nele são registradas sequencialmente
as denominações dos tópicos e subtópicos do texto, com as mesmas
palavras constantes no conteúdo).

RESUMO e ABSTRACT (as Revistas Científicas costumam exigir um


sintético resumo do conteúdo do Artigo em português e em inglês -ou
outro idioma-, proporcional ao tamanho do Artigo; quando for o caso,
cumpra este item, colocando-o ao intervalo de três ou mais linhas em
branco, após o nome do Autor).

PALAVRAS/EXPRESSÕES CHAVE e KEY WORDS (escreva as


Categorias básicas do Artigo Científico – de 2 a cinco, em Português
e em Inglês).

1
Conforme PASOLD,Cesar Luiz. Metodologia da Pesquisa Jurídica: Teoria e
Prática. 13 ed. rev. atual.amp.Florianópolis: Conceito Editorial, 2015, p. 165 a 169.
INTRODUÇÃO (inicie após intervalo de duas ou três linhas em
branco logo depois das Palavras/Expressões Chave- Key Words ; a
Introdução deve esclarecer sinteticamente a importância, o Objeto,
os Objetivos do artigo, a delimitação teórica, bem como as Categorias
ou termos estratégicos utilizados e seus Conceitos Operacionais.
Além disto, indica-se a Metodologia, tornando claro quais foram os
procedimentos adotados nas fases de Investigação, Tratamento dos
Dados Colhidos e de composição do Relatório, identificando ainda, a
(s) Técnica (s) utilizada (s).)
DESENVOLVIMENTO DO CONTEÚDO (apresentar o conteúdo do
Artigo, dividindo-o em tópicos com denominação destacada, somente
em Artigos de mais de cinco páginas2).
CONSIDERAÇÕES FINAIS (que se constitui em síntese do exposto,
seguida ou não de estímulos à continuação dos estudos sobre o
Tema tratado, que somente terá tal denominação explicitada em
Artigos com mais de cinco páginas. Nos Artigos de tamanho inferior
basta o Autor principiá-la com formulações, tais como: “Enfim, como
se procurou demonstrar [...]”, ou “Finalizando este Artigo, pontuamos
como relevantes os seguintes aspectos: [...]”; ou outras que a sua
criatividade ditar e que permitam ao Leitor verificar que se tratam de
considerações finais).
REFERÊNCIAS DAS FONTES CITADAS (listar, obedecendo às
normas da ABNT, somente os livros/artigos/ensaios/repertórios
jurisprudenciais e demais Fontes efetivamente e nele citadas)3.

2
Quanto às notas, Você deve optar entre colocá-las em rodapé de página ou ao final do
Artigo, e neste caso antes das Referências das Fontes Citadas, conforme determinarem as
instruções da revista científica a que ele se destina; se for somente para efeitos de trabalho
escolar, coloque-as antes das Referências das Fontes Citadas. Mas, se as instruções oficiais da
revista para a qual você encaminha o seu artigo dispuserem de modo diferente do acima,
cumpra-as.
3 Veja, em detalhes, a diferença entre “Referências Bibliográficas” que recomendo tenha a
denominação Referências das Fontes Citadas (=lista dos livros e outras fontes bibliográficas
efetivamente citadas ao longo do trabalho) e “Bibliografia” (= lista de todos os livros e outras
fontes bibliográficas utilizadas na composição do trabalho, independentemente de terem sido
explicitamente citados ao longo do trabalho) em: HÜBNER, Maria Martha. Guia para elaboração
de Monografias e Projetos de Dissertação de Mestrado e Doutorado. São Paulo:
Pioneira/Mackenzie, 1998. p. 24. No Artigo Cientifico recomendo que o Autor faça Referências
das Fontes Citadas!
ATENÇÃO:
CONSELHOS PRÁTICOS SOBRE O “ESQUEMA BÁSICO DE
ARTIGO CIENTÍFICO”
1. A utilidade básica deste Esquema: servir de roteiro para a
composição de Artigo Científico.
2. Salve este Modelo como arquivo base em seu computador sob o
nome “ARTIGO CIENTÍFICO” e denomine depois cada um dos arquivos
de Artigos que forem sendo elaborados; imprima-o nas vias necessárias
para remessa à revista científica e/ou entrega ao Professor e mais uma via
de reserva para o caso de um “acidente computacional”.
3. Ao compor o Artigo Científico somente escreva literalmente o
comando de item que está em letras maiúsculas em negrito no Esquema
retro; não transcreva o que está em Itálico no Modelo, mas cumpra a
recomendação ali contida;
4. Tanto na pesquisa quanto no tratamento dos dados e na redação
do Artigo Científico utilize as diversas Técnicas que aprendeu neste Livro
e em outras fontes.

=====================================