Você está na página 1de 2

Teoria Geral do Direito Constitucional

1. Direito Constitucional a. Positivo ou Particular: Seu objeto é a


Direito Constitucional como ciência é o interpretação, a crítica e a sistematização das
conhecimento sistematizado das regras jurídicas normas constitucionais vigentes em determinado
relativas à forma do estado, à forma do governo, Estado. Ex. Direito Constitucional do Brasil;
ao modo de aquisição e exercício do poder, ao
estabelecimento de seus órgãos e aos limites de b. Comparado: Traça uma analise a partir do
sua ação estudo de duas ou mais Constituições ou tipos de
Constituição para obter como resultado uma
2. Origem comparação das normas positivas. Em síntese, é
O Direito Constitucional, enquanto ramo do um estudo comparativo de ordenamentos
Direito que estuda os princípios necessários e constitucionais, no tempo ou no espaço.
indispensáveis à estruturação da vida do Estado,
teve como origem a Assembleia Nacional c. Geral: Utiliza das determinações positivas,
Constituinte da França de 1791, que determinou peculiares ao Direito Constitucional de diversos
a obrigatoriedade do ensino da Constituição para Estados, estabelecendo conceitos, princípios e
os estudantes franceses. A expressão Direito tendências em geral.
Constitucional, contudo, somente surgiu em 1797,
em Milão, Itália. 5.1. Conteúdo Próprio Constitucional
 Organização do estado;
3. Natureza Jurídica  Estrutura dos Poderes;
Segundo José Afonso da Silva, o Direito  Explicitação dos direitos e garantias
Constitucional pertence ao ramo do Direito fundamentais;
Público e, ainda, distingue-se dos demais pela  Partilha de Competências;
natureza específica de seu objeto e pelos  Fixação de programas de ação
princípios peculiares que o informam. Configura- governamental.
se como Direito Público Fundamental por referir-
se diretamente à organização e ao funcionamento 6. Fontes do Direito Constitucional
do Estado, à articulação dos elementos primários As fontes do Direito Constitucional podem ser
do mesmo e ao estabelecimento das bases da divididas em fontes imediatas e fontes mediatas.
estrutura política. Como fontes imediatas temos a própria
Constituição política, fonte primária do Direito
4. Objeto de Estudo do Direito Constitucional Constitucional, que estabelece as diretrizes
O objeto do Direito Constitucional é o estudo políticas e organizacionais de uma sociedade.
sistematizado das constituições. Desta forma, Como fontes mediatas temos o Direito Natural, a
passamos a compreender as normas que doutrina, a jurisprudência e os costumes e
organizam os Estados, as formas de governo, a tradições da sociedade.
estruturação do poder, a disciplina das liberdades
públicas, o conteúdo das instituições 7. Influências Recebidas
governamentais, os fatores políticos, econômicos, Ao longo da História, o Brasil recebeu influência de
sociais, culturais e antropológicos presentes nas vários países, entre os quais França, Estados
diversas constituições, em especial nos textos Unidos, Alemanha e Portugal. No século XIX foi
constitucionais brasileiros. influenciado pelo Direito Público Francês, pois
contemplava quatro poderes. A partir do final do
5. Conteúdo do Cientifico Direito Constitucional século XIX, e, sobretudo, durante o século XX,
Seguindo José Afonso da Silva, o conteúdo recebeu influência dos Estados Unidos da
cientifico do Direito Constitucional está divido em América, indício disse vê-se pelo Estado Federal, a
aspectos distintos. Logo, pode ser classificado em: República e o Presidencialismo. No decorrer do
século XX, veio a influência da Alemanha. A
Constituição de Weimar de 1919 e, mais tarde, a

Site: Jurisway; Apostila: Otávio Piva, Vítor Cruz (aula 00), Roberto Bahia; Livro: Paulo Mascarenhas
Constituição de Bonn. A partir da década de 1980,
houve influência de Portugal, inspirou o
constituinte brasileiro em temas como: a
inconstitucionalidade por omissão, o mandado de
injunção, o habeas data e a dignidade da pessoa
humana.