Você está na página 1de 5

DIREITO ADMINISTRATIVO

ATUALIZADO 606 AO 594


União não deve figurar na ação proposta pedindo a implementação do
piso nacional do magistério. INCOMPETÊNCIA DA JUSTIÇA FEDERAL.
EXTINÇÃO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO se for a única parte.

O ente desapropriante não responde por tributos incidentes sobre o


imóvel desapropriado nas hipóteses em que o período de ocorrência dos
fatos geradores é anterior ao ato de aquisição originária da propriedade.

A interferência judicial para invalidar a estipulação das tarifas de


transporte público urbano viola a ordem pública, mormente nos casos em
que houver, por parte da Fazenda estadual, esclarecimento de que a
metodologia adotada para fixação dos preços era técnica.

O grave erro no enunciado – reconhecido pela própria banca examinadora


– constitui flagrante ilegalidade apta a ensejar a nulidade da questão.

O espelho de prova, com a motivação da avaliação do candidato, deve ser


apresentado antes ou durante a divulgação do resultado, sob pena de
nulidade.

Os Conselhos Profissionais podem suspender ou cancelar a dívida


referente às anuidades. A execução fiscal só após ultrapassar 4 vezes o
valor da anuidade.
Mesmo o servidor licenciado, a empresa não poderá participar de
licitação se tiver em seu quadro de pessoal servidor ou dirigente do órgão
contratante ou responsável pela licitação.

Há fatos ilícitos administrativos que, se cometidos de forma continuada


pelo servidor público, não se sujeitam à sanção com aumento do quantum
sancionatório previsto no art. 71, caput, do CP. STJ não afirmou se pode
ou não aplicar a continuidade delitiva em PAD.

Não é necessário registro no Conselho Regional de Medina veterinária


para comercializar animais vivos nem medicamentos veterinários, nem a
contratação de profissionais técnicos responsáveis, pois não são
atividades reservas à atuação privativa do médico veterinário.

Ação questionando critérios do psicotécnico previstos no edital deve ser


proposta contra a entidade que promoveu o concurso (Entes federativos,
Autarquias) (e não contra a instituição contratada CESPE, FCC, FGV)

Não se pode cassar a aposentadoria do servidor que ingressou no serviço


público por força de provimento judicial precário e se aposentou durante
o processo, antes da decisão ser reformada.

O abono de permanência insere-se no conceito de remuneração do cargo


efetivo, de forma a compor a base de cálculo da licença-prêmio não
gozada.
É válida a interrupção do serviço público por razões de ordem técnica se
houve prévio aviso por meio de rádio.

A “teoria do fato consumado" não pode ser aplicada para consolidar


remoção de servidor público destinada a acompanhamento de cônjuge,
em hipótese que não se adequa à legalidade estrita, ainda que tal situação
haja perdurado por vários anos em virtude de decisão liminar não
confirmada por ocasião do julgamento de mérito.

O término da incorporação dos 11,98%, ou do índice obtido em cada


caso, oriundo das perdas salariais resultantes da conversão de cruzeiro
real em URV, na remuneração do servidor, deve ocorrer no momento em
que a carreira passa por uma restruturação remuneratória.

A instauração de processo disciplinar contra servidor efetivo cedido deve


ocorrer, preferencialmente, no órgão em que tenha sido praticada a
suposta irregularidade. Contudo, o julgamento e a eventual aplicação de
sanção só podem ocorrer no órgão ao qual o servidor efetivo estiver
vinculado.

A portaria interministerial editada pelos Ministérios da Educação e do


Planejamento demanda a manifestação das duas Pastas para a sua
revogação. ATO COMPLEXO. PRINCÍPIO DA SIMETRIA.
É possível que o expropriante desista da ação de desapropriação?
SIM, é possível:
a) ainda não tenha havido o pagamento integral do preço
b) b) o imóvel possa ser devolvido sem que ele tenha sido alterado de
forma substancial
É ônus do expropriado provar a existência de fato impeditivo do direito
de desistência da desapropriação.

Não viola o princípio da isonomia o implemento de regra de transição de


aposentadoria dos servidores integrantes do Serviço Exterior Brasileiro
(Lei nº 11.440/2006), como está previsto no parágrafo único do art. 2º da
LC 152/2015, considerando-se as peculiaridades da carreira, as
necessidades do Estado e a ordem constitucional vigente. DIPLOMATAS.

Empresas brasileiras poderão desenvolver atividades de segurança


privada, ainda que tenham sócios estrangeiros. Pode ter capital
estrangeiro, basta ser constituída sob as leis brasileiras.

Em se tratando de dependente incapaz, o termo inicial para o pagamento


do benefício da pensão especial de ex-combatente é o óbito do
instituidor. Não é benefício previdenciário. EB, Marinha e Aeronáutica que
pagam.

Não cabe ao Banco Central fiscalizar o Serasa, pois esta não é instituição
financeira. EXCESSO DE PODER.
O vencimento inicial das carreiras do magistério público da educação
básica deve corresponder ao piso salarial profissional nacional, sendo
vedada a fixação do vencimento básico em valor inferior, não havendo
determinação de incidência automática em toda a carreira e reflexo
imediato sobre as demais vantagens e gratificações.