Você está na página 1de 9

Testemunho de Ronald McDonald - EX SATANISTA

Da Cidade de Mutare, Zimbábue

Sou um ex-satanista, liberto pelo poder do sangue de Jesus. Antes de eu nascer os meus pais fizeram
um ritual em seus corpos a pedido de um grupo de feiticeiros. Através daquele ritual o meu pai se
masturbou em uma vasilha. Naquela noite recolheram o seu material genético para ritualizar. Fizeram
uma feitiçaria com o sêmen do meu pai e deram para a minha mãe injetar em sua parte íntima. Aquele
sêmen foi consagrado a Satanás para nascer o seu filho no ventre da minha mãe. O sêmen não morreu e
ficou vivo, posso dizer que tudo foi permitido por Deus. Aquele material genético não morreu por milagre
para que vivesse e contasse esse testemunho.
Depois que minha mãe injetou o sêmen consagrado fizeram um ritual em sua barriga me oferecendo. A
minha mãe foi escolhida para ser a mãe do filho do Diabo. O ritual foi forte, realizado a noite, um mês
depois ela sentia sintomas de gravidez. Outra mulher que também passou pelo o mesmo ritual de
gravidez igual ao da minha mãe. Sentiu dores na parte íntima e sentia alguma coisa penetrando em sua
parte íntima. A barriga dessa mulher cresceu, mas não era uma criança gerada e sim um mioma. Satanás
não conseguiu gerar essa criança. Essa mulher contou a sua experiência para a minha mãe, uma
semana depois teve câncer no ovário, seu útero ficou apodrecido, levando a falência. A minha mãe
poderia passaram pela a mesma coisa, mas, o Senhor Jesus tinha obra em sua vida. Eu nasci através de
um ritual de sêmen e comecei a participar da feitiçaria desde os 7 anos de idade. Os meus pais me
incentivaram em rituais macabros, me iniciando no mundo da magia. Meu pai morreu sendo escravizado
por Satanás. Minha mãe deixou a feitiçaria e se converteu a Jesus. O meu irmão era ladrão e foi
assassinado pelos policiais. A minha mãe se converteu através de 2 missionários norte americanos que
vieram fazer missão aqui em Mutare. Minha mãe me evangelizava e orava por mim. Eu já estava com 20
anos de idade, tinha mergulhado na magia negra e nos poderes das trevas. Os dois missionários que
tinha tirado a minha mãe do mundo obscuro da feitiçaria, sentia um profundo ódio deles.
Passei a me aprofundar nos meus rituais e passei a beber sangue de cobras e ratos. Satanás me
falava através dos sonhos como iria fazer para se tornar o seu filho com super poderes. Todas as noites
quando estava dormindo uma energia negativa entrava na minha mente fazendo que eu sonhasse
falando com Satanás. Ele dizia para eu matar todos os cristãos que estão impedindo a sua obra. Comecei
a mandar magias poderosas para matar os missionários. Um cristão que dirigia o carro com dois
missionários através saíram ilesos, aquilo me assustou. Á dois anos atrás um missionário brasileiro veio
fazer missão aqui em Zimbábue, o seu nome é Tiago. Eu tinha jogado um feitiço poderoso de morte, ele
não morreu e ficou doente por uma semana. Quando melhorou, retornou para o Brasil. Esse missionário
havia convertido várias pessoas aqui no meu país. A sua saída foi uma vitória para mim, sem esse
missionário o plano de Satanás estava em progresso. Deus permitiu que o feitiço o atingisse para provar
a sua fé, a sua missão espinhosa testou a fé para ver se ele continuaria, o quê fez o missionário desistir.
Essa revelação que recebi foi depois que me converti a Jesus.
Quando estava mergulhado no mundo sombrio das trevas não entendia o porquê o missionário Tiago
não morreu se o feitiço era para a morte. Ele ficou doente me deixando curioso em saber o quê protegia
esses crentes. Isso me deixou intrigado, o quê me fez fortalecer o meu pacto satânico. Em uma visão, eu
vi uma escada que começava na Terra e descia para as profundezas terrenas. Eu estava descendo os
degraus dessa escada. Cada degrau que descia se aproximava mais do inferno. Continuei descendo a
baixo e recebia todo o poder do inferno. Estava me revestindo dos poderes das trevas, recebendo
capacitação infernal. Todos os cristãos que apareciam para evangelizar eu jogava feitiço. A comunidade
pobre da minha vila estava se convertendo e o número de cristãos aumentava. Comecei atacar vários
cristãos com feitiços de morte. Tive êxito, matei muitos evangélicos com enfermidades terríveis. Os
demônios diziam: ataque esses, eles não estão revestidos das armaduras do seu Deus. Obedecia a essa
ordem e tive muito sucesso. Alguns eu não conseguia matar e ficavam doentes e logo esses se
recuperavam. Os demônios passavam todas as informações dos cristãos. Eles diziam: ataque esse
cristão, eu fazia feitiçaria e multidões de bolinhas negras parecendo tiros de armas, acertava os crentes.
Enfermidades malignas contaminaram os seus corpos. Esse é o preço que muitos cristãos pagam por
desafiarem os poderes das três as sem viver uma vida Santa. Se você não renunciou o mundo e desejar
fazer missões na África, não vá pode ser alvo de ataque dos demônios.
Alguns não conseguíamos matar e nem deixá-los doentes, estavam intactos e nada aconteceu com
eles. Eu enxergava o selo do Espírito Santo neles, uma bola de fogo em suas vidas. Pedi para os
demônios revelarem o segredo desses homens. O Espírito Maligno abriu os meus olhos. Eu via crentes
com armaduras brancas, com couraças, escudos, capacetes e proteção peitoral. Pareciam cavaleiros de
guerra, suas armaduras reluziam. O Espírito Maligno disse que esses crentes estão protegidos com
armaduras celestiais e que eram impossíveis os feitiços entrarem por causa da proteção. Na visão, mais
da metade dos cristãos estavam vestidos com armaduras incompletas, faltando o capacete, outros
estavam sem o peitoral e algum sem a couraça e o escudo. Os que estavam faltando partes da armadura
foram atingidos pelas magias na parte do corpo que não tinha armadura. Os que não tinham armaduras
estavam nus, desprotegidos da armadura celestiais, muitos estavam morrendo. Toda vez quando eu
quisesse matar um crente, olhava primeiro se ele tinha armadura. Os que estão vestidos com as
armaduras de Deus, os meus ataques não tinham sucesso.
