Você está na página 1de 3

praticantes de qualquer outra fé neo-pagã — demonólatras simplesmente

reconhecem um conceito diferente de Divino


Demonologia e a Demonolatria

Enquanto a Demonologia visa o estudo sistemático, a Demonolatria visa a Adoração dos


Demônios. De forma pura e simples. Sem filosofias e sem enrolação, simplesmente a
negociação e adoração a entidade, ofertando ela aquilo que lhe é devido.

Na antiguidade a Demonolatria possuía uma forma de atuação muito mais forte na


sociedade. As Brujas antigas e Ermitões eram considerados perigosos e temidos mesmo
pelos governantes e caçados pelo Clero,que os matava sem hesitar e oferecia
recompensas e condecorações a quem o fizesse.

A figura destes demonólatras é quase lendária,mas deveria ser espelhada pelos reais
adeptos da atualidade. A imagem é quase caricata. Uma cabana isolada, uma vida
afastada de pessoas que não sejam necessárias, auto sustentabilidade, criando animais e
vegetais para consumo em uma pequena fazenda particular, poucas terras e quase
nenhum dinheiro, roupas sempre na cor do demônio principal a quem se tem adoração e
claro, seu sigilo carregado ao pescoço ou bordado num manto. SEMPRE exposto com
Orgulho genuíno em se trabalhar com tal entidade. Em troca, o Conhecimento, a Proteção
e fidelidade de uma entidade de alta patente.

Apesar de inviável hoje em dia,tudo isso possuí uma razão em ser. O isolamento mantém
o ocultista longe de frequências energéticas indesejáveis que possam afastá -lo da
entidade que ele tanto lutou para obter. Produzir a própria comida e roupa também
preservaria mais facilmente esta pureza.
O sigilo carregado emanaria energia da entidade servindo também de comunicação entre
ambos. Familiares eram frequentemente vistos rondando a casa. Animais re lacionados a
divindade escolhida. Toda vida do ocultista era voltada para a Adoração,servidão ou
contrato. Isso fazia com que seus rituais fossem absurdamente poderosos,sendo ele
capaz de mesmo com uma palavra e gesto amaldiçoar alguém,curar ou defender. C laro,o
mesmo valia para os Santos devotados a IHWH ou alguma entidade angelical.

Irritar uma bruxa poderia fazê-la amaldiçoar você. Uma Bruja devota a Beelzebu poderia
provocar pústulas e doenças com uma simples praga rogada verbalmente. Eremitas e
velhas em cabanas eram temidos por causa deste fato.
E assim era nos tempos onde os nomes de ambos Deus e Diabo eram temidos e não
banalizados…
Um adendo interessante: Todo Satanista [tradicionalista] é, por definição, um Demonólatra
que remete ao culto de entidades de cunho Demoníaco. Mas nem todo
Demonólatra/Demonólogo é um Satanista especificamente, seguindo uma filosofia
específica ou aderindo a um posicionamento espiritual “Sinistro”. Ele pode simplesmente
estar lidando, por um período de tempo determinado ou não, com uma entidade de cunho
Demoníaco, sem estar inserido no contexto satânico por si.

By Lob

Você também pode gostar