Você está na página 1de 50

INFORMAÇÕES DO CURSO DE:

MICROSOFOT OFFICE EXCEL 2010

CRIADO E PROMOVIDO POR: ADMINISTRA BRASIL CURSOS


QUANTIDADE DE PÁGINAS DO CURSO: 50 PÁGINAS
CARGA HORÁRIA NO CERTIFICADO: 120 HORAS

CONTEÚDO DO CURSO:
1. INTERFACE
2. MOVIMENTANDO-SE PELA PLANILHA
3. MENU ARQUIVO
4. BARRA DE FERRAMENTAS
5. BARRA DE FÓRMULAS
6. PASTAS DE TRABALHO
7. INTERPRETAÇÃO DE DADOS
8. TIPOS DE ENTRADA DE DADOS
9. OPERADORES MATEMÁTICOS
10. ENTRANDO COM TEXTOS
11. ENTRANDO COM NÚMEROS
12. CORRIGINDO ERROS NA ENTRADA DE DADOS
13. SELECIONANDO CÉLULAS
14. APAGANDO DADOS DE UMA CÉLULA
15. ALTERANDO A LARGURA DAS COLUNAS E ALTURA DAS LINHAS
16. INSERINDO OU EXCLUINDO LINHAS
17. INSERINDO OU EXCLUINDO COLUNAS
18. BORDAS
19. UTILIZANDO RECURSOS DE AUTOPREENCHIMENTO
20. UTILIZANDO FÓRMULAS PARA CÁLCULOS
21. UTILIZANDO FUNÇÕES PARA CÁLCULOS
22. TRABALHANDO COM GRÁFICOS

1
I NTRODUÇÃO

O Excel é um programa de planilha eletrônica desenvolvido pela Microsoft para


Windows, que pode ser utilizado para calcular, armazenar e trabalhar com lista de
dados, fazer relatórios e gráficos, sendo recomendado para planejamentos,
previsões, análises estatísticas e financeiras, simulações e manipulação numérica
em geral.

Por ser um programa escrito para Windows, tem acesso a todas as funções que o
ambiente proporciona, como por exemplo, a troca de dados entre aplicativos do
Pacote Office (Word, PowerPoint, etc.).

A planilha eletrônica é um conjunto de colunas e linhas, cuja intersecção é


denominada de células. Cada célula possui um endereço único ou referência. Por
exemplo, a referência da célula da coluna A com a linha 1 é simplesmente A1.

O Excel possui 256 colunas identificadas por letras de A até IV e 65.536 linhas.

O Excel pode ser utilizado em diversas áreas, como por exemplo:

 ÁREA ADMINISTRATIVA: Folha de Pagamento, Salários, Contabilidade, Controle de


Compras, Tabelas de Preços, Saldos etc.

 ÁREA FINANCEIRA: Análise de Investimentos, Custos, Projeção de Lucros, Fluxo de


Caixa, Controle de Contas a Pagar e a Receber, Simulação de Custos etc.

 ÁREA COMERCIAL: Plano de Vendas, Controle de Visitas, Análise de Mercado,


Controle de Notas Fiscais, Emissão de Listagem de Preços.

 PRODUÇÃO: Controle de Produção, Controle de Estoque etc.

2
I NTERFACE

Para iniciar o Excel 2010, clique no botão Iniciar.


Localize a opção Microsoft Office e então clique no Microsoft Office Excel 2010.
Ou você pode também clicar no ícone do programa em sua área de trabalho.

Após aguardar o Microsoft Excel ser iniciado, aparecerá a imagem apresentada a


seguir. Os componentes básicos da interface são:

Barra de
Títulos

Faixa de
Opções

Barra de
Ferramentas

Barra de
Fórmulas

Área de
trabalho

Para finalizar o Excel, você pode:


• Clicar no Menu ‘Arquivo’ e opção ‘Sair’ ou pelo atalho ‘ALT + F4’.
• Clicar no “X” no canto superior direito da tela (mais comum).

Se desejar fechar apenas a planilha em uso, você pode:


• Clicar no Menu ‘Arquivo’ e opção ‘Fechar’ ou pelo atalho ‘CTRL + F4’.

3
MOVIMENTANDO-SE PELA PLANILHA

Para que uma célula possa receber algum tipo de dado ou


formatação, é necessário que ela seja selecionada previamente,
ou seja, que se torne célula ativa.

Você notará que a célula está ativa de duas formas:

A. Haverá uma borda grossa escura em volta célula e;


B. Haverá uma especificação da célula ativa na barra de fórmulas. Na imagem
acima, por exemplo, a célula ativa é a B6 (coluna B, linha 6)

Para deixar uma célula ativa, você deve mover o retângulo de seleção da célula,
utilizando quaisquer métodos disponíveis, como, por exemplo:

 As teclas de seta servem pra mover o retângulo para a célula na direção


indicada por ela:
Mover uma célula para a direita: 
Mover uma célula para a esquerda: 
Mover uma célula para cima: 
Mover uma célula para a baixo: 

 As teclas de seta em combinações com outras teclas servem para


acelerar a movimentação:

Última coluna da linha atual: CTRL +


Primeira coluna da linha atual: CTRL +
Última linha com dados da coluna atual: CTRL +
Primeira linda com dados da coluna atual: CTRL +

Dica: É mais prático utilizar o mouse para selecionar uma célula específica.
4
MENU ARQUIVO

Faixa de Opções
Menu Arquivo

O Menu ‘Arquivo’ pode ser encontrado ao lado da Faixa de Opções. Ao clicar


aparecerá a imagem e dentro deste menu principal, podemos efetuar diversas
operações, como:

Salvará o arquivo no local já definido por você.

Salvará o arquivo em outro local no qual você desejar.

Abre um arquivo salvo em seus documentos.

Fecha a pasta atual de trabalho.

Referem-se às permissões, compartilhamentos e versões anteriores.

Mostra os últimos arquivos trabalhados por você.

Criar-se automaticamente um novo modelo em branco, outros


modelos disponíveis ou modelos do office.com.

Aqui você pode imprimir e/ou fazer configurações de impressão.

Você pode salvar o arquivo em formatos e tipos diferentes e


disponibilizá-los na web e/ou enviá-los por e-mail.

Suporte do produto, ativação e licença do produto e outras opções.

Configura opções de interface, de cálculos, de autocorreção e etc.

Finaliza o programa.

5
BARRA DE FERRAMENTAS

A Barra de Ferramentas possui botões que facilitam a execução das tarefas mais
frequentes do aplicativo, bastando apenas acioná-los. A barra de ferramentas do
Excel 2010 é encontrada nos diversos tipos de Guias da faixa de Opções.

