Você está na página 1de 11

QUESTÕES –

DIREITO CONSTITUCIONAL
(18.1)

1
Questão 1 d) Apenas II e III.
Julgue o item seguinte, relativo à classificação das Constituições e e) I, II e III.
à organização político-administrativa. Questão 6
O fato de o texto constitucional ter sido alterado quase cem vezes De acordo com a doutrina majoritária, quanto à origem, as
em razão de emendas constitucionais não é suficiente para Constituições podem ser classificadas como
classificar a vigente Constituição Federal brasileira como flexível.
a) promulgadas, que são ditas democráticas por se originarem da
( ) Certo ( ) Errado participação popular por meio do voto e da elaboração de
normas constitucionais.
Questão 2 b) outorgadas, que surgem da tradição, dos usos e costumes, da
Com relação à organização dos poderes e às funções essenciais à religião ou das relações políticas e econômicas.
justiça, julgue o item a seguir. c) cesaristas, que são as derivadas de uma concessão do
A rigidez constitucional é marca de todas as Constituições governante, ou seja, daquele que tem a titularidade do poder
brasileiras desde, e inclusive, a de 1824. constituinte originário.
d) pactuadas, que são formadas por dois mecanismos distintos de
( ) Certo ( ) Errado participação popular, o plebiscito e o referendo, ambos com o
objetivo de legitimar a presença do detentor do poder.
e) históricas, que surgem do pacto entre o soberano e a
Questão 3
organização nacional e englobam muitas das Constituições
Segundo a doutrina de Luís Roberto Barroso, no seu livro “Curso de
monárquicas.
Direito Constitucional Contemporâneo: os conceitos fundamentais
e a construção do novo modelo”, os princípios constitucionais
gerais são especificações dos princípios fundamentais e, por seu Questão 7
menor grau de abstração, prestam-se mais facilmente à tutela O poder constituinte originário
direta e imediata das situações jurídicas que contemplam.
Considerando esse contexto, assinale a alternativa que NÃO A) É fático e soberano, incondicional e preexistente à ordem
representa um desses princípios constitucionais gerais, segundo o jurídica.
citado autor. b) É reformador, podendo emendar e reformular.
c) É decorrente e normativo, subordinado e condicionado aos
a) Isonomia. limites da própria Constituição.
b) Devido processo legal. d) É atuante junto ao Poder Legislativo comum, com critérios
c) Segurança jurídica. específicos e de forma contínua.
d) Princípio republicano. e) É derivado e de segundo grau, culminando em atividade
e) Princípio da razoabilidade. diferida.

Questão 4 Questão 8
O poder constituinte compreende o poder responsável pela O art. 5.° , inciso XIII, da Constituição Federal de 1988 (CF) assegura
criação, modificação ou mesmo extinção de normas ser livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão,
constitucionais. O poder constituinte se divide em duas espécies. A atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer. Com
respeito das espécies de poder constituinte, assinale a alternativa base nisso, o Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil
correta. estabelece que, para exercer a advocacia, é necessária a aprovação
no exame de ordem. A norma constitucional mencionada,
a) A ordem jurídica começa com o poder constituinte originário. portanto, é de eficácia
b) O poder constituinte remanescente é ilimitado e
incondicionado. A) contida.
c) O poder constituinte decorrente é responsável pela
modificação das normas da Constituição Federal. B) programática.
d) O poder constituinte secundário reformador é responsável pela C) plena.
elaboração das Constituições Estaduais. D) limitada.
E) diferida.
Questão 5
Em relação à classificação das constituições, analise as seguintes
assertivas:
I. Quanto à forma, são materiais ou formais.
II. Quanto ao modo de elaboração, são dogmáticas, históricas ou
sistemáticas.
III. Quanto à estabilidade, podem ser superrrigidas, rígidas, flexíveis
ou semirrígidas.

