Você está na página 1de 61

QUÍMICA DESCRITIVA II (ITA-SP)

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
01 (ITA-2012) Considere as seguintes afirmações a respeito dos haletos de hidrogênio HF, HCℓ, HBr e HI:
I. A temperatura de ebulição do HI é maior do que a dos demais.
II. À exceção do HF, os haletos de hidrogênio dissociam-se completamente em água.
III. Quando dissolvidos em ácido acético glacial puro, todos se comportam como ácidos,
conforme a seguinte ordem de força ácida: HI > HBr >HCℓ >>HF.
Das afirmações acima, está(ão) CORRETAS(S) apenas
a) I. b) I e II. c) II. d) II e III. e) III.

02 (ITA-2012) Descreva por meio de equações as reações químicas envolvidas no processo de obtenção de magnésio metálico
a partir de carbonato de cálcio e água do mar.

03 (ITA-2012) A nitrocelulose é considerada uma substância química explosiva, sendo obtida a partir da nitração da celulose.
Cite outras cinco substâncias explosivas sintetizadas por processos de nitração.

04 (ITA-2011) Nas condições ambientes, assinale a opção que contém apenas óxidos neutros.
a) NO2, CO e Aℓ2O3 d) SiO2, CO2 e Aℓ2O3
b) N2O, NO e CO e) SiO2, CO2 e CO
c) N2O, NO e NO2

05 (ITA-2011) Quando aquecido ao ar, 1,65 g de um determinado elemento X forma 2,29 g de um óxido de fórmula X3O4. Das
alternativas abaixo, assinale a opção que identifica o elemento X.
a) Antimônio d) Manganês
b) Arsênio e) Molibdênio
d) Ouro

06 (ITA-2011) Em um processo hidrometalúrgico, conduzido nas condições ambientes, o mineral calcopirita (CuFeS2) é
lixiviado em solução aquosa de sulfato férrico. Durante o processo, o sulfato férrico é regenerado a partir da adição de ácido
sulfúrico e oxigênio gasoso a essa solução aquosa.
Sabendo que a calcopirita é um semicondutor que sofre corrosão eletroquímica em meios aquosos oxidantes e, admitindo-se
que esse mineral, empregado no processo de lixiviação, é quimicamente puro, escreva as equações químicas balanceadas das
reações que representam:
a) a etapa de lixiviação de CuFeS2(s) com sulfato férrico aquoso.
b) a etapa de regeneração da quantidade exata de matéria total do sulfato férrico consumido no processo de lixiviação da
etapa “a”, com adição de solução aquosa diluída de ácido sulfúrico e injeção de gás oxigênio.
c) a reação global do processo de lixiviação da calcopirita, considerando-se as etapas “a” e “b” acima.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 1


07 (ITA-2010) HCℓ(g) é borbulhado e dissolvido em um solvente X. A solução resultante é não-condutora em relação à
corrente elétrica. O solvente X deve ser necessariamente
a) polar. d) mais ácido que HCℓ.
b) não polar. e) menos ácido que HCℓ.
c) hidrofílico.

08 (ITA-2010) A 25°C e 1 atm, uma solução de água pura contendo algumas gotas de solução alcoólica de indicador ácido-base
azul de bromotimol apresenta coloração azulada. Nestas condições, certa quantidade de uma substância no estado sólido é
adicionada e a solução torna-se amarelada.
Assinale a opção que apresenta a substância sólida adicionada.
a) Iodo. d) Nitrato de prata.
b) Sacarose. e) Cloreto de sódio.
d) Gelo seco.

09 (ITA-2010) Proponha um método de obtenção de sulfato de cobre anidro a partir de uma reação de neutralização. Expresse
as etapas para a sua obtenção por meio de equações químicas, indicando as condições necessárias para que cada etapa seja
realizada.

10 (ITA-2010) A nitroglicerina, C3H5(ONO2)3(ℓ), é um óleo denso que detona se aquecido a 218 °C ou quando é submetido a
um choque mecânico. Escreva a equação que representa a reação química do processo, sabendo que a reação de
decomposição é completa, e explique porque a molécula é explosiva.

11 (ITA-2009) Um estudante mergulhou uma placa de um metal puro em água pura isenta de ar, a 25 °C, contida em um
béquer. Após certo tempo, ele observou a liberação de bolhas de gás e a formação de um precipitado. Com base nessas
informações, assinale a opção que apresenta o metal constituinte da placa.
a) Cádmio d) Magnésio
b) Chumbo e) Níquel
c) Ferro

12 (ITA-2009) Um estudante imergiu a extremidade de um fio de níquel-crômio limpo em uma solução aquosa de ácido
clorídrico e, a seguir, colocou esta extremidade em contato com uma amostra de um sal iônico puro. Em seguida, expôs esta
extremidade à chama azulada de um bico de Bunsen, observando uma coloração amarela na chama. Assinale a opção que
contém o elemento químico responsável pela coloração amarelada observada.
a) Bário. d) Potássio.
b) Cobre. e) Sódio.
c) Lítio.

13 (ITA-2009) Escreva a equação química balanceada da combustão completa do iso-octano com o ar atmosférico. Considere
que o ar é seco e composto por 21% de oxigênio gasoso e 79% de nitrogênio gasoso.

14 (ITA-2008) Suponha que um pesquisador tenha descoberto um novo elemento químico, M, de número atômico 119,
estável, a partir da sua separação de um sal de carbonato. Após diversos experimentos foi observado que o elemento químico
M apresentava um comportamento químico semelhante aos elementos que constituem a sua família (grupo).
Escreva a equação balanceada da reação entre o elemento M em estado sólido com a água (se ocorrer).

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 2


15 (ITA-2007) Considere que sejam feitas as seguintes afirmações a respeito das formas cristalinas do carbono:
I. As formas polimórficas do carbono são: diamante, grafite e fulerenos.
II. O monocristal de grafite é bom condutor de corrente elétrica em uma direção, mas não o é na direção perpendicular à
mesma.
III. O diamante é uma forma polimórfica metaestável do carbono nas condições normais de temperatura e pressão.
IV. No grafite, as ligações químicas entre os átomos de carbono são tetraédricas.
Então, das afirmações acima, está(ão) CORRETA(S)
a) apenas I, II e III.
b) apenas I e III.
c) apenas II e IV.
d) apenas IV.
e) todas.

16 (ITA-2006) Considere os seguintes óxidos (I, II, III, IV e V):

I. CaO
II. N2O5
III. Na2O
IV. P2O5
V. SO3
Assinale a opção que apresenta os óxidos que, quando dissolvidos em água pura, tornam o meio ácido.
a) Apenas I e IV
b) Apenas I, III e V
c) Apenas II e III
d) Apenas II, IV e V
e) Apenas III e V

17 (ITA-2006) São descritos, a seguir, dois experimentos e respectivas observações envolvendo ossos limpos e secos
provenientes de uma ave.
I. Um osso foi imerso em uma solução aquosa 10% (v/v) em ácido fórmico. Após certo tempo, observou-se que o mesmo havia
se tornado flexível.
II. Um outro osso foi colocado em uma cápsula de porcelana e submetido a aquecimento em uma chama de bico de Bunsen.
Após um longo período de tempo, observou-se que o mesmo se tornou frágil e quebradiço.
a) Explique as observações descritas nos dois experimentos.
b) Baseando-se nas observações acima, preveja o que acontecerá se um terceiro osso limpo e seco for imerso em uma solução
aquosa 1mg.L–1 em fluoreto de sódio e, a seguir, em uma solução aquosa a 10% (v/v) em ácido fórmico. Justifique a sua
resposta.

18 (ITA-2005) Um composto sólido é adicionado a um béquer contendo uma solução aquosa de fenolftaleína.
A solução adquire uma coloração rósea e ocorre a liberação de um gás que é recolhido. Numa etapa posterior, esse gás é
submetido à combustão completa, formando H2O e CO2. Com base nestas informações, é CORRETO afirmar que o composto é:
a) CO(NH2)2.
b) CaC2.
c) Ca(HCO3)2.
d) NaHCO3.
e) Na2C2O4.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 3


19 (ITA-2005) Explique em que consiste o fenômeno denominado chuva ácida. Da sua explicação devem constar as equações
químicas que representam as reações envolvidas.

20 (ITA-2005) Considere que na figura abaixo, o frasco A contém peróxido de hidrogênio, os frascos B e C contêm
água e que se observa borbulhamento de gás no frasco C. O frasco A é aberto para a adição de 1 g de dióxido de manganês e
imediatamente fechado.
Observa-se então, um aumento do fluxo de gás no frasco C. Após um período de tempo, cessa o borbulhamento de gás no
frasco C, observando-se que ainda resta sólido no frasco A. Separando-se este sólido e secando-o, verifica-se que sua massa é
igual a 1 g.

a) Escreva a equação química que descreve a reação que ocorre com o peróxido de hidrogênio, na ausência de dióxido de
manganês.
b) Explique por que o fluxo de gás no frasco C aumenta quando da adição de dióxido de manganês ao peróxido de hidrogênio.

21 (ITA-2004) Qual das opções abaixo apresenta o material com maior concentração de carbono?
a) Negro de fumo.
b) Carvão.
c) Alcatrão.
d) Piche.
e) Óleo diesel.

22 (ITA-2003) Descreva um processo que possa ser utilizado na preparação de álcool etílico absoluto, 99,5 % (m/m), a partir
de álcool etílico comercial, 95,6 % (m/m). Sua descrição deve conter:
I. A justificativa para o fato da concentração de álcool etílico comercial ser 95,6% (m/m).
II. O esquema de aparelhagem utilizada e a função de cada um dos componentes desta aparelhagem.
III. Os reagentes utilizados na obtenção do álcool etílico absoluto.
IV. As equações químicas balanceadas para as reações químicas envolvidas na preparação do álcool etílico absoluto.
V. Sequência das etapas envolvidas no processo de obtenção do álcool etílico absoluto.

23 (ITA-2002) A adição de glicose sólida (C6H12O6) a clorato de potássio (KCℓO3) fundido, a 400°C, resulta em uma reação que
forma dois produtos gasosos e um sólido cristalino. Quando os produtos gasosos formados nessa reação, e resfriados à
temperatura ambiente, são borbulhados em uma solução aquosa 0,1 mol/L em hidróxido de sódio, contendo algumas gotas
de fenolftaleína, verifica-se a mudança de cor desta solução de rosa para incolor. O produto sólido cristalino apresenta alta
condutividade elétrica, tanto no estado líquido como em solução aquosa. Assinale a opção CORRETA que apresenta os
produtos formados na reação entre glicose e clorato de potássio:
a) CℓO2(g), H2(g), C(s). d) CO(g),CH4(g), KCℓO2(s).
b) CO2(g), H2O(g), KCℓ(s). e) Cℓ2(g), H2O(g), K2CO3(s)
c) CO(g), H2O(g), KCℓO4(s).

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 4


24 (ITA-2002) O frasco mostrado na figura ao lado contém uma solução aquosa saturada em oxigênio, em contato com ar
atmosférico, sob pressão de 1 atm e temperatura de 25°C. Quando gás é borbulhado através desta solução, sendo a pressão
de entrada do gás maior do que a pressão de saída, de tal forma que a pressão do gás em contato com a solução possa ser
considerada constante e igual a 1 atm, é ERRADO afirmar que a concentração de oxigênio dissolvido na solução.

a) permanece inalterada, quando o gás borbulhado, sob temperatura de 25°C, é ar atmosférico.


b) permanece inalterada, quando o gás borbulhado, sob temperatura de 25°C é nitrogênio gasoso.
c) aumenta, quando o gás borbulhado, sob temperatura de 15°C, é ar atmosférico.
d) aumenta, quando o gás borbulhado, sob temperatura de 25°C, é oxigênio praticamente puro.
e) permanece inalterada, quando o gás borbulhado, sob temperatura de 25°C, é uma mistura de argônio oxigênio, sendo a
concentração de oxigênio nesta mistura igual à existente no ar atmosférico.

25 (ITA-2001) Quando carbeto de alumínio (Aℓ4C3) é adicionado em um béquer contendo água líquida a 25°C, ocorre a
formação de hidróxido de alumínio e a liberação de um gás. O gás formado é o:
a) H2 b) CO c) CO2 d) CH4 e) C2H2

26 (ITA-2001) Uma determinada substância apresenta as seguintes propriedades físico-químicas:


I. O estado físico mais estável a 25°C e 1atm é o sólido.
II. No estado sólido apresenta estrutura cristalina.
III. A condutividade elétrica é praticamente nula no estado físico mais estável a 25°C e 1atm.
IV. A condutividade elétrica é alta no estado líquido.
A alternativa relativa à substância que apresenta todas as propriedades acima é o/a:
a) poliacetileno. d) silício.
b) brometo de sódio. e) grafita.
C) iodo.

27 (ITA-2001) Quando relâmpagos ocorrem na atmosfera, energia suficiente é fornecida para a iniciação da reação de
nitrogênio com oxigênio, gerando monóxido de nitrogênio, o qual, em seguida, interage com oxigênio, gerando dióxido de
nitrogênio, um dos responsáveis pela acidez de chuvas.
a) Escreva a equação química, balanceada, de cada uma das três transformações mencionadas no enunciado.
b) Descreva o método industrial utilizado para obter ácido nítrico. De sua descrição devem constar a matéria prima utilizada,
as equações químicas balanceadas para reações que ocorrem durante cada etapa do processo e a concentração (em %(m/m))
do ácido vendido comercialmente.
c) Cite três aplicações para o ácido nítrico.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 5


28 (ITA-2001) A tabela a seguir mostra as observações feitas, sob as mesmas condições de pressão e temperatura, com pregos
de ferro, limpos e polidos e submetidos a diferentes meios:
Tabela. Corrosão do ferro em água aerada.
Sistema Inicial Observações durante os experimentos
1. Prego limpo e polido imerso em água Com o passar do tempo surgem sinais de aparecimento de ferrugem ao longo do
aerada. prego (formação de um filme fino de uma substância sólida com coloração
marrom-alaranjada).

2. Prego limpo e polido recoberto com Não há alteração perceptível com o passar do tempo.
graxa imerso em água aerada.
3. Prego limpo e polido envolvido por Com o passar do tempo observa-se a precipitação de grande quantidade de uma
uma tira magnésio e imerso em água substância branca, mas a superfície do prego continua aparentemente intacta.
aerada.

4. Prego limpo e polido envolvido por Com o passar do tempo surgem sinais de aparecimento de ferrugem ao longo do
uma tira de estanho e imerso em água prego.
aerada.

a) Escreva as equações química balanceadas para a(s) reação(ões) observada(s) nos experimentos 1, 3 e 4, respectivamente.
b) Com base nas observações feitas, sugira duas maneira diferentes de evitar a formação de ferrugem sobre o prego.
c) Ordene os metais empregados nos experimentos descritos na tabela acima segundo o seu poder redutor. Mostre como
você raciocinou para chegar à ordenação proposta.

29 (ITA-2000) Num tubo de ensaio dissolve-se açúcar em água e acrescenta-se uma porção de fermento biológico do tipo
utilizado na fabricação de pães. Após certo tempo observa-se a liberação de gás nesta mistura. O borbulhamento deste gás em
uma solução aquosa não saturada em Ba(OH)2 provoca, inicialmente, sua turvação.
Esta desaparece com o borbulhamento prolongado do gás. A respeito das descrições feitas nestes experimentos são feitas as
seguintes afirmações:
I. O produto gasoso formado, e responsável pela turvação inicial da solução de Ba(OH)2 , é o monóxido de carbono (CO).
II. O produto gasoso formado, e responsável pela turvação inicial da solução de Ba(OH)2, é o etanol.
III. A turvação inicial da solução de Ba(OH)2 é justificada pela precipitação do Ba(HCO3)2(c).
IV. A turvação inicial da solução de Ba(OH)2 é justificada pela precipitação do Ba(OH)2(c).
V. O desaparecimento da turvação inicial da solução de Ba(OH)2 é justificado pela reação química representada pela seguinte
equação: Ba(OH)2(c) + HCO3−(aq) → BaCO3(aq) + H2O(ℓ) + OH−(aq).
Das informações acima estão ERRADAS
a) apenas I e III. b) apenas I e V. c) apenas II e IV. d) apenas II, IV e V. e) todas.

30 (ITA-2000) Uma solução saturada em hidróxido de cálcio é preparada pela dissolução de excesso dessa substância em água
na temperatura de 25°C.
Considere as afirmações seguintes relativas ao que acontece nos primeiros instantes (segundos) em que dióxido de carbono
marcado com carbono quatorze (14C) é borbulhado nesta mistura heterogênea:
I. Radioatividade será detectada na fase líquida.
II. Radioatividade será detectada na fase sólida.
III. O pH da fase líquida diminui.
IV. A massa de hidróxido de cálcio sólido permanece constante.
V. O sólido em contato com o líquido será uma mistura de carbonato e hidróxido de cálcio.
Das afirmações feitas, estão CORRETAS
a) apenas I, II e V. b) apenas I, III e IV.
c) apenas II, III e V. d) apenas II e IV.
e) todas.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 6


31 (ITA-1999) Um aluno recebeu uma amostra de um material sólido desconhecido de coloração azul. Em um tubo de ensaio
contendo 10 mL de água destilada foram adicionados aproximadamente 0,50g dessa amostra. Em outro tubo contendo 10 mL
de uma solução aquosa de ácido acético foi adicionada a mesma quantidade de mesma amostra. No tubo contendo ácido
acético foi observada a formação de bolhas de gás, bem como a coloração azulada da solução. A partir destas informações,
qual das substâncias abaixo poderia corresponder ao material recebido pelo aluno?
a) cloreto ferroso
b) Sulfato cuproso
c) Carbonato férrico
d) Hidróxido cuproso
e) Carbonato básico de cobre

32 (ITA-1999) O fogo-fátuo (o boitatá dos índios e caboclos) é o nome dado ao fenômeno decorrente da combustão
espontânea de um certo gás, normalmente emanado de sepulturas e pântanos. Qual é esse gás?
a) H2 b) NH3 c) AsH3 d) PH3 e) CH4

33 (ITA-1998) A concentração de H+(aq) em água de chuva é maior em qual das regiões abaixo discriminadas?
a) Deserto do Saara
b) Floresta Amazônica
c) Oceano Atlântico no Hemisfério Sul
d) Região onde só se usa etanol como combustível
e) Região onde se usa muito carvão fóssil como combustível

34 (ITA-1998) Quais das substâncias abaixo costumam ser os principais componentes dos fermentos químicos encontrados em
supermercados?
a) Ácido tartárico e carbonato de bário.
b) Ácido acético e carbonato de cálcio.
c) Ácido acético e bicarbonato de bário.
d) Ácido fórmico e bicarbonato de sódio.
e) Ácido tartárico e bicarbonato de sódio.

