Você está na página 1de 4

17 de Outubro de 2003

Anuário Estatístico da Região do Algarve


2002

A BASE ESTATÍSTICA PARA UM RETRATO SÓCIO-ECONÓMICO DO ALGARVE

O Anuário Estatístico da Região do Algarve 2002 disponibiliza um vasto conjunto de informação estatística
desagregada ao nível da NUTS II Algarve e respectivos concelhos, encontrando-se organizado em três
partes: Território e Demografia, Actividade Económica e Indicadores Sociais

O Anuário Estatístico da Região do Algarve, na


sua oitava edição, constitui um importante pilar na
estratégia de divulgação de dados estatísticos
referentes a estruturas territoriais mais
desagregadas, como sejam a região e os concelhos.
A presente publicação disponibiliza ao utilizador
variáveis e indicadores que lhe permitem fazer uma
análise relativamente completa da realidade regional
e infra-regional. Cada uma das partes da publicação
inclui um conjunto de conceitos estatísticos que
visam servir de suporte à melhor compreensão dos
dados estatísticos publicados. Para além disso,
sempre que se considerou oportuno, adicionaram-se
notas explicativas aos quadros estatísticos por forma
a auxiliar na leitura e interpretação da informação
neles constante.

Parte I - Território e População

Na primeira parte da publicação é divulgada informação referente ao território e demografia, onde se incluem
variáveis como a população residente, famílias clássicas, estrutura etária da população, movimento da população
e indicadores demográficos. No domínio desta informação podem-se realizar diferentes análises. Por exemplo, ao
nível da densidade populacional onde se verifica que na região algarvia o número médio de habitantes residentes
por Km2 em 2001 era de 80 indivíduos, valor que fica aquém do registo nacional (112 habitantes por Km2). A

Anuário Estatístico da Região do Algarve – 2002 1/4


informação a nível concelhio permite observar uma dicotomia entre os concelhos que se situam mais a litoral e os
que se localizam no interior da região.

Densidade Populacional, por concelhos, em 2001

Nesta parte do Anuário publicam-se, ainda, dados estatísticos relativos ao emprego e salários, como sejam
trabalhadores por conta de outrem e respectivo ganho médio mensal, população activa, empregada e
desempregada e taxas de emprego e de desemprego.

Parte II – Actividade Económica

Na segunda parte da publicação apresenta-se informação que permite caracterizar a estrutura económica e
produtiva da região do Algarve, nomeadamente, dados relativos a: Contas Regionais; Agricultura, Silvicultura,
Pecuária e Pesca; Energia; Construção e Habitação; Transportes e Comunicações; Comércio Internacional;
Turismo; Empresas; Mercado Monetário e Financeiro; Preços e Finanças Autárquicas.

Nesta parte é possível analisar, por exemplo, a estrutura de dormidas nos estabelecimentos hoteleiros região,
permitindo aferir a importância dos mercados turísticos que afluem ao Algarve. Seguidamente, apresenta-se a
distribuição dessas dormidas, segundo o país de residência habitual dos hóspedes:

Distribuição das Dormidas na região, segundo o país de residência habitual do hóspede, em 2001

Anuário Estatístico da Região do Algarve – 2002 2/4


Outros
Portugal
19%
18%

Países
Baixos
9%

Reino
Unido
36%
Alemanha
18%

É, ainda, possível identificar um número elevado de outros indicadores e variáveis com provável interesse para
análises ao nível da actividade económica regional e concelhia como se exemplifica no quadro que se segue:

Ano: 2001
País
Veículos Dormidas nos
Produção de Consumo de Transacções Valor das Valor das Empresas Crédito
NUTS II Automóveis Estabelecimen-
Vinho Electricidade de Prédios Exportações Importações Sedeadas Concedido
Concelhos Vendidos tos Hoteleiros

Unidade hl 103kWh Nº 103 Euros Nº 103 Euros

Portugal 349 502 40 540 702 326 732 353 264 5 429 323 10 981 772 33 562 591 1 110 490 209 194 050
Algarve 8 376 1 706 798 24 348 12 948 13.048 19 610 13 900 192 55 226 3 635 358
Albufeira - 252 589 3 000 3855 68 735 5 786 438 5 228 398 108
(…)
Vila Real de Santo António - 52 902 1 384 410 643 2 296 646 558 2 497 160 516

Parte III – Indicadores Sociais

A terceira parte permite tomar contacto com a situação social da região, englobando os capítulos da Saúde,
Protecção Social, Educação, Cultura e Recreio, Justiça e Notariado, Ambiente e Condições de Vida. A título
ilustrativo, procede-se à identificação dos concelhos que apresentam valores mais e menos elevados em
determinados aspectos da sua realidade social, o que permite aferir das diferenças nos níveis de desenvolvimento
das zonas em questão.

Variável do Anuário Regional Máximos concelhios Mínimos concelhios Portugal Algarve


Médicos por 1000 Habitantes (2001) - N.º Faro 7 Vila do Bispo o 3 2
Taxa Média de Mortalidade Infantil (1996/2000) - ‰ Aljezur 17 Lagoa 2 6 6
Pensionistas por 100 Habitantes (2001) - N.º Alcoutim 52 Albufeira 15 24,47 23,09
Prestação de Desemprego Média por Beneficiário (2002) - Euros Faro 3 127 Albufeira 1 665 3 509 2 518
População Servida com Abastecimento Domic. de Água (2001) - % V. R. de S. António 100 Castro Marim 65 90 91
População Servida com ETAR's (2001) - % Portimão 97 Monchique 27 55 75

Anuário Estatístico da Região do Algarve – 2002 3/4


O Anuário Estatístico da Região Algarve é publicado em simultâneo com os Anuários das restantes regiões. A
informação está harmonizada entre as regiões, salvaguardando-se, no entanto, as especificidades regionais.

Paralelamente, este ano será editada uma nova publicação denominada Anuários Estatísticos Regionais: Um
Retrato Territorial de Portugal, que apresenta um retrato sócio-económico do território de Portugal,
essencialmente ao nível concelhio, explorando a riqueza informacional agora divulgada. Contém, para cada
capítulo dos Anuários Regionais, um texto com os factos mais relevantes que decorrem da análise da informação,
recorrendo-se para tal a indicadores sintéticos e a imagens gráficas e cartográficas.

Poderá aceder à versão completa da publicação em formato PDF e aos quadros estatísticos em formato XLS no site do INE, (www.ine.pt).
A visualização desta informação é gratuita e o download (incluindo impressão) é tarifado, sendo necessária a aquisição de um crediline
(login e password).

Anuário Estatístico da Região do Algarve – 2002 4/4