Você está na página 1de 5

Visualização de Prova Página 1 de 5

Avaliação On-Line
Avaliação: AV2 - 2012.1 - FÍSICA TEÓRICA I - CCE0056
Disciplina: CCE0056 - FÍSICA TEÓRICA I
Tipo de Avaliação: AV2
Aluno: 201102205291 - MARCIO GONCALVES PIMENTEL
Nota da Prova: 5.5 Nota do Trabalho: Nota da Participação: Total: 5,5
Prova On-Line

Questão: 1 (168612)
Podemos construir um dinamômetro (aparelho para medir forças) usando uma mola e uma
escala que define a deformação desta mola de acordo com várias massas.

Temos uma definição, em particular, para a força da mola. Ela é dada por Fmola = - kx, onde k
é a constante de deformação da mola (específica para cada mola) e x é a deformação da mola
em m.
Mostramos um exemplo de um dinamômetro simples. Existem apenas duas forças atuando
sobre o sistema que permanece em equilíbrio, são elas: a força peso e a força da mola.

Imaginemos que a massa desse corpo é de 2 kg e deforma a mola em 0,1 m. A constante de


deformação da mola, é:
Pontos da Questão: 1

50 N/m.
200 N/m.
400 N/m.
100 N/m.
300 N/m.

Questão: 2 (203247)
“Minha jangada vai sair pro mar
Vou trabalhar meu bem querer
Se Deus quiser quando eu voltar do mar
Um peixe bom eu vou trazer
Meus companheiros também vão voltar
E a Deus do céu vamos agradecer”
“Canção da Partida” de Dorival Caymmi.

Esta é a sublime e simples canção de Dorival Caymmi expressa o desejo que todo pescador
tem de ir e voltar da pesca.

Vamos supor que ao ir para o mar a velocidade da jangada era de 36 km/h (pois estava
contra a correnteza) e que sua massa era de 900 kg e ao voltar, a velocidade da jangada era
de 15 m/s (pois está a favor da correnteza) e com uma massa de 1000 kg (pois trouxeram

https://sia.estacio.br/portal/prt0010a.asp?p1=3621167&p2=9802&p3=1292062 13/06/2012
Visualização de Prova Página 2 de 5

peixes). A variação da energia cinética é:

Pontos da Questão: 1

56250 J.
53500 J.
51250 J.
67500 J.
65250 J.

Questão: 3 (203354)
(UFSCAR-SP) Ao desferir a primeira machadada, a personagem da tirinha movimenta
vigorosamente seu machado, que atinge a árvore com energia cinética de 40 J

Como a lâmina de aço tem massa 2 kg, desconsiderando-se a inércia do cabo, o impulso
transferido para a árvore na primeira machadada, em N.s, foi de:

Adaptado da Fonte: http://www.fisicaevestibular.com.br/exe_din_19.htm, acesso:


02/11/2011 as 9:51 h.

Pontos da Questão: 1

80.
20.
40.
6,3.
12,6.

Questão: 4 (167971)
Sabemos que o comprimento de um círculo é dado por C = 2 PiR (onde, C é o comprimento, Pi
= 3,14 e R é o raio da circunferência) .

Em cada período, o movimento circular uniforme executa 1 (um) comprimento circular. A


frequência é o inverso do período. Com essas informações você está preparado para resolver
o exercício proposto.

(FUND. CARLOS CHAGAS) Duas polias de raios R1 e R2 estão ligadas entre si por uma correia.
Sendo R1 = 4R2 e sabendo-se que a polia de raio R2 efetua 60 rpm, a frequência da polia de
raio R1, em rpm, é:

Fonte:http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-fisica/movimentos-circulares. Acesso: 16:39


h do dia 25/08/2011.
Pontos da Questão: 1

120.
15.
60.

7,5.

https://sia.estacio.br/portal/prt0010a.asp?p1=3621167&p2=9802&p3=1292062 13/06/2012
Visualização de Prova Página 3 de 5

30.

Questão: 5 (203227)
'Caminhando contra o vento
Sem lenço e sem documento
No sol de quase dezembro
Eu vou... '
Trecho da música “Alegria, Alegria” de Caetano Veloso que concorreu no III Festival da Record, em 1967 – um ícone do
movimento Tropicalista.

Imaginemos o homem da canção com massa de 65 kg e caminhando na direção de uma força


de 10 N, a força do vento é de 2 N, o coeficiente de atrito é de µ = 0,001. Os Trabalhos
realizados por todas as forças que agem sobre o homem quando ele se descola em 100 m,
são:
Pontos da Questão: 1

WF = 1000 J, Wvento = 200 J, Wfat = 65 J, WP = 0 J e WN = 0 J.