Quais estão corretas?


a)Apenas I.
b)Apenas II.
c) Apenas III.
2
Questão 9
Pedro, em uma discussão sobre as características dos princípios Questão 11
constitucionais, afirmou que eles oferecem grande liberdade A respeito das normas constitucionais, julgue os itens a seguir.
valorativa para o intérprete, bem como que o conflito entre eles é
resolvido no plano da validade. João, por sua vez, acresceu que a I As normas de eficácia absoluta, assim como as cláusulas pétreas,
são normas constitucionais intangíveis.
posição jurídica amparada em certo princípio não é definitiva, já
II As normas de eficácia plena têm aplicabilidade mediata, porque
que este pode ser preterido por outro, conforme as circunstâncias
seus efeitos podem ser postergados.
do caso concreto.
III As normas de eficácia relativa restringível ou de eficácia contida
Sobre a hipótese narrada, assinale a afirmativa correta.
têm aplicabilidade imediata, embora sua eficácia possa ser
reduzida conforme estabelecer a lei.
A) Pedro e João estão totalmente incorretos, pois os princípios IV As normas de eficácia relativa complementável têm produção
oferecem pouca liberdade valorativa para o intérprete. O mediata de efeitos, ou seja, enquanto não for promulgada a
conflito entre eles não é resolvido no plano da validade, além legislação regulamentadora, não produzirão efeitos positivos,
de sempre embasarem posições definitivas. além de terem eficácia paralisante de efeitos nas normas
B) Pedro está parcialmente incorreto, já que o conflito entre anteriores incompatíveis.
princípios não é resolvido no plano da validade. João está
totalmente correto. Estão certos apenas os itens
C) Pedro está parcialmente incorreto, já que os princípios não a) I e II.
oferecem grande liberdade valorativa para o intérprete. João b) I e III.
está totalmente correto. c) II e IV.
D) João está incorreto, pois a posição jurídica amparada em d) I, III e IV
princípios constitucionais sempre é definitiva. Pedro está e) II, III e IV.
parcialmente incorreto, pois o conflito não é resolvido no plano
da validade. Questão 12
E) João está incorreto, pois a posição jurídica amparada em A Constituição Federal de 1988 veda a instituição de impostos
princípios constitucionais sempre é definitiva. Pedro está sobre patrimônio, renda ou serviços relacionados às finalidades
parcialmente incorreto, pois os princípios não oferecem grande essenciais dos partidos políticos, dos sindicatos e das instituições
liberdade valorativa para o intérprete. de educação e de assistência social sem fins lucrativos, atendidos
os requisitos da lei. De acordo com a classificação tradicional da
eficácia das normas constitucionais, tal norma é de aplicabilidade
Questão 10
Diversos autores, para facilitar o estudo das Constituições, a) imediata, embora de eficácia contida.
fornecem classificações das mais diversas ordens para essas Cartas, b) diferida, pois de eficácia limitada.
na busca de esclarecer os traços mais marcantes desses Estatutos c) diferida, pois de eficácia contida
Supremos dos Estados, apontando seus pontos comuns e d) imediata, pois de eficácia plena.
particularidades em relação a outros Textos Constitucionais. Desta e) imediata, embora de eficácia limitada.
feita, aponte a alternativa que apresenta a classificação da
Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988, segundo o Questão 13
modo de elaboração, origem, extensão e estabilidade,
De acordo com uma das classificações das normas constitucionais
respectivamente: quanto à sua aplicabilidade, o preceito constitucional segundo o
qual “o Estado promoverá, na forma da lei, a defesa do
A) Histórica, Outorgada, Analítica e Imutável. consumidor” contém norma de eficácia
b) Dogmática, Outorgada, Sintética e Rígida.
c) Histórica, Pactuada, Analítica e Imutável.
d) Dogmática, Outorgada, Sintética e Flexível. a) Plena, uma vez que as normas definidoras de direitos e
e) Dogmática, Promulgada, Analítica e Rígida. garantias fundamentais têm aplicação imediata, podendo
produzir todos os seus efeitos independentemente de edição
de lei.
b) Plena, uma vez que todos os seus efeitos podem ser produzidos
mediante ordem judicial proferida em mandado de segurança
voltado para suprir a ausência de norma regulamentadora da
Constituição.
c) Contida, uma vez que todos os seus efeitos podem ser
produzidos independentemente de lei que, se editada, pode
estabelecer os termos em que o direito constitucional deve ser
exercido.
d) Limitada, uma vez que depende de edição de lei para que todos
os seus efeitos possam ser produzidos.
e) Contida, uma vez que todos os seus efeitos podem ser
produzidos mediante ordem judicial proferida em ação
popular, voltada para suprir a ausência de norma
regulamentadora da Constituição.
3
Questão 14 Questão 17
O Poder Constituinte derivado tem como característica, dentre Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre:
outras, ser
I – direito civil, comercial, penal, processual, eleitoral, agrário,
a) autônomo, pois o seu titular é o povo e, por isso, não está marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho;
limitado pelo direito. Art. 37. (...)
b) limitado, pois sua obra é limitada por regras estabelecidas pelo I – os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos
Constituinte originário. brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim
c) inicial, pois sua obra é a base da ordem jurídica. como aos estrangeiros, na forma da lei;
d) insubordinado, pois está limitado apenas por princípios não
Art. 216. (...)
escritos.
e) incondicionado, pois não está sujeito a qualquer forma § 3.º A lei estabelecerá incentivos para a produção e o
prefixada para manifestar sua vontade. conhecimento de bens e valores culturais.
Constituição da República Federativa do Brasil.
Questão 15 Quanto ao grau de eficácia, as regras constitucionais
Com relação ao Poder Constituinte Derivado, é CORRETO afirmar anteriormente apresentadas classificam-se, respectivamente,
que como regras de eficácia