35 (ITA-1998) Qual das opções abaixo contém a equação que representa a produção de ferro num alto forno convencional
alimentado com hematita e coque?
a) FeS (c) + H2(g)  Fe(c) + H2S(g)
b) Fe2O3(c) + 2Aℓ(c)  2Fe(c) + Aℓ2O3(c)
c) Fe3O4(c) + 4H2(g)  3Fe(c) + 4H2O(g)
d) Fe2O3(c) + 3CO(g)  2Fe(c) + 3CO2(g)
e) 4FeS(c) + 2CO(g)  4Fe(c) + 2CS2(g) + O2(g)

36 (ITA-1998) Qual das opções abaixo contém a equação química CORRETA que representa uma reação que poderá ocorrer
com o ouro (Au) nas condições ambientes?
a) 2Au(c) + 6HCℓ(aq)  2AuCℓ3(aq) + 3H2(g)
b) Au(c) + 6HNO3(aq)  Au(NO3)3(aq) + 3NO2(g) + 3H2O(ℓ)
c) 8Au(c) + 27H+(aq) + 3NO3-(aq)  8Au3+(aq) + 3NH3(g) + 9H2O(ℓ)
d) Au(c)+ 4Cℓ-(aq) + 3NO3-(aq) + 6H+(aq)  AuCℓ4-(aq) +3NO2(g) + 3H2O(ℓ)
e) Au(c) + 3NO3-(aq) + 4Cℓ-(aq) + 6H+(aq)  AuCℓ4-(aq) +3/2 N2(g) + 3O2(g) + 3H2O(ℓ)

37 (ITA-1998) Descreva um método de preparação do ácido nítrico economicamente viável e utilizado pelas indústrias
químicas modernas para a produção em grande escala. Utilize equações balanceadas para representar as reações químicas
que ocorrem com o emprego do método proposto.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 7


38 (ITA-1997) Considere as afirmações sobre os óxidos de nitrogênio NO, N2O e NO2:
I- A formação destes óxidos, a partir de N2 e O2, é endotérmica.
II- Os números de oxidação dos átomos de nitrogênio nos óxidos NO, N2O e NO2 são respectivamente, +2, +1 e +4.
III- O N2O é chamado de gás hilariante.
IV- O NO é o anidrido do ácido nítrico.
V- O NO2 é um gás colorido.
Estão corretas:
a) Apenas II e IV. d) Apenas I, II, IV e V.
b) Apenas III e V. e) Todas.
c) Apenas I, II, III e IV.

39 (ITA-1996) Qual dos ácidos abaixo é o menos volátil?


a) HCℓ b) HI c) H2SO3 d) H2SO4 e) CH3CH2COOH

40 (ITA-1996) Qual das opções abaixo contém um material melhor indicado para constituir recipientes utilizados na
armazenagem de soluções concentradas de hidróxido de sódio?
a) Vidro b) Alumínio c) Zinco d) Ferro e) Polietileno

41 (ITA-1996) Discutindo problemas relacionados com a obtenção de metais, alunos fizeram as afirmações listadas nas opções
a seguir. Qual é a opção que contém a afirmação ERRADA?
a) As reservas minerais de ferro são muitíssimo maiores que as de cobre.
b) A redução de um mol de óxido de alumínio (Aℓ2O3) exige muito mais energia que a redução de um mol de óxido de ferro
(Fe2O3).
c) Sódio metálico foi obtido pela primeira vez por H. Davy através da eletrólise do NaOH fundido.
d) Alumínio metálico é obtido por redução de (Aℓ2O3) em altos-fornos análogos aos utilizados no preparo de ferro metálico.
e) Embora o titânio seja relativamente abundante na crosta terrestre, jazidas de vulto desta substância são raras.

42 (ITA-1996) Descreva como se pode obter, num laboratório de química, cloridreto (HCℓ(g)) a partir de cloreto de sódio. De
sua descrição devem constar: as outras matérias primas necessárias, o desenho esquemático da aparelhagem a ser utilizada e
as equações químicas balanceadas das reações envolvidas.

43 (ITA-1995) A concentração de O2 na atmosfera ao nível do mar e 20,9% em volume. Assinale a opção que contem a
afirmação falsa.
a) Um litro de ar contem 0,209 L de O2.
b) Um mol de ar contem 0,209 mol de O2.
c) Um volume molar de ar a CNTP contem 6,7 g de O2.
d) A concentração de O2 no ar e 20,9% em massa.
e) A concentração de O2 expressa como uma relação de volume ou uma relação de mol não se altera, se a temperatura ou a
pressão são modificadas.

44 (ITA-1995) Em três frascos rotulados A, B e C e contendo 100 ml de água cada um, são colocados 0,1 mol, respectivamente,
de hidróxido de potássio, hidróxido de cobre (II) e hidróxido de níquel (II). Após agitar o suficiente para garantir que todo
soluto possível de se dissolver já esteja dissolvido, mede-se a condutividade elétrica das misturas. Obtém-se que as
condutividades das misturas dos frascos B e C são semelhantes e muito menores que a do frasco A . Assinale a opção que
contém a afirmação falsa.
a) Nos frascos B e C, a parte do hidróxido que está dissolvida encontra-se dissociada ionicamente.
b) Os hidróxidos dos copos B e C são bases fracas, porque nem toda quantidade dissolvida está dissociada ionicamente.
c) A condutividade elétrica da mistura do frasco A é a maior porque se trata de uma solução 1 molar de eletrólito forte.
d) Os três solutos são bases fortes, porém os hidróxidos de cobre (II) e de níquel (II) são pouco solúveis.
e) Soluções muito diluídas com igual concentração normal destes 3 hidróxidos deveriam apresentar condutividades elétricas
semelhantes.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 8


45 (ITA-1995) Considere as seguintes afirmações:
I- Óxidos como Na2O, MgO e ZnO são compostos iônicos.
II- Óxidos como K2O, BaO, CuO são básicos.
III- Óxidos de carbono, nitrogênio e enxofre são compostos moleculares.
IV- PbO2 e MnO2 são oxidantes fortes.
Destas afirmações estão corretas:
a) Apenas I e II.
b) Apenas I e III.
c) Apenas III e IV.
d) Apenas I, II e III.
e) Todas.

46 (ITA-1995) Colocando grãos de nitrato de potássio em um frasco com água nota-se que com o passar do tempo o sólido
desaparece dentro d’água. Qual das equações abaixo é a mais adequada para representar a transformação que ocorreu
dentro do frasco?
a) KNO3(c)  KNO3(ℓ)
b) KNO3(c) + H2O(ℓ)  KOH(aq) + KNO3(aq)
c) KNO3(c)  K+(aq) + NO3-(aq)
d) KNO3(c)  K(ℓ) + NO3(aq)
e) KNO3(c) + H2O(ℓ)  KNO2(aq) + H2O2(aq)

47 (ITA-1995) Descreva como o hidróxido de sódio é obtido em escala industrial. Suas descrições devem incluir as matérias-
primas utilizadas, as equações das reações químicas envolvidas no processo, as condições de operação e o aproveitamento de
eventuais subprodutos obtidos no processo.

48 (ITA-1994) Qual das opções a seguir contém a afirmação falsa?


a) CrO3- é um óxido menos ácido que Cr2O3.
b) Para obter HCℓ gasoso basta juntar H2SO4 e sal de cozinha a frio.
c) Vidros para garrafas e janelas são obtidos fundindo juntos sílica, cal e soda.
d) Chama-se de superfosfato um adubo obtido pela interação H2SO4 com trifosfato de cálcio.
e) Enquanto os óxidos dos metais alcalinos e dos metais alcalino terrosos pulverizados costumam ser brancos, os óxidos dos
metais de transição são, via de regra, fortemente coloridos.

49 (ITA-1994) Qual das opções abaixo apresenta a comparação correta para a abundância, em massa, dos elementos nos
oceanos?
a) O > H > Cl > Na > Mg
b) H > O > Cl > Na > Mg
c) O > H > Na > Cl > Mg
d) H > O > Na > Cl > Mg
e) H > O > Na > Cl > Mg

50 (ITA-1994) Ao colocar-se um pedaço de magnésio em uma solução de ácido clorídrico, verifica-se que ocorre aumento
da temperatura e desprendimento de gás. O gás que se desprende é, sobretudo:
a) Hidrogênio.
b) Vapor de água.
c) Vapor de magnésio.
d) Mistura de vapores de magnésio e água.
e) Mistura de vapores de magnésio e hidrogênio.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 9


51 (ITA-1994) Considere a seguinte série ordenada da escala de nobreza dos metais:
Mg < Aℓ < Na < Fe < H2 < Cu < Ag < Hg
Com relação à informação anterior, qual das seguintes opções contém a afirmação falsa?
a) Soluções de ácido clorídrico reagem com mercúrio, produzindo hidrogênio gasoso.
b) Hidrogênio gasoso, sob 1 atm, é capaz de reduzir soluções de sais de cobre a cobre metálico.
c) Soluções de sais de prata reagem com cobre, produzindo prata metálica.
d) Esta escala de nobreza pode ser estabelecida a partir de reações de deslocamento.
e) Esta escala de nobreza não permite prever como as velocidade de dissolução de Al e Fe por HCl diferem entre si.

52 (ITA-1994) A um tubo de ensaio contendo solução aquosa de peróxido de hidrogênio, se acrescentam um pouco de solução
aquosa de ácido sulfúrico e algumas gotas de solução aquosa de permanganato. Por agitação, a mistura, inicialmente violeta,
descora-se, dela saem bolhas de gás, mas não aparece precipitado. A equação que melhor representa o experimento
anteriormente descrito é:
a) 2 MnO4- + 2H+ + 3H2O2  2 MnO2 + 4H2O + 3O2
b) 2 MnO4- + 3H2O2  2MnO4 + 2H2O + O2 + 2OH-
c) 2 MnO4- + 6H+ + 2H2O  2 Mn+2 + 5H2O
d) 2 MnO4- + 6 H+ + 5H2O2  2 Mn+2 + 8H2O + 5O2
e) 4 MnO4- + 4H+ + 8H2O2  2 Mn2O3 + 10H2O + 8O2

53 (ITA-1994) Qual das opções a seguir contém a afirmação falsa?


a) Argônio é obtido por destilação fracionada de ar liquefeito.
b) Quantidades apreciáveis de hélio são obtidas a partir dos gases que saem de certos poços petrolíferos.
c) Argônio é obtido, industrialmente, deixando passar ar por reagentes que se combinam com os outros componentes da
atmosfera.
d) Carbeto de cálcio é obtido por reação de óxido de cálcio com carbono em forno elétrico.
e) Óxido de cálcio é obtido por aquecimento de calcário.

54 (ITA-1994) Gás natural, um recurso energético cada vez mais importante no mundo, tem sido apontado como um
combustível “limpo” porque sua combustão produziria menos poluentes atmosféricos do que outros combustíveis fósseis, por
exemplo, os derivados de petróleo. Dentre as opções a seguir, contendo afirmações relacionadas com a combustão do gás
natural, assinale a única que contém a afirmação correta. A queima do gás natural:
a) não produz dióxido de carbono;
b) não produz monóxido de carbono, mesmo em condições que favorecem combustão incompleta;
c) produz apenas água, se as condições de combustão forem adequadamente ajustadas;
d) praticamente não produz dióxido de enxofre, se o gás for purificado previamente;
e) praticamente produz nitrogênio, se as condições de combustão forem rigorosamente ajustadas.

55 (ITA-1994) Metano, também conhecido como gás dos pântanos, pode ser:
I- Obtido por craqueamento do petróleo.
II- Obtido por hidrogenação do carvão mineral.
III- Formado por decomposição biológica em fundos de lagos.
IV- Extraído de reservas naturais, à semelhança do que acontece com o petróleo.
V- Formado na fermentação dos detritos domésticos, estocados em lixões e aterros sanitários.
Das afirmações acima estão corretas:
a) Apenas I e II.
b) Apenas III e IV.
c) Apenas I, II e IV.
d) Apenas I, III, IV e V.
e) Todas.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 10


56 (ITA-1994) A chama de um bico de Bunsen ou de um palito de fósforo é “avivada” (aumentam temperatura da chama e
velocidade de queima), quando colocada numa atmosfera de N2O. Este fenômeno ocorre porque:
a) N2O é oxidado a NO, o que aumenta a quantidade de calor liberado
b) N2O é oxidado a NO2, o que aumenta a quantidade de calor liberado.
c) N2O é decomposto em NO e N atômico, o que acelera reações em cadeia.
d) N2O é decomposto em oxigênio e nitrogênio, o que aumenta a concentração de O2 na mistura.
e) N2O é transformado em N4O, o que diminui a concentração de nitrogênio na mistura.

57 (ITA-1994) Cite dois exemplos de óxidos anfóteros e escreva as equações balanceadas de suas reações com soluções
aquosas muito alcalinas.

58 (ITA-1994) Descreva como se pode preparar NH3 gasoso, em pequena escala, a partir de substâncias frequentemente
disponíveis em laboratórios de química.
Sua resposta deve conter uma descrição do procedimento experimental, deve vir acompanhada de uma figura da
aparelhagem utilizada e das equações balanceadas das reações envolvidas no processo de preparação.

59 (ITA-1994) Explique o que se entende por chuva ácida.


Quais são as causas desse problema? Quais as formas de controla-lo?

60 (ITA-1993) Em relação à substância HCℓ(g) são feitas as seguintes afirmações, todas relativas às condições ambientes:
I. É um gás incolor.
II. É um líquido amarelo esverdeado.
III. É muito solúvel em água onde sua dissociação em íons é quase completa.
IV. É praticamente insolúvel em benzeno.
V. É bastante solúvel em benzeno, onde sua dissociação em íons é desprezível.
VI. Pode ser obtido industrialmente por queima em maçaricos alimentados por H2(g) e Cℓ2(g).
Dentre estas afirmações estão CERTAS apenas:
a) I; III; IV. d) II; V; VI.
b) I; III; IV. e) I; III; V; VI.
c) II; III; IV.

61 (ITA-1992) Considere a seguinte sequência de sais de sódio: sulfato; sulfito; tiossulfito e sulfeto. A opção que contém a
sequência de fórmulas corretas destes sais é:
a) N2SO4; Na2S2O3; Na2SO3; Na2S
b) Na2SO4; Na2S; Na2S2O3; Na2SO3.
c) Na2S2O3; Na2S; Na2SO4; Na2SO3.
d) N2SO4; Na2SO3; Na2S2O3; Na2S.
e) Na2SO3; Na2SO4; Na2SiO3; Na2S.
PERGUNTA - Qual é o número de oxidação do enxofre em cada um destes sais? Mostre como eles foram encontrados.

62 (ITA-1992) Dentre as opções seguintes assinale aquela que contém a afirmação falsa.
a) Latão é o nome dado a ligas de cobre e zinco.
b) Bronzes comuns são ligas de cobre e estanho.
c) Tanto o alumínio como o zinco são atacados por soluções aquosas muito alcalinas.
d) Cromo metálico pode ser obtido pela reação entre Cr2O3 e alumínio metálico em pó.
e) Cobre é relativamente caro devido a dificuldade de redução dos seus minérios, apesar destes serem muito abundantes na
crosta terrestre.
PERGUNTA - Explique a correlação existente entre a escala de nobreza dos metais e a sequência com que os diferentes metais
passaram a ser usados e produzidos ao longo da história da humanidade.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 11


63 (ITA-1992) Nitrato de amônio pode explodir porque a sua decomposição é exotérmica. Qual das opções a seguir contém a
equação química, envolvendo este composto que representa a reação mais exotérmica?
a) NH4NO3(c)  2N(g) + 4H(g) + 3O(g)
b) NH4NO3(c)  NH3(g) + HNO3(g)
c) NH4NO3(c)  N2(g) + H2O(g) + H2O2(g)
d) NH4NO3(c)  N2(g) + 2H2O(g) +21O2(g)
e) NH4NO3(c)  N2(g) + 2H2(g) +21O2(g)

PERGUNTA - Escreva a equação química balanceada para a queima completa do nitrato-amino-etano (H2N–C2H4– NO2), com a
quantidade estequiométrica correta de ar, supondo reagentes e produtos todos gasosos e supondo que o ar seja uma mistura
de 1 molécula de O2 para cada 4 de N2. Em outras palavras, descubra o valor de z na equação abaixo e escreva tudo que
constar no segundo membro.

1H2N-C2H4-NO2(g) + 1 zO2(g) + 4 zN2(g)  ? + ? + ?

64 (ITA-1991) Em relação a misturas de substâncias preparadas e mantidas num laboratório de química são feitas as seguintes
afirmações:
I - O líquido resultante da adição de metanol e etanol é monofásico e, portanto, é uma solução.
II - O líquido transparente que resulta da mistura de carbonato de cálcio e água e que sobrenada o excesso de sal
sedimentado, é uma solução saturada.
III - O líquido turvo que resulta da mistura de hidróxido de sódio e solução aquosa de nitrato cúprico é uma suspensão de um
sólido num líquido.
IV - A fumaça branca que resulta da queima de magnésio ao ar é uma solução de vapor de óxido de magnésio em ar.
V - O líquido violeta e transparente que resulta da mistura de permanganato de potássio com água é uma solução.
Destas afirmações está (estão) incorreta(s) Apenas.
a) I
b) II
c) IV
d) II e V
e) II, III e V

65 (ITA-1990) Alúmen é exemplo de:


a) Sal duplo
b) Hidróxido de um metal
c) Albumina
d) Nome dado pelos alquimistas ao alumínio
e) Composto contendo dois tipos de ânions.

PERGUNTA- Por que a opção e está CERTA ou ERRADA?

66 (ITA-1990) Diga como se prepara carbeto de cálcio na prática, indicando matérias-primas, condições de temperatura e
equações químicas em questão.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 12


67 (ITA-1989) A posição relativa dos átomos, na molécula do ácido sulfúrico, é melhor representada por:

68 (ITA-1989) A análise elementar da cinza resultante da combustão completa de madeira revela uma maior concentração
(em massa) do elemento:
a) Lítio. d) Potássio.
b) Nitrogênio. e) Ferro.
c) Alumínio.

69 (ITA-1989) Assinale a alternativa falsa em relação a propriedades de óxidos:


a) o SiO2 forma ácido muito solúvel em H2O . d) CrO3 é um óxido ácido.
b) NO2 reage com água produzindo HNO2 e HNO3. e) ZnO reage com bases fortes.
c) Cr2O3 é um óxido básico.

70 (ITA-1989) Considere as afirmações seguintes, referentes ao peróxido de hidrogênio.


I- O peróxido de hidrogênio pode ser obtido pela reação: BaO2 + H2SO4  BaSO4 + H2O2
II- Na reação representada por: H2O2 + PbO2 + H2SO4  PbSO4 + 2H2O + O2, o peróxido de hidrogênio funciona como redutor.
III- Na reação representada por: 2 H2O2  2 H2O + O2, não há redução nem oxidação.
IV- Na reação representada por:

O peróxido de hidrogênio funciona como oxidante.


Dessas afirmações são corretas apenas:
a) I, II e III. d) II, III e IV.
b) I, II e IV. e) II e IV.
c) I, III e IV.

71 (ITA-1989) Forma-se um óxido sólido que se dispersa no ar, na forma de fumaça, na queima de:
a) Fósforo branco. b) Diamante. c) Grafite. d) Enxofre. e) Cloro.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 13


72 (ITA-1989) Dentre as afirmações abaixo, assinale a que não se aplica ao grafite.
a) Nota-se forte anisotropia na condutividade elétrica.
b) Nas condições ambientais, é mais estável do que o diamante.
c) É um polímero bidimensional com ligações de Van der Waals entre planos paralelos próximos.
d) “Grafite” de lápis é uma mistura em pó e aglomerantes.
e) É uma substância onde existem ligações híbridas tipo sp3.

73 (ITA-1989) Dentro do espaço disponível, discuta tudo o que você sabe sobre a obtenção de HCℓ. Trate separada e
sucessivamente:
a) preparo do HCℓ em laboratório;
b) produção industrial de HCℓ.
Sua discussão, tanto do item a) como do item b), deve incluir: esquemas de aparelhagem utilizada, matérias primas e
equações químicas das reações envolvidas. Sua discussão também deve deixar claras as razões pelas quais são usadas
matérias-primas e procedimentos bem distintos na obtenção de HCℓ em pequena escala, no laboratório, em contraste com
sua obtenção em larga escala, na indústria.

