Você está na página 1de 10

À

Equipe Editorial do LinkedIn

Inicialmente agradeço o convite feito atravé do email From: LinkedIn


linkedin@e.linkedin.com, Date: qui, 20 de dez de 2018 às 00:46, Subject: Plinio Marcos,
gostaríamos de conhecer sua opinião de especialista sobre as Grandes Ideias que irão definir
2019, To: pliniomarcosmr@gmail.com, de poder manifestar minha opinião sobre as Grandes
Idéias que irão definir 2019, bem como, esclareço que concordo em gênero, número, e grau, com
os “líderes empresariais, escritores, jornalistas e acadêmicos entrevistados pelos editores do
Linkedin que prevêem uma economia instável em 2019, assim como uma ordem mundial
conturbada e uma ansiedade contínua”, contudo entendo ter algumas ressalvas, em função da
insegurança jurídica por que passa o Brasil, quanto a, “ mas também revelam um foco renovado
no cuidado da nossa saúde, no bem-estar alheio e também em fazer sempre a coisa certa”.
https://www.linkedin.com/pulse/30-grandes-ideias-para-2019-os-temas-ficar-de-olho-pr
%C3%B3ximo-kato/?trk=eml-mktg-big-ideas-2019

1. Desbancando a Geração dos Millennials: a hora e a vez da Geração Z.

Tenho muitas divergências quanto a classificar as gerações como “X”, “Y’, “Z”, e etc..

Afinal, todas são reflexo de posturas individuais quanto a Habilidades Naturais, que permitem o
desenvolvimento, a inquietude, e a própria PAIXÃO, pelo que se propõe a fazer, resultando no
“compromisso”, ou mesmo, no “descompromisso”.

Logo, quando é afirmarmado que “Em 2019, a Geração Z avançará e superará em quantidade os
Millennials, a geração que você amava odiar na última década. Os nascidos depois de 2001 serão
cerca de um terço da população do planeta e um quinto de seus trabalhadores. “Sua energia e
conhecimentos tecnológicos revolucionarão o local de trabalho e, pela primeira vez na história
moderna, cinco gerações trabalharão lado a lado”, não nos preocupamos, pois, pertenço a
geração de 1972, não sei qual é a letra representativo, e pude ao longo desta trajetória trabalhar
“lado a lado”, algumas vezes aprendendo, e algumas vezes ensinando, sem deixar de notar que
em todas elas existiram “comprometidos” e “descompromissados”.

Nesta longa jornada passei por vários estágios profissionais, onde me foi, possível, identificar
que alguns, apesar de hercúleos esforços, não possuíam “habilidades naturais” para alcançar
objetivos a que se propunham, um exemplo, utilizado como pura analogia, é o Profissional
Acadêmico que é Capaz de dominar a Técnica sob o aspecto de sua DISSEMINAÇÃO, e o
Profissional Técnico que é Capaz de dominar a Técnica sob o aspecto de sua
APLICAÇÃO/UTILIZAÇÃO, sem deixar, de reconhecer que alguns, que não Eu, possuem
“habilidades naturais para DISSEMINAR e APLICAR.

Outra questão que me tem preocupado, é a “banalização” do conceito de “empreendedor”, de tal


forma, que, hoje, uma mulher que faz, e vende, por exemplo, “bolo caseiro”, é para muitos, que
não Eu, uma “Empreendedora”, uma vez que, se houver algum problema, por exemplo, Físico,
Econômico, Financeiro, Familiar, que a impeça de, dar continuidade, temporariamente ou não,
ao “seu negócio”, o mesmo tende a simplesmente “desaparecer”, razão pela qual, não pode, e
nem deve, seer reconhecida como “Empreendedora”, mas, pode, e deve, ser reconhecida como
“Sobrevivente”, que dependendo das condições, do ambiente, nunca deixará de ser “Escrava de
sua Sobrevivência”, onde a necessidade de Viver determinará o quanto deverá se esforçar,
incluso as horas trabalhadas nas diversas etapas do “seu Negócio”.