O Espírito Maligno que estava conversando comigo disse: Você precisa aperfeiçoar os seus poderes, a
legião dos ares e da Terra está ao seu domínio e faz tudo o que você quiser. Eu sou uma autoridade
espiritual que comanda legiões e você é autoridade que comanda uma legião. A nossa autoridade é a
mesma, você é o filho de Lúcifer, ele te escolheu desde o ventre da sua mãe para realizar a sua obra. A
sua mãe quando estava grávida, ofereceu um sacrifício para mim, bebendo o sangue do animal e você se
alimentou do sangue dentro do ventre. Você se tornou especial para o nosso pai, é o nosso Messias, toda
obra de nosso mestre e os seus propósitos está em suas mãos. O principado de Zimbábue vai aparecer a
você personificado, através de um ritual forte que irá fazer. Você não está preparado espiritualmente para
chegar perto do príncipe. A sua magnitude é tão terrível que a sua presença fará o seu corpo estremecer
quando chegar perto de você.
Dois dias depois não perdi o meu tempo e fui ao cemitério. Ao chegar ao portão do cemitério, um
demônio me recebeu. Abri uma cova e tive relações sexuais com um cadáver de uma pessoa. Essa
mulher estava morta há dois dias, eu pratiquei a necrofilia. Os demônios apareceram para mim e me
orientaram o quê fazer. Depois do ritual eu saí carregado de energia negativa. O principado do Zimbábue
apareceu para mim. Ele era alto e forte, o seu corpo se personificou deixando parecido com um homem.
Ele pegou na minha mão e voamos até a grande cidade de Harare. E me levou para várias cidades, até
que nos transportamos para outro lugar. Ele me levou para cima do prédio mais alto e disse: Darei fama,
dinheiro e muito sucesso em sua carreira se realizar o grande plano de nosso mestre. Faça um exército
para o nosso pai e irá apascentar e orientar esse povo o quê fazer. Iremos revelar todo o nosso plano e tu
farás um livro de feitiçaria para eles praticarem. Aqueles que lerem esse livro terão as suas mentes
tomadas e os corações serão infectados. Eu vou passear as revelações e irá escrever. Quando o livro
estiver pronto você será um homem conhecido mundialmente. Aquele príncipe das trevas me transportou
para a minha cidade. Ele derramou um óleo sobre a minha cabeça, estava ungido pela unção das trevas.
Senti uma força tomar o meu corpo, recebi uma cobertura maligna e vi um manto infernal cobrindo o meu
corpo. Aquele óleo me deu uma cobertura para eu entregar no inferno vivo. Ninguém entra no inferno com
o corpo de carne por ser um lugar espiritual. Se não fosse aquele óleo que o principado derramou sobre
mim para eu entrar, não conseguiria. Também eu creio que foi permissão de Deus deixando-me entrar
naquele lugar. Eu e o principado caminhamos em um caminho que descia e quanto mais a gente andava,
mais a estrada ficava mais larga. Chegamos perto de um portão que se abriu sozinho e quando entramos
o portão se fechou. O lugar é escuro e iluminado com o fogo meio vermelho. As almas estão presas ali e
não param de gritar. Todas as pessoas ali não tem um corpo de carne, são espíritos. O único de carne
era eu que estava envolvido com um revestimento maligno que protegia o meu corpo para não se
derreter com o calor do inferno. Eu soava muito, pois a temperatura daquele lugar é alta demais e
ultrapassa mais de 500 graus Celsius. O príncipe que caminhava ao meu lado disse: o nosso pai quer lhe
ver Aquele demônio passou por vários vales do inferno junto comigo até chegarmos perto do trono negro.
Eu vi Satanás assentado naquele trono. Ele não estava na forma de um monstro, era um homem formoso
e perfeito na aparência. Ele disse: Meu filho, eu escolhi para uma missão na Terra. Entre nas igrejas,
contamine suas doutrinas e leve a mentira para os cristãos. Os meus inimigos são os crentes, não o povo
do mundo. Os cristãos têm me dado prejuízo ao longo de toda história. Eu tenho ganhado muitas almas
de crentes, tenho enganado muitas almas de crentes, tenho enganado eles e confundido, usando a
própria Bíblia. Satanás me mostrou uma Bíblia que vem com o nosso ensinamento, foi adulterada,
estamos enganando a todos com a nossa teologia enganosa que não prega contra o pecado. A nossa
teologia liberal diz que nada é pecado e muitos têm caído nesse ensino. A teologia da predestinação para
a salvação é nossa. Estamos usando a própria palavra de Deus para enganar, usamos suas próprias
armas que é a Bíblia. Uma pequena distorção da palavra muda o sentido da mensagem e você será um
instrumento de engano que vai trazer muitos para cá. Tenho usado teólogos escritores de livros para
ensinar a mentira e fazer falsas Bíblias com engano. Olha para a esquerda do vale e veja os cristãos
aprisionados. Essa época está fácil de ganhar almas de cristãos. No começo da igreja na Terra era difícil.