a) a Constituição poderá ser emendada mediante proposta de


a) plena, limitada e contida.
dois terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos
Deputados ou do Senado Federal. b) limitada, contida e programática.
b) a Constituição não pode ser emendada mediante proposta da c) contida, plena e limitada.
iniciativa popular, como assinala a doutrina majoritária. d) plena, contida e limitada.
c) a proposta de emenda será discutida e votada em cada Casa do
e) plena, programática e contida.
Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada
se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos
membros, e, após, caberá ao Presidente da República vetar ou Questão 18
sancionar a proposta de emenda constitucional. De acordo com a teoria constitucional majoritária, a constituição é
d) a matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou classificada como
havida por prejudicada pode ser objeto de nova proposta na
mesma sessão legislativa. a) consuetudinária, se fundamentada em documentos formais,
e) o Presidente da República vetará emenda constitucional que rejeitando a possibilidade de as regras serem embasadas nos
considere inadequada, cabendo ao Congresso analisar o veto. costumes constitucionais.
b) rígida, se for passível de alterações por meio de um processo
Questão 16 legislativo mais restrito do que o previsto para a edição de leis
A mutação constitucional ordinárias.
c) cesarista, se promulgada sem nenhuma submissão à ratificação
A) é fenômeno reconhecido apenas pela doutrina, uma vez que o popular.
STF evita aplicá-la. d) material, se for escrita e representada por meio de um único
b) ocorre em razão da natureza monossêmica do texto documento solene.
constitucional.
c) acarreta a alteração da configuração verbal do texto Questão 19
constitucional. A respeito das características do poder constituinte e de sua
d) decorre da técnica de declaração de nulidade de dispositivos configuração em originário ou derivado, assinale a opção correta.
legais pelo controle concentrado.
e) é justificada pelas modificações na realidade fática e na
percepção do direito. A) A criação de novos territórios federais é exemplo do exercício
do poder constituinte derivado decorrente.
b) A outorga e a convenção são formas de expressão do poder
constituinte originário.
c) A tese da existência de hierarquia entre normas constitucionais
decorrentes do exercício do poder constituinte originário é
aceita pelo STF.
d) O sistema constitucional brasileiro admite a teoria da dupla
revisão.