74 (ITA-1989) Dentro do espaço disponível, discuta o que você sabe sobre o ciclo do nitrogênio na natureza. Sua discussão
deve incluir tópicos tais como:
a) Principais reservatórios acessíveis deste elemento no nosso planeta.
b) O que se entende por “fixação” natural e quais os organismos responsáveis pela mesma.
c) O que se entende por “fixação” artificial do nitrogênio e quais são os principais processos industriais utilizados para atingir
este fim.
d) Quais são os principais produtos naturais e quais são os principais compostos sintéticos utilizáveis como fertilizantes
nitrogenados.
e) Caso você saiba algo sobre a relação entre maré vermelha e ciclo do nitrogênio, diga-o.

75 (ITA-1988) A respeito do nitrogênio assinale a afirmação errada dentre as seguintes:


a) Salitre e grandes depósitos de excrementos de aves marinhas constituem importantes fontes de adubo nitrogenado.
b) Mesmo onde ocorre relâmpagos só uma fração pequena de N2 é oxidado.
c) Existem, no solo, certos microrganismos que são capazes de transformar o N2 da atmosfera em compostos de nitrogênio
que são assimiláveis pelos vegetais.
d) Os adubos nitrogenados tornaram-se, em princípio, abundantes, quando no começo deste século se desenvolveram
métodos econômicos de sintetizar NH3.
e) A quantidade de nitrogênio incorporada nos seres vivos é muito maior do que a quantidade de nitrogênio existente na
atmosfera.

76 (ITA-1988) Dentre as afirmações a seguir, todas relativas a reações de oxido redução, assinale a falsa:
a) Na reação representada por H2O2 + 2 H+ + 2 I-  I2 + 2 H2O, o peróxido de hidrogênio age como oxidante.
b) Na reação representada por H2O2 + 2 OH- + I2  2 I- + O2 + 2 H2O, o peróxido de hidrogênio age como redutor.
c) Na reação representada por 2 H2O2  2 H2O + O2, parte do peróxido de hidrogênio age como oxidante e a outra parte age
como redutor.
d) A 25°C, Zn metálico é um redutor mais energético do que o hidrogênio gasoso.
e) Nas condições ambientes, uma solução 1 molar de Zn2+ é um oxidante mais energético do que uma solução 1 molar de Cu2+.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 14


77 (ITA-1988) Suspeita-se que certo pó branco seja constituído de amido. Para dirimir essa dúvida, o teste mais indicado é o
seguinte:
a) Aquecer uma amostra do pó e observar se ele carboniza.
b) Suspender uma amostra do pó em água, acrescentar algumas gotas de solução aquosa de permanganato de potássio e
observar se a mistura adquire coloração verde.
c) Suspender uma amostra do pó em água, acrescentar algumas gotas do reagente de Tollens e observar se a mistura adquire
coloração vermelha.
d) Aquecer uma amostra do pó e observar se aparece um cheiro que lembra chifre (ou lã, ou penas de aves) queimados.
e) Suspender uma amostra do pó em água, acrescentar algumas gotas de solução aquosa de iodo e observar se a mistura
adquire coloração azul.

78 (ITA-1988) Das afirmações seguintes, assinale a errada:


a) Os hidróxidos dos metais de transição, via de regra, são coloridos e muito pouco solúveis em água.
b) Os hidróxidos dos metais alcalino terrosos são menos solúveis em água do que os hidróxidos dos metais alcalinos.
c) O método mais fácil de preparação de qualquer hidróxido, consiste na reação do respectivo óxido com água.
d) Existem hidróxidos que formam produtos solúveis quando são tratados com soluções aquosas, tanto de certos ácidos como
de certas bases.
e) Hidróxido de alumínio, recém-precipitado de solução aquosa, geralmente se apresenta na forma de um gel não cristalizado.

79 (ITA-1988) Na reação entre carbeto de cálcio e água forma-se um gás. Assinale a opção que corresponde ao que realmente
pode ocorrer com esse gás.
a) Reagindo com cloro gasoso seco forma

b) Reagindo com acetona e etanol em meio básico forma

c) Reagindo a quente com água e catalisador forma

d) Reagindo a quente com hidrogênio e níquel forma

e) Reagindo com oxigênio forma CO2 e Ca(OH)2

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 15


80 (ITA-1988) Assinale a opção que contém a afirmação certa em relação ao que irá ocorrer se uma lâmina de alumínio for
posta em contato com uma solução 1 molar de hidróxido de sódio, na temperatura ambiente:
a) Não irá ocorrer nenhuma reação.
b) A lâmina perderá massa, haverá desprendimento de hidrogênio e a solução continuará transparente.
c) A lâmina ganhará massa por deposição de um produto sólido, sendo que isto ocorrerá sem desprendimento de gás.
d) A lâmina perderá massa, haverá desprendimento de oxigênio e na solução aparecerá uma turbidez.
e) A lâmina perderá massa, a solução ficará colorida e não haverá desprendimento gasoso.

81 (ITA-1988) Em relação ao cloro, assinale a opção que contém a afirmação errada:


a) Um maçarico alimentado com Cℓ2(g) e H2(g) fornece uma chama muito quente, com o produto da queima sendo HCℓ.
b) Na temperatura ambiente é impossível liquefazer o cloro.
c) Na eletrólise industrial de solução aquosa de NaCℓ procura-se aproveitar tanto o cloro como a soda cáustica produzidos.
d) Borbulhando-se Cℓ2(g) através da solução aquosa de NaOH, além de NaCℓ, formam-se hipoclorito e clorato em proporção
que depende da temperatura.
e) A metalurgia moderna explora o fato de que vários metais, ao reagirem com cloro, formam cloretos bastante voláteis e
facilmente sublimáveis.

82 (ITA-1988) Num exame foi pedido aos alunos que citassem propriedades do trióxido de enxofre, SO3.
Aqui seguem algumas das afirmações feitas pelos alunos em relação a esse tópico:
I. O SO3 nas condições ambientes é um sólido branco.
II. O SO3 é solúvel em ácido sulfúrico puro, sendo que a soluções resultantes são chamadas de “oleum”.
III. O SO3 pode ser obtido na forma gasosa acrescentando HCℓ a Na2SO3.
IV. O SO3 é o óxido que se forma fácil e diretamente na queima do enxofre ao ar.
V. Em regiões onde se queimam grandes quantidades de combustíveis fósseis, forma-se SO3 na atmosfera.
VI. Chuvas ácidas em certas regiões altamente industrializadas podem ser consequências de SO3 poluindo a atmosfera.
VII. O SO3 é um exemplo de composto molecular, não iônico, que ao ser dissolvido em água forma soluções que conduzem
bem a corrente elétrica.
Destas afirmações estão incorretas:
a) V, VI e VII
b) III e IV
c) nenhuma
d) as de números pares
e) as de números ímpares

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 16


83 (ITA-1988) Considere as aparelhagens de laboratório I, II e III representadas nas figuras, em que se omitiram garras,
suportes, fontes de aquecimento, etc.; as flechas indicam circulação de água.

Associe a cada aparelhagem, respectivamente, o uso que dela se pode fazer:


a) Filtração, com sucção, da suspensão de um sólido em um líquido.
b) Extração de uma substância dissolvida num líquido por outro líquido imiscível como primeiro.
c) Concentração de uma solução por destilação contínua do solvente e concomitante adição da solução.
d) Filtração contínua da suspensão de um sólido em um líquido.
e) Separação contínua de uma mistura azeotrópica em seus componentes por destilação e adição contínua da mistura.
f) Sublimação de uma substância sob pressão reduzida
a) I-a, II-b, III-e d) I-f, II-d, III-e
b) I-f, II-d, III-c e) I-c, II-e, III-a
c) I-b, II-a, III-f

84 (ITA-1988) Dentro do espaço disponível, discuta tudo o que você sabe sobre o que acontece nas coquerias, os produtos
nelas obtidos e suas relações com outras indústrias. Nessa discussão, sempre que for indicado, use fórmulas, nomes oficiais e
triviais das substâncias envolvidas, equações, esquemas, gráficos, etc. Não deixe de mencionar os itens seguintes:
a) A matéria prima e como o coque é produzido a partir dela.
b) Por que se usa coque e qual a sua função na produção do ferro?
c) Subproduto gasoso da coqueria, utilizável na fabricação de fertilizantes.
d) Principal hidrocarboneto líquido obtido na coqueria e como ele é transformado em uma das matérias primas da indústria de
corantes.
e) Exemplos de outros subprodutos e de suas aplicações.

85 (ITA-1988) Temos um composto sólido cristalino, não volátil e bastante solúvel em água. Já sabemos a fórmula mínima
deste sólido e daí concluímos que sua massa molar é um múltiplo inteiro de 78 g/mol. O nosso problema é que queremos
achar experimentalmente, num laboratório, as respostas às seguintes perguntas:
- O sólido é um eletrólito ou um não eletrólito?
- Caso ele seja eletrólito, ele é um eletrólito forte ou fraco?
- Que múltiplo inteiro de 78 g/mol corresponde à sua massa molar?

Descreva os procedimentos experimentais, as medidas, os raciocínios e os tipos de cálculos (ou gráficos) que devem ser
realizados para responder às perguntas anteriores. Discuta, no mínimo, dois métodos distintos que podem ser usados para a
determinação da massa molar em questão.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 17


86 (ITA-1987) Das substâncias abaixo, qual contém o fósforo mais facilmente assimilável pelos vegetais e animais?
a) Trifluorfosfato de cálcio d) Fosfatos ácidos de cálcio
b) Fluorfosfato de cálcio e) Fosgênio
c) Fosfatos de metais pesados

87 (ITA-1987) Considere as afirmações seguintes, relativas à abundância de certos elementos em nosso planeta:
I. Embora o nitrogênio seja o componente majoritário da atmosfera, seu teor na hidrosfera e na litosfera é muito baixo.
II. Oxigênio é abundante na atmosfera, na hidrosfera, na litosfera e nos seres vivos.
III. Cálcio é relativamente abundante na litosfera e na estrutura óssea dos vertebrados.
IV. Embora a concentração de iodo na água do mar seja relativamente baixa, a cinza de certas espécies de algas marinhas
apresenta um teor considerável deste elemento.
V. Embora o carbono seja um elemento muito importante na constituição dos seres vivos, ele ocorre em teores muito baixos
tanto na atmosfera como na hidrosfera e litosfera.
Em relação a estes enunciados são corretos:
a) nenhum b) Apenas II c) Apenas III d) Apenas IV e) Todos

88 (ITA-1987) Considere as substâncias:


I. CaO
II. CuO
III. Ag2o
IV. HgO
Qual das opções contém a afirmação incorreta?
a) I e II podem ser obtidos pelo aquecimento dos respectivos carbonatos.
b) III e IV mesmo quando aquecidos brandamente, na presença de ar, liberam oxigênio.
c) I, II, III e IV são solúveis em ácido nítrico.
d) I e III não tem cor e II e IV são coloridos.
e) III e IV são solúveis em soluções alcalinas.

89 (ITA-1987) Soluções aquosas de NaCℓ, NaNO3 e Na2SO4 são três exemplos de:
I. Misturas homogêneas.
II. Sistemas monofásicos.
III. Condutores iônicos.
IV. Soluções de eletrólitos fortes.
Destas alternativas estão corretas:
a) Apenas I e II. b) Apenas I e III. c) Apenas I e IV. d) Apenas II, III e IV. e) Todas.

90 (ITA-1987) Assinale a única opção que não contém concentrações ou procedimentos absurdos e, portanto, corresponda a
algo realizável num laboratório nas condições ambientes.
a) Uma solução 1 molar de hidróxido de sódio é neutralizada com uma solução 2 molar de ácido carbônico colocada numa
bureta.
b) Ácido clorídrico concentrado (90% de HCl em massa) é diluído com água destilada o suficiente para obter uma solução 2,0
molar deste ácido.
c) Uma solução 0,1 molar de dicromato de chumbo é adicionada a uma solução 0,1 molar de nitrato de prata com a finalidade
de precipitar dicromato de prata.
d) Ácido sulfúrico (98% em massa) é cuidadosamente acrescentado em água destilada suficiente para obter uma solução 10
molar deste ácido.
e) Obter uma solução supersaturada de oxigênio em água, por borbulhamento prolongado deste gás em água destilada.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 18


91 (ITA-1987) Certo tipo de extintor de incêndio é constituído de dois compartimentos. Um contém uma solução aquosa de
hidrogeno-carbonato de sódio, enquanto o outro contém uma solução aquosa de sulfato de alumínio. Estas soluções só
entram em contato quando o extintor é acionado. Qual da opções abaixo contém a afirmação incorreta em relação ao que
ocorre quando este extintor é acionado?
a) Forma-se uma espuma contendo um gás incolor e um sólido branco e floculento.
b) O gás formado é mais denso do que o ar e o momento de dipolo de suas moléculas é nulo.
c) Forma-se um óxido hidratado de alumínio pouco solúvel em água, de aspecto gelatinoso e natureza anfótera.
d) A solução inicial de Al2(SO4)3 é bastante ácida, enquanto a solução inicial de NaHCO3 não o é.
e) O extintor atua em virtude do grande abaixamento de temperatura devido a reação de dupla troca que resulta em sulfato
de sódio e hidrogeno carbonato de alumínio.

92 (ITA-1987) O petróleo, abstraindo componentes minoritários, é essencialmente uma mistura de hidrocarbonetos. Em


relação a esta matéria prima, discuta dos dois pontos seguintes:
a) Como e com base em que princípios físico-químicos, o petróleo é desdobrado em frações designadas gasolina, querosene,
óleo diesel, etc.?
b) Como e com base em que princípios físico-químicos, uma refinaria é capaz de produzir quantidades adicionais de frações
mais leves ou mais pesadas do que a proporção originalmente presente no petróleo?
No caso em que estejam envolvidas reações químicas, deixe claro a sua natureza e as condições da operação que desloquem
os equilíbrios em jogo no sentido desejado.

93 (ITA-1986) Qual das opções abaixo contém a afirmação falsa a respeito dos óxidos?
a) MgO é um exemplo de óxido pouco solúvel em água.
b) ZnO dissolve-se, seja em solução aquosa de ácido sulfúrico, seja em solução aquosa de hidróxido de sódio.
c) NO é exemplo de óxido cuja formação a partir dos elementos ocorre por reação exotérmica.
d) CO é exemplo de óxido que não reage nem com ácido nem com base para formar sais.
e) Cl2O é exemplo de óxido ácido bem solúvel em água.

94 (ITA-1986) Desenhe a aparelhagem que permite obter amoníaco a partir de soda cáustica e solução aquosa de um sal de
amônio. Escreva a equação química envolvida no processo.

95 (ITA-1986) Todas as afirmações a seguir referem-se ao processo de obtenção do ácido sulfúrico.


I. FeS2 empregado na obtenção do SO2 é conhecido como blenda.
II. Um dos catalisadores utilizados na oxidação do SO2 a SO3 é um óxido de vanádio.
III. Sabendo que para a reação SO2(g) + ½ O2(g) ⇌ SO3(g) o ΔH é negativo, pode-se concluir que o equilíbrio será deslocado para
a direita se a temperatura for aumentada.
IV. Aumentando a temperatura, a velocidade da reação representada em (III) deverá aumentar.
V. A oxidação, por oxigênio, do SO2 dissolvido em água é mais rápida do que a do SO2 gasoso.
Dessas afirmações são VERDADEIRAS apenas:
a) I, II e IV d) II, IV e V
b) I, II e V e) III, IV e V
c) II, III e IV

96 (ITA-1986) Explique porque ácido sulfúrico não pode ser preparado aquecendo ácido nítrico e sulfato de sódio, apesar de
essas matérias primas serem de baixo custo.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 19


97 (ITA-1986) Certo fermento em pó contém hidrogenocarbonato de sódio, hidrogenotartarato de potássio e amido; sua
composição (% em massa) é 26,7% de NaHCO3; 59,9% de KHC4H4O6; 13,4% de amido. O ácido tartárico é o ácido 2,3 diidroxi –
1,4 – butanodióico; amido é um componente inerte. O fermento seco é estável mas, em contato com a água, produz gás
carbônico ao lado de outras substancias. A respeito desse assunto são feitas as seguintes afirmações:
I – o NaHCO3 pode ser obtido borbulhando gás carbônico suficiente através de uma solução aquosa de hidróxido de sódio
II – no fermento seco, NaHCO3 e KHC4H4O6 se encontram numa proporção molar praticamente igual a 1:1
III – ao acrescentar água ao fermento, o hidrogenotartarato funcionará como ácido, enquanto que o hidrogenocarbonato
funcionará como base
IV – para produzir 3 litros de gás carbônico, medidos a 270C e 760 mmHg, é preciso acrescentar cerca de 38,3 g de fermento a
água.
V – ácido tartárico e seus ânions possuem dois átomos de carbono assimétrico.
Quais dessas afirmações são VERDADEIRAS?
a) apenas I, II, III e IV d) apenas II, III e V
b) apenas I, III, IV e V e) todas
c) apenas I e V

98 (ITA-1985) A fim de preparar hidrogênio gasoso, empregando a aparelhagem esquematizada na figura ao lado, foram
realizadas cinco experiências, empregando os pares de substancias dadas a seguir e colocadas, respectivamente, nos
recipientes (a) e (b) da figura.

Experiência Recipiente A Recipiente b


solução aquosa de pedaços de
I HCℓ a 10% Cu
II NaOH a 10% Zn
III H2O Mg
IV HNO3 a 10% Zn
V H2SO4 a 10% Aℓ

Hidrogênio puro é obtido apenas nas experiências:


a) I, II e III
b) I, III e IV
c) III, IV e V
d) II, III e IV
e) II, III e V

99 (ITA-1985) Explique as equações químicas iônicas balanceadas das experiências que permitem preparar o hidrogênio
gasoso puro.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 20


100 (ITA-1985) Todas as afirmações desta questão referem-se a H2SO4 e seus derivados. Qual das opções abaixo contém DUAS
afirmações FALSAS?
a) I – A conversão de SO2(g) em SO3(g), por oxidação com O2(g), é catalisada pelo chumbo.
II – O pH de uma solução de NaLiSO4 é maior de que 7.
b) I – Ácido nítrico é usado como catalisador da conversão do SO2(g) em SO3(g) no processo das câmaras de chumbo.
II – Solução aquosa de H2SO4 contém ânions HSO4 –.
c) I – Estanho metálico dissolve-se em solução aquosa de H2SO4; chumbo metálico não.
II – Do produto da reação de H2SO4 com tolueno extrai-se o ácido para-tolueno sulfônico.
d) I – O anidrido sulforoso dissolvido em água fornece um ácido mais fraco do que o ácido sulfúrico.
II – É graças à ação oxidante do H2SO4 em solução aquosa concentrada que o açúcar carboniza quando adicionado a esse
líquido.
e) I – A estrutura da molécula de H2SO4 apresenta ligações covalentes entre H e O e não–covalentes entre O e S.
II – Quanto mais concentrada é a solução aquosa de H2SO4, menor é a dissociação iônica desse ácido.