Os primeiros cristãos eram mais prudentes e espirituais. Eles eram santos de verdade que deram muita
dor de cabeça. Agora você tem que voltar para a Terra e cumprir a sua missão. Eu vi muitas almas de
cristãos no inferno e como Satanás se exibia com os seus troféus. As almas das pessoas que não são
crentes tem pouco valo, os demônios não se esforçam. Já as almas dos cristãos são prioridade para os
demônios até eles recebem recompensas no inferno por cada cristão que eles ganham. Eu disse: Pai me
deixa reinar com você no inferno, depois eu faço a sua missão. Ele respondeu: Você não pode reinar
nesse estado, a sua carne não aguentaria ficar a eternidade no inferno para suportar a pressão da
atmosfera desse lugar. Não é um espírito, a sua carne apodrecerá se ficar mais de um dia aqui. O seu
corpo não é eterno e o seu reino também não será. Quando morrer reinará comigo e sentará ao meu
lado. Satanás me deu um ferro em brasa e mandou-me torturar uma alma. Comecei a afligir aquela alma
que gritava em desespero. A maldade toda do inferno invadiu o meu coração, o prazer que eu sentia
quando torturava aquela alma inundou o meu ser. Satanás disse: Quando estiver aqui comigo irá torturar
muitos cristãos que estão presos nesse lugar.
O príncipe que caminhava comigo me levou para a Terra. Eu estava mais forte, pois, havia conversado
com Satanás face a face. Fui testar os meus poderes e pedi para trazer um animal morto, eu queria
levantar a fé do povo em mim ressuscitando. O povo da minha vila trouxe um homem que estava morto
desde ontem, ele não tinha sido enterrado ainda. Jogaram o corpo dele perto de mim. Eu fiz um círculo
de fogo e deitei o seu cadáver dentro. Fiz um ritual e o corpo começou a flutuar. Eu via os demônios
levantando o corpo para cima. O povo ficou admirado vendo o corpo flutuando. Uma legião de demônios
possuiu o corpo morto fazendo o homem caminhar sem vida. O povo me aplaudiu acreditando que o
homem ressuscitou. Aquele cadáver sem vida caminhou uns 20 metros e caiu no chão para a decepção
do povo. Os demônios saíram de dentro daquele corpo, provando que Satanás não pode ressuscitar e
nem dar a vida. Jesus é a vida é o espírito de vida está em suas mãos, somente ele é que pode fazer a
pessoa voltar á vida. Fiquei decepcionado queria ter o dom de dar a vida. Se a vida está no sangue, eu
pensei em fazer um ritual de sangue para receber esse dom. No dia seguinte fiz um ritual doando o meu
próprio sangue. Fiquei fraco pela perda de sangue, minhas vistas escureceram. Eu caí no chão
desacordado e meu espírito saiu do meu corpo. Um demônio apareceu para mim e me levou para dentro
de uma igreja. Ele disse: Várias pessoas aqui estão brincando com o seu Deus e de ser cristãos. A minha
visão foi aberta, eu podia enxergar manchas escuras em muitas pessoas. Os corações e as mentes eram
negros de muitas pessoas ali. Deus que conhece o íntimo de cada pessoa permitiu que enxergasse o
interior de cada pessoa. Perguntei ao demônio que estava comigo se ele enxergava o que eu via. Ele
disse que não, mas falou que podia tocar nas pessoas fracas espiritualmente. Eu perguntei se não
consegue ver o interior, como sabe que a pessoa não tem Deus. Ele me respondeu: através da
sensibilidade espiritual, eu sinto o pecado neles. O pecado fede, eu sinto cheiro e me aproximo da
pessoa que está em pecado, se eu não sinto o cheiro do mal, não me aproximo porque eu sei que esta
pessoa está limpa e foi purificada pelo sangue do seu Deus. O demônio começou a apontar pessoas na
igreja que exalava o fedor do pecado segundo ele. E todos que ele apontava eu via uma mancha escura
no interior. Essa mancha ele não conseguia ver, somente eu. O demônio disse: Muitos que estão aqui
tem as suas mentes contaminadas por causa da pornografia. Eu olhei para dentro da cabeça de muitos e
percebi que dentro de suas mentes estava tomada pela escuridão. Suas mentes eram trevas puras e o
espírito maligno voava dentro de suas mentes. O demônio disse: Que eu podia destruir 90% daquela
igreja somente na magia negra e começou a apontar vários crentes que estão em pecado. Ele apontou
para 08 pessoas e disse contra esses não podemos tocar, são as primícias dessa igreja, o dízimo do seu
Deus. Eles são os 10% que estão impedindo que a igreja inteira seja destruída. Eles vivem orando e se
consagrando, são os Baluartes desse lugar. Aquela igreja tinha 80 membros, na qual 8 eram intocáveis.
