Você está na página 1de 4

RESENHA

Mulheres Ajudando Mulheres


Elyse Fitzpatrick e Carol Cornish
(Rio de Janeiro: CPAD, 2001. 593 p.)

Resenha por Sharon B. Covington

Mulheres Ajudando Mulheres não é para que os cristãos se posicionem contra


apenas mais um livro de capa bonita, os apelos da cultura e sirvam a Cristo
flertando com a cultura e esperando seduzir aconselhando com esperança verdadeira.
o mercado feminino. Repleto de sabedoria
prática e discussão engajada, Mulheres Os fundamentos
Ajudando Mulheres é uma leitura A Parte I esboça uma estrutura para
proveitosa para mulheres e homens. As a filosofia e a metodologia do
editoras, Elyse Fitzpatrick e Carol Cornish, aconselhamento bíblico e, em seguida,
apresentam de maneira correta e acessível preenche-a com uma visão bíblica da
o paradigma do aconselhamento bíblico, mulher. Aqui e ali encontramos pequenas
com algumas poucas incursões na falhas. Por exemplo, embora reconheça
simplificação demasiada que costuma que a psicologia não representa uma
infestar qualquer introdução breve de um posição unificada, Fitzpatrick refere-se
tópico extenso. As colaboradoras fazem repetidamente a “o que a psicologia diz...”.
um excelente trabalho na teologia aplicada, Entretanto, a profundidade teológica está
com entendimento e sabedoria. Seus evidente (embora não requerida do leitor).
esforços para articular uma abordagem Uma discussão provocativa sobre quem
bíblica dos problemas pessoais contribuem deve aconselhar quem, e quem deve treinar
conselheiros, desafia à reflexão os
Tradução e adaptação da resenha publicada
pastores, anciãos e conselheiros.
em The Journal of Biblical Counseling, v.16,
n.1, Fall 1997, p. 58-59.
Sharon B. Covington é mestre em estudos Para os pastores tomarem nota
teológicos pelo Westminster Theological Semi- No contexto do aconselhamento, todos
nary e foi editora administrativa do The Jour- quantos conversam em particular com um
nal of Biblical Counseling. Atualmente, ela e membro do sexo oposto lutam
seu marido David dirigem um ministério de provavelmente com os problemas
aconselhamento em Quincy, na Califórnia. levantados no Capítulo 4, “Porque Mulheres
155 Coletâneas de Aconselhamento Bíblico vol. 4
devem Aconselhar Mulheres?”. Carol específica do pastor devido à autoridade
Cornish constrói um argumento persuasivo que Deus dá aos pastores e anciãos para
em defesa de que o aconselhamento seja o cuidado de Seu povo. Essa diferença de
feito por pessoas do mesmo sexo. perspectivas levanta questões práticas
Tomando por base a sabedoria, ela cruciais: o aconselhamento é uma
cataloga as tentações, os pecados responsabilidade essencialmente pastoral,
catastróficos e as possíveis confusões a baseada na autoridade bíblica conferida
que ambas as partes estão sujeitas em um pela ordenação, ou é uma parte corriqueira
relacionamento de aconselhamento longo tanto do “uns aos outros” entre irmãos
e íntimo entre homem e mulher. Ela não como do discipulado oferecido pelas
encontra, porém, argumento direto nas mulheres mais velhas às mais novas à
Escrituras, a não ser o argumento do exemplo de Tito 2? Se a prática do
silêncio ou das conjeturas culturais. Cor- aconselhamento nas igrejas couber
nish destaca que Tito atuou como pastor essencialmente aos pastores, como eles
ou ancião, ensinando as mulheres maduras encontrarão tempo para também preparar
para que pudessem ser mestras e aqueles que, como Paulo diz na carta a
encorajadoras das mulheres mais jovens, Tito, devem ser treinados para algum tipo
como Paulo o instruiu a fazer. Ela aplica de ministério de discipulado? Se Tito 2 não
esse sistema como característico e indica um modelo para o relacionamento
prescritivo para o discipulado e infere que, no aconselhamento, qual seria o nosso
na cultura da época, esse treinamento modelo bíblico? Quais os termos bíblicos
sempre aconteceria em grupo. Provável, que definem o que chamamos de
e até convincente, mas não provado. “aconselhamento”? O nosso conceito atual
Cornish afirma que a carta de Paulo a de aconselhamento existe nas Escrituras?
Tito é normativa para aqueles que Embora ambas as perspectivas peçam
compartilham a posição de Tito na igreja: cautela, sabedoria e cuidado para não cair
os homens com autoridade na igreja devem em tentação nem dar oportunidade ao
treinar os homens mais velhos, os mais pecado, nenhuma delas está carimbada
jovens e também as mulheres mais velhas. nas Escrituras.
As mulheres mais velhas, bem treinadas, Mulheres Ajudando Mulheres é um
devem ensinar e encorajar as mulheres livro que faz o que recomenda: por seu