2. Os destinos da África e da China estão atados.

Este tópico esta em total oposição ao que acredito, portanto, não tenho a menor dúvida de que
esta fora de uma realidade, que é a luta de China em voltar a ser UMA GRANDE NAÇÃO, com
PODER de influenciar no MUNDO, tendo em vista, a decrepitude do império norte-americano.

O que esta acontecendo na África, também, esta acontecendo, por exemplo, no Brasil, onde os
investimentos Chineses aumento a cada dia, bem como, já é uma Grande parceiro Comercial.

Cabe a cada Governo se distanciar da FINEIRIZAÇÃO de seus Estados, na luta pelo Zelo, pela
Preservação, de sua SOBERANIA, o que, neste momento, não reconheço existir no Brasil, com
o acinte de estarmos ABRINDO MÃO de nossa Soberania para os Norte-Americanos, em função
de um chamado “alinhamento total”, como se fôssemos mais uma “estrela” na Bandeira Norte-
Americana.

3. A economia desacelera ...

Este tópico esta em total oposição ao que acredito, portanto, não tenho a menor dúvida de que
esta fora de uma realidade, uma vez que, a desaceleração mundial esta relacionada a GRITANTE
EXPANSÃO do “RENTISMO”, que não tem qualquer preocupação com “PRODUÇÂO”, e
conseqüente “EMPREGO”, e “BEM ESTAR SOCIAL”.
Se minha memória não estiver me traindo, alguns poucos anos atrás, um Secretário Norte-
Americano foi capaz de afirmar a uma comissão do Senado Norte-Americano que eles eram
capazes de “fabricar dinheiro”.
O que esta ocorrendo é uma mudança, Lenta e Gradual, no Sistema Financeiro Internacional,
onde o questionamento do Dólar como moeda de transações internacionais, se afirma na própria
falência dos Estados Unidos da América, ainda hoje, tido como o MAIOR PARCEIRO.
Se não vejamos:
O que ocorrerá com os Estados Unidos se TODAS as Bases Militares em território estrangeiro
forem “DESATIVADAS”, em conveniência dos Estados Estrangeiros ?
O que ocorrerá com os Estados Unidos, se a proposta Brasileira, de uma “Bolsa de Moedas” para
substanciar o Comércio Internacional, retirando do Dólar sua Hegemonia ?
Talvez, o que ocorre hoje, com a Inglaterra, que unilateralmente, em meu entendimento sob
influência Norte-Americana com o intuito de dissolver a União Européia, se dispôs a deixar o
Bloco Econômico/Político da União Européia.

4. ... e as empresas se preparam para a próxima recessão.


De novo, este tópico esta em total oposição ao que acredito, portanto, não tenho a menor dúvida
de que esta fora de uma realidade, uma vez que, a desaceleração mundial esta relacionada a
GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, que não tem qualquer preocupação com
“PRODUÇÂO”, e conseqüente “EMPREGO”, e “BEM ESTAR SOCIAL”.
A venda da certeza de que a Tecnologia substituirá a atividade humana, é uma falácia, é uma
proposta “rentista”, onde o LUCRO a TODO O CUSTO, é mais importante que a existência de
um “Mercado Saudável”.

No Brasil onde a Constituição da República federativa do Brasil DETERMINA:

TÍTULO VII - DA ORDEM ECONÔMICA E FINANCEIRA; CAPÍTULO I - DOS PRINCÍPIOS GERAIS DA


ATIVIDADE ECONÔMICA; Art. 170. A ordem econômica, fundada na valorização do trabalho
humano e na livre iniciativa, tem por fim assegurar a todos existência digna, conforme os
ditames da justiça social, observados os seguintes princípios: I - soberania nacional; II -
propriedade privada; III - função social da propriedade; IV - livre concorrência; V - defesa do
consumidor; VI - defesa do meio ambiente, inclusive mediante tratamento diferenciado
conforme o impacto ambiental dos produtos e serviços e de seus processos de elaboração e
prestação; VII - redução das desigualdades regionais e sociais; VIII - busca do pleno emprego;
IX - tratamento favorecido para as empresas de pequeno porte constituídas sob as leis brasileiras
e que tenham sua sede e administração no País. Parágrafo único. É assegurado a todos o livre
exercício de qualquer atividade econômica, independentemente de autorização de órgãos
públicos, salvo nos casos previstos em lei.