4
Questão 20
Em relação a sua eficácia jurídica, as normas de eficácia contida Questão 24
É considerada de eficácia limitada, na medida em que dependente
a) produzem efeitos plenos na ausência de lei que contenha sua de regulamentação para a produção de efeitos, a norma
eficácia. constitucional segundo a qual
b) são ineficazes na ausência de lei regulamentadora.
c) não são autoaplicáveis. A) a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou
d) não podem ser restringidas por lei. ameaça a direito.
e) são ineficazes na ausência de política pública. b) a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito
e a coisa julgada.
c) é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão,
Questão 21 atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer.
O voto secreto e o voto feminino foram assentados, pela primeira d) são brasileiros naturalizados os nascidos no estrangeiro de pai
vez, em base constitucional no país, pela Constituição Brasileira de brasileiro ou de mãe brasileira, desde que sejam registrados em
repartição brasileira competente ou venham a residir na
A) 1891. República Federativa do Brasil e optem, em qualquer tempo,
b) 1934. depois de atingida a maioridade, pela nacionalidade brasileira.
c) 1937. e) são direitos dos trabalhadores a participação nos lucros, ou
d) 1946. resultados, desvinculada da remuneração, e,
e) 1967. excepcionalmente, participação na gestão da empresa,
conforme definido em lei.
Questão 22
Analise os dispositivos constitucionais a seguir reproduzidos e Questão 25
assinale a alternativa que os classifica, respectiva e corretamente, O Presidente da República propôs projeto de emenda à
considerando a eficácia das normas constitucionais. Constituição Federal para que fosse alterada a idade mínima para a
“A criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de aposentadoria dos servidores públicos da União, Estados, Distrito
Municípios far-se-ão por lei estadual, dentro do período Federal e Municípios, tendo a proposta sido aprovada, em cada
determinado por lei complementar federal, e dependerão de uma das Casas do Congresso Nacional, em dois turnos, pelo voto
consulta prévia, mediante plebiscito, às populações dos Municípios de 3/5 dos respectivos membros. Nessa situação, a emenda
envolvidos, após divulgação dos Estudos de Viabilidade Municipal, constitucional daí decorrente é fruto do Poder Constituinte
apresentados e publicados na forma da lei” (art. 18 § 4° ).
“Aos maiores de sessenta e cinco anos é garantida a gratuidade a) originário, mas deveria ter sido aprovada em votação única
dos transportes coletivos urbanos” (art. 230 § 2° ). pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, conjuntamente.
b) originário, mas foi aprovada sem que se observasse o quórum
a) Limitada e plena. exigido pela Constituição Federal.
b) Contida e limitada. c) derivado, tendo sido aprovada com observância da
c) Plena e contida. Constituição Federal.
d) Limitada e contida. d) derivado, mas o Presidente da República não poderia ter
e) Limitada e limitada. apresentado o projeto de emenda à Constituição, por não estar
no rol de legitimados para tanto.
Questão 23
“(...) consiste em uma alteração do significado de determinada Questão 26
norma da Constituição, sem observância do mecanismo A mutação constitucional
constitucionalmente previsto para as emendas e, além disso, sem
que tenha havido qualquer modificação do seu texto” (L. R.
BARROSO). a) é fenômeno reconhecido apenas pela doutrina, uma vez que o
A definição supra diz respeito a um princípio de interpretação STF evita aplicá-la.
constitucional denominado b) ocorre em razão da natureza monossêmica do texto
constitucional.
a) reforma constitucional. c) acarreta a alteração da configuração verbal do texto
b) revisão constitucional. constitucional.
c) mutação constitucional.
d) decorre da técnica de declaração de nulidade de dispositivos
d) interpretação conforme sem redução de texto. legais pelo controle concentrado.
e) interpretação conforme com redução de texto.
e) é justificada pelas modificações na realidade fática e na
percepção do direito.