101 (ITA-1985) Todas as afirmações desta questão referem-se à preparação e propriedades de óxidos.
Qual das opções abaixo contém DUAS afirmações FALSAS?
a) I – Aℓ2O3 no estado líquido é um condutor iônico.
II – Aℓ2O3 é o componente principal do salitre.
b) I – CO2 gasoso se converte em líquido por compressão à temperatura ambiente.
II – A molécula do CO2 é linear (O = C = O) o que explica a sua não–polaridade.
c) I – A solução de NO2 em água contém ácido nítrico.
II – À temperatura ambiente NO2 é sempre acompanhado de N2O4.
d) I – CO no estado líquido é condutor iônico.
II – Na reação: FeO + CO  Fe + CO2 o CO atua como redutor.
e) I – Em SiO2 as ligações entre átomos diferentes são iônicas.
II – SiO2 é exemplo de óxido básico.

102 (ITA-1985) Todas as afirmações desta questão referem-se à obtenção e propriedades do NH3.
I – Ar atmosférico é a fonte principal do nitrogênio necessário à síntese industrial do NH3.
II – NH3 dissolve-se muito bem em solução aquosa de H2SO4 e é muito pouco solúvel em solução aquosa de NaOH
concentrada.
III – Por compressão à temperatura ambiente, NH3 gasoso converte-se em líquido que praticamente não conduz a corrente
elétrica.
IV – Da solução resultante da mistura de volumes iguais de soluções aquosas equimolares de NH3 e de CO2 pode-se obter, por
evaporação de solvente, bicarbonato de amônio sólido.
São verdadeiras as afirmações:
a) I e II somente. d) II, III e IV somente.
b) III e IV somente. e) I, II, III e IV.
c) I, II e III somente.

103 (ITA-1985) A respeito de sais, qual das seguintes afirmações é FALSA?


a) K3Fe(CN)6 é um sal complexo; quando dissolvido em água dissocia-se em duas espécies iônicas.
b) K2Aℓ2(SO4)4 é um sal duplo; quando dissolvido em água dissocia-se em três espécies iônicas.
c) A equação que representa o equilíbrio existente entre uma solução saturada de carbonato de cálcio e o excesso de soluto é:
CaCO3(sólido)  Ca+2 + CO3-2.
d) Na solução saturada de carbonato de cálcio, isenta de qualquer excesso de sal, existem íons de Ca+2 e CO3-2 em equilíbrio
com moléculas de CaCO3.
e) Nos alumens, dos quais o composto da opção (b) é um exemplo, um dos cátions tem número de oxidação +3 e o outro +1.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 21


104 (ITA-1984) A respeito das espécies químicas HNO3, HCN, CH3COOH, HCO3-, HClO4, HPO4-2, cada uma em solução aquosa e
à temperatura ambiente, fazem-se as seguintes afirmações:
I – O motivo pelo qual HNO3 e HClO4 são considerados ácidos oxidantes é que eles possuem oxigênio em suas moléculas.
II – HCN e CH3COOH são ácidos fracos, pois são pouco dissociados em íons.
III – HCO3- e HPO4-2 não reagem com íons OH- de bases fortes, já que íons do mesmo sinal se repelem.
IV – HCO3- e HPO4-2 se dissociam menos do que H2CO3 e H3PO4, respectivamente.
V – HCN, CH3COOH e HCO3- são ácidos orgânicos, pois contêm carbono em suas moléculas.
Quais destas afirmações estão CERTAS?
a) apenas III. d) apenas I, III e IV.
b) apenas II e IV. e) apenas I, III, IV e V.
c) apenas I, II e V.

105 (ITA-1983) Amoníaco gasoso pode ser obtido por síntese a partir de reagentes gasosos. Qual das seguintes afirmações
relativas à síntese é INCORRETA, considerando que é uma reação exotérmica e reversível?
a) A equação química representativa da síntese é: NH3(g) + H2O(g)  NH4OH(g).
b) Quanto maior a pressão da mistura gasosa, maior a quantidade de amoníaco obtida a partir de determinada massa da
mistura reagente, se o equilíbrio for atingido.
c) Quanto menor a temperatura da mistura gasosa, maior a quantidade de amoníaco obtida a partir de determinada massa da
mistura reagente, se o equilíbrio for atingido.
d) Quanto maior a concentração de um reagente, maior a quantidade de amoníaco obtida a partir de determinada massa do
outro reagente, se o equilíbrio for atingido.
e) É possível converter integralmente em amoníaco uma mistura estequiométrica dos reagentes, se o produto for eliminado
do sistema à medida que ele se forma.

106 (ITA-1983) Nitrogênio e oxigênio coexistem no ar atmosférico, apesar de poderem combinar-se em várias proporções,
formando vários óxidos. Um desses óxidos ocorre na água da chuva, acompanhada de relâmpagos, na forma de ácido nítrico
cuja concentração é tão baixa que praticamente não influencia no valor do pH.
Qual das afirmações abaixo é FALSA?
a) A reação do nitrogênio com oxigênio, formando NO, é extremamente lenta nas condições ambientes.
b) A oxidação do NO a NO2 pelo oxigênio atmosférico é extremamente rápida nas condições ambientes
c) Além de NO e NO2 o nitrogênio forma óxidos com números de oxidação +1, +3 e +5 que, no entanto, não resultam
diretamente da reação entre os elementos.
d) Ácido nítrico forma-se na água da chuva graças à reação desta com o NO formado pela ação do relâmpago no ar
atmosférico.
e) O NO2 dissolvido em água também fornece ácido nítrico.

107 (ITA-1983) O texto do exercício anterior inclui o processo industrial de síntese do ácido nítrico a partir do ar atmosférico.
Dê as equações químicas das principais etapas desse processo.

108 (ITA-1983) Em julho de 1983 os jornais noticiaram que 50 moradores de um bairro de Campinas, SP, ficavam intoxicados
por um gás que emanava de uma fábrica, onde ácido muriático havia sido bombeado indevidamente para um tanque
contendo hipoclorito de sódio.
Qual das afirmações seguintes é CERTA?
a) ácido muriático é um outro nome que designa o ácido sulfúrico.
b) o gás tóxico mencionado na notícia é o ácido hipocloroso.
c) a reação entre ácido muriático e hipoclorito de sódio pode ser representada pela equação:
CO- + C- + 2H+ ⇌ C2 + H2O.
d) o hipoclorito de sódio, contido no tanque da fábrica, poderia ser destinado ao uso em piscinas, para dar uma coloração
azulada à água.
e) o gás tóxico mencionado na notícia é o anidrido sulfuroso.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 22


109 (ITA-1983) Escreva os nomes e as fórmulas de todos os ácidos oxigenados do cloro e indique, em cada uma, o número de
oxidação do cloro.

110 (ITA-1983) Abaixo é esboçado um aparelho de Kipp. Ele foi projetado para:

a) lavar e secar gases com auxílio de sólidos. d) obter gases por reação entre líquidos.
b) lavar e secar gases com auxílio de líquidos. e) obter gases por reação entre sólidos e líquidos.
c) obter gases por reações de craqueamento térmico.

111 (ITA-1983) Com relação ao exercício anterior, usando um exemplo concreto de sua escolha, explique como se carrega e
como funciona o aparelho.
O que é colocado em a? e em b? Para que serva c?
Como o funcionamento depende das diferenças de pressão e das diferenças de nível?

112 (ITA-1983) Qual das reações abaixo constitui um método simples e barato para obter, rapidamente, pequenas
quantidades de H2(g) no laboratório?
a) juntar potássio com água.
b) juntar Zn(s) com HC(aq).
c) misturar NH3(aq) com HC(aq).
d) eletrolisar CuSO4(aq) com elétrodos de Pt.
e) aquecer C2H6

113 (ITA-1983) Com relação ao exercício anterior, esboce a aparelhagem que você montaria no laboratório para obter H2(g).
Também explique como esta aparelhagem irá ser operada.

114 (ITA-1982) Como se pode obter o NaCℓO? Cite as matérias primas, condições de operação e equação da reação.

115 (ITA-1982) O ferro é obtido nas usinas siderúrgicas:


a) por eletrólise da hematita fundida.
b) deixando hematita fundida reagir com carbono fundido.
c) por ustulação da pirita.
d) aquecendo hematita numa corrente de CO2 e O2
e) por nenhum dos processos anteriores.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 23


116 (ITA-1982) Descreva sucintamente o processo usual de obtenção do ferro nas usinas siderúrgicas, citando as matérias
primas, equações das reações principais e como estas reações são executadas na prática.

117 (ITA-1982) Considere as reações:

I. KCℓO3(c)  KCℓ(c) + 3/2 O2(g)


II. CaCO3(c)  CaO(c) + CO2(g)
III. NH4NO3(c)  2 H2O(g) + N2O(g)
IV. NH4Cℓ(c)  NH3(g) + HCℓ(g)

Qual das afirmações seguintes está ERRADA?


a) as reações II e IV podem ser facilmente invertidas.
b) nas reações II e III formam-se óxidos cujas soluções aquosas são ácidas.
c) é mais difícil, na prática, separar um produto de reação do outro caso da reação IV do que no caso da reação II.
d) as reações I e III são usadas para fins preparativos em escala de laboratório.
e) os produtos resultantes das reações II e IV reagem, cada um, com água na temperatura ambiente.

118 (ITA-1982) O nitrato de amônio é fabricado, em etapas, a partir de nitrogênio, hidrogênio e oxigênio. Equacione as
reações que levam desses elementos ao nitrato de amônio.

119 (ITA-1982) Considere os seguintes compostos:


a) Fe(OH)3
b) Zn(OH)2
c) NaOH
d) NH4OH
De um ou de vários deles, pode-se afirmar que são:
I. pouco solúveis em água na temperatura ambiente.
II. coloridos.
III. facilmente decompostos pelo aquecimento (100°C)
IV. anfóteros
V. bases fracas
VI. reduzidos, com reagentes apropriados, a hidróxidos onde os metais apresentam número de oxidação menor.
VII. fabricados industrialmente por processos eletrolíticos.

Escolha, na tabela abaixo, a combinação CERTA das letras representando os compostos, com os algarismos representando as
propriedades.
I II III IV V VI VII
a) a, b a d b d a c
b) b b, d c d a c, d d
c) b, c a d a, b c b a, d
d) a c a, c d d a c
e) c a, b b c b, d d b

120 (ITA-1982) Qual dos compostos considerados do exercício anterior, contém a maior concentração final de íons OH- na
solução obtida pela mistura de um mol do composto com um litro de água? Por quê?

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 24


121 (ITA-1981) A respeito do elemento químico carbono são feitas as afirmações abaixo, das quais duas estão erradas.
I- Esse elemento participa da composição dos calcários, dos cianetos e do poliestireno.
II- No diamante os átomos desse elemento ligam-se por covalência e as moléculas resultantes ligam-se por forças de Van der
Waals.
III- A combustão desse elemento fornece dois óxidos, dos quais apenas um é solúvel em água.
IV- O número de oxidação desse elemento varia de -4 a +4.
V- Na forma de carvão, esse elemento reduz óxido de cálcio a cálcio metálico.
Estão erradas as afirmações:
a) I e II b) II e IV c) II e V d) III e IV e) IV e V

122 (ITA-1981) Quais dos elementos abaixo foram isolados pela primeira vez em 1807 por H. Davy, usando um fenômeno
descoberto poucos anos antes por A. Volta?
a) Na e K. b) Cl2 e Br2. c) Pb e Sn. d) N2 e O2. e) Aℓ e Sb.

123 (ITA-1981) Explique como procedeu H. Davy para isolar esses elementos. Explique também por que esses elementos não
puderam ser isolados antes, embora seus compostos já fossem bem conhecidos.

124 (ITA-1981) Nas condições ambientes, qual das substâncias abaixo é um gás incolor e inodoro quando puro e que, se muito
comprimido, pode explodir?
a) SH2 b) NH3 c) C2H4 d) C2H2 e) LiH

125 (ITA-1981) Como e para que fins esse gás incolor, que pode explodir por compressão excessiva, é preparado e
armazenado usualmente?

126 (ITA-1980) As quatro afirmações dadas abaixo referem-se às propriedades do gás cloro.
I. É solúvel em água e reage com ela.
II. É mau condutor de corrente elétrica, quando puro, em qualquer estado físico.
III. Pode ser obtido por oxidação do ácido clorídrico.
IV. É empregado na fabricação do PVC.

a) Somente as afirmações II, III e IV estão certas. d) Somente as afirmações III e IV estão certas.
b) Somente as afirmações I, III e IV estão certas. e) Todas as afirmações, de I a IV estão certas.
c) Somente as afirmações I e III estão certas.

127 (ITA-1980) Na prática, a preparação do ácido nítrico, por síntese, pode ser feita através das etapas descritas abaixo:
I. Obtenção do gás amoníaco pelo aquecimento, sob catálise apropriada, de uma mistura comprimida de nitrogênio com
oxigênio.
II. Obtenção do monóxido de nitrogênio pela combustão, sob catálise apropriada, do gás amoníaco.
III. Obtenção do dióxido de nitrogênio pela reação do monóxido de nitrogênio, com ar atmosférico a temperatura baixa.
IV. Obtenção de solução aquosa de ácido nítrico pela reação do dióxido de nitrogênio com água.

Qual das afirmações abaixo e relativas ao processo descrito está ERRADA?


a) Qualquer que seja a proporção com que se misturem nitrogênio e hidrogênio, na etapa I forma-se amoníaco.
b) A queima do gás amoníaco, na ausência de qualquer catalisador, produz nitrogênio e vapor d’água.
c) A obtenção do dióxido de nitrogênio, a partir do monóxido de nitrogênio, na forma descrita em III, é um exemplo de
redução do oxigênio.
d) A etapa III requer temperatura baixa porque ela se refere à ocorrência de uma reação endotérmica.
e) Monóxido de nitrogênio também é produto da etapa IV.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 25


128 (ITA-1980) Com relação à questão anterior, dê as equações químicas descritas em I, II, III e IV.

129 (ITA-1979) Ácido sulfúrico pode ser obtido, em várias etapas, a partir da pirita. Uma das etapas é representada pela
equação:
a) S + 3/2 O2  SO3
b) 2 SO2 + O2  2 SO3
c) FeSO4 + 2 HCℓ  FeCℓ2 + H2SO4
d) FeS + O2  Fe + SO2
e) H2S + 2 O2  H2SO4

130 (ITA-1979) Com relação à questão anterior, dê as equações das etapas principais de preparação do ácido sulfúrico a
partir da pirita.

131 (ITA-1979) Qual é o composto cuja solução aquosa contém dois ácidos monopróticos?
a) NO2 b) SO2 c) N2O d) Cℓ2O e) CrO3

132 (ITA-2013) Assinale a alternativa CORRETA para a substância química que dissolvida em água pura produz uma solução
colorida?
a) CaCℓ2 b) CrCℓ3 c) NaOH d) KBr e) Pb(NO3)2

133 (ITA-2013) Na temperatura ambiente, hidróxido de potássio sólido reage com o cloreto de amônio sólido, com a
liberação de um gás. Assinale a alternativa CORRETA para o gás liberado nesta reação.
a) Cℓ2 b) H2 c) HCℓ d) NH3 e) O2

134 (ITA-2013) Assinale a alternativa CORRETA para o par de substâncias cujas soluções aquosas, ao serem misturadas,
produz um precipitado amarelo:
a) AℓCℓ3 e KOH
b) Ba(NO3)2 e Na2SO4
c) Cu(NO3)2 e NaCℓO4
d) Pb(C2H3O2)2 e KI
e) AgNO3 e NH4OH

135 (ITA-2013) Por exposição à atmosfera ambiente, o hidróxido de cálcio hidratado (cal hidratada) produz um filme que é
utilizado na proteção de superfícies de alvenaria em um processo denominado “caiação’. Escreva a(s) equação(ões)
química(s) balanceada(s) da(s) reação(ões) que representa(m), respectivamente:
a) a formação do filme acima citado, e
b) o processo de produção industrial da cal hidratada.

136 (ITA-2013) Nas condições ambientes, qual dos cloretos e mais solúvel em etanol puro: cloreto de sódio ou cloreto de
lítio? Justifique.

137 (ITA-2014) Assinale a opção que contém o(s) produto(s) formado(s) durante o aquecimento de uma mistura de Cu2O e
Cu2S, em atmosfera inerte.
a) CuSO4
b) Cu2SO3
c) Cu e SO2
d) Cu e SO3
e) CuO e CuS
Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 26
138 (ITA-2014) Considere a reação do tetraborato de sódio:

Na2B4O7. 10 H2O(s) + H2SO4(aq) → 4 B(OH)3(aq) + Na2SO4(aq) + 5 H2O(ℓ)


Em relação ao produto da reação B(OH)3 são feitas as seguintes afirmações:
I. B(OH)3 e um ácido de Bronsted – Lowry.
II. B(OH)3 e uma base de Arrhenius.

III. O produto da primeira ionização do B(OH)3(aq) e o BO(OH)2 (aq).
Das afirmações acima, esta(ão) CORRETA(S) apenas
a) I.
b) I e III.
c) II.
d) II e III.
e) III.

139 (ITA-2014) O dióxido de potássio tem várias aplicações, entre as quais, a


a) produção de peróxido de hidrogênio (g) na presença de agua.
b) conversão de dióxido de carbono (g) para oxigênio (g).
c) absorção de dióxido de carbono (g) na presença de H2O com formação de oxigênio (g).

Apresente as equações químicas balanceadas que representam as reações descritas nos itens acima.

140 (ITA-2014) O ácido nítrico reage com metais, podendo liberar os seguintes produtos: NO (que pode ser posteriormente
oxidado na presença do ar), N2O, NO2 ou NH3 (que reage posteriormente com HNO3, formando NH4NO3). A formação desses
produtos depende da concentração do ácido, da natureza do metal e da temperatura da reação.
Escreva qual(is) dos produtos citados acima e(são) formado(s) nas seguintes condições:
a) Zn(s) + HNO3 muito diluído(~ 2%)
b) Zn(s) + HNO3 diluído(~ 10%)
c) Zn(s) + HNO3 concentrado
d) Sn(s) + HNO3 diluído
e) Sn(s) + HNO3 concentrado

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 27


GABARITO
01.
I. Incorreta. O HF possui maior ponto de ebulição devido às ligações de hidrogênio entre suas moléculas que são mais fortes
que os demais hidretos, cujas interações são dipolo permanente.
II. Correta. HCℓ, HBr e HI são ácidos fortes, ou seja, ionizam-se com  > 50% e HF é um ácido moderado com  < 50%.
III. Correta. A força dos ácidos aumenta com o tamanho do halogênio, diminuindo a força de atração ao átomo de
hidrogênio, facilitando a sua ionização e aumentando a força do ácido.
Obs.: Rigorosamente, os ácidos fortes estão 100% ionizados somente em soluções diluídas.

02.
1°) Decomposição térmica do carbonato de cálcio:
CaCO3(s)  CaO(s) + CO2(g)
2°) Adição de cal virgem à água para formação de cal hidratada:
CaO(s) + H2 O( )  Ca(OH) 2(aq)  Ca 2(aq) + 2OH 1(aq)
3°) Precipitação dos íons magnésio em meio alcalino:
Mg2 (aq) + 2OH1(aq)  Mg(OH)2(s)
4°) O hidróxido de magnésio é removido por filtração e a seguir é neutralizado com ácido clorídrico:
Mg(OH)2(s) + 2HC (aq)  MgC 2(aq) + 2H2O( )
5°) A água é evaporada da solução de cloreto de magnésio e obtêm-se cloreto de magnésio anidro:
MgC 2(aq)  MgC 2(s)
6°) A seguir o sal é fundido e submetido à eletrólise:
MgC 2( )  Mg 2( ) + 2C 1
()
2  0
Reação catódica: Mg ( ) + 2e  Mg (s)

Reação anódica: 2C 1

( )  C 2(g) + 2e

03.
1) NITROGLICERINA:
É um composto altamente explosivo obtido pela reação entre ácido nítrico concentrado, ácido sulfúrico e glicerol.
Seu nome IUPAC é 1,2,3-trinitroxipropano, cuja fórmula molecular é C3H5N3O9. A nitroglicerina é um líquido à temperatura ambiente, o
que o torna um explosivo altamente sensível.
A nitroglicerina é obtida a partir da reação de nitração do glicerol. A reação pode ser dividida em duas etapas, na primeira etapa, o ácido
nítrico reage como ácido sulfúrico para formar o íon nitrônio, conforme mostra a reação abaixo:

Na segunda etapa o íon nitrônio reage com o glicerol para formar a nitroglicerina.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 28


2) TRINITROTOLUENO (TNT).
Ou mais especificamente 2,4,6-trinitrotolueno, é um composto químico com a fórmula C6H2(NO2)3CH3. TNT é um dos explosivos mais
usados para aplicações militares e industriais, com a vantagem de ter um menor risco de detonação acidental comparado a nitroglicerina
por exemplo.

