Você está na página 1de 5

MATERIAL DE APOIO

EXAME DE ORDEM

Curso: Intensivo Semanal| Disciplina Filosofia


Aula: 01

ANOTAÇÃO DE AULA

EMENTA DA AULA

DIREITO NATURAL E DIREITO POSITIVO


JUS POSITIVISMO
POSITIVISMO JURÍDICO
NEOPOSITIVISMO
NORMATIVISMO JURÍDICO

GUIA DE ESTUDO

1) DIREITO NATURAL
Direito não criado pelo homem, mas de compreensão universal.
Direito imutável.
Princípios

DIREITO POSITIVO
Direito posto
Direito escrito
Direito criado pelo homem
Direito local, direito passível de alteração.
DICA!!! LEIS

Exame de Ordem
Damásio Educacional
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

2) DIREITO OBJETIVO
Normas, que são editadas pelo estado.
Estado sendo fonte do direito.

DIREITO SUBJETIVO
Faculdade jurídica, é a opção que o indivíduo tem de utilizar o direito ou não

DIREITO CLASSIFICAÇÃO:
Direito natural:
Direito não criado pelo homem; mas de compreensão universal; direito imutável; Princípios.
Direito positivo:
Direito posto (escrito, leis, códigos); direito criado pelo homem; direito local; passíveis de alterações.
Direito objetivo:
Normas editadas pelo Estado; considera o Estado como fonte do direito.
Direito subjetivo:
Faculdade jurídica é a opção que o indivíduo tem de se utilizar do direito ou não.

Obs:
Kelsen: conhecido por adotar sistema normativo fechado.
É aquela criada pelo estado independente de qualquer fator externo.
Miguel Reale: conhecido por adotar sistema aberto.
Estrutura tridimensional, fato, valor e norma.
Fato: Acontecimentos que decorre do homem ou não. Ex: Fato político, da natureza e etc.
Valor: Valores também são relevantes, valores éticos, morais. Ex: o comportamento do homem, os
costumes do homem.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
2 de 5
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

Dessa interação entre esses elementos, surge proposta normativa. Proposta normativa elaborada temos
uma intervenção de uma autoridade (Estado), surge uma norma jurídica.

Obs:
Direito: Como sendo uma um conjunto de normas, Kelsen, estuda direto como norma, estrutura
normativa, como sendo objeto de estudo dos operadores do direito (advogados).

Características Direito Moral


Atributividade Sim Não
Bilateralidade Sim Sim
Coercibilidade Sim Não
Heteronomia Sim Não/Autonomia

HETERONOMIA: significa vontade de uma terceira pessoa que nem sempre coincide com a sua.

JUS POSITIVISMO

1) POSITIVISMO: Foi uma doutrina que surgiu com muita força no século XIX, surge com o
crescimento das sociedades. A lei é o meio mais adequando para regular o comportamento do
homem na sociedade. Passa a associar só a razão, afasta a importância do direito natural, valores
são irrelevantes, o que importa a lei criada pelo Estado, a justiça está em primeiro lugar. Ponto
algo ESCOLA DA EXEGERE.
2) NEOPOSITIVISMO: Representa as críticas ao positivismo, com base na razão. Não podemos
fundamentar o direito somente com base na razão, não podemos afastar valores do direito.
K Mark: Razão: muitas vezes torna refém de um ideal.
Freud: Inconsciente domina suas vontades, domina o consciente a razão.
Hart: (1907 a 1994), ele foi um positivista, observou um positivismo brando.
Discricionariedade: sendo o exercício pelos tribunais de uma função legislativa limitada diante de
casos não regulamentados, de prevê todas as situações. Para ser aplicada é necessária
regulamentação jurídica.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
3 de 5
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

3) NORMATIVISMO JURÍDICO: Representa desenvolvimento o aperfeiçoamento jurídico.


LEI - Imposto pelo ESTADO.
NORMA - Aceitação social (opinião pública)

H Kelsen:
Sistema fechado;
Ordenamento jurídico completo;
A Lei estabelece todas as soluções;
Raciocínio jurídico formal, seu raciocínio está preso a lei;
Escola da Exegere/Onipotente.

Chaim Perelman:
Sistema aberto;
Ordenamento jurídico incompleto;
A lei não estabelece todas as soluções;
-Raciocínio dialético;
-Argumentação jurídica - Advogados;
-Interesse das partes;
-Opinião Pública.
*Lacunas, antinomias (contradições).
ANTINOMIA: Apresenta contradição entre normas, entre princípios.
ANALOGIA: A tentativa de solucionar um caso através da comparação.

BOBBIO: que começou a abrir esse sistema.


Antinomia jurídica: contradição entre normas.
Requisitos para que ocorra essa contradição:
1º.) Diante de norma contraditória
2º.) Diante de normas jurídicas
3º.) Pertencer ao mesmo ordenamento jurídico
4º.) Deve ser destinada ao mesmo individuo

Exame de Ordem
Damásio Educacional
4 de 5
MATERIAL DE APOIO
EXAME DE ORDEM

5º.) Devem estar vigentes.


6º.) Expedida por autoridade competente.

Exame de Ordem
Damásio Educacional
5 de 5