5
Questão 27
O surgimento de nova norma constitucional pode levar, mas não Questão 30
leva, necessariamente, à revogação da legislação anterior. Tal fato Ao Poder que possibilita a instauração de uma nova ordem jurídica
gera três fenômenos jurídicos distintos que dizem respeito à dá-se o nome de Poder Constituinte
aplicabilidade das novas normas constitucionais no tempo, em
contraponto às normas constitucionais anteriores à sua existência, a) inicial e autônomo, pois produz uma nova Constituição, mas
são eles: deve respeitar as cláusulas pétreas, direitos e garantias
fundamentais constantes das cartas constitucionais anteriores.
a) Inconstitucionalização, Recepção e Revogação. b) originário, pois delibera e produz a nova ordem constitucional,
b) Repristinação, Recepção e Desconstitucionalização. sendo, assim, autônomo, incondicionado e não estando
c) Desconstitucionalização, Estabilização constitucional e limitado às normas constantes das Constituições anteriores.
Recebimento. c) derivado, tendo em vista que constitui a substituição dos
d) Repristinação, Inconstitucionalizaçao e Impulsão. ordenamentos jurídicos anteriores, embora seja autônomo em
relação a eles.
d) derivado, pois se presta a substituir a carta constitucional
Questão 28 anterior, dela derivando e, portanto, devendo respeitar o
Determinado julgado do Supremo Tribunal Federal contém a procedimento formal para essa medida, bem como as cláusulas
seguinte ementa: pétreas.
“Recurso Extraordinário. Repercussão Geral. Equiparação do prazo e) originário, pois se consideram inexistentes as cartas
da licença-adotante ao prazo de licença-gestante. (...) Alteração da constitucionais anteriores, salvo no que se refere às cláusulas
realidade social e nova compreensão do alcance dos direitos do pétreas e à forma e sistema de governo.
menor adotado. Avanço do significado atribuído à licença parental
e à igualdade entre filhos, previstas na Constituição. Superação de Questão 31
antigo entendimento do STF”. A promulgação da Constituição Federal de 1988 inaugurou uma
nova ordem normativa. Essas normas, contudo, não são imutáveis,
Este trecho da citada ementa faz referência ao que se denomina podendo sofrer alterações, de acordo com procedimentos e
condições impostos pela própria Constituição, tais como, limites
a) mutação constitucional.
b) reforma constitucional. a) materiais, que impedem a alteração das matérias que já
c) poder constituinte derivado. tenham sido objeto de modificação no texto constitucional.
d) derrotabilidade. b) temporais, que estabelecem prazo para alteração de
e) método tópico-problemático. determinados temas, sob pena das respectivas normas não
mais poderem ser objeto de modificação, como no caso do
Questão 29 princípio federativo e da separação de poderes.
Acerca do poder constituinte e controle de constitucionalidade, é c) procedimentais, tais como iniciativa de proposta de alteração
correto afirmar: mais restrita , quórum de aprovação mais alto, com votações
em dois turnos, tanto na Câmara dos Deputados, quanto no
a) O STF admite controle concentrado ou difuso de Senado Federal.
constitucionalidade de normas produzidas pelo poder d) materiais e procedimentais, com restrição de matérias passíveis
constituinte originário, aplicando a tese das “normas de alteração e tramitação das propostas exclusivamente pelo
constitucionais inconstitucionais". Senado Federal, em dois turnos de votação.
b) Um dos exemplos à limitação circunstancial do poder de reforma e) circunstanciais e temporais, pois em determinadas situações
na CRFB/88 diz respeito às pessoas que poderão propor emendas concretas não poderá ser apresentada proposta de alteração
à Constituição (artigo 60, CRFB/88). do texto constitucional, que será liminarmente rejeitada, salvo
c) O poder constituinte originário é definido como permanente, se dispuser sobre direitos e garantias fundamentais.
pela possibilidade de se manifestar a qualquer tempo.
d) A CRFB/88 adota o entendimento de que o povo é o titular do
poder constituinte, se filiando, portanto, à concepção da teoria
da soberania nacional cunhada por Emmanuel Sieyès.
e) As limitações materiais ao poder constituinte de reforma (artigo
60, § 4°, CRFB/88) significam a intangibilidade literal da
respectiva disciplina na Constituição originária.