3) NITROMETANO.
É um composto orgânico com fórmula molecular CH3NO2. É também é usado como aditivo em carros de corrida e motores de combustão
interna em miniatura, como os usados em modelos rádio-controlados.

4) RDX (Royal Demolition eXplosive).


Também conhecido como ciclotrimetileno-trinitro-amina, é um explosivo mais poderoso que o TNT amplamente utilizado em aplicações
militares e industriais, o qual foi amplamente utilizado na segunda guerra mundial. O mesmo possui fórmula molecular igual a C3H6N6O6.

5) HMX (High-velocity Military eXplosive).


Cuja fórmula molecular é C4H8N8O8 é um poderoso explosivo quimicamente relacionados com RDX. A estrutura molecular do HMX é
composto de um anel de oito membros de alternância de átomos de carbono e nitrogênio, com um grupo nitro ligado a cada átomo de
nitrogênio.

6) PETN - nitropenta (tetranitrato de pentaeritrina)


É um dos mais poderosos explosivos conhecidos, mais sensível ao choque ou à fricção que o TNT. É utilizado principalmente
como potenciador, tem grandes aplicações, tanto para fins militares quanto para civis (mineração, demolições especiais, etc),
sendo usado na construção de cordéis detonantes, granadas, torpedos, bombas e outros aparelhos vem se popularizando entre alguns
grupos extremistas. Um caso recente foi o de um representante da Al-Qaeda, o nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab, que tentou
explodir uma aeronave da Northwest Airlines que voava entre Amsterdã e Detroit, no atentado falhado contra o Voo Northwest Airlines
253 em 25 de dezembro de 2009.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 29


7) Ácido Pícrico
Também conhecido como trinitrofenol possui fórmula molecular C6H2(OH)(NO2)3, é um composto altamente explosivo antigamente
utilizado na fabricação de armamentos, principalmente na produção de granadas, sendo extremamente sensível ao choque mecânico e
ao aumento de temperatura; explode a aproximadamente 300°C, o que se deve aos grupos NO2 que apresenta.

04. Alternativa A
Óxidos neutros não reagem com água, ácido nem base: NO, CO e N2O.

05. Alternativa E
A equação química do aquecimento de X ao ar pode ser representada por:
3X + 2 O2  X3O4
Determinando a massa de oxigênio que reagiu pela Lei de Lavoisier:
1,65 + m(O2) = 2,29  m(O2) = 0,64g
Determinando a Massa Molar de X:
1,65g X 32g O2 2mols O2
. .  55g.mol1
0,64g O2 1mol O2 3mols X
Portanto, X é o manganês.

06.
a) A etapa da lixiviação do CuFeS2(s) em solução aquosa de sulfato férrico (oxidante) é dada pela equação:
CuFeS2 + 2Fe2(SO4)3 → CuSO4 + 5FeSO4+ 2S (I)
Nessa etapa, o ferro sofre redução, com formação de Fe2+, e o enxofre sofre oxidação, com formação de enxofre elementar.
b) A regeneração da quantidade exata de matéria total do sulfato férrico consumido, a partir da adição de ácido sulfúrico e
oxigênio à solução de sulfato ferroso, é dada pela equação: 4FeSO4 + 2H2SO4 + O2 → 2Fe2(SO4)3+ 2H2O (II)
Além disso, a mistura O2/H2SO4 oxida o enxofre elementar, segundo a equação:
2S + 3O2 + 2H2O → 2H2SO4 (III)
c) A equação da reação global é dada pela soma das equações (I), (II) e (III). De fato:
CuFeS2 + 4O2 → CuSO4 + FeSO4
Aqui, vale ressaltar que o processo poderia ser feito pela ustulação da calcopirita, como mostra a equação global. Entretanto,
pelo processo eletroquímico, a pureza de cobre obtido será bem maior.

07. Alternativa B
Para que a solução resultante do borbulhamento de HCℓ seja não condutora, o solvente deve ser apolar, pois assim não
ocorre a ionização do cloreto de hidrogênio.

08. Alternativa C
O sólido apresentado é o gelo seco, CO2(s).
Em contato com a água, ocorre a reação de equação:
CO2(s) + H2O(ℓ) ⇌ H+(aq) + HCO3−(aq)
Com a acidificação do meio, o azul de bromotimol se torna amarelo.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 30


09.
1ª Etapa: Para se obter sulfato de cobre anidro CuSO4 a partir de uma reação de neutralização, adiciona-se inicialmente
hidróxido de cobre II a uma solução aquosa de ácido sulfúrico, obtendo-se sulfato de cobre pentahidratado, conforme a
equação abaixo.
Cu(OH)2(aq) + H2SO4(aq) → CuSO4(aq) + H2O(ℓ)
2ª Etapa: Quando o sulfato de cobre II se cristaliza, os íons retêm algumas moléculas de água que os circundam formando
íons hidratados (interação íon-dipolo):
CuSO4(aq)   CuSO4(s).5H2O(s)
O CuSO4.5H2O é um cristal azul que aquecido a 250 °C perde H2O (rompimento das interações íon-dipolo), transformando-se
em um sal anidro:
CuSO4.5H2O(s)   CuSO4(s) + 5H2O(g)
3ª Etapa: Levando-se em consideração a umidade do ar, devemos isolar o sulfato de cobre II anidro para que ele não volte a
hidratar.

10.
A decomposição da nitroglicerina é dada pela equação:
4C3H5N3O9(s)   6N2(g) + 12CO2(g) + 10H2O(g) + 6O2(g)
A molécula é explosiva devido a:
- formação de grande volume de gases, de modo que provoca uma onda de choque supersônica.
- grande velocidade de reação de decomposição, garantida pela formação de moléculas mais estáveis.
- grande liberação de calor (reação exotérmica)

11. Alternativa B
Na temperatura citada, o único metal entre os relacionados capaz de deslocar hidrogênio da água é o magnésio. A equação
que representa o processo é:
Mg(s) + 2H2O(ℓ) → Mg(OH)2(s) + H2(g)

12. Alternativa E
A questão faz referência ao “teste de chama” para a identificação de alguns elementos químicos. Os elétrons são excitados
pela absorção de energia térmica e consequente emissão de ondas eletromagnéticas na volta desses ao estado fundamental.
As cores observadas para os elementos citados são:
bário: verde
cobre: verde
lítio: magenta
potássio: lilás
sódio: amarelo

13.
A equação de reação de combustão completa do iso-octano é dada por:
25 8CO
H
8 18 2 2 2C + 9H O
2
O
No entanto o que  
se pede é a reação com o ar com 21% de O2:
25/2 mol de O2 ---------21% Volume
n (ar) ---------100% Volume
Com isso, ficamos com: n (ar) = 59,5 mol
Logo teremos:
C8H18 + 59,5 Ar  8CO2  9H2O

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 31


14.
De acordo com a distribuição eletrônica do elemento M, conclui-se que o elemento em questão seria um metal alcalino
(grupo 1).
2 14 10 6 1
119M:[86Rn] 7s 5f 6d 7p 8s
O elemento M, sendo estável e apresentando comportamento semelhante ao dos demais elementos do grupo, reagirá com
água conforme a equação:
M(s) + H2O (ℓ) → MOH(aq) + ½ H2(g)

15. Alternativa A
A afirmativa I está correta, pois as formas polimórficas (ou alotrópicas) citadas do carbono são:
C(diamante), C(grafite) e fulerenos (por exemplo, C60 e C70). Vale lembrar ainda de outra forma polimórfica, os nanotubos
de carbono.
A afirmativa II está correta, pois, no carbono grafite, é possível a condução de corrente elétrica por causa das extensas
nuvens eletrônicas π conjugadas dos carbonos sp2 que ocupam vértices de hexágonos. No entanto, devido à repulsão entre
as nuvens eletrônicas, as camadas de carbono sp2 estão distantes entre si, o que impede a condução elétrica na direção
perpendicular de um monocristal.
A afirmativa III está correta, pois a formação de diamante, a partir de grafite, ocorre sob altas temperaturas e altas pressões.
O diamante, assim formado, será metaestável nas condições normais de temperatura e de pressão.
A afirmativa IV está incorreta, porque, no grafite, os átomos carbonos são todos sp2. Portanto, todos trigonais planos.

16. Alternativa D
Os óxidos: N2O5, P2O5 e SO3 originam soluções aquosas ácidas.
N2O5 + H2O → 2HNO3
P2O5 + 3H2O → 2H3PO4
SO3 + H2O → H2SO4

17.
a) Um osso pode ser considerado, a grosso modo, como uma mistura de substâncias orgânicas (que conferem flexibilidade a
ele) e substâncias inorgânicas (que lhe conferem rigidez).
A principal substância inorgânica presente no osso é a hidroxiapatita Ca10(PO4)6(OH)2(s), que pode entrar em equilíbrio de
acordo com a equação:
Ca10(PO4)6(OH)2(s) ⇌ 10Ca2+(aq) + 6PO43–(aq) + 2OH–(aq)
A adição de ácidos desloca esse equilíbrio para a direita, provocando dissolução da hidroxiapatita, e por isso o osso amolece.
Já o aquecimento provoca a decomposição da parte orgânica, restando apenas a hidroxiapatita, o que deixa o osso mais
quebradiço.
b) Ao se tratar o osso com uma solução de fluoreto de sódio, ocorrerá uma substituição da hidroxila da hidroxiapatita pelo
fluoreto, de acordo com a equação:
Ca10(PO4)6(OH)2(s) + 2F–(aq) ⇌ Ca10(PO4)6F2(s) + 2OH–(aq)
A partir desse instante, tem-se no osso a fluorapatita, que não é atacada por ácidos; logo, o osso permanecerá intacto após a
adição de ácido fórmico.

18. Alternativa B
Um composto sólido é adicionado a um béquer contendo uma solução aquosa de fenolftaleína, a solução adquire uma
coloração rósea devido a formação de uma base que é o hidróxido de cálcio - Ca(OH)2 e ocorre liberação de um gás:
CaC2(s) + 2H2O(ℓ)  Ca(OH)2(aq) + HC  CH(g)
Posteriormente esse gás é submetido à combustão completa, formando H2O e CO2:
HC  CH(g) + 5/2 O2(g)  2CO2(g) + H2O(ℓ)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 32


19.
Em ambientes não poluídos a água da chuva tem caráter ácido devido à reação da água com o gás carbônico do ar:
H2O(ℓ) + CO2(g) ⇌ H2CO3(aq) ⇌ H+(aq) + HCO3-(aq)
Ou ainda na presença de raios e relâmpagos, nitrogênio reage com o oxigênio no ar formando monóxido de nitrogênio:
N2(g) + O2(g)  2NO(g)
O monóxido de nitrogênio produzido na presença do oxigênio do ar oxida-se a dióxido de nitrogênio:
NO(g) + ½ O2(g)  NO2(g)
O dióxido de nitrogênio formado reage com a água da chuva formando ácidos nítrico e nitroso (chuva ácida):
2NO2(g) + H2O(ℓ)  HNO3(aq) + HNO2(aq)
O ácido nitroso é instável e se decompõe:
3HNO2(aq)  HNO3(aq) + H2O(ℓ) + 2NO(g)
Nos dois casos acima a água da chuva possui pH > 5,6 e não é nociva.
Em ambientes poluídos temos duas possibilidades:
1ª Opção: Os combustíveis fósseis possuem impurezas de S, que na câmara de explosão do motor sofre combustão:
S(s) + O2(g)  SO2(g)
O dióxido de enxofre produzido na presença do ar sofrerá uma oxidação à trióxido de enxofre: SO2(g) + ½ O2(g)  SO3(g)
O trióxido de enxofre formado reage com a água da chuva formando o ácido sulfúrico (chuva ácida):
SO3(g) + H2O(ℓ)  H2SO4(aq)
2ª Opção: Qualquer combustível para sofrer combustão necessita do oxigênio do ar, no entanto, o nitrogênio do ar ao entrar
na câmara de combustão do veículo também sofrerá combustão produzindo monóxido de nitrogênio liberado no escape do
veículo: N2(g) + O2(g)  2NO(g)
O monóxido de nitrogênio produzido na presença do oxigênio do ar oxida-se a dióxido de nitrogênio:
NO(g) + ½ O2(g)  NO2(g)
O dióxido de nitrogênio formado reage com a água da chuva formando ácidos nítrico e nitroso (chuva ácida):
2NO2(g) + H2O(ℓ)  HNO3(aq) + HNO2(aq)
O ácido nitroso é instável e se decompõe: 3HNO2(aq)  HNO3(aq) + H2O(ℓ) + 2NO(g)
Nos dois casos acima temos a água da chuva possui pH < 5,6 e por isso é considerada nociva.

20.
a) Admitindo-se que o frasco A contenha solução aquosa de peróxido de hidrogênio, ocorrerá a decomposição indicada
abaixo:
H2O2(aq)  H2O(ℓ) + ½ O2(g)
b) O fluxo de gás aumenta com a adição de dióxido de manganês devido à ação catalítica desse sólido. Portanto, o dióxido de
manganês aumenta a velocidade da decomposição, sem que sua massa sofra alteração quando medida no fim da
transformação química.

21. Alternativa A
Alcatrão, carvão e piche contêm alta taxa de carbono. No entanto, apresentam também outros compostos como
hidrocarbonetos, impurezas de enxofre etc.
Óleo diesel é uma mistura de hidrocarbonetos.
Portanto, negro de fumo (fuligem), proveniente de combustão incompleta, apresenta o maior teor de carbono.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 33


22.
O álcool etílico é obtido a partir da destilação do produto da fermentação de uma solução aquosa de sacarose (açúcar da
cana).

O álcool etílico comercial 95,6% (m/m) é uma mistura azeotrópica que não pode ser desdobrada por uma destilação comum.
Para remoção da água do álcool hidratado utiliza-se CaO (óxido de cálcio) preparado a partir da decomposição térmica do
carbonato de cálcio:
CaCO3(s)   CaO(s) + CO2(g)
O CaO reage com a água presente no álcool formando Ca(OH)2 (hidróxido de cálcio), que pode ser removido por filtração
comum.
CaO(s) + H2O(ℓ)  Ca(OH)2(s)
O hidróxido de cálcio (cal extinta), insolúvel em álcool, fica depositado no fundo do balão.
O vapor do álcool é liquefeito ao passar pelo condensador e é recolhido num frasco fechado com rolha de borracha. Este é o
álcool absoluto: 99,5% (m/m). Na junção entre o condensador e o frasco de recolhimento é comum adaptar-se um tubo
dessecador, contendo cloreto de cálcio anidro, entre dois tampões de lã de vidro.
O cloreto de cálcio tem a função de absorver, do meio ambiente, vapor de água, que eventualmente, poderia entrar no
sistema.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 34


23. Alternativa B
A alta temperatura se observará decomposição de KCℓO3 formando KCℓ (cloreto de potássio) e gás oxigênio (O2).
KCℓO3(s)  KCℓ(s) + 3/2 O2(g) Equação (I)
O oxigênio formado na equação (I) produzirá a combustão da glicose originando água e gás carbônico:
C6H12O6(s) + 6O2(g)  6CO2(g) + 6H2O(g) Equação (II)
Multiplicando a equação (I) por 4 e a equação (II) por 2 e somando as equações ficamos com:
C6H12O6(s) + 4 KCℓO3(s)  6CO2(g) + 6H2O(g) + 4KCℓ(s)
O CO2 produzido reage com a solução de NaOH, neutralizando-a:
CO2(aq) + 2NaOH(aq) → Na2CO3(aq) + H2O

24. Alternativa B
Inicialmente, a solução aquosa contém O2 e os demais gases constituintes do ar atmosférico dissolvidos.
Borbulhando-se N2(g) nessa solução haverá diminuição da concentração de O2 dissolvido na água, uma vez que o gás que
estará em contato com a solução será predominantemente o N2. Isto fará com que a pressão parcial do O2 na mistura gasosa
tenda a zero, favorecendo a saída do oxigênio da solução.
A Lei de Henry afirma que a solubilidade de um gás em um líquido, a uma dada temperatura, é diretamente proporcional à
pressão parcial desse gás, exercida sobre a superfície de contato do líquido.
No recipiente mostrado no enunciado, a introdução de gás nitrogênio provoca uma diminuição da pressão parcial do gás
oxigênio, com consequente redução de sua solubilidade em água.
Vamos analisar as alternativas considerando que cada sistema já alcançou o equilíbrio:
a) O ar possui cerca de 20% de O2 e, se a pressão total é 1 atm, a pressão parcial do O2 é 0,2 atm. A solubilidade é S = 0,2 HA e
assim permanece. CORRETA.
b) A pressão parcial do O2 tornar-se-á nula, portanto, SA = 0. Então S = 0. ERRADA.
c) A solubilidade do O2 aumenta com a diminuição da temperatura. CORRETA.
d) Se temos O2 puro, a pressão parcial do O2 será 1 atm. A solubilidade será: S = 1 HA = HA. CORRETA.
e) Como a concentração de O2 é igual à do ar, sua pressão parcial é a mesma, cerca de 0,2 atm. A solubilidade será: S = 0,2
HA. CORRETA.

25. Alternativa D
A reação pode ser representada por: Aℓ4C3(s) + 12H2O(ℓ) → 4Aℓ(OH)3(s) + 3CH4(g)

26. Alternativa B
I. Nas condições ambientes, um composto iônico é sólido.
II. O composto iônico apresenta estrutura cristalina.
III. O composto iônico no estado sólido não conduz corrente elétrica.
IV. Quando fundido, um composto iônico conduz corrente elétrica.
Dos compostos citados nas alternativas, o único que representa um composto iônico é o brometo de sódio Na+Br– ou NaBr.

27.
a)
N2(g) + O2(g)  2NO(g)
2 NO(g) + O2(g)  2NO2(g)
2NO2(g) + H2O(ℓ)  HNO3(aq) + HNO2(aq)
b) Matérias-primas utilizadas na obtenção do ácido nítrico: ar atmosférico e água.
O ar atmosférico é submetido:
1. Liquefação
2. Destilação fracionada

AR atmosférico  N2(g) + O2(g) Equação (I)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 35


A seguir a água é submetida a eletrólise:
H2O(ℓ)  H2(g) + O2(g) Equação (II)

Reagindo hidrogênio obtido na equação (I) com o oxigênio obtido na reação (II) temos: N2(g) + 3H2(g)  2NH3(g)

A seguir teremos o processo de Ostwald para produção do ácido nítrico:


4NH3(g) + 5 O2(g)  4NO(g) + 6H2O(g)
2NO(g) + O2(g)  2NO2(g)
2NO2(g) + H2O(ℓ)  HNO3(aq) + HNO2(aq)
3HNO2(aq)  HNO3(aq) + 2NO(g) + H2O(ℓ)
A concentração do ácido nítrico vendido no comércio varia entre 65% e 68%, em massa.
c) Aplicação para o ácido nítrico:
• produção de explosivos;
• fabricação de fertilizantes;
• produção de vasodilatadores coronários.