Acordei no hospital pela perda de muito sangue, receita alta e voltei para a minha casa. No outro dia, um
demônio apareceu a mim e o meu espírito acompanhou ele. Eu fui para os ares me encontrar com
milhões de demônios. O demônio disse: Esse daqui se chama Ronald, ele é um de nós, não considere
como ser humano, ele é o próprio demônio encarnado na Terra. Ele é o filho de Satã e já está condenado
para sempre como nós. Ele vai trabalhar conosco causando todo o tipo de destruição. Eu e uma legião de
demônios entramos na igreja e estudamos cada pessoa e os seus pontos fracos. A maioria das igrejas de
Zimbábue está em pecado, os fiéis que seguem o verdadeiro evangelho são poucos. Todos os dias o
meu espírito saía do meu corpo para encontrar os demônios nos ares. Até que um dia eu estava nos ares
juntos com uma legião de demônios. Alguns anjos desceram do céu com suas espadas. Esses anjos
guerreiros travaram uma guerra contra aquela legião que estavam comigo. Os demônios fugiram e me
deixaram sozinho. Eu pensei esses anjos vão me cortar igual fez com os demônios. As lâminas de suas
espadas estavam bem afiadas. Eles se aproximaram de mim e disseram: a nossa guerra é contra os
demônios, já as almas são preciosas e valiosas para Deus por serem compradas a preço de sangue
divino. Ao ver aquela atitude de cada anjo percebi que por mais que Deus odeie o pecado ele ama o
pecador. Os anjos subiram para o céu e um ficou comigo. O anjo disse: O Senhor tem permitido que o
seu espírito saísse do corpo e andasse com os demônios, entrando nas igrejas para enxergar o pecador
ocultos em cada vida. A sua visão foi aberta para ver o que ninguém pode ver; tudo isso foi á permissão
de Deus. Ele escolheu você das trevas para revelar o segredo oculto dos demônios. Naquele dia percebi
o quanto os anjos são fortes, venceram aquela legião de legiões que estavam comigo, mas eu tinha um
pacto com o meu pai Satã. Estava ligado a ele desde o meu nascimento. Existia um ligamento espiritual
de pai para filho. Eu ofereci dinheiro para manter relação sexual com uma moça virgem. O meu objetivo
era de gerar o novo filho de Lúcifer. Eu invoquei um espírito maligno para entrar no meu corpo na hora da
relação sexual. O meu corpo foi possuído no ato sexual. A moça foi embora e semana depois engravidou
de mim. Eu sabia que aquela criança era filha de Lúcifer. Eu fui possuído por um espírito maligno que eu
acreditava ser Lúcifer. Não me lembro do ato sexual por estar possuído. Nove meses depois a criança
nasceu morta. Eu paguei uma alta quantia de dinheiro para a mãe da criança não enterrar e me dar o
corpo. Eu me alimentei do sangue e da carne daquela criança por ter sido consagrada a Lúcifer. Fiquei
revoltado, chamei todos os feiticeiros em uma reunião falamos sobre o assunto. Um dos feiticeiros disse
que não estava no plano de Lúcifer essa criança nascer por eu não ser a pessoa indicada e tinha que ser
um rapaz virgem no meu lugar. Escolhemos um rapaz virgem para ser instrumento de Satanás e uma
moça virgem ambos foi pagos. Satanás incorporou no rapaz e teve relações sexuais com a moça
engravidando-a depois de dias. Não sabemos que o espírito maligno o possui, mas ele se apresentou
como o próprio Lúcifer. Fizemos uma festa para Lúcifer ao saber que a moça havia engravidado. Eu iria
registrar essa criança no meu nome. 3 Meses depois a moça caiu no chão e bateu a sua barriga
perdendo a criança para a nossa frustração. Hoje eu sei que Deus não permitiu que essa criança
nascesse. Fiquei com muita fúria e queria se vingar por causa da má sorte.
Fiz rituais de feitiçaria nos rios para que os demônios possuíssem os animais aquáticos. Os peixes
começaram a ficar agressivos e atacavam os pescadores. Os peixes estavam furando as redes de pesca,
algo que não acontecia. Um pescador foi atacado por um peixe grande que quase custou a sua vida. Os
crocodilos começavam a ficar mais inteligentes e passavam a derrubar barcos na água. Muitos
pescadores foram devorados por crocodilos. Os animais aquáticos estavam agitados e as águas do rio
matavam muitos afogados. Um demônio das águas puxava as pessoas para o fundo do rio. O meu ritual
dentro das águas estava dando efeito. Os meus feitiços eram tão fortes que atacavam as pessoas em
longa distância, poderiam estar em outro país.
Fechei muitas igrejas na alta magia. Alguns pastores com medo foram obrigados a fazerem um pacto
comigo em rituais. Nesse pacto eles poderiam abrir as suas igrejas e cultuar ao seu Deus desde que
entregue as almas das ovelhas aos demônios. Esses pastores pagavam o dízimo da renda que entrava
na igreja para mim. Eu usava todas as ofertas dadas de coração de um povo pobre, parte dessas ofertas
vinha para minha mão. Os pastores que aceitaram o pacto comigo, não se importavam com as ovelhas,
só pensavam no lucro e destratava a obra de Deus fazendo de empresas. Os que não fizeram o pacto e
tentaram realizar as suas atividades pastorais foram bombardeados de feitiçaria e não resistiram a
opressão demoníaca, fecharam as suas igrejas e foram embora pra nunca mais voltar. Comecei a
ridicularizar o Deus dos crentes e não acreditava nele, pensava que os meus demônios eram mais fortes.
O quê me intrigava era aqueles anjos que havia derrotado a legião de demônios. Afinal, quem criou esses
anjos queria uma resposta dos demônios que mentiram dizendo que foi Lúcifer o criador. Sacrifiquei 66
galinhas pretas, 13 bodes pretos no dia 11 de Setembro. Os dias e a numerologia são importantes para o
satanismo. Todas as sextas-feiras eu fazia rituais, mas para fazer um sacrifício de 66 galinhas pretas e 13
bodes pretos era algo especial. Demorei meses para conseguir juntar todos esses animais da mesma cor.
Depois desse ritual, invoquei a Lúcifer para se materializar para mim, tinha muitas perguntas a dizer. Ele
apareceu em minha casa e disse: Cadê a criança, o meu filho que foi consagrado? O meu anticristo que
seria o maior bruxo africano se vocês não tivessem falhado. Eu era um bruxo respeitado, ganhei muito
dinheiro fazendo trabalhos de magia negra. Tinha 5 casas, cada uma em uma cidade diferente. Comprei
uma casa em Harare, outra em Kadoma, uma em Chegutu e a outra em Bunduda. Tinha 3 carros e outros
bens, tudo isso custou dinheiro de vidas que foram destruídas pelas minha mãos. As pessoas me
pagavam caro para matar, destruir e deixar vidas na miséria. O meu dinheiro era sujo, custou preço de
sangue. Muitas almas que estão no inferno por minha causa. Quando me converti a Jesus, vendi toda a
propriedade que custou o preço de sangue e doei o dinheiro para uma instituição de crianças
abandonadas que pertence a uma igreja. Satanás havia se materializado para mim e me pediu uma moça
virgem. Seu plano é de construir uma geração satânica através da semente da virgem. Uma fecundação
demoníaca dentro do útero de uma virgem. Eu enganei uma moça dizendo que lhe daria um emprego e
trouxe a moça até Satanás. Quando ele se aproximou da moça, ele começou a se afastar e dizia: Não
posso tocar, é ungida, foi escolhida pelo homem que reina no céu. Eu disse: Pai, tu é mais forte, agora
está me dizendo que existe alguém mais forte do que tu? Quem é esse homem? Qual é o nome dele?