TÍTULO VIII - DA ORDEM SOCIAL; CAPÍTULO I - DISPOSIÇÃO GERAL; Art. 193. A ordem social
tem como base o primado do trabalho, e como objetivo o bem-estar e a justiça sociais.

Estamos vivenciando, de forma HIPÓCRITA, a informatização TOTAL do Sistema Financeiro,


incluso a INDUÇÃO constante, e permanente, para se utilizar o Celular como único meio de
relacionamento com o Mercado Financeiro, como se a possibilidade de utilização de mão de
obra, fosse desnecessária, e até inconveniente.

Logo, o processo que VIVE o Mundo esta relacionado a um futuro ainda não discutido, ainda
não avaliado, em profundidade, simplesmente, porque é comandado por “RENTISTAS”, e seus
Asseclas (Economistas, Advogados, Publicitários, e TODS os possíveis Mercenários), não posso,
deixar de fazer referência ao plebiscito que ocorreu recentemente na Suíça, onde a população
decidiria se o Estado é responsável por garantir uma remuneração mínima para TODOS os
Cidadãos, inclusos os DESEMPREGADOS, onde 25% da população se posicionou de forma
AFIRMATIVA, demonstrando que a INFORMATIZAÇÃO TOTAL, terá reflexos desconhecidos
nas civilizações futuras, onde, continuando o que aí esta, o contingente de DESEMPREGADOS,
por falta de OPORTUNIDADE de Emprego, será EXORBITANTE.

5. Aprender já não basta; os profissionais vão se concentrar em ações.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, dá a TODOS a certeza de que SOMOS DONOS DE NOSSOS FUTUROS, e de
NOSSAS ESCOLHAS, o que, concretamente, não é uma realidade, uma vez que, 82 famílias
detém 40% da riqueza Mundial, logo, como nós pobres mortais, poderemos, no mínimo,
ADVINHAR, para onde, para o que, para o como, os processos, e os meios, estão caminhando,
sem o que, TODOS os hercúleos esforços de DESENVOLVIMENTO Pessoal, e Profissional,
poderão, a qualquer momento, estarem OBSOLETOS, pelos impossibilidade de utilização, seja
pelo esquecimento, seja pela utilização de um “nova tecnologia”.

6. #MeToo entra na segunda fase…

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos “Escravos Empresários” são INDUZIDOS a “produzir resultados”, sob a
subliminar, certeza, do “custe o que custar”, onde o Responsável maior é o Comandante, e não o
“Capitão” que, apenas e tão somente, esta no “Leme da Embarcação”.

7. … mas alguns executivos que tiveram sua honra exposta retornarão.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos “Escravos Empresários” anteriormente INDUZIDOS a “produzir resultados”,
sob a subliminar, certeza, do “custe o que custar”, assumem “seus erros”, de forma muito bem
“planejada”, aqui encontramos a importância, e relevância, da publicidade, que utilizando todos
os ferramentais disponíveis, inclusa a neurolinguística, consegue transformar, o “PIOR” no
“MELHOR”, e vice-versa.

Logo, o Poder Financeiro, de alguns, pode Criar, pode Destruir, uma Carreira, um Negócio, um
País, um Povo...

8. Profissionais cada vez mais questionadores.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos Funcionários “Livres”, por estarem comprometidos, apenas e tão somente, com
“Resultados”, que em função disto, não possuem “Vida Pessoal”, estando à disposição de seu
“Carinhoso Parceiro”, que na realidade é um “Patrão Escravocrata”, sinaliza que TODOS tem
algum Poder de Interferir.