6
Questão 32 Questão 35
Este Poder é o responsável pelas alterações no texto constitucional Assinale a alternativa correta de acordo com a Constituição Federal
segundo as regras instituídas pelo Poder Constituinte Originário. de 1988.
Caracteriza-se por ser instituído, jurídico, limitado e condicionado
pelo direito. A Constituição de 1988 estabeleceu a possibilidade de a) O preâmbulo constitucional reveste-se de caráter normativo e
sua manifestação por meio de reforma (CF, art. 60) ou de revisão pode, até mesmo, ser parâmetro para o controle de
constitucional (ADCT, art. 3°). Tal conceito diz respeito ao Poder constitucionalidade.
Constituinte: b) As normas constitucionais de eficácia contida são dotadas de
aplicabilidade reduzida pois necessitam de regulamentação
a) Decorrente. para produzir efeito pleno.
b) Incondicionado. c) O Ato de Disposições Constitucionais Transitórias tem a mesma
c) Derivado. rigidez e situa-se no mesmo nível hierárquico das demais
d) Originário. normas constitucionais, só podendo ser alterado por meio de
e) Inicial. emenda constitucional.
d) As normas constitucionais de eficácia limitada produzem efeito
Questão 33 mediato e indireto, e até a sua efetiva regulamentação
Assinale a opção correta a respeito da Constituição Federal de permanece em vigor a legislação pretérita em sentido contrá-
1988 (CF) e dos poderes constituintes. rio, bem como não servem de parâmetro para o controle de
constitucionalidade.
a) O poder constituinte originário, que elaborou a CF, é e) As normas constitucionais de princípios programáticos são de
essencialmente político, extrajurídico, sem limites formais, e aplicabilidade direta, imediata e integral.
esgotou-se com a promulgação da CF.
b) A CF é uma constituição promulgada, oriunda da atuação do Questão 36
poder constituinte derivado, uma vez que a assembleia Em relação à natureza e classificação das normas constitucionais, é
nacional constituinte foi convocada por emenda à Constituição correto afirmar:
anterior.
I. o preâmbulo não se situa no âmbito do Direito, mas no domínio
c) Da elaboração da CF, que é uma constituição promulgada,
da política, refletindo posição ideológica do constituinte e não
participaram cidadãos que, nessa condição, votaram diversos
apresentando, portanto, força normativa, nem criando direitos ou
de seus dispositivos na própria assembleia nacional
obrigações.
constituinte.
d) A CF pode ser modificada pela atuação de poder constituinte II. o ADCT, ou Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, não
derivado, obedecidas as normas nela inseridas pelo poder tem natureza de norma constitucional, tratando-se de mera regra
constituinte originário. de transição, interpretativa e paradigmática.
e) A CF pode ser modificada pela atuação de poder constituinte III. a interpretação conforme a Constituição pressupõe uma
decorrente, obedecidas as normas nela inseridas pelo poder Constituição rígida e, em decorrência, a supremacia hierárquica das
constituinte originário. normas constitucionais perante o ordenamento jurídico, normas
essas que obedecem ao princípio da presunção de
constitucionalidade.
Questão 34
No que se refere à interpretação da natureza jurídica do
Está correto o que se afirma em
preâmbulo da Constituição, segundo jurisprudência do Supremo
Tribunal Federal, é correto afirmar que: a) III, apenas.
b) I e II, apenas.
a) o preâmbulo da Constituição é normativo, apresentando a c) II e III, apenas.
mesma natureza do articulado da Constituição e,
d) I, II e III.
consequentemente, serve como paradigma para a declaração
de inconstitucionalidade. e) I e III, apenas.
b) o preâmbulo da Constituição não constitui norma central, não
tendo força normativa e, consequentemente, não servindo Questão 37
como paradigma para a declaração de inconstitucionalidade. ASSINALE A ALTERNATIVA INCORRETA:
c) o preâmbulo da Constituição possui natureza histórica e a) as normas amparadas por cláusulas pétreas têm importantes
política, entretanto, se situa no âmbito dogmático e, repercussões hermenêuticas, mas não superioridade jurídica
consequentemente, serve como paradigma para a declaração sobre as demais normas constitucionais editadas pelo poder
de inconstitucionalidade. constituinte originário;
d) o preâmbulo da Constituição possui natureza interpretativa ou b) o preâmbulo da Constituição não tem força normativa
unificadora e traz sentido às categorias jurídicas da autônoma, podendo, no entanto, ser utilizado como reforço
Constituição e, portanto, trata-se de norma de reprodução argumentativo ou diretriz hermenêutica;
obrigatória nas Constituições estaduais. c) é impossível a reforma constitucional das normas transitórias
7
do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, porque
incompatível com a provisoriedade que lhes é ínsita;
d) é entendimento consolidado do STF de que o Estado-membro
não pode criar procedimento mais rigoroso do que o previsto
na Constituição Federal para a emenda de suas Constituições.
Questão 38
A propósito do Preâmbulo da Constituição da República, é Questão 41
CORRETO afirmar, segundo a doutrina majoritária, a Constituição De acordo com os princípios fundamentais estabelecidos na CF,
da República e a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal: assinale a opção que apresenta, respectivamente, as formas de Estado
e de governo adotadas no Brasil.
A) Traduz uma pauta de valores constitucionais, nos campos
social, político, econômico, entre outros, com poder normativo a) Federação e República
suficiente para vincular o aplicador da norma e, segundo o b) Federação e presidencialismo
Supremo Tribunal Federal, para afastar, por vício de
inconstitucionalidade, lei que não se adeque ao seu conteúdo c) Presidencialismo e República
axiológico. d) República e Federação
b) Serve de parâmetro interpretativo dos preceitos e) República e presidencialismo
constitucionais, além de proclamar os princípios da
Constituição da República, havendo grande divergência
Questão 42
doutrinária sobre sua força normativa.
Nos termos que se encontra previsto(a) na Constituição Federal de
c) O preâmbulo impõe expressamente como valores supremos o 1988, NÃO pode ser considerado(a) como fundamento da
exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, o bem- República Federativa do Brasil:
estar, o desenvolvimento, a igualdade, a fraternidade e a
justiça. a) soberania.
d) O preâmbulo impõe como valores superiores a soberania, a b) cidadania.
cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do c) dignidade da pessoa humana.
trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. d) defesa da paz.
e) pluralismo político.
Questão 39
A propósito da expressão “SOB A PROTEÇÃO DE DEUS”, insculpida
no preâmbulo da Constituição da República, pode-se afirmar que: Questão 43
“O título I da Constituição brasileira de 1988, composto por quatro
artigos, é dedicado aos princípios fundamentais do Estado
a) é norma de repetição obrigatória, devendo constar no brasileiro. O nosso constituinte utilizou essa expressão genérica
preâmbulo das Constituições Estaduais; para traduzir a ideia de que nesses primeiros quatro artigos já se
b) constitui uma exortação sem carga normativa; estabelecem a forma do nosso Estado e de seu governo, proclama-
c) possui força normativa a partir da qual são aceitos símbolos se o regime político democrático fundado na soberania popular e
religiosos em repartições públicas; institui a garantia da separação de funções entre os poderes.
Também neles encontram-se os valores e os fins mais gerais
d) possui força normativa, porém não é de repetição obrigatória;
orientadores de nosso ordenamento constitucional, funcionando
e) refere a opção religiosa do Poder Constituinte Originário, como diretrizes para todos os órgãos mediante os quais atuam os
reconhecendo o cristianismo como orientação espiritual oficial poderes constituídos.” (Paulo e Alexandrino, 2008, p. 83).
no Brasil.
Nos termos da Constituição Federal de 1988, sobre os princípios
fundamentais, é correto afirmar que:
Questão 40
NÃO se constitui um objetivo fundamental da República Federativa
a) São poderes da União, dependentes e harmônicos entre si, o
do Brasil:
Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
b) A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações
a) Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, internacionais pelo princípio da proibição de asilo político.
sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
c) A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações
b) Prevalência dos direitos humanos. internacionais pelo princípio da intervenção.
c) Garantir o desenvolvimento nacional. d) A República Federativa do Brasil tem como fundamento o
d) Erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as pluralismo político.
desigualdades sociais e regionais. e) Constitui objetivo fundamental da República Federativa do
e) Construir uma sociedade livre, justa e solidária. Brasil erradicar a pobreza e a marginalidade e reduzir somente
as desigualdades regionais.

