Você está na página 1de 7

Os gêneros textuais

Os gêneros textuais são inúmeros e cada um deles possui o seu próprio estilo
de escrita e de estrutura. Confira alguns deles a seguir:

 Conto maravilhoso;
 Conto de fadas;
 Fábula;
 Carta pessoal;
 Lenda;
 Telefonema;
 Poema;
 Narrativa de ficção científica;
 Romance;
 E-mail;
 Manual de instruções;
 Lista de compras;
 Edital;
 Conto;
 Piada;
 Relato;
 Relato de viagem;
 Diário;
 Autobiografia;
 Curriculum vitae;
 Notícia;
 Biografia;
 Relato histórico;
 Texto de opinião;
 Carta de leitor;
 Carta de solicitação;
 Editorial;
 Ensaio;
 Resenhas críticas;
 Seminário;
 Conferência;
 Palestra;
 Texto explicativo;
 Relatório científico;
 Receita culinária;
 Regulamento;
Vejamos alguns exemplos de gêneros textuais mais detalhadamente:

Carta

Na carta pessoal, é comum encontrarmos uma linguagem pessoal e a presença


de aspectos narrativos ou descritivos. Já a carta aberta, destinada à sociedade,
tende a ser do tipo dissertativo-argumentativo.

Diário

É escrito em linguagem informal, consta a data e geralmente o destinatário é a


própria pessoa que está escrevendo.

Notícia

Apresenta linguagem narrativa e descritiva e o objetivo é informar algo que


aconteceu.

Como já foi dito, os gêneros textuais são inúmeros e, por isso, seria
impossível estudá-los ao mesmo tempo. Para produzir um bom texto em
determinado gênero textual, é importante estudar as suas características e ler
alguns exemplos.

Artigo
Artigo é a palavra que, vindo antes de um substantivo, indica se ele está
sendo empregado de maneira definida ou indefinida. Além disso, o artigo
indica, ao mesmo tempo, o gênero e o número dos substantivos.

Classificação dos Artigos


Artigos Definidos

Determinam os substantivos de maneira precisa: o, a, os, as. Por exemplo:

Eu comprei o carro.

Artigos Indefinidos

Determinam os substantivos de maneira vaga: um, uma, uns, umas. Por


exemplo:

Eu comprei um carro.
Combinação dos Artigos
É muito presente a combinação dos artigos definidos e indefinidos com
preposições. Este quadro apresenta a forma assumida por essas combinações:

Preposições Artigos

o, os a, as um, uns uma, umas

a ao, aos à, às - -

de do, dos da, das dum, duns duma, dumas

em no, nos na, nas num, nuns numa, numas

por (per) pelo, pelos pela, pelas - -

- As formas à e às indicam a fusão da preposição a com o artigo definido a.


Essa fusão de vogais idênticas é conhecida por crase.

- As formas pelo(s)/pela(s) resultam da combinação dos artigos definidos com a


forma per, equivalente a por.

Sinônimos
Do grego, o termo sinônimo (synonymós) é formado pelas palavras “syn” (com); e
“onymia” (nome), ou seja, no modo literal significa aquele que está com o nome ou
mesmo semelhante a ele. Não obstante, a sinonímia é o ramo da semântica que estuda as
palavras sinônimas, ou aquelas que possuem significado ou sentido semelhante, sendo
muito utilizadas nas produções dos textos, uma vez que a repetição das palavras
empobrece o conteúdo.

Tipos de Sinônimos
Embora, muito estudiosos da área advogam sobre a inexistência de palavras sinônimas
(com valor semântico idêntico), posto que para eles, cada palavra possui um significado
distinto; de acordo com a aproximação semântica entre as palavras sinônimas, elas são
classificadas de duas maneiras:
 Sinônimos Perfeitos: são as palavras que compartilham significados idênticos, por
exemplo: léxico e vocabulário; morrer e falecer; após e depois.
 Sinônimos Imperfeitos: são as palavras que compartilham significados semelhantes e
não idênticos, por exemplo: feliz e alegre; cidade e município; córrego e riacho.

Exemplos de Sinônimos
Segue abaixo alguns exemplos de palavras sinônimas:
 Adversário e antagonista
 Adversidade e problema
 Alegria e felicidade
 Alfabeto e abecedário
 Ancião e idoso
 Apresentar e expor
 Belo e bonito
 Brado e grito
 Bruxa e feiticeira
 Calmo e tranquilo
 Carinho e afeto
 Carro e automóvel
 Cão e cachorro
 Casa e lar
 Contraveneno e antídoto
 Diálogo e colóquio
 Encontrar e achar
 Enxergar e ver
 Extinguir e abolir
 Gostar e estimar
 Importante e relevante
 Longe e distante
 Moral e ética
 Oposição e antítese
 Percurso e trajeto
 Perguntar e questionar
 Saboroso e delicioso
 Transformação e metamorfose
 Translúcido e diáfano

Antônimos
Do grego, o termo antônimo corresponde a união das palavras “anti” (algo contrário ou
oposto) e “onymia” (nome). A antonímia é o ramo da semântica que se debruça nos
estudos sobre as palavras antônimas. Do mesmo modo que os sinônimos, os antônimos
são utilizados como recursos estilísticos na produção dos textos.

