Você está na página 1de 7

4

1. INTRODUÇÃO

O departamento pessoal é a parte integrante da estrutura organizacional de


praticamente todas as empresas. É um setor da empresa, que realiza tarefas e atividades
especificas na qual cuidam dos assuntos referentes aos funcionários, desde a sua contratação
até o encerramento do seu contrato.

2. DEPARTAMENTO PESSOAL

2. 1 Composição

 Admissão de pessoal: cuida de todo o processo de integração da pessoa


contratada, busca do profissional no mercado de trabalho, adequar as funções
do cargo e efetuar registro de acordo com a C.L.T (Consolidação das Leis do
Trabalho).
 Compensação pessoal: tem por atribuição cuidar de todo o processo de controle
de frequência, pagamento de salários e benefícios, bem como de pagamento de
taxas, impostos e contribuições. A partir da integração dos empregados na
empresa. Tem início no controle do fluxo de frequência ao trabalho.
Elaboração da folha de pagamento, controle de benefícios e finaliza cálculos de
tributos.
 Desligamento pessoal: cuidar de todo o processo de desligamento e quitação do
contrato de trabalho, estendo na representação da empresa junto os órgãos
oficiais (DRT, Sindicato, Justiça do trabalhador, etc.) e cuidar de toda rotina de
fiscalização.
2. 2 Funções

 Admissão: fica responsável pelo registro dos funcionários contratados pelo setor de
recursos humanos. Vale ressaltar que em algumas empresas o departamento pessoal é
responsável também pelo recrutamento e seleção dos candidatos, essa atribuição pode
eventualmente agilizar o processo no caso dos registros de funcionários.
 Demissão ou desligamento: é responsável pelo enceramento do contrato do
funcionário.
 Manutenção de registros: são efetuados todos os processos burocráticos, sendo eles:
folha de pagamento, controle de horários, 13º salário, férias, entre outras diretrizes
referentes aos colaboradores.
5

3. FICHA PARA SOLICITAÇÃO DE EMPREGO


Ao se apresentar a uma empresa que deseja disputar uma vaga, o primeiro passo é a
entrega do Curriculum Vitae, pois ele é seu ponto inicial para conquistar a sonhada carreira, e
ao preencher esse documento devesse certifica-se que as informações fornecidas são
verdadeiras, pois a empresa poderá solicitar comprovações. Além de que ele acaba
desempenhando o papel de marketing pessoal.
Dicas para um bom curriculum:
1. Evitar omissão de dados;
2. Atualizar sempre que possível seus dados;
3. Forneça informações sem exagerar;
4. Ao colocar as experiências profissionais sempre coloque da última para as primeiras;
5. Não use enfeites
6. Revise bem e evite erros de português

3. 1 Diferença entre Empregado e Empregador

De acordo com a C.L.T (Consolidação das Leis Trabalhistas), empregador é a empresa


individual ou coletiva, que assume os riscos da atividade econômica, contrata, assalaria e
dirige a prestação pessoal de serviços. E o empregado é toda pessoa física quem presta algum
serviço para um empregador sob a dependência deste e recebendo salário.

4. VISÃO DE UMA EMPRESA

Para se iniciar um empreendimento como uma empresa é fundamental três fatos: as


pessoas, que agiram como funcionários no corpo da empresa; recursos materiais; instalações
físicas, estabelecimento – seja casa ou prédios; recursos financeiros, investimento inicial em
capital.
Quando se funda um estabelecimento se tem a finalidade de num futuro próximo se
obter lucro com seu produto ou serviço e com isso atrair mais clientes através de sua
satisfação. Mais nem todas empresas são assim pois existem aquelas que são estabelecidas
simplesmente para lutar por uma causa nobre como a desigualdade social, um exemplo disso
são as ONG’s (Organizações não-governamentais).
6

Para facilitar o planejamento em uma empresa são criados administradores que com
suas tarefas distintas acabam sendo divididos em setores, sendo eles:
 Diretoria;
 Setor financeiro;
 Setor pessoal;
 Setor contábil.

5. RELAÇÕES HUMANAS NO TRABALHO

Podem ocorrer através da interação entre duas pessoas ou mais em um ambiente


formal. É a habilidade de lidar eficazmente com outras pessoas em um ambiente de trabalho
que se faz necessário o relacionamento interpessoal, e quando por alguma razão as pessoas
não conseguem desenvolver acontece o famoso stress que acarreta vários outros problemas
que podem se tornar pessoais e prejudicar o desenvolvimento do trabalho e da empresa. Por
esse motivo bastante comum que as empresas estão cada vez mais buscando treinamento e
aulas de bem-estar, visando assim aumentar a produtividade de seus funcionários.