Veja os exemplos abaixo:

Menu ‘Arquivo’ (vimos anteriormente)


Guia Página Inicial localizada na
faixa de Opções

Barra de Ferramentas da Guia Página Inicial

Sendo assim, temos barras de ferramentas em todas as faixas de opções, que são:

 Página Inicial
 Inserir
 Layout da Página
 Fórmulas
 Dados
 Revisão
 Exibição

6
GUIA PÁGINA INICIAL

1. Ferramentas de área de transferência, que são:

Botão Recortar Recorta a área selecionada para a Área de Transferência


Botão Copiar Copia a área selecionada para a Área de Transferência
Botão Pincel Copia a formatação de um objeto ou texto selecionado.
Botão Colar Cola a seleção da Área de Transferência para a área indicada.

2. Ferramentas de fonte, que são:

Fonte Altera a fonte do texto e dos números selecionados.


Tamanho Altera o tamanho da fonte.
Efeito Negrito (N) Ativa ou desativa o efeito negrito.
Efeito Itálico (I) Ativa ou desativa o efeito itálico.
Efeito Sublinhado (S) Ativa ou desativa o efeito sublinhado.
Bordas Insere borda à célula ou ao intervalo selecionado.
Adiciona, modifica ou remove a cor ou efeito de preenchimento do
Cor do
Preenchimento objeto selecionado.
Cor da Fonte Formata o texto selecionado com a cor desejada.

3. Ferramentas de alinhamento, que são:

Alinhamentos Alinha o texto em cima, no meio, ou em baixo, esquerda, centro ou direita.

Orientação Gira o texto em um ângulo diagonal ou em vertical.

Diminuir Recuo Diminui a margem entre a borda e o texto em célula.

Aumentar Recuo Aumenta a margem entre a borda e o texto em célula.

Quebrar Texto Torna todo o conteúdo visível em uma célula, exibindo-o em varinhas linhas.
União de duas ou mais células selecionadas em uma nova célula maior e
Mesclar e
Centralizar centraliza o conteúdo da nova célula.

7
4. Ferramentas de números, que são:
Formato de números Escolhe como os números da célula serão exibidos: moeda, data, hora.

Formato de número de Escolhe um formato de moeda para o número da célula: Euro, real.
contabilização
Porcentagem Exibi o valor da célula como percentual.

Separador de Milhares Exibi o valor da célula com separador de milhar.

Aumentar casas decimais Mostra valores cada vez mais precisos, exibindo mais casas decimais.

Diminuir casas decimais Mostra valores cada vez menos precisos, exibindo menos casas decimais.

5. Ferramentas de estilo, que são:

Formatação Condicional Altera a aparência de um intervalo de células com base em condições.

Formatar como Tabela Formata rapidamente um intervalo de células, transformando-os em tabela.

Estilos de Célula Formata rapidamente uma célula escolhendo dos estilos pré-definidos.

6. Ferramentas de células, que são:

Inserir Células Insere células, linha ou colunas em uma planilha ou uma tabela.

Excluir Células Exclui células, linha ou colunas em uma planilha ou uma tabela.
Você pode formatar células (aumentar altura da linha ou
Formatar Células largura da coluna) Organizar planilha (Renomear, remover,
incluir) e também proteger ou ocultar células.

7. Ferramentas de edição, que são:

Soma Exibi a soma das células selecionadas.

Preencher Continua com o padrão em uma ou mais células adjacentes.

Limpar Remove toda a formatação do conteúdo da célula.

Classificar e filtrar Organizam-se os dados para que seja mais fácil analisa-los.

Localização e Localiza-se texto, números, uma formatação ou um tipo de documento.


Selecionar Pode-se também substituir por um novo texto ou uma nova formatação.

8
GUIA INSERIR
Esta guia de ferramentas é composta por:

1. Inserção de Tabelas:

Resumi os dados utilizando uma tabela dinâmica. Com ela,


Tabela Dinâmica
torna-se mais fácil resumir e organizar dados complicados.
Tabela Cria uma tabela para analisar e gerenciar dados relacionados.

2. Inserção de Ilustrações:

Imagens Insere uma imagem de um arquivo salvo em seu computador.

Clip-Art Insere Clip-Arts no documento, como filmes, sons, fotos de catálogos, etc.

Formas Insere formas prontas como retângulos, círculos, linhas, etc.


Insere arquivos SmartArt, que tem por objetivo comunicar uma informação
SmartArt
visualmente. Trata-se de linhas gráficas, diagramas, etc.
Insere uma imagem de um programa qualquer que não esteja minimizado
Instantâneo
na barra de tarefas.

3. Inserção de Gráficos:

Insere um gráfico de colunas, utilizado para comparar valores em diversas


Colunas
categorias.
Linhas Insere um gráfico de linhas, utilizado para exibir tendências ao longo do tempo.
Insere um gráfico de pizza, utilizado para exibir a contribuição de cada valor em
Pizza
relação ao total.
Barras Insere um gráfico de barras, utilizados para comparar múltiplos valores.
Insere um gráfico de área, utilizados para enfatizar diferenças entre vários
Área
conjuntos de dados em um determinado período de tempo.
Insere um gráfico de dispersão, também conhecido como gráfico X Y, é
Dispersão
utilizado para comparar pares de valores.
Outros Gráficos Insere outros tipos de gráficos, como superfície, bolha, rosca, radar, etc.

9
4. Inserção de Minigráficos:

Linha Insere um gráfico de linhas em uma única célula.


Coluna Insere um gráfico de colunas em uma única célula.
Ganhos/Perdas Insere um gráfico de ganhos e perdas em uma única célula.

5. Inserção de Filtro:

Inserir Inseri uma segmentação de dados para filtrar dados interativamente.


Segmentação de As segmentações de dados agilizam e facilitam a filtragem de funções
Dados de tabelas dinâmicas e cubos.

6. Inserção de Links:

Cria um link para uma página de Web, uma imagem, um endereço de


Hiperlink
e-mail ou um programa.

7. Inserção de Texto:

Caixa de Texto Insere uma caixa de texto que pode ser posicionada em qualquer parte da página.
Cabeçalho e Rodapé Insere um cabeçalho e/ou um rodapé no documento.
WordArt Insere um texto decorativo no documento.
Linha de Assinatura Insere uma linha de assinatura, na qual especifica a pessoa que deve assinar.
Objeto Insere um objeto dentro do documento do Excel.

8. Inserção de Símbolos:

Equação Insere equações matemáticas.


Símbolo Insere caracteres que não estão no teclado.

10
GUIA LAYOUT DA PÁGINA
Essa guia de ferramentas é composta por:

1. Aplicação de Temas:

Altera o design de todo o documento,


Temas (Automático)
incluindo cores, fontes e efeitos.
Cores Altera as cores do tema atual.
Fontes Altera a fonte do tema atual.
Efeitos Altera os efeitos do tema atual.

2. Configuração de Página:

Margens Seleciona e altera as margens do documento.