28.
a) Experimentos 1 e 4: 4Fe(s) + 3O2(g) + 2x H2O(ℓ) → 2 (Fe2O3. x H2O)(s)
Experimento 3: Mg(s) + H2O(ℓ) + ½ O2(g)  Mg(OH)2(s)
b)
1 —Revestir o prego com graxa, que, sendo insolúvel em água, impede o contato do metal ferro com a água aerada
(proteção mecânica).
2 —Revestir o prego com magnésio, que atuaria como “metal de sacrifício” sofrendo oxidação e mantendo o ferro intacto
(proteção eletrolítica).
c)
Sn2+ + 2e– → Sn° E°Red1
Fe2+ + 2e– → Fe° E°Red2
Mg2+ + 2e– → Mg° E°Red3
E°Red são os respectivos potenciais de redução
Ferro envolvido por magnésio: o magnésio sofre oxidação, mantendo o ferro reduzido: E°Red2 > EºRed3.
Ferro envolvido por estanho: o ferro sofre oxidação, mantendo o estanho reduzido: E°Red1 > E°Red2.
Conclusão: E°Red1 > E°Red2 > E°Red3
Poder redutor: Sn < Fe < Mg

29. Alternativa E
As equações que representam o processo que turva a solução são:
CO2(aq) + H2O(ℓ) ⇌ H2CO3(aq)
H2CO3(aq) ⇌ H+(aq) + HCO3-(aq)
HCO3-(aq) ⇌ H+(aq) + CO32-(aq)
Ba2+(aq) + CO32-(aq) ⇌ BaCO3(s)
Após um borbulhamento prolongado do CO2, pode ocorrer o desaparecimento da turvação:
BaCO3(s) + H2O(ℓ) + CO2(g) ⇌ Ba2+(aq) + 2 HCO3-(aq)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 36


30. Alternativa A
No sistema descrito, ocorre o equilíbrio de solubilidade:
(A) Ca(OH)2(s) ⇌ Ca2+(aq) + 2 OH−(aq)
Com o borbulhamento do CO2 durante um período curto, temos:
(B) CO2(aq) + OH-(aq) ⇌ HCO3-(aq)
(C) HCO3-(aq) + OH-(aq) ⇌ CO32−(aq) + H2O(ℓ)
e, então, acontece a precipitação do carbonato de cálcio:
(D) Ca2+(aq) + CO32−(aq) ⇌ CaCO3(s)
I. Correta. A fase líquida contém espécies com 14C.
II. Correta. O CaCO3 precipitado contém 14C.
III. Incorreta. No sistema químico descrito, o OH-, que é consumido nos processos B e C, é liberado no A de modo que o pH
tem a tendência de permanecer constante.
IV. Incorreta. A diminuição das [OH−] e [Ca2+] pelos processos acima descritos deslocará o equilíbrio de solubilidade do
Ca(OH)2 para a direita no sentido da dissolução até que o produto [Ca2+].[OH−]2 torna-se novamente igual ao Kps na
temperatura do experimento.
V. Correta. O enunciado afirma que o Ca(OH)2 está em excesso, isto é, forma um corpo de fundo com massa suficiente para
não ser totalmente dissolvido, e que se mistura ao CaCO3 precipitado.

31. Alternativa E
Do enunciado tiramos:
1º tubo: não ocorre dissolução e nem mudança na coloração. Assim sendo, deduzimos que o composto em questão é
insolúvel em água.
2º tubo: Ocorre reação com liberação gasosa.
Como o composto é insolúvel não pode mais ser o cloreto ferroso. Como na reação com ácido ocorre liberação de gás,
dentre os compostos listados temos apenas os carbonatos como possíveis. A coloração azul da solução é característica de
sais de cobre, logo o composto é Cu3(OHCO3)2 carbonato básico de cobre.

32. Alternativa D
O gás em questão é a fosfina PH3. A fosfina, que se desprende dos cadáveres em putrefação, e sofre combustão espontânea,
com chama azulada recebendo o nome de fogo-fátuo.
PH3 + 2 O2  H3PO4
O fogo-fátuo pode ser observado nos cemitérios à noite, principalmente depois da chuva (devido ao maior desprendimento
da fosfina).

33. Alternativa E
A concentração de H+(aq) em água de chuva é maior em região que utiliza carvão como combustível fóssil, pois o mesmo
possui impurezas de enxofre, quando submetido a combustão produz dióxido de enxofre onde na presença do ar oxida-se a
trióxido de enxofre que ao reagir com a água da chuva produz a chuva ácida de ácido sulfúrico.

34. Alternativa E
O ácido tartárico combinado com o bicarbonato de sódio em solução aquosa na presença de calor provoca a formação de
gás carbônico que incorpora a massa, aumentando o seu volume, provocando o seu crescimento:
NaHCO3(aq) + H+(aq)  Na+(aq) + H2O(ℓ) + CO2(g)

35. Alternativa D
No forno siderúrgico podemos resumir o processo em 2 etapas:
1ª Etapa: Combustão do coque (carvão siderúrgico) C(s) + ½ O2(g)  CO(g)
2ª Etapa: Redução da hematita pelo monóxido de carbono Fe2O3(s) + 3CO(g)  2Fe(s) + 3CO2(g)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 37


36. Alternativa D
O ouro é um metal nobre que não é solubilizado com ácidos minerais fortes. No entanto a mistura de ácido clorídrico e ácido
nítrico (água régia: 3 partes de HCℓ e 1 parte de HNO3) consegue solubilizar o ouro:
O processo ocorre em 2 etapas:
1ª Etapa: Au + 4H+ + NO3- ⇌ Au3+ + 2H2O + NO (Equação I)
Observe que tanto o H+ quanto o NO3- são resultantes da ionização do ácido e que o ouro sofre oxidação em uma escala
muito pequena formando íons Au3+.
2ª Etapa: Au3+ + 4 Cl- ⇌ [AuCl4]- (Equação II)
Os íons cloreto formados pela ionização do ácido clorídrico doam pares eletrônicos aos íons Au3+, formando o íon complexo
tetracloroaurato III.
A formação deste complexo, retira os íons Au3+ da solução, deslocando o equilíbrio da equação (I) para a direita, ou seja,
fazendo com que uma quantidade maior de ouro seja dissolvida. Generalizando, o ácido nítrico tem a função de dissolver o
ouro e, o ácido clorídrico, a de remover os íons Au3+ da solução permitindo que uma quantidade maior de ouro possa ser
dissolvida. Somando as equações (I) e (II), podemos obter a equação global que ilustra a ação da água-régia sobre o ouro:
Au + 4H+ + NO3- + 4 Cl- ⇌ [AuCl4]- + 2H2O + NO
O NO formado imediatamente oxida-se na presença do ar a NO2 (gás castanho avermelhado).

37. ver resolução questão 27.

38. Alternativa E
I- (V) A formação destes óxidos, a partir de N2 e O2, é endotérmica ocorrem a 1500°C.
II-(V) Os números de oxidação dos átomos de nitrogênio nos óxidos NO, N2O e NO2 são respectivamente, +2, +1 e +4.
III-(V) O N2O é chamado de gás hilariante.
IV-(V)O NO é o anidrido do ácido nítrico. 2HNO3 – 2H2O = 2NO
V-(V) O NO2 é um gás colorido que apresenta coloração castanho alaranjado.

39. Alternativa D
Volatilidade é a capacidade de passar ao estado gasoso (evaporar). Em temperatura ambiente podemos dizer que os ácidos
são em geral fixos, isto é, não evaporam facilmente. Como exceções a esta regra temos os seguintes ácidos, considerados
voláteis: fluorídrico, clorídrico, bromídrico, iodídrico, cianídrico, sulfídrico, cianídrico, nitroso, nítrico, acético e fórmico.
O ácido sulfúrico possui PE=338°C é fixo, outros caso temos: H3BO3, H3PO4 entre outros.

40. Alternativa E
O hidróxido de sódio é um sólido higroscópico, solúvel em água, destrói tecidos vegetal e animal (cáustico). Reage com
ácidos, metais anfóteros (Al e Zn) produzindo H2 e sais complexos, halogênios, gás carbônico, sílica do vidro

41. Alternativa D
O alumínio é obtido por eletrólise ígnea da bauxita (Aℓ2O3) utilizando criolita como fundente.

42. O cloridreto é obtido através do Processo Leblanc utilizado na produção de Carbonato de Sódio, obtendo-se como
subproduto o ácido clorídrico gasoso. O processo envolve dois estágios: Produção de Sulfato de Sódio a partir do Cloreto de
Sódio (nessa etapa gera-se o HCl(g)),
2 NaCℓ + H2SO4 (conc.) ⟶ Na2SO4 + 2 HCℓ ⬆
seguido pela reação de Sulfato de Sódio com Carvão e Carbonato de Cálcio, que produz Carbonato de Sódio:
Na2SO4 + CaCO3 + 2 C ⟶ Na2CO3 + CaS + 2 CO2 ⬆

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 38


Desenho esquemático da aparelhagem a ser utilizada:

43. Alternativa D
20,9% de O2 no ar significa: 100 volumes de ar possui 20,9 volumes de O2, ou ainda, 100 mols de ar possui 20,9 mols de O2.
a) (Correto) 100 L de ar possui 20,9 L de O2, logo, 1 L de ar possui 0,209 L de O2.
b) (Correto) 100 mols de ar possui 20,9 mols de O2, logo, 1 mol de ar possui 0,209 mol de O2.
c) (Correto) 1 mol de ar possui 0,209 mol de O2, sendo que, 1 mol de O2 possui massa de 32 g, com isso, 0,209 mol de O2
possui massa de 6,68 g de O2.
d) (Errado) % Volume ≠ % Massa
e) (Correto) % Volume = % Mols = Fração Molar (X) . 100

44. Alternativa D
Bases fortes e solúveis: metais alcalinos Ex. NaOH, KOH, LiOH, etc.
Bases fracas e insolúveis: demais metais Ex. Cu(PH)2, Ni(OH)2, etc.

45. Alternativa E
I. Correta. Os óxidos citados são constituídos de típicos cátions metálicos e ânions ametálicos.
II. Correta. Os óxidos K2O e BaO (respectivamente, óxido de metal alcalino e metal alcalino terroso) são tipicamente básicos e
CuO é anfótero (apresenta propriedades básicas e ácidas).
III. Correta. CO, CO2, N2O, NO2, SO2, SO3, etc. são caracteristicamente moleculares.
IV. Correta. Os óxidos citados podem agir como oxidantes em muitas reações.
PbO2 + 4H+ + 4e-  Pb2+ + 2H2O
+4 +2
oxidante
MnO2 + 4H+ + 4e-  Mn2+ + 2H2O
+4 +2
oxidante

46. Alternativa B
Um composto iônico ao ser adicionado em água ao se dissolver sofre uma dissociação iônica.

47.
A matéria prima usada na fabricação do NaOH é o NaCℓ e água. O processo consiste numa eletrólise de solução aquosa de
NaCℓ.
2NaCℓ(aq)  2Na+(aq) + 2Cℓ-(aq)
Reação no cátodo: 2H2O + 2e-  H2(g) + 2(OH-)(aq)
Reação no ânodo: 2Cℓ- aq)  Cℓ2(g) + 2e-
Reação global:
2NaClℓ(aq) + 2H2O  2Na+(aq) + 2(OH-)(aq) + H2(g) + Cℓ2(g)

2NaOH(aq)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 39


Formam-se, como subprodutos da fabricação do NaOH, o H2 e o Cℓ2, de grande importância industrial. Parte desses
subprodutos são usados na fabricação do ácido clorídrico.
H2(g) + Cℓ2(g)  2HCℓ(g)
HCℓ(g) + aq  HCℓ(aq) ácido clorídrico.
A eletrólise precisa ser realizada em aparelhagem especial, para evitar a reação do Cℓ2 com o NaOH formados.
2NaOH(aq) + Cℓ2(g)  NaCℓ(aq) + NaCℓO(aq) + H2O
Um dos métodos de evitar essa reação é fazer a separação entre o cátodo (onde se forma NaOH) e o ânodo (onde se forma o
Cℓ2), por meio de um diafragma especial. É o chamado processo do diafragma.

48. Alternativa A
O ânion CrO3- não é um óxido.

49. Alternativa A
Na água do mar temos: 97% em massa de H2O (10,74% de H e 85,96% de O), 1,9% de Cℓ-, 1,1% de Na+, 0,13% de Mg2+.

50. Alternativa A
Mg(s) + 2HCℓ(aq)  MgCℓ2(aq) + H2(g)

51. Alternativa A
Um metal para deslocar o hidrogênio do ácido tem que ser mais reativo. No entanto, o mercúrio é menos reativo que o
hidrogênio e não desloca o hidrogênio do ácido.

52. Alternativa D
A água oxigenada diante de agentes oxidantes mais energéticos que ela, comporta-se como um agente redutor. O oxigênio
atômico, liberado pelo agente oxidante, reage com a água oxigenada, produzindo água e produzindo oxigênio gasoso.
Na reação do permanganato de potássio com ácido sulfúrico e água oxigenada temos:
2 KMnO4  K2O + 2MnO + 5 [O]
5H2O2 + 5 [O]  5H2O + 5O2
K2O + H2SO4  K2SO4 + H2O
2MnO + 2 H2SO4  2MnSO4 + 2H2O
Somando as reações temos:
2KMnO4 + 5H2O2 + 3H2SO4  K2SO4 + 2MnSO4 + 8H2O + 5O2

53. Alternativa C
O argônio é um componente da atmosfera, obtido por liquefação seguida de destilação fracionada do ar.

54. Alternativa D
O gás natural contém CH4(g), C2H6(g), CO2(g), N2(g) e pequenas quantidades de outros gases como o H2S(g). O H2S(g) pode ser
facilmente retirado desta mistura antes da sua queima. Então a combustão do gás natural previamente purificado não
produz SO2(g) e a sua utilização não contribui para a chuva ácida.

55. Alternativa D
O metano pode ser produzido das seguintes formas:
-Por craqueamento do petróleo;
-Por decomposição anaeróbica de matéria orgânica em lagos;
-Extraído diretamente de reservas naturais (gás natural);
-Por fermentação anaeróbica de matéria orgânica em aterros sanitários.
Comentário
A partir do carvão mineral, existe o seguinte método de obtenção do metano:
C(s) + H2O(g)  CO(g) + H2(g)
CO(g) + 3H2(g)  CH4(g) + H2O(g)
Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 40
56. Alternativa D
O N2O (óxido nitroso) é decomposto produzindo oxigênio que alimenta a combustão aumentando a velocidade de queima.
2 N2O(g)  2 N2(g) + O2(g)

57. Óxidos anfóteros possuem caráter ácido (reagem com base forte formando sal e água) e básico (reagem com ácidos
fortes formando sal e água).
Os óxidos anfóteros são óxidos de metais (Ex. ZnO, Al2O3, SnO, SnO2, PbO, PbO2, Fe2O3, MnO2, Cr2O3) e semi-metais (Ex. As2S3,
As2S5, Sb2O3, Sb2O5)
Ex. ZnO + 2HCℓ  ZnCℓ2 + H2O; Aℓ2O3 + 6HCℓ  2AℓCℓ3 + 3H2O
ZnO + NaOH  Na2ZnO2 + H2O; Aℓ2O3 + 2NaOH  2NaAℓO2 + H2O

58. A obtenção de NH3(g), em pequena escala, pode ser feita tratando-se sais de amônio com bases fortes a quente:
NaOH(aq) + NH4Cℓ(aq)  NaCℓ(aq) + NH3(g) + H2O(ℓ)
Uma aparelhagem que permite obter a amônia é:

59. Veja resposta da questão 19.


Quais são as causas desse problema? Utilização excessiva de combustíveis fósseis.
Quais as formas de controla-lo? Utilização de fontes alternativas de combustíveis como biocombustíveis, retirar as impurezas
de enxofre do combustível antes da sua combustão e utilizar filtros químicos (catalisadores) que removem os gases que
causam o efeito da chuva ácida.

60. Alternativa E
I. (Correto) É um gás incolor.
II. (Errado) É um líquido incolor levemente amarelado.
III. (Correto) É muito solúvel em água onde sua dissociação em íons é quase completa.
IV. (Errado) É bastante solúvel em benzeno.
V. (Correto) É bastante solúvel em benzeno, onde sua dissociação em íons é desprezível.
VI. (Correto) Pode ser obtido industrialmente por queima em maçaricos alimentados por H2(g) e Cℓ2(g).

61. Alternativa D
+2 +6 -8 +2 +4 -6 +2 +4 -6 +2 -2
Na2SO4; Na2SO3; Na2S2O3; Na2S.
+1 +6 -2 +1 +4 -2 +1 +2 -2 +1 -2

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 41


62. Alternativa E
Pergunta: Explique a correlação existente entre a escala de nobreza dos metais e a sequência com que os diferentes metais
passaram a ser usados e produzidos ao longo da história da humanidade.
Resposta: A escala crescente de nobreza é a escala decrescente de reatividade química dos metais. Assim, os metais mais
nobres são os menos reativos.
Exemplos:
Metais mais reativos ou menos nobres: alcalinos e alcalino-terrosos.
Metais de reatividade ou nobreza intermediária: Al, Fe, Zn, Ni, Pb, Cu, Hg.
É evidente que quanto mais nobre é o metal, mais fácil é a sua obtenção. Os nobres, como Ag, Pt e Au, são encontrados
livres na natureza.
Quanto menos nobre ou reativo é o metal, mais difícil é a sua obtenção.
Muitos metais nobres e de nobreza intermediária já eram produzidos antes de Cristo, tais como; Au, Ag, Cu, Fe, Sn e Pb.
Os metais alcalinos e alcalino terrosos, como são muito reativos, só foram isolados depois de 1800. Neste ano surgiu a pilha
elétrica e por eletrólise de sais dos metais alcalinos e alcalino terrosos foram obtidos os respectivos metais.

63. Alternativa D
Resposta: 1 C2H6N2O2(g) + 2,5 O2(g) + 10 N2(g)  2 CO2(g) + 3 H2O(g) + 11 N2(g)
Sendo assim: z = 2,5 ou 5/2

64. Alternativa C
A fumaça branca que resulta da queima de magnésio ao ar é óxido de magnésio sólido.
Mg(s) + ½ O2(g)  MgO(v) + calor

65. Alternativa A
Alumens são sais duplos de fórmula geral:
MIMIII(SO4)2.12H2O, onde MI é praticamente qualquer cátion comum monovalente, monoatômico e MIII geralmente é o
cátion Aℓ3+ ou outros íons M3+, inclusive os de Ti, V, Cr, Mn, Fe, Co, Ga, In, Rh e Ir.
Exemplos:
KAℓ(SO4)2.12H2O – sulfato duplo de potássio e alumínio dodecahidratado

PERGUNTA - Por que a opção e está CERTA ou ERRADA?


