Você está na página 1de 17

IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

O equilíbrio entre a justiça e a misericórdia


IBAD – PINDAMONHANGABA/SP
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 Para facilitar o estudo desse assunto,a unidade


será apresentada em cinco capítulos.
 Primeiro: “Ageu e a Fala Sobre Prioridades Espirituais”.
 Segundo: “Zacarias e o Esforço para Trazer Esperança”
 Terceiro: “Malaquias e o Resgate dos Valores Éticos”
 Quarto: “Contextualização da Mensagem Profética”
 Quinto: “A Mensagem Profética Hoje”
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 O profeta Ageu foi uma das pessoas que retornou


do exílio babilônico e encontrou grandes desafios
urbanos e espirituais em Jerusalém. O povo de
Judá permaneceu fora de sua terra por setenta
longos anos, como o profeta Jeremias havia dito,
estando exilado na Babilônia, sem condição
alguma de praticar o culto a Yahweh, como
prescrito em Levítico.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 1.1 – A importância de se estabelecer prioridades


espirituais
 O grande desafio que os judeus encontraram ao chegar a
Jerusalém foi a reconstrução da sua cidade e do templo.
Precisavam investir esforços para refazer tudo que fora
destruído pelos exércitos de Nabucodonosor: as casas, os
muros, os palácios e, também, a casa de Deus. Além das
questões materiais, era necessário observar as de ordem
religiosa e social, elementos essenciais para a sobrevivência do
povo.
 1.2 – Fomento para as prioridades espirituais
 O profeta, para despertá-los profundamente, recorreu aos
estragos provocados pela própria natureza, apresentando-os
como sinalizadores da responsabilidade espiritual da nação.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 Zacarias, um dos mensageiros do Senhor, teve


seu trabalho realizado em meio às atividades de
reconstrução de Judá e Jerusalém por volta de 520
a.C.
 A missão de Zacarias era encorajar o povo de Judá
para que reconstruísse o templo e, também,
retomasse sua missão espiritual em meio aos
povos pagãos.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 2.1 – Visões proféticas de Zacarias


 A primeira parte do livro de Zacarias (1-6) constitui-se
de uma lista de oito visões que foram apresentadas ao
profeta bem no começo de seu trabalho profético.
 2.2 – As explicações histórico-escatológicas de
Zacarias
 Em Zacarias 8, o profeta tratou da importância
religiosa que Jerusalém estabeleceria para todas as
nações em um futuro escatológico (referente ao
últimos dias). Israel será o centro religioso para todas
as gentes.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 O profeta Malaquias, último a profetizar no antigo


Testamento, trabalhou procurando despertar os
judeus da última metade do quinto século a.C.
para valorizar temas práticos ligados ao cotidiano
do povo de Deus.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 3.1 –Yahweh censurou a ausência de


totalidade
 Ao cobrar a totalidade, o Todo-Poderoso, por
intermédio de seu servo, afirmou que Seu amor
não estava sendo correspondido, denunciou que o
Seu culto era feito com animais defeituosos,
advertiu que os sacerdotes não permanecessem
no erro, pois estavam negligentes no exercício de
sua missão, e abominou o padrão seguido nas
uniões conjugais.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 3.2 –Yahweh propôs a promoção da


espiritualidade
 A propor espiritualidade, o Soberano disse que alguns
caminhos poderiam ser percorridos para estreitar essa
sintonia com Ele. Primeiramente lembrou-os judeus
de seu julgamento, instrumento de correção e
alinhamento de valores; depois, lhes falou da prática
do dízimo como exercício para evitar a avareza e
lembrar que as coisas matérias são acessórios e não o
resultado final, e, por fim, os alertou sobre o temor e a
persistência como valores espirituais, fontes para
cultivo e preservação do compromisso.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 Alguns princípios de vida merecem ser


observados pelos cristãos no começo do terceiro
milênio da era cristã. Ageu falou sobre prioridades
espirituais, Zacarias enfatizou a possibilidade da
esperança para o coração dos crentes e Malaquias
resgatou valores norteadores da vida e falou
sobre ética.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 4.1 – Prioridades na perspectiva de Deus


 Priorizar é a arte de colocar aquilo que é mais
importante em primeiro lugar. E visualizar os
valores na perspectiva do Eterno e organizá-los a
partir de Seus interesses.
 4.2 – Esperança,a força para a persistência
 A esperança é a condição daquele que vive pela fé,
daquele que não fita os olhos apenas no presente,
mas que olha longe, para o futuro. Esta condição é
fundamental à experiência humana.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 4.3 – A Ética: pilares de sustentação do


caráter
 Ética são os valores quem norteiam a conduta e a
moral de cada pessoa. A moral é a ética em ação.
Valores como honestidade, fidelidade, lealdade e
verdade são expressões éticas que marcam a
conduta de um indivíduo. A falta de ética se
evidencia na desonestidade, na infidelidade, na
deslealdade, na mentira, nas falcatruas, etc.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 Este capítulo conclusivo tem por finalidade, a partir de


um paralelo entre a realidade bíblico profética e a
prática profética da atualidade, propor uma avaliação
que permita entender a importância e o significado do
fenômeno hoje, e que revele as contradições e
enganos nesse universo de conhecimento.
 5.1 – Avaliação de mensagem profética
 A Igreja da atualidade valoriza demasiadamente a
profecia como uma palavra “ surpresa”, com dicas
para a resolução de alguma dificuldade presente. Tal
palavra é de natureza particular, evidenciando
preocupações com uma pessoa e não com a
coletividade do povo de Deus.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 5.2 – Aceitação da mensagem profética


 A verbalização da mensagem profética e sua
conseqüente avaliação conduzem sempre a um
posicionamento: rejeição ou aceitação daquilo
que foi dito. Não é sensato tomar qualquer um
dos posicionamentos sem que se faça uma
avaliação criteriosa, como recomendada no ponto
anterior
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 5.3 – Proclamação da mensagem profética


 A palavra a ser proclamada deve ser fruto de uma
postura profética, isto é posicionamento daqueles
que questionam as estruturas da injustiça e ficam
indignados com os resultados desumanos por elas
produzidos.
IBAD – PINDAMONHANGABA/SP

 Os profetas falaram a verdade, pregaram a


justiça, proclamaram a esperança e honraram o
Todo-Poderoso. Tornaram-se modelos para nova
geração de pregadores da Palavra em uma nova
realidade. Aqueles homens podem trazer
inspiração e esperança a todos que acreditam que
é possível alcançar transformação por meio da
genuína pregação.