Você está na página 1de 11

Página inicial / Meus cursos / CP-2018-2 / Módulo II / Exercícios de Fixação - Módulo II

Iniciado em Terça-feira, 18 Dez 2018, 14:34


Estado Finalizada
Concluída em Terça-feira, 18 Dez 2018, 14:59
Tempo 25 minutos 6 segundos
empregado
Avaliar 100,00 de um máximo de 100,00

Questão 1

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

A aplicação do contrato de gestão para _________ foi a pioneira, já que precedeu a Emenda
Constitucional nº 19/98 e a Lei nº 9.649/98. O objetivo desta aplicação é diverso das demais
aplicações, já que _________ a autonomia da organização mediante a fixação de metas a
serem atingidas. Qual alternativa completa corretamente as lacunas no texto acima?

Escolha uma:
a. Organizações Sociais, limita. 

b. Órgãos e entidades públicas; amplia.

c. Organizações Sociais; amplia.

d. Agências Executivas; limita.

Resposta: letra “A”.

A aplicação do contrato de gestão para as Organizações Sociais foi a pioneira, já que a Lei nº
9.637/98 foi editada duas semanas antes da Emenda Constitucional nº 19/98 e três semanas
antes da Lei nº 9.649/98. O objetivo desse tipo de contrato de gestão é diverso das demais
aplicações: limita-se a autonomia de organização privada sem fins lucrativos mediante a
fixação de metas a serem atingidas, que usará, em contrapartida, recursos orçamentários,
financeiros, materiais ou humanos públicos (Módulo 2, Unidade 1, Contrato de Gestão, Para
Organizações Sociais).

A resposta correta é: Organizações Sociais, limita..


Questão 2

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Assinale Verdadeiro ou Falso:

Pode ser celebrado termo de execução descentralizada visando ao


ressarcimento de despesas entre um órgão integrante do Orçamento Fiscal Verdadeiro
e uma entidade integrante do Orçamento da Seguridade Social, embora 
admitida nessa hipótese a dispensa da formalização do instrumento.

Resposta: Verdadeiro.
Conforme vimos, termo de execução descentralizada é o instrumento por meio do qual é
ajustada a descentralização de crédito entre órgãos e/ou entidades integrantes dos
Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, para execução de ações de interesse da
unidade orçamentária descentralizadora e consecução do objeto previsto no programa de
trabalho, respeitada fielmente a classificação funcional programática. Nessa linha, a
celebração de termo de execução descentralizada deve atender à execução da descrição da
ação orçamentária prevista no programa de trabalho e pode ter como finalidade o
ressarcimento de despesas entre as unidades, admitida a dispensa da formalização do
instrumento para essa finalidade (Módulo 2, Unidade 2, Termo de Execução Descentralizada).

A resposta correta é: Pode ser celebrado termo de execução descentralizada visando ao


ressarcimento de despesas entre um órgão integrante do Orçamento Fiscal e uma entidade
integrante do Orçamento da Seguridade Social, embora admitida nessa hipótese a dispensa
da formalização do instrumento. → Verdadeiro.
Questão 3

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Assinale Verdadeiro ou Falso:

Os Entes consorciados comprometem-se a fornecer os recursos


financeiros necessários à realização de despesas do consórcio público por Verdadeiro
meio de contrato de rateio, que é o único instrumento hábil para essa 
entrega de recursos ao consórcio.

Resposta: Verdadeiro.
Contrato de rateio constitui o compromisso de os Entes consorciados fornecerem os recursos
financeiros necessários à realização de despesas do consórcio público. Assim, é o único
instrumento hábil para os Entes consorciados entregarem recursos ao consórcio (Módulo 2,
Unidade 3, Contrato de Rateio).
A resposta correta é: Os Entes consorciados comprometem-se a fornecer os recursos
financeiros necessários à realização de despesas do consórcio público por meio de contrato de
rateio, que é o único instrumento hábil para essa entrega de recursos ao consórcio. →
Verdadeiro.
Questão 4

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Julgue os itens abaixo quanto à relação entre contrato, convênio e consórcio público e marque
a sequência correta:
I – Nos contratos, via de regra precedido de licitação, o Estado almeja atender a uma
necessidade pública e o particular deseja auferir lucro, só podendo ser rescindido nas
hipóteses previstas em lei.
II – Nos convênios, os quais não dependem de prévia licitação ou autorização legislativa, as
partes cooperam para o alcance dos interesses comuns, podendo ser denunciado a qualquer
tempo, com uma das partes abandonando a cooperação, que permanece em vigor se
remanescer ao menos dois integrantes.
III - Nos consórcios públicos, as partes formam uma pessoa jurídica autônoma, o que não
ocorre nos convênios e nos contratos.

