Você está na página 1de 46

I.O que é discipulado?

“O discipulado é um processo contínuo pelo qual


uma pessoa é atraída a Cristo e se desenvolve ao
nível de crente maduro e reprodutivo na igreja. É
uma jornada que dura toda uma vida de
aprendizagem e obediência a Cristo. Ele transforma
os valores e o comportamento de uma pessoa
resultando em um ministério no lar, na igreja e no
mundo”.

Emílio Abdala
II.Que é ciclo de discipulado?
É o método definido
pela Igreja Adventista
na América do Sul
para cumprirmos o
imperativo bíblico de
ir e fazer discípulos e
combatermos a
estagnação e a
apostasia
(Mt 28:18-20).
O ciclo de
discipulado é um
programa dividido em
três fases:
conversão,
confirmação e
capacitação missionária.
I. Fase 1 – Conversão
A 1ª fase do ciclo tem
como objetivo atrair
o máximo de
interessados através
da amizade, da
oração intercessória
e de projetos
especiais.
Os requisitos desta
fase são os
seguintes: ter um
discipulador
(instrutor bíblico),
ser membro ativo da
Escola Sabatina,
completar uma série
de estudos bíblicos e
ser batizado.
II. Porque ministrar estudos
bíblicos
Cada cristão-adventista
deveria sentir a
responsabilidade de
ministrar estudos bíblicos
a pessoas interessadas
em conhecer e aprofundar
seu conhecimento da
Palavra de Deus. Afinal de
contas: “A idéia de dar
estudos bíblicos é uma
idéia de origem celestial”.
Serviço Cristão, pág. 141
“A melhor maneira de
convencer o povo da
verdade é visitando as
pessoas em seus lares,
dando estudos bíblicos e
orando por elas”.
Congresso Associação Geral, 1889
A forma como ministramos
os estudos e o conteúdo
da série determinará, em
grande parte, o perfil
espiritual e o grau de
compromisso das novas
gerações para com as
doutrinas adventistas e o
estilo de vida adventista.
A 1ª fase do ciclo do
discipulado se dará
através da série "Ouvindo
a Voz de Deus". Ele
contém 25% de temas de
conversão, 50% de temas
doutrinários e 25% de
temas sobre o estilo de
vida cristã. Esta sequência
é substanciada pela Bíblia,
por Ellen G. White e
eruditos adventistas.
III. Pontos altos do estudo
1. As perguntas são
formuladas de maneira
clara, direta e
objetiva.

2. É didático: cada
pergunta contém algo para
o aluno
participar.
3. Dá oportunidades para
respostas descritivas e V/F.

4. Apresenta os temas
mostrando, também,a
contrafação.

5. Cada estudo contém uma


recapitulação e opções de
apelo.
6. Contém apêndices com
ilustrações que ajudam na
compreensão do tema.

7. Há também um DVD com


temas para recapitulação.

8. A série foi preparada para


atender pentecostais e
evangélicos.
9. As perguntas foram
formuladas para quebrar
objeções.

10. Foi revisado por vários


pastores, obreiros bíblicos e
irmãos missionários.

11. Contém lições específicas


para dízimos e ofertas.
12. A eficácia do estudo foi
comprovada através do
trabalho pessoal, duplas
missionárias, classes bíblicas
e evangelismo público, com
resultados positivos.

13. É um estudo equilibrado,


isto é, não é "passivo" nem
"agressivo", usando uma
abordagem direta e indireta.
14.É equilibrado quanto
ao número de textos
utilizados.

15.O estudo tem como


objetivo não apenas a
conversão, mas também
o envolvimento com a
missão.
IV.Recomendações
“Trata-se de uma série de estudos bíblicos
ideal para as pessoas que desejam oferecer
instrução espiritual substanciosa
e equilibrada aos estudantes das Escrituras
Sagradas. Espero que, pela graça de Deus,
esses estudos contribuam para que
muitas pessoas que desejam se tornar
cidadãs do reino celestial sejam
eficientemente preparadas para o batismo...
...Semelhantemente, desejo que contribuam
para a manutenção da singularidade da
mensagem adventista em nossa sociedade
pós moderna e pluralista.”