RESPOSTA – Errada, pois o único ânion encontrado nos alumens é o sulfato.
Fórmula geral: MIMIII(SO4)2.12H2O

66.
Matérias Primas: CaCO3 (calcário) e C (carvão)
O carbonato de cálcio sofre decomposição térmica acima de 900°C:
CaCO3(s)   CaO(s) + CO2(g)
O óxido de cálcio é tratado com carvão em forno elétrico à temperatura de 2000°C:
CaO(s) + C(s)   CaC2(s) + CO(g)

67. Alternativa C
Na formulação de um oxiácido, hidrogênio ionizável liga-se ao átomo de oxigênio que por sua vez liga-se ao elemento
central.

68. Alternativa D
Um dos componentes das cinzas é o óxido de potássio (K2O) que é um óxido básico.

69. Alternativa A
O SiO2 (sílica), constituinte da areia, é praticamente insolúvel em água. A pequena quantidade de SiO2 que se dissolve em
água forma o ácido silícico (H2SiO3), que por sua vez é muito pouco solúvel em água.
Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 42
70. Alternativa B
I. Correto
II. Correto
III. Errado. A reação de decomposição da água oxigenada é uma auto oxidação, ou seja, o oxigênio passa o NOX de -1 para -2
(redução) e de -1 para 0 (oxidação).
IV. Correto

71. Alternativa A
P4(s) + 5 O2(g)  P4O10(s)

72. Alternativa E
O carbono grafite tem estrutura igual a múltiplos planos superpostos como mostra a figura:

A hibridação do carbono na grafita é sp2.


Obs. Anisotrópico - que apresenta propriedades (como a velocidade de transmissão da luz, a condutividade de calor ou
eletricidade, compressibilidade), com valores diferentes.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 43


73.

O H2(g) e Cℓ2(g) são subprodutos de fabricação do NaOH (soda cáustica) pela eletrólise do NaCℓ em solução aquosa:
2NaCℓ(s) + aq  2 Na+(aq) + 2Cℓ-(aq)
Reação do cátodo: 2 H2O(ℓ) + 2e-  H2(g) + 2OH-(aq)
Reação do ânodo: 2Cℓ-(aq)  Cℓ2(g) 2e-
Reação global: 2NaCℓ(s) + 2H2O(ℓ) + aq  2Na+(aq) + 2OH-(aq) + H2(g) + Cℓ2(g)
A matéria prima utilizada no processo industrial é o sal de cozinha (NaCℓ). Este processo tem a vantagem de utilizar os
subprodutos da fabricação da soda cáustica por eletrólise do sal de cozinha. Por esse motivo esse processo é muito mais
econômico que o baseado do NaCℓ com H2SO4.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 44


74. O maior reservatório de nitrogênio no planeta é a atmosfera, rica em nitrogênio molecular (cerca de 78%). Através de
fixação biológica (efetuada por bactérias e algas azuis) e atmosférica (em ocasiões de chuvas com descargas elétricas) ocorre
a transformação de N2 em amônia e nitratos respectivamente.
A amônia assim formada é transformada em nitritos e nitratos por bactérias nitrificantes, no processo conhecido como
nitrificação.
A devolução de N2 para a atmosfera ocorre através da ação de bactérias denitrificantes. A amonificação e a decomposição
de compostos orgânicos nitrogenados também levam à formação de amônia que participa do ciclo.

Observe o esquema abaixo:

A relação entre Maré Vermelha e Ciclo de Nitrogênio.


A Maré Vermelha pode ser consequência de um enriquecimento das águas marinhas por nutrientes nitrogenados
(principalmente nitratos utilizados nos fertilizantes) e outros nutrientes. Esse enriquecimento leva à proliferação de certa
espécie de algas microscópicas componentes do fito plâncton (algas dinofíceas). Essas algas liberam toxinas na água, que dão
cor avermelhada a extensas zonas aquáticas e levam à morte peixes, moluscos, crustáceos, etc.
A fixação artificial do nitrogênio é a transformação do N2 atmosférico em compostos assimiláveis pelas plantas.
Industrialmente temos dois processos de produção do NH3:
a) processo da cianamida
CaC2(s) + N2(g)  CaCN2(s) + C(s)
1000°C
CaCN2(s) + 3H2O(g)  2 NH3(g) + CaCO3(s)
b) processo de Haber (Condições: 450-600°C; 200-600atm; Pt como catalisador): N2(g) + 3 H2(g) ⇌ 2NH3(g)
Os principais produtos naturais utilizados como fertilizantes são nitrato de sódio e matéria orgânica em decomposição e os
principais produtos sintéticos são nitrato de amônio, ureia, fosfato de amônio e sulfato de amônio.

75. Alternativa E
A quantidade de nitrogênio na atmosfera é maior que a incorporada nos seres vivos.

76. Alternativa E
O Zn, sendo um metal mais reativo que o Cu, apresenta um menor potencial de redução; logo, o Cu2+ é um oxidante mais
energético em soluções de igual concentração.

77. Alternativa E
O teste qualitativo mais indicado para o amido é acrescentar algumas gotas de solução aquosa de iodo à suspensão aquosa
da amostra. Se a mistura adquire azul, o teste é positivo.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 45


78. Alternativa C
Nem todo hidróxido é preparado usualmente e facilmente pela reação do respectivo óxido com água.
Exemplo: Aℓ2O3(s) + H2O  não reagem
Aℓ2(SO4)3(aq) + 6 NaOH(aq)  2 Aℓ(OH)3(s) + 3 Na2SO4(aq)

79. Alternativa C

80. Alternativa B
Em meio alcalino ocorre a seguinte reação:

A estabilidade do íon aluminato é responsável pela dissolução do metal; portanto, a massa da lâmina diminuirá.

81. Alternativa B
Na temperatura ambiente é possível liquefazer o Cℓ2(g) porque a sua temperatura crítica é de 417K (144°C).
Comentário
A alternativa d é uma afirmação correta, pois borbulhando Cℓ2(g) através de solução aquosa de NaOH, temos:
Cℓ2(g) + 2 NaOH(aq)  NaCℓO(aq) + NaCℓ(aq) + H2O(g)
Esta reação é rápida e a constante de equilíbrio é favorável (7,5.1015).
O íon hipoclorito tende a decompor-se em solução básica formando íon clorato:
3 CℓO-(aq)  2 Cℓ-(aq) + CℓO3-(aq)
OH-(aq)
A constante da reação é favorável (1027).
A decomposição do CℓO- é lenta abaixo e na temperatura ambiente. Quando o Cl2 reage com uma base a frio, obtêm-se
soluções relativamente puras de Cℓ- e CℓO-. Em soluções a quente, aproximadamente a 75°C, a taxa de decomposição é
rápida e pode-se ter bom rendimento de CℓO3-.

82. Alternativa B
III. A reação entre HCℓ e Na2SO3 forma SO2 e não SO3:
2HCℓ + Na2SO3 → 2 NaCℓ + SO2 + H2O
IV. A formação de SO3 é difícil. A queima do enxofre ao ar forma SO2, e a transformação do SO2 em SO3 no ar é lenta, dando-
se por mecanismos complexos.

83. Alternativa B
Aparelho (I): utilizado para sublimação à pressão reduzida (f).
Aparelho (II): utilizado para a filtração contínua da suspensão de um sólido em um líquido (d).
Aparelho (III): usado para concentração de uma solução por destilação contínua do solvente e concomitante adição da
solução (c).

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 46


84.
Nas coquerias, o carvão mineral é submetido à destilação seca, produzindo o coque siderúrgico e o alcatrão. Este último é
uma mistura complexa de compostos químicos.

(a) Gases: CH4, CO, etc. usados como combustíveis doméstico e industrial. A amônia (NH3) é usada na fabricação de
fertilizantes.
(b) Usados como solventes e matérias primas industriais.

(c)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 47


(d)

(e)

(f)

(g) Resíduo não destilável usado como revestimento.

O coque é usado nos altos fornos por não conter substâncias voláteis e ter um baixo teor de cinzas. Ele é usado como
combustível para o aquecimento e como matéria prima para produzir o CO(g) que é o redutor do minério de ferro:

O benzeno (hidrocarboneto líquido) pode ser transformado em anilina (matéria prima para a indústria de corantes):

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 48


85. O sólido é um eletrólito ou não eletrólito? Caso seja, é forte ou fraco? A medida da condutividade elétrica por um
galvanômetro permite responder a essas perguntas.
Se o sólido não for eletrólito, não haverá condução de corrente elétrica. Caso contrário, teremos um eletrólito. Comparando-
se a condutividade com a de eletrólitos conhecidos, pode-se tirar conclusões a respeito da força eletrolítica.
Determinação da massa molar:
Caso o composto seja molecular e não eletrólito, é possível a determinação da massa molar pelos efeitos coligativos que este
causa na água (solvente):
a)

O acréscimo na temperatura (ΔTEBULIÇÃO) pode ser medido com a maior precisão possíveis; para isto, deve-se usar o
termômetro diferencial de Beckmann (precisão de 0,002°C). O valor da constante ebuliométrica (KEB) é característica do
solvente. A massa do soluto pode ser determinada por uma balança de precisão. A massa do solvente por um balão
volumétrico aferido e uma tabela de densidade versus temperatura. A solução deve ser diluída para evitar os desvios que a
Lei de Raoult sofre em soluções concentradas.
b)

Onde: ΔTC = abaixamento do ponto de congelamento, KC= constante crioscópica


O procedimento experimental é análogo ao processo por ebuliometria.
Caso o composto seja idêntico (o que é possível determinar pelas suas propriedades, tais como: isolante sólido e condutor
quando fundido, alto ponto de fusão, etc.), a fórmula mínima fornecerá a massa molar.
Na possibilidade de o composto ser molecular e eletrólito fraco, outros estudos devem ser realizados (como espectroscopia
de massa) para se reunir dados que levam à massa molar.

86. Alternativa D
Os fosfatos ácidos de cálcio são, dentre as propostas, as substâncias que contém o fósforo mais facilmente assimilável pelos
vegetais e animais.

87. Alternativa E
Todas as afirmações estão corretas.

88. Alternativa D
Coloração dos óxidos propostos:
I. CaO = branco
II. CuO = preto
III. Ag2O = preto
IV. HgO = amarelo

89. Alternativa E
Todas as afirmações estão corretas.

90. Alternativa D
O ácido sulfúrico é um oxiácido fixo (não volátil) e estável, logo, amostras com 98% em massa de ácido sulfúrico são
perfeitamente possíveis.
A diluição do ácido sulfúrico, que é fortemente higroscópico, dever ser feita cuidadosamente do seguinte modo: ácido
lentamente acrescentado à água destilada.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 49


91. Alternativa E
Equação química do processo:
12 NaHCO3(aq) + 2 Aℓ2(SO4)3(aq)  6 Na2SO4(aq) + Aℓ2(CO3)3(s) + Aℓ2O3.3H2O(s) + 9 CO2(g) + 3 H2O(ℓ)
1 2 3 4 5 6 7
1= hidrogeno carbonato de sódio (solução alcalina)
2= sulfato de alumínio (solução ácida)
3= sulfato de sódio
4= sulfato de alumínio (sólido branco e floculento)
5= óxido de alumínio triidratado (aspecto gelatinoso)
6= gás carbônico (mais denso que o ar e momento dipolar nulo)
7= água líquida.

92.
a) O petróleo é desdobrado nas frações comerciais por destilação fracionada. O procedimento é baseado nas diferenças de
pontos de ebulição dos hidrocarbonetos componentes do óleo bruto. Como eles são muito numerosos e vários apresentam
pontos de ebulição próximos, a separação é por faixas de temperatura. Em decorrência, as frações comerciais são
constituídas de hidrocarbonetos de pontos de ebulição dentro de faixas de temperatura.
A primeira destilação é realizada à pressão ambiente e a uma temperatura inferior aos PE dos componentes mais pesados do
óleo bruto. Deste modo, desta destilação, resta um resíduo líquido não destilado rico em hidrocarbonetos pesados.
b) Uma refinaria de petróleo é capaz de produzir quantidades adicionais de trações mais leves por craqueamento de
hidrocarbonetos pesados do resíduo líquido da destilação fracionada à pressão ambiente. A quebra das moléculas pode ser
térmica (T > 500°C) ou catalítica (mistura de sílica 87% e alumina 13%). O craqueamento térmico é pouco usado atualmente,
porque ele não proporciona um aumento das ramificações, nem provoca ciclizações e formação de aromáticos,
características importantes para a qualidade do combustível.
Alcanos mais pesados de cadeia ramificada podem ser obtidos através da reação de alcanos mais leves e alcenos. Essas
reações de adição são de grande importância tecnológica, pois permitem transformar gases e frações líquidas de baixos PE,
formados durante o processamento da refinação do petróleo em combustíveis de elevada qualidade. Existem dois tipos de
alquilação de alcenos: térmica e catalítica. Na primeira, a mistura reagente é aquecida a temperatura e pressões elevadas
(T>500°C e P >300atm). O processo catalítico utiliza catalizadores ácidos, tais como: H2SO4, HF e AℓCℓ3.

93. Alternativa C
A formação de NO a partir de seus elementos é um processo que absorve energia
N2(g) + O2(g) arco voltaico↦ 2 NO (g)
Observações
A obtenção industrial de CO é feita pelo aquecimento do carvão coque com O2 a temperatura elevada
2 C(s) + O2(g) 11000C↦ 2 CO(g)
Aplicação pratica do CO é ser usado como redutor de minérios de ferro em altos-fornos
Fe2O3(s) + 3 CO(g) 12000C↦ 2 Fe(s) + 3 CO2 (g)
Fe2O3(s) é a Hematita e o Fe(s) é o ferro gusa

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 50


94. NH4Cℓ(aq) + NaOH(s)  NH3(g) + H2O(ℓ) + NaCℓ(aq)

95. Alternativa D
I – INCORRETO – FeS2 é conhecido como Pirita (ouro de tolo) e não blenda como está na afirmativa
III – INCORRETO – O equilíbrio químico que se estabelece na reação
SO2(g) + ½ O2(g) ⇌ SO3(g)
É exotérmico no sentido direto da reação, logo, o aumento de temperatura desloca o equilíbrio para o lado esquerdo

96. A reação proposta é de dupla troca. Nessas reações, pelo menos um dos produtos formados deve ser volátil, insolúvel ou
um eletrólito fraco. Como nenhuma das condições é atendida, ela não deverá ocorrer.

97. Alternativa E
I – CORRETO – A equação química do processo é
NaOH(aq) + CO2(g) ↦ NaHCO3 (aq)

II – CORRETO – As massas conhecidas permitem o cálculo da relação entre os números de mols dessas substâncias
n(NaHCO3) = m / mol = 26,7 / 84,01 = 0,318 mols
n(KHC4H4O6) = m / mol = 59,9 / 188,2 = 0,318 mols
n(NaHCO3) / n(KHC4H4O6) = 1

III –CORRETO
KHC4H4O6(aq) ⇌ K+(aq) + H+(aq) + C4H4O6-2(aq)
Funciona como ácido devido a presença do íon H+
NaHCO3(aq) ⇌ Na+(aq) + HCO3-(aq)
O íon HCO3- reage com a água no meio aquoso (hidrolise básica)
HCO3-(aq) + H2O(ℓ) ⇌ H2CO3(aq) + OH-(aq)
HCO3-(aq) + H2O(ℓ) ⇌ CO2 (aq) + H2O (ℓ) + OH-(aq)
HCO3-(aq) ⇌ CO2 (aq) + OH-(aq)
Funciona como base devido a presença do íon OH-

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 51


IV – CORRETO – Quantos mols de CO2 estão sendo produzidos?
PV=n RT
n = PV / RT = 1 x 3 / 0,082 x 300 = 0,122 mol de CO2
A reação que ocorre entre o fermento e a água é:
NaHCO3(aq) + KHC4H4O6(aq) ↦ KNaC4H4O6(aq) + CO2(g) + H2O(ℓ)
Precisamos da massa se NaHCO3 que reagiu
1 mol de NaHCO3 -------------------------------- 1 mol de CO2
x -------------------------------- 0,122 mols

m = n x mol = 0,122 x 84 = 10,248 g de bicarbonato de sódio

A composição (% em massa) é 26,7% de NaHCO3 no fermento, logo:


10,248 g ---------------------------------- 26,7%
Y ---------------------------------- 100%
Y = 38,38 g de fermento
V – CORRETO - ácido tartárico e seus ânions possuem dois átomos de carbono assimétrico.

98. Alternativa E
Dentre as experiências propostas, o hidrogênio pode ser obtido por:
II. 2 NaOH(aq) + 2 H2O(ℓ) + Zn(s)  Na2[Zn(OH)4](aq) + H2(g)
III. 2 H2O (ℓ) Mg(s)  Mg(OH)2(s) + H2(g)
IV. 3 H2SO4(aq) + 2 Aℓ(s)  Aℓ2(SO4)3(s) + 3 H2(g)

99. As equações iônicas são:


II. 2 Na+(aq) + 2 OH-(aq) + 2 H2O(ℓ) + Zn(s)  2 Na+(aq) + Zn(OH)42-(aq) + H2(g)
III. 2 H2O(ℓ) + Mg(s)  Mg(OH)2(s) + H2(g)
IV. 6 H+(aq) + 3 SO42-(aq) + 2 Aℓ(s)  2 Aℓ3+(aq) + 3 SO42-(aq) + 3 H2(g)

100. Alternativa A
I – FALSO – A conversão de SO2 a SO3 por oxidação do O2 não é catalisada pelo chumbo e sim pela Platina, podendo ser
usado também o pentóxido de vanádio.
2 SO2(g) + O2(g) ↦ SO3(g)
Pt/V2O5
II – FALSO – A solução aquosa de NaHSO4 apresenta íons H+ proveniente da primeira ionização do ácido sulfúrico, o que
torna a solução com pH < 7: H2SO4 (aq) ↦ H+(aq) + HSO4- (aq)

101. Alternativa E
I – FALSO – No SiO2 as ligações químicas entre os átomos de silício e oxigênio são covalentes
II – FALSO - SiO2 é um óxido ácido, logo deve reagir com bases para produzir sal e água
SiO2 + 2 NaOH   Na2SiO3 + H2O
Observações:
As bases (compostos iônicos) no estado liquido são condutores de eletricidade, devido a mobilidade iônica. Não existe
mobilidade iônica no estado solido.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 52


102. Alternativa E
I – CORRETO – O principal método industrial para a obtenção do N2(g) é a destilação do ar liquefeito
II – CORRETO – Na dissolução do NH3 em água temos o equilíbrio: NH3(g) + H2O(ℓ) ⇌ NH4+(aq) + OH-(aq)
Se adicionarmos H2SO4 haverá consumo de íons OH- pelos hidrogênios ionizáveis do ácido e o equilíbrio se desloca para o
lado direito, facilitando a dissolução do NH3
Se adicionarmos NaOH, a concentração de íons OH- aumentará deslocando o equilíbrio para o lado esquerdo, dificultando a
dissolução do NH3
III – CORRETO – Em condições de pressão e temperatura ambiente, o NH3 é um vapor que por compressão isotérmica pode
formar liquido com baixa condutividade elétrica porque é uma substancia covalente e sua auto ionização é desprezível.
IV – CORRETO – Consideremos o NH3 e CO2 no meio aquoso separadamente:
NH3(g) + H2O(ℓ) ⇌ NH4+(aq) + OH-(aq)
CO2(g) + H2O(ℓ) ⇌ H+(aq) + HCO3-(aq)
Somando as equações, teremos:
NH3(g) + CO2(g) + H2O(ℓ) ⇌ NH4HCO3(aq)
Evaporando o solvente que é a água, teremos NH4HCO3(s)

103. Alternativa D
Em uma solução saturada de carbonato de cálcio, isenta de corpo de fundo, existem íons Ca+2 e íons CO3-2 que reagem com a
água para produzir: CO3,-2(aq) + H2O(L) ⇌ HCO3-(aq) + OH-(aq)
Portanto, os íons presentes na solução saturada são Ca+2 (aq), HCO3-(aq) e OH-(aq). O pH da solução deve ser maior que sete.