Satanás disse: Yeshua Hamashia. Eu disse: fiz ritual, gastei muito dinheiro pensando que é o mais forte.
Fiz um ritual sabático para o Senhor. Essa menina não é bruxa, não tem nada de especial, é apenas uma
moça pobre. Satanás olhou para mim e disse: Quem és tu para falar comigo desse jeito? Ajoelhe-se e
peça perdão diante de mim. Eu disse: Você não é mais o meu Deus, se existe um Deus mais forte do que
você eu quero servi-lo. Não vou dobrar o meu joelho diante de um Deus que teme uma garota inofensiva.
Satanás enfurecido com o seu dedo tocou no meu estômago e disse: Quem vai gerar um filho é você
para nunca mais me desafiar. Satanás explodiu na minha frente virando uma névoa negra saindo pelo o
teto. A moça que é uma serva de Deus foi embora assustada. Nada aconteceu com ela, mas a minha
barriga começou a crescer. A noite 3 demônios foram me visitar, cada um deles estavam com chicotes.
Um deles disse: Nunca mais vai se rebelar com o nosso mestre, ele é o seu pai, nem nós que somos
maiores do que você desafiou o chefe. Quem você pensa que é? Não passa de um mortal. Aqueles três
demônios me chicotearam a noite toda. Fiquei vários dias de cama com o meu corpo cortado, doente e
com febre. Minha mãe que é uma cristã me visitou, fez remédios de ervas e cuidou dos meus ferimentos.
Ela pregou o evangelho para mim. Eu disse para ela que o seu Jesus não é forte o suficiente porque
todos os pastores tem medo de mim, fazem aliança comigo para não me enfrentar. O Deus deles é
pequeno, não pode derrotar um homem de carne. Quero servir um Deus maior do que os meus deuses.
Fui ao hospital, o médico disse: Quem foram ás pessoas que fizeram isso no meu corpo? Eu disse que
foi um grupo de homens que me bateram. O médico percebeu que a minha barriga tinha um caroço.
Passei por exames e descobri que estava com um tumor. Lembrei-me que Lúcifer tinha tocado em minha
barriga e disse que geraria um filho. O médico disse que eu teria que voltar lá pra fazer a quimioterapia.
Eu não voltei mais ao médico e comecei a fazer ritual para ser curado. A minha mãe estava preocupada
com a minha saúde que piorava. Fiz vários rituais de curas e o tumor começou a crescer ficando do
tamanho de uma laranja. Eu sabia que os espíritos tinham me abandonado, pois não conseguia curar a
minha barriga. Tinha curado várias pessoas de doenças muito piores, até a beira da morte. O caroço da
minha barriga crescia e eu sentia dores. Passei perto de uma igreja onde o povo clamava. Era a única
igreja aberta que teve a ousadia de fazer o seus cultos sem compactuar comigo. O meu caroço estourou
através das orações daquele povo, fui curado do tumor. Ao receber essa cura maravilhosa desisti de
perseguir aquela pequena igreja. Deus não permitiu que os meus rituais me curasse para que o seu
nome fosse glorificado. Mas Satanás, para não perder a minha alma apareceu no meu quarto dizendo
que perdoaria pela rebeldia contra a sua autoridade. E fizemos uma aliança, ele disse que devolveria os
meus poderes e ainda acrescentariam eles. Dessa vez Satanás não se materializou, veio como um
espírito. Toda vez que ele se apresentou a mim nunca veio com uma forma de monstro, sempre
personificado em um homem de boa aparência, loiro com os olhos azuis, alto e forte, com o seu
comportamento de realeza. Ele me chamou a atenção sobre uma igreja que não pagou o dízimo da renda
mensal para mim. Satanás disse que me daria poderes para destruir aquele povo. A igreja que eu devia a
minha gratidão agora teria que destruir aquele povo que das suas orações eu fui curado. Satanás disse
que eu era seu filho e não deveria deixar um povo medíocre continuar ganhando almas dentro do meu
território. Aquelas palavras malignas entraram no meu coração. Satanás desapareceu, mas deixou o meu
coração cheio de ódio. A semente do mal mais uma vez foi plantada em mim. Queria resgatar a minha
reputação, mas aquela igreja era uma ameaça ao meu reino. Desde quando fui curado do tumor passei a
respeitar aquele ministério. Eu sentia temor de enfrentar aquela igreja e passei a estudar as pessoas da
congregação. Descobri que um missionário estava fazendo ministrações naquele lugar. E a igreja em
função de seu ministério estavam se avivando. O que me chamou a atenção é que ele começou a
pastorear o povo e todos tinham que orar 1 hora antes do culto. Aquela igreja parecia com um quartel
militar de soldados dirigida pelo o Senhor Atsuchi, o missionário estrangeiro. Para congregar naquela
igreja era muito difícil. Os que não gostam de orar não aguentavam ficar ali. O pastor Atsuchi não
aceitava pessoas que não gostavam de orar. Deus enviou esse homem capacitado para me livrar das
garras de Satanás. Ele provou o poder de Deus dos crentes. Os demônios estavam desesperados, um
demônio veio até a mim e disse: Os feiticeiros estão dando ouvidos para essa igreja. A sua alma não
pode ser ganha por eles, pertence ao nosso rei. Você fez um ótimo trabalho, mas traiu o seu rei. Ele
poderia ter dado um reino para você se não tivesse se rebelado contra o seu pai. A sua rebeldia custou
caro, esse é o resultado de todos aqueles que traem o mestre. Você recebeu uma nova chance de seu
pai, tem mais poderes do que antes. Se trair o nosso pai morrerá e perderá o seu reino e a vida eterna. A
maior traição é abandonar o seu pai seguindo o Deus dos crentes. Nunca siga o caminho deles, são os
nossos inimigos. Qualquer bruxo que se converter a Jesus o seu destino é a morte. Eu preciso de você,
chegou um missionário para o nosso país que está ganhando terreno. Muitos estão seguindo ele, os
sinais de Jesus o acompanham para onde ele vai. Mesmo com muito temor desse missionário, eu disse
que vou até ele para provar que eu sou o feiticeiro mais forte. Nenhum crente tem força contra mim, estou
curioso para saber quem é esse homem que todos os feiticeiros tremem. O demônio respondeu: Não vá,
não chegue perto dele, tenho medo de lhe perder para o Deus deles. Os feiticeiros que chegam até ele se
convertem ao seu Deus. Ele ajudou a fundar uma igreja de madeira. Para destruir esse homem faça os
seus rituais na sua casa, nunca se encontre com ele. Eu vendo aquele demônio dizer essas coisas, fiquei
admirado, nem o Lúcifer causa tanto medo naquele demônio igual o missionário. Pensei, será que o Deus
dele é tão forte assim? Terei que investigar indo até esse homem. Eu não podia aceitar que tenha alguém
mais forte do que eu. O meu pensamento cheio de maldade dizia: não aceite que outro homem tome o
seu território. Muitos feiticeiros ao chegarem perto dele, somente com a sua presença caia endemoniado.
