Você está na página 1de 3

OS 4 TEMPERAMENTOS

Para começar a compreender os temperamentos, imagine uma cruz. No topo desta, há o calor; na base, o frio; de um lado, a umidade e de outro a secura.

Para entender essa cruz, pensemos em opostos: quente e frio. Por exemplo, ao colocar a água no bule, espera-se que ela esquente. Agora, o que a classifica como quente? A água começa a expandir, expandir e expandir. Portanto, uma das qualidades do calor é a expansão. Seguindo o raciocínio, quando essa água é colocada no freezer, ela vai se acalmando, ficando mais introvertida, contraindo-se. As coisas frias se contraem, as quentes expandem. O calor tem um princípio de vida específico, chamado de princípio de expansão; o frio, um princípio de contração.

Dado o primeiro par de opostos, sigamos ao próximo: seco e úmido. Imaginemos algo úmido, como a água. As coisas úmidas têm uma característica de envolver, de se acomodar, de ser mais complacentes. Agora, as coisas secas não têm tal capacidade, e sim a de rigidez, firmeza. O macarrão seco é duro, se rompe, não se acomoda. O macarrão úmido se acomoda, é bem deglutido.

Essa exposição é uma parte fundamental para entender os temperamentos. Essa cruz, esse par de opostos é o princípio para a compreensão dos temperamentos. Ao combinarmos esses opostos, obtemos quatro combinações: quente e úmido, quente e seco, frio e seco e, por fim, frio e úmido. Dessas combinações nasce a ideia dos quatro temperamentos. Os temperamentos são uma estrutura mineral da psicologia humana é fixa, não muda; como um chão que precisa ser conhecido ou um papel sobre o qual escrevemos nossa própria história. Dito de outro modo, os temperamentos são estruturas pelas quais se sustenta a atividade psíquica. São um filtro da nossa psique conferem um certo modo de experimentar o impacto do mundo.

Agora, compreendendo melhor os temperamentos, já não se pode confundir temperamento e personalidade. Se o temperamento é uma estrutura mineral, a personalidade é um vegetal cresce, muda, desenvolve-se. O vegetal está plantado em um certo solo. Então, dependendo de como foi tratado o solo (o temperamento; a estrutura mineral), a estrutura vegetal vai também crescer de certo modo. A personalidade é o conjunto de coisas que acontece conosco e que vai se articulando através da nossa história.

QUENTE ÚMIDO FRIO
QUENTE
ÚMIDO
FRIO
SECO
SECO

O fogo COLÉRICO

Aplicando essas combinações, imagine alguém que tem as qualidades do quente e seco. Ela expande mas não envolve. Quem vem a ser essa pessoa? Trata-se de uma pessoa com a característica de fogo. Ela tem capacidade de liderar expande, mas mantém suas ideias extrovertida, está sempre botando tudo para fora. Essas pessoas não tomam decisões para agradar os outros, e sim para ir atrás de seus objetivos, suas ideias e seus ideais (referente à secura).

O ar SANGUÍNEO

Imagine agora uma pessoa que tem essa capacidade de expansão, porém também possui a característica da umidade. Essa combinação resulta no elemento ar. O ar expande e envolve, assim como a fala perceba que o fogo também é extrovertido; fala, expressa, elabora melhor os pensamentos com a fala em vez de com o pensamento.

A água FLEUMÁTICO

Se você está em um ambiente sem estar falando com ninguém, mas está confortável, você provavelmente tem uma característica fria. Qual é a

qualidade fria? A concentração. Primeiro, as pessoas que têm um temperamento com a qualidade fria concentram e depois, quando tem toda a estrutura concentrada para o gelo ser útil, ele precisa estar completamente rígido , se expressam. Essas pessoas com uma qualidade fria, assim como o gelo, precisam de um tempo; os processos psíquicos são mais lentos neles. Não é que sejam pessoas mais burras, e sim que se organizam de modo diferente. Uma pessoa com um temperamento frio e úmido tem uma característica de água. Ela tem um movimento de introspecção, de introversão, mas ao mesmo tempo tem uma capacidade de envolver os demais. Então, quando ela está em um ambiente, consegue acomodar bem todas as tensões do ambiente ela se acomoda bem, porque tem essa capacidade de complacência , e ao mesmo tempo ela não começa a reagir, pois está recebendo e concentrando a informação.

A terra MELANCÓLICO

Se você tem um polo frio e seco, pertence ao temperamento da terra. A terra tem a capacidade de contração ela não se expande como o ar e o fogo , mas não tem a mesma capacidade da água. A terra é rígida, tensa, ela não envolve bem. As pessoas com o par de frio e seco são aquelas que têm o temperamento melancólico. São pessoas que nos dão um sentimento de segurança, pessoas que se dão bem com a rotina e às vezes até chegam a estabelecer uma rotina para alguém. Imagine que sou uma pessoa sangüínea ou colérica. Eu vou ter um problema no convívio com melancólicos, porém, se eu for esperto, o melancólico me organiza, porque ele já vem com uma estrutura organizacional em sua natureza.