Minha tragetória, sempre me apresentou, Profissionais Questionadores, sem os quais nenhum


Sistema será capaz de EVOLUIR, portanto, o que se mudou, não foram os profissionais, onde
alguns sempre foram SUBSERVIENTES, e outros QUESTIONADORES, mas o que se mudou,
foram as formas, as facilidades, e principalmente, a percepção de alguns Executivos, como os
CEOs que Levantaram a IBM, e a XEROX, ao criarem canais de comunicação eficientes,
respeitáveis, e principalmente CONFIÁVEIS, de comunicação DIRETA.

9. A IA está em todo lugar.

A Inteligência Artificial, com toda a certeza, é um Grande Avanço, mas quando MAU
UTILIZADA, é um GRANDE RETROCESSO, como exemplo podemos citar o
SMARTPHONE, que, pelo seu mau uso, tem se caracterizado como um PROBLEMA de
PROPORÇÕES CRESCENTES.

Logo, o, Respeito, aos Limites Sentimentais, aos Limites Educacionais, aos Limites Pessoais, e
aos Limites Profissionais, tem que estar respaldado na necessária preocupação com a “A ordem
social que deve ter como base o primado do trabalho, e que deve ter como objetivo o bem-estar
e a justiça sociais”, uma vez que, NINGUÉM poderá ser FELIZ, enquanto fizer parte de uma
Sociedade INJUSTA, SEM SOLIDARIEDADE, SEM AMOR AO PRÓXIMO.
Afinal, a FELICIDADE não esta no, efêmero, PRAZER DE TER, mas, no constante PRAZER
DE SER, refletido nos vários momentos de PRAZER de COMPARTILHAR MOMENTOS
FELIZES COM QUE SE AMA.

10. As empresas abrem espaço para a neurodiversidade.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, neurodiversidade, em um contexto de substituição de Mão de Obra Humana pela
Tecnologia de Ponta, onde a redução significativa de postos de trabalho será sua mais, concreta,
REALIDADE, nos apresenta que os padrões cognitivos serão aceitos desde que seus portadores
tenham “habilidades naturais” para exercer as atividades que necessitem destas “habilidades
naturais”.

Li, não sei onde, que um estudo nos Estados Unidos aponto que dentro de 5 (cinco) anos não
existirão “shopping centers”, uma vez que, a venda pela internet esta se firmando como o único
meio de transação comercial, portanto, onde estarão sendo aproveitados os Seres Humanos
envolvidos na atividade Comercial, e quantas, e quais, serão as empresas comerciais que
permanecerão em atividade ?

11. A automação do trabalho terá um impacto desproporcional sobre as


mulheres.

Discordo completamente deste tópico, por entender, que na Sociedade Moderna, o Homen tem
regredido a um Homem de Neandertal, enquanto que a Mulher tem evoluído o Homo sapiens,
razão pela qual, não nos é difícil de encontrar no meio acadêmico, mais, e mais, Mulheres,
enquanto, que a participação masculina se reduz em proporção inversa.

Logo, em meu empírico entendimento, o maior agredido pelo impacto desproporcional da


automação do trabalho será o Homem, e não a Mulher, que é sem dúvida nenhuma um Ser
Humano MultiFacetas, pela sua condição de ser “não binária”, onde a sutileza das coisas,
ultrapassam o simples SIM e NÃO.

12. Os usuários vão ocupar o Vale do Silício

Vejo o colocado como uma realidade, não pelos motivos expostos, mais, pelas vários fatos,
concretos, de acesso à informações privilegiadas, que em muitos casos, tem o objetivo de
INDUZIR, de MUDAR CONCEITOS, de MUDAR SENTIMENTOS, de forma subliminar, isto
é, pelo fato, concreto, de que alguns já perceberam que estão sendo “Massa de Manobra”, sem
terem condições de LIVREMENTE, refletir, sobre as suas REAIS necessidades, os seus REAIS
sentimentos, e suas REAIS OPÇÕES.