8
Questão 44 Questão 47
Conforme prevê a Constituição Federal, é correto afirmar: Considerando a hermenêutica do princípio da separação de
poderes e das funções típicas do Poder Judiciário:
a) A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel
dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em a) Cabe ao Poder Judiciário o desfazimento de atos e a alteração
Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos a de leis sempre que entender que a solução encontrada pelo
soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores Executivo e pelo Legislativo não foi a que melhor atendeu a
sociais do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político. finalidade pretendida.
b) Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do b) Somente a função judicante é típica do Poder Judiciário, não
Brasil construir uma sociedade livre, justa e solidária; a prevalência atuando, interna ou externamente, nas esferas administrativa
dos direitos humanos; a dignidade da pessoa humana; a solução ou legislativa.
pacífica dos conflitos; o pluralismo político. c) A omissão ou atuação deficiente do poder legislativo permite
c) A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações que, por meio do mandado de injunção, o Poder Judiciário
internacionais pelos princípios da soberania; da prevalência dos profira decisão que substitua a norma formalmente
direitos humanos; da dignidade da pessoa humana; dos valores inadequada.
sociais do trabalho e da livre iniciativa; da defesa da paz. d) Além da função judicante, cabe ao Poder Judiciário o poder
d) Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do legislativo, na medida em que pode suprir as lacunas
Brasil construir uma sociedade livre, justa e solidária; a defesa da normativas, proferindo decisões com caráter geral e abstrato,
dignidade da pessoa humana; dos valores sociais do trabalho e da em substituição às leis.
livre iniciativa; a defesa da paz. e) A função de fiscalização também é típica do Poder Judiciário,
que exerce controle de legalidade sobre a atuação da
Questão 45 Administração pública, respeitado o princípio da inércia
Assinale a alternativa que contém um dos objetivos fundamentais
da República Federativa do Brasil, segundo a Constituição Federal Questão 48
de 1988. Assinale a opção correta a respeito da organização dos poderes e
do sistema de freios e contrapesos no direito constitucional pátrio.
a) Enaltecer os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
b) Defender a solução pacífica dos conflitos. a) Adotada por diversos países, entre eles o Brasil, a ideia de
c) Facilitar a cooperação entre os povos para o progresso da tripartição dos poderes do Estado em segmentos distintos e
humanidade. autônomos entre si — Legislativo, Executivo e Judiciário — foi
d) Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, concebida por Aristóteles.
sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. b) A atividade legislativa e a de julgar o presidente da República
nos crimes de responsabilidade são funções típicas do Poder
Legislativo.
Questão 46 c) Constitui exemplo de mecanismo de freios e contrapesos a
A respeito do Princípio da Separação de Poderes (princípio do possibilidade de rejeição, pelo Congresso Nacional, de medida
Direito Constitucional), assinale a alternativa correta. provisória editada pelo presidente da República.
d) As expressões poder, função e órgão são sinônimas.
a) O legislador constituinte originário elegeu a separação de e) A CF adotou o princípio da indelegabilidade de atribuições de
Poderes como cláusula pétrea da Constituição Federal de 1988. forma absoluta, inexistindo qualquer exceção a essa regra.
b) São Poderes da República, independentes e harmônicos entre
si, o Legislativo, o Executivo, o Judiciário e o Ministério Público.
c) Como exemplo do sistema de freios e contrapesos do Princípio
da Separação de Poderes, os membros do Supremo Tribunal
Federal são escolhidos pelo Senado Federal e se submetem à
aprovação da Presidência da República.
d) O Judiciário exerce tipicamente a jurisdição e a fiscalização
contábil, financeira e orçamentária dos dinheiros públicos.
e) O Poder Legislativo tem como função típica a atividade de
legislação, sendo responsável pela edição de medidas
provisórias.

