Você está na página 1de 9

CURSO DE REPESCAGEM

2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 01. Caio foi originariamente contratado por empresa
XPTO Ltda., posteriormente adquirida pela empresa ABCD S/A.
Nos termos da negociação da aquisição, restou estabelecido que
apenas a empresa originária seria responsável pelos débitos
trabalhistas, bem como que os contratos de trabalho por ela
mantidos seriam automaticamente rescindidos, uma vez que o
requisitos da “pessoalidade”, previsto nos arts. 02º e 03º da CLT,
já não mais se verifica nas relações empregatícias então
estabelecidas. Diante do acima exposto, responda de forma
fundamentada:
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 01.

a) O enunciado da questão trata de qual instituto justrabalhista?

b) É correta e válida a estipulação de rescisão de todos os


contratos de trabalho em razão da supressão do requisito da
pessoalidade?
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 01(a). O enunciado da questão trata de qual instituto
justrabalhista?

SUCESSÃO DE EMPREGADORES: manifestação do princípio


da continuidade da relação de emprego.

Fundamento jurídico: arts. 10 e 448 da CLT.


2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 01(b). É correta e válida a estipulação de rescisão de
todos os contratos de trabalho em razão da supressão do
requisito da pessoalidade? Não.

O requisito da pessoalidade, estabelecido nos arts. 02º e 03º da


CLT, aplica-se ao empregado exclusivamente.

Em relação ao empregador, aplica-se o princípio da


despersonalização (arts. 10 e 448 da CLT) – exceção:
empregador pessoa física (ex.: doméstico).
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 02. Fulano, estudante do curso de Direito, foi contratado
verbalmente como estagiário pela empresa ABDC Ltda., com
horário de trabalho de 06 (seis) horas/dia. Dentre suas
atribuições, estava o acompanhamento processual online dos
processos da parte concedente e a elaboração de peças práticas
processuais. Passados 02 (dois) anos, o contrato verbal de
estágio foi extinto. Diante da situação fática acima narrada,
responda de forma fundamentada:
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 02.

a) A contratação do estagiário foi válida? Em caso negativo,


quais as consequências legais?

b) É possível a contratação de estagiário por período superior à


02 (dois) anos?
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 02(a). A contratação do estagiário foi válida? Em caso
negativo, quais as consequências legais? Não.

Contratação irregular, ainda que compatíveis as atividades:


contrato verbal - Art. 03º, II da Lei 11.788/2008: necessária a
celebração de termo de compromisso entre o educando, a parte
concedente do estágio e a instituição de ensino.

Consequência jurídica: formação de vínculo direto de emprego


(CLT) – arts. 03º e 15 da Lei 11.788/2008.
2ª Fase OAB
Relação de Trabalho x Emprego
Questão 02(b). É possível a contratação de estagiário por período
superior à 02 (dois) anos?

REGRA: vedada a admissão de estagiário por período superior a


02 (dois) anos – art. 11, primeira parte da Lei 11.788/2008.

EXCEÇÃO: estagiário portador de deficiência, sendo possível a


admissão por prazo indeterminado - art. 11, segunda parte da Lei
11.788/2008.