Escolha uma:
a. V, V, F.

b. V, V, V. 

c. F, F, V.

d. F, F, F.

Resposta: letra “B”.


Todas as colunas encontram-se em consonância com o que estudamos no curso. Deveras, os
ajustes convênios e contratos diferenciam-se pelos interesses das partes envolvidas. Nestes o
Estado almeja atender à necessidade pública, o particular deseja auferir lucro e o contrato, via
de regra precedido de licitação, só pode ser rescindido nas hipóteses previstas na lei. Por sua
vez, naqueles as partes cooperam para o alcance dos interesses comuns e o convênio, que
não depende de prévia licitação ou autorização legislativa, pode ser denunciado a qualquer
tempo, com uma das partes abandonando a cooperação, que permanece em vigor se ainda
remanescer ao menos dois integrantes. Os convênios diferenciam-se, outrossim, dos
consórcios públicos que veremos na última unidade deste módulo, uma vez que nestes as
partes formam uma pessoa jurídica autônoma e naqueles (bem como nos contratos) essa
constituição não ocorre (Módulo 2, Unidade 2, Convênio). Unidade 3, Consórcio Público.
A resposta correta é: V, V, V..
Questão 5

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Quanto à aplicação do contrato de gestão, uma Agência Executiva só não pode:

Escolha uma:
a. Ter celebrado contrato de gestão com periodicidade semestral, estabelecendo
objetivos, metas e indicadores de desempenho da entidade, os recursos necessários e os
critérios e instrumentos para a avaliação do cumprimento. 

b. Realizar uma compra ou serviço comum de até R$ 16.000,00 por contratação direta.

c. Ter recebido essa qualificação em virtude de ter celebrado Contrato de Gestão com o
respectivo Ministério supervisor e possuir plano estratégico de reestruturação e de
desenvolvimento institucional em andamento.

d. Realizar uma obra ou serviço de engenharia de até R$ 30.000,00 por contratação


direta.

Resposta: letra “A”.


A Agência Executiva não pode ter celebrado contrato de gestão com periodicidade semestral,
já que o art. 52, § 1º, da Lei nº 9.649/98 exige uma periodicidade mínima anual. As demais
alternativas estão corretas, conforme o art. 51, caput, da Lei nº 9.649/98, e o art. 24, I, II e § 1º,
da Lei nº 8.666/93 (Módulo 2, Unidade 1, Contrato de Gestão, Para Agências Executivas).
A resposta correta é: Ter celebrado contrato de gestão com periodicidade semestral,
estabelecendo objetivos, metas e indicadores de desempenho da entidade, os recursos
necessários e os critérios e instrumentos para a avaliação do cumprimento..
Questão 6

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Assinale Verdadeiro ou Falso:

Caso a União necessite de um instrumento administrativo, de interesse


recíproco, por meio do qual a transferência dos recursos financeiros se Verdadeiro
processa por intermédio de instituição ou agente financeiro público federal, 
deve se valer de um contrato de repasse.

Resposta: Verdadeiro.
Conforme o art. 1º, § 1º, II, do Decreto nº 6.170/07, contrato de repasse é o instrumento
administrativo, de interesse recíproco, por meio do qual a transferência dos recursos
financeiros se processa por intermédio de instituição ou agente financeiro público federal, que
atua como mandatário da União (Módulo 2, Unidade 2, Contrato de Repasse).
A resposta correta é: Caso a União necessite de um instrumento administrativo, de interesse
recíproco, por meio do qual a transferência dos recursos financeiros se processa por
intermédio de instituição ou agente financeiro público federal, deve se valer de um contrato de
repasse. → Verdadeiro.
Questão 7

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

É possível a União celebrar convênios com entidades privadas sem fins lucrativos que, em
suas relações anteriores com o Ente, tenham incorrido na conduta de:

Escolha uma:
a. Omissão no dever de prestar contas.

b. Descumprimento justificado do objeto de termo de parceria. 

c. Desvio de finalidade na aplicação dos recursos transferidos.

d. Ocorrência de dano ao Erário.

Resposta: letra “B”.


Conforme o art. 2º, V, do Decreto nº 6.170/07, a vedação à celebração de convênios contempla
a conduta de descumprimento injustificado do objeto de convênios, contratos de repasse ou
termos de parceria. Assim, caso apenas anterior termo de parceria tenha sido justificadamente
descumprido, é possível a União celebrar convênios com essa entidade. As demais hipóteses
reproduzem adequadamente a vedação constante no referido dispositivo (Módulo 2, Unidade
2, Convênios, Vedações).