Ele estava convertendo os feiticeiros da minha vila, estava ganhando ás suas almas. Os demônios
sabendo das minhas intenções alertaram aos feiticeiros sobre a minha traição. Dois feiticeiros perigosos
fez obras de feitiçaria de morte para me matar. Eu fiquei doente, mas com o dom de adivinhação eu
descobri que eram os dois. Revidei com vários feitiços de morte. Os dois faleceram e outro feiticeiro se
levantou contra mim. Eu lancei sobre ele o demônio da morte que entrou no seu filho que assassinou o
seu próprio pai a facadas. Essas magias de possessão eu já tinha realizado antes, fazendo um demônio
possuir um homem que pegou o seu revólver e atirou em seu amigo, sem ele fazer nada. Quando esse
rapaz que matou o amigo foi preso ele não se lembrava de nada e chorava muito. O espírito da morte ao
lhe possuir, tomava a sua mente consciente e controlava totalmente. Mesmo sendo o traidor dos
demônios, matei três feiticeiros. Porque eles não tiravam os meus poderes?
Descobri que Satanás estava jogando comigo igual a um tabuleiro de xadrez, tentando me convencer
para ganhar a minha alma. Um demônio apareceu para mim, eu fiquei com medo, pensei que ele iria me
dar uma surra igual da primeira vez. O demônio apareceu a mim e disse: O pai lhe deu mais uma chance,
ele não tomou os seus poderes, apesar da sua intenção de querer trair indo até aquela igreja, o nosso pai
sacrificou três feiticeiros por sua causa, a sua alma vale mais para Lúcifer do que as almas deles. Eu
disse: Não confio mais nele, várias vezes fui enganado com falsas promessas. Aquele demônio astuto
disse: Você não respeitou o mestre, desafiou o seu poder, ele te ama muito. Eu respondi: Se ele me
amasse não teria posto um tumor dentro da minha barriga para tirar a minha vida. O demônio disse: Isso
não vai mais acontecer, aproveite essa chance, hoje os seus poderes irá aumentar, se obedecer, daqui
uma semana eu voltarei e direi o quê fazer. Eu disse: Está bem, devolva os meus poderes. O demônio foi
embora, eu senti uma força maligna tomando o meu corpo. Estava se multiplicando toda a energia
negativa, sentia o fluxo das trevas invadindo o meu ser. A escuridão invadia o meu quarto, toda a
malignitude tomou a minha alma. Eu não podia se encontrar com esse pastor por ordem do demônio. O
número de cristãos aumentava na vila, isso era demais para mim, um estranho ganhando mais adeptos
do que eu. A irá dominava o meu coração e fez que eu medisse força com a igreja. Nenhum feiticeiro ou
cristão tinha conseguido me vencer. Pela primeira vez fui derrotado por um missionário, apesar do meu
preparo. Ele estava coberto das armaduras de Deus, da cabeça aos pés, parecia um latão que reluz
quando exposto ao sol. A unção de Deus que está em sua vida me jogou no chão. Eu fui liberto para a
glória de Deus. Foi através dessa libertação que comecei a ajudar a obra. Minha mãe orou 12 anos para
a minha salvação, nunca desistiu, ganhou a batalha de joelhos no chão orando. E foi através do
ministério do senhor Atsuchi que me converti. Todos têm medo de me enfrentar, ele foi o único que teve
uma guerra espiritual contra mim. Os missionários ganharam muitas almas, mas fugiam de mim. O único
que me enfrentou foi um senhor japonês de aparência humilde, assim Davi ao enfrentar Golias. Davi era
pequeno, enquanto Golias era gigante. Eu era o Golias, um gigante na feitiçaria que não acreditava que
uma pessoa humilde teria a coragem de chegar perto de mim. Ele é baixo em estatura, mas um gigante
ungido de Deus e preparado para as guerras. Fiquei curioso para conhecê-lo e fui à igreja para desafiar a
sua pessoa. Fracassei na tentativa de subjuga-lo e quem saiu envergonhado foi eu, quando a unção que
emanou do seu corpo, arrebatou-me o espírito. Eu caí no chão da igreja e o meu espírito em questão de
segundos estava no inferno.