Exemplos de Antônimos
Segue abaixo alguns exemplos de palavras antônimas:
 Aberto e fechado
 Alto e baixo
 Amor e ódio
 Ativo e inativo
 Bendizer e maldizer
 Bem e mal
 Bom e mau
 Bonito e feio
 Certo e errado
 Doce e salgado
 Duro e mole
 Escuro e claro
 Forte e fraco
 Gordo e magro
 Grosso e fino
 Grande e pequeno
 Inadequada e adequada
 Ordem e anarquia
 Pesado e leve
 Presente e ausente
 Progredir e regredir
 Quente e frio
 Rápido e lento
 Rico e pobre
 Rir e chorar
 Sair e entrar
 Seco e molhado
 Simpático e antipático
 Soberba e humildade
 Sozinho e acompanhado

Substantivos Coletivos são palavras que indicam o


agrupamento de pessoas, seres, coisas, objetos ou animais da mesma espécie.
Exemplos
Seguem alguns exemplos de substantivos coletivos de pessoas, animais, plantas e
objetos.

Substantivos Coletivos de Pessoas:


 Assembleia: grupo de pessoas
 Banca: grupo de examinadores
 Banda: grupo de instrumentistas
 Bando: grupo de desordeiros
 Batalhão: grupo de soldados
 Caravana: grupo de viajantes
 Cavalgada: grupo de cavaleiros
 Comunidade: grupo de cidadãos
 Corja ou Choldra: grupo de malandros
 Chusma: grupo de gente
 Concílio: grupo de bispos
 Conclave: grupo de cardeais reunidos para eleger o papa
 Congresso: grupo de parlamentares
 Corpo docente: grupo de professores
 Elenco: grupo de atores, artistas
 Exército: grupo de soldados
 Falange: grupo de soldados ou anjos
 Família: grupo dos parentes
 Farândola: grupo de mendigos
 Horda: grupo de bandidos invasores
 Junta: grupo de médicos, credores, examinadores
 Júri: grupo de jurados
 Legião: grupo de soldados, anjos ou demônios
 Malta: grupo de malfeitores
 Multidão: grupo grande de pessoas
 Orquestra: grupo de instrumentistas
 Plateia: grupo de espectadores
 Plêiade: grupo de artistas correlacionados
 População ou Povo: grupo de pessoas de uma determinada região
 Prelatura: grupo de bispos
 Prole: grupo de filhos
 Quadrilha: grupo de bandidos ou grupo de dança coletiva das festas juninas
 Tertúlia: grupo de parentes ou amigos
 Time: grupo de jogadores
 Tripulação: grupo de marinheiros ou aviadores
 Tropa: grupo de soldados
 Turma: grupo de alunos de uma mesma classe

Substantivos Coletivos de Animais:


 Alcateia: grupo de lobos
 Bando: grupo de pássaros
 Boiada: grupo de bois
 Burricada: grupo de burros
 Cáfila: grupo de camelos e dromedários
 Capela: grupo de macacos
 Cardume: grupo de peixes
 Colmeia ou Enxame: grupo de abelhas
 Escola: grupo de cetáceos
 Fato: grupo de cabras
 Fauna: grupo de animais de uma região
 Fio: grupo de atum
 Gataria: grupo de gatos
 Manada: Grupo de bois, búfalos e elefantes
 Matilha: grupo de cães
 Miríade: grupo de insetos ou estrelas
 Ninhada: grupo de filhotes
 Nuvem: grupo de gafanhotos
 Panapaná: grupo de borboletas
 Pelotão: grupo de soldados
 Plantel: grupo de animais de raça, bovinos ou equinos
 Praga: grupo de insetos nocivos
 Rebanho: grupo de ovelhas
 Revoada: grupo de aves em voo
 Trompa: grupo de lhamas
 Vara: grupo de porcos
Substantivos Coletivos de Plantas:
 Arvoredo: conjunto de árvores
 Bosque: conjunto de árvores
 Buquê: conjunto de flores
 Cacho ou Penca: conjunto de frutas
 Carvalhal ou Reboredo: conjunto de carvalhos
 Cabidela: conjunto de moedas
 Cerca: conjunto de cerquinhos
 Flora: conjunto de plantas de uma região
 Herbário: conjunto de plantas secas prensadas
 Olival: conjunto de oliveiras
 Pomar: conjunto de árvores frutíferas
 Ramalhete: conjunto de flores
 Réstia: conjunto de alhos, de cebolas
 Souto ou Castinçal: conjunto de castanheiros

Substantivos Coletivos de Objetos:


 Arsenal: grupo de armas
 Biblioteca: grupo de livros
 Cinemateca: grupo de filmes
 Coletânea: grupo de textos ou músicas
 Discoteca: grupo de discos
 Enxoval: grupo de roupas
 Esquadrilha: grupo de aviões
 Fardo: grupo de tecidos, papel, feno, palha
 Feixe: grupo de lenhas
 Fornada: grupo de pães
 Frota: grupo de carros ou navios
 Galeria: grupo de objetos de arte
 Hemeroteca: grupo de jornais e revistas
 Molho: grupo de chaves
 Pilhas: grupo de coisas colocadas umas sobre as outras
 Pinacoteca: grupo de quadros
 Seleta: grupo de textos escolhidos
 Trouxa: grupo de roupas
 Videoteca: grupo de vídeos