104. Alternativa B
A afirmação II está CORRETO porque os ácidos HCN e CH3COOH são fracos e apresentam pequeno grau de ionização
A afirmação IV está CORRETO porque o ácido carbônico apresenta duas etapas de ionização e a constante de ionização da
primeira etapa é maior do que a da segunda etapa
H2CO3(aq) ⇌ H+(aq) + HCO3-(aq) K1
+
HCO3-(aq) ⇌ H (aq) + CO3-2 (aq) K2 sendo que K1 > K2

O ácido fosfórico apresenta três etapas de ionização


H3PO4(aq) ⇌ H+(aq) + H2PO4-(aq) K1
H2PO4-(aq) ⇌ H+(aq) + HPO4-2 (aq) K2
HPO4-2 (aq) ⇌ H+(aq) + PO4-3(aq) K3
K1 > K2 > K3

105. Alternativa A
A equação química que representa a síntese da Amônia (NH3) é: N2(g) + 3 H2(g) ⇌ 2 NH3(g)
Portanto a alternativa A é incorreta.
Observações:
O NH3 pode ser usado no processo de obtenção do ácido nítrico
4 NH3(g) + 5 O2(g)  4 NO(g) + 6 H2O(ℓ)
2 NO(g) + O2(g)  2 NO2(g)
3 NO2(g) + H2O(ℓ)  2 HNO3(aq) + NO(g)
Na última etapa é usado NO2 em excesso para evitar a obtenção de ácido nitroso (HNO2).
O NH3 pode ser usado também na preparação de fertilizantes: 2 NH3 + H2SO4  (NH4)2SO4

106. Alternativa D
Os óxidos neutros são NO, CO e N2O. Estes óxidos não reagem com a água ,nem com bases ,nem com ácidos. A reação que
forma o ácido nítrico na água da chuva é: 2 NO2(g) + H2O(ℓ)  HNO3(g) + HNO2(g)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 53


107.
Arco
N2 + O2  2 NO
voltaico
2 NO + O2  2 NO2
3 NO2 + H2O  2 HNO3 + NO

108. Alternativa C
Ácido muriático é o outro nome dado ao ácido cloridrico comercial.O hipoclorito de sódio(NaCℓO)pode ser usado em
pisicinas como antisséptico, mas não dá coloração azul á agua.
O gás tóxico é o gás cloro ( Cℓ2) que se forma atraves da reação: CℓO-(aq) + Cℓ-(aq) + 2 H+(aq) ⇌ Cℓ2(g) + H2O(ℓ)

109.
Nox +1 +1 -2
Ácido hipocloroso H Cℓ O
Nox +1 +3 -2
Ácido cloroso H Cℓ O2
Nox +1 +5 -2
Ácido clórico H Cℓ O3
Nox +1 +7 -2
Ácido Perclórico H Cℓ O4

110. Alternativa E
O aparelho de Kipp foi projetado para reações entre sólidos e líquidos, com finalidade de obter produto gasoso.

111. O gás sulfídrico (H2S) pode ser obtido pela reação: FeS(s) + 2 HCℓ(aq)  FeCℓ2(aq) + H2S(g)
Para produzir H2S no aparelho de Kipp, o sólido (FeS, em pedaços) fica no compartimento b e o líquido (HCℓ) no
compartimento c. Para carregar o aparelho de Kipp, suspende-se parcialmente a peça c e, pelo gargalo e, introduz-se os
pedaços do sólido (FeS) no compartimento b, cuidando para que nenhum pedaço caia em a. Abaixa-se a peça c, fechando o
gargalo e, e adiciona-se a solução de HCℓ aos compartimentos a e c pelo gargalo f.
Abrindo-se a torneira (válvula) do compartimento b, a diferença entre o nível de líquido em a e c faz com que o líquido atinja
o compartimento b, entrando em contato com o sólido e, reagindo, produza o gás.
Fechando-se a torneira, o gás produzido pela reação fica no recipiente b. Como os reagentes ainda estão em contato, a
reação continua produzindo gás.
A pressão do gás aumenta, expulsando o líquido do compartimento b, o que finaliza o contato dos reagentes, encerrando a
produção de gás.
O aparelho tem seu funcionamento baseado no equilíbrio entre a pressão do gás em b e a pressão correspondente à
diferença entre os níveis de líquido entre a e c.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 54


112. Alternativa B
Um método prático consiste na reação: Zn(s) + 2 HCℓ(aq)  ZnCℓ2(aq) + H2(g)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 55


113.

O hidrogênio obtido por esse processo (deslocamento) contém, como impurezas, vapor d’água e alguns hidretos, como
hidretos de arsênico e antimônio (o arsênico e o antimônio são impurezas dos metais, no caso o zinco).
O HCℓ, em contato com o Zn metálico, reage, com liberação do H2(g) (veja equação representativa acima), arrastando
consigo impurezas.
O vapor d’água é retido pelo agente desidratante. Deste modo obtemos H2(g) isento de umidade.

114.
Processo A
Matérias primas: Cℓ2 e NaOH
Condições de operação: temperatura ambiente (298K), solução de NaOH deve ser diluída
Equação do processo: Cℓ2(aq) + 2 NaOH(aq)  NaCℓ(aq) + NaCℓO(aq) + H2O(ℓ)
Processo B (Processo eletrolítico – industrial)
Matérias primas: NaCℓ e H2O
Condições de operação: corrente contínua, temperatura ambiente, agitação constante que permite a mistura do Cℓ2
produzido no ânodo com NaOH durante a eletrólise.
Equação do processo:
2 NaCℓ(s) + 2 H2O(ℓ)  2 NaOH(aq) + Cℓ2(g) + H2(g)
2 NaOH(aq) + Cℓ2(g)  NaCℓ(aq) + NaCℓO(aq) + H2O(ℓ)
Somando as duas equações temos: 2 NaCℓ(s) + H2O(ℓ)  NaCℓ(aq) + NaCℓO(aq) + H2(g)

115. Alternativa E
O ferro é obtido nas usinas siderúrgicas pelo processo do alto forno, cuja equação final é: Fe2O3 + 3 CO  2 Fe + 3 CO2

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 56


116.

Essa mistura é carregada no forno, injetando-se oxigênio ou ar pré-aquecido pela base.


A região do forno onde ocorre a combustão, próximo à base, apresenta a temperatura mais elevada, de modo que à medida
que sobem, através da carga, os gases se resfriam gradualmente.
A variação de temperatura no forno é de 1600°C (base) até 230°C (alto).
O ferro que chega à base do forno, devido à elevada temperatura, apresenta-se no estado líquido.
As várias reações que se processam são;
- próximo ao alto do forno (200°C): 3 Fe2O3 + CO  2 Fe3O4 + CO2
- mais abaixo (350°C):Fe3O4 + CO  3 FeO + CO2
- um pouco mais abaixo (600°C): FeO + CO  Fe + CO2
- mais abaixo ainda temos algumas reações paralelas que são relevantes (850°C):
CaCO3  CaO + CO2
C + CO2  2 CO
CaO + SiO2  CaSiO3(ℓ) (onde SiO2 é impureza do minério de ferro)
CaO + Aℓ2O3  Ca(AℓO2)2(ℓ) (onde Aℓ2O3 é impureza do minério de ferro)
- próximo a base do forno temos: 2 C + O2  2 CO

117. Alternativa B
A afirmação errada é a correspondente à alternativa b, pois o CaO que é produzido na reação II, quando dissolvido em água,
gera solução básica, como mostra a equação: CaO(c) + H2O(ℓ)  Ca2+(aq) + 2 OH-(aq)
Enquanto o N2O, da reação III, é considerado um óxido neutro, ou seja, não reage com água, ácido nem base.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 57


118.
I. N2(g) + 3 H2(g) ⇌(*) 2 NH3(g) (*) catalisador, aquecimento e pressão
II. 2 H2(g) + O2(g) (*) 2 H2O(ℓ) (*) catalisador
III.
4 NH3(g) + 5 O2(g)  4 NO(g) + 6 H2O(g)
2 NO(g) + O2(g) (*) 2 NO2(g) (*) frio
3 NO2(g) + H2O(ℓ) (*)  2 HNO3(aq) + NO(g) (*) produzido em II
IV. NH3(g) + H2O(ℓ) ⇌ NH4OH(aq)
V. NH4OH(aq) + HNO3(aq) ⇌ NH4NO3(aq) + H2O(ℓ)

119. Alternativa A
I. pouco solúveis em água na temperatura ambiente: a) Fe(OH)3 e b) Zn(OH)2
II. coloridos: a) Fe(OH)3 – cor de ferrugem
III. facilmente decompostos pelo aquecimento (100°C):
a) 2 Fe(OH)3   Fe2O3
b) Zn(OH)2   ZnO + H2O
c) NH4OH   NH3 + H2O
IV. anfóteros:
Como base: Zn(OH)2(s) + 2 H+(aq) Zn2+(aq) + 2 H2O
Como ácido: Zn(OH)2(s) + 2 OH-(aq) Zn(OH)4-(aq)
V. bases fracas (pequeno grau de dissociação): a) Fe(OH)2, b) Zn(OH)2 e d) NH4OH
VI. reduzidos, com reagentes apropriados, a hidróxidos onde os metais apresentam número de oxidação menor.

a) Fe(OH)3  Fe(OH)2
+3 redutor +2
VII. fabricados industrialmente por processos eletrolíticos.
2 NaCℓ(s) + 2 H2O(ℓ)  2 NaOH(aq) + Cℓ2(g) + H2(g)
Eletrólise c

120.
A concentração de OH- na solução de uma base pode ser dada por:
 número de mols base dissolvidos
[OH ]  .
volume da solução
Como o NaOH tem o maior grau de dissociação ( > 100%) e é o mais solúvel (nbase maior), a solução desta substância deve
apresentar maior concentração de OH-.

121. Alternativa C
II- Falso. No diamante temos uma estrutura cristalina covalente, constituída de átomos e não de moléculas, onde os átomos
desse elemento ligam-se por covalência, na qual, cada átomo de carbono está ligado covalentemente a quatro outros,
situados nos vértices de um tetraedro.
V- Falso. Na forma de carvão, o carbono transforma óxido de cálcio em carbeto de cálcio no forno elétrico:
CaO(s) + 3 C(s)  CaC2(s) + CO(g)

122. A
Em 1800, Alessandro Volta apresentou a primeira pilha elétrica ou bateria. As primeiras experiências envolvendo eletrólise foram
iniciadas pelo químico inglês Humphry Davy, que em 1807 foi capaz de separar o potássio através da eletrólise da potassa (KOH) fundida.
O potássio foi o primeiro elemento metálico isolado por eletrólise. Logo a seguir, conseguiu isolar o sódio através da eletrólise da soda
cáustica (NaOH) fundida. Em 1808, através de sugestões dadas por Jöns Jacob Berzelius, Davy efetuou melhorias no processo, e
conseguiu isolar outros elementos a partir dos seus óxidos como o magnésio e o bário.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 58


123. O próprio H. Davy descreveu o seguinte relato de sua descoberta ante a "Sociedade Real Britânica" de Londres em 19 de
novembro de 1807:
«Coloquei um pequeno fragmento de potassa sobre um disco isolado de platina comunicando-o com o lado negativo de uma bateria
elétrica de 250 placas de cobre e zinco em plena atividade. Um filamento de platina em contato com o lado positivo foi posto em contato
com a parte superior da potassa. Todo o aparato funcionando ao ar livre. Nestas circunstâncias manifestou-se uma atividade muito viva;
a potassa começou a fundir-se nos dois pontos de eletrização. Na parte superior (positiva) ocorreu uma viva efervescência, determinada
pelo desprendimento de um fluido elástico; na parte inferior (negativa) não ocorreu nenhum desprendimento de fluido elástico, porém
apareceram pequenos glóbulos de vivo brilho metálico semelhantes aos glóbulos de mercúrio. Alguns destes glóbulos, a medida que
formavam, ardiam explosivamente numa chama brilhante; outros perdiam pouco a pouco o seu brilho e encobriam-se finalmente de uma
crosta branca. Estes glóbulos formavam a substância que eu buscava, era a base de um combustível peculiar, era a base da potassa: o
potássio.»
Esses elementos não puderam ser isolados antes, embora seus compostos já fossem bem conhecidos pois o processo de
eletrólise, utilizado para fazer a separação destes elementos, ainda não tinha sido descoberto.

124. Alternativa D
Justificativa na questão abaixo.

125. Gás: acetileno (nome usual), etino (nome oficial)


Fórmula molecular: C2H2
Fórmula estrutural: H - C  C – H
Obtenção: CaCO3(s)  CaO(s) + CO2(g)
CaO(s) + 3 C(s)  CaC2(s) + CO(g)
CaC2(s) + 2H2O(ℓ)  Ca(OH)2(aq) + C2H2(g)
Características: É um gás combustível, altamente inflamável, muito instável, asfixiante, incolor, inodoro quando 100% puro. Quando submetida a
pressão, ou seja a 2,10 Kg/cm2 (2 ATM) pode explodir por decomposição o que acontece também quando submetido a choques sem a
presença de ar ou fonte de ignição, e quanto maior a pressão, menor a energia necessária para o seu desencadeamento.
Armazenamento: cilindros de aço dissolvido em acetona. Para que o cilindro de acetileno seja transportado com segurança e pressões
acima de 1 Kg/ cm2, o que torna o acetileno altamente instável e que pode se decompor violentamente em seus elementos constituintes
(hidrogênio e carbono) eles são totalmente preenchido com massa porosa, composta de carvão de lenha, terra infusória (material
constituído essencialmente por sílica hidratada), asbesto e um cimento de ligação, Sendo seus poros visíveis a ampliações maiores de 500
vezes.
Aplicações: utilizado em larga escala na solda autogênica, no corte de metais por maçarico, devido a sua queima extremamente
exotérmica. No maçarico oxiacetilênico obtém-se temperaturas de 2500 a 3000°C.

126. Alternativa E
I. Certa. Cℓ2 é solúvel e reage do seguinte modo: Cℓ2 + H2O  HCℓO + HCℓ
II. Certa. Cℓ2 é molecular, não apresentando cargas livres, daí não conduzir corrente elétrica em qualquer estado.
III. Certa. 2 KMnO4 + 16 HCℓ  5 Cℓ2+ 2 KCℓ + 2 MnCℓ2 + 8 H2O
IV. Certa. H2C = CH2 + Cℓ2  H2CCℓ - CℓCH2   HCCℓ = CH2  -(CHCℓ - CℓHC)-
PVC
127. Alternativa D
A reação: 2 NO + O2 ⇌ 2 NO2 ΔH < 0
Sendo, então, exotérmica, portanto esta é a alternativa correta, pois contém a afirmação errada.

128.
I. N2 + 3 H3 ⇌ 2 NH3
II. 4 NH3 + 5 O2 ⇌ 4 NO + 6 H2O
III. 2 NO + O2 ⇌ 2 NO2
IV. 3 NO2 + H2O ⇌ 2 HNO3 + NO

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 59


129. Alternativa B

130.
4 FeS2 + 11 O2  2 Fe2O3 + 8 SO2
2 SO2 + O2 (*) 2 SO3 (*) Pt/V2O5
SO3 + H2O (*) H2SO4 (*) H2SO4(dil)

131. Alternativa A
2 NO2 + H2O  H2N2O5 (HNO2 + HNO3)
O composto, portanto, é o NO2 que produz dois ácidos monopróticos:
HNO2 + H2O  H+ + NO2-

132. Alternativa B
A equação de dissociação do CrCℓ3 em água é: CrCℓ3(aq) → Cr3+(aq) + 3 Cℓ-(aq)
Verde
133. Alternativa D
A equação citada pode ser representada por: NH4Cℓ(s) + KOH(aq) → KCℓ(s) + H2O(ℓ) + NH3(g)

134. Alternativa D

135.
a) Ca(OH)2(aq) + CO2(g) → CaCO3(s) + H2O(ℓ)
b) CaCO3(s)   CaO(s) + CO2(g)
CaO(s) + H2O(ℓ) → Ca(OH)2(aq)

136.
A solubilidade de um composto iônico em um solvente depende dos valores de duas energias:
a) Energia reticular: energia absorvida para separar os íons. E tanto maior quanto maior a carga e menor o raio do íon.
b) Energia de solvatação: energia liberada na união do íon com a molécula do solvente. Quanto menor o raio e maior a carga
do íon, maior a energia de solvatação. O raio do Li+ e menor que o do Na+. As interações entre o cátion Li+ e as moléculas
polares do etanol são mais intensas que as do Na+ com as moléculas do etanol. A energia de solvatação no caso do LiCℓ e
maior. Portanto, o cloreto de lítio e mais solúvel em etanol do que o cloreto de sódio.

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 60


137. Alternativa C
O aquecimento de uma mistura de oxido de cobre (I) com sulfeto de cobre (I) irá produzir cobre metálico e dióxido de
enxofre, de acordo com a equação: Cu2S + 2 Cu2O   6 Cu + SO2
A atmosfera inerte evita que ocorra a oxidação do cobre metálico formado.

138.
O ácido bórico, H3BO3, se comporta como um ácido monobásico fraco. Ele não doa prótons para a água como a maioria dos
ácidos, mas aceita íons OH-. Portanto, ele é um ácido de Lewis, sendo melhor representado como B(OH)3. Seu equilíbrio, em
água, pode ser representado pela seguinte equação:
B(OH)3(aq) + 2 H2O(ℓ)  H3O+(aq) + B(OH)4-(aq), com isso temos:
I. Incorreta.
Não é um ácido de Bronsted – Lowry, pois não doa H+ diretamente para o solvente.
II. Incorreta.
Apesar de poder ser representado pela fórmula B(OH)3, ele não é uma base de Arrhenius, pois recebe OH- da água.
III. Incorreta.
Como pode-se observar no equilíbrio descrito anteriormente, na sua ionização o íon formado é o B(OH)4-.

Desse modo, não há alternativa correta.


Por outro lado, o B(OH)3 combina-se com a água formando o B(OH)(OH)3 que libera H+ (ácido de Bronsted – Lowry) formando
B(OH)4-. Desprezando o fato de que é o intermediário a espécie que libera H+, a alternativa correta seria a A.

139.
a) 2 KO2(s) + 2 H2O(ℓ) → H2O2(g) + 2 KOH(s) + O2(g)
b) 4 KO2(s) + 2 CO2(g) → 3 O2(g) + 2 K2CO3(s)
c) 4 KO2(s) + 2 H2O + 4 CO2(g) → 4 KHCO3(s) + 3 O2(g)
Observação: O nome correto do KO2 e superóxido de potássio.

140.
a) 4 Zn(s) + 10 HNO3(muito diluído) → 4 Zn(NO3)2 + NH4NO3 + 3 H2O
b) 4 Zn + 10 HNO3 (diluído) → 4 Zn(NO3)2 + 1 N2O + 5 H2O
c) Zn + 4 HNO3 (concentrado) → Zn(NO3)2 + 2 NO2 + 2 H2O
d) 4 Sn + 10 HNO3 (diluído) → 4 Sn(NO3)2 + NH4NO3 + 3 H2O
e) 3 Sn + 4 HNO3 (concentrado) + H2O → 4 NO + 3 H2SnO3
(SnO2.H2O)

Portal de Estudos em Química (PEQ) – www.profpc.com.br Pagina 61