Logo, é um processo de DEFESA do Eu que quero, exijo, PREZERVAR.

13. Os governos vão aproveitar para taxar as grandes empresas de tecnologia.


Se a Tecnologia de ponta elimina Postos de trabalho, AUMENTA os Lucros, de alguns,
colocando sobre os Governos a Responsabilidade de, minimamente, Equalizar, as várias
DISCREPÂNCIAS redundantes de tão GROTESCA REALIDADE, é natural, é premente, é
necessária, que uma nova formula de Pagamento de Impostos venha a SURGIR.

Afinal, quem não produz, pela AUSÊNCIA DE EMPREGOS, não tem como pagar impostos, por
outro lado, aqueles que FECHAM POSTOS DE TRABALHOS, aumentam significativamente
seus GANHOS, e por isso, devem COMPENSAR os impostos perdidos.

14. O escritório está ficando vazio.

A realidade dos escritórios vazios esta muito longe do colocado, pois, estamos vivendo um
processo de “escravização” sem vínculos empregatícios, onde, as pessoas “trabalharão” de casa,
com todos os custos inerentes a atividade, sob a forma de “contratação de serviço”, isto é, a
tendência é “PAGAR” pelo serviço pronto, dentro dos parâmetros “acordados”, cabendo ao
contratado a Responsabilidade de ENTREGAR o serviço dentro do prazo e das condições
acordadas.

Aqui, cabe um espaço, para ressaltar, que equipes, com seus integrantes, trabalhando “Home
OFFICE”, serão mais difíceis de se administrar, bem como, deverão aumentar as expúrias
disputas de poder, uma vez que, pela distância, a maioria não terá condições, se quer, de
perceber, quem, e que, de forma, esta sendo “fritado”, ou mesmo, tendo seu “talento” roubado.

15. Uma guerra fria entre EUA-China será travada primeiramente na frente
tecnológica.

O Mundo sempre se beneficia quando existem duas opções, uma vez que, permite a opção, onde
amarras podem, e devem, ser desfeitas.

A crise norte-americana de 2008 foi deflagrada, pelos Norte-Americanos, para


ENFRAQUECER, e se possível, EXTINGUIR, o EURO, uma vez que, naquela oportunidade, o
EURO estava tomando o lugar do Dólar nas Transações Internacionais.

Claro que a Crise atingiu os Estados Unidos, mas, não na proporção que poderia, e deveria, uma
vez que, Países Europeus forçados a “Salvar seus Sistemas Financeiros” injetaram Bilhões de
EUROs, que em sua grande maioria, foram utilizados pelos Banqueiros Europeus, para comprar
Títulos da Dívida do Tesouro Norte-Americano, fazendo com que, na Europa, a Crise fosse
muito mais sentida.

A “guerra fria” não tem nada haver com tecnologia, mais com a PUJANÇA da Social, Política e
Econômica Chinesa frente a DERROCADA Social, Política e Econômica Norte-Americana, cujo
déficit é histórico, e incompatível com o próprio Produto Interno Bruto, que somente é
suportável, pela importância, e relevância, do Dólar no Sistema Financeiro Internacional.
16. Vamos nos fazer perguntas difíceis sobre o que significa liberdade de
expressão.

As redes sociais já provaram, provam, e ainda continuarão a provar, que Liberdade de Expressão,
esta muito longe de se Expressar IRRESPONSAVELMENTE, e de Expressar SENTIMENTO,
OPINIÕES, que subliminarmente lhes são IMPOSTAS.

Logo, a principal reflexão sobre o significado da Liberdade de Expressão, esta na Certeza da


Responsabilização de Grosseiras Mentiras, de possíveis MANIPULAÇÕES da Verdade, e de
possíveis MANIPULAÇÕES dos Fatos.