Dessa vez eu não estava no inferno com o meu corpo de carne, foi o meu espírito. Segundo a igreja o
meu corpo estava gelado sem nenhum batimento. A igreja toda orava para eu não morrer. Eu tinha ido ao
inferno vivo, na primeira vez por ordem dos demônios, agora estava no inferno pela segunda vez já
morto. Estava no mesmo lugar de trevas, fogo, enxofre e aflição. Mas agora estava sozinho e com medo
da escuridão. O calor intenso me sufocava, tirando o meu ar. Estava com medo dos demônios, pois a
minha tentativa de destruir a igreja havia fracassado. Os demônios me pegaram e levaram até o trono de
Satanás. Eu me ajoelhei e disse: Pai me perdoa. Satanás olhou para mim e disse: aqui não pode me
desafiar, eu sou o seu rei e esse lugar é o meu reino. Eu falei: Lembra pai, tu prometeste que eu reinaria
com o Senhor. Satanás dava gargalhadas dizendo: Como vocês humanos são tolos. Acaba que eu
repartiria o meu trono com você? Levem esse verme daqui e joguem no calabouço infernal e deixa ele
com os satanistas. Aqueles demônios me arrastaram, eu fui jogado em uma prisão escura, todos juntos
sofrendo. Uma força invisível começou a despedaçar os meus ossos. Os satanistas gritavam, mestre a
gente lhe serviu, não merecemos isso, o Senhor nos traiu, estamos arrependidos de ter servido ao
senhor. Os feiticeiros diziam: Agora sabemos que Jesus é o caminho. Quanto mais eles falavam o nome
de Jesus, mais os fogos os queimavam e os seus tormentos aumentavam. A minha alma se lembrou do
Deus da minha mãe, eu clamei Jesus me salva, o Senhor é a salvação. Um anjo desceu até a prisão
onde eu estava e me soltou. Estava sem força para ficar de pé, cansado, oprimido e desgastado. O anjo
me pegou nos braços e me tirou do inferno. Glória a Deus, ele é o salvador das chamas e do tormento do
inferno, creia nele e será salvo da condenação. Acordei na igreja tinha ficado 1 hora desacordado. O culto
terminou 1 hora mais tarde por minha causa, enquanto eu não o acordei não foram embora. Naquela
noite eu me converti a Jesus e fui embora para casa. No dia seguinte não conseguia levantar da cama,
pois um demônio tinha aparecido a noite e tocou no meu estômago. A minha mãe ao me ver doente e ao
ouvir o que disse sobre o demônio que veio me visitar chamou o pastor missionário. Ele veio até a mim,
colocou a sua mão sobre a minha barriga, senti um fogo queimar o meu estômago e vomitei a
enfermidade. Uma bola de sangue saiu de dentro do meu estômago. Fui curado mais uma vez e o
missionário retornou para o seu país. Eu estava revoltado com os espíritos que trabalhavam para mim. E
fiquei muito decepcionado com o meu mestre Lúcifer, o qual chamava de pai. Ele havia prometido o seu
trono a mim, mas me enganou quando estive no inferno. Vi vários feiticeiros como eu que serviram a
Lúcifer que estão nesse momento no inferno, foram enganados. Isso mexeu com a minha mente e passei
a crer que também fui enganado por esses espíritos malignos. Comecei a ter certeza que estava no
caminho da mentira. A minha mãe estava certa, Jesus é o único caminho. Mas o fato de eu não ver Jesus
igual vi o próprio Satanás, dificultava a minha fé se ele é real. Eu acreditava nos demônios por ter
caminhado e falado com eles. Eu vi os anjos de Deus guerreando contra os demônios, mas eu pensei
que eles eram da parte de Lúcifer. Eu não podia seguir um Deus que não podia ver, até agora o Jesus
dos crentes não tinha demonstrado o seu poder divino. Eu estava acostumado com o sobrenatural,
conversava com os demônios e queria ver se Jesus era real e forte como os crentes dizem. Converti-me
a Jesus a pesar de carregar uma grande dúvida de sua existência. Abandonei a magia e todo o tipo de
feitiçaria por descobrir que o diabo é o pai da mentira e enganador. Queria ver Jesus e comecei a fazer
propósitos de orações. Recebi um convite para pregar na capital de Harare. Apesar das minhas dúvidas
estava renovado em paz e transformado. Toda aquela maldade de prejudicar as pessoas desapareceu.
Peguei o meu carro e fui para a cidade de Harare. Quando olhei para trás, vi uma legião de demônios me
seguindo. Eu já sabia que as coisas não iriam terminar bem. Os demônios não queriam perder a minha
alma. Olhei e do meu lado estava um anjo e no banco de trás um demônio. A legião que seguia atrás
capotou o meu carro 2 vezes seguidas no meio do caminho. Vi o meu corpo ferido no chão. Um homem
de branco apareceu a mim e disse: Tu querias tanto ver o Jesus dos crentes, aqui estou pessoalmente,
não temas eu sou contigo. Eu sou real, não sou um espírito, toca em minhas mãos. Eu toquei nos
ferimentos e vi que o seu corpo é físico. Ele disse: Diga para a minha igreja que eu vivo para sempre. Os
meus olhos estão nos 4 cantos e observo o sofrimento do meu povo e também a iniquidade dos que
dizem que são os meus servos. Fui eu que mandei o anjo lhe tirar do inferno. Também enviei o meu anjo
para lhe proteger daquele acidente de carro. Eu não deixei que o sêmen do seu pai morresse naquele
ritual para fazer você do fruto do meu milagre. Eu não vou lhe deixar morrer, ressuscitarei por amor a ti.
Enviei o meu servo de um lugar distante para te libertar. Satanás sabia de sua importância para mim. Ele
fez de tudo para te fazer importante para os seus planos. Eu permiti que tudo isso acontecesse contigo
para preparar você em meu caminho. Deixei que conhecesse o mundo das trevas para saber quem são
os seus verdadeiros inimigos espirituais. Agora irei preparar a sua vida para combater os seus inimigos
que revelaram tantos segredos ocultos para ti.
