Você está na página 1de 11

I.T.Q.

-INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR

JOÃO MARCOS
RAMISÉS NERY

METODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS

RECIFE-PE

2018
ALUNOS:

JOÃO MARCOS

RAMISÉS NERY

MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS

Trabalho apresentado para

Avaliação na disciplina de Métodos

de Estudos Bíblicos do curso livre de

Teologia do Instituto Teológico

Quadrangular ministrado pelo

Professor Adelson Araújo. .

RECIFE-PE

2018
SUMÁRIO

1.Introdução

2.Objetivos

2.1.Geral

2.2.Específicos

3.Método Sintético

4.Método Analítico

5.Método Indutivo

6.Método Morfológico

7.Método Temático

8.Método Biográfico

9.Conclusão
1.INTRODUÇÃO

Neste trabalho vamos analisar e entender os métodos de estudos bíblicos


quanto a sua maneira de destacar e agrupar o conjunto de informações fornecidas
pelos evangelhos da bíblia facilitando a compreensão da mensagem bíblica a qual o
autor quis revelar.

2.1.Geral

Mostrar a importância de cada método apresentado e como devemos


introduzir em nosso ministério.

2.2. Especifico

Reconhecer a necessidade do estudo bíblico para adquirir sabedoria,


transformação e comunhão com DEUS.

Identificar as diretrizes para uma leitura correta da bíblia.

Revelar e praticar a observação,interpretação e aplicação do conhecimento


bíblico.
3-Método Síntetico

Livro: João Capítulos: 21

Número de vezes lido: 1

Descobrimento: Apresentar a vida de Jesus de tal modo que os incrédulos


possam ir a ele pela fé e os cristãos desenvolver sua fé em Cristo como o
messias e o filho de Deus que desceu do céu.

Autor:O próprio João

Estado emocional:

Data: Primeiro século entre 85 e 95 D.C.

Local: Éfeso

Principais personagens: Cristãos de Éfeso e arredores.

Regiões graficas: Éfeso na Ásia.

Outras informações:

A titulo de outras informações podem-se destacar 8 características


principais do evangelho de João:

-Jesus como filho de Deus

-A palavra “crer” aparece 98 vezes

-A “vida eterna” como conceito chave

-O encontro de pessoas com Jesus

-O ministério do espírito santo

-A “Verdade”. Que Jesus e a verdade

-A importância do numero 7 nesse evangelho

-O emprego de outras palavras de destaque


como:”luz”,”palavra”,”carne”,”amor”,”conhecer” e “trevas”.
4- Método Analítico

Livro: Evangelho de João Capítulo: 15

1 – Número de vezes lido: 03

2 – Descobrimento: Jesus como “ O filho de Deus”.

3 – Divisão em tópicos: Os sinais e Sermões de Cristo Diante de Israel e a


sua Rejeição; A revelação de Cristo a Israel; Primeiro Sinal; A Água
Transformada em vinho; Interlúdio; Testemunho Inicial aos Judeus em
Jerusalém; Festa em Jerusalém (Páscoa). Método Analítico: João (2. 1-25).

4 – Versículos: “O que diz?”

5 – Correlação: “Onde mais é encontrado?” Vers. 13 –25 Jesus purifica o


templo Mt 21-17; Mc 11.15-18; Lc 19.45-48.

6 – Resumo Geral: a purificação do templo foi o primeiro grande ato


público do ministério de Jesus e também o último. Com grande
indignação. Ele expulsou da casa de Deus os ímpios, os avarentos e os que
invalidavam o verdadeiro propósito espiritual dela. A dupla purificação do
templo, efetuada por Jesus durante seu ministério de três anos, indica
quão importante são suas lições espirituais.