Paulo Cilas da Silva,


Secretário ministerial da Associação
Paulista Sul
“A presente série de estudos provê uma
sequência lógica e elucidativa de temas
bíblicos que estimulam o relacionamento
com Deus, a aceitação plena dos Seus
ensinos e a vivência do estilo de vida
cristão. Ao fim de cada tema, o estudante
é...
...convidado a fazer um compromisso
pessoal com os ensinos da Palavra de
Deus. Esse compromisso com a verdade é
indispensável para que a nossa casa
espiritual esteja alicerçada sobre a Rocha
dos séculos.”

Alberto R. Timm, reitor do


seminário Adventista Latino-Americano de Teologia e
diretor do Departamento de Espírito de Profecia para a
Divisão Sul-Americana
As atividades para gerar
interessados na 1ª fase do
ciclo são: método de Cristo,
oração Intercessória, projeto
vida por vidas, encontros de
casais, ADRA, mutirão de
natal, escola de pais, cursos
de saúde, etc.
Consolidar o trabalho através
de atividades de
proclamação: Estudos
bíblicos nos lares pelas
duplas, classes bíblicas,
pequenos grupos,
evangelismo público.
Atividades de persuasão:
semanas de colheita, apelos,
caravanas.
V. Ciclo do Discipulado –
fase II - Confirmação
O objetivo é consolidar a
decisão dos recém batizados.
Esta fase é iniciada
imediatamente após o
batismo. O cartão de
acompanhamento
deste novo membro é feito
através do passaporte que
será recebido no dia do
batismo.
Os requisitos desta fase são:
completar os estudos
avançados da fase II, ter a
lição da Escola Sabatina e
participar de um Pequeno
Grupo (O PG é fundamental
na formação de discípulos).
A consolidação doutrinária e
no estilo de vida adventista
ocorrerá através do instrutor
bíblico que o acompanhou
durante os estudos.
No seu primeiro
trimestre após o batismo ele
deve frequentar a classe pós
batismal da Escola Sabatina.
Cada Escola Sabatina deve ter
em funcionamento uma
unidade, devidamente
organizado como
classe pós-batismal para
atender os novos conversos.
CURRICULO

Propomos os temas a
seguir para estudo
diário da lição da escola
sabatina pós-batismal.
(1) O discípulo e sua
comunhão com Deus

(2) O discípulo e sua


comunhão com seus
semelhantes

(3) O discípulo e a volta


de Jesus
(4) O discípulo e a guarda
do Sábado

(5) O discípulo e a
mordomia cristã

(6) O discípulo e seu


conhecimento das
profecias de Daniel
(7) O discípulo e seu
conhecimento das profecias
apocalípticas

(8) O discípulo e seu


conhecimento da Igreja
Adventista

(9) O discípulo e o modo de


vida cristã
(10) O discípulo e a vida em
Pequenos Grupos

(11) O discípulo e as
ferramentas missionárias da
igreja

(12) O discípulo e a missão


evangélica

(13) O discípulo e o
sacerdócio universal
VI. Ciclo do Discipulado –
fase III - Capacitação
Na terceira fase do ciclo de
discipulado o objetivo é
consolidar treinar e equipar
o recém batizado através
da escola missionária para
envolvê-lo na missão, a fim
de que ele possa tornar-se
um crente reprodutivo,
produzindo frutos para
Cristo.
A fase III do ciclo de
discipulado está sob a
responsabilidade
direta do pastor/ancião.
Nesta fase o novo membro
deve ter um companheiro
de oração, orar por cinco
pessoas e trabalhar para
levá-las a Cristo. Aqui
recomeça o ciclo.
Os temas a serem
estudados na Escola
Missionária são:

1) Descobrindo os dons
espirituais

2) Treinamento para
atividades externas
Sugerimos fazer na igreja
uma cerimônia de
reconhecimento
desses novos discípulos
descrevendo para a igreja
os estágios que eles
cumpriram e relatar
testemunhos do trabalho
que estão realizando.