Você está na página 1de 9

5 dicas para

trabalhar as
competências
e habilidades
da BNCC
Como trabalhar
as competências e
habilidades da BNCC?
A estrutura da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)
se desdobra em competências e habilidades que os
alunos devem desenvolver ao longo da Educação Básica.
Nesse contexto, um grande desafio consiste em pensar
o ensino e as práticas pedagógicas com base nessas
competências e habilidades, abandonando o enfoque
puramente conteudista.
Este infográfico traz 5 dicas de como a escola pode
adaptar suas práticas de forma a trabalhar as
competências e habilidades da BNCC. Confira!
Assista à entrevista
com Maria Inês Fini,
presidente do Inep,
sobre a Base Nacional
Comum Curricular

Relacionar as habilidades e as
competências específicas de área
com as competências gerais da BNCC
A Base Nacional Comum Curricular determina dez competências
gerais que sumarizam a formação pretendida para os estudantes
ao longo da Educação Básica. Essas competências gerais propõem
uma formação integral, que considera tanto a dimensão cognitiva
quanto a socioemocional.
Além disso, o documento é dividido em segmentos de ensino,
que compreendem objetivos de aprendizagem e desenvolvimento
(para a Educação Infantil) e competências específicas de área e
habilidades (para o Ensino Fundamental).
Sendo assim, o primeiro passo para trabalhar as competências e
habilidades da BNCC consiste em estudar e relacionar todos esses
elementos da estrutura do documento. Dessa forma, a proposta
de cada ano em cada segmento assume um objetivo claro no
desenvolvimento das competências gerais dos estudantes.
Encarar as habilidades como
objetivos de conhecimento de
cada etapa
A BNCC segmenta o Ensino Fundamental em cinco áreas
do conhecimento, cada uma com seus respectivos
componentes curriculares que se dividem em habilidades
a serem trabalhadas em cada ano.
Nesse contexto, as habilidades devem ser entendidas
como objetivos de conhecimento esperados para cada
ano. Isso significa que as habilidades traduzem aquilo
que se espera do aluno e do seu desenvolvimento ao final
do ano letivo.
Para compreender
Portanto, a equipe docente deve planejar seu trabalho melhor a estrutura
considerando maneiras de se desenvolver, acompanhar e do documento,
baixe o infográfico
avaliar as habilidades do aluno ao longo de todo o ano. Entendendo a
Estrutura da BNCC
Trabalhar as competências e
habilidades da Base de forma gradual
As competências gerais da Base indicam o indivíduo que as
escolas devem formar ao longo de toda a Educação Básica,
a fim de promover a igualdade e a equidade. Sendo assim, é
necessário ter em mente que as aprendizagens essenciais
apontadas pelo documento devem ser trabalhadas de
maneira gradual, ao longo de cada segmento e cada ano.
Isso é válido tanto para as competências gerais - que devem
começar a ser trabalhadas na Educação Infantil até o seu
pleno desenvolvimento no fim do Ensino Médio - quanto para
as competências específicas de área e de componente e
para as habilidades.
Enquanto as competências gerais devem ser desenvolvidas ao
longo de toda a Educação Básica, as competências específicas
de área e de componente devem ser trabalhadas durante o
ciclo e, ao fim do Ensino Fundamental, traduzem o que se espera
do aluno na transição para o Ensino Médio. Por sua vez, as
habilidades são características de cada ano escolar e devem
nortear o trabalho dos professores em cada ano.
Confira a entrevista
Sendo assim, o trabalho das competências e habilidades da com Jorge Cascardo
Base deve ser pensado de forma gradual, respeitando os sobre como integrar
as competências
objetivos de aprendizagem propostos para os anos e os ciclos. gerais da BNCC ao
currículo
Entenda o que são
as competências e
habilidades e como
podem ser aplicadas
ao ensino

Buscar formas de trabalhar as


habilidades e competências
de maneira interdisciplinar e
contextualizada
A BNCC propõe a formação de um aluno global. Para
isso, o documento defende um trabalho interdisciplinar
das competências e habilidades, assim como a
contextualização dos objetos de conhecimento.
Dessa forma, é importante que os professores de
diferentes disciplinas se reúnam a fim de propor
atividades e práticas pedagógicas interdisciplinares
para desenvolvimento das competências e habilidades.
Além disso, também é fundamental pensar em um ensino
contextualizado, que desperta o interesse do estudante
ao deixar clara a aplicação prática das aprendizagens.
Aliar o
desenvolvimento
cognitivo ao
desenvolvimento
das competências
socioemocionais
A Base Nacional Comum Curricular defende a formação
integral do aluno, que deve ser preparado para enfrentar
os diferentes desafios que irá encontrar ao longo de sua
vida e de sua carreira. Para isso, é fundamental que as
escolas desenvolvam não apenas a dimensão cognitiva,
mas também a socioemocional.
Assim, é necessário que a escola instigue os
alunos a desenvolver a criatividade, o pensamento
crítico, a colaboração, a comunicação e outras
Leia sobre o que são
competências essenciais para a resolução de
as competências
problemas do mundo contemporâneo. socioemocionais e
como trabalhá-las no
Da mesma forma como acontece para as e-book Competências
competências gerais da BNCC, as competências socioemocionais na BNCC
socioemocionais também devem ser trabalhadas
de maneira gradual e integrada ao longo de toda a
Educação Básica, por meio de atividades que podem
ser propostas por todos os professores.
Conclusão
A BNCC propõe uma grande transformação para a
Educação Básica, uma vez que defende um desenvolvimento
dos alunos que vai muito além da capacidade cognitiva e
que se baseia em competências e habilidades.
Nesse sentido, trabalhar essas competências e
habilidades de maneira gradual e integrada, alinhadas
ao desenvolvimento socioemocional e com objetivos
de conhecimento claros para cada ano e ciclo é muito
importante para a formação de um aluno preparado para
alcançar o sucesso.
A par é uma plataforma educacional parceira das escolas. Uma solução
que se adapta à realidade e ao contexto de cada proposta pedagógica. É
a junção de tecnologia, suporte integral e conteúdo didático de qualidade
para ajudar as escolas a alcançar resultados cada vez melhores.

É saber que educar é nossa missão de todo dia. É nosso presente.


E é também o único jeito de mudar nosso futuro.

SAIBA MAIS SOBRE A PAR

www.somospar.com.br