Você está na página 1de 14

Meios de Cultura

Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio

Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version
Meios de Cultura Profª Dulce Lins e Profº Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Introdução

 Introdução  Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos

Definição: “Associação equilibrada de agentes

 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,
 Definição: “Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,

químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura,

químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura, viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de
químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura, viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de
químicos (nutrientes, pH, etc.) e físicos (temperatura, viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de

viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo

viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de micro-organismos fora de seu habitat natural”.

de micro-organismos fora de seu habitat natural”.

viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de micro-organismos fora de seu habitat natural”.
viscosidade, atmosfera, etc.) que permitem o cultivo de micro-organismos fora de seu habitat natural”.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Quanto a aplicação:

Isolamento

Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 

Identificação

Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 
Quanto a aplicação:  Isolamento  Identificação  Quantificação  Conservação 

Quantificação

Conservação

Multiplicação

 Quantificação  Conservação  Multiplicação
 Quantificação  Conservação  Multiplicação

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Composição:

H 2 O

Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N

Sais Minerais

Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N
Composição:  H 2 O  Sais Minerais  Fontes de:  C arbono  N

Fontes de:

Carbono

N itrogênio

Enxofre

Vitaminas (Fatores de crescimento)

 Fontes de:  C arbono  N itrogênio  E nxofre  V itaminas (Fatores
 Fontes de:  C arbono  N itrogênio  E nxofre  V itaminas (Fatores

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Características das matériasprimas complexas:

Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato
Características das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato

Extrato de carne

das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato de
das matérias – primas complexas:  Extrato de carne  Extrato de levedura  Extrato de

Extrato de levedura

Extrato de malte

Peptonas (de carne, de caseína)

Ágar-agar

 Extrato de levedura  Extrato de malte  Peptonas (de carne, de caseína)  Ágar-agar
 Extrato de levedura  Extrato de malte  Peptonas (de carne, de caseína)  Ágar-agar

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Condições ambientais favoráveis:

pH

Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade

Temperatura

Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade
Condições ambientais favoráveis:  pH  Temperatura  Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade

Pressão osmótica

Oxigênio

Umidade (Atividade aquosa)

 Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade (Atividade aquosa)
 Pressão osmótica  Oxigênio  Umidade (Atividade aquosa)

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Classificação dos meios de cultura:

Quanto ao estado físico

dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 
dos meios de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido 

Líquido

de cultura:  Quanto ao estado físico  Líquido  Sólido  Semi-sólido  Quanto a

Sólido

Semi-sólido

Quanto a orígem dos constituintes

Meios naturais ou complexos

Meios sintéticos e Semi-sintéticos

 Quanto a orígem dos constituintes  Meios naturais ou complexos  Meios sintéticos e Semi-sintéticos
 Quanto a orígem dos constituintes  Meios naturais ou complexos  Meios sintéticos e Semi-sintéticos

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Quanto ao seu emprego

Enriquecimento

Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
Quanto ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)

Seletivo

ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)
ao seu emprego   Enriquecimento  Seletivo  Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)

Diferencial

Qualitativo (Para Identificação)

Quantitativo (Para Contagem)

 Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)  Quantitativo (Para Contagem)
 Diferencial  Qualitativo (Para Identificação)  Quantitativo (Para Contagem)

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Preparo:

Preparo:  Pesagem dos componentes  Solubilização  Determinação e ajuste de pH  Distribuição em

Pesagem dos componentes

 Pesagem dos componentes
 Pesagem dos componentes
 Pesagem dos componentes
 Pesagem dos componentes
Preparo:  Pesagem dos componentes  Solubilização  Determinação e ajuste de pH  Distribuição em
 Solubilização

Solubilização

 Solubilização
Preparo:  Pesagem dos componentes  Solubilização  Determinação e ajuste de pH  Distribuição em
Preparo:  Pesagem dos componentes  Solubilização  Determinação e ajuste de pH  Distribuição em
Preparo:  Pesagem dos componentes  Solubilização  Determinação e ajuste de pH  Distribuição em

Determinação e ajuste de pH

Distribuição em recipientes adequados

Acondicionamento para esterilização

Esterilização (autoclavação ou filtração esterilizante)

Temperatura (121ºC ) / Tempo de acordo com o fabricante)

Conservação

ou filtração esterilizante)  Temperatura (121ºC ) / Tempo de acordo com o fabricante)  Conservação
ou filtração esterilizante)  Temperatura (121ºC ) / Tempo de acordo com o fabricante)  Conservação

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Distribuição de meios sólidos:

Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Distribuição de meios sólidos: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação.

Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação.

Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
Conservação: Temperatura, tempo, umidade, iluminação. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Controle de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade

Controle de Qualidade: Verificação dos Meios

Esterilidade

de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de
de Qualidade: Verificação dos Meios  Esterilidade   Promoção de crescimento Inibição de

Promoção de crescimento

Inibição de crescimento

  Promoção de crescimento Inibição de crescimento
  Promoção de crescimento Inibição de crescimento

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ®

Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6
Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6
Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6
Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6
Segurança: Caldo Chromocult Enterococci ® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6

Pesquisa de Enterococcus/Streptococcusem água.

® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6 0,04 2,2 Composição (g/
® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6 0,04 2,2 Composição (g/
® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6 0,04 2,2 Composição (g/
® Pesquisa de Enterococcus / Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6 0,04 2,2 Composição (g/
8,6 6,4 0,6 0,04 2,2
8,6
6,4
0,6
0,04
2,2
/ Streptococcus em água . 8,6 6,4 0,6 0,04 2,2 Composição (g/ L) Peptonas Cloreto de

Composição (g/ L)

Peptonas Cloreto de Sódio Azida sódica

5-bromo-4-chloro-3-indolyl-ß-D-glicopiranosídeo(X-GLU)

Tween® 80

(g/ L) Peptonas Cloreto de Sódio Azida sódica 5-bromo-4-chloro-3-indolyl-ß-D-glicopiranosídeo(X-GLU) Tween® 80
(g/ L) Peptonas Cloreto de Sódio Azida sódica 5-bromo-4-chloro-3-indolyl-ß-D-glicopiranosídeo(X-GLU) Tween® 80

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com