A resposta correta é: Descumprimento justificado do objeto de termo de parceria..


Questão 8

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

No que se refere à ratificação do protocolo de intenções, assinale a alternativa incorreta:

Escolha uma:
a. É efetivada por lei.

b. Depende de homologação da assembleia geral do consórcio público quando realizada


2 anos após a subscrição do protocolo de intenções.

c. É necessária ainda que o Ente, antes de subscrevê-lo, tenha disciplinado por lei sua
participação no consórcio público. 

d. Pode ser realizada com reserva, desde que aceita pelos demais Entes subscritores,
hipótese em que implicará consorciamento parcial ou condicional.

Resposta: letra “C”.

A ratificação do protocolo de intenções é dispensada para o Ente que, antes de subscrever o


protocolo de intenções, tenha disciplinado por lei sua participação no consórcio público. Assim,
o item encontra-se incorreto ao afirmar que a ratificação é persiste necessária ainda nesse
caso. As demais alternativas encontram-se em consonância com nossas lições (Módulo 2;
Unidade 3; Constituição e Protocolo de Intenções).
A resposta correta é: É necessária ainda que o Ente, antes de subscrevê-lo, tenha disciplinado
por lei sua participação no consórcio público..
Questão 9

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

A prestação de contas em convênios se inicia ____________ parcela dos recursos financeiros,


registrada pelo concedente no SICONV. Apresentada a prestação de contas e a comprovação
de resultados pelo convenente, o concedente dispõe de __________ para analisá-las e
manifestar-se conclusivamente. Qual alternativa completa corretamente as lacunas no texto
acima?

Escolha uma:
a. Após a liberação da última; 1 ano improrrogável.

b. Concomitantemente com a liberação da primeira; 1 ano, prorrogável por até igual


período. 

c. Após a liberação da última; 1 ano, prorrogável por até igual período.

d. Concomitantemente com a liberação da primeira; 1 ano improrrogável.

Resposta: letra “B”.

A prestação de contas em convênios se inicia concomitantemente com a liberação da primeira


parcela dos recursos financeiros, registrada pelo concedente no SICONV. Apresentada a
prestação de contas e a comprovação de resultados pelo convenente, o concedente dispõe de
1 ano, prorrogável justificadamente por até igual período, para analisá-las e manifestar-se
conclusivamente (Módulo 2, Unidade 2, Convênios, Características).
A resposta correta é: Concomitantemente com a liberação da primeira; 1 ano, prorrogável por
até igual período..
Questão 10

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Julgue os itens abaixo e assinale a sequência correta quanto ao contrato de gestão celebrado
com órgão ou entidade pública:
I – O dispositivo constitucional que disciplina a matéria é classificado como de eficácia plena, já
que viabiliza a adoção do instituto para esse fim independentemente da edição de lei
regulamentadora.
II – O instituto visa ampliar a autonomia do órgão ou entidade em contrapartida à fixação de
metas de desempenho, conferindo-se os meios para que a unidade consiga aumentar sua
eficiência, obtendo melhores resultados a custos inferiores.
III – O constituinte derivado foi tecnicamente preciso ao denominar o instituto de contrato.

Escolha uma:
a. F, V, F. 

b. F, V, V.

c. V, F, V.

d. V, F, F.

Resposta: letra “A”.


Como vimos em aula, o constituinte derivado não foi tecnicamente preciso ao denominar o
instituto de contrato. De fato, nesse contexto, não seria possível contratar órgãos, já que, por
constituírem meras repartições internas de competências, não possuem personalidade jurídica,
e, assim, não podem exprimir vontade para encarregar-se de direitos ou contrair obrigações.
Do outro lado, no caso de entidades administrativas, o ajuste seria mais uma espécie de
convênio do que um contrato propriamente dito, devido ao interesse mútuo – e não divergentes
– das partes no objeto da avença. Além disso, a norma é classificada como de eficácia limitada
e, portanto, somente é cabível a adoção do instituto para esse fim após a edição da
correspondente lei regulamentadora. A coluna remanescente, que aborda o objetivo do
instituto em análise para esse tipo de aplicação, encontra-se correta (Módulo 2, Unidade 1,
Contrato de Gestão, Para Órgãos e Entidades Públicas).

A resposta correta é: F, V, F..

◄ Soluções Sem Contratação


Seguir para...
Contratação por Licitações Ordinárias ►