17. A luta contra a pobreza extrema aumentará.

A maior falácia que os “RENTISTAS” nos apresentam, é a Luta contra a pobreza extrema, uma
vez que, a Luta deve ser pela VIDA DÍGNA, onde o BEM ESTAR, em todas as suas formas,
Educacional, Cultural, Afetiva, Profissional, Familiar, SAUDÁVEL, sejam preocupação de
TODOS.
A pobreza extrema nos remete a FOME, a Condições SubHumanas de Sobrevivência, contudo, a
FOME de Ser Humano com Pessoa, ultrapassa, e muito, a realidade de Ser Indivíduo, que não
teve, não tem, e nunca terá, condições de Ser uma Pessoa COMPLETA.
Escravo é um Indivíduo, tendo ele, ou não, apenas e tão somente, o sentimento de SER ELITE.
18. O que importa no trabalho é sua humanidade.
Como e possível falar em carreira quando os robôs tomarem todos os nossos empregos ? Será
isso realMENTE possível ?
Este tópico me lembra a importância de “Slow
Movement”,https://pt.wikipedia.org/wiki/Slow_Movement , algo cada vez mais distante, para um
Ser Humano COMUM, que tem sido OBRIGADO, a Lutar Só, CONTRA TUDO, CONTRA
TODOS, para, apenas e tão somente, SOBREVIVER, nem que seja ESCRAVIZADO pelas suas
próprias necessidades, resultante da GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”.

19. A Internet se tornará cada vez mais fragmentada.

Novamente, as redes sociais já provaram, provam, e ainda continuarão a provar, que Liberdade
de Expressão, esta muito longe de se Expressar IRRESPONSAVELMENTE, e de Expressar
SENTIMENTO, OPINIÕES, que subliminarmente lhes são IMPOSTAS.

A fragmentação da internet, presumivelmente, ocorrerá no período de transição, entre a


LIBERTINAGEM, e a LIBERDADE, que tem como princípio a MATURIDADE dos Estados, e
das Pessoas, quanto ao uso UTILITÁRIO, NOBRE, deste enorme meio de comunicação.

Logo, é Inevitável, é Premente, é Necessária, e TEMPORÁRIA, não podendo ser possível


predizer quanto tempo estará nesta temporalidade.
20. A união dos pequenos.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos as Sociedades estão sendo MASSACRADAS pela Extrema Direita, que
reproduz as necessidades dos “Rentistas”, quando coloca que o Estado é dispensável.

Logo, como imagir que possa existir “união dos pequenos”, quando TODOS estamos vivendo
um “Salve-se quem puder”, onde a busca pela SOBREVIVÊNCIA, nos empurra, para atitudes
ISOLADAS ?

No Brasil de HOJE, por um lado, temos uma “reforma trabalhista” INCONSTITUCIONAL, não
respeitos os Ritos Processuais Legislativos, apenas e tão somente, OS simulou, que entre outras
coisas, coloca a Justiça Trabalhista ao alcance de pouquíssimos, pelo SEU PAGAMENTO, e por
outro lado, temos a “eliminação” do Ministério do Trabalho, Responsável pela FISCALIZAÇÃO
do cumprimento do Legal estabelecido, que divido em 3 (três), não só sinaliza uma significativa
redução de recursos humanos, e financeiros, mas também, a possível criminalização dos
movimentos sindicalistas.

21. Agora, recorreremos ao comércio inspirador.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, a Sociedade “Moderna” é INDUZIDA, é MOTIVADA, a utilizar o e-Comerce como a
MELHOR opção, deixando de garantir a NEGOCIAÇÃO, deixando de garantir a DEFESA de
DIREITOS, empobrecendo o relacionamento envolvido na operação de Compra/Venda.

22. O design inclusivo chega a todos.

Volto a afirmar que TODO Tecnologia de Ponta BEM UTILIZADA somente agragará Valores ao
Bem Estar, e as Conquistas Sociais, de qualquer Sociedade, e sob este aspecto, é importante que
o design inclusivo chegue a todos.

23. Um mundo em que a individualidade vem primeiro será mais difícil de


administrar.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos são orientados a serem “criativos”, pensarem individualmente, questionando o
que aí esta, na procura de novas soluções, mas, em contrapartida, muitos são orientados a pensar,
e a viver, coletivamente, como “cordeirinhos”.