9
Questão 49
Considerando-se que o Legislativo, o Executivo e o Judiciário são
Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, de acordo
com o art. 2º da Constituição Federal, o Poder Judiciário

a) pode determinar a implementação pela Administração pública,


quando inadimplente, de políticas públicas
constitucionalmente previstas, sem que haja ingerência em
questão que envolve o poder discricionário do Poder Executivo.
b) não pode, nem em situações excepcionais, determinar que a
Administração pública adote medidas assecuratórias de direitos
constitucionalmente reconhecidos como essenciais, sob pena
de violação do princípio da separação dos poderes.
c) não tem legitimidade democrática para determinar que a
Administração pública adote medidas assecuratórias de direitos
constitucionalmente reconhecidos como essenciais, ainda que
isso não configure violação do princípio da separação dos
poderes.
d) não pode determinar a implementação pela Administração
pública, quando inadimplente, de políticas públicas
constitucionalmente previstas, por causa de suas limitações
técnicas.
e) pode determinar a implementação pela Administração pública,
quando inadimplente, de políticas públicas
constitucionalmente previstas, desde que haja orçamento
aprovado para atender a determinação.

Questão 50
Sobre o significado da expressão “independência e harmonia dos
poderes”, na clássica divisão tripartite entre as funções do Poder,

A) no exercício das atribuições que lhes sejam próprias, precisam os


titulares consultar os outros e necessitam de sua autorização.
b) a investidura e a permanência das pessoas num órgão do governo
não dependem da confiança nem da vontade dos outros.
c) na organização dos respectivos serviços, o titular é livre e soberano
para dispor conforme suas convicções.
d) não cabe exclusivamente ao Presidente da República prover e
extinguir cargos públicos da Administração federal, bem como
exonerar ou demitir seus ocupantes.
e) não compete com exclusividade às Câmaras do Congresso e aos
Tribunais elaborar os respectivos regimentos internos, em que se
consubstanciam as regras de seu funcionamento, sua organização,
direção e polícia.

10
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
CERTO ERRADO D A C A A A B E D A D B B E D B B A
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
B A C E C E B A C B C C D B C E C B B B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
A D D A D A E C A B