Tu sabes como os demônios agem e sabe como enfrentá-los. Eu lhe escolhi desde o ventre de sua
mãe para libertar as almas que são escravas de Satanás. Jesus pegou na minha mão e subimos para o
céu. Chegamos perto do rio da vida. Jesus disse: tu precisas ser limpo. Antes de tu nasceres meu servo o
sêmen de seu pai foi ritualizado antes de ser introduzido. Fui oferecido ainda no ventre. Por isso Satanás
lhe deu tanta autoridade e poder infernal, desde criança foste instrumento de demônios. Toda a carga de
energia satânica que está sobre ti tem dificultado que creste em mim. Para a sua salvação, hoje tiro a
fenda dos seus olhos, te faço minha propriedade. Tenho plano em sua vida, as águas desse Rio da vida
purificará o seu corpo, alma e espírito e nascerá uma nova criatura. Quando mergulhei naquelas águas
começou a sair de dentro do meu interior águas sujas que escorriam de mim, todas as minhas amarguras
e pecados foram retirados. Saí das águas em um novo homem. Depois Jesus me levou até os ares na
imensidão do universo, onde os anjos travaram uma batalha pela minha alma. Eu estava feliz ao lado de
Jesus, me arrependi de não ter dado ouvidos à minha mãe, quanto tempo eu perdi sem servi o meu
Deus. Jesus disse: Satanás lhe prometeu um reino no inferno, ele não pode dar aquilo que não lhe
pertence. Aquele reino no inferno é temporário, em breve Satanás será lançada no lago de fogo, igual
uma pedra que é jogada no rio. Eu posso lhe dar uma herança eterna. Jesus me levou ao céu e disse:
Olhe para os santos e veja que cada um herdou uma parte de sua herança aqui no paraíso. Eu vi
grandes casas e cada uma tem o seu morador lá dentro. Só de pensar que poderia perder tudo isso por
ser rebelde doeu a minha alma. Eu estava maravilhado com aquilo que vou herdar em breve. Uma
herança de luz diferente da esfera de trevas que Satanás me prometeu.

Jesus me mostrou a vida de Satanás antes de sua queda. Na visão, vi como ele brilhava como uma
estrela. O seu corpo era cheio de pedras preciosas. Ele era como um príncipe de grande formosura e
governava a Terra que era cheio de pedras preciosas. Uma parte dos anjos na Terra era regida por ele.
Da Terra até o céu tinham muitas estradas que davam acesso às regiões celestiais.
Lúcifer era como um príncipe da Terra, ele tinha acesso ao céu e era um governador dos tesouros da
Terra. Vários anjos seguiam por ele ser autoridade, um querubim chefe e inteligente na administração do
reino de Deus na Terra. Deus confiava muito nesse querubim. Na visão eu não via seres humanos,
apenas anjos, animais e outros seres celestiais.
O trono de Lúcifer estava na Terra e o de Deus no céu. Ele queria que o seu trono ficasse nas alturas
do céu igual o de Deus. O seu orgulho e a soberba inflamou o coração. Lúcifer queria ser Deus e estar
com o seu trono nas regiões celestiais. E foi lançado com a terça parte dos anjos que o seguiram. Ele
conseguiu enganar os anjos com as suas astúcias e juntos foram lançados para baixo. Onde a terça parte
dos anjos caíram virou caos e destruição. Esses anjos estavam em uma esfera espiritual simples que não
é o jardim do Éden. Ainda Deus não havia criado o homem e o jardim do Éden. Eu só posso relatar que a
Terra era adornada de pedras preciosas. Quando os anjos caíram na Terra tudo foi destruído. Pareciam
meteoritos caindo na Terra.
Irmãos não estou dizendo que depois dessa visão vocês tem que pregar isso na igreja. Preguem
somente até onde a Bíblia manda. Eu falo sobre essas visões quando relato o meu testemunho. Nas
minhas pregações eu só falo aonde a Bíblia manda para não causar debate.
Na outra visão, Deus havia recriado o mundo que estava coberto de água e sem forma, isso se Deu
pela queda dos anjos. Os anjos não estavam dentro do globo terrestre. Eles estavam em outra esfera
espiritual na parte do universo. Não podiam entrar no globo terrestre por serem malignos, somente os
puros que entravam no jardim do Éden. Os anjos guardavam o jardim assim como Lúcifer guardou o
monte de Deus. Lúcifer possuiu a serpente para entrar no jardim e enganar Eva.
O Senhor Jesus disse que permitiu a sua entrada para testar Adão. A fé desde o jardim do Éden era
testada. Hoje compreendo que tudo é permitido por Deus para testar a nossa fé. O Diabo quando atentou
a Jó, primeiro pediu permissão à Deus.
Eu fiquei tão deslumbrado com essas revelações que me ajoelhei diante de Jesus. Eu falei: Senhor me
perdoa, sei que não mereço o seu perdão. Eu matei muitas pessoas com a minha magia, envergonhei o
seu filho, muitos que morreram pelas minhas mãos poderiam estar ganhando almas hoje.
Jesus olhou para mim e disse: A minha graça apagou as suas transgressões, agora vá e salve os seus
amigos que estão na feitiçaria, não deixe que eles venham ter o mesmo destino de Satanás que é o lago
de fogo, liberte eles do caminho da mentira.
Eu disse: Senhor vou ser fiel a ti, vou libertar os aprisionados em seu nome. Todo o prejuízo que
causei no seu reino, vou trabalhar na sua obra para restituir até os últimos dias da minha vida. Vou
ganhar mais almas para o céu do que ganhei para o inferno. Terminei de falar essas palavras, o meu
espírito desceu em alta velocidade a Terra. Quando acordei estava no chão. Naquele mesmo dia ganhei
muitas almas.
Eu quero agradecer a minha igreja que me ajudou a gravar esse testemunho. Que essa gravação
venha percorrer o mundo, salvando vidas e alertando para irmãos sobre o perigo do mundo tenebroso
das trevas. Não brinque de ser cristão, o Diabo não irá brincar quando for para recolher a sua alma. Não
subestime o pecado e a vaidade desse mundo que pode levá-lo ao inferno. Esse mundo é traiçoeiro,
pode derrubar qualquer cristão se não vigiar. A força das trevas são terríveis, se pensa que é porque é
cristão e pode guerrear contra os maiores feiticeiros. Está colocando suas vidas em riscos, sem oração
não há preparação para um confronto. Sem santidade não há revestimento das armaduras de Deus. Sem
renúncia não há como ir para uma batalha. Que a paz de Jesus e a doce comunhão do Espírito Santo
estejam com todos os irmãos, amém.