Você está na página 1de 3

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGIGA

CELSO SUCKOW DA FONSECA - UNED NOVA IGUAÇÚ


Programa Engenharia Mecânica
Disciplina: Termodinâmica

LISTA DE EXERCÍCIOS - 1

(Data máxima de entregue: 12/09/2018)

1. Um tanque de aço com seção transversal equivalente a 3 [m2] e altura de 16 [m] pesa
10000 [kg] encontra-se boiando no oceano. No topo o tanque encontra-se aberto a
atmosfera. Se um peso de 15000kg é instalado no fundo do tanque, calcule a altura que
este fica mergulhado, adicionalmente calcule o peso crítico que o tanque pode segurar
para se manter boiando.

2. Um tubo de gasolina está conectado a um medidor de pressão por meio de um


manômetro em U duplo como mostrado na figura. Se a leitura do medidor de pressão
for 370 [KPa], determine as pressões manométrica e absoluta do tubo de gasolina, para
Patm=1[atm].

3. É um fato conhecido que a temperatura da atmosfera varia com a altitude. Na


troposfera que se estende até 11 [km] a variação da temperatura pode ser aproximada
pela expressão, . Onde é a temperatura no nível do mar e
. A aceleração da gravidade também muda com a altitude como
( ) ( ) onde e a elevação a partir do
nível do mar em metros. Obtenha uma razão para a variação da pressão na troposfera
considerando a variação da gravidade com a altitude.

4. Água é aquecida em uma panela fechada sobre um fogão, enquanto a água é agitada por
uma roda de pás. Durante o processo, 30 [KJ] de calor são transferidos para a água, e 5
[KJ] de calor são perdidos para o ambiente. O trabalho da roda de pás é de 500 [Nm].
Determine a energia final do sistema se sua energia inicial é de 10 [KJ].
5. A força necessária para expandir um gás ao longo de uma mola pneumática a uma
distância x está dada por onde c é uma constante determinada pela geometria
do dispositivo e k é determinado pelo gás utilizado no dispositivo. Tal dispositivo tem
uma constante de 200 [lbf.pol1,4] e k=1,4. Determine o trabalho em [Btu], necessário
para comprimir o dispositivo a partir de 1 para 4 polegadas.

6. Considere o escoamento permanente de água em uma junção de tubos conforme


mostrado no diagrama abaixo. As áreas das seções são: A1=0,2 [m2], A2=0,2 [m2] e
A1=0,15 [m2]. O fluido também vaza para fora do tubo através de um orifício em 4, com
uma vazão volumétrica estimada em 0,1[m3s-1]. As velocidades médias nas seções 1 e 3
são v1=5 [m/s] e v3=12 [m/s] respectivamente. Determine a velocidade do escoamento
na seção 2, sendo: ρ = 999 [kg*m-3]

Um laboratório de uma universidade situada em um país frio deve ser mantido a 37 [°C],
com o auxílio de uma bomba de calor. Quando a temperatura do exterior cai para 6 [°C],
a taxa de energia perdida do laboratório para o exterior corresponde a 30 [kW].
Considerando-se regime permanente, calcule a potência elétrica mínima necessária para
acionar a bomba de calor em [kW].

7. Duas molas com a mesma constante de elasticidade K são instaladas em um sistema de


cilindro/pistão de peso desprezível e sujeito a P=100 [KPa]. Quando o pistão se localiza
no fundo, ambas as molas estão livres de força alguma e uma delas entra em contato
com o pistão em V=2 [m3]. O cilindro contém amônio inicialmente a T=-2 [°C] x=0,13
V=1 [m3], o qual é aquecido até a pressão final atingir 1200 [KPa]. Calcule a pressão na
qual o pistão vai encostar na outra mola. Estime a temperatura final e o trabalho
realizado pelo fluido.

8. Um tanque rígido de 0,5 [m3] contendo hidrogênio a 20 [°C] e 600 [KPa] está conectado
por meio de uma válvula a outro tanque rígido de 0,5 [m3] que contém hidrogênio a 30
[°C] e 150 [KPa]. A Válvula é aberta, e o sistema atinge equilíbrio térmico com a
vizinhança, que está a 15 [°C]. Determine a pressão final do tanque.

9. Um líquido incompressível entra em uma bomba como líquido saturado a 280 [°C] a
uma vazão de 1, 5x107 [kg/h]. O aumento de pressão devido ao trabalho da bomba é de
600 [kPa]. Desprezando as perdas de calor e a variação de energia cinética e potencial e
sendo 7X10−4 [m3/kg] o volume específico do líquido saturado a 280 [°C]. Calcule o
trabalho realizado pela bomba por unidade de tempo.
10. Um arranjo pistão/cilindro contém 0,1 [m3] de agua líquida e 0,9 [m3] de vapor d´água
em equilíbrio a 800 [KPa]. Calor é transferido a pressão constante até que a
temperatura atinja 350 [°C].
 Qual é a temperatura inicial da água?
 Determine a massa total da água
 Calcule o volume final.
 Mostre o processo em um diagrama P-V e T-V com relação às linhas de
saturação.

11. Um tanque rígido de V=1 [m3] tem ar a P=1500 [KPa] e T=300 [K], conectado à um
mecanismo de cilindro/pistão mediante uma válvula. O pistão com área de 0,1 [m2]
precisa de uma pressão de 250 [KPa] para entrar em suspenso (flutuar). A válvula é
aberta devagar de modo controlado e o pistão se desloca lentamente 2 metros para
acima, logo a válvula é fechada. Durante o processo a temperatura do ar permanece em
300 [K]. Qual é a pressão final no tanque?

12. Considere dois tanques A e B conectados por uma válvula. Cada tanque tem um
volume de 200 [L]. O tanque A contém fluido R-12 @25 [°C], numa proporção em
volume de 10% líquido e 90% vapor, enquanto o tanque B está esvaziado. A válvula é
aberta devagar de modo controlado e o vapor saturado se desloca de A para B até a
pressão em B atingir a pressão de A, logo depois a válvula é fechada. Uma temperatura
de 25 [°C] é mantida ao longo do processo. Estime quanto o título do fluido mudou do
estado inicial ao final no tanque A.

13. Considere uma pistola de ar comprimido cuja câmara tem volume igual a 1 [cm3] e que
contém ar a 250 [kPa] e 27 [°C]. A bala se comporta como um pistão e, inicialmente,
está imobilizada por um gatilho. O gatilho, então, é acionado e o ar expande num
processo adiabático reversível. Admitindo que a pressão do ar seja 100 [kPa] quando a
bala deixa o cano da pistola, determine o volume desse cano e o trabalho realizado pelo
ar.