Você está na página 1de 1

História do Direito Romano

Fontes do Direito

PROF. HÉLCIO MACIEL FRANÇA MADEIRA

1. Costume (mos maiorum)


I Período
(Realeza) 2. Lei (leges regiae)

1. Costume
2. Lei (Lei das XII tábuas em 450 a.C.)
II Período 3. O plebiscito

(República) 4. Interpretatio Evolução a) A ciência dos pontífices: fase esotérica até IV séc. a.C.
Prudentium histórica: b) Divulgação da ciência dos pontífices: ius flavianum (300 a.C.)
c) Sistematização do Direito: Q.Mucius Scaevola (I séc. a.C)

5. Edito dos Magistrados a) o pretor no período das legis actiones (até 149 a.C.)
b) o pretor no período do procedimento per formulas
c) Tipos e partes do Edito

1. Costume
2. Lei
III Período 3. Senatusconsultos
(Alto Império) - Influência diminuída
4. Edito dos magistrados - Edictum perpetuum de Sálvio Juliano em 128 d.C.

a) edicta
5. Constituições Imperiais b) mandata
c) decreta
d) rescripta

O ius publice respondendi


6. Responsa Prudentium Principais jurisconsultos:
a) No início do Império: Sabinianos e Proculianos
b) Sob Marco Aurélio: Gaio
c) Sob os Severos: Papiniano, Paulo e Ulpiano

- Desaparecimento das antigas fontes


- Única fonte importante: as Constituições Imperiais
IV Período - A “Lei das Citações” do imperador Teodósio II
(Baixo Império) - Monumentos jurídicos do Baixo Império:
I. Compilações pré-justinianéias:
a) privadas: Código Gregoriano e Código Hermogeniano
b) oficiais: Código Teodosiano, leis romanas dos bárbaros
II. Compilações de Justiniano:
a) Codex
b) Digesta
c) Institutiones
d) Novellae
III. Compilações pós-justinianéias
a) Basílicas
b) Paráfrase das Institutas