Você está na página 1de 2

"antes de ser afligido andava errado, mas tenho guardado a tua palavra"

(Sl 119:67)

INTRODUÇÃO:

Deus tem muitas formas de trabalhar no homem. Embora, ele tenha muitos métodos para agir em favor do

homem. Um dos mais conhecidos é exatamente a aflição. Ela tem o poder de mudar convicções e comportamentos no ser

humano. A aflição é uma das formas mais eficazes que Deus tem para falar ao coração do homem! Os profetas na

antiguidade tinham seus jeitos para falar com a nação de Israel, geralmente para ficar mais precisa sua comunicação, eles

usavam a encenação como uma forma de prender a atenção do povo para lhes anunciar as palavras de Deus; Embora seja

doloroso, Deus sabe que estaremos mais sensíveis a Ele nos momentos onde os ondas das tribulações se levantam e

começam a afundar nossos barcos nos oceanos da vida que outrora navegava em aguas tranquilas. Nesses momentos,

estamos abertos a uma palavra de conforto diante daquela tormenta. Geralmente, elas tocam nosso ponto mais sensível,

em um lugar onde dói mais em nossa alma prendendo nossa atenção a voz de Deus.

O efeito disso é a predisposição em reaprender quando nossas mentes estão fechadas. Nesse momento, estamos

novamente abertos a um aprendizado mais útil e relevante para a vida. Agradou ao próprio Deus ensinar a Paulo por meio

dessa matéria tão sublime. É tão verdade isso que podemos ver o Apostolo dizer: “Aprendi a viver contente em qualquer

circunstância”. Paulo foi um bom aluno no ensino de Deus e se graduou na universidade mais importante de todas, a

universidade da vida, pois ele tinha o próprio Jesus Cristo como seu professor e amparo em suas aflições.

Os objetivos principais desse momento é, sobretudo, fazer com que coloquemos nossa confiança e esperança em

Deus com uma entrega verdadeira como também o crescimento espiritual que é agradável a Deus, que deseja que

tenhamos autocontrole das emoções e dos impulsos, agindo diante das pessoas e das circunstâncias de forma sábia e

racional. O leão dentro da sua irracionalidade ex

1- Quais são a natureza dessas aflições?

Para poder entender a natureza dessas aflições, deve-se compreender o sentido da palavra que foi usada para

que possa ficar mais claro. A palavra usada em Hebraico para “afligir” é “anah” que quer dizer: “deprimir” ou “humilhar”. A

palavra traz o sentido de um tratamento severo e doloroso que deixa a pessoa nesse estado de desgaste. A ideia que passa

é de “alguém que é menosprezada” ou de “intimidação por meio de palavras ou um olhar”.


I- QUE TIPO DE PESSOA ERA O SALMISTA ANTES DA AFLIÇÃO. "...andava
errado..."
1- Era alguém que vivia pecando de forma ignorantemente e inadvertidamente;

“ Se alguém pecar sem se dar conta, fazendo algo que é proibido pelos mandamentos do
SENHOR, torna-se culpado e deverá arcar com a falta”. (Lv 5:27)

“Ele morrerá, porque desavisadamente andou, e pelo excesso de sua loucura se perderá.” (Pv 5:23)

“tira sobre mim o opróbrio e o desprezo, pois guardei os teus testemunhos”. (Sl 119:22)

2- Alguém que precisou do perdão de Deus e uma chance para fazer o que é certo;

“Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, em
todo lugar, que se arrependam” (Atos 17:30)

II- QUEM SE TORNOU O SALMISTA APÓS AQUELA AFLIÇÃO. "...mas tenho


guardado a tua palavra"
1- Um homem espiritual e prudente, porque somente alguém assim está disposto a se importar
com as palavras ditas por Deus;

"Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que
construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos
e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha. Mas quem
ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa
sobre a areia. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela
casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda". (Mt 24:27)

“Quando a tua Palavra foi encontrada, eu comi cada frase e as digeri em meu íntimo; elas me
nutrem dia após dia, são minha satisfação e júbilo maior; porquanto teu Nome foi invocado sobre
mim, isto é, pertenço a ti!” (Jr 15:16)

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e


meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.” (João 14:23)