7 – Aplicação Pessoal: aprendemos a revelação mais funda e como Jesus


amava seus discípulos.
5-Método Indutivo

Método Indutivo: João 6. 1-15

PALAVRAS PERGUNTAS RESPOSTAS DEFINIÇÃO


MULTIPLICAÇÃO Qual sentido da Mostrar o milagre Que ele era
multiplicação? do Pai (Deus) verdadeiramente,
o profeta.
Partiu Para onde? Para o outro lado Mais Jesus estava
do mar da acompanhado de
galileia. uma grande
multidão.
Páscoa O que seria a Festa dos Judeus A Páscoa estava
Páscoa? próxima.
Sinais Como foi esse A multiplicação Uma grande
sinais? dos pães e peixes. multidão seguia
Jesus pelos sinais
que ele operava
sobre os enfermos.
Graças O porquê dá Porque Jesus deu Não se deve só
Graça? Graças ao Pai querer, tem que
para realizar o pedir a permissão
milagre. de Deus para
realizar seu feito.
Recolher Recolheram o Os pedaços que Deve recolher,
que? sobejaram, para para que não
não perde. venha a se
estragar.
Saber Jesus sabia que Sim, devido que a Jesus ele é
iria realizar o multidão estava conhecedor de
milagre? muito tempo tudo, por isso
seguindo e sabia a todo o
ouvindo seus momento, à hora
ensinamentos. certa de realizar o
milagre.
5 – Resumo Geral: milagres são operações de origem e caráter
sobrenaturais, pode ser um sinal distintivo ou marca da autoridade divina.

6 – Aplicação Pessoal: Que devemos deixar sempre Deus agir em nossas


vidas sem duvidar.
6- Método Morfológico

1 – Palavra – Milagre

2 – Definição em português – Acontecimento extraordinário, incomum ou


formidável que não pode ser explicado.

3 – Comparação com outras traduções – A (Nova) Tradução para a


Linguagem de Hoje (TLH/NTLH) (1988)

4 – Significado original da palavra – ato ou acontecimento fora do comum,


inexplicável pelas leis naturais.

Palavra no contexto da passagem: João 6:2 – E grande multidão


continuava a seguir-lo, porque vira os sinais milagrosos que ele tinha
realizado nos doentes.

5 – Ocorrência na bíblia: A Palavra Milagre aparece 66 vezes

10 vezes João

18 vezes Lucas

20 vezes Mateus

18 vezes Marcos

6 – Aplicação pessoal – tudo que Deus faz é perfeito, e tem seu intuito de
realizar seu milagre, para se mostrar como Deus que realizar feitos e mais
ninguém.
7-Método Temático

1 – Tema: filho de Deus

Referências bíblicas – 1 João 3:1; João 1: 12-13; Romanos 8:16; Gálatas 3:


26-27; Gálatas 4: 4-5.

2 – Perguntas:

O que devemos anunciar?

O que devemos acreditar?

O que o pecador vai ver quando anunciarmos a palavra de Deus?

Existe algum dia que não podemos proclamar a salvação?

O que significa a plenitude?

3 – Resposta

1 João 3:1 – que fôssemos chamados filhos de Deus

João 1: 12-13 – que somos e recebemos o poder de sermos filho de Deus

Romanos 8:16 – o nosso espírito testifica que somos filhos de Deus

Gálatas 3: 26-27 – não, pois somos revestido pelo poder de cristo para
proclamar o evangelho.

Gálatas 4: 4-5 – para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de receber
a adoção de filho.

4 – Resumo geral: que basicamente, com relação o Filho de Deus, nos


mostra que Deus, ou seja, Jesus veio com um propósito de mostrar que
Deus ele nos ama a cima de qualquer coisa e que devemos anuciar seus
ensinamentos.

5 – Aplicação pessoal: devemos levar e proclamar o evangelho de Deus a


toda criatura.
8-Método Biográfico

1 – Personagem: João

2 – Referências Bíblicas: Mateus 3.3-17, Mateus 14. 1-12; Lucas 1.5-25, 57-
80

3 – Esboço Cronológico: Nascimento 7 a.C – 2 a.C Circuncidado ao oitavo


dia de nascido. Aos 6 anos iniciou seus estudos. Aos 14 anos houve
mudanças no ensino 18 para 19 anos perde o pai, Morre no sexto mês do
ano 26 d.C.

4 – Principais fatos: Mexeu na barriga quando Maria se aproximou João


era filho de sacerdote Batizou Jesus Prisão e Morte.

5 – Resumo: João foi o último profeta que anunciou a vinda de Jesus. Era
primo de Jesus e preparou o caminho para seu ministério. Ele pregava que
as pessoas precisavam se arrepender de seus pecados para serem
perdoadas. João passou a anunciar Jesus como Messias Seu trabalho
preparou os corações do povo para receber Jesus.

6 – Aplicação pessoal: João teve um chamado desde o ventre da sua mãe


e da mesma forma somos nós. Se tivermos esse chamado devemos
anunciar as boas-novas. Fomos escolhidos no ventre da nossa mãe,
chamados para falar do amor de Jesus.
9-Conclusão

Quando estudamos a palavra de Deus, através dos livros da bíblia,


desvendamos as riquezas que Deus revelou aos homens escolhidos em
tempos antigos, e que de geração em geração se revela também na
modernidade, instruindo nossas vidas.