WF = 1000 J, Wvento = -200 J, Wfat = - 65 J, WP = 650000 J e WN = 650000 J.
WF = 1000 J, Wvento = 200 J, Wfat = - 65 J, WP = 0 J e WN = 650000 J.
WF = 1000 J, Wvento = -200 J, Wfat = 65 J, WP = 650000 J e WN = 0 J.
WF = 1000 J, Wvento = -200 J, Wfat = - 65 J, WP = 0 J e WN = 0 J.

Questão: 6 (164895)
A aceleração média é dada pela seguinte equação: am = (Vf - Vi) / (tf - ti).

Caso a aceleração assuma um valor positivo, estamos diante do movimento que contém as
seguintes características: Pontos da Questão: 0,5
Retardado com a velocidade escalar negativa.
Acelerado com a velocidade escalar negativa.
Acelerado com a velocidade escalar positiva.
Retardado com a velocidade escalar nula.
Retardado com a velocidade escalar positiva.

Questão: 7 (203374)

Fonte: http://aulasparticulares.org/material-de-apoio/fisica/mecanica/impulso-e-quantidade-de-movimento, acesso:


02/10/2011 as 18:05 h.

O gráfico mostra a velocidade dos corpos A e B antes, durante e depois de uma colisão.

A afirmação correta é: Pontos da Questão: 0,5


A Energia Cinética não se conserva.
A colisão é perfeitamente elástica.
A velocidade inicial de A é igual à velocidade inicial de B.
O coeficiente de restituição é igual à 0.

No sistema, existe uma força externa atuando no sistema.

https://sia.estacio.br/portal/prt0010a.asp?p1=3621167&p2=9802&p3=1292062 13/06/2012
Visualização de Prova Página 4 de 5

Questão: 8 (203250)
“O homem chega, já desfaz a natureza
Tira gente, põe represa, diz que tudo vai mudar
O São Francisco lá pra cima da Bahia
Diz que dia menos dia vai subir bem devagar
E passo a passo vai cumprindo a profecia do beato que dizia que o Sertão ia alagar”
Trecho da Música “Sobradinho” de Sá & Guarabira.

Essa música descreve um momento da história do Brasil, que foi o da construção da barragem
de Sobradinho para o uso em uma usina hidrelétrica (1973 – 1979). Nessa construção
diversas cidades da Bahia foram desabitadas e inundadas pelo rio São Francisco.

O tipo de energia que surge na contenção da água na barragem é:


Pontos da Questão: 0,5

Potencial Gravitacional.
Cinética.
Eólica.
Potencial Elétrica.
Mecânica.

Questão: 9 (164904)
No transito de uma cidade podemos observar vários tipos de movimento.

Em uma dessas situações encontramos parado em um sinal (farol) o veículo A, quando o sinal
abre este parte com uma aceleração constante de 4m/s2. Enquanto isso, um veículo B, que
mantinha uma velocidade constante de 10 m/s, consegue passar pelo sinal aberto mantendo a
sua velocidade.

Em que posição o veículo A se encontra com o veículo B, considerando a origem da trajetória


como o local onde o sinal está e a estrada retilínea? Pontos da Questão: 1
50 m.
0 m.
Não se encontram.
25 m.
75 m.

Questão: 10 (168650)

Na tirinha, tanto o Cascão, quanto a Mônica, estão fazendo uso da Segunda Lei de Newton (Fr
= ma).

https://sia.estacio.br/portal/prt0010a.asp?p1=3621167&p2=9802&p3=1292062 13/06/2012
Visualização de Prova Página 5 de 5

Analise as afirmações e selecione as que são verdadeiras.

I. O movimento regido pela Segunda Lei de Newton é um movimento uniformemente variável.

II. O coeficiente de atrito estático é maior que o coeficiente de atrito cinético.


III. O deslocamento sofrido por um corpo que está sobre a ação de uma força resultante é
sempre crescente em módulo.
IV. A velocidade desenvolvida por um corpo sobre a ação de uma força resultante sempre
aumenta.

Assinale a alternativa onde só existem afirmações verdadeiras.


Pontos da Questão: 0,5

III e IV.
II e IV.
II e III.
I e III.
I e II.

Fechar
Server IP : 192.168.10.137 Client IP: 187.126.190.224 Tempo de execução da página : 29,75

https://sia.estacio.br/portal/prt0010a.asp?p1=3621167&p2=9802&p3=1292062 13/06/2012