6. PROFISSIONALISMO

Esse termo nos remete a pensar em um profissional competente com atributos e ética
andando juntos. Um profissional assim consegui ganhar o respeito com apenas sua
transmissão de confiança e sua forte e respeitável competência, em cada trabalho realizado ele
deixa resplandecer sua paixão, convicção, humildade, caráter, competência e constante busca
pela aprendizagem.
Para conseguir desenvolver esse lado na vida profissional pode se usar alguns critérios
básicos como:
 Ter flexibilidade em procedimentos;
 Ser criativo;
 Se deixar aprender coisas novas;
 Comunicativo;
 Organização;
 Pontualidade no trabalho;
7

 Produtividade;
 Gerar resultados e ideias que venham acrescentar o desenvolvimento pessoal
e da empresa;

7. DISCIPLINA

Ser uma pessoa disciplinada não é ser dependente de regras, rigidez ou seguir alguma
coisa em linha reta. Deve ser vista como ter bom senso, saber qual a dose certa para a
organização de algo, sem precisar se exigir ao extremo em um método exagerado e cansativo.
Profissionais que não conseguem encontrar um equilíbrio próprio tendem a se transformar em
funcionários fissurados em bens materiais e conquistas, sem conseguir algum vislumbre de
algo que o satisfaça por inteiro tanto mentalmente como fisicamente.
Para ser uma pessoa disciplinada tanto na vida pessoal com profissional se deve ter
autocontrole, que é um sinal de força interior e controle de si mesmo, principalmente ações e
reações com as pessoas ao seu redor. Pessoas que tem disciplina conseguem traçar metas para
alcançar seus objetivos e colocá-las em pratica sem se perder ao longo do caminho.

8. DEPARTAMENTO PESSOAL OU RECURSOS HUMANOS

É formado por profissionais extremamente competentes e que tem qualificação e


capacitação para realizar as atividades postas em suas funções designadas e pode ser um dos
departamentos mais dinâmicos em uma empresa. Apesar desse alto nível de qualidades esse
departamento pode trazer consigo falhas que em algum momento pode corromper o setor.
Eles são:
 Atrasos;
 Falta de treinamento;
 Falta de apoio entre si;
 Falta de disciplina.

9. TRABALHADOR
8

 Autônomo
São trabalhadores que fazer jornadas de trabalho avulsas, exercem suas
atividades sem vínculo empregatício e por conta própria de forma eventual.
 Empregado
É aquele trabalhador que exerce uma carga horaria mantida pela empresa,
trabalha regulamente, recebe ordem e tem que prestar contas, é assalariado, tem
benefícios oferecidos pela empresa

10. COOPERATIVAS DE TRABALHO

Se considera uma cooperativa de trabalho a sociedade constituída por trabalhadores


para o exercício de suas atividades laborativas ou profissionais com proveito comum,
autonomia e autogestão para obterem melhor qualificação, renda, situação socioeconômica e
condições gerais de trabalho.
As cooperativas podem ser:
 De produção quando constituída por sócios que contribuem com trabalho para
produção em comum de bens e a cooperativa detém, a qualquer título, os meios
de produção;
 De serviço, quando constituída por sócios para a prestação de serviços
especializados a terceiros, sem a presença dos pressupostos da relação de
emprego.
10.1 Algumas normais:
 Adesão voluntaria e livre;
 Gestão democrática;
 Participação econômica dos membros;
 Autonomia e independência;
 Educação, formação e informação;
 Não precarização do trabalho;
 Interesse pela comunidade.

11. DICAS PARA SER UM BOM PROFISSIONAL


9

 Saber ouvir as pessoas;


 Adquirir o hábito de terminar tudo o que começou;
 Ser pontual;
 Não tratar de assuntos alheios no trabalho;
 Controlar suas finanças e nunca gastar mais do que ganhar;
 Não tente ser melhor que os outros, seja o melhor que você pode ser;
 Tenha cuidado na hora de estabelecer metas;
 Invista no Autoconhecimento;
 Determine objetivos que dependam somente de você;
 Foque na ação para alcançar a realização;

12. CONCLUSÃO
10

Por fim conseguimos ver que a importância do departamento pessoal dentro de uma
empresa acontece pelo fato de que o mesmo consegui agilizar os processos burocráticos
internos na relação funcionário-empresa, e juntamente mantem as relações trabalhistas de
acordo com as diretrizes trabalhistas em vigor e manter uma relação amistosa da empresa com
os sindicatos e assim garantir o bom fluxo de produção na empresa. Além de manter a
empresa como um todo organizada e funcionando em perfeita sincronia e acordo, podemos
ver que esse setor é o meio termo entre todas as decisões tomadas em uma grade de
necessidades.