mais novas. Cornish considera que esse intermédio, mulheres instruídas e maduras
discipulado inclui o que conhecemos como ensinam a outras mulheres (e àqueles
“aconselhamento”. Ela não vê um homens para quem isso não é problema)
fundamento bíblico para as conversas os fundamentos das soluções bíblicas para
particulares de longa duração entre um os problemas da vida, com aplicações
homem e uma mulher, possivelmente específicas a problemas comuns entre as
problemáticas, que constituem o que mulheres de hoje. Entretanto, apesar de
chamamos atualmente de “aconselhamento”. muitas fontes serem citadas, é notável a
Um ponto de vista que deve ser ausência de referência a palavras de
considerado em contraposição ao de Cor- instrução dos pastores daquelas que
nish é aquele sustentado tradicionalmente escreveram o livro – aqueles que têm o
por Jay Adams e outros que consideram o papel de Tito em suas vidas. Não duvido
aconselhamento uma responsabilidade do impacto profundo exercido na vida
Coletâneas de Aconselhamento Bíblico vol. 4 156
dessas mulheres pelos seus pastores médica. As mães solteiras adolescentes,
(alguns dos quais são seus maridos). as solteiras descontentes, as mulheres
Entretanto, há certa ironia na interação divorciadas e as mães solteiras em geral
entre o que está no livro e o que claramente encontram também seu lugar. As mulheres
NÃO está lá. Quem foi o Tito que ajudou que foram abusadas na infância e aquelas
essas mulheres a se exercitarem na que fizeram abortos, as mulheres que lutam
sabedoria bíblica? O que esses pastores com vícios, aquelas que comem demais ou
estão fazendo para treinar a igreja no praticam a bulimia, as mães que têm
discipulado e aconselhamento? crianças com problemas de aprendizagem,
as mães de adolescentes rebeldes, bem
Os detalhes como as mulheres na terceira idade ou que
Fruto do esforço de onze conselheiras enfrentam a realidade da morte – cada
sábias e habilidosas no trabalho teológico, situação é submetida ao um exame
a Parte II trata de assuntos específicos detalhado à luz da Palavra de Deus, que
que surgem na prática do aconselhamento. afirma ter tudo quanto é necessário para
Ela vem repleta de ilustrações de vida real a vida e a piedade.
e casos de estudo expressivos, bem como
aplicações detalhadas das Escrituras. Leia!
Alguns capítulos já haviam sido publicados Terminada a resenha de Mulheres
anteriormente, inclusive no Journal of Ajudando Mulheres, examinei novamente
Biblical Counseling. Embora compassivas meu exemplar. Encontrei páginas
e sensíveis, as autoras não lançam mão de marcadas, riscadas, anotações para
uma perspectiva de “vítima” nem da estudos posteriores e aplicações
premissa das necessidades pessoais específicas para mim mesma e minhas
básicas, que podem distorcer a visão bíblica aconselhadas. As notas dizem: “pense
do ser humano. Encontramos aqui uma sobre o assunto”, “prático”, “detalhado”,
sabedoria bíblica multifacetada e altamente “referência bíblica excelente”, “decore”,
prática. As referências bibliográficas, em “muito útil”, “estratégia importante”,
grande quantidade, oferecem uma fonte “perspectiva bíblica criativa”. Tornou-se
excelente de recursos para estudo e um livro de referência, parte do trabalho
tarefas para crescimento pessoal – tanto de Deus em andamento na minha vida e
para a conselheira como para a no meu ministério de aconselhamento.
aconselhada. Muitas vezes e de muitas Sim, algumas partes são menos exatas e
maneiras essa sessão demonstra a úteis que outras. Sim, determinadas partes
suficiência das Escrituras. sucumbem ao foco feminino que pode
Cada capítulo trata de um assunto resultar em certa falta de equilíbrio. Talvez
específico, que se faz presente no em sua tentativa bem-sucedida de ser um
aconselhamento de mulheres – embora os livro para o público em geral, faltou aqui e
pecados, os sofrimentos e as soluções não ali a precisão hermenêutica e lógica que
sejam exclusivos do âmbito feminino. Na eu teria preferido. Mas durante a leitura
seleção de assuntos estão incluídos atenta, fui movida pelo desejo de conhecer
problemas conjugais, casamento com melhor a Bíblia e aplicá-la com mais
incrédulo, adoção de filhos, envolvimento sabedoria a exemplo dessas mulheres. Fui
em pecados sexuais e perguntas na área desafiada ao estudo bíblico e a pensar sobre
157 Coletâneas de Aconselhamento Bíblico vol. 4
assuntos que eu sempre ficava feliz em evitar. sofrimento ou pecado, brilha claramente ao
A soberania de Deus, que reina em nossas longo do livro. Isso faz a leitura valer a pena.
vidas e provê a cura específica para cada

Coletâneas de Aconselhamento Bíblico vol. 4 158

Você também pode gostar