Altera as páginas entre os Layouts Retrato ou Paisagem
Orientação
(documento “de pé” ou “deitado”).
Tamanho Escolhe um tamanho de papel para o documento atual.
Área de impressão Delimita a área de impressão do documento.
Quebras Especifica onde uma nova página iniciará na cópia impressa.
Plano de Fundo Escolhe uma imagem a ser inserida como plano de fundo na planilha.
Imprimir Títulos Especifica linhas e colunas a serem repetidas em cada página da impressão.

11
3. Ferramentas de Dimensionamento:

Largura Reduz a largura da saída impressa de modo que ela se ajuste a um número máximo de páginas.
Altura Reduz a altura da saída impressa de modo que ela se ajuste a um número máximo de páginas.
Escala Alonga ou reduz a saída impressa em um percentual de seu tamanho real.

4. Opções de Planilha:

Mostra a linha que aparecem entre as linhas e as colunas, facilitam a


Linhas de Grade visualização e edição das mesmas. Podemos optar por exibi-las até na
impressão do documento.
Mostra os títulos das linhas e das colunas. Podemos optar por exibi-las até
Títulos
na impressão do documento.

5. Ferramenta de Organização:

Avançar Leva o objeto selecionado para frente.


Recuar Leva o objeto selecionado para trás.
Painel de Seleção Abre-se um painel de seleção para auxiliar na ordem da visibilidade dos objetos.
Alinhar Alinha as bordas de vários objetos selecionados.
Agrupar Agrupam todos os objetos selecionados para que sejam tratados como um único objeto.
Girar Gira ou inverte o objeto selecionado.

12
GUIA DE FÓRMULAS
A guia de fórmulas é composta por:

1. Biblioteca de funções:

Escolhe a função da célula atual, podendo-se editar a fórmula e


Inserir Função
argumentos diversos.

AutoSoma Exibi a soma automática das células selecionadas.

Usadas Recentemente Têm-se uma lista das funções utilizadas recentemente.

Financeira Abre-se uma lista de funções financeiras.

Lógica Abre-se uma lista de funções lógica.

Texto Abre-se uma lista de funções de texto.

Data e Hora Abre-se uma lista de funções de data e hora.

Pesquisa e Referência Abre-se uma lista de funções de pesquisa e referência.

Matemática e Trigonometria Abre-se uma lista de funções de matemática e trigonometria.

Abre-se uma lista de outras funções, como de engenharia, cubo,


Mais funções
estatística, etc.

13
2. Nomes definidos:

Cria, edita e exclui e localiza todos os nomes utilizados na área de trabalho.


Gerenciador de nomes: Nesta ferramenta é possível definir nomes nas células, utilizá-las em
fórmulas e criar a partir da seleção de itens do documento.

3. Auditoria de fórmulas:

Mostram setas indicando quais células afetam o valor da célula selecionada


Rastrear Precedentes
no momento.

Rastrear Dependentes Mostram quais células são afetadas pela célula selecionada no momento.

Remover Setas Remove as setas dos itens anteriores.

Mostrar Fórmulas Exibi a fórmula em cada célula em vez do resultado.

Verificação de Erros Procura os erros comuns que ocorrem nas fórmulas.

Avaliar Fórmula Abre uma caixa para avaliar cada fórmula inserida na célula.

Janela de Inspeção Monitora os valores que são alterados a todo momento no documento.

4. Cálculos:

Especifica quando as fórmulas serão calculadas. Têm-


Opções de Cálculos se como opções também calcular a pasta de trabalho
inteira e a planilha atual.

14
GUIA DE DADOS

A guia de dados é composta por:

1. Obter Dados Externos:

Do Access Importa dados do banco de dados do Microsoft Access.

Da Web Importa dados de uma página da Web.

De Texto Importa dados de arquivo de texto.

De Outras Fontes Importa dados de outras fontes de dados

Conexões Existentes Conecta a uma fonte de dados externa.

2. Conexões:

Atualizar tudo Atualiza todas as informações recebidas de um banco de dados.

Conexões Exibi todas as conexões de dados da área de trabalho

Especifica como as células conectadas a uma fonte de dados será


Propriedades
atualizada, que tipo de alterações poderão ser feitas, etc.
Atualiza todos os outros arquivos que esta pasta está vinculada, podendo-
Editar Links
se atualizar ou remover tais vínculos.

15
3. Classificar e Filtrar:

Classifica os itens selecionados em ordem alfabética ou numeral.


Classificar
(crescente ou decrescente)
Filtro Habilita a filtragem das células selecionadas.
Limpar Retira a Filtragem
Reaplicar Reaplica novamente a Filtragem
Avançado Especifica critérios complexos para a filtragem de dados

4. Ferramentas de Dados:

Texto para colunas Separa um conteúdo do Excel em colunas separadas


Remover Duplicatas Exclui as linhas duplicadas de uma planilha
Validação de Dados Impede que dados inválidos sejam digitados em uma célula
Consolidar Combina valores de vários intervalos em um novo intervalo.
Teste de Hipóteses Testar diversos valores para as fórmulas da planilha.

5. Estrutura de tópicos:

Vincula um intervalo de células para que eles possam ser


Agrupar
recolhidos ou expandidos.
Desagrupar Desagrupa um intervalo de células agrupadas.
Totaliza várias linhas de dados relacionados inserindo
Subtotal
automaticamente os subtotais de cada uma delas.
Mostrar Detalhe Expandi um grupo de células recolhidas.
Ocultar Detalhe Recolhe um grupo de células.

16
GUIA DE REVISÃO
A guia de revisão é composta por:

1. Revisão de Texto:

Verificar Ortografia Verifica a ortografia do texto.


Pesquisar Pesquisa em materiais de referência como dicionário, enciclopédias, etc.
Dicionário de Sinônimos Sugere palavras com significados semelhante ao da palavra selecionada.

2. Comentários:

Novo comentário Insere um novo comentário sobre a seleção.


Excluir Exclui um comentário já inserido.
Anterior / Próximo Seleciona o comentário anterior ou próximo comentário da planilha.
Mostrar / Ocultar Comentário Mostrar ou oculta os comentários inseridos.
Mostrar todos os comentários Mostra todos os comentários já inseridos.
Mostrar à tinta Mostra ou oculta todas as anotações à tinta na planilha.

3. Alterações:

Impede alterações nos dados da planilha, especificando como ela poderá


Proteger Planilha
ser alterada.
Proteger Pasta de Trabalho Impede alterações indesejadas na pasta de trabalho
Permite que várias pessoas editem uma pasta de trabalho
Compartilhar Pasta de Trabalho
simultaneamente.
Proteger e compartilhar Pasta de Trabalho Compartilha e protege a pasta com uma senha ao mesmo tempo.
Permitir que os Usuários Editem Intervalos Permite a edição de intervalos no documento.
Controlar alterações Controla todas as alterações que podem ser feitas no documento.