Hoje, não é difícil encontrar nos sites de Recursos Humanos, a certeza de que um Bom
Profissional é aquele que não cria problemas, não questiona, e nem provoca. Será isto um
consenso, ou um contrassenso ?

24. A generosidade corporativa crescerá e ajudará nos lucros.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos são a acreditar que os Lucros auferidos com a eliminação de postos de trabalho,
significará a cooperação, e a ajuda, das Empresas, como se TODO Ser Humano quisesse, apenas
e tão somente, AJUDA, quando então, ressalto a importância, e relevância, da AUTOESTIMA,
pela possibilidade de se sentir ÚTIL, em produzir, em trabalhar, em Ser Humano.

25. As empresas passam a pensar em um ecossistema e contratam com base nesse


conceito.

É inquestionável a manutenção de um ecossistema, uma vez que, dele dependerá a evolução, ou


involução, da Empresa, mas, TODO e QUALQUER ecossistema, deve ter como princípio básico
o RECONHECIMENTO de que uma Empresa é o REFLEXO da Cultura, da Inteligência, do
Comprometimento, e da Satisfação de ser CORPO FUNCIONAL, uma vez que, é Ele que
SAUDÁVEL da sustentação a sua Existência.

Logo, quanto mais fidedigno, MELHOR, o que nos coloca em contraposição a Cultura do
PRONTO.

26. As pessoas finalmente estão passando mais tempo online do que assistindo
TV.

Será isto uma verdade ? Tenho minhas dúvidas...

No Brasil a “GLOBOPLAY” é o, concreto, de sua contraposição, uma vez que, percebendo que
as pessoas estão ON LINE para se distrair, para se divertir, esta apostando na plataforma digital
para substituir o Canal Aberto.

Logo, mudar o aparelho de TV para Celular, não implica que esta se assistindo menos TV,
contudo, os programas, os filmes, os conteúdos, continuarão a ser de TV, principalmente, quando
algumas TVs já tem acesso à produtos vis internet, utilizando a internet com função de TV.

27. Nem tente adivinhar o preço do petróleo.

Este tópico nos coloca, novamente, sobre a GRITANTE EXPANSÃO do “RENTISMO”, uma
vez que, muitos Países Produtores de Petróleo, deixaram de ser PROPRIETÁRIOS, e por isso,
deixaram de controlar o preço do Petróleo e de seus DERIVADOS.

Algo que nos coloca na certeza de que alguns poucos, os DONOS DO PETRÓLEO, poderão a
bel prazer, ditar seus preços.

Isto, porque a produção de Petróleo a partir do XISTO é uma CALAMIDADE


IMENSURÁVEL, pois, estraga o LENÇOL FREÁTICO, que a médio, e longo, prazos, se
tornarão uma PERDA IRREPARÁVEL, para a própria sustentação da vida humana.

Como política para derrubar o preço do barril de petróleo de US120.00 para algo em torno de
US30.00, pode, por tempo curto, ser utilizado, como o foi, pelos Estados Unidos, mas, nunca,
como um opção de longo tempo.

28. Para as marcas, não existe neutralidade.

Esta neutralidade será manifestada sempre em conveniência.


Logo, não será sempre, e nem terá a certeza de ser verdadeira.

29. Diretor de Ética é o novo cargo na alta administração.

Este tópico me faz retornar aos CEOs que Levantaram a IBM, e a XEROX, ao criarem canais de
comunicação eficientes, respeitáveis, e principalmente CONFIÁVEIS, de comunicação
DIRETA.

Contudo, não posso deixar de reconhecer, que ética num mundo do LUCRO A QUALQUER
CUSTO é, apenas e tão somente, um questão UTÓPICA, uma vez que, exemplos mundo a fora,
não permitem afirmar, que os maiores problemas de ética surgiram nos Níveis mais Altos das
Empresas.

30. Você consumirá aquele insetinho na salada.

Nada a declarar.