17
GUIA DE EXIBIÇÃO
A guia de exibição é composta por:

1. Modos de Exibição da Pasta de Trabalho:

Normal Exibi o documento no modo normal.

Layout da Página Exibi o documento no modo que ficará na página impressa.

Visualização da
Exibi uma prévia dos lugares onde as páginas irão quebrar no modo impresso.
Quebra de Página
Modos de Exibição
Salva um conjunto de configurações exibidos como modelo para próximos trabalhos.
Personalizados

Tela Inteira Exibi o documento no modo tela inteira.

2. Exibição:

Régua Exibi/Oculta a régua.

Linhas de Grade Exibi/Oculta as linhas de grade.

Barra de Fórmula Exibi/Oculta a barra de fórmula.

Títulos Exibi/Oculta os títulos.

18
3. Zoom:

Zoom Abre a caixa de diálogo Zoom para especificar o nível de zoom no documento.
100% Alterar o Zoom no documento no tamanho normal.
Zoom na seleção Alterar o Zoom na planilha para que a área selecionada fique na tela inteira.

4. Janelas:

Nova Janela Abre uma nova janela com uma exibição do documento atual.
Organizar tudo Coloca todas as janelas abertas lado a lado na tela.
Manter uma parte da visível enquanto o resto dela pode ser
Congelar Paineis
trabalhado/percorrido.
Dividir Dividi a janela em vários painéis redimensionáveis.
Ocultar Oculta a janela atual.
Reexibir Reexibi a janela ocultada.
Exibir as duas planilhas lado a lado para poder comparar seus
Exibir Lado a Lado
respectivos conteúdos.
Sincroniza a rolagem de duas janelas para que ambos
Rolagem Sincronizada
documentos rolem juntos na tela.
Redefini a posição de duas janelas abertas para que ambas
Redefinir Posição da Janela
ocupem o mesmo espaço na tela.
Salvar Espaço de Trabalho Salva o layout atual das janelas.
Alternar Janelas Passa para a outra janela aberta no momento.

19
Barra De Ferramentas De Acesso Rápido

A barra de ferramentas de acesso rápido do Excel é, em sua configuração padrão,


localizada na barra de títulos, acima da Faixa de Opções e do Menu ‘Arquivo’.

Nele, podemos encontrar:

Botão Salvar Salva a pasta de trabalho.

Desfazer Desfaz a última ação.

Refazer Refaz a última ação.

Abrir Abre uma pasta de trabalho existente.

Cria uma nova pasta de trabalho, com base no


Novo documento
modelo padrão.

E-mail Envia o documento atual por e-mail.

Imprime a planilha ativa na pasta de trabalho ou os


Impressão rápida
itens selecionados de forma direta.

Visualização de impressão Visualiza o documento a ser impresso.

Verifica os erros de ortografia existentes na


Verificar Ortografia
planilha.
Classifica os itens selecionados em ordem alfabética
Classificar
ou numeral. (crescente ou decrescente)
Abre uma lista com os arquivos recentes
Abrir Arquivo Recente
trabalhados.

20
BARRA DE FÓRMULAS

A Barra de Fórmulas é utilizada para editar as entradas de dados na planilha.

Sempre que inserimos alguma informação (texto, número, fórmulas, etc.) na célula
ativa, essa informação pode ser visualizada na barra de fórmulas.

A barra de fórmulas está logo abaixo da barra de ferramentas – ou acima das


primeiras colunas da planilha.

Ao lado esquerdo da barra de fórmulas, temos a Caixa de Nome, que é uma área de
referência que identifica a célula atual – linha e coluna. Repare que no exemplo
abaixo, a Caixa de Nome identifica a célula ativa (A1) e a Barra de Fórmulas
identifica o tipo de informação nela inserido (CURSO DE EXCEL 2010).

Caixa de Nome Barra de Fórmulas

Você pode também, dentro da Caixa de Nome, digitar o endereço de uma célula,
por exemplo:

No exemplo acima foi digitado o endereço da célula C3. A própria Caixa de Nome se
encarrega de redirecionar sua célula ativa para este novo endereço de célula.
Repare que na barra de fórmulas não há nenhuma informação, pois esta nova
célula está em branco.

21
PASTAS DE TRABALHO

Cada pasta pode conter 255 planilhas, que podem diferir uma das outras, ou seja,
em uma pasta de trabalho, podem existir várias planilhas com dados diferentes.
Você poderá renomear, editar ou excluir cada uma delas na parte inferior do
documento.

Para avançar de uma planilha para outra (Exemplo: de Plan1 para Plan2) use as
teclas de atalho: Ctrl e Page Down (Pressione a tecla Ctrl e depois aperte a tecla
Page Down), para retornar a planilha anterior (Exemplo: de Plan3 para Plan2) use
as teclas de atalho: Ctrl Page Up (Pressione a tecla Ctrl e depois aperte a tecla Page
Up).

COMO OS DADOS DIGITADOS SÃO INTERPRETADOS

Podemos digitar dois tipos de dados nas planilhas:

 VALOR CONSTANTE: é digitado diretamente na célula e pode ser um texto


ou um número com vários formatos (data, hora, moeda, porcentagem,
fração ou notação científica).

 FÓRMULA: é uma sequência de valores, referências de células, nomes,


funções ou operadores que produzam um novo valor a partir dos valores
existentes. As fórmulas sempre começam com um sinal de igual. Os valores
resultantes das fórmulas são atualizados quando os valores originais são
alterados.

22
TIPOS DE ENTRADA DE DADOS

O Excel aceita quatro tipos de dados: Textos, Números, Fórmulas e Funções.

 TEXTOS: É interpretado como texto toda a informação que se inicia com uma
letra ficando alinhados à esquerda. Utilizamos o texto em títulos e definições.

 NÚMEROS: É interpretado como número todo dado precedido pelos seguintes


caracteres: 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9; sinal positivo (+); sinal negativo (-); abre e fecha
parênteses ( ); barra (/); cifrão ($); porcentagem (%). Utilizamos os números
para cálculos. Os valores numéricos sempre são alinhados à direita e podem
assumir vários formatos como: valor em dinheiro, percentual, entre outros.

 FÓRMULAS: são compostas por números, operadores matemáticos,


referências de células, etc.

 FUNÇÕES: são as fórmulas criadas pelo Excel. Existem funções estatísticas,


matemáticas, financeiras, etc.

Observação: Para entrar com esses tipos de dados na planilha, basta posicionar o
cursor na célula desejada (célula ativa), digitar o conteúdo (o tipo de dado) e, em
seguida, pressionar a tecla Enter.

OPERADORES MATEMÁTICOS

ARITMÉTICOS RELACIONAIS
^ Potenciação = Igualdade
& Concatenação < Menor que
* Multiplicação > Maior que
/ Divisão <= Menor ou igual
+ Adição >= Maior ou igual
- Subtração <> Diferente

23
ENTRANDO COM TEXTOS

Digite o texto na célula selecionada, confirmando com a tecla Enter. Se o texto for
maior que a largura da célula, se expandirá para as células laterais até encontrar
uma célula preenchida. Essa expansão ocorre em nível de tela, apresentado em
cima da célula vazia. Veja no exemplo abaixo:

Repare que:
 Todo o conteúdo escrito se encontra na célula A1 (CURSO DE EXCEL 2010)

Mas, será que as células B1, C1, D1 e E1 estão em branco? Vamos conferir:

Completamente vazias! Lembre-se: “Se o texto for maior que a largura da célula, se
expandirá para as células laterais até encontrar uma célula preenchida”.

Por fim, podemos colocar até 32.000 caracteres em uma única célula.
24
ENTRANDO COM NÚMEROS

Digitar o número na célula selecionada e pressionar a tecla Enter. Nas células que
tiverem o formato de número padrão, ou seja, Geral, o Excel exibirá os números
como inteiros (Exemplo: 789), frações decimais (Exemplo: 7,89) ou em notação
científica (Exemplo: 7.89E+08) caso o número for maior que a largura da célula.

Exemplo de notação científica:

Repare que:
 O conteúdo da célula foi exibido em notação científica, pois o formato do
número está como Geral, ou seja, padrão.

Caso o número estiver formatado, a célula será preenchida com cerquilhas


(######) indicando que a largura é insuficiente.

Exemplo de célula preenchida com cerquilhas:

Repare que:
 O conteúdo da célula foi exibido em cerquilhas, pois o formato do número
está como número, ou seja, não está configurado no modo padrão, Geral.
25
CORRIGINDO ERROS NA ENTRADA DE DADOS

Durante a digitação dos dados podemos usar as teclas de edição como: Backspace,
Delete, Insert, entre outras, que permitem corrigir ou digitar novos dados. Há
também a tecla Esc que possibilita cancelar uma entrada de dados antes que ela
seja confirmada com a tecla Enter.

Para corrigir uma entrada já digitada devemos proceder com uma das seguintes
formas:

A. Posicionar o cursor na célula a ser corrigida e, após isso, clique com o


cursor do mouse na Barra de Fórmulas e a altere manualmente ou;

B. Posicionar o cursor na célula a ser corrigida e, após isso, pressione a


tecla de função F2 que habilitará a alteração dos dados contidos na
célula (o cursor estará posicionado após o último caractere).

Após realizar as devidas correções, tecle Enter para confirmar.

Para corrigir a planilha, clique no botão Verificar Ortografia (encontrado na


Barra De Ferramentas De Acesso Rápido ou na Guia Revisão, nas ferramentas de
Revisão de Texto).

Observação: Você pode pressionar a tecla F7, que é o atalho desta ferramenta. A
sugestão é de que você use o máximo de teclas de atalhos possíveis, pois isso
economizará tempo e esforço utilizado em seu documento.

26
SELECIONANDO CÉLULAS

Para a realização da maioria das tarefas é necessário selecionar uma ou mais


células. Estas seleções dependem do tipo de selecionamento que deseja fazer:

 PARA SELECIONAR UMA CÉLULA: Clique na célula ou pressione as teclas de


direção para ir até a célula.

 PARA SELECIONAR UM INTERVALO DE CÉLULAS: Clique na primeira célula


do intervalo e arraste até a última célula, ou mantenha pressionada a tecla
SHIFT enquanto pressiona as teclas de direção para expandir a seleção. Você
também pode selecionar a primeira célula do intervalo e pressionar F8 para
estender a seleção usando as teclas de direção.

 PARA SELECIONAR TODA A PLANILHA: Clique no Botão


botão Selecionar Tudo que fica entre a linha 1 e a coluna A. Selecionar Tudo

Para selecionar a planilha inteira, você também pode


pressionar CTRL+T.

Exemplo de Seleção em um Intervalo de Células:

Repare que:
 Independente do tamanho do grupo de células, a Caixa de Nome irá exibir
apenas a primeira célula.

27
APAGANDO DADOS DE UMA CÉLULA

Apagar uma célula é algo comum, muitas vezes algo lógico, entretanto, quando se
trata de Excel, existe alguns detalhes importantes que são necessários
conhecermos:

Quando selecionamos a célula que desejamos apagar o conteúdo, pressionamos a


tecla Delete para apagar o conteúdo, entretanto, o Excel mantém a sua formatação.

Caso queiramos apagar algum conteúdo e também sua formatação (seja formato de
dinheiro, data, hora, etc.) podemos ir ao Menu Editar (que fica na Guia Página
Inicial), opção Limpar. Essa ferramenta irá apagar a formatação da célula, as notas,
o conteúdo ou todos os detalhes, selecionando a opção desejada.

Lembrando que, pode-se alterar a formatação do conteúdo também de forma


manual.

Exemplo da utilização da ferramenta Limpar (Limpar Tudo):

Imagem 1

Imagem 2

Repare que tudo foi excluído: Formatos (cores, fontes, tamanho, etc.) e conteúdo
(texto, número, etc.), e, caso tivesse, excluiria também comentários, hiperlinks, etc.
28
ALTERANDO A LARGURA DAS COLUNAS
E ALTURA DAS LINHAS

Em uma planilha, todas as colunas são definidas com uma largura padrão que
poderá ser alterada.

Clique com o botão direito do mouse na coluna a ser alterada


e escolha a opção Largura da Coluna. Confira ao lado:

Digite a largura desejada para a coluna e confirme com OK.

De acordo com a fonte utilizada, o Excel ajusta automaticamente a altura da linha.


Entretanto, podemos aumentá-la para destacar itens importantes da planilha
como, por exemplo, totais, subtotais etc.

Clique com o botão direito do mouse na linha a ser alterada


e escolha a opção Altura da linha. Confira ao lado:

Digite a altura desejada para a linha e confirme com OK.

Observação: Caso queira ajustar automaticamente clique


duas vezes entre as colunas ou linhas desejadas:

29
INSERINDO OU EXCLUINDO LINHAS

Inserir linhas é algo simples e fácil no Excel.

Segue-se o mesmo raciocínio do conteúdo anterior. Vamos começar com a inserção


de linhas:

Clique com o botão direito do mouse na linha a ser


inserida e escolha a opção Inserir. Confira ao lado:

Automaticamente, será inserida uma linha acima


da Linha escolhida, ou seja, o conteúdo que estava
nesta linha escolhida irá para a próxima linha (No
caso do exemplo, o conteúdo da linha 3 irá para a
linha 4). Veja abaixo:

Para excluir linhas, clique com o botão direito do


mouse na linha a ser excluída e escolha a opção
Excluir. Confira novamente ao lado:

Automaticamente, será excluída a linha atual, trazendo


o conteúdo da linha de baixo para a de cima, ou seja, o
conteúdo que estava nesta linha abaixo irá ser o novo
conteúdo da linha excluída (No caso do exemplo, o
conteúdo da linha 4 irá para a linha 3). Veja abaixo:

30
INSERINDO OU EXCLUINDO COLUNAS

Inserir colunas também é algo simples e fácil de aplicar no Excel.

Segue-se o mesmo raciocínio do conteúdo anterior. Vamos começar com a inserção


de colunas:

Clique com o botão direito do mouse na coluna a ser


inserida e escolha a opção Inserir. Confira ao lado:

Automaticamente, será inserida uma coluna ao lado


esquerdo da Coluna escolhida, ou seja, o conteúdo que
estava nesta coluna escolhida irá para a próxima coluna,
a direita. (No caso do exemplo, o conteúdo da coluna G
irá para a coluna H). Veja abaixo:

Para excluir colunas, clique com o botão direito do


mouse na coluna a ser excluída e escolha a opção
Excluir. Confira novamente ao lado:

Automaticamente, será excluída a Coluna atual,


trazendo o conteúdo da coluna do lado direito para a
da esquerda, ou seja, o conteúdo que estava nesta
coluna direita irá ser o novo conteúdo da coluna
excluída (No caso do exemplo, o conteúdo da coluna
H irá para a coluna G). Veja abaixo:

Observação: Coluna “F” ficará intacta.


31
BORDAS

O Excel oferece uma ampla variedade de bordas (inferior, esquerda, direita,


superior e inferior dupla, externas, todas as bordas, etc.) que são utilizadas para
deixar as planilhas com uma estética apresentável. Selecione a área desejada,

clique sobre a seta ao lado do botão Bordas , que pode ser encontrada na Guia
Página Inicial, ferramentas de Fonte, e escolha a borda.

Nesta ferramenta você também poderá desenhar borda e grade da borda, apaga-la
se necessário, escolher cores para a linha da borda e estilos para essa linha. A
opção ‘Mais Bordas’ oferece novas predefinições, estilos e outros tipos de
configurações referentes às bordas do Excel.

32
UTILIZANDO O RECURSO DE AUTOPREENCHIMENTO
Em uma planilha normalmente precisamos preencher uma determinada faixa de
células com textos ou valores iguais ou sequenciais. Por exemplo, múltiplos de 2: 2,
4, 6, 8, 10, 12, 14 (...). Podemos realizar essas operações utilizando o recurso de
autopreenchimento.

Alça de Preenchimento

Na parte inferior, à direita da célula ativa há um ponto negro que se chama Alça de
preenchimento. Quando você posiciona o mouse sobre a Alça de preenchimento
aparece uma cruz . Clique sobre esta alça e arraste para preencher com os dados
abaixo ou à direita para preencher com os dados à direita da célula ativa.

Exemplo Múltiplos de 2:

Outros exemplos:
SELEÇÃO INICIAL SEQUÊNCIA EXPANDIDA
Janeiro Janeiro, Fevereiro, Março, Abril (...)
Jan Jan, Fev, Mar, Abr (...)
1,2 1, 2, 3, 4, 5 (...)
R$ 10,00; R$ 20,00 R$ 10,00; R$ 20,00; R$ 30,00;
R$ 40,00; R$ 50,00 (...)

Atalhos:
Utilize Ctrl+R para realizar o Auto Preenchimento para Direita
Utilize Ctrl+D para realizar o Auto Preenchimento para Baixo

33
UTILIZANDO FÓRMULAS PARA CÁLCULOS

O Excel é possibilita a criação de cálculos simples, da mesma maneira como


aprendemos em nosso dia-a-dia em nossa instituição de ensino.

Exemplo:
Maneira comum: (3+5)/2 = 4
Maneira no Excel: =(3+5)/2 e o resultado o próprio Excel dará automaticamente.

Repare que o sinal de igual (=) está no começo do cálculo. Sempre que começarmos
um cálculo no Excel, começamos com o sinal de igual (=). Sempre que terminarmos
uma referência de cálculo na célula escolhida (Por exemplo: =3+5), devemos
apertar a tecla ENTER. Lembrem-se disto!

Para executar qualquer operação matemática devemos primeiramente escolher a


célula que exibirá nosso resultado procurado. É importante que, ao começar uma
fórmula (uma conta qualquer) sempre a termine primeiro para depois executar
outra tarefa.

Existem duas maneiras de criarmos uma fórmula:

1. Você pode digitar a fórmula inteira, utilizando os endereços das células.

Exemplo:

=A2+B2 (ADIÇÃO)

O resultado da célula C2 = A2+B2, ou seja, C2 = 50+50.


Entretanto, a operação matemática é: =A2+B2 (=50+50) dentro da célula ativa C2,
que exibirá o resultado da operação, ou seja, 100.
34
=C4-C5 (SUBTRAÇÃO)

O resultado da célula C6 = C4-C5, ou seja, C6 = 30-20.


Entretanto, a operação matemática é: =C4-C5 (=30-20) dentro da célula ativa C6,
que exibirá o resultado da operação, ou seja, 10.

=F4*G3 (MULTIPLICAÇÃO)

O resultado da célula G4 = F4*G3, ou seja, G4 = 3*3.


Entretanto, a operação matemática é: =F4*G3 (=3*3) dentro da célula ativa G4, que
exibirá o resultado da operação, ou seja, 9.

35
=A2/C2 (DIVISÃO)

O resultado da célula B3 = A2/C2, ou seja, B3 = 10/2.


Entretanto, a operação matemática é: =A2/C2 (=10/2) dentro da célula ativa B3,
que exibirá o resultado da operação, ou seja, 5.

Existem milhares de outros exemplos que podemos citar. Para fixar este conceito,
mais alguns exemplos:

=A5+A10 (RESULTADO NA CÉLULA ATIVA: B20), Então sabemos que:

B20 =A5+A10.

Se: A5 = 2 Então:
A10 = 28 B20 = 30.

=B10*B11 (RESULTADO NA CÉLULA ATIVA: A1), Então sabemos que:

A1 =B10*B11

Se: B10 = 3 Então:


B11 = 5 A1 = 15.

36
2. A Segunda maneira de criarmos fórmulas é através da utilização do click do
mouse.

Veja o exemplo abaixo:

1° - Digite o sinal de igual (=).


2° Clique com o mouse sobre a célula A1.

3° - Digite o sinal de soma (+).


4° - Clique sobre a célula B1.
5° - Finalize com ENTER.

Veja o resultado ao lado:

Observações importantes sobre as operações matemáticas no Excel:

 A prioridade para cada operador segue as regras matemáticas:


Exponenciação (^), Multiplicação (*), Divisão (/), Adição (+) e Subtração (-).
Para alterar esta ordem, devemos utilizar parênteses. Por exemplo: se
desejarmos efetuar primeiro a adição e subtração basta colocá-los entre
parênteses. Caso não sejam colocados os parênteses, o resultado será outro.

Sem parênteses Com parênteses

 Não devemos usar parênteses para indicar números negativos em uma


fórmula e sim um sinal de subtração antes dele. Exemplo: =5*-10
37
UTILIZANDO FUNÇÕES PARA CÁLCULO

A função é uma fórmula especial pré-definida que executa operações com valores.
Pode ser usada isoladamente, ou como componente de fórmulas maiores. Seu uso
simplifica e reduz o número de fórmulas das planilhas, especialmente as que
executam cálculos complexos.

Os valores fornecidos a uma função para execução de operações são chamados


argumentos.

Vamos conhecer as funções mais utilizadas por profissionais da área:

SOMA

FUNÇÃO: faz a somatória de uma série de valores.

SINTAXE: =SOMA (abre parênteses, célula inicial, dois pontos, célula final, fecha
parênteses)

PASSOS:
 Posicione o cursor na célula que armazenará o resultado final da soma das células.
 Digite =SOMA
 Abre parênteses.
 Digite o endereço da célula inicial.
 Digite dois pontos (:)
 Digite o endereço da célula final.
 Feche parênteses.
 Pressione a tecla Enter para finalizar a operação
e ver o resultado.

38
ESTATÍSTICA
PRINCIPAIS FUNÇÕES:

 MÉDIA: Calcula a média aritmética de uma lista de argumentos.


SINTAXE: =MÉDIA (Célula Inicial:Célula Final).

 MÁXIMO: Mostra o maior valor de uma lista de argumentos.


SINTAXE: =MÁXIMO (Célula Inicial:Célula Final).

 MÍNIMO: Mostra o menor valor de uma lista de argumentos.


SINTAXE: =MÍNIMO (Célula Inicial:Célula Final).

Observação: A descrição da célula inicial e da célula final sempre deverá estar


entre (parênteses).

PASSOS:
 Posicione o cursor na célula que armazenará o resultado final da Média, do Máximo
ou do Mínimo das células.
 Digite =MÉDIA; ou =MÁXIMO; ou =MÍNIMO
 Abre parênteses.
 Digite o endereço da célula inicial.
 Digite dois pontos (:)
 Digite o endereço da célula final.
 Feche parênteses.
 Pressione a tecla Enter para finalizar a operação e ver o resultado.

39
FUNÇÃO CONDICIONAL SE
A função condicional "SE" é utilizada para retornar um determinado resultado
mediante a um teste lógico referente ao valor contido em uma célula indicada.
Nela são passados três argumentos inseridos entre parênteses e separados pelo
sinal ; (ponto e vírgula):

DESCRIÇÃO DOS ARGUMENTOS:

 TESTE LÓGICO: Verifica uma condição estabelecida.

 VALOR SE VERDADEIRO: Apresenta um resultado caso a condição


estabelecida seja satisfeita.

 VALOR SE FALSO: Apresenta um resultado caso a condição estabelecida


não seja satisfeita.

Exemplo:

Supondo que em uma planilha de notas dos alunos de uma determinada classe, foi
calculado na coluna "H" as respectivas médias e com base nestas, desejamos
incluir a coluna "SITUAÇÃO" (coluna "I") que deverá receber a expressão
"APROVADO" para as médias maiores ou iguais a 7,00 (valor se verdadeiro) e a
expressão "REPROVADO" para as médias menores do que 7,00 (valor se falso).

Portanto, a sintaxe da função condicional para atender a esta necessidade na


linha2 da planilha será a seguinte:

=SE(H2>=7;"Aprovado";"Reprovado")

Após ter inserido a fórmula acima na sua respectiva célula, basta copiá-la para as
demais. Logo, se a média dos alunos for maior ou igual que 7,00, aparecerá a
mensagem “Aprovado”, caso contrário (caso a nota seja menor) que 7,00,
aparecerá a mensagem “Reprovado” na coluna “I” (SITUAÇÃO DO ALUNO).
40
Às vezes há a necessidade de encadearmos mais de uma função condicional para
atender algumas situações específicas.

Suponhamos que no exemplo acima seja preciso acrescentar a


expressão "RECUPERAÇÃO" para os alunos que obtiverem as
médias compreendidas entre cinco e sete.

Portanto, para atender a esta nova situação, devemos digitar a fórmula com a
seguinte sintaxe:

=SE(H2>=7;"Aprovado";se(h2<5;"Reprovado";"Recuperação"))

Observe que:

Primeiro verificamos se a média do aluno foi maior ou igual a sete (Teste Lógico).

Caso positivo (Valor Se Verdadeiro) retornamos a expressão "Aprovado".

Caso contrário (Valor Se Falso) inserimos uma segunda função condicional, onde
verificamos se a média é menor do que cinco (Teste Lógico).

Caso esta condição seja satisfeita (Valor Se Verdadeiro), retornamos a expressão


"Reprovado".

No contrário (Valor Se Falso), retornamos a expressão "Recuperação" para as


demais médias que não foram contempladas pelas condições anteriormente
estabelecidas.

41
Veja o diagrama abaixo para melhor compreensão do exemplo:

PRIMEIRA SITUAÇÃO:

SE Verdadeiro
H2>=7
“Aprovado”

Falso

“Reprovado”

SEGUNDA SITUAÇÃO:

Verdadeiro Verdadeiro
SE SE
H2>=7 H2<5 “Recuperação”

Falso Falso

“Reprovado” “Reprovado”

42
FUNÇÃO SOMASE

A Função SOMASE adiciona as células especificadas por um determinado critério.

Por exemplo, suponha que você deseja criar uma planilha que calcule certas tarifas
para determinados produtos, mas que nem todos os produtos sejam tarifados.

Você poderia criar uma função SOMASE para que o Excel adicione uma tarifa
somente aos produtos especificados.

Para inseri uma função SOMASE, siga um dos procedimentos:

Clique na Guia FÓRMULAS da faixa de opções e escolha a opção Inserir Função.

Clique no botão Inserir função fx, da barra de fórmulas:

Independente da maneira como você irá proceder, irá abrir uma caixa. Na caixa
que se abre clique na função SOMASE. A caixa abaixo será aberta:

43
A função SOMASE possui três principais elementos, que são:

 INTERVALO: É o intervalo de células que se quer calcular.

 CRITÉRIOS: É o critério ou condição em forma de número ou texto que


definem quais células serão calculadas.

 INTERVALO SOMA: São as células a serem somadas.

Logo, podemos perceber que, a função SOMASE trata-se de uma função de soma
condicionada. Ela é uma mescla da função SOMA e da função SE que aprendemos
anteriormente. Para entender como funciona essa função, exemplifiquemos:

Em uma lista de dados, temos na coluna A diversos tipos de frutas e, na coluna B,


temos a representação de seu em Valor/Kg. Queremos saber o valor somente das
maçãs, na célula ativa, a célula B9. Veja a figura abaixo:

Aplicamos a função da seguinte maneira =SOMASE(A2:A7;”MAÇÔ;B2:B7). O Excel


compreenderá da seguinte maneira:

No intervalo A2:A7 temos os nomes de todas as frutas disponíveis. No intervalo


B2:B7 temos o Valor/Kg destas frutas, logo, a função solicita que todas as células
do intervalo A2:A7 (das frutas) sejam analisadas pelo critério “maçã”. Sendo assim
as células que são “maçã” tem seus respectivos valores somados no intervalo das
células B2:B7. Como cada Valor/Kg de maçã foi estipulado no valor de R$ 5,50 e, na
coluna A há três vezes a condição “maçã”, então a soma delas é de R$ 16,50.

44
TRABALHANDO COM GRÁFICOS
Um gráfico pode ser definido como uma alternativa diferenciada para se
representar informações visualmente, tornando muito mais fácil e rápida a
compreensão dos dados envolvidos.

A utilização de gráficos pode ser aplicada para a tomada de decisões em inúmeras


áreas de atividades, possibilitando evidenciar a previsão, relação, comparação,
entre outras variáveis existentes para a análise de valores. Na maioria das vezes, os
gráficos do Excel são gerados a partir de dados dispostos em tabelas, que por sua
vez estão inseridas dentro de planilhas eletrônicas.

O Microsoft Excel 2010 possui uma flexibilidade excelente para gerar gráficos
onde em poucos segundos você consegue facilmente concluir um gráfico e, assim,
facilitando a visualização de dados do seu documento. Vamos rever os tipos de
gráficos existentes no Excel:

Colunas Insere um gráfico de colunas, utilizado para comparar valores em diversas categorias.

Linhas Insere um gráfico de linhas, utilizado para exibir tendências ao longo do tempo.

Pizza Insere um gráfico de pizza, utilizado para exibir a contribuição de cada valor em relação ao total.

Barras Insere um gráfico de barras, utilizados para comparar múltiplos valores.

Insere um gráfico de área, utilizados para enfatizar diferenças entre vários conjuntos
Área
de dados em um determinado período de tempo.
Insere um gráfico de dispersão, também conhecido como gráfico X Y,
Dispersão
é utilizado para comparar pares de valores.

45
Para criar um gráfico, selecione os dados que serão inclusos no gráfico. Eles podem
estar dispostos em (duas linhas) ou em (duas colunas). Veja a tabela abaixo:

NOME IDADE
JOÃO 14
MARIA 16
PEDRO 18
CAROL 20

Selecione todos os dados da tabela, conforme a figura abaixo:

Com os itens selecionados, clique na Guia INSERIR da Faixa de Opções, e procure


pelo Gráfico de Colunas. Confira na imagem abaixo:

46
Podemos encontrar diversos tipos de gráficos de colunas, como 2D, 3D, Cilindro,
Cone, Pirâmide, Etc. Utilizaremos o primeiro tipo da opção 2D.

Após escolher esta opção, será inserido um Gráfico de Colunas do tipo 2D com base
em nossos valores. O Gráfico de Colunas é utilizado para comparar múltiplos
valores em diversas categorias. Nosso objetivo com este gráfico é fazer uma
relação de idade entre eles. Veja como ficará o gráfico inserido:

Alterando de Dados
Alterando o Estilo

Alterando o Layout

Alterando o tipo de
Gráfico / Salvando
como Modelo

Após a inserção do gráfico, o Excel nos possibilita diversas configurações, como


Alterar o Tipo de Gráfico, Salvar Modelo, Alterar o Layout do Gráfico, Alterar
modelo, dentre outros mais.

Vamos fazer mais algumas alterações neste nosso gráfico inserido? Vamos optar
por novos estilos e modelos: Alterar o Layout do Gráfico para o “Layout 2” e alterar
o estilo para “Estilo 22”.
47
ALTERANDO LAYOUT:

Layout Anterior (Padrão): Novo Layout (“Layout 2”):

Este novo Layout permite a melhor visualização da idade das pessoas. No Layout
Anterior, não havia a exibição da faixa etária exata dos mesmos, já esse novo
possui. Isso oferece uma melhor visualização para compararmos as idades dos
envolvidos neste exemplo.

ALTERANDO ESTILO:

Estilo Anterior (Padrão e já com novo Layout): Novo Estilo (“Estilo 22” e Resultado final):

Por fim, faça modificações: procure o melhor Layout (o que corresponderá com o
tipo de informação que você procura), busque o melhor estilo (o que deixará seu
gráfico com uma melhor aparência) e claro, pesquise o tipo de gráfico que melhor
corresponderá com os objetivos da sua pesquisa ou do seu documento.

48
Vamos ver outro exemplo. Desta vez, com o Gráfico de Pizza:

Exemplo:
O Prefeito da cidade pediu para que uma Instituição de Pesquisa realizasse um
levantamento de habitantes em alguns bairros da própria cidade para fins
políticos. Foram pesquisados quatro bairros e os dois bairros com maior
representação populacional será os quais ele fará sua divulgação eleitoral do
próximo ano.

O Instituto de Pesquisa concluiu o pedido do Prefeito e inseriu os dados obtidos em


uma planilha eletrônica, e, com os dados obtidos na pesquisa, criou um gráfico de
Pizza que tem por objetivo exibir a porcentagem de cada valor em relação ao total.

Vejamos a pesquisa abaixo:

Conclusões da Pesquisa: Os dois bairros com maior representatividade é o Bairro


Santa Maria (que possui 43% em relação ao total de habitantes pesquisados) e o
Bairro Leopoldina (que possui 33% em relação ao total de habitantes
pesquisados).
49
CONSIDERAÇÕES FINAIS

O Excel é um programa completo. Possui todos os aspectos que são necessários


para a boa criação da planilha com os dados que temos em mãos. Para quem tem
uma profissão relacionada à área de Exatas (engenharia, estatística, contabilidade,
entre outros) economiza muito tempo e ganha muita produtividade se aprender a
usar este programa.

O Excel é, sem dúvida, a mais poderosa planilha de cálculos do mercado, e seus


recursos são comumente citados em testes e concursos públicos. Por este motivo,
busque cada vez mais conhecimento sobre as versões dele e tente usá-lo
frequentemente, pois é sabido que a prática leva à perfeição.

PARABÉNS PELA CONCLUSÃO DO